Página 1 dos resultados de 94 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Avaliação da posição condilar e disfunção temporomandibular em pacientes com má oclusão de Classe II submetidos à protrusão mandibular ortopédica; Evaluation of condylar position and temporomandibular dysfunction in Class II patients treated with mandibular orthopedic advancement

CONTI, Ana Cláudia de Castro Ferreira; FREITAS, Marcos Roberto de; CONTI, Paulo César Rodrigues
Fonte: Dental Press Editora Publicador: Dental Press Editora
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
56.65%
OBJETIVO: avaliar a participação da protrusão mandibular ortopédica e da posição condilar na prevalência de sinais e sintomas de disfunção temporomandibular (DTM). METODOLOGIA: a amostra foi composta por 60 indivíduos divididos em 3 grupos, sendo o grupo I correspondente a indivíduos não tratados; o grupo II composto por jovens em tratamento com o Bionator; e o grupo III por jovens já tratados com este aparelho. Os indivíduos da amostra responderam a um questionário relativo aos principais sintomas de DTM, permitindo a classificação dos mesmos de acordo com a presença e severidade dessas disfunções. Esses jovens também se submeteram à avaliação da movimentação mandibular, palpação dos músculos mastigatórios e inspeção de ruídos articulares. Radiografias transcranianas padronizadas das ATMs direita e esquerda foram realizadas, para obtenção do grau de concentricidade condilar. RESULTADOS: os testes ANOVA, Kruskal-Wallis e qui-quadrado foram utilizados para análise dos dados. De acordo com os resultados do questionário anamnésico, 66,67% da amostra foram classificados com ausência de DTM; 30% com DTM leve e apenas 3,33% com DTM moderada, sem diferença entre os grupos estudados (p > 0,05). Quanto à concentricidade condilar...

Changes in temporomandibular joint disc position and form following Herbst and fixed orthodontic treatment

AIDAR, Luis Antonio de Arruda; DOMINGUEZ, Gladys Cristina; YAMASHITA, Helio K.; ABRAHAO, Marcio
Fonte: E H ANGLE EDUCATION RESEARCH FOUNDATION, INC Publicador: E H ANGLE EDUCATION RESEARCH FOUNDATION, INC
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
36.2%
Objective: To determine the changes in the position and form of the temporomandibular joint articular disc in adolescents with Class II division 1 malocclusion and mandibular retrognathism treated with the Herbst appliance (phase I) and fixed orthodontic appliance (phase II). Materials and Methods: Thirty-two consecutive adolescents went through phase I of treatment and 23 completed phase II. The temporomandibular joints were evaluated qualitatively by means of magnetic resonance images at the beginning of treatment (T1), during phase I (T2), at the end of phase I (T3), and at the end of phase II (T4). Results: Significant changes in disc position were not observed with the mouth closed between T1 X T3 (P = .317), T3 X T4 (P = .287), or T1 X T4 (P = .261). At T2, on average, the disc was positioned regressively. With the mouth open, no difference was observed between T1 X T3 (P = .223) or T1 X T4 (P = .082). We did observe a significant difference between T3 X T4 (P < .05). Significant changes in the disc form were found with the mouth closed between T1 X T2 (P < .001) and T2 X T3 (P < .001). Conclusions: At the end of the two-phase treatment, in general terms, the position and form of the initial articular discs were maintained; however...

MRI analysis of the relationship between bone changes in the temporomandibular joint and articular disc position in symptomatic patients

Gil, C.; Santos, K. C. P.; Dutra, M. E. P.; Kodaira, S. K.; Oliveira, J. X.
Fonte: BRITISH INST RADIOLOGY; LONDON Publicador: BRITISH INST RADIOLOGY; LONDON
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
26.7%
Objectives: The aim of this study was to investigate bone changes in the condyle, articular eminence and glenoid fossa in relation to the position of the articular disc. Methods: 148 temporomandibular joints (TMJs) of 74 symptomatic patients who underwent MRI were evaluated. The position of the disc was classified as either normal (N), disc displacement with reduction (DDwR), disc displacement without reduction (DDwoR) and posterior displacement (PD). Bone changes were investigated in the condyle and temporal components of the TMJ and classified as osteophytosis, sclerosis or erosion. Results: There were no bone changes in the glenoid fossa of the temporal bone. Of the total number of TMJs studied, 94 (63.5%) were N, 34 (23%) presented DDwoR, 19 (12.8%) presented DDwR and 1 (0.7%) presented PD. The bone changes in the condyle and posterior aspect of the articular eminence were associated with the position of the disc. The bone changes in the anterior aspect of the articular eminence were not associated with the position of the disc. Conclusion: In cases of DDwoR, bone changes in the condyles were more common. The combination of erosion and osteophytosis in the condyle and the bone changes of the posterior aspect of the articular eminence were associated with disc position. Dentomaxillofacial Radiology (2012) 41...

Avaliação da posição condilar em pacientes desdentados totais portadores de dentaduras duplas, através de planigrafias da ATM

Porto, Vinícius Carvalho
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/04/2000 PT
Relevância na Pesquisa
26.64%
A posição condilar tem sido questionada como importante fator na detecção de sinais e sintomas de DTM,s. Por muito tempo, determinou-se que a concentricidade condilar refletiria uma posição ótima para o paciente. No entanto, outros trabalhos mostraram que era possível a visualização da descentralização dos côndilos, mesmo em pacientes assintomáticos. Dessa forma, avaliou-se neste trabalho a posição condilar antes e após instalação de PT,s novas, por meio de planigrafias laterais da ATM. O critério de seleção dos pacientes foi aleatório e, mediante a amostra escolhida, foi preenchido um questionário clínico-anamnésico, seguido de tomadas radiográficas com o par de dentaduras antigas e novas em 12 pacientes. Um único examinador conduziu o preenchimento das fichas e análise das radiografias no programa de imagens Corel Draw 8. De acordo com a metodologia aplicada e análise estatística dos resultados, verificou-se que a posição condilar em desdentados totais na primeira tomada radiográfica situou-se mais para anterior em 100% dos casos. Já o deslocamento condilar após instalação das novas próteses resultou em uma tendência de deslocamento para posterior em 75% dos indivíduos, para anterior em 16...

Avaliação in vitro das variações posicionais da cabeça da mandíbula na fossa articular decorrentes da alteração dimensional de resinas acrílicas para base de prótese total submetidas a diferentes técnicas de processamento; In vitro evaluation of changes in the position of the mandibular condyle in consequence of dimensional changes in denture base acrylic resins submitted to different processing methods

Guarnieri, Tatiana de Carvalho
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/09/2006 PT
Relevância na Pesquisa
26.62%
Este estudo teve o objetivo de avaliar in vitro a influência da alteração dimensional de resinas acrílicas para base de prótese total submetidas a diferentes formas de processamento sobre a posição da cabeça da mandíbula, buscando estabelecer uma possível relação com a etiologia das disfunções crânio-mandibulares nos pacientes usuários desse tipo de prótese. Foram duas etapas: a primeira parte enfocou o papel do tipo de prensa (Getom ou de cozimento) e da força de prensagem para fechamento da mufla (1000 ou 1500 kgf) utilizados no processamento de duas resinas: Lucitone 550 e QC–20 e somente da força de prensagem para a resina Acron MC. Já a segunda parte do estudo teve o intuito de avaliar a influência dos ciclos de polimerização curtos e longos na alteração dimensional de cinco resinas: as mesmas três da primeira parte, além da Clássico e Ondacryl. As próteses superiores acrilizadas foram remontadas em articulador totalmente ajustável, tendo como referência a posição de máxima intercuspidação (MIC). Nessa posição de maior estabilidade oclusal, foi vazado gesso tipo IV no espaço entre as esferas condilares do articulador e as paredes dos estojos condilares. Após a cristalização, esses corpos-de-prova de gesso foram removidos do estojo condilar e suas dimensões medidas e submetidas à análise estatística por meio de um modelo de análise de variância com medidas repetidas que permitiu concluir que houve variações na posição da “cabeça da mandíbula” em 625 das 630 medidas efetuadas; as médias de movimentação condilar variaram de 0...

Avaliação eletromiográfica dos músculos da mastigação, da movimentação mandibular e do posicionamento condilar de pacientes desdentados totais com disfunção temporomandibular, antes e após a instalação de próteses totais com pistas deslizantes de Nóbilo; Electromyographic evaluation of chewing muscles, jaw movement and condyles position in edentules subjects with temporomandibular dysfunction before and after using complete dentures with NÓBILO'S sliding plates

Pavão, Rogério Fávaro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/07/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.24%
O objetivo deste trabalho foi estudar as medidas dos movimentos da mandíbula, o posicionamento dos côndilos nas fossas mandibulares, os sinais e sintomas de disfunção temporomandibular e a atividade eletromiográfica em pacientes desdentados totais, antes e após a instalação das próteses totais com pistas deslizantes de Nóbilo. Foram selecionados nove pacientes portadores de próteses totais superior e inferior, com presença de sinais e sintomas de disfunção temporomandibular e com comprometimento da dimensão vertical da face. Os pacientes foram submetidos a mensurações dos movimentos mandibulares, análise da sintomatologia dolorosa, medidas de posicionamento condilar em radiografias transcranianas e exames eletromiográficos, antes e após a instalação das próteses. Os resultados obtidos foram analisados estatisticamente e mostraram significância estatística nos movimentos mandibulares (p<=0,05) de lateralidade direita, lateralidade esquerda e protrusão. Com relação a sintomatologia dolorosa posterior ao tratamento com as próteses, os resultados mostraram significância estatística (p<=0,05) nos músculos temporal esquerdo, pterigóideo lateral direito e esquerdo, pterigóideo medial direito e esquerdo e também nas articulações temporomandibulares direita e esquerda. Quanto ao posicionamento condilar os resultados mostraram-se não-significantes (p>=0...

Análise por meio de ressonância magnética em pacientes sintomáticos da relação entre as alterações ósseas da articulação temporomandibular e derrame articular em função do posicionamento do disco articular; Analysis by magnetic resonance imaging in symptomatic patients of the relationship between bone changes of the temporomandibular joint and joint effusion related to articular disc position

Gil, Cibelle
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 03/11/2009 PT
Relevância na Pesquisa
36.4%
A articulação temporomandibular (ATM) é considerada a articulação mais complexa do corpo humano. Assim como outras articulações do sistema músculo-esquelético ela pode ser acometida pelas mesmas doenças e desordens, como por exemplo, deslocamentos de disco (DD), doenças articulares degenerativas (osteoartrite OA), artrites inflamatórias e sinovites. Baseado nos laudos obtidos por meio das análises das imagens em norma sagital das ATMs de pacientes sintomáticos encaminhados para a realização de exame por ressonância magnética (RM) foram avaliadas a presença de alterações ósseas das cabeças de mandíbula, eminências articulares e fossas articulares do osso temporal e a presença de derrame articular (DA), decorrentes do posicionamento do disco articular. A amostra foi constituída por 148 ATMs de 74 pacientes sintomáticos. As alterações ósseas ocorreram com mais frequência nas cabeças de mandíbula, com destaque para o aparecimento de osteófitos e erosões nos casos de deslocamento de disco sem redução (DDSR). Os resultados dos testes estatísticos revelaram que as alterações ósseas da cabeça de mandíbula do tipo erosão e osteófito e da eminência articular anterior, assim como a presença do DA estão associadas ao posicionamento do disco articular.; The temporomandibular joint (TMJ) is considered the most complex articulation of the human body. Like other joints of the musculoskeletal system it can be affected by the same diseases and disorders...

Posição da cabeça da mandíbula à tomografia computadorizada por feixe cônico em adultos com mordida aberta anterior tratados ortodonticamente com auxílio de mini-implantes; Position of the condyle to the cone beam computed tomography in adults with open bite orthodontically treated with mini-implants

Horliana, Ricardo Fidos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 14/05/2010 PT
Relevância na Pesquisa
26.82%
O objetivo deste estudo prospectivo foi avaliar a posição da cabeça da mandíbula em relação à fossa mandibular das articulações temporomandibulares (ATMs), por meio de tomografia computadorizada por feixe cônico (TCFC), em pacientes adultos portadores de má oclusão de Classe I e de Classe II divisão 1ª de Angle com mordida aberta anterior dento-alveolar, tratados ortodonticamente durante período médio de 12 meses com auxílio de mini-implantes. A amostra constou de 10 adultos brasileiros (20 ATMs), de ambos os gêneros (cinco do gênero masculino e 5 do gênero feminino), com idade média de 23 anos e 6 meses, desvio padrão de 5 anos e 3,5 meses, assintomáticos. As imagens de TCFC foram adquiridas em dois tempos do tratamento: T1 ao início e T2 ao final do tratamento e período de observação. Foi realizada avaliação quantitativa da posição da cabeça da mandíbula na fossa mandibular em posição de máxima intercuspidação habitual (MIH). Os valores obtidos com a avaliação quantitativa da posição da cabeça da mandíbula na fossa mandibular ao início do tratamento demonstram que em MIH a cabeça da mandíbula encontra-se ligeiramente deslocada no sentido ântero-posterior com assimetria entre os lados direito e esquerdo e que o espaço articular superior encontra-se aumentado em relação aos demais espaços articulares avaliados. Ao término do tratamento (T2) demonstraram que em MIH a cabeça da mandíbula tendeu a um deslocamento anterior mantendo a assimetria entre os lados direito e esquerdo e que o espaço articular superior apresentou valores próximos aos demais espaços articulares. Entre o início e o término do tratamento os resultados demonstraram que não houve diferença estatisticamente significante na posição ântero-posterior da cabeça da mandíbula...

Avaliação da cabeça da mandíbula na fossa articular em crianças com mordida cruzada posterior unilateral antes e após a expansão rápida da maxila, com o indicador da posição condilar - IPC; Evaluation of Condylar position in the articular fossae in children with unilateral posterior crossbite, before and after rapid maxillary expansion

Illipronti Filho, Edson
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/04/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.24%
Deslocamentos das cabeças da mandíbula entre as posições de máxima intercuspidação habitual (MIH) e de relação cêntrica (RC) são ocorrências encontradas nas mordidas cruzadas posteriores unilaterais em crianças. Desta forma os mesmos foram estudados em 18 crianças com a referida maloclusão, com media de idade de 7,2 anos para o gênero feminino e 8,4 anos para o gênero masculino. A correção dessa foi efetuada com o aparelho de recobrimento oclusal de acrílico associado ao parafuso hyrax, ajustado à oclusão do paciente de modo a promover contatos bilaterais simultâneos e múltiplos, resultando em algum grau de desprogramação. Os deslocamentos foram medidos nos três planos do espaço por meio do indicador de posição condilar (IPC), antes e após a expansão rápida da maxila com o referido aparelho. Pode-se observar que os deslocamentos condilares entre as posições de RC e MIH, nos planos vertical e horizontal, no tempo pré-expansão, mostraram-se significativamente maiores que os encontrados no tempo pós-expansão, demonstrando assim, diminuição dos mesmos após a correção da maloclusão. No plano transversal não houve diferenças entre os tempos pré e pós-expansão. A comparação entre os lados direito e esquerdo dos deslocamentos estudados no tempo pré-expansão...

Estudo da correlação entre posicionamento do disco articular, cabeça da mandíbula, estalo e dor à palpação em pacientes portadores de disfunção temporomandibular avaliados clinicamente e pela ressonância magnética; Study of correlation between articular disc position, condyle, clicking and pain on palpation in patients with temporomandibular disorders assessed clinically and by magnetic resonance imaging

Nunes, Thaís Borguezan
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/03/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.89%
A Disfunção Temporomandibular (DTM) se refere a várias doenças que envolvem os músculos da mastigação e/ou a articulação temporomandibular (ATM). Ao longo da história, o desenvolvimento de técnicas de imagem possibilitou a avaliação das disfunções intra-articulares. A Ressonância Magnética (RM) é considerada o melhor método de avaliação de imagem para diagnosticar doenças da ATM e o exame mais preciso para detectar a posição do disco articular e visualizar estruturas ósseas, como a cabeça da mandíbula e a fossa mandibular, complementando o exame clínico. A associação entre sinais e sintomas de DTM e achados na RM é controversa na literatura e a correlação entre a posição da cabeça da mandíbula dentro da fossa mandibular e a sintomatologia de pacientes diagnosticados com DTM foi pouco elucidada pelos autores. O objetivo do estudo foi analisar os achados imaginológicos da ressonância magnética quanto à posição da cabeça da mandíbula e quanto à posição do disco articular, verificando sua correlação com os sinais clínicos de estalo e de dor à palpação muscular e articular relatados pelo paciente. Foram analisados 163 prontuários contendo ficha clínica e exame de RM de pacientes com DTM. As fichas clínicas forneceram dados referentes a sinais e sintomas dos pacientes...

Comparação de dois métodos de avaliação da posição da cabeça da mandíbula na fossa mandibular por imagem de ressonância magnética; Comparison of two methods for evaluation the position of the condyle in the articular fossa by magnetic resonance imaging

Di Matteo, Rosana Canteras
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/03/2014 PT
Relevância na Pesquisa
46.77%
A Disfunção Temporomandibular (DTM) é um termo que remete ao conjunto de doenças que envolvem músculos mastigatórios, articulação temporomandibular (ATM) e estruturas associadas. Diversos estudos buscam uma ligação entre sinais e sintomas de pacientes com DTM, tentando correlacionar o posicionamento de estruturas anatômicas, especificamente disco articular e cabeça da mandíbula, com a presença de dores nas ATMs, nos músculos mastigatórios e posturais. No que se refere à posição da cabeça da mandíbula na fossa mandibular, a literatura relata existir uma grande variação, sendo que os conceitos de normalidade e anormalidade são controversos. Os estudos sobre DTM evoluíram ao longo dos anos, principalmente nas últimas três décadas, graças ao advento de técnicas de exames de imagem como a Tomografia Computadoriza (TC) e a Ressonância Magnética (RM). Atualmente a RM é considerada o melhor método de avaliação de imagem para se estudar a ATM, tanto nos aspectos anatômicos e fisiológicos de normalidade, quanto nos aspectos patológicos, complementando o exame clínico de pacientes com DTM. O objetivo principal desse estudo foi a comparação do método de Pullinger-Hollender (P-H) com o método de Gelb quanto à posição da cabeça da mandíbula (anterior...

Estudo da correlação entre a posição do disco da articulação temporomandibular, avaliada através da técnica do relógio em exames de ressonâncias magnéticas com a posição da cabeça da mandíbula avaliada pelo método de Pullinger; Correlation between the position of the temporomandibular joint disk, measured by the clock technique in MRIs, with the position of the condyle carried at Pullinger method

Luca, Carlos Eduardo Pitta de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 07/07/2014 PT
Relevância na Pesquisa
46.85%
A associação entre sinais e sintomas de Disfunções Temporomandibulares (DTM) e achados em imagens de ressonância magnética (RM) tem sido controversa, dessa forma, este estudo avaliou a posição do disco, pelo método do relógio, e verificou a associação com a posição da cabeça da mandíbula, com a dor muscular à palpação, abertura passiva e ativa, presença de estalo e idade em pacientes portadores de DTM que foram submetidos ao exame de RM. O disco foi classificado em 0- posição normal (banda posterior em 11 e 12 horas); 1- início do deslocamento (posição entre 11 e 10 horas); 2- deslocamento médio (posição entre 10 e 9 horas); e 3- deslocamento avançado (posição entre 9 e 8 horas). A posição da cabeça da mandíbula foi classificada de acordo com o método de Pullinger em 1- posterior; 2- anterior; e 3- concêntrica. As classificações foram realizadas por três examinadores. A associação entre os dados clínicos e imaginológicos foi realizada utilizando o coeficiente de correlação intraclasse, coeficiente de correlação de Spearman, análise de variância, teste exato de Fisher ou teste de Kruskal-Wallis conforme a necessidade, com 5% de nível de significância. Sessenta casos foram incluídos no estudo...

Relação da cabeça da mandíbula na fossa mandibular em indivíduos com más oclusões por meio da tomografia computadorizada volumétrica

Trautmann, Fernanda
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 62 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
26.7%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Pós-graduação em Biopatologia Bucal - ICT; O propósito deste trabalho foi verificar a posição das cabeças da mandíbula nas suas respectivas fossas mandibulares em individuos com diferentes má-oclusões Classe I, II e III. Foram utilizadas tomografias computadorizadas volumétricas de 60 indivíduos em avaliação préortodôntica do sexo masculino e feminino. Com o gabarito preconizado por Pereira (1997), obtivemos medidas lineares dos espaços articulares anterior, posterior e superior de cada ATM. Após análise estatística, concluiu-se que as cabeças da mandíbula nos casos de Classe III do lado esquerdo apresentaram, com significancia estatística, maior deslocamento anterior em relação a fossa mandibular. Os casos de Classe II do lado esquerdo, embora sem significância estatística, apresentaram tendência de maior deslocamento porterior da cabeça da mandíbula enquanto os grupos de Classe I do mesmo lado apresentaram tendência a posição centralizada. Os grupos de Classe I e III do lado direito apresentaram maior tendência de deslocamento centralizado, enquanto os grupos de.Classe II do mesmo lado apresentaram maior tendência de deslocamento posterior porém sem significância estatística; The purpose of this study was to determine the condyle position in their respective mandibular fossa in different individuals with Class I...

Estudo da morfologia e dos achados radiograficos nas articulações temporomandibulares de pacientes sintomaticos

Luciane Farias de Araujo
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/08/2000 PT
Relevância na Pesquisa
26.64%
Quarenta e seis pacientes com sinais e sintomas de desordens temporomandibulares (DTMs) foram examinados clinicamente e por meio de tomografia convencional hipocicloidal em norma lateral, nas posições de máxima intercuspidação e abertura máxima bucal. Foram investigadas, em 92 articulações, a freqüência e localização de alterações ósseas condilares, bem como o posicionamento condilar em relação a fossa mandibular, a largura e altura da fossa mandibular, a excursão condilar, angulação da vertente posterior da eminência articular e a inclinação do côndilo. As alterações ósseas foram visualizadas com maior ocorrência no terço central do côndilo (40,3%), onde o facetamento foi a mais prevalente (28,3%), seguido de eburnação (23,9%). A posição condilar apresentou grande variabilidade, com predominância de côndilos posteriorizados em relação a fossa mandibular (41,3%). Nas articulações com normo e hiper-excursão condilar, houve uma diferença significante entre as médias das inclinações da vertente posterior da eminência articular (p<0,05), com o segundo grupo apresentando maiores inclinações. Não existiu associação estatisticamente significante das demais variáveis medidas, com o padrão de excursão condHar; Fourty-six patients with signals and symptoms of temporomandibular disorders were clinically examined by lateral hypocycloidal conventional tomography...

Avaliação da articulação temporomandibular em individuos com depressção maior : estudo clinico e por ressonancia magnetica; Evaluation of the temporomandibular joint in maior depressed individuals : a clinical and resonance magnetic imaging study

Sergio Lucio Pereira de Castro Lopes
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/02/2007 PT
Relevância na Pesquisa
26.65%
O objetivo deste estudo foi avaliar a articulacao temporomandibular (ATM) de individuos portadores de Depressao Maior. A amostra foi constituida por 40 individuos diagnosticados por um medico psiquiatra, como portadores de Depressao Maior, segundo as diretrizes do DSM-IV (Manual de Diagnostico e Estatistica das Perturbacoes Mentais). Estes foram submetidos a exames clinicos e por imagem, que se constituiu de Ressonância Magnetica. Pela analise dos resultados, observou-se em relacao aos dados da anamnese, que a presenca da cefaleia recorrente foi a alteracao mais relatada, sendo citada como sempre presente (52,5% dos individuos) e ocasionalmente presente (47,5% destes). Em relacao ao exame clinico, a presenca de trajetoria mandibular alterada ocorreu em 85% dos individuos, sendo que 62,5% destes apresentaram desvio e 22,5% deflexao. Ruido articular, ocorreu em 70% das articulacoes (69% destas sendo estalido). Dor a funcao articular foi o sintoma mais observado, ocorrendo em 61,25% das articulacoes. No exame por imagem, o deslocamento de disco ocorreu em 54 articulacoes (67,5% da amostra), sendo o deslocamento sem reducao observado em 5 articulacoes (6,25%). Alteracao na posicao da cabeca da mandibula foi observada em 57 articulacoes (71...

Estudo comparativo entre duas tecnicas radiograficas transcranianas utilizando o cefalostato Accurad-200, nas posições padrão corrigida e confecção de um gabarito para delimitação dos espaços articulares

Teresa Cristina Rangel Pereira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/04/1997 PT
Relevância na Pesquisa
36.34%
Este estudo teve como finalidades realizar uma análise comparativa entre duas técnicas radiográficas transcranianas com o auxílio do cefalostato ACCURAD-200, nas posições Padrão e Corrigida e desenvolver um gabarito que auxilie o profissional a medir os espaços articulares anterior e posterior, fornecendo informações sobre o posicionamento condilar. Foram radiografados 59 pacientes, numa faixa etária entre 18 e 35 anos, que voluntariamente se propuseram a participar deste estudo. Foi realizada uma radiografia ínfero-superior para a correção da incidência do feixe de raios X (posição Corrigida). Sobre as radiografias transcranianas foram realizados os traçados com o auxílio do gabarito e feitas as medidas lineares dos espaços articulares, usando para tal um paquímetro digital. Nossos resultados demonstraram que para ambas as técnicas empregadas o espaço articular posterior apresentou-se menor que o anterior, e que o método desenvolvido permite a avaliação do posicionamento condilar; This study had the purpose of making a comparative analyse between transcranial radiographs utilizing ACCURAD-200 headholder in standard and corrected positions and to develop a Template to help professionals measure the anterior and posterior joint spaces and give some information about condyle position. Transcranial radiographs were taken from 59 voluntaries who participated in this study...

A clinical study of condylar position of three biotypological facial groups.

Maria João Ponces; Afonso Pinhão Ferreira; José Pedro Tavares; Paula Vaz; Jorge Dias Lopes
Fonte: Universidade do Porto Publicador: Universidade do Porto
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
ENG
Relevância na Pesquisa
36.6%
Objectives: Orthodontic diagnosis and treatment related to the orthopaedic position of centric relation (CR) requires a comprehensive study of the condylar position (Roth, 1981; Cordray, 2006). According to the craniofacial architecture, the hyperdivergent facial type seems to be more prone to condyle displacement than other facial groups. Therefore, it was put into hypothesis that it is on the hyperdivergent type that the centric slide (CS) is more frequent and wider. This work intended to investigate and compare CS on an hyperdivergent, an hypodivergent and an intermediate group. Materials and methods:The displacement from CR to centric occlusion (CO) namely CS was assessed on the vertical (#916;Z) and sagittal (#916;X) plans with a mandible position indicator MPI® on mounted models in a semi-adjustable articulator SAM® 2P. The cases were selected from a sample of 742 orthodontic patients submitted to sequential criteria that allowed coming to an asymptomatic orthodontic population that surpassed growth peak and were divided in three groups of 36 elements each according to cephalometric criteria (Girardot, 2001). The groups were studied and then compared statistically using t Student test with a 0.05 level of significance.Results:The results demonstrated that CS is more common and generally wider on the hyperdivergent group...

Interpretation of mandibular condyle fractures using 2D- and 3D-computed tomography

Costa e Silva,Adriana Paula de Andrade da; Antunes,José Leopoldo Ferreira; Cavalcanti,Marcelo Gusmão Paraiso
Fonte: Fundação Odontológica de Ribeirão Preto Publicador: Fundação Odontológica de Ribeirão Preto
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2003 EN
Relevância na Pesquisa
36.52%
Computed tomography (CT) has been increasingly used in the examination of patients with craniofacial trauma. This technique is useful in the examination of the temporomandibular joint and allows the diagnosis of fractures of the mandibular condyle. Aiming to verify whether the three-dimensional reconstructed images from CT (3D-CT) produce more effective visual information than the two-dimensional (2D-CT) ones, we evaluated 2D-CT and 3D-CT examinations of 18 patients with mandibular condyle fractures. We observed that 2D-CT and 3D-CT reconstructed images produced similar information for the diagnosis of fractures of the mandibular condyle, although the 3D-CT allowed a better visualization of the position and displacement of bone fragments, as well as the comminution of fractures. These results, together with the possibility of refining and manipulating perspectives in 3D images, reinforce the importance of its use in the surgical planning and evaluation of treatment. We concluded that 3D-CT presented supplementary information for a more effective diagnosis of mandibular condyle fractures.

Efeitos da expansão rápida da maxila na posição do côndilo em tomografias computadorizadas - Cone Beam

Squeff, Karine
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
26.96%
Introdução: O conhecimento da posição do côndilo em relação à cavidade articular pode servir como base para estudos relacionados às desordens têmporo maxilo-mandibulares (DTMs). Durante a expansão rápida da maxila (ERM), uma intensa atividade sutural ocorre entre os ossos com os quais a maxila se articula, incluindo a articulação temporomandibular (ATM). Com a Tomografia computadorizada Cone Beam (TCCB) é possível visualizar a posição do côndilo na cavidade articular no sentido coronal, sagital e axial, o que antes, devido a questões anatômicas, sempre foi de difícil interpretação.Objetivos: Propor uma metodologia de posicionamento do crânio para avaliação do côndilo e realizar a avaliação da posição condilar em relação à cavidade articular em TCCB, antes, imediatamente após e seis meses depois da ERM, no sentido axial e sagital.Metodologia: Neste estudo retrospectivo, com pacientes entre 7 e 14 anos, foram realizadas medidas inter e intraexaminadores em 10 TCCB da posição condilar em relação à cavidade articular, padronizando a posição da cabeça e côndilo através de estruturas anatômicas estáveis e de fácil identificação. Os dados foram analisados através de medidas descritivas (média e desvio-padrão). Após...

Avaliação da posição condilar em pacientes com DTM antes e após terapia com placa interoclusal estabilizadora por meio de tomografia computadorizada de feixes cônicos; Evaluation of condylar position in TMD patients before and after treatment with occlusal splints by cone beam computed tomography

Coelho Filho, Deícola
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 02/09/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.44%
O objetivo deste estudo foi avaliar a posição condilar em pacientes com DTM articular antes e após tratamento com placa interoclusal estabilizadora por meio de tomografia computadorizada de feixes cônicos. Foram avaliados e tratados 22 pacientes com algum sinal ou sintoma de DTM articular, triados nas Clínicas do Curso de Odontologia da Universidade Estadual de Montes Claros, que preencheram os critérios de inclusão e exclusão. O diagnóstico de DTM foi realizado com o Research Diagnostic Criteria for Temporomandibular Disorders (RDC/TMD). Os pacientes foram submetidos a terapia com placa interoclusal estabilizadora durante 90 dias. Foram realizados três exames de tomografia computadorizada de feixes cônicos na região das ATM direita e esquerda, sendo: a primeira no início do tratamento, com o paciente na posição de MIH (G1); a segunda após 90 dias de tratamento, com o paciente ocluindo na placa interoclusal estabilizadora (G2); e a terceira após 90 dias de tratamento, com o paciente na posição de MIH (G3). Foram realizadas medidas dos espaços articulares anterior, superior e posterior em cortes sagitais das ATM. Os dados coletados foram analisados estatisticamente por meio do teste t: amostras pareadas ao nível de 5% de significância para a comparação entre dois grupos. Na comparação entre G1 e G2...