Página 1 dos resultados de 435 itens digitais encontrados em 0.011 segundos

Influência do ruído na comunicação interpessoal: percepção de profissionais de saúde numa unidade de cuidados intensivos

Sousa, Florentino Manuel Cabrita
Fonte: Universidade Aberta de Portugal Publicador: Universidade Aberta de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2007 POR
Relevância na Pesquisa
66.62%
Dissertação de Mestrado em Comunicação em Saúde apresentada à Universidade Aberta; O presente estudo, foi desenvolvido a partir da problemática da comunicação em saúde de forma a descrever qual a influência do ruído na comunicação interpessoal numa perspectiva de dois grupos profissionais (médicos e enfermeiros) numa Unidade de Cuidados Intensivos num hospital de Lisboa; procurou-se assim, entender qual a percepção que estes profissionais têm acerca da influência do ruído no local de trabalho. Baseou-se num estudo descritivo e exploratório que procurou identificar a percepção dos principais aspectos que interferem entre a comunicação e o ruído. Utilizou-se como instrumento de recolha de dados um questionário elaborado pelo autor a uma amostra de 32 indivíduos. Para o tratamento de dados utilizou-se a análise quantitativa através do programa estatístico SPSS (Statistical Package for Social Science) versão 11.0 para o Windows. Foi realizada uma apresentação descritiva da metodologia e dos resultados e na discussão procurou-se relacionar os aspectos potencialmente explicativos de semelhanças e diferenças encontrados sob o ponto de vista global, relacionando-os com a profissão e sexo da amostra estudada. Existe uma sensibilização por parte dos profissionais sobre a influência do ruído...

Competência em comunicação: uma ponte entre aprendizado e ensino na enfermagem.; Competence in communication: a bridge between learning and teaching in nursing.

Braga, Eliana Mara
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/11/2004 PT
Relevância na Pesquisa
56.88%
Este estudo teve como objetivo caracterizar referenciais de competências comunicativas interpessoais e propor bases teórico-metodológicas para o aprendizado da comunicação interpessoal no ensino da Enfermagem. Abordando questões norteadoras sobre competência em comunicação interpessoal, utilizou-se referencial teórico de comunicação e método de análise de conteúdo em 13 discursos de professores de Enfermagem, especialistas em comunicação. Os resultados obtidos representam que a competência em comunicação é um processo interpessoal que deve atingir o objetivo dos comunicadores, pressupor conhecimentos básicos de comunicação, ter consciência do verbal e do não-verbal nas interações, atuar com clareza e objetividade, promover o autoconhecimento e, conseqüentemente, ter a possibilidade de uma vida mais autêntica. Os sujeitos relatam que a expressão da competência comunicativa está, necessariamente, no vivenciar o cotidiano profissional e pessoal, ouvindo o outro, prestando atenção na comunicação não-verbal, validando a compreensão das mensagens, sendo capaz de eliminar as barreiras impostas à comunicação, demonstrando afetividade e investindo no autoconhecimento. O desenvolvimento da competência comunicativa verifica-se pelo estímulo recebido desde a graduação...

Comunicação em cuidados paliativos: proposta educacional para profissionais de saúde; Communication in Palliative Care: educational proposal for health care professionals

Araujo, Monica Martins Trovó de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 14/02/2011 PT
Relevância na Pesquisa
56.56%
Este estudo objetivou conceber, aplicar e avaliar a eficácia de um programa de capacitação em comunicação interpessoal em cuidados paliativos. O programa foi desenvolvido com base em referencial teórico de comunicação interpessoal em saúde, de processo de morrer e nos princípios e filosofia dos cuidados paliativos. Foi aplicado à 303 profissionais de saúde de distintas disciplinas, em 11 turmas, em 5 diferentes instituições, no período de agosto de 2008 a julho de 2009. Os conhecimentos e habilidades comunicacionais dos sujeitos foram avaliados antes e imediatamente após a capacitação por meio da aplicação de um instrumento de avaliação especialmente desenvolvido para este estudo. Um ano após a intervenção educacional, 32 sujeitos que haviam completado a capacitação foram entrevistados, com o intuito de avaliar se os conhecimentos e habilidades adquiridos/aprimorados eram mantidos com o transcorrer do tempo e aplicados na prática diária destes profissionais. As variáveis qualitativas foram trabalhadas por agrupamentos por semelhança e expressas segundo sua frequência, por número e porcentagem. Para a análise das variáveis quantitativas foram utilizadas médias e medianas para resumir as informações e desvios-padrão...

Avaliação dos elementos de comunicação percebidos por médicos e enfermeiros no cuidado por telessaúde; Evaluation of Communication Elements perceived by physicians and nurses in telehealth care

Barbosa, Ingrid de Almeida
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/05/2015 PT
Relevância na Pesquisa
46.76%
Introdução: A comunicação é o processo pelo qual ocorrem compreensão e compartilhamento de mensagens enviadas e recebidas, sendo que o conteúdo destas mensagens exerce influência no comportamento das pessoas envolvidas. Atualmente, a área da saúde tem utilizado ferramentas de cuidado à distância para prestar assistência aos pacientes em diversos contextos - a chamada Telessaúde. A influência desta modalidade de cuidado sobre a natureza e o conteúdo da comunicação deve ser muito bem compreendida, visto que o processo de comunicação humana adequado é essencial na assistência à saúde com qualidade. Objetivos: avaliar a percepção do profissional da saúde referente a elementos de Comunicação Humana no cuidado por Telessaúde. Os objetivos específicos foram: verificar que elementos de Comunicação Humana o enfermeiro e o médico identificam no cuidado por Telessaúde, e discutir, por meio dos achados, em que aspectos essa modalidade de cuidado pode impactar na comunicação interpessoal entre os profissionais de saúde e, consequentemente, na assistência aos pacientes. Método: pesquisa descritiva, com abordagem qualitativa, realizada com 20 profissionais que atuam em telessaúde no Brasil. Os dados foram coletados com médicos e enfermeiros por meio de sistema de vídeo ou áudio...

Codinome Beija-Flor : um estudo sobre a comunicação interpessoal nas salas de bate-papo sobre sexo entre homens homoeroticamente inclinados do portal Terra Networks Brasil

Zago, Luiz Felipe
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.63%
Neste estudo busca-se uma primeira aproximação teórica acerca da comunicação interpessoal através da internet. Como objeto de pesquisa foram escolhidas as salas de bate-papo sobre sexo entre homens homoeroticamente inclinados do portal Terra Networks Brasil. Através do planejamento de apelidos que compõem elementos das masculinidades, foi aplicado um roteiro de entrevista semi-estruturada individual em foco aos internautas presentes nas salas de bate-papo interpelados pelos apelidos previamente planejados. As escritas dos internautas foram analisadas qualitativamente procurando caracterizar a comunicação interpessoal entre aqueles que utilizam o serviço de chat.; The present study is a first theoretical approach concerning the interpersonal communication through the Internet. As the research object of this research the rooms of chat on sex between men homoeroticaly inclined of the vestibule Terra Networks Brazil had been chosen. Through the planning of nicknames that compose elements of the masculinities, a script of interview halfstructuralized individual in focus to the internautas was applied gifts in the rooms of chat interpellated by the nicknames previously planned. The writings of the internautas had been analyzed qualitatively intending to characterize the interpersonal communication between those who uses the chat service.

Comunicação interpessoal entre cliente e aluno do curso técnico de enfermagem à luz do referencial de I.King

Aguiar, Raymunda Viana
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.68%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde.; Trabalho de pesquisa descritivo-exploratória, com alunos do Curso Técnico em Enfermagem e clientes de um hospital-escola localizado na cidade de Curitiba/PR. Objetivou-se analisar as percepções do cliente e do aluno no tocante à comunicação interpessoal, no processo de interação no período do estágio hospitalar. O referencial teórico escolhido foi a Teoria do Alcance dos Objetivos, de Imogene King, com ênfase no Sistema Interpessoal. A coleta de dados utilizou de entrevista semi-estruturada com o cliente e questionários com perguntas abertas com o aluno. A análise dos dados permitiu constatar que o cliente, aceita ser atendido pelos alunos, por receberem destes, tratamento carinhoso, apesar do medo e do receio que eles demonstram. O aluno, mesmo percebendo a necessidade de dispensar tratamento atencioso ao cliente, teme estar assumindo posturas antiéticas. As barreiras à comunicação apontadas pelos alunos relacionam-se à sua pouca idade e a sua própria personalidade. Apesar delas, no entanto, conseguem interagir e desenvolver suas atividades. O presente trabalho vem enfatizar a importância de um ensino que desenvolva no futuro Técnico em Enfermagem capacidade e competência comunicativa...

Os gerentes atuando como facilitadores da comunicação interpessoal para incrementar a criação do conhecimento organizacional

Benítez, Zaira Ramos
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xiii, 231 f.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
66.56%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção.; Esta pesquisa aborda o desempenho eficaz dos gerentes como facilitadores da comunicação interpessoal para incrementar a criação do conhecimento organizacional sob a perspectiva da era do conhecimento. Considera que quanto maior for o grau de deficiência nas comunicações tanto maiores serão as dificuldades para criar o conhecimento. É Justamente neste ponto crítico que a função gerencial se manifesta como a chave facilitadora. Para que melhor possam ser esclarecidos quais fatores e atitudes cooperam para incrementar a criação do conhecimento organizacional, temas considerados correlatos e pertinentes são trazidos à tona, tais como o conhecimento observado sob diferentes aspectos, os indivíduos e seus processos psicossociais, a gestão estratégica do conhecimento, a comunicação vista sob diversos ângulos, aprendizagem individual e organizacional e problemas da tecnologia da informação. Com a fundamentação teórica bem embasada e a justaposição dos temas selecionados, a intenção é que esta dissertação possa ser um instrumento útil para pesquisas futuras...

Tecnologias, ecologias da comunicação e contextos educacionais

Silva, Bento Duarte da
Fonte: Universidade do Minho. Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade Publicador: Universidade do Minho. Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
56.32%
Nesta comunicação pretende-se analisar a relação entre Tecnologia e Comunicação sob o olhar da Educação, explorando-se a comunicação desde a sua génese ao digital − do homem sapiens ao homem digital. Partindo de uma selecção dos principais desenvolvimentos operados nas TIC no decurso dos tempos para determinar os episódios marcantes dos processos de comunicação, reflecte-se sobre os impactos das tecnologias na formação de ecologias da comunicação e contextos educacionais, que subintitulamos: "da comunicação interpessoal à comunicação em ambiente virtual" e "da educação familiar às comunidades de aprendizagem".

Os jovens surdos e a comunicação interpessoal via sms

Santos, Célia Simões dos
Fonte: Instituto Politécnico de Lisboa Publicador: Instituto Politécnico de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /12/2010 POR
Relevância na Pesquisa
56.52%
Este estudo parte de um problema específico dos surdos, que é a dificuldade que têm em comunicar a distância e de uma necessidade sentida por todos os jovens que é a de criar e manter amigos – pertença a um grupo. Os objectivos centrais são: a) Investigar de que modo a utilização das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), na perspectiva dos jovens surdos, contribui para a melhoria da comunicação interpessoal a distância e para o estabelecimento de redes sociais; e b) Identificar as formas de uso do SMS e as motivações para a sua utilização. Na condução da investigação, atendendo à natureza das questões de pesquisa e à dimensão da amostra, recorremos a uma abordagem qualitativa/interpretativa. Os resultados obtidos apontam para uma apropriação inegável, por parte dos jovens surdos, das Tecnologias de Informação e de Comunicação (TIC) e em particular do SMS. Esta última é frequentemente usada para comunicar com a família – facilitando a aquisição de uma maior autonomia dos jovens – e também para comunicar entre pares, surdos e ouvintes. Deste modo, esta forma de comunicação, para além de permitir a comunicação a distância de pessoas surdas (não as exclui), vem, no caso dos jovens entrevistados...

A Comunicação Interna: Um modelo para a GNR

Póvoa, Paulo
Fonte: Academia Militar. Direção de Ensino Publicador: Academia Militar. Direção de Ensino
Tipo: Outros
Publicado em 01/03/2009 POR
Relevância na Pesquisa
56.78%
A comunicação interna é uma área de grande importância no contexto organizacional, contudo está sujeita a diversas barreiras e pode ser interpretada de maneira diferente por cada pessoa dessa organização. Com este trabalho de investigação aplicada pretende-se avaliar a diferença de percepção dos Guardas, Sargentos e Oficiais sobre os modos escrito, oral, audio-visual, e as tecnologias de informação e também a avaliação e o grau de satisfação em relação à comunicação interpessoal. A análise visa, também, identificar possíveis barreiras na comunicação interna tanto na vertente técnica-administrativa como na comunicação interpessoal. O trabalho foi dividido em duas partes: a primeira baseada numa pesquisa bibliográfica sobre o tema e a segunda apoiada num trabalho de campo, efectuado por meio de questionário. Após a recolha dos dados procedeu-se ao tratamento, através do programa SPSS V15.0, no sentido de validar ou não as hipóteses colocadas neste trabalho de investigação aplicada. Os resultados revelaram que, na comunicação técnico administrativa, não existem diferenças de percepções estaticamente significativas entre as três categorias profissionais. Contudo...

Comunicação interpessoal nas escolas : um estudo com alunos do 6º e 9º anos de escolaridade

Gonçalves, Maria Luísa Martins Ferreira, 1967-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.76%
Tese de mestrado, Educação (Administração e Organização Educacional), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2012; A comunicação interpessoal nas escolas reveste-se de uma grande importância, podendo adoptar diferentes modalidades. O objectivo deste estudo foi procurar respostas para o seguinte problema geral: Como é que os alunos do ensino básico (6º e 9º anos de escolaridade) percepcionam a comunicação nas escolas? Mais especificamente, o estudo aqui apresentado incidiu nas seguintes questões de estudo: Q1 – Quais as representações dos alunos acerca de aspectos específicos da comunicação da escola? Q2 – Será que existem diferentes percepções de comunicação, nos alunos de agrupamentos diferentes? Q3 – Como se diferenciam os alunos, nas dimensões da comunicação, em função do seu aproveitamento a Matemática? Q4 – Como se diferenciam os alunos, nas dimensões da comunicação, em função do seu aproveitamento a Português? Q5 – Como se diferenciam os alunos, nas dimensões da comunicação, em função do seu rendimento escolar global? Q6 – Que correlação existe entre o ano de estudo desejado pelos alunos e as suas representações acerca da comunicação na escola? A amostra foi constituída por alunos do 6º e 9º ano de escolaridade...

A percepção da realidade associada a uma situação hospitalar e sua influência na comunicação interpessoal

Dobbro,Eliseth Ribeiro Leão; Sousa,Janaina Meirelles; Fonseca,Selma Montosa da
Fonte: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/1998 PT
Relevância na Pesquisa
56.39%
Este trabalho enfatiza a percepção como parte integrante do processo de comunicação, ressaltando que quando esta ocorre de forma consciente, se transforma em agente facilitador nas interações, pois amplia a probabilidade de entendimento nas relações interpessoais.

A consulta de enfermagem no contexto da comunicação interpessoal: a percepção do cliente

Silva,Maria da Graça da
Fonte: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo Publicador: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1998 PT
Relevância na Pesquisa
66.51%
Este estudo relata a percepção do cliente quanto a consulta de enfermagem, sob o ponto de vista do contexto da comunicação interpessoal. Os dados foram coletados através de entrevista semi-estruturada, com uma amostra de 11 (onze) clientes atendidos no Programa de Controle do Diabetes e Hipertensão do Centro de Especialidades Médicas, em Campo Grande-MS. Os resultados mostraram a percepção positiva do cliente em relação a consulta de enfermagem e ao enfermeiro, e evidenciaram as dificuldades dos clientes em expor seus sentimentos claramente.

A consulta de enfermagem no contexto da comunicação interpessoal - a percepção do cliente

Silva, Maria da Graça da
Fonte: Revista Latino-Americana de Enfermagem Publicador: Revista Latino-Americana de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
56.39%
Este estudo relata a percepção do cliente quanto a consulta de enfermagem, sob o ponto de vista do contexto da comunicação interpessoal. Os dados foram coletados através de entrevista semi-estruturada, com uma amostra de 11 (onze) clientes atendidos no Programa de Controle do Diabetes e Hipertensão do Centro de Especialidades Médicas, em Campo Grande-MS. Os resultados mostraram a percepção positiva do cliente em relação a consulta de enfermagem e ao enfermeiro, e evidenciaram as dificuldades dos clientes em expor seus sentimentos claramente.; ABSTRACT - This study describes clients perceptions about the nursing consultation, under the interpersonal communication context point of view. Data were collected through semi-structured interviews, with a sample of 11 (eleven) clients, who attended the Diabetis Control and High Blood Pressure Program of the Medical Specialities Center of Campo Grande - MS. Results demonstrated clients positive perceptions about nursing consultation and nurses and clients difficulties in explaining their feelings clearly.

Programa de intervenção de desenvolvimento de competências pessoais e sociais "Cuidar-se para saber cuidar": impacto nas competências relacionais de ajuda e na comunicação interpessoal dos estudantes de

Lopes, Rosa Cristina Correia; Azeredo, Zaida de Aguiar; Rodrigues, Rogério Manuel Clemente
Fonte: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra Publicador: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em 22/07/2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.73%
Introdução: Pesquisa nos domínios das competências relacionais em enfermagem; habilidades pessoais e sociais; e implementação de programas de intervenção originaram a conceção, aplicação e avaliação do programa de intervenção Cuidar-se para Saber Cuidar, constituído por 10 sessões temáticas, com metodologia baseada em dinâmicas ativas (individuais e grupais). Objetivos: Estudo teve como objetivo avaliar a efetividade do programa de intervenção desenvolvido. Metodologia: Estudo quasi-experimental, com amostra aleatória de 104 estudantes 2º ano do curso de licenciatura em Enfermagem (Controlo-42; Experimental-62), em follow-up, 6 meses após realização do programa de intervenção (final do primeiro Ensino Clínico em Enfermagem). Utilizados instrumentos de recolha de dados quantitativos de autoavaliação (Escala Alexitimia Toronto, Escala Assertividade Rathus, Inventário Clínico Autoconceito, Inventário Competências Relacionais Ajuda) e heteroavaliação (Escala Avaliação Comunicação Interpessoal). Resultados: Os resultados evidenciam o impacto positivo do programa de intervenção em autoconceito, assertividade, alexitimia, competências relacionais de ajuda (competências genéricas, competências de comunicação e competência empática) e comunicação interpessoal (advocacia e uso terapêutico de si próprio). Conclusões: Conclui-se que o programa concebido é uma intervenção adequada para o desenvolvimento do autoconceito...

Programa de intervenção de desenvolvimento de competências pessoais e sociais "Cuidar-se para saber cuidar": impacto nas competências relacionais de ajuda e na comunicação interpessoal dos estudantes de

Lopes, Rosa Cristina Correia; Azeredo, Zaida de Aguiar; Rodrigues, Rogério Manuel Clemente
Fonte: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra Publicador: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra
Tipo: Outros
Publicado em 22/07/2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.73%
Introdução: Pesquisa nos domínios das competências relacionais em enfermagem; habilidades pessoais e sociais; e implementação de programas de intervenção originaram a conceção, aplicação e avaliação do programa de intervenção Cuidar-se para Saber Cuidar, constituído por 10 sessões temáticas, com metodologia baseada em dinâmicas ativas (individuais e grupais). Objetivos: Estudo teve como objetivo avaliar a efetividade do programa de intervenção desenvolvido. Metodologia: Estudo quasi-experimental, com amostra aleatória de 104 estudantes 2º ano do curso de licenciatura em Enfermagem (Controlo-42; Experimental-62), em follow-up, 6 meses após realização do programa de intervenção (final do primeiro Ensino Clínico em Enfermagem). Utilizados instrumentos de recolha de dados quantitativos de autoavaliação (Escala Alexitimia Toronto, Escala Assertividade Rathus, Inventário Clínico Autoconceito, Inventário Competências Relacionais Ajuda) e heteroavaliação (Escala Avaliação Comunicação Interpessoal). Resultados: Os resultados evidenciam o impacto positivo do programa de intervenção em autoconceito, assertividade, alexitimia, competências relacionais de ajuda (competências genéricas, competências de comunicação e competência empática) e comunicação interpessoal (advocacia e uso terapêutico de si próprio). Conclusões: Conclui-se que o programa concebido é uma intervenção adequada para o desenvolvimento do autoconceito...

Comunicação e sociedade : mediatização jornalística do campo da saúde [2012]

Universidade do Minho. Instituto de Ciências Sociais. Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade
Fonte: CECS - Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade, Universidade do Minho Publicador: CECS - Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade, Universidade do Minho
Tipo: Outros
Publicado em //2012 ENG
Relevância na Pesquisa
56.32%
A referência teorico-metodológica de enquadramento desta publicação é o campo da Comunicação na Saúde. Trata-se de uma área de investigação, integrada nas Ciências da Comunicação, que emergiu nos anos 80 e que se preocupa com a influência da comunicação humana mediada na prestação e promoção de cuidados de saúde às populações. Este é um campo científico extremamente vasto, que inclui o estudo de diferentes níveis e canais de comunicação, aplicados a uma grande variedade de contextos sociais. Segundo Kreps et al. (1998), os níveis primários de análise da Comunicação na Saúde incluem a comunicação intrapessoal, interpessoal, grupal, organizacional e social. Nesta edição da revista Comunicação & Sociedade, enfatizamos a análise social, preocupada com o processo de disseminação de informação sobre saúde, incluindo investigações que procuram compreender a construção social da saúde em textos noticiosos. Um dos seus interesses de pesquisa é conhecer o impacto dos media e da informação mediática na saúde, proporcionando uma contextualização ao tratamento social dos temas deste campo. Neste contexto, destacamos aqui o Jornalismo de Saúde e pretendemos contribuir para a divulgação da produção científica nesta área...

Análise da comunicação interpessoal em uma cooperativa de crédito de Criciúma

Basciquett, Marta dos Reis Silva
Fonte: Universidade do Extremo Sul Catarinense Publicador: Universidade do Extremo Sul Catarinense
Tipo: Monografia de Curso de Pós-graduação Lato Sensu
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.7%
Monografia apresentada à Diretoria de Pós-graduação da Universidade do Extremo Sul Catarinense- UNESC, para a obtenção do título de especialista em MBA Gestão de Desenvolvimento Humano e Organizacional.; Todo e qualquer processo de educação exige que o aprendizado seja uma constante em sua evolução. É de fundamental importância aprender como nos relacionar e nos comunicar de forma eficiente, para com isso, instrumentalizar uma educação permanente. O objetivo deste trabalho foi analisar se os integrantes da instituição possuem uma comunicação interpessoal eficiente que caracterize ter competência interpessoal, o qual está incutido nos dois processos acima citados: relacionamento e comunicação. Ele condensa meses de leitura e estudo de teorias com o aprofundamento e exposição de conceituados e experientes autores. Sem sombra de dúvidas, este trabalho despertará a atenção daqueles que de uma forma ou de outra estão ligados (interessados) às boas relações interpessoais nas organizações. Ele poderá ser usado como parâmetro para a análise da eficiência do bom relacionamento e comunicação em qualquer ambiente de trabalho. Reúne uma explanação sobre os principais fundamentos teóricos da comunicação interna organizacional e...

A percepção da realidade associada a uma situação hospitalar e sua influência na comunicação interpessoal; Perception of reality associated to a hospital situation and its influence in the interpersonal communication

Dobbro, Eliseth Ribeiro Leão; Sousa, Janaina Meirelles; Fonseca, Selma Montosa da
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/10/1998 POR
Relevância na Pesquisa
56.39%
Este trabalho enfatiza a percepção como parte integrante do processo de comunicação, ressaltando que quando esta ocorre de forma consciente, se transforma em agente facilitador nas interações, pois amplia a probabilidade de entendimento nas relações interpessoais.; The present study focuses on perception as na integral part of the communication process and emphasizes, when consciously accomplished, its occurence as an interactive facilitator agent likely to widen the understanding of interpersonal relationships.

A consulta de enfermagem no contexto da comunicação interpessoal: a percepção do cliente; La consulta de enfermería en el contexto de la comunicación interpersonal: la percepción del cliente; Nursing consultation in the interpersonal communication context: clients perception

Silva, Maria da Graça da
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/1998 POR
Relevância na Pesquisa
66.51%
Este estudo relata a percepção do cliente quanto a consulta de enfermagem, sob o ponto de vista do contexto da comunicação interpessoal. Os dados foram coletados através de entrevista semi-estruturada, com uma amostra de 11 (onze) clientes atendidos no Programa de Controle do Diabetes e Hipertensão do Centro de Especialidades Médicas, em Campo Grande-MS. Os resultados mostraram a percepção positiva do cliente em relação a consulta de enfermagem e ao enfermeiro, e evidenciaram as dificuldades dos clientes em expor seus sentimentos claramente.; Este estudo relata la percepción del cliente cuando estealizada la consulta de enfermería, bajo el punto de vista del contexto de la comunicación interpersonal. Los datos fueron colectados por medio de entrevista semi-estructurada, con una muestra de 11 (once) clientes atendidos en el Programa de Control de la Diabetis e Hipertensión del Centro de Especialidades Médicas, en Campo Grande - M.S. Los resultados mostraron la percepción positiva del cliente en relación a la consulta de enfermería y al enfermero, y evidenciaron las dificultades de los clientes en exponer sus sentimientos claramente.; This study describes clients perceptions about the nursing consultation, under the interpersonal communication context point of view. Data were collected through semi-structured interviews...