Página 1 dos resultados de 783 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Aves da Estação Ecológica de Itirapina, estado de São Paulo, Brasil; Birds of the Estação Ecológica de Itirapina, State of São Paulo, Brazil

MOTTA-JUNIOR, José Carlos; GRANZINOLLI, Marco Antonio Monteiro; DEVELEY, Pedro Ferreira
Fonte: Instituto Virtual da Biodiversidade | BIOTA - FAPESP Publicador: Instituto Virtual da Biodiversidade | BIOTA - FAPESP
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
36.63%
O cerrado é um dos biomas mais ameaçados no mundo, apresentando algumas das maiores taxas de destruição causadas principalmente pela agropecuária. Poucos estudos têm avaliado a diversidade local de aves no cerrado, especialmente em áreas marginais desse bioma. A Estação Ecológica de Itirapina (EEI) contém um dos últimos remanescentes de campos naturais e cerrados do estado de São Paulo. Um levantamento das aves desta unidade de conservação, feito tanto por observações casuais como sistemáticas entre 1998 e 2007, e complementado por revisão de literatura, revelou que 231 espécies apresentaram ocorrência recente na área. Desse total, 38 espécies (16,4%) encontram-se na lista de espécies ameaçadas para o estado de São Paulo e/ou são endêmicas do Cerrado, um alto número quando comparado com outras áreas de cerrados paulistas ou mesmo em relação ao Brasil Central. Tal fato reforça a importância da EEI em relação à conservação da avifauna e demonstra que a mesma está mantendo sua função de conservar a biodiversidade. Adicionalmente, ao longo dos 10 anos de estudo foram detectadas várias ameaças à EEI, e neste sentido são recomendadas aqui algumas sugestões de manejo que consideramos essenciais para essa unidade de conservação manter ou mesmo aumentar sua diversidade de aves.; Currently the Cerrado biome is one of the most threatened in the world because high taxes of destruction...

Morcegos (Mammalia: Chiroptera) da Estação Ecológica Serra Geral do Tocantins: composição específica e considerações taxonômicas; Bats (Mammalia: Chiroptera) from Estação Ecológica Serra Geral do Tocantins

GREGORIN, Renato; GONÇALVES, Edmara; AIRES, Caroline Cotrim; CARMIGNOTTO, Ana Paula
Fonte: Instituto Virtual da Biodiversidade | BIOTA - FAPESP Publicador: Instituto Virtual da Biodiversidade | BIOTA - FAPESP
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
36.77%
Registramos 39 espécies de quirópteros na Estação Ecológica Serra Geral do Tocantins e áreas adjacentes, nordeste do estado do Tocantins, durante 28 dias de trabalho de campo nos anos de 2003 e 2008 e na estação chuvosa. Este estudo da quiropterofauna é um dos primeiros para o estado do Tocantins, aumentando o número de espécies conhecido para esta região, com 29 espécies registradas pela primeira vez no estado. As espécies mais abundantes foram P. lineatus e C. perspicillata, com 23,5 e 15,4% do total de capturas. A diversidade no nível de família também foi alta: Phyllostomidae (26 espécies), Vespertilionidae (5), Molossidae (3), Emballonuridae (2), Mormoopidae (1), Noctilionidae (1) e Thyropteridae (1). A maioria das áreas mésicas e de cerrado (s.s.) não estão incluídas em unidades de conservação, representando uma ameaça para espécies restritas a estes tipos de hábitats, como T. devivoi que foi capturada apenas em áreas de veredas com Heliconiacea. Além disso, a região vem sendo alterada devido ao rápido avanço da agricultura e pastagens e do turismo crescente. Assim, a elevada diversidade de morcegos registrada na região, além dos diversos papéis ecológicos que estas espécies desempenham, somadas às ameaças acima relatadas...

Vertebrados da Estação Ecológica Serra Geral do Tocantins: faunística, biodiversidade e conservação no Cerrado brasileiro; Vertebrate fauna of Estação Ecológica Serra Geral do Tocantins: biodiversity and conservation in the Brazilian Cerrado hotspot

NOGUEIRA, Cristiano de Campos; FERREIRA, Mariana Napolitano e; RECODER, Renato Sousa; CARMIGNOTTO, Ana Paula; VALDUJO, Paula Hanna; LIMA, Flávio César Thadeo de; GREGORIN, Renato; SILVEIRA, Luís Fábio; RODRIGUES, Miguel Trefaut
Fonte: Instituto Virtual da Biodiversidade | BIOTA - FAPESP Publicador: Instituto Virtual da Biodiversidade | BIOTA - FAPESP
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
36.67%
Inventários e estudos faunísticos detalhados sobre vertebrados são uma das fontes mais relevantes de dados para interpretações de padrões detalhados de diversidade biológica. Dados básicos e de boa qualidade sobre faunística são ainda mais urgentes em regiões pouco estudadas e sob intensa ameaça antrópica, tais como a região do Cerrado, um dos 34 hotspots globais para a conservação da biodiversidade. Apresentamos aqui uma síntese dos resultados dos inventários de vertebrados na Estação Ecológica Serra Geral do Tocantins (~716.000 ha), a segunda maior unidade de conservação em todo o Cerrado. Foram registradas 450 espécies de vertebrados na EESGT e entorno imediato, incluindo 17 espécies ameaçadas, 50 espécies endêmicas do Cerrado e 11 espécies com distribuição potencialmente restrita. Do total de espécies amostradas, 180 são novos registros para a região do Jalapão. Ao menos 12 espécies amostradas foram consideradas potenciais espécies novas, das quais quatro foram descritas recentemente, a partir do material obtido no inventário. Os resultados evidenciam que a EESGT é uma das mais importantes áreas protegidas no Brasil central, contribuindo para a persistência de espécies ameaçadas, dependentes dos últimos grandes blocos contínuos de vegetação nativa de Cerrado. Nossos resultados indicam ainda que a conservação da EESGT e suas principais subunidades é crucial para a representatividade do sistema de áreas protegidas do Cerrado...

Do passado ao futuro dos moradores tradicionais da Estação Ecológica Juréia-Itatins/SP ; From the past to the future of the traditional residents of the "Estação Ecológica Juréia-Itatins/SP"

Nunes, Márcia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/03/2004 PT
Relevância na Pesquisa
36.71%
As Unidades de Conservação (UC’s) ambientais foram criadas com os objetivos de (1) “dar proteção” as áreas naturais ainda não degradadas e com rica biodiversidade e beleza cênica (2) serem preservadas como memória de um passado ambiental dilapidado ao longo da história da humanidade. Neste trabalho discute-se a conservação da biodiversidade através da categoria de UC’s de PROTEÇÃO INTEGRAL. Trata-se, de uma categoria que não permite a existência de moradores e uso no interior de seus limites, sendo seu principal objetivo a preservação da natureza, admitindo-se apenas o uso indireto de seus recursos naturais. A área de estudo escolhida foi a Estação Ecológica Juréia-Itatins/SP, localizada no Vale do Ribeira, litoral sul de São Paulo. Possui área de 79.230 ha e abrange parte dos municípios de Peruíbe, Iguape, Itariri e Miracatu. O objetivo da pesquisa é analisar as transformações na ocupação do espaço, nas relações sociais, produtivas e culturais decorrentes da transformação da Juréia em estação ecológica. Quando delimitamos áreas para conservação estamos criando novas fronteiras sob territórios já existentes. Estas novas fronteiras desrespeitam os vínculos de identidade cultural-mítica-simbólica que une população pré-existente nessas áreas. Formam-se dois grupos: os que já estavam lá e os que vieram de fora. Cada um dos grupos tem leituras simbólicas e necessidades materiais diferentes em relação ao território. Instala-se a idéia de rompimento e não de cooperação entre os grupos. Estamos num ponto de inflexão: ou ouvimos o que os moradores tradicionais das Unidades de Conservação têm a nos dizer e nos ensinar...

Percepção Ambiental na Estação Ecológica de Jureia - Itatins; Environmental Perception at Estação Ecológica de Juréia-Itatins

Ferreira, Carolina Peixoto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/04/2005 PT
Relevância na Pesquisa
36.63%
A Estação Ecológica de Juréia -Itatins (EEJI) é uma unidade de conservação de Proteção Integral. Tal categoria objetiva a preservação da natureza e a realização de pesquisas científicas, sendo a visitação pública consentida apenas quando destinada a atividades educacionais. Embora a lei proíba a ocupação humana no interior das Estações Ecológicas, a EEJI já comportava residentes no ato de sua criação em 1986, que em 1991 totalizavam 1531 pessoas. Conseqüentemente, a EEJI apresenta conflitos sociais decorrentes das restrições provenientes da política ambiental que passou a fazer parte da vida desses moradores. Nesse contexto, esta dissertação de mestrado quer verificar se há correlação entre a existência desses conflitos e as diferentes percepções ambientais de cinco grupos sócio -culturais envolvidos na gestão ambiental deste território comum, quais sejam: (i) os funcionários da administração, (ii) os guarda-parques, (iii) as entidades da sociedade civil organizada, (iv) os pesquisadores e (v) os moradores. Por intermédio de entrevistas de questões abertas e de observações indiretas feitas em campo sobre as relações humanas e suas interações com o espaço, analisaram-se os significados...

Definindo prioridades de conservação em grupos monofiléticos: um estudo de caso com uma linhagem de serpentes neotropicais; Setting conservation priorities within monophyletic groups: a case study with a Neotropical snake lineage

Gaiarsa, Marilia Palumbo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/09/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.63%
Devido à atual crise da biodiversidade e à falta de recursos destinados à conservação, as espécies ameaçadas devem ser diferenciadas umas das outras para que aquelas sob maior risco possam receber atenção antes. Dentro de uma mesma linhagem, as espécies terão diferentes importâncias relativas para a conservação da diversidade evolutiva e ecológica, atual e passada. Propomos aqui uma nova abordagem ao criar um índice de priorização (PI) que possa ser utilizado em grupos monofiléticos, e que considere conjuntamente características de história de vida, singularidade ecológica e grau de distinção filogenética. Nossa linhagem modelo foi a tribo Pseudoboini, um grupo de serpentes neotropicais para o qual compilamos informações disponíveis na literatura, informações fornecidas por outros pesquisadores e dados originais coletados em coleções científicas. Para criar o PI combinamos três diferentes índices: vulnerabilidade à extinção (IVE), singularidade ecológica (EO) e grau de distinção filogenética (PD). O IVE foi calculado a partir da média do ranqueamento das espécies de acordo com sete fatores que afetam a sobrevivência das populações de serpentes (tamanho corporal, fecundidade média, amplitude alimentar...

Análise da efetividade das unidades de conservação marinhas de proteção integral do estado de São Paulo; The effectiveness of no-take marine protected areas in São Paulo State

Banzato, Barbara de Moura
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/04/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.79%
As unidades de conservação são componentes essenciais para a proteção da biodiversidade, e desempenham um importante papel para o bem-estar da sociedade. Contudo, somente a criação de unidades de conservação não é suficiente para assegurar este patrimônio natural, sendo necessária uma gestão eficaz para o cumprimento dos objetivos de cada UC. O uso de ferramentas de avaliação é essencial em qualquer processo de gestão, a fim de apontar as fragilidades e pontos fortes do manejo que vem sendo realizado, de forma a corrigir rumos e estabelecer novas metas. Áreas de proteção marinhas são essenciais para a manutenção dos recursos marinhos regionais, como a pesca, pela proteção de áreas reprodutivas; para a proteção de habitats vulneráveis e espécies ameaçadas; para a redução do impacto do turismo e outras atividades humanas, e por serem aliadas na mitigação e adaptação às mudanças climáticas. O Brasil possui, considerando as reentrâncias, mais de 8500 km de linha de costa e, apesar da importância econômica, ecológica e social de áreas marinhas, apenas cerca de 1,5% desse território é protegido. Além disso, as poucas unidades existentes são carentes de condições e infraestrutura para fiscalização...

As leis ambientais e a questão socioambiental contemporânea: eficácia do Sistema Nacional de Unidades de Conservação na Estação Ecológica Jureia-Itatins; Environmental laws and contemporary socio-environmental issue: the effectiveness of the National System of Units Conservation in Jureia-Itatins Ecological Station

Piedade, Flávia Lordello
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/10/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.63%
A Lei Federal n. 9.985/2000 regulamentou o artigo 225, §1º, inciso III da Constituição Federal que prevê a criação de espaços territoriais especialmente protegidos, em todas as unidades da Federação. A legislação infraconstitucional, que criou o Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC) concentra em um único documento diferentes categorias de Unidades de Conservação (UCs), ordenando os conceitos e classificações que anteriormente se confundiam em leis esparsas. Mesmo com a previsão legal, que impulsionou a criação de UCs em todo o Brasil é importante avaliar se essas áreas protegidas, além de serem criadas, estão sendo geridas e implementadas efetivamente. Dessa forma, o presente estudo se propôs a avaliar a eficácia do SNUC no processo histórico da Estação Ecológica Juréia-Itatins, com relação à conservação da sociobiodiversidade. A escolha da área de estudo justifica-se pela complexidade do seu contexto histórico caracterizado por sucessivas alterações nas categorias de unidades de conservação e as consequências observadas na proteção à biodiversidade e às comunidades locais. A pesquisa em questão optou pela estrutura de estudo de caso e pela abordagem qualitativa para atingir os objetivos pretendidos. Os recursos metodológicos utilizados para a coleta de dados foram a pesquisa bibliográfica...

Abordagem geográfica e análise do patrimônio geomorfológico em unidades de conservação da natureza : aplicação na estação ecológica Serra Geral do Tocantins e área de entorno - estados do Tocantis e Bahia; Geographical approach and analysis geomorphologic heritage in protected areas of nature: ecological station application in Serra Geral do Tocantins and the surrounding area – Tocantins state and Bahia

Cristo, Sandro Sidnei Vargas de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.63%
A pesquisa consiste na analise geográfica com ênfase ao Patrimônio Geomorfológico da Estação Ecológica Serra Geral do Tocantins e entorno localizada entre a porção leste do Estado do Tocantins e a porção oeste do Estado da Bahia, região conhecida como Jalapão. Além da analise geográfica, a pesquisa tem como objetivo principal verificar a importância do seu “Patrimônio Geomorfológico” na gestão e preservação desta Unidade de Conservação da Natureza bem como subsidiar a elaboração de seu Plano de Manejo. Para atingir o objetivo proposto adotou-se como procedimento metodológico o uso do Geoprocessamento com a organização de um banco de dados via Sistema de Informação Geográfica (SIG) utilizando o software Sistema de Processamento de Informações Georreferenciadas (SPRING) e as imagens de satélites (Cbers e Landsat) e de radar Shuttle Radar Topography Mission (SRTM), além de cartas topográficas, mapas e arquivos digitais. Também foram realizados diversos trabalhos de campo apoiados pelo uso de receptores do Sistema de Posicionamento Global (GPS). O estudo apresenta informações e organização de mapas temáticos sobre aspectos do clima, relevo, hidrografia, geologia, solos, geomorfologia e uso e ocupação da terra...

Mudanças sociais e conservação ambiental na Estação Ecologica da Jureia-Itatins : o caso do despraiado

Simone Vieira de Campos
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/10/2001 PT
Relevância na Pesquisa
36.63%
A conservação de remanescentes florestaisde Mata Atlântica através da implantação de Unidades de Conservação de uso indireto que não incluem a presença humana tem sido alvo de discussão no Brasil e no mundo. A viabilidade e eficácia deste modelo de conservação vem sendo questionada e colocada em xeque com base nas áreas já implementadas para este fim. Esta dissertação discorre especificamente sobre as mudanças sociais-em curso numa UC de uso indireto, a Estação Ecológica da Juréia- Itatins, no Vale do Ribeira, no Estado de São Paulo. Os principais dilemas da pesquisa envolvem, por um lado, a questão da compatibilidade entre presença humana e manutenção da biodiversidade dessas áreas, por outro lado, os possíveis acordos sociais que viabilizariam a regularização da situação dos moradores locais, que, à margem dos direitos e vivendo numa situação de anomia legal, subsistem graças a práticas clandestinas de uso de recursos. Espera-se assim que esta pesquisa possa dar subsídios para se pensar sobre as possibilidades efetivas de conservação de remanescentes florestaisnum cenário de mudanças sociaise socioambientais; The conservation of the remnants has been based mainly on creation of conservation units with no human residents. The viability and effectiveness of such conservation model has been debated in Brazil...

Medida da conformidade da proteção legal na conservação ambiental - estudo de caso : Despraiado, SP; Measure of legal compliance in environmental conservation - case study : Despraiado, SP, Brazil

Ana Carolina Linardi Munguia Payés
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/08/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.68%
Apesar dos recentes avanços em relação à expansão das áreas protegidas no Brasil, é necessário avaliar a efetividade das medidas de conservação, para identificar o quanto, realmente, seus objetivos estão sendo atingidos. Nessa direção, este trabalho se propôs a avaliar a distância entre o estado de conservação florestal real e o cenário de conservação florestal esperado (cenário de conservação) em diferentes situações de proteção legal que incidiram sobre uma mesma área ao longo de 45 anos. A área de estudo foi a região de Despraiado (Vale do Ribeira, SP). Os cenários conservação florestal esperados foram construídos em SIG ArcGIS 9.2 para quatro momentos históricos em que houve mudanças nos tipos de espaço protegido para essa área. A comparação espacial entre os cenários esperados e as paisagens observadas de cada momento e a avaliação das transformações da paisagem segundo critérios de conformidade de legislação ambiental responderam sobre a efetividade da intenção legal ao longo do tempo. Foi possível concluir que apesar do grau de obediência às restrições legais de proteção florestal ter melhorado ao longo dos anos, principalmente após a implantação da Estação Ecológica Juréia-Itatins...

Comunidades tradicionais e sua implicação na conservação da Mata Atlântica : estudo de caso Estação Ecológica Juréia-Itatins (São Paulo); Traditional communities and their implication in the conservation of the Atlantic Forest : case study Estação Ecológica Juréia-Itatins (São Paulo)

Veronica Sabatino Caldeyro
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/02/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.63%
Cada vez mais valorizamos a cultura tradicional e buscamos reconhecer seus elos com a sua paisagem. Todavia precisamos aumentar o nosso conhecimento, consolidar conceitos e desenvolver metodos para integrar os vários aspectos de intereses humanos e ecológicos. Sob essa abordagem, muitos estudos buscam reconhecer vínculos territoriais e históricos para atestar desempenhos pró-ambientais. Este trabalho defende a tese de que os atributos desses vínculos apresentam uma variabilidade espacial e temporal que, por sua vez, afeta o sucesso da conservação florestal. A área de estudo foi a Juréia-Itatins, uma Estação Ecológica, localizada em uma das áreas mais importantes da Mata Atlântica do Estado de São Paulo. Foi proposto um procedimento metodológico para reconhecer os elos entre processos naturais e culturais baseado em fundamentos da ecologia da paisagem. Para tanto, a história de mais de quatro séculos de ocupação foi mapeada e qualificada, por meio de SIG (ArcGis 9.2). Esses dados foram interpretados em literatura, de forma a definir as naturezas da identidade tradicional da Juréia. O passo seguinte foi localizar as áreas que apresentaram maiores mudanças, em função dos impactos ambientais e movimento da populacao. Quatro atributos da identidade tradicional foram utilizados para avaliar a perda de características históricas.Para expressar as diferenças e semelhanças das ocupacoes foi construída uma matriz de representatividade histórica que permitiu delinear a identidade tradicional em fases de evolução. Finalmente...

Custo efetividade na conservação dos serviços ecossistêmicos : estudo de caso no Sistema Produtor de Água Cantareira; Cost effectiveness in the conservation of ecosystem services : study case at Cantareira Water Supply System

Oscar Sarcinelli
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/02/2015 PT
Relevância na Pesquisa
36.67%
O Sistema Produtor de Água Cantareira, um dos maiores sistemas de abastecimento de água para consumo humano do mundo, passa pela maior crise de capacidade de provisão de água em sua história. Especialistas apontam para o maior período de estiagem das últimas décadas como principal justificativa para esta situação. Entretanto, em um contexto de mudanças climáticas, como vem sendo alertado pela comunidade técnica internacional, é possível que esta situação permaneça por mais algum tempo e que volte a se repetir num futuro próximo. Desta forma, estratégias de conservação ambiental que tenham como objetivo a conservação dos serviços ecossistêmicos relacionados à regulação e provisão de recursos hídricos tornam-se prioridade para esta região. Esta investigação tem como objetivo principal identificar o cenário em que práticas direcionadas à conservação destes serviços ecossistêmicos dentro da área de drenagem do Sistema Produtor de Água Cantareira são adotas de forma mais custo-efetiva, ou seja, são capazes de ajudar na garantia da provisão de recursos hídricos ao menor custo possível. Para alcançar o objetivo a que se propõe, a presente investigação se apoia em uma das principais hipóteses da economia ecológica a qual considera que...

Análise da colonização e sucessão ecológica da macrofauna bentônica através de substrato artificial

Teitge, Guilherme Rodrigo
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
46.43%
Resumo: O presente trabalho teve como objetivo analisar a colonização da macrofauna, ao longo de 60 dias, em um rio de 3ª ordem de baixo curso na Mata Atlântica Paranaense, através de substratos artificiais. A utilização de substratos artificiais como método de coleta ainda é pouco usado no Brasil e muito discutido pela comunidade científica em termos eficiência, sendo mais utilizados em estudos de qualidade ambiental em ambientes lênticos. Foram coletados 4914 organismos distribuídos em 38 taxa, sendo que os Insecta foram o grupo mais representativo (98%). Chironomidade foi a família com maior abundância ao final do estudo, entretanto as famílias Baetidae e Leptophlebiidae mostram ser colonizadores iniciais em potencial, sendo substituídos por Chironomidae a partir do 7º dia de colonização. Em termos de guilda o grupo dos coletores foi o mais representativo em todo o período de estudo, fato relacionado com o local de estudo e devido à conservação da zona ripária, seguido pela guilda dos raspadores. As análises em diferentes resoluções taxonômicas e ecológicas mostrou que sucessão ecológica se deu de maneira cumulativa e não discreta como era de se esperar de acordo a teoria de Clements.

Análise da resiliência sócio-ecológica em unidades de conservação de uso sustentável: subsídios para o manejo da pesca artesanal no Brasil

Silva, Monalisa Rodrigues Oliveira da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ecologia; Bioecologia Aquática Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ecologia; Bioecologia Aquática
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.72%
O uso da biodiversidade pelo homem leva a alterações no funcionamento dos ecossistemas, podendo ainda levar a perda de resiliência. Pode-se definir resiliência como a capacidade de um sistema absorver um distúrbio e reorganizar-se, enquanto submetido a mudanças, mantendo a mesma estrutura e funcionamento. Em um sistema social, entende-se como a capacidade dos usuários de recursos naturais de enfrentar e adaptar-se as mudanças nas regras que regem o uso e acesso a estes. Alterações na resiliência, tanto ecológica quanto social, podem ser resultantes das ações de exploração e manejo destes recursos. Assim, torna-se essencial compreender como funcionam as estratégias de manejo e sua interação com a resiliência sócio-ecológica, permitindo a auto-avaliação das ações e possíveis modificações das mesmas. Neste projeto, propõe-se comparar a resiliência sócio-ecológica de três Unidades de Conservação (UCs) de uso sustentável: Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Ponta do Tubarão, localizada no estado do Rio Grande do Norte; e as Reservas Extrativistas do Batoque e Prainha do Canto Verde, ambas localizadas no estado do Ceará. Em cada área de estudo serão escolhidas comunidades pesqueiras, permitindo a comparação entre elas. A partir destas comunidades...

Ecologia e conservação do lagarto endêmico Tropidurus hygomi (Sauria: Tropiduridae) nas restingas do Litoral Norte da Bahia, Brasil

Dias, Eduardo José dos Reis; Martins, Karina Vieira; Rocha, Carlos Frederico Duarte da
Fonte: Universidade Federal de Sergipe Publicador: Universidade Federal de Sergipe
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.34%
As restingas são habitats herbáceos/arbustivos de dunas de areia cobrindo grande parte do litoral do Estado da Bahia. O nível de fragmentação do ecossistema de restinga, especialmente na região nordeste do Brasil, é preocupante ao se considerar que a destruição e a fragmentação dos habitats naturais são os principais fatores responsáveis pela redução da diversidade por eventos de extinção. O presente estudo, realizado nas restingas de Costa Azul, Baixio, Guarajuba e Abaeté no Litoral Norte do Estado da Bahia, teve como objetivo demonstrar-se o estado de conservação do ambiente de restinga pode interferir na utilização de microhabitat pelo lagarto endêmico Tropdurus hygomi . Os resultados demonstraram que os recursos de microhabitat utilizado por T. hygomi não diferiram significativamente entre as quatro áreas de restingas estudadas. Neste trabalho foram encontrados nas quatro áreas de restingas diversos fatores de degradação que indiretamente podem afetar o status de conservação do lagarto T. hygomi. Este lagarto é uma espécie heliófila que utiliza os tipos mais comuns de microhabitats em ambiente de restinga, no entanto o seu status de conservação, pelo seu grau de endemicidade, está estreitamente ligado à conservação das restingas do Litoral Norte da Bahia.________________________________________________________________________________________ ABSTRACT: Restingas” are herbaceous/ shrubby coastal sand-dune habitats that cover great areas of Brazil...

Estimativas de riqueza, composição de espécies e conservação da avifauna na Estação Ecológica do Panga, Uberlândia, MG, Brasil; Richness estimates, composition of species and conservation of birds in the Panga Ecological Station, Uberlândia, State of Minas Gerais, Brazil

Alteff, Eduardo França
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.76%
Geralmente, o tempo para obtenção de dados biológicos, bem como recursos humanos e logísticos são fatores limitantes, principalmente em países subdesenvolvidos e com grande diversidade. Diante dessas dificuldades, é essencial desenvolver estratégias de inventário e monitoramento rápido da diversidade biológica, principalmente quando se considera o ritmo atual de destruição de ecossistemas naturais e também as elevadas taxas de extinção de espécies. Desta forma, os objetivos do trabalho são: avaliar a composição de espécies de aves na Estação Ecológica do Panga, comentar sobre a conservação da avifauna e estimar a riqueza de espécies de aves comparando o desempenho de diferentes tipos de listas de Mackinnon e dos estimadores nãoparamétricos associados aos mesmos. A área de estudo está localizada no município de Uberlândia, MG, Brasil e representa uma das principais unidades de conservação na região do Triângulo Mineiro. O estudo foi realizado entre novembro de 2007 e novembro de 2008. O método utilizado no estudo foi o método das listas de Mackinnon, sendo utilizadas listas de 10-, 15- e 20-espécies. Para compor a listagem final de espécies (n = 234 espécies) considerou-se as 50 horas de observações realizadas durante a calibragem do método em novembro e dezembro de 2007 e também as 250 horas utilizadas para a confecção das listas entre janeiro e novembro de 2008. Além do número de espécies detectadas em campo...

Modelação e parametrização de índices de importância ecológica (IIE): um contributo para gestão e conservação da natureza

Monteiro, Lúcia Maria Oliveira
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.71%
Modelação e parametrização de Índices de Importância Ecológica (IIE): um contributo para gestão e conservação da natureza Uma das principais estratégias necessárias para reduzir a perda de biodiversidade é a criação e gestão adequada de áreas protegidas bem como a definição de prioridades de conservação através da valorização das espécies. O objetivo deste trabalho foi cartografar a importância ecológica avifaunística no território continental, avaliando o grau de correspondência entre as áreas de maior importância ecológica e as áreas classificadas como Zona de Proteção Especial (ZPE). Para o efeito, calculou-se a importância ecológica das espécies de aves nidificantes em Portugal Continental através de quatro índices diferentes. Verificou-se que os quatro índices calculados responderam de formas diferentes na hierarquização das espécies. Qualquer priorização de espécies depende muito da disponibilidade e qualidade dos dados. As três ZPE estudadas apresentaram delimitações congruentes com as áreas de valores elevados de cada índice e pode-se afirmar que há uma tendência global para que estes valores se tornem progressivamente mais baixos para locais mais distantes das ZPE; ABSTRACT: Modelling and parameterization of Ecological Importance Index (EII): a contribution to management and nature conservation One of the most important strategies needful to reduce the loss of biodiversity is the creation and proper management of protected environmental areas and the definition of conservation priorities through the appreciation of the species. The objective of this work was mapping the ecological importance of avifauna in the mainland...

Um estudo sobre valoração da biodiversidade; Texto para Discussão (TD) 904: Um estudo sobre valoração da biodiversidade; A study on biodiversity valuation

Mendonça, Mário Jorge Cardoso de
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Texto para Discussão (TD)
PT-BR
Relevância na Pesquisa
46.41%
A conservação da biodiversidade aparece entre as principais questões ligadas à economia do meio ambiente. No entanto, por vezes, não está claro o que se supõe estar sendo conservado ou qual o trade-off relevante em questão. A falta de um arcabouço que contemple os aspectos teóricos e operacionais é um dos fatores mais comuns que surgem quando o assunto vem à tona. Se a biodiversidade não pode ser medida, não há como formar decisões racionais no que se refere à preservação das espécies, pois a análise de medidas que visem à conservação ecológica fica prejudicada na medida em que cada qual carrega consigo ganhos esperados e perdas imediatas de bem-estar para a sociedade. Este trabalho tem como objetivo apresentar uma metodologia que permite impor preço à proteção da biodiversidade a partir da análise desenvolvida por Montgomery et alii (1999). Basicamente, este estudo tenta estabelecer um intervalo de confiança para o valor que a sociedade estaria disposta a pagar, por meio de um imposto do tipo lump sum, para execução de um programa de preservação de algumas espécies. A viabilidade, ou probabilidade de que a espécie não seja extinta no futuro, o grau de diversidade genético e o seu valor de uso são alguns dos fatores que intervêm na formação do preço da preservação da espécie.; 12 p.

Conflitos Socioambientais. Mosaico de Unidades de Conservação da Jureia Itatins. Sustentabilidade. Mata Atlântica. Estação Ecológica Jureia-Itatins. Recursos Naturais. Proteção Ambiental.; ORGANIZAÇÃO SOCIOPOLÍTICA EM ÁREA DE PRESERVAÇÃO AMBIENTAL

Panzutti, Nilce da Penha Migueles; Chabaribery, Denyse; Monteiro, Ana Victoria Vieira Martins; Petti, Regina Helena Varella
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 27/06/2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.65%
At the heart of an important environmental issue related to agriculturalproduction lies the contradiction arising, on the one hand, from the need to conserve relevant biophysical heritage with restrictions to agricultural and agroforestry practices and, one the other, the survival of natural-resource dependent communities. This article analyzed the social and political path taken by population cores comprised by traditional and non-traditional farmers living in a conservation area who, despite their efforts to regularize their permanence in the localities, have not yet found a solution to their destiny. To that end, we drew on information and analyses from previous works on this issue, (PANZUTTI, 2001; PANZUTTI 2002), mainly focused on the impacts caused by the creation of the Juréia Itatins Ecological Station (EEJI), in 1986, on the life style of the Itinguçu group, which resides in this conservation area. To analyze the impact of Law 12,406 of 2006, which created the Juréia-Itatins conservation units network and was enforced until 2009, we created twenty semi-structured scripts that  here administered to residents, local leaders, government agencies and NGOs, as well as local political (Peruibe) and state agents in 2007. Now...