Página 1 dos resultados de 73 itens digitais encontrados em 0.060 segundos

Estudo prospectivo e randomizado das estratégias liberal e restritiva de transfusão de hemácias em cirurgia cardíaca; Liberal or restrictive strategy of red blood cell transfusion in cardiac surgery: a randomized controlled clinical trial

Hajjar, Ludhmila Abrahão
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/06/2010 PT
Relevância na Pesquisa
86.26%
Introdução: O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito de uma estratégia restritiva de transfusão de hemácias comparada a uma estratégia liberal na evolução clínica de pacientes submetidos à cirurgia cardíaca com circulação extracorpórea. Métodos: Estudo prospectivo, randomizado, e controlado. Foram randomizados 512 pacientes para uma estratégia liberal de transfusão (hematócrito 30%) ou restritiva (hematócrito 24%). Resultados: Os pacientes apresentaram idade média de 60,7 ± 12,5 anos no grupo liberal e 58,6 ± 12,5 anos no grupo restritivo. Em ambos, houve predomínio de pacientes com fração de ejeção normal, mas 13% dos pacientes do grupo liberal e 15% do grupo restritivo apresentavam fração de ejeção abaixo de 40%. A mortalidade ou a morbidade grave em 30 dias foi semelhante nos dois grupos (10% na estratégia liberal e 11% na estratégia restritiva, P=0,518). Não houve diferença entre os grupos em relação às taxas de complicações secundárias. A média da concentração de hemoglobina foi 10,5 0,9 g/dL no grupo liberal e 9,1 1,2 gdL no grupo restritivo (P<0,001). No grupo liberal, 198 pacientes (78%) receberam transfusão de hemácias, e no grupo restritivo 118 pacientes (47%). Independente da estratégia utilizada...

Guia nacional para implantação de banco de sangue com fenótipos raros: uma proposta para a hemorrede pública brasileira; National guide to blood bank implementation with rare phenotypes: a proposal for the Brazilian public services.

Schörner, Everaldo José
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/04/2015 PT
Relevância na Pesquisa
76.47%
A transfusão de concentrado de hemácias é uma atividade que proporciona muitos benefícios aos pacientes que necessitam aumentar a capacidade de transporte de oxigênio, mas também possui riscos inerentes. A disponibilidade de unidades de concentrado de hemácias compatíveis para pacientes que são fenótipo negativos para antígenos de alta frequência e possuem os respectivos anticorpos, bem como para pacientes com uma complexa combinação de aloanticorpos contra antígenos comuns, permanece como um desafio na medicina transfusional. Painéis nacionais e internacionais de doadores e bancos de unidades de concentrados de hemácias congeladas de doadores raros têm sido estabelecidos para facilitar o fornecimento de hemácias compatíveis para esses pacientes. É previsto que, com o aumento de movimentos populacionais através do mundo e chance em potencial de desenvolvimento de anticorpos raros ou mistura de anticorpos, a necessidade da disponibilidade de doadores de sangue raro continuará no futuro. Em média, 1800 unidades de hemocomponentes de sangue raro são transportadas anualmente para serem transfundidas, podendo este número ser maior devido à dificuldade em manter registro único de todos os dados. Um banco de sangue de fenótipos raros é formado por um sistema de informações e composto pelo cadastro de dados de doadores de sangue fenotipados e genotipados e que apresentam antígenos pouco comuns na população...

Uso de concentrado de hemacias em neonatologia : o panorama brasileiro

Acacira Oliveira Bezerra de Araujo
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/01/2007 PT
Relevância na Pesquisa
86.35%
A transfusão de concentrado de hemácias (CH) é parte freqüente do arsenal terapêutico de suporte avançado nas unidades de terapia intensiva neonatal (UTINeo); o número de transfusões utilizadas depende de fatores como idade gestacional e peso ao nascer, porém observam-se grandes variações quando comparadas crianças em mesmas condições clínicas em diferentes centros, pois não existem indicações claramente estabelecidas para transfusão neonatal baseada em estudos controlados. Assim, o objetivo do presente trabalho foi comparar e descrever a prática transfusional de CH: suas indicações, repercussões e técnicas hemoterápicas utilizadas; avaliando a presença e a adequação a protocolos, por meio de estudo científico, descritivo, observacional, direto, extensivo; através de análise qualitativa e quantitativa de respostas a questionários em 42 serviços de UTINeo do Brasil. Deste modo, sugerindo um protocolo mais uniforme para a utilização de concentrado de hemácias em neonatologia no Brasil. Das 42 unidades hospitalares pesquisadas, 20 são hospitais universitários, onde 17 ligados a instituições de ensino público e 03 instituições de ensino particular. Quanto ao tipo de atendimento, 26 unidades pertencem à rede do SUS...

Carcinoma hepatocelular: impacto do tempo em lista e das formas de tratamento pré-operatório na sobrevida do transplante de fígado cadavérico na era pré-MELD em um centro no Brasil

Freitas,Alexandre Coutinho Teixeira de; Parolin,Mônica Beatriz; Stadnik,Lucinei; Coelho,Júlio Cezar Uili
Fonte: Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia - IBEPEGE ; Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva - CBCD ; Sociedade Brasileira de Motilidade Digestiva - SBMD ; Federação Brasileira de Gastroenterologia - FBG; Sociedade Brasileira de Hepatologia - SBH; Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva - SOBED Publicador: Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia - IBEPEGE ; Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva - CBCD ; Sociedade Brasileira de Motilidade Digestiva - SBMD ; Federação Brasileira de Gastroenterologia - FBG; Sociedade Brasileira de Hepatologia - SBH; Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva - SOBED
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2007 PT
Relevância na Pesquisa
76.19%
RACIONAL: Atualmente, o transplante hepático é a principal opção terapêutica para doentes com cirrose hepática associada a carcinoma hepatocelular. OBJETIVOS: Analisar a sobrevida em 3 meses e 1 ano de pacientes com e sem carcinoma hepatocelular submetidos a transplante hepático cadavérico. MÉTODOS: Foram revisados os prontuários dos pacientes submetidos a transplante hepático cadavérico no Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná no período entre 5 de janeiro de 2001 e 17 de fevereiro de 2006. Os pacientes foram divididos em 2 grupos - acometidos e não-acometidos de carcinoma hepatocelular - e analisados em relação à sobrevida em 3 meses e em 1 ano. Também foram comparados em relação ao sexo e à idade do doador e do receptor, a causa da cirrose, a classificação de Child-Pugh e o escore do MELD no momento do transplante, o tempo de isquemia morna e isquemia fria, o número de unidades de concentrado de hemácias transfundidas durante o transplante, o tempo de permanência na UTI e o tempo de internação. RESULTADOS: Foram analisados 146 casos de transplante hepático: 75 foram excluídos devido a dados incompletos no prontuário e 71 foram incluídos no estudo. A sobrevida geral em 3 meses e 1 ano foi de 77...

Cálculo do volume de sangue necessário para a correção da anemia fetal em gestantes isoimunizadas

Santiago,Mônica Deolindo; Rezende,Cezar Alencar de Lima; Cabral,Antônio Carlos Vieira; Leite,Henrique Vitor; Vitral,Zilma Nogueira dos Reis; Apocalypse,Isabela Melo
Fonte: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia Publicador: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2008 PT
Relevância na Pesquisa
76.19%
OBJETIVO: obter uma equação capaz de estimar o volume de concentrado de hemácias a ser infundido para correção da anemia em fetos de gestantes portadoras de isoimunização pelo fator Rh, baseado em parâmetros alcançados durante a cordocentese prévia à transfusão intra-uterina. MÉTODOS: em estudo transversal, foram analisadas 89 transfusões intra-uterinas para correção de anemia em 48 fetos acompanhados no Centro de Medicina Fetal do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais. A idade gestacional mediana, no momento da cordocentese, foi de 29 semanas e a média de procedimentos por feto foi de 2,1. A hemoglobina fetal foi dosada antes e após a cordocentese, sendo verificado o volume de concentrado de hemácias transfundido. Para determinação de uma fórmula para estimar o volume sanguíneo necessário para correção da anemia fetal, tomou-se como base o volume necessário para elevar em 1 g% a hemoglobina fetal (diferença entre a concentração de hemoglobina final e a inicial, dividida pelo volume transfundido) e o volume de quanto seria necessário para se atingir 14 g%, em análise de regressão múltipla. RESULTADOS: a concentração da hemoglobina pré-transfusional variou entre 2,3 e 15...

Monitoração e avaliação clínica da eficácia da transfusão de sangue total e concentrado de hemácias em cães

Morikawa,Marcel K.; Bochio,Mariana M.; Pincelli,Vanessa A.; Freire,Roberta L.; Pereira,Patrícia M.
Fonte: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) Publicador: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2010 PT
Relevância na Pesquisa
106.45%
A terapia transfusional tem grande potencial de salvar vidas na clínica de pequenos animais, e é usada principalmente na terapêutica de emergência em animais anêmicos, entretanto este procedimento está associado a vários riscos. Uma das formas de minimizá-los é pela monitoração constante durante a transfusão sanguínea, permitindo assim avaliar a melhora clínica do paciente. O objetivo deste trabalho foi avaliar a eficácia da transfusão de sangue total e de concentrado de hemácias em cães anêmicos, por meio da monitoração dos parâmetros vitais. Foram avaliadas 77 transfusões em cães, sendo 52 de sangue total armazenado e 25 de concentrado de hemácias. Durante todo o procedimento aferiu-se (a cada 15-30 minutos) a temperatura, frequência cardíaca, frequência respiratória e a coloração de mucosas dos pacientes, além do tempo de preenchimento capilar. Os resultados obtidos mostraram que ambos os componentes promoveram melhora dos parâmetros avaliados a partir de 45 minutos do início da transfusão sanguínea, principalmente da frequência cardíaca, coloração de mucosas e tempo de preenchimento capilar (p<0,05). A transfusão bem sucedida proporcionou melhora clínica aparente a partir de duas horas do início do procedimento.

Risco de mortalidade é dose-dependente do número de unidades de concentrado de hemácias transfundidas após cirurgia de revascularização miocárdica

Santos,Antônio Alceu dos; Sousa,Alexandre Gonçalves; Piotto,Raquel Ferrari; Pedroso,Juan Carlos Montano
Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular Publicador: Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
86.62%
INTRODUÇÃO: Transfusões de uma ou mais unidades de concentrado de hemácias é estratégia amplamente utilizada em cirurgia cardíaca, mesmo após várias evidências de aumento de morbimortalidade. A escassez de sangue no mundo também já é evidente. OBJETIVO: Avaliar se o risco de mortalidade é dose-dependente do número de unidades de concentrado de hemácias transfundidas após cirurgia de revascularização miocárdica. MÉTODOS: Entre junho 2009 e julho 2010, foram analisados 3010 pacientes: transfundidos e não transfundidos. Pacientes hemotransfundidos foram divididos em seis grupos conforme receberam uma, duas, três, quatro, cinco e seis ou mais unidades concentrado de hemácias e, após um ano da cirurgia de revascularização miocárdica, avaliamos o risco de mortalidade em cada grupo. Para obtenção do odds ratio foi utilizado modelo de regressão logística multivariado. RESULTADOS: Transfusão crescente de unidades de concentrado de hemácias resulta em risco também crescente de mortalidade, evidenciando uma relação dose-reposta. Os valores do odds ratio aumentam com o acréscimo do número de unidades de hemácias alogênicas transfundidas. O risco de ocorrência de óbitos pelo odds ratio bruto foi 1,42 (P=0...

Anemia e transfusões de concentrados de hemácias em pacientes graves nas UTI brasileiras (pelo FUNDO-AMIB)

Lobo,Suzana Margareth; Vieira,Silvia Rios; Knibel,Marcos Freitas; Grion,Cintia Magalhães Carvalho; Friedman,Gilberto; Valiatti,Jorge Luis; Machado,Flávia Ribeiro; Chiavone,Paulo Antonio; Paciência,Luis Eduardo Miranda; Paula,Juarez de; Guimarães,Sérg
Fonte: Associação de Medicina Intensiva Brasileira - AMIB Publicador: Associação de Medicina Intensiva Brasileira - AMIB
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2006 PT
Relevância na Pesquisa
96.4%
JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A anemia é uma condição comum em pacientes graves. A transfusão de hemoderivados aumenta de forma significativa o risco de transmissão de agentes infecciosos e afeta o perfil imunológico. O objetivo deste estudo foi avaliar a incidência de anemia e a prática de transfusão de hemácias em UTI brasileiras. MÉTODO: Estudo prospectivo, multicêntrico, realizado em 19 UTI em um período de duas semanas. A presença de anemia, as indicações e a utilização de concentrados de hemácias, foram avaliadas diariamente. As complicações que ocorreram durante a internação na UTI e após a transfusão da primeira unidade de concentrado de hemácias foram registradas. RESULTADOS: Um total de 33% apresentava anemia na admissão na UTI e esta proporção aumentou para 55% no final de sete dias de internação. Um total de 348 unidades de concentrado de hemácias foi transfundido em 86 pacientes (36,5%). A média de suas unidades por paciente foi 4,1 ± 3,3 U. O nível de hemoglobina limiar para a transfusão de CH foi 7,7 ± 1,1 g/dL. Pacientes transfundidos tinham mais disfunções orgânicas avaliadas pelo escore SOFA (7,9 ± 4,6 versus 5,6 ± 3,8, transfundidos versus não transfundidos, p < 0,05). As taxas de mortalidade foram 43...

Transfusão de sangue em terapia intensiva: um estudo epidemiológico observacional

Rocco,José Rodolfo; Soares,Márcio; Espinoza,Rodolfo Andrade
Fonte: Associação de Medicina Intensiva Brasileira - AMIB Publicador: Associação de Medicina Intensiva Brasileira - AMIB
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2006 PT
Relevância na Pesquisa
86.19%
JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A transfusão de concentrado de hemácias (CHA) é muito freqüente no centro de tratamento intensivo (CTI), mas as conseqüências da anemia nos pacientes gravemente enfermos ainda são obscuras. Os objetivos desse estudo foram avaliar a freqüência, as indicações, os limiares transfusionais e o prognóstico dos pacientes criticamente enfermos que receberam CHA. MÉTODO: Estudo prospectivo de coorte realizado no CTI médico-cirúrgico de um Hospital Universitário durante 16 meses. Foram coletados dados demográficos, clínicos e os relacionados a transfusão de CHA. Regressão logística binária foi utilizada após as análises univariadas. RESULTADOS: Dos 698 pacientes internados, 244 (35%) foram transfundidos com CHA. Os pacientes clínicos e em pós-operatório de urgência foram mais transfundidos. Os limiares transfusionais foram: hematócrito = 22,8% ± 4,5% e hemoglobina = 7,9 ± 1,4 g/dL. Os pacientes transfundidos receberam em média 4,4 ± 3,7 CHA e apresentaram maior letalidade no CTI (39,8% versus 13,2%; p < 0,0001) e no hospital (48,8% versus 20,3%; p < 0,0001). A letalidade correlacionou-se com o número de CHA transfundidos (R² = 0,91). Na análise multivariada, os fatores relacionados com a necessidade de transfusão foram cirrose hepática...

Transfusão de concentrado de hemácias na unidade de terapia intensiva

Volpato,Solange Emanuelle; Ferreira,Jovino dos Santos; Ferreira,Vera Lúcia Paes Cavalcanti; Ferreira,David Cavalcanti
Fonte: Associação de Medicina Intensiva Brasileira - AMIB Publicador: Associação de Medicina Intensiva Brasileira - AMIB
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2009 PT
Relevância na Pesquisa
86.54%
INTRODUÇÃO: A anemia é um problema comum na admissão dos pacientes nas unidades de terapia intensiva, sendo a prática de transfusão de concentrado de hemácias uma terapêutica freqüente. As causas de anemia em pacientes críticos que realizam transfusão de concentrado de hemácias são várias: perda aguda de sangue após trauma, hemorragia gastrointestinal, cirurgia, dentre outras. Atualmente, poucos estudos são disponibilizados sobre o uso de hemocomponentes em pacientes sob cuidados intensivos. Embora as transfusões sangüíneas sejam freqüentes em unidades de terapia intensiva, os critérios de manejo otimizados não são claramente definidos, não existindo, inclusive, guidelines específicos. OBJETIVOS: Analisar as indicações clínicas do uso do concentrado hemácia na unidade de terapia intensiva. MÉTODOS: Foram analisados os prontuários dos pacientes internados na unidade de terapia intensiva que realizaram transfusão de concentrado de hemácias no período de 1º de janeiro de 2005 a 31 de dezembro de 2005. O trabalho foi aceito pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade do Sul de Santa Catarina (UNISUL). RESULTADOS: A taxa de transfusão foi de 19,33%, tendo predomínio do gênero masculino. Prevalência de paciente com idade superior ou igual a 60 anos. A taxa de óbitos nos pacientes transfundidos com concentrado de hemácias foi de 38...

Efeito da transfusão de concentrado de hemácias sobre parâmetros de inflamação e estresse oxidativo em pacientes criticamente enfermos

Rosa,Samuel Diomário da; Bristot,Maria de Lurdes Ugioni; Topanotti,Maria Fernanda Locks; Tomasi,Cristiane Damiani; Felisberto,Francine; Vuolo,Francieli Silva; Petronilho,Fabricia; Pizzol,Felipe Dal; Ritter,Cristiane
Fonte: Associação de Medicina Intensiva Brasileira - AMIB Publicador: Associação de Medicina Intensiva Brasileira - AMIB
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2011 PT
Relevância na Pesquisa
96.58%
INTRODUÇÃO: Transfusão de concentrado de hemácias é freqüentemente prescrita nas unidades de terapia intensiva. Durante muito tempo a transfusão de hemácias era vista como tendo benefícios clínicos óbvios. Entretanto nos últimos anos a prática de transfusão sanguínea tem sido examinada de uma forma mais cautelosa, levando a investigações a respeito dos benefícios transfusionais, incluindo aqui o fato de os efeitos imunomoduladores relacionados à transfusão podem aumentar o risco de morbimortalidade dos pacientes. OBJETIVOS: Avaliar o efeito da transfusão de concentrado de hemácias e sua relação com a produção de citocinas inflamatórias e dano oxidativo em pacientes criticamente enfermos admitidos em uma unidade de terapia intensiva. MÉTODOS: Foram analisados durante 6 meses, no ano de 2008, pacientes internados na unidade de terapia intenvia que realizaram transfusão de concentrado de hemácias. Foram analisados os níveis séricos pré e pós transfusionais de interleucina-6 (IL-6), proteínas carboniladas e substâncias reativas ao ácido tiobarbitúrico (TBARS). RESULTADOS: Houve diminuição dos níveis séricos de IL-6 pós-transfusionais e um aumento significativo tanto para TBARS quanto para proteínas carboniladas. No entanto não houve significância estatística entre os níveis séricos de IL-6...

Fatores associados à transfusão de concentrado de hemácias em prematuros de uma unidade de terapia intensiva

Freitas,Brunnella Alcantara Chagas de; Franceschini,Sylvia do Carmo Castro
Fonte: Associação de Medicina Intensiva Brasileira - AMIB Publicador: Associação de Medicina Intensiva Brasileira - AMIB
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2012 PT
Relevância na Pesquisa
96.44%
OBJETIVO: Analisar os fatores associados à necessidade de transfusões de concentrados de hemácias em prematuros de uma unidade de terapia intensiva neonatal. MÉTODOS: Estudo transversal de dados secundários de prematuros admitidos em unidade de terapia intensiva neonatal entre 2008 e 2010. Foram incluídos prematuros com baixo peso ao nascimento. A transfusão de concentrado de hemácias foi considerada a variável dependente. Empregaram-se os testes do qui-quadrado de Pearson ou exato de Fisher, e calcularam-se as medianas e os valores mínimos e máximos. Calcularam-se razões de prevalências pela regressão de Poisson e o coeficiente de correlação de Pearson. Realizaram-se análises de regressão linear. Considerou-se significante p<0,05. RESULTADOS: Estudaram-se 254 prematuros e 39,4% receberam concentrado de hemácias. As transfusões foram 70% menos prevalentes entre os prematuros com idades gestacionais >32 semanas e 191% mais prevalentes naqueles acometidos por sepse neonatal tardia. O número de transfusões por paciente apresentou correlação negativa com a idade gestacional e positiva com a sepse neonatal tardia. A idade gestacional <32 semanas e a sepse neonatal tardia explicaram 45% das transfusões realizadas (p<0...

Transfusão de concentrado de hemácias em Unidade de Terapia Intensiva

Ferreira,Jovino S.; Ferreira,Vera L. P. C.; Pelandré,Gustavo L.
Fonte: Associação Brasileira de Hematologia e Hemoterapia e Terapia Celular Publicador: Associação Brasileira de Hematologia e Hemoterapia e Terapia Celular
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2005 PT
Relevância na Pesquisa
96.28%
HISTÓRIA E OBJETIVOS: A indicação de transfusão sangüinea em pacientes criticamente enfermos é complexa e pode ser influenciada por muitos fatores. Embora seja prática freqüente, poucos estudos são disponibilizados sobre o uso de sangue e hemocomponentes em pacientes sob cuidados intensivos. O objetivo deste trabalho é analisar a taxa e a incidência-densidade de transfusão de concentrado de hemácias (CH) na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Universitário Prof. Polydoro Ernani de São Thiago (HU/UFSC), bem como descrever os critérios clínicos utilizados e os valores de hemoglobina pré-transfusionais. MÉTODOS: Foram selecionados os pacientes admitidos na UTI do HU/UFSC entre janeiro de 2003 e dezembro de 2004. RESULTADOS: Dos 654 pacientes analisados, 108 (16,51%) receberam transfusão de CH, com incidência-densidade de 3,80 por 100 pacientes-dia. O CH foi o hemocomponente mais utilizado, com um total de 257 eventos transfusionais e 549 unidades. Baixo nível de hemoglobina foi o critério mais utilizado (58%). Valores de hemoglobina pré-transfusional inferiores a 7,0 g/dL foram verificados em 51,75% das transfusões. INTERPRETAÇÃO E CONCLUSÕES: Nos últimos 15 anos, diversos autores analisaram taxas de transfusões de CH em UTIs...

Efeito da bomba de infusão de soluções sobre o grau de hemólise em concentrados de hemácias

Carvalho,Eunice B.; Borges,Émerson L.; Carlos,Luciana M. B.; Silva,Marcos Antônio M.; Magalhães,Sílvia M. M.; Gomes,Francisca V. B. A. F.; Carvalho,Márcio J. C.; Quixadá,Acy T. S.; Pitombeira,Maria H. S.
Fonte: Associação Brasileira de Hematologia e Hemoterapia e Terapia Celular Publicador: Associação Brasileira de Hematologia e Hemoterapia e Terapia Celular
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2007 PT
Relevância na Pesquisa
76.24%
A lise das hemácias, de causa imune ou não imune, pode provocar a elevação da hemoglobina plasmática induzindo efeitos deletérios principalmente nos rins e no sistema cardiovascular. Este trabalho objetiva evidenciar o possível efeito hemolítico induzido pelo trauma mecânico provocado pela passagem das hemácias em diferentes modelos de bombas de infusão de soluções, em concentrados de hemácias com até dez dias de armazenamento, preparados com Sag-Manitol. Foram utilizados três modelos de bombas (Nutrimat, Infusomat Compact e Volumed), com quatro aparelhos de cada modelo, testados em três velocidades de infusão (120 mL/h, 240 mL/h e 360 mL/h). Os parâmetros utilizados para evidenciar o grau de hemólise foram o percentual de hemólise e os níveis de hemoglobina e potássio livres no plasma. As amostras foram coletadas antes da passagem do concentrado de hemácias pelas bombas, na metade do tempo de infusão e no final da infusão, nas diferentes velocidades. Não ocorreu variação significativa entre os valores dos parâmetros analisados nas amostras controle e naquelas coletadas nas diferentes velocidades, marcas de bombas, mecanismos de infusão entre as bombas da mesma marca e entre os diferentes tempos de infusão. A principal variação encontrada foi relacionada com o potássio livre...

Aplasia transitória da série vermelha na anemia falciforme

Veríssimo,Mônica P. A.
Fonte: Associação Brasileira de Hematologia e Hemoterapia e Terapia Celular Publicador: Associação Brasileira de Hematologia e Hemoterapia e Terapia Celular
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2007 PT
Relevância na Pesquisa
76.28%
A doença falciforme, devido à vida média encurtada das hemácias, pelo quadro de hemólise crônica, pode apresentar um quadro clínico grave de anemia quando ocorre supressão da eritropoese devida à infecção pelo Parvovírus humano B19. O quadro clínico apresenta-se com febre, que pode preceder a anemia grave, fraqueza e mal- estar, além de sinais laboratoriais como queda da hemoglobina e reticulocitopenia importante. Diagnóstico laboratorial pode ser por imunofluorescência ou ensaio enzimático. O tratamento é a transfusão de concentrado de hemácias. Pode haver complicações associadas a esta infecção, tais como seqüestro esplênico, seqüestro hepático, síndrome torácica aguda, síndrome nefrótica, meningoencefalite e acidente vascular cerebral. Estratégias de prevenção poderão mudar a morbi-mortalidade desta condição no paciente portador de doença falciforme.

Fatores preditivos da transfusão de concentrado de hemácias em pacientes submetidos a cirurgias eletivas do aparelho digestivo: uma análise interinstitucional

Jorge,Antonio Sergio Barcala; Silva,Marco Aurélio Severo da; Pereira Júnior,Jason Costa; Silva,Camila Xavier e; Silva,Leonel Ribeiro; Gomes,Marcos Sílvio; Bonan,Paulo Rogério Ferreti
Fonte: Associação Brasileira de Hematologia e Hemoterapia e Terapia Celular Publicador: Associação Brasileira de Hematologia e Hemoterapia e Terapia Celular
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2010 PT
Relevância na Pesquisa
86.19%
O objetivo desse estudo foi compreender os fatores determinantes da prática transfusional de concentrado de hemácias em cirurgias eletivas do aparelho digestivo em quatro unidades hospitalares em Montes Claros, Minas Gerais, Brasil. Foi realizado um estudo descritivo, analítico e retrospectivo através do levantamento de dados em prontuários clínicos de quatro unidades hospitalares de onde foram catalogados os dados de pacientes a partir de junho de 2007 a dezembro de 2008, referentes às cirurgias citadas. Os resultados evidenciaram 81 casos, sendo 42% do gênero feminino e 58% do masculino. A idade média foi de 55,5 anos (±19,11 anos). As enfermidades de base reportadas mais comuns foram os processos neoplásicos (42%). Desses 81 pacientes, 38 (47%) foram hemotransfundidos no pré-operatório imediato, 28 (18%) foram transfundidos no transcirúrgico e 37 (45,7%) no pós-operatório imediato. Na análise univariada houve diferenças entre a prática transfusional pré-cirúrgica interinstitucional. Na fase cirúrgica houve relação entre a prática transfusional com a citação de motivos, fator RH (Rhesus), prática institucional e doença de base. Na fase pós-cirúrgica não foram demonstradas relações. Em todas as fases...

Efeito do nível de substituição do milho pela casca de mamona sobre os parâmetros do hemograma de ovinos.

FONTELES, N. L. de O.; BOMFIM, M. A. D.; OLIVEIRA, L. S.; BRITO, R. L. L. de; PINHEIRO, R. R.; OLIVEIRA, A.
Fonte: In: SIMPÓSIO INTERNACIONAL SOBRE CAPRINOS E OVINOS DE CORTE, 3; FEIRA NACIONAL DO AGRONEGÓCIO DA CAPRINO-OVINOCULTURA DE CORTE, 2007, João Pessoa. Anais... João Pessoa: EMEPA-PB, 2007. 3 f. 1 CD-ROM. Publicador: In: SIMPÓSIO INTERNACIONAL SOBRE CAPRINOS E OVINOS DE CORTE, 3; FEIRA NACIONAL DO AGRONEGÓCIO DA CAPRINO-OVINOCULTURA DE CORTE, 2007, João Pessoa. Anais... João Pessoa: EMEPA-PB, 2007. 3 f. 1 CD-ROM.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
76.03%
Objetivou-se avaliar o efeito do nível de substituição do milho pela casca de mamona sobre a saúde de ovinos, utilizando como parâmetro o hemograma completo. Foram utilizadas quatros fêmeas ovinas jovens, com peso vivo médio inicial de 30 kg e idade média de sete meses, alojadas em gaiolas metabólicas e distribuídas em um delineamento em quadrado latino 4 x 4. Os níveis de substituição avaliados no concentrado foram: 0; 24; 49 e 73%. Utilizou-se o feno de capim-Tifton, mantendo uma relação volumoso:concentrado de 60:40. Cada período experimental teve a duração de 21 dias, sendo que nos dois últimos dias, foram coletadas amostras de sangue para a realização do eritrograma e leucograma. Não houve diferenças estatísticas (P>0,05) para os parâmetros avaliados. Na avaliação do hemograma, os valores médios para os tratamentos foram 9,83 x 106/mm3; 34,44%; 11,08 g/dL; 5,79 x 106/mm3 e 2,89 x 106/mm3, para hemácias, hematócrito, hemoglobina, leucócitos e linfócitos, respectivamente. Os parâmetros avaliados encontram-se dentro da normalidade. Apesar de não haver sido observada alteração nos parâmetros avaliados, ainda é necessário à realização de estudo com maior número de animais e mais tempo de exposição ao material para se avaliar se a casca de mamona é segura para alimentação animal. REPLACEMENT OF CORN BY CASTOR BEAN HULLS ON THE SHEEP?S HEMOGRAM PARAMETERS Abstract: This experiment was assigned to evaluate the effect of substitution of corn by castor bean hulls on the sheep?s health throughout the complete hemogram. Four young female sheep...

Estudo do Potencial Zeta e da Elasticidade de Eritrócitos utilizando Pinças Ópticas e Avaliação da Ação Conservante do Polifosfato de Sódio sobre Eritrócitos

Nunes Jovino, Caueh; Saegesser Santos, Beate (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
76.42%
O estudo de lesões de estoque e a avaliação de parâmetros de qualidade em concentrados de hemácias, hemocomponente amplamente utilizado em transfusões sanguíneas, são importantes por predizerem a viabilidade pós transfusional das células estocadas. Para mensuração do potencial zeta e da elasticidade celular, indicativos do estado oxidativo e do grau de envelhecimento celular, foi utilizada a técnica da pinça óptica, que possibilita manipulações precisas sem causar danos aos sistemas biológicos. A avaliação temporal da elasticidade de eritrócitos armazenados em CPD/SAG-M comprovou a tendência de perda gradual da deformabilidade celular em função do tempo de estocagem, tornando-se menos viáveis. Após cinco semanas de armazenamento, as células se apresentaram 134% mais rígidas. Já os valores do potencial zeta decresceram 43% com a estocagem, indicando perda de carga de membrana, sinal de lesão oxidativa. A ação do polifosfato de sódio, polímero inorgânico antioxidante, sobre as propriedades biomecânicas das hemácias estocadas foi também estudada. As hemácias na presença do polifosfato apresentaram menor perda elasticidade (em função do tempo de estocagem), principalmente a partir da 5ª semana de armazenamento...

Alterações cardiovasculares e acidobásicas no choque hemorrágico, em suínos tratados sem reposição volêmica, com solução salina exclusiva e associada a concentrado de hemácias

Abreu, Gilberto Fernandes Silva de
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Tese de Doutorado
BR
Relevância na Pesquisa
96.76%
O tratamento eficaz do choque hemorrágico através da reanimação volêmica deve restabelecer a perfusão tecidual e minimizar os efeitos da hipóxia celular. A reposição de líquidos hidrossalinos e hemoderivados se baseia, fundamentalmente, nas alterações dos parâmetros hemodinâmicos e padrão dos gases sanguíneos. Estes podem apresentar variações na dependência do tipo de trauma, sítio da injúria ou continuidade do sangramento. Objetivo: Avaliar e comparar as respostas cardiocirculatórias e acidobásicas, em suínos tratados por três terapias diferentes após indução de choque hemorrágico. Métodos: Trinta e cinco suínos Dalland foram divididos em quatro grupos: Controle; Sangria; Salina; Salina + Concentrado de hemácias. As variáveis cardiocirculatórias avaliadas foram: frequência cardíaca (FC), pressão arterial média (PAM) e pressão venosa central (PVC). As variáveis acidobásicas avaliadas foram: bicarbonato padrão ([HCO3-]), diferença de bases (DB) e lactato (lact-). O choque hemorrágico foi induzido, retirando-se (624,25±64,55 ml), (619,30±44,94 ml) e (664,23±39,96 ml) do volume sanguíneo, respectivamente, para os grupos Sangria, Salina e Salina + Concentrado de hemácias. Terapias adotadas: Grupo Sangria - sem reposição volêmica; Grupo Salina - reposição com 676 ml de solução salina a 0...

Predictors of red blood cell transfusion after cardiac surgery: a prospective cohort study; Factores predictivos de transfusión de concentrado de hematíes después de cirugía cardiaca: un estudio cohorte prospectivo; Fatores preditores de transfusão de concentrado de hemácias após cirurgia cardíaca: um estudo coorte prospectivo

Lopes, Camila Takao; Brunori, Evelise Helena Fadini Reis; Cavalcante, Agueda Maria Ruiz Zimmer; Moorhead, Sue Ann; Lopes, Juliana de Lima; Barros, Alba Lucia Bottura Leite de
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2015 ENG
Relevância na Pesquisa
86.45%
OBJETIVO Identificar preditores de transfusão de concentrado de hemácias (TCH) após cirurgia cardíaca. MÉTODO Estudo de coorte prospectivo realizado com 323 adultos após cirurgia cardíaca de abril a dezembro de 2013. Um instrumento de coleta de dados foi construído pelas pesquisadoras contendo fatores associados a sangramento excessivo após cirurgia cardíaca encontrados na literatura, para investigação no pós-operatório imediato. A relação entre os fatores de risco e o desfecho foi verificada por análise univariada e regressão logística. RESULTADOS Os fatores associados à transfusão de concentrado de hemácias no pós-operatório imediato incluíram menor peso e altura, menor contagem plaquetária, menor nível de hemoglobina, maior prevalência de contagem plaquetária; OBJECTIVE To identify predictors of red blood cell transfusion (RBCT) after cardiac surgery. METHOD A prospective cohort study performed with 323 adults after cardiac surgery, from April to December of 2013. A data collection instrument was constructed by the researchers containing factors associated with excessive bleeding after cardiac surgery, as found in the literature, for investigation in the immediate postoperative period. The relationship between risk factors and the outcome was assessed by univariate analysis and logistic regression. RESULTS The factors associated with RBCT in the immediate postoperative period included lower height and weight...