Página 1 dos resultados de 770 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Comunicação estratégica integrada para a participação cívica, activismo e campanhas para mudanças em organizações sem fins lucrativos : Greenpeace, Amnistia e Ser+ em Portugal

Oliveira, Evandro Samuel Ribeiro dos Santos
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
66.57%
Dissertação de mestrado em Ciências da Comunicação (área de especialização em publicidade e relações públicas); A gestão estratégica e integrada da comunicação e o uso de práticas de Comunicação Estratégica são cruciais para conseguir realizar campanhas bem sucedidas e eficazes e atingir as metas de uma organização. As novas regras da comunicação social e as condições sociológicas são um desafio para os profissionais, que se deparam com a procura de formas inovadoras de estabelecer relações com os públicos e com as necessidades crescentes de comunicação de uma organização. Estas circunstâncias levam a novos paradigmas, nomeadamente ao da unique communication proposition, do imperativo do diálogo e do imperativo da interacção. Este último é um paradigma emergente que vai ser consolidado à medida que o uso dos media digitais e sociais se alastra à população mundial. O presente trabalho pretende discutir as definições, componentes e implicações teóricas da Comunicação Estratégica e a busca de uma aplicação completa e ampla da Comunicação Integrada em sociedades democráticas ocidentais, em especial, no contexto de Organizações Sem Fins Lucrativos. Além disso, o objectivo deste estudo é investigar como a comunicação pode contribuir para recrutar e envolver as pessoas...

Os quatro paradigmas da comunicação estratégica e o ensino em Portugal

Oliveira, Evandro Samuel Ribeiro dos Santos; Ruão, Teresa
Fonte: SOPCOM Publicador: SOPCOM
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.54%
A área da Comunicação Estratégica tem crescido nos últimos anos, dando origem a diversos programas de formação em instituições do ensino superior Portuguesas, incluindo mestrados e programas doutorais. Esta crescente importância científica do campo, que integra o estudo da comunicação como uma prática social em contextos estratégicos e organizacionais, conduziu também à adoção de diferentes tradições de investigação. Mas como podemos conhecer a história da Comunicação Estratégica em Portugal e identificar os enquadramentos teóricos de referência desta área de estudo? Ora, foi esta questão que desencadeou a nossa investigação que pretende, assim: (1º) refletir sobre o estado da arte deste campo de estudo; (2º) criar a base para uma reflexão sistemática e orientadora de diferentes paradigmas de investigação no âmbito da Comunicação Estratégica; bem como, (3º) identificar a presença das tradições de investigação no ensino superior em Portugal.

Fontes e assessorias em saúde : duas faces da mesma moeda?; Information sources and health press offices : two sides of the same coin

Ruão, Teresa
Fonte: Universidade do Minho. Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade (CECS) Publicador: Universidade do Minho. Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade (CECS)
Tipo: Parte de Livro
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
56.46%
O campo da Comunicação na Saúde integra estudos de Comunicação Estratégica, ou a pesquisa sobre a utilização de estratégias de comunicação - organizacionais e mediáticas - destinadas a informar e influenciar as decisões individuais e coletivas relativas aos estados de saúde das populações. Este texto irá debruçar-se, precisamente, sobre as estratégias de comunicação desenvolvidas pelas organizações do sector da saúde em Portugal para acederem aos media, como forma de desenvolverem a literacia no campo, influenciarem decisões políticas ou promoverem a saúde individual e pública. Debater-se-á o aumento das atividades de relações públicas por parte das organizações médicas ou do sector da saúde, incluindo o governo, instituições de pesquisa, hospitais ou outras organizações prestadoras de cuidados de saúde. Estas apresentam-se, hoje, como fontes de informação acessíveis, fiáveis e especializadas, de modo a marcar a agenda mediática e a promover as suas ações. E as estratégias de assessoria de imprensa, as práticas de spin e a gestão de assuntos tornaram-se garantia de eficácia na comunicação de “estórias” sobre saúde aos media. Contudo, o aumento do profissionalismo das assessorias em saúde – da sua organização e programação -...

Comunicação e sociedade : comunicação estratégica [8, 2005]

Universidade do Minho. Instituto de Ciências Sociais. Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade
Fonte: CECS - Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade, Universidade do Minho Publicador: CECS - Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade, Universidade do Minho
Tipo: Outros
Publicado em /12/2005 ENG
Relevância na Pesquisa
86.5%
[Nota introdutória] Comunicação estratégica é o tema deste número da revista Comunicação e Sociedade e percorre vários dos seus conteúdos. Pretende-se dar a conhecer algum do trabalho científico que tem vindo a ser desenvolvido no contexto nacional e também no internacional, através da publicação de artigos de investigadores que nos são próximos, seja do ponto de vista da geografia, seja pela afinidade de interesses e de perspectivas (Espanha, Itália, Noruega, Países Baixos, Grã-Bretanha, Dinamarca, Eslovénia e EUA). Olhando para a história do século passado nos EUA, podemos dizer que o estudo da comunicação estratégica, entendida esta no sentido que lhe é dado por Habermas (1993), desempenhou um papel crucial na constituição do campo do saber que hoje se denomina por ciências da comunicação. Recordemos os estudos de Lasswell, nos anos 20, sobre a linguagem da propaganda política usada na Grande Guerra, e todo o trabalho feito nos anos 40-50 por Lazarsfeld e seus associados em torno das campanhas eleitorais e dos seus efeitos; este viria a ser reformulado no início dos anos 60 por Klapper e a sua teoria dos efeitos limitados, a qual foi substituída pela teoria da “marcação da agenda” (agenda setting) de McCombs & Shaw nos anos 70. Transversal a estes estudos é a preocupação com a chamada questão dos “efeitos” dos media...

O papel da comunicação estratégica na gestão de redes de cooperação interorganizacionais : o caso do CEDT; The role of strategic communication in the management of interorganizational cooperation networks : the case of CEDT

Fernandes, Eduarda Isabel Ribeiro
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.6%
Relatório de estágio de mestrado em Ciências da Comunicação (área de especialização em Publicidade e Relações Públicas); O presente relatório de estágio, realizado no âmbito do Mestrado em Ciências da Comunicação – área de especialização em Publicidade e Relações Públicas, reflete o estágio curricular desenvolvido no Centro de Excelência em Desmaterialização de Transações (CEDT), uma associação sem fins lucrativos, constituída por Empresas, Universidades e Centros de Investigação e Desenvolvimento Tecnológico e que se identifica como uma rede de competências com atuação no domínio da desmaterialização de transações. Neste seguimento, afigurou-se pertinente refletir de forma crítica e sustentada sobre as redes de cooperação interorganizacionais e no papel que a comunicação, em particular a comunicação estratégica, ocupa na gestão destas redes, com base no estudo de caso do CEDT. De facto, as redes de cooperação entre organizações, no decorrer das constantes e aceleradas transformações económico-sociais, encontram-se em franca proliferação por todo o mundo. Fazer parte de uma rede de cooperação reflete-se não só em ganhos para as organizações (que dela fazem parte)...

A importância de práticas de comunicação estratégica na imprensa local e regional : o povo, um estudo de caso

Silva, Ana Isabel Martins da
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.57%
Dissertação de mestrado em Ciências da Comunicação (área de especialização em Publicidade e Relações Públicas); O presente trabalho de investigação, inserido no âmbito da unidade curricular de estágio, do 2.º Ciclo de Ciências da Comunicação, especialização em Publicidade e Relações Públicas, procura desenvolver um estudo acerca das práticas de comunicação estratégica na imprensa regional e local, refletindo, particularmente, se a aplicação de um plano de comunicação estratégico de comunicação pode ou não ser importante para a promoção ou divulgação de um media local e regional. Partimos do princípio que, na atualidade, é perentório que as marcas e as organizações se comuniquem estrategicamente e que estejam atentas às novas tendências de mercado, procuraremos mostrar que a imprensa local e regional não é exceção, sendo esta um objeto de estudo aliciante. Sob o escrutínio do estudo de caso, enquadraremos assim esta questão a aprofundar no âmbito de um estágio realizado no jornal O Povo, onde, a partir de uma auditoria de comunicação às práticas de comunicação estratégica exercidas no jornal, procuraremos provar a importância das mesmas. Começaremos por estudar os media locais e regionais...

Os profissionais da comunicação estratégica das organizações em Portugal: em busca de identidade profissional e reconhecimento

Sobreira, Rosa Maria Campos
Fonte: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa Publicador: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em /05/2010 POR
Relevância na Pesquisa
66.53%
Dissertação apresentada para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Doutor em Ciências da Comunicação, na Especialidade de Comunicação Institucional; Este trabalho analisa o processo de construção da identidade profissional dos profissionais da comunicação estratégica em Portugal e as estratégias de reconhecimento por eles intentadas. Tradicionalmente, o campo que identificamos como da comunicação estratégica das organizações surgiu e iniciou o processo de construção identitária a partir da emergência das relações públicas, na primeira década do século XX, nos EUA. Tendo em conta essa evidência, primeiro, procura-se compreender a emergência do campo das ciências da comunicação e explicar as razões subjacentes à multiplicação de perfis profissionais no mesmo (jornalismo, publicidade e relações públicas), assim como os elementos identitários que contribuíram, inicialmente, para o seu reconhecimento profissional. A construção de identidade profissional e a obtenção de reconhecimento não podem ser percebidos sem o enquadramento dos contextos sociais, económicos, tecnológicos e organizacionais onde ocorrem, e as influências desses factores sobre as profissões. Ao fazer essa análise foi possível verificar que o campo das ciências da comunicação viveu...

O papel das novas tecnologias na comunicação externa da organização : o caso TAP Portugal

Viana, Júlio
Fonte: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa Publicador: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /03/2010 POR
Relevância na Pesquisa
56.45%
Dissertação de Mestrado em Ciências da Comunicação – Área de Especialização em Comunicação Estratégica; O desenvolvimento das tecnologias de informação e comunicação (TIC) esteve no centro das principais evoluções económicas e financeiras ao longo da segunda metade do século XX. No entanto, a adopção de novas tecnologias no contexto organizacional veio não só transformar a sua composição e estrutura interna de funcionamento mas também a forma de comunicar com os diferentes públicos-alvo. Tendo em vista os aspectos sociais e organizacionais da introdução das TIC no âmbito empresarial, colocando de parte a componente meramente técnica, aborda-se a temática da construção de uma estratégia comunicacional assente nas novas tecnologias e a consequente transformação no comportamento do indivíduo. O factor de mudança assume-se como um elemento primordial na medida em que o indivíduo adopta uma nova postura perante os estímulos a que é sujeito e, como consequência da transformação do papel de emissor e receptor, também a organização modela o seu comportamento em função das exigências e novos hábitos do seu público-alvo. Neste contexto, a Internet assume-se como plataforma essencial na formação de novas práticas comunicacionais e como potenciadora de uma nova forma de relacionamento entre o indivíduo e a organização. Assiste-se...

Comunicação estratégica no âmbito da mudança organizacional

Mangorrinha, Maria da Conceição Martins
Fonte: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa Publicador: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /03/2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.53%
Dissertação apresentada para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Ciências da Comunicação; Esta dissertação tem como propósito demonstrar que a comunicação estratégica é um campo de estudo essencial à eficácia na gestão de processos de mudança nas organizações. Para responder a este objetivo a dissertação iniciará com a apresentação do problema que conduziu a este estudo, seguido do objetivo a alcançar. Esta dissertação será realizada em duas fases. Na primeira fase será feita uma revisão da literatura que ajudará a suportar a temática em causa - a comunicação estratégica no âmbito da mudança organizacional. Nesta fase serão apresentados os principais conceitos que ligam a mudança organizacional e comunicação estratégica, a variáveis que os influenciam direta ou indiretamente e vice-versa. Além disso, pretende-se investigar como a comunicação pode contribuir para implementar mudanças com maior eficácia identificando as várias áreas de atuação e barreiras. A segunda fase contempla um estudo qualitativo, através do qual, se pretende identificar os processos de mudança de três organizações. Nesta fase serão realizadas entrevistas para obter informações e assim permitir descrever a forma como foi gerido o processo de mudança ao nível da estratégia de comunicação. Após a análise das informações apuradas serão obtidas hipóteses mais específicas e aprofundadas sobre os motivos de sucesso ou insucesso e barreiras encontradas ao implementar processos de mudança nas organizações. Por último esta análise conduzirá a uma discussão em paralelo que contribuirá para nortear processos de melhoria e otimização no âmbito da resolução do problema em estudo.

Conquistando mentes e corações. A luta contra o terrorismo e a comunicação estratégica no contexto da Nato

Ceia, Marta Filipa Martins
Fonte: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa Publicador: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /09/2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.57%
Dissertação de Mestrado em Ciências da Comunicação Área de Especialização em Comunicação Estratégica; A presente dissertação tem como objetivo perceber o papel da comunicação estratégica no contexto da luta contra o terrorismo. O terrorismo é considerado como sendo a principal ameaça securitária contemporânea e a Organização do Atlântico Norte (NATO) tem um papel fundamental no desenvolvimento dos esforços de combate e prevenção dessa ameaça no seio da comunidade internacional. As últimas décadas foram férteis em transformações que obrigaram a uma profunda e rápida adaptação ao novo ambiente. Os media juntaram-se ao rol de atores políticos relevantes, aqueles que têm o poder de influenciar decisões e ações, remodelando assim a realidade. Com a internet surgem novos fenómenos como as redes sociais que democratizam o espaço mediático e levam à desaparição das fronteiras dando origem àquilo a que se tem chamado uma “opinião pública mundial” que exige ser ouvida e cujo “controlo” ou “influência” é visado por entidades tais como Estados, organizações ou empresas. Estes novos espaços de oportunidades são solo fértil para o aparecimento de novos atores que...

A Comunicação Estratégica Integrada nas Organizações

Gonçalves, Sofia de Almeida
Fonte: Universidade Nova de Lisboa Publicador: Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /12/2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.48%
Como elemento final da avaliação do Mestrado em Ciências da Comunicação, na vertente de comunicação estratégica, o presente relatório versa sobre a experiência de estágio curricular que decorreu no Instituto Português do Desporto e da Juventude (IPDJ). Este relatório incidirá sobre a experiência prática ao longo de seis meses no Instituto, descrevendo o projeto de trabalho e relatando as atividades e tarefas realizadas. Refletirá igualmente sobre as aprendizagens, condicionantes, e apresentará propostas de melhoria para futuros estágios. Numa base teórica serão abordados os conceitos que fizeram parte do dia-a-dia no departamento de Comunicação, Informação e Relações Internacionais. Esta refletirá sobre a integração nas organizações sem fins lucrativos dos conceitos de marketing e comunicação estratégica ao mesmo tempo que demonstrará a importância da planificação da comunicação para estas organizações e seus projetos.

Insight fischer+bus : da estratégia de comunicação ao briefing

Inocêncio, Diana Isabel Santo
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /10/2013 POR
Relevância na Pesquisa
56.62%
Vivemos cada vez mais numa sociedade onde comunicar é essencial. Em qualquer altura do dia, em qualquer grupo, em qualquer trabalho, “comunicar” tem de ser a palavra-chave e na Publicidade não é excepção. A elaboração de uma boa estratégia de comunicação leva a um bom “briefing” que será rapidamente interpretado pelo criativo a fim de construir uma óptima campanha. Sem uma comunicação estável, isto não seria possível. É neste contexto que se desenvolve o meu trabalho. O presente estudo é realizado para a obtenção do grau de Mestre em Comunicação Estratégica: Publicidade e Relações Públicas, na Universidade da Beira Interior - Faculdade de Artes e Letras e para isso realizo então um estágio curricular com a duração de três meses, na Agência de Comunicação Integrada - Fischer+Bus. Além de apresentar uma descrição das actividades desenvolvidas ao longo do estágio e de desenvolver os temas Comunicação Estratégica e “briefing”, este relatório tem por objectivo descobrir quais são as dificuldades que surgem durante a criação de uma boa estratégia de comunicação ao mesmo tempo que nos explica a importância de uma estratégia de comunicação bem construída para o sucesso de uma campanha. Com a aplicação do estudo empírico...

Plano global de comunicação para a empresa Prover

Lesme, Adriano Muhammad; Miranda, Taysa Lara Póvoa
Fonte: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Informação e Comunicação (RG); Jornalismo (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Informação e Comunicação (RG); Jornalismo (RG)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
66.39%
O objetivo deste trabalho é mostrar a importância da comunicação para a sedimentação de empresas iniciantes junto à seus públicos de interesse e à sociedade em geral. O projeto contém uma análise detalhada sobre o ambiente organizacional da empresa Prover, bem como fundamentação teórica elaborada por meio de revisão bibliográfica em Assessoria de Comunicação e nos conceitos de Comunicação Integrada, Comunicação Estratégica e Comunicação na Área de Saúde. A detecção das lacunas comunicacionais da empresa, por meio de diagnósticos situacionais interno e externo, determina as estratégias a serem seguidas. Os dados levantados são utilizados na elaboração de um Plano Global de Comunicação para a Prover, com a finalidade de estruturar a comunicação a ser desenvolvida, por meio da criação de uma área de comunicação na empresa. O Plano determina as estratégias de comunicação a serem adotadas a curso e longo prazos, bem como os recursos humanos, materiais e financeiros necessário para a sua execução. Ao final, um relatório apresenta o resultado da experiência na área de comunicação da empresa Prover.

Plano de comunicação social da Comissão Pastoral da Terra Regional Goiás

Almeida, Barbara Cristina Arato Mendes de; Heinen, Maíra Gabriel
Fonte: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Informação e Comunicação (RG); Jornalismo (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Informação e Comunicação (RG); Jornalismo (RG)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
66.38%
The objective of this work is to show the importance of communication to Third Sector entities who fight for the defense and valorization of the human being and the environment. The project contains a detailed study on the organizational environment of Comiss„o Pastoral da Terra ñ Regional Goi·s, supported by a bibliographic review on Communication Management, and a return to the concepts of Third Sector, Communication and Institutional Identity and Strategic Communication. The detection of the main communicational issues of the entity results in an institutional diagnosis which defines the action line to be followed. The collected data are used to write a Communication Plan suitable for the reality of CPT ñ Goi·s, aiming to restructure the Social Communication Department of the organization. Long and short term actions were established, as well as the description of human and material resources needed for the materialization of the plan. At last, a report presents the results of the experience at the Social Communication Department of CPT ñ Goi·s.; O objetivo deste trabalho é mostrar a importância da comunicação para entidades de Terceiro Setor, que lutam pela defesa e valorização do ser humano e do meio ambiente. O projeto contém um estudo detalhado sobre o ambiente organizacional da Comissão Pastoral da Terra - Regional Goiás...

A comunicação na UFG e a assessoria de comunicação

LIMA, Silvânia de Cássia
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Comunicação; Ciências Sociais Aplicadas Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Comunicação; Ciências Sociais Aplicadas
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.41%
This study analyzes communication developed at Universidade Federal de Goiás (UFG), particularly at its press service (Ascom). By surpassing the functionalist/technicist approach that is traditionally linked to this field of expertise, the analysis focused on UFG s communication actions to verify the extent of internal communication. Part of the university community defined as the internal public is made up mainly of alumni, faculty and administrative staff members, all directly involved with the dynamics of the institution. The object of study was approached in two strategic movements. In the first, the aim was to understand communication actions structured at Ascom based on contemporary thinkers, such as Dominique Wolton and Jürgen Habermas. My concern was to establish a context of uses and functions, of elements and relations, in addition to establishing a proper history of communications at UFG, all of which would enable me to define communication and its meanings. The second movement was dedicated to exploring, through empirical research and qualitative methods, notions brought up by university community members regarding institutional communication, communication policy, perspectives for communication at UFG and for Ascom s most important communications media: Jornal UFG and Portal UFG. From such media I extracted what I considered to be relevant towards understanding what they represent within the context of internal communication at UFG. To find out more about this reality and to obtain information from those that deal with and feel communication at UFG...

Participação e sustentabilidade na comunicação estratégica e organizacional

Melo, Ana Guilhermina Seixas Duarte
Fonte: Livros LabCom Publicador: Livros LabCom
Tipo: Parte de Livro
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.42%
Coleção Relações públicas e comunicação organizacional (vol. 2); Série: Comunicação estratégica; Nas últimas décadas as organizações têm vindo a enfrentar desafios comunicacionais decorrentes da evolução do contexto social, económico e político em que se inserem, mas também fortemente relacionados com a evolução da ecologia mediática. Impõem-se estratégias dedicadas a uma comunicação mais dinâmica, intensa e interativa, propulsionada pela hiperconectividade, pela mobilidade, pela omnipresença e pela participação como filosofia e como prática. Procuraremos demonstrar ao longo deste artigo que a participação dos públicos ou stakeholders – sejam eles clientes, utentes, cidadãos, consumidores, espectadores ou fãs – constitui um factor expressivo e relevante de sustentabilidade no processo de comunicação, quer na efetividade do relacionamento entre as organizações e os seus públicos, quer no cômputo económico-financeiro dessa equação, quer na sua, não menos importante, dimensão simbólica. O conceito de participação será analisado nas suas diferentes dimensões, relacionadas com as noções temáticas deste volume— comunicação, desenvolvimento e sustentabilidade.

O terceiro sector em Portugal : a importância dos planos de comunicação estratégica nas instituições particulares de solidariedade social da Região Norte : o caso da Misericórdia de Santo Tirso

Campos, Marco Tiago da Mota
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /10/2013 POR
Relevância na Pesquisa
66.61%
A comunicação tem ganho uma crescente importância nas estratégias das organizações sem fins lucrativos, sendo um factor-chave para o sucesso das suas acções e para que consigam mobilizar os seus públicos-alvo a aderirem às suas causas sociais. O presente estudo tem o objectivo de analisar a importância dos planos de comunicação estratégica para que essas acções sejam bem sucedidas. As organizações alvo deste estudo são as Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS). Primeiramente contextualizamos este sector, definindo concretamente o seu conceito, a sua evolução histórica, assim como estabelecemos uma comparação entre a realidade europeia e norte-americana. As instituições que compõem este sector vão ser enquadradas legalmente, definidos os seus limites e desmistificado o conceito de IPSS. Neste estudo, analisamos de forma mais aprofundada os aspectos relacionados com a comunicação, evidenciando a sua importância para as organizações sem fins lucrativos, abordando temáticas como as Relações Públicas ou a comunicação de interesse público. A elaboração dum plano de comunicação estratégica obedece a várias regras e etapas, que também vão ser identificadas e analisadas nesta investigação...

Insight fischer+bus : da estratégia de comunicação ao briefing

Inocêncio, Diana Isabel Santo
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /10/2013 POR
Relevância na Pesquisa
56.62%
Vivemos cada vez mais numa sociedade onde comunicar é essencial. Em qualquer altura do dia, em qualquer grupo, em qualquer trabalho, “comunicar” tem de ser a palavra-chave e na Publicidade não é excepção. A elaboração de uma boa estratégia de comunicação leva a um bom “briefing” que será rapidamente interpretado pelo criativo a fim de construir uma óptima campanha. Sem uma comunicação estável, isto não seria possível. É neste contexto que se desenvolve o meu trabalho. O presente estudo é realizado para a obtenção do grau de Mestre em Comunicação Estratégica: Publicidade e Relações Públicas, na Universidade da Beira Interior - Faculdade de Artes e Letras e para isso realizo então um estágio curricular com a duração de três meses, na Agência de Comunicação Integrada - Fischer+Bus. Além de apresentar uma descrição das actividades desenvolvidas ao longo do estágio e de desenvolver os temas Comunicação Estratégica e “briefing”, este relatório tem por objectivo descobrir quais são as dificuldades que surgem durante a criação de uma boa estratégia de comunicação ao mesmo tempo que nos explica a importância de uma estratégia de comunicação bem construída para o sucesso de uma campanha. Com a aplicação do estudo empírico...

Strategic Communication Management in Business, Developmental and Public Sectors. A Comparative Study; Gestión de la comunicación estratégica en los sectores empresarial, de desarrollo y público. Estudio comparativo; Gestão da comunicação estratégica nos setores empresarial, de desenvolvimento e público. Estudo comparativo

Preciado-Hoyos, Angela; Universidad de La Sabana; Guzmán-Ramírez, Haydé; Universidad de La Sabana
Fonte: Universidad de la Sabana Publicador: Universidad de la Sabana
Tipo: Artigo de Revista Científica
SPA
Relevância na Pesquisa
66.48%
he results of a study comparing the use of strategic communication in 53 Colombian organizations in business, developmental and public sectors are presented in this article. The first part looks at the theoretical proposals of several authors on the contributions of this model in three environments. The second section examines the methodology and results of the study, which was intended to confirm the hypothesis that it is possible to take advantage of this model in different organizations, among other reasons because they all depend on their environment to gain legitimacy and to endure over time. The article ends with a series of conclusions and reflections concerning future research on this topic.; En este artículo se presentan los resultados de una investigación en la que se compara el uso que se hace de la comunicación estratégica en 53 organizaciones colombianas de los sectores empresarial, de desarrollo y público. En la primera parte se examinan propuestas teóricas de varios autores sobre los aportes que hace este modelo en los tres ámbitos. En la segunda se exponen la metodología y los resultados de la investigación aplicada, donde se busca confirmar la hipótesis según la cual es posible aprovechar este modelo en diferentes organizaciones...

A Comunicação Estratégica na Guerra Colonial sob Salazar, 1961-1968

Santos, Mónica Patrícia Lopes dos
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.57%
Dissertação de Mestrado em Ciências da Comunicação; A comunicação estratégica enquanto disciplina é bastante recente, pelo que não abundam estudos na área. Há muito que se desenvolve este género de comunicação, ainda que de modo empírico, com uma determinada estratégia a ela associada, nomeadamente, entre nós, na Guerra Colonial. Este trabalho descreve, num primeiro momento, o contexto histórico-cultural da Guerra Colonial, durante a governação de Oliveira Salazar, seguindo-se o estudo da comunicação estratégica como o estado da arte ou revisão da literatura. É importante contextualizar esta comunicação nos nossos dias, recorrendo a exemplos que comprovem que esta não é apenas uma disciplina meramente académica, mas sim uma realidade da sociedade. Aborda-se nesta dissertação a comunicação estratégica realizada no período temporal correspondente à época em que Salazar conduziu os destinos de Portugal na Guerra Colonial, 1961-1968. Existem dois momentos fundamentais neste estudo: a análise do texto e a análise de imagens e cartazes de propaganda. O estudo da propaganda no Estado Novo condensa os dados relevantes do mesmo, com destaque para as leis que a regulam e os públicos-alvo da comunicação estratégica definidos pelo regime de Salazar...