Página 1 dos resultados de 640 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Produção de ácidos graxos voláteis por fermentação acidogênica em reator anaeróbio de leito fixo e extração em resina de troca iônica e com solvente orgânico; Volatile fatty acids production by acidogenic fermentation in an anaerobic immobilized biomass reactor and extraction with ionic change resin and organic solvent

Leite, José Alberto Corrêa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2005 PT
Relevância na Pesquisa
36.62%
Nesse trabalho utilizou-se o reator anaeróbio horizontal de leito fixo (RAHLF) para produção de ácidos graxos voláteis (AGVs). O reator, com volume total de 2,38 litros, foi preenchido com partículas de argila expandida e alimentado com substrato sintético à base de glicose. Com concentração de glicose de 2000 mg/L, sem adição de alcalinizante e com tempo de detenção hidráulica (TDH) de 2 horas, houve produção de ácidos acético, butírico e propiônico. Com a variação do (TDH) de 2 horas para 0,5 hora, em condições idênticas, houve redução da produção do ácido butírico. Na segunda condição testada, em que a concentração da glicose foi 4000 mg/L, a concentração dos três ácidos aumentou, além de ser produzido o ácido capróico. Nas três últimas experimentações, com a glicose a 2000 mg/L e alcalinizada com bicarbonato de sódio, nas concentrações de 0,1000 e 2000 mg/L e TDH em 0,5 hora, as produções do ácido acético e propiônico aumentaram, enquanto que houve diminuição da produção dos ácidos butírico e capróico. A extração dos AGVs foi realizada em coluna de 320 mL de leito, com resina de troca iônica Dowex Marathon A - tipo aniônica base forte de amina quaternária em gel de divinil benzeno-estireno como matriz. O primeiro sistema extratante testado...

Osteogênese in vitro sobre vitrocerâmica 100% cristalina e altamente bioativa (Biosilicato®): efeitos do condicionamento de superfície e dos produtos de dissolução iônica; In vitro osteogenesis on a highly bioactive glass ceramic (Biosilicate®): effects of surface conditioning and of its ionic dissolution products

Raucci, Larissa Moreira Spinola de Castro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/05/2009 PT
Relevância na Pesquisa
36.48%
O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito do condicionamento de superfície de uma vitrocerâmica 100% cristalina e altamente bioativa (Biosilicato®) e de seus produtos de dissolução iônica sobre diferentes parâmetros do desenvolvimento do fenótipo osteogênico in vitro. Previamente ao plaqueamento de células osteogênicas de calvárias de ratos, discos de Biosilicato® foram condicionados, por 3 dias, em meio de cultura suplementado, com ou sem soro fetal bovino a 10%. Células osteogênicas expostas aos produtos de dissolução iônica do Biosilicato® foram também cultivadas sobre lamínulas de vidro bioinerte. Discos de Biosilicato e lamínulas de vidro foram utilizados como controles. Os resultados mostraram que o tratamento de superfície de Biosilicato® aumenta expressivamente a concentração de silício e cálcio no meio de cultura. Em 1, 3 e 7 dias, foram determinados os maiores valores de viabilidade celular em superfícies de Biosilicato® condicionado, enquanto que entre os grupos de lamínulas de vidro, observou-se menor viabilidade em culturas expostas aos produtos de dissolução iônica do Biosilicato®. Em 3 dias, células sobre todas as superfícies de Biosilicato® apresentavam-se menos espraiadas quando comparadas àquelas sobre lamínulas de vidro; neste período...

Determinação espectrofotométrica de sulfato em águas de chuva em um sistema de análises químicas em fluxo envolvendo troca-iônica; Spectrophotometric determination of sulphate in rain waters using a flow injection system with ion-exchange

Gomes, Taciana Figueiredo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 05/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.45%
Um sistema de análises químicas por injeção em fluxo foi desenvolvido e aplicado à determinação espectrofotométrica de baixas concentrações de sulfato em águas de chuva. O método explora a reação de deslocamento entre o ânion sulfato e o complexo dimetilsulfonazo (III) de bário, Ba-DMSA, com consequente formação do sal pouco solúvel BaSO4. A solução com o complexo Ba-DMSA apresenta alta absortividade molar a 656 nm, e uma diminuição pronunciada na absorbância ocorre na presença de sulfato. Desta forma, o sinal analítico é registrado como pico invertido proporcional à concentração de sulfato na amostra. A presença de altas concentrações de dimetilsulfóxido, DMSO, no reagente favorece a intensidade do sinal analítico, por coordenar as moléculas de água, melhorando a sensibilidade do método. A utilização do tensoativo dodecilsulfato de sódio, SDS, determina também uma melhoria considerável na sensibilidade analítica, pois sua presença no ambiente reacional altera as condições de supersaturação. A sensibilidade e seletividade do procedimento são melhoradas incluindo-se uma etapa de troca iônica em linha, com resina aniônica Dowex 1-X8, para concentração do sulfato e separação dos íons interferentes em potencial. O sistema proposto é robusto e fornece resultados precisos (d.p.r. < 0...

Metodos de pre-concentração para determinação simultanea de Cr, Mn, Fe, Co, Ni, Cu, Zn, Hg e Pb por fluorescencia de raios-X

Helena Onaga
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/1996 PT
Relevância na Pesquisa
36.64%
Neste trabalho, foram propostos dois métodos simples para pré-concentração dos elementos Cr, Mn, Fe, Co, Ni, Cu, Zn, Hg e Pb: 1. Troca iônica utilizando resina de troca catiônica Amberlite IR120 e resina de troca aniônica Amberlite IRA 904; 2. Precipitação utilizando dietilditiocarbamato de sódio e dibenzilditiocarbamato de sódio. Para cada elemento, foi feita curva de calibração, estudo do efeito do pH e do tempo de agitação; e alguns parâmetros foram estudados, tais como a sensibilidade, a linearidade, a reprodutibilidade, desvio padrão relativo e o limite de detecção para os dois métodos. As curvas de calibração apresentaram-se lineares na faixa de concentração estudada (1,0 a 8,0 mg L); para os dois métodos e os limites de detecção variaram de 0,1 a 0,4 mg L para a troca iônica e de 0,1 a 1,0 mg L para a precipitação; os desvios padrão relativo variaram de 2 a 15 % para a troca iônica e de 8 a 14 % para a precipitação. Amostras sintéticas com concentrações variadas dos elementos foram preparadas, determinando suas concentrações a partir das curvas de calibração. Também foram aplicados, somente para a troca iônica outros dois métodos matemáticos: Correção de Intensidade e Parâmetros Fundamentais. Amostras de água de mar natural e sintética dopadas com os elementos em estudo...

Sistemas automatizados empregando resina de troca ionica para determinação dos ions amonio, cloreto e sulfato em aguas naturais

Marina Menezes Santos Filha
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em //1991 PT
Relevância na Pesquisa
36.8%
Os íons amônio, cloreto e sulfato foram determinados através de métodos espectrofotométricos em amostras de águas naturais, mediante o uso de sistemas de análises químicas por injeção em fluxo (FIA) acoplado com uma minicoluna de troca iônica. O uso de um injetor automático controlado por um microcomputador permite, mediante a programação do tempo, que diferentes volumes da amostra e do eluente possam ser utilizados nas etapas de pré-concentração e eluição, respectivamente. Uma escolha adequada dos parâmetros operacionais, tais como: vazão e tempo de pré-concentração; vazão e tempo de eluição; natureza e concentração do eluente e condicionamento da resina é necessária para se obter maior eficiência do processo de troca iônica, menor dispersão e maior sensibilidade. Para avaliar a potencialidade da associação FIA com troca iônica, foram realizados experimentos visando determinar o fator de enriquecimento, a eficiência do processo de troca iônica junto com estudos de recuperação com amostras reais ou comparações com métodos estabelecidos como padrão. Matéria orgânica presente nas amostras é eliminada antes da etapa de pré-concentração, usando uma resina polimérica como o Sep-Pak (C18). Em alguns casos utilizou-se também o carvão ativo. Amostras reais foram analisadas obtendo-se uma velocidade analítica de 45 determinações por hora e um limite de detecção de 3 mg.L na determinação do íon amônio...

Recuperação de acidos graxos livres em resina de troca ionica.; Recuperation of free fatty acids in ion exchange resins.

Erika Cristina Cren
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/03/2005 PT
Relevância na Pesquisa
36.64%
Alguns óleos vegetais são sensíveis às condições drásticas do processo de refino, físico ou químico, podendo apresentar problemas ao serem submetidos a estes processos, tais como perda de substâncias desejáveis, como os nutracêuticos, escurecimento do óleo, além de perdas elevadas de óleo neutro. A extração líquido-líquido vem sendo estudada como alternativa aos métodos tradicionais de desacidificação destes óleos, pois utiliza condições brandas de processo, mas apresenta como desvantagem a necessidade de recuperação do solvente usado para a desacidificação, para sua futura reutilização. Resinas de troca iônica podem ser utilizadas como complemento da extração liquido-liquido, permitindo separar na corrente de extrato os ácidos graxos livres extraídos do solvente utilizado na extração, de forma a recuperá-lo. Ambos os processos se complementam, pois atingem os mesmos objetivos de mínima demanda de energia e mínima perda de óleo neutro, além de potencialmente poderem reduzir a perda de nutracêuticos em alguns óleos, já que utilizam condições mais brandas de processo se comparado a métodos de desacidificação convencionais. Este trabalho estudou o comportamento de equilíbrio e cinético de troca iônica em batelada para a separação dos ácidos graxos livres de um sistema modelo contendo ácido oléico + etanol...

Produção de inulinase por Kluyveromyces marxianus e purificação da enzima por cromatografia de troca ionica em coluna de leito expandido

Susana Juliano Kalil
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 03/08/2000 PT
Relevância na Pesquisa
36.59%
Frutose é o açúcar natural mais doce, sendo uma alternativa segura para substituir a sacarose. A lnulinase tem um importante papel na produção de uutose através da hidrólise enzimática da inulina, que pode ser realizada em uma única etapa e render até 95% de conversão. Este trabalho teve por objetivos otimizar as condições de produção da enzima inulinase produzida por Kluyveromyces marxianus ATCC 16045, otimizar as condições de reação sobre a sacarose e a inulina e recuperar a enzima em coluna de leito expandido utilizando a resina de troca iônica Strearnline SP. Técnicas de planejamento experimental e análise de superficie de resposta foram utilizadas para otimizar o meio de cultura para produção da enzima e as condições de determinação da atividade enzimática. Na produção da enzima foram estudadas as variáveis concentração de sacarose, extrato de levedura, peptona, K2HP04 e pH. Para tanto utilizou-se um planejamento fatorial uacionário (25-1)para determinar as variáveis mais importantes, sendo selecionadas três para serem utilizadas em um planejamento fatorial completo. A enzima obtida foi utilizada nos ensaios de determinação enzimática para verificar os efeitos da concentração de substrato (sacarose ou inulina)...

Produção e caracterização de micropartículas com multicamadas obtidas por gelificação iônica associada à interação eletrostática; Production and characterization of multilayer microparticles

Gislaine Ferreira Nogueira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/06/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.64%
O objetivo deste trabalho foi produzir micropartículas com multicamadas contendo alto teor de proteínas, capazes de serem estáveis a condições adversas do meio e resistentes ao ambiente gástrico. Na primeira parte deste estudo, interações eletrostáticas entre o alginato e proteínas do concentrado proteico do soro do leite (WPC) foram avaliadas em relação às condições de pH (3,5 e 3,75) e proporções de polissacarídeo e proteína. A formação de coacervados com os biopolímeros alginato e WPC foi caracterizada quanto à aparência, tamanho médio e carga superficial. Esta análise permitiu definir as condições em que a interação entre proteínas e partículas de alginato pudesse ocorrer. Assim, micropartículas de alginato produzidas por gelificação iônica foram posteriormente recobertas por interação eletrostática com proteínas, utilizando soluções de diferentes concentrações de concentrado proteico do soro do leite, em dois pHs. Foram testadas três concentrações de proteína em solução para cada pH de recobrimento, sendo 0,6, 3 e 4% para o pH 3,5 e 1,7, 3 e 4% para o pH 3,75. As partículas obtidas foram caracterizadas com relação ao teor total de proteína, conteúdo de umidade, tamanho e morfologia. As maiores adsorções proteicas foram obtidas com a maior concentração de proteína em solução (4%) em ambos pHs. A partir deste estudo preliminar...

Micropartículas produzidas por gelificação iônica recobertas com gelatina de peixe e isolado proteico de soja; Microparticles produced by ionic gelation coated with fish gelatin and isolated soy protein

Bianca Souza da Costa
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/02/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.52%
O objetivo deste trabalho foi produzir partículas de pectina e alginato por gelificação iônica, com posterior recobrimento com isolado proteico de soja (IPS), gelatina de pele de tilápia (GPT) e com a mistura dessas duas proteínas (IPS:GPT), avaliando suas características físico-químicas e seu comportamento frente a diferentes tratamentos. No estudo preliminar foram analisadas as condições que promovessem a carga elétrica livre que otimizassem a interação entre os polissacarídeos e proteínas, formando complexos insolúveis. A partir desses ensaios foram estabelecidas as seguintes proporções de polissacarídeo: proteína e valores de pH: 1:2 em pH4 para recobrimento com gelatina de pele de tilápia, e 1:0,75 em pH3 para interação com o isolado proteico de soja e para a mistura das duas proteínas. Foram testados 4 níveis de proteína em solução ( 1, 2, 4 e 8 %) para recobrimento das partículas de pectina e alginato. As partículas obtidas foram caracterizadas pelo teor de umidade, conteúdo proteico adsorvido e pela sua morfologia. A partir deste estudo preliminar foi selecionada a concentração de 8% de proteína em solução, devido à produção de partículas com alto teor proteico. Estas partículas foram avaliadas com relação à sua estabilidade frente a variações de pH...

Partículas de alginato e pectina produzidas por gelificação iônica e recobertas com proteínas; Alginate and pectin particles produced by ionic gelation and coated with proteins

Fernando Tello Célis
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/03/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.46%
A encapsulação permite a formação de estruturas que apresentam propriedades como a proteção e liberação controlada do material encapsulado. As características do material encapsulado determinam a escolha do material de parede da matriz encapsulante e da técnica de encapsulação. Proteínas e polissacarídeos têm sido investigados para a formação destas matrizes. Diferentes técnicas produzem partículas com diferentes propriedades. A associação de técnicas de encapsulação permite a obtenção de matrizes com melhores propriedades tecnológicas. A gelificação iônica é uma técnica de encapsulação branda, simples e rápida onde polissacarídeos aniônicos interagem com íons divalentes como o Ca2+ para a encapsulação de diversos tipos de compostos incluindo lipídicos. Neste estudo, pectina e alginato foram utilizados para produção de partículas por gelificação iônica. Na primeira parte do estudo, partículas produzidas por gelificação iônica com alginato ou pectina foram revestidas com proteínas da clara de ovo, de soro do leite e da mistura (1:1) das referidas proteínas utilizando-se diferentes concentrações de proteínas em solução a pH 4,0. Partículas de alginato aumentaram de tamanho após revestimento proteico enquanto partículas de pectina diminuíram de tamanho. Aumento da concentração desta na solução produziu aumento na quantidade de proteína adsorvida e de matéria seca nas partículas. Para o maior nível de adsorção proteica...

Medição experimental e modelação de permuta iónica

Faria, Tiago Luís da Costa
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.46%
Os titanossilicatos (ETS) microporosos são materiais com reconhecida capacidade de permuta iónica. Nesta dissertação utilizou-se o ETS-4 na remoção de iões Hg2+ de soluções aquosas para avaliar e quantificar o seu potencial como descontaminante de águas e efluentes. Mediram-se uma isotérmica e três curvas cinéticas de remoção. O trabalho experimental foi complementado com uma forte componente de modelação, onde se pretendeu avaliar a aplicabilidade dos modelos de NRTL e UNIQUAC no cálculo dos coeficientes de actividade de iões no permutador, uma vez que só se conhecem estudos com Wilson e Margules. A parte teórica da tese iniciou-se com uma revisão bibliográfica para se identificar e sistematizar os principais modelos e abordagens utilizados na representação e previsão de isotérmicas de equilíbrio. Concluiu-se que os modelos publicados se dividem em três grupos principais: lei de acção das massas, modelos físicos do tipo adsorção e modelos heterogéneos de acção das massas. Este trabalho centrou-se no primeiro grupo. A optimização das constantes de equilíbrio de permuta iónica pode fazer-se pelos métodos de Gaines e Thomas (1953), quando a isotérmica é conhecida em toda a gama de fracções molares...

Optimização da incerteza da determinação, por cromatografia iónica, da composição maioritária e vestigial de soluções salinas

Rodrigues, Joana Filipa Palmeira
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.52%
Tese de mestrado em Química (Química Analítica), apresentada à Universidade de Lisboa, através da Faculdade de Ciências, 2012; A determinação de componentes em matrizes complexas representa um desafio não só para a identificação e quantificação desses componentes, mas também na obtenção de resultados de elevada qualidade. Deste desafio surgem como objectivos o desenvolvimento de um método de análise e a optimização da incerteza da determinação, por cromatografia iónica com supressão e detecção condutimétrica, da composição iónica de amostras salinas. Nas determinações da composição aniónica das amostras, recorreu-se ao método de adição de padrão com vista a assegurar a compensação de efeitos de matriz. Para a optimização da incerteza da determinação, foi realizado um estudo detalhado do desempenho do cromatógrafo iónico ao longo da sua gama de resposta e o desenvolvimento de estratégias de diluição da amostra e de adição de padrão capazes de assegurar a produção de resultados da mais elevada qualidade metrológica. Foi, ainda, desenvolvida uma estratégia de controlo da qualidade dos resultados das medições. Foi avaliada a presença de impurezas de sais de nitrato e sulfato em cloreto de sódio purificado e a composição aniónica de águas salgadas...

Crescimento e produtividade do tomateiro em cultivo hidropônico NFT em função da concentração iônica da solução nutritiva

Genúncio,Gláucio da C; Majerowicz,Nidia; Zonta,Everaldo; Santos,Armando M dos; Gracia,Daniel; Ahmed,Clarissa Regina M; Silva,Marcelle G da
Fonte: Associação Brasileira de Horticultura Publicador: Associação Brasileira de Horticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2006 PT
Relevância na Pesquisa
46.33%
O cultivo hidropônico do tomateiro é uma técnica com a qual pode-se obter maior produtividade e melhoria no controle de diversos fatores durante o ciclo produtivo. Entretanto, essa técnica ainda requer aprimoramento em vários aspectos, dentre eles, as doses de nutrientes na solução nutritiva. Neste sentido, um experimento foi conduzido em casa de vegetação equipada com sistema hidropônico tipo fluxo contínuo de nutrientes (nutrient film technique; NFT). Foram utilizadas as cultivares de tomate UC-82, Saladinha e T-93 supridas com solução nutritiva de Hoagland nas concentrações iônicas 50%; 75% e 100%. Na última coleta de frutos, aos 138 dias após a transferência para o sistema NFT, colheram-se as plantas e avaliaram-se o acúmulo de massa na parte aérea, massa fresca de fruto, número de frutos por planta, massa fresca total de frutos por planta, teor de sólidos solúveis totais (ºBrix) e produtividade. As características genotípicas das cultivares influenciaram fortemente a produtividade. De modo geral, as diferentes concentrações iônicas das soluções nutritivas, nas condições em que foi desenvolvido o trabalho, não influenciaram a produtividade e o acúmulo de massa dos tomateiros. Portanto é recomendável o uso de soluções de menor concentração iônica para o cultivo de tomateiros UC-82...

Rendimento do tomate cereja em função do cacho floral e da concentração de nutrientes em hidroponia

Rocha,Marcelo de Q; Peil,Roberta MN; Cogo,Clarissa M
Fonte: Associação Brasileira de Horticultura Publicador: Associação Brasileira de Horticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.49%
Neste trabalho avaliou-se os componentes do rendimento (número e peso médio de frutos por planta) do tomate cereja cultivado em sistema hidropônico, no ciclo verão-outono de 2008, observando a influência da posição do cacho floral e da concentração de nutrientes da solução nutritiva. Foram estudadas quatro concentrações iônicas da solução nutritiva (condutividade elétrica inicial (CE)): 1,3; 1,8; 2,3 e 2,8 dS m-1. Observou-se que não houve interação significativa entre os fatores concentração de nutrientes da solução nutritiva e posição do cacho floral para todos os componentes de rendimento avaliados. Em relação ao efeito da posição do cacho floral, verificou-se que somente para as variáveis índice de pegamento e produção de frutos, estes apresentaram influência significativa nas respostas observadas. A concentração iônica da solução nutritiva apresentou efeito significativo para as variáveis de rendimento peso médio do fruto e produção de frutos por planta. Em termos de peso médio de frutos, as CEs de 1,8 e 2,3 dS m-1 mostraram-se superiores à CE de 2,8 dS m-1 e similares à CE de 1,3 dS m-1, obtendo-se 13,0; 12,5; 9,5 e 10,9 g por fruto, respectivamente. A produção média de frutos das plantas cultivadas na solução nutritiva com CE de 1...

Contribuição ao estudo da remoção do Cr6+ em soluções aquosas por flotação iônica

Gusmão, Ericka Figueiredo; Baltar, Carlos Adolpho Magalhães (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.45%
0 trabalho teve como objetivo estudar a possibilidade da remoção de Cromo por flotação de íons, para tratamento de águas residuais. A flotação de íons foi desenvolvida por Sebba em 1962 e desde então é empregada em diversos campos. Atualmente, a utilização do processo de flotação de íons vem sendo utilizada como tratamento de efluentes. Seu emprego é vantajoso devido à velocidade do processo, eficiência para remover contaminantes, pequeno volume de lodo, possibilidade de recuperação seletiva de íons valiosos, requer pouco espaço horizontal, custos moderada e ampla aplicabilidade, além de poder ser utilizada em caso de grandes volumes de efluentes com baixas concentrações de poluentes. Os testes foram realizados simulando um efluente industrial a partir de uma solução sintética. Foi utilizado como coletor um sal de dodecilamina. 0 teste foi conduzido em uma coluna de vidro, onde foram avaliadas as influências da concentração de sal de anúria, pH, tempo de condicionamento da solução a ser flotada, fluxo de ar a ser adicionado à coluna, tempo de flotação e influência de sais. A quantificação do teor de cromo residual foi determinada por colorimetria.As melhores condições encontradas foram em meio básico...

Uso da tecnologia de troca iônica no tratamento de águas contaminadas com Nitrato do Aqüífero Dunas-Barreiras, Natal/RN-Brasil

Fonsêca, Andréa Lessa da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química; Pesquisa e Desenvolvimento de Tecnologias Regionais Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química; Pesquisa e Desenvolvimento de Tecnologias Regionais
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.48%
The city of Natal comprises an area of about 170 km² (65,63 squares miles). The Dunas-Barreiras Aquifer is the most important reservoir of the coastal basin of RN. It is being responsible for the water supplying of about 70% of the population, however, due to the sewage disposal system by cesspools and drains, it is presently affected in a great extent by nitrates contamination. Thus, the present work proposes to research the utilization of contaminated water by nitrates of this fountainhead and find cost of the potable water through the ionic exchange technology. This technology consists in the removal of mineral salts by the exchange of cations for one ion of hydrogen (H+), through the passage of water by cationic resin bed and, secondly, by the exchange of the anions for hydroxyl ions (OH-) through a anionic resin bed. The obtained results have showed the waters derived from fountains, big water holes and shallow wells were microbiologically contaminated, while the waters derived from deep wells (above 70 m 76,58 yards) were free of contamination. Thus, only these ones are suitable to the use of ionic technology. The experiments were conducted with the resin IMAC-HP-555 such as kinetic, thermodynamic, and adsorption by fixed bed studies...

Imobilização de α-galactosidase de Aspergillus niger em resina de troca iônica Duolite A-568

Costa, Henrique Coutinho de Barcelos
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
36.52%
O uso de enzimas imobilizadas proporciona muitas vantagens em relação ao seu uso na forma livre. Dentre estas vantagens se destacam a possibilidade de reutilização do biocatalisador, a sua fácil separação ao final do processo, a utilização em modo contínuo e o aumento de sua estabilidade. Este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de imobilizar a enzima α-galactosidase de Aspergillus niger em resina de troca iônica e avaliar a sua atividade catalítica. Inicialmente, foram feitos testes preliminares de imobilização em 5 tipos de resinas: Amberlite 252-Na, Dowex Marathon A, Dowex Marathon C, Duolite A-568 e Duolite S-761. Pelos resultados obtidos, Duolite A-568 foi selecionada como melhor suporte e, portanto, estudos foram feitos para a otimização do processo de imobilização nesta resina. Glutaraldeído na concentração de 1% (v/v) foi utilizado anteriormente ao processo de adsorção da enzima e melhorou a estabilidade operacional da α-galactosidase imobilizada. Testes preliminares não indicaram diferença do processo de imobilização para temperaturas de 25 e 40°C. Realizou-se um planejamento fatorial completo e um planejamento composto central para estudar as melhores condições de imobilização variando-se o pH...

Efeito da concentração da solução nutritiva no crescimento da alface em cultivo hidropônico-sistema NFT; Effects of the concentration of nutrient solution on lettuce growth in hydroponics-NFT system

COMETTI, Nilton Nélio; MATIAS, Gean Carlos S; ZONTA, Everaldo; MARY, Wellington; FERNANDES, Manlio S
Fonte: Associação Brasileira de Horticultura Publicador: Associação Brasileira de Horticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
36.72%
Foi avaliado o crescimento da alface (Lactuca sativa L.) cv 'Vera' em um sistema hidropônico NFT com diferentes concentrações da solução nutritiva. O experimento foi realizado em casa de vegetação de abril a maio de 2000, na UFRRJ, Seropédica (RJ). Os tratamentos constaram de quatro soluções nutritivas, diferentes quanto à concentração de macronutrientes: 100; 50; 25 e 12,5% da concentração original proposta por Furlani (1997). A produção de massa seca (parte comercial) em solução nutritiva a 50% da concentração original, e condutividade elétrica em torno de 0,98 dS m-1, foi semelhante à solução a 100% da força iônica. As produções obtidas com 100 e 50% da força iônica estiveram dentro da faixa de 90% da produção máxima, calculada em 75±1% da força iônica da solução nutritiva, simulada por equação de regressão. Entretanto, o uso de concentrações menores resultou em redução no crescimento de 50% com a solução a 25% e 80% com a solução a 12,5% da força iônica, nas condições de luz e temperatura em que o experimento foi conduzido. A redução da concentração da solução nutritiva permite uma economia de pelo menos 50% no custo da solução nutritiva básica, reduzindo-se a solução inicial para 1...

Efeito da concentração da solução nutritiva no crescimento da alface em cultivo hidropônico-sistema NFT

Cometti,Nilton Nélio; Matias,Gean Carlos S; Zonta,Everaldo; Mary,Wellington; Fernandes,Manlio S
Fonte: Associação Brasileira de Horticultura Publicador: Associação Brasileira de Horticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.72%
Foi avaliado o crescimento da alface (Lactuca sativa L.) cv 'Vera' em um sistema hidropônico NFT com diferentes concentrações da solução nutritiva. O experimento foi realizado em casa de vegetação de abril a maio de 2000, na UFRRJ, Seropédica (RJ). Os tratamentos constaram de quatro soluções nutritivas, diferentes quanto à concentração de macronutrientes: 100; 50; 25 e 12,5% da concentração original proposta por Furlani (1997). A produção de massa seca (parte comercial) em solução nutritiva a 50% da concentração original, e condutividade elétrica em torno de 0,98 dS m-1, foi semelhante à solução a 100% da força iônica. As produções obtidas com 100 e 50% da força iônica estiveram dentro da faixa de 90% da produção máxima, calculada em 75±1% da força iônica da solução nutritiva, simulada por equação de regressão. Entretanto, o uso de concentrações menores resultou em redução no crescimento de 50% com a solução a 25% e 80% com a solução a 12,5% da força iônica, nas condições de luz e temperatura em que o experimento foi conduzido. A redução da concentração da solução nutritiva permite uma economia de pelo menos 50% no custo da solução nutritiva básica, reduzindo-se a solução inicial para 1...

Interpretação ambiental por cromatografia iônica de um testemunho de FIRN da Antártica

Silva, Daniel Bayer da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.52%
Esta dissertação analisa e interpreta dados geoquímicos dos principais íons de um testemunho de neve e firn coletado na Travessia Chileno-brasileira do verão de 2004/2005 na região central da Antártica, para isso utilizou-se a técnica de cromatografia iônica, realizada pela equipe do Climate Change Institute (CCI), da Universidade do Maine (EUA), usando um Dionex DX-500. O testemunho analisado (IC-5) possui 42,51 m e está a uma altitude de 950 m (82º30’30,8”S; 79º28’02,7”W), porém possui disponível 19 m de dados, com cerca de 596 amostras. Nestes 19 m foram obtidos os seguintes valores médios de cada elemento analisado: Na+ = 65,26 ± 82,80 μg L-1; Ca2+ = 22,13 ± 13,02 μg L-1; Mg2+ = 9,12 ± 8,87 μg L-1; K+ = 3,34 ± 3,56 μg L-1; Cl- = 133,90 ± 145,98 μg L-1; MS- = 16,45 ± 9,00 μg L-1; NO3 - = 57,11 ± 26,93 μg L-1 e SO4 2- = 57,17 ± 55,52 μg L-1. Para se obter um valor adequado de deposição dos 19 m de neve, calculou-se equivalente em água em cerca de 9,86 m. Nesta parte estão representados cerca de 29 ± 1 ano, perfazendo aproximadamente 34 cm de deposição média líquida anual. As análises dos perfis individuais de cada íon demonstraram que os sais marinhos (Na+, Cl- e Mg2+) têm sua concentração elevada nos períodos de inverno...