Página 1 dos resultados de 2510 itens digitais encontrados em 0.014 segundos

Em busca de novas métricas de avaliação da produção científica em ciências da comunicação

Ferreira, Sueli Mara Soares Pinto
Fonte: OberCom - Observatório da Comunicação; Lisboa Publicador: OberCom - Observatório da Comunicação; Lisboa
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
66.46%
A busca da comunidade científica por melhores posições e maiores reconhecimentos, junto a sociedade científica e agências de fomento nacionais e internacionais, sempre esteve atrelada ao sistema de avaliação de sua produção. Portanto, conhecer os fluxos da comunicação científica, desvendar os mecanismos existentes para a qualificação da ciência e implementar mecanismos e ferramentas para a obtenção de indicadores e parâmetros que possibilitem o mapeamento por áreas específicas do conhecimento, tem sido foco de estudos já há muito tempo. Como resultados surgem dois movimentos internacionais: Open Archives Initiative (OAI) e Open Access (OA), ambos oferecendo maiores e distintas oportunidades de se revisar os atuais critérios de qualidade. Observando-se especificamente a área das ciências da comunicação brasileira, várias indagações se tornam relevantes: Qual o impacto da produção científica brasileira da área de Ciências da Comunicação? Quais mecanismos de medição estão disponíveis nesta área e como tem sido feita a avaliação desta produção brasileira pela comunidade científica nacional e internacional? O que tem sido feito para melhoria da área em termos nacionais? Como garantir a visibilidade e a acessibilidade desta produção e ainda possibilitar a produção de novos indicadores bibliométricos e infométricos? Quais serviços se encontram disponíveis hoje e como se apresentam seus resultados? Este artigo visa trazer uma discussão epistemológica sobre o modelo internacional de avaliação da produção científica adotado pelo Brasil...

As dimensões disciplinares na comunicação científica em biocombustíveis

Gomes, Janaína
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.39%
A comunicação científica constitui o substrato da pesquisa científica. Por meio dela se configuram os campos de legitimação do conhecimento. Este trabalho de tese se dedicou ao estudo do campo dos biocombustíveis através da comunicação científica. O referido campo de pesquisa envolve diferentes áreas do conhecimento e se refere às demandas energéticas da sociedade pós-industrial. Foram analisados dez anos da comunicação científica para se estabelecer as dimensões disciplinares sobre as quais essa discussão se sustenta. Para tanto, dois métodos de pesquisa foram combinados. Utilizou-se a bibliometria e a análise de conteúdo quantitativa, através de técnicas de text mining. A análise bibliométrica foi realizada com dados quantitativos sobre a comunicação científica, disponíveis na base Web of Science. A análise de conteúdo quantitativa foi feita com textos completos dos artigos e revisões científicas sobre biocombustíveis, utilizando-se o software Wordstat. Os dados bibliométicos apresentaram um alto grau de interdisciplinaridade expresso pela inter-relação de 132 áreas do conhecimento. Ademais, observou-se a predominância das áreas da Química (1.513 artigos e revisões), Engenharias (1.157) e Ciências Agrárias (1.029)...

O modelo de comunicação extensiva e as implicações no contexto da comunicação científica : metodologia para mensuração de indicadores do formato eletrônico em rede

Simeão, Elmira
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
66.38%
O conceito de comunicação extensiva se evidencia atualmente nas experiências relacionadas à comunicação e ao tratamento da informação digital, notadamente no contexto da Internet. Esse processo de migração de dados para o formato eletrônico tem provocado um conflito nas formas de produção, com práticas que oscilam entre o modelo de comunicação para suportes estáticos e aquele possível no contexto de redes interativas. Por coexistirem no tempo e no espaço, muitas vezes no mesmo suporte, os formatos se misturam, mas não proporcionam a mesma ação comunicativa. No âmbito da comunicação científica, por exemplo, a transposição dos métodos de produção e legitimação dos periódicos eletrônicos reflete o conflito na interação entre a tecnologia e o conhecimento registrado, causando alterações na estrutura do documento. O reconhecimento das publicações primárias como prioritárias à comunidade científica, em destaque os periódicos, faz com que versões eletrônicas destes documentos, bem como suas normas e procedimentos operacionais, sejam usados como uma matriz orientadora para a compreensão do modelo extensivo de comunicação, possivelmente observável em qualquer tipo de documento. A pesquisa descreve as características tradicionais de produção e legitimação dos periódicos científicos...

O novo papel das tecnologias digitais na comunicação científica

Costa, Sely Maria de Souza
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Parte de Livro
POR
Relevância na Pesquisa
66.48%
A comunicação científica constitui um dos tópicos que têm sido muito explorados e discutidos na ciência da informação, ao longo das últimas quatro décadas. Por esse motivo, tem contribuído de forma significativa para a construção de conhecimento na área. Conseqüentemente, são vários os modelos teóricos, as abordagens e os contextos encontrados na literatura para seu estudo. Isso, por sua vez, reflete uma variedade de aspectos por meio dos quais o processo de comunicação entre pesquisadores tem sido estudado. A partir principalmente da década de 90, estudos sobre os impactos que a introdução de tecnologias da informação no ambiente acadêmico provoca na comunicação científica vêm contribuindo para o enriquecimento do debate a respeito das questões pertinentes ao tópico e que são, por conseguinte, relevantes para estudo. Mais recentemente, observa-se um debate caloroso na literatura a respeito de como a comunicação entre pesquisadores tem refletido as mudanças provocadas pela introdução das tecnologias da informação no meio acadêmico. Uma dessas mudanças diz respeito às interações no seio das comunidades científicas, assim denominadas de forma genérica, visto que podem ser definidas em diferentes níveis. É importante destacar...

A comunicação científica entre pesquisadores da surdez do ponto de vista da linguagem

Shintaku, Milton
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.4%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação, Departamento de Ciência da Informação e Documentação, 2009.; A presente pesquisa teve como principal objetivo averiguar se as características de estudos da surdez, como tópico de estudo multidisciplinar, influenciam os padrões de comunicação científica dos pesquisadores, que a estudam do ponto de vista da linguagem. Baseado nos conceitos fundamentais apresentados por Meadows (1999), Garvey (1979), Ziman (1984), nos modelos de comunicação científica formulados por Garvey e Griffith (1979), Hurd (2000), Bjork (2005) e Costa (2008) e nos conceitos sobre as relações disciplinares discutidos por Japiassu (1976), o modelo conceitual formulado para o estudo contemplou os elementos necessários ao estudo da comunicação científica em comunidades constituídas por estudiosos de várias disciplinas. Enquanto os aspectos epistemológicos orientaram o estudo, principalmente na discussão de resultados, os aspectos metodológicos adotados permitiram, por um lado, a precisão quantitativa e, por outro, a profundidade qualitativa, em uma abordagem mista, com métodos de coleta de dados por levantamento (survey) e análise documental. Dessa forma...

Comunicação científica e gestão do conhecimento : enlaces conceituais para a fundamentação da gestão do conhecimento científico no contexto de universidades; Scientific communication and knowledge management : conceptual correlations for the foundation of scientific knowledge management in the academic context

Leite, Fernando César Lima
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
66.42%
Este artigo, produto de pesquisa teórica, tem por objetivo sinalizar as similaridades teóricas entre a abordagem da gestão do conhecimento e a da comunicação científica. O esclarecimento dos pontos de convergência entre uma e outra abordagem justifica-se pela necessidade de fundamentação conceitual para os estudos de gestão do conhecimento científico no ambiente acadêmico, visto que a literatura existente, até o presente momento, não considera as especificidades desse contexto, nem tão pouco a natureza da produção e da comunicação desse tipo de conhecimento. As reflexões consideram, inicialmente, a comunicação e gestão do conhecimento do ponto de vista das organizações empresariais, elaborando modelo teórico que ilustra a relação entre comunicação, cultura e gestão do conhecimento. Em um segundo momento, com base em reflexões teóricas, direciona a discussão para o ambiente acadêmico, considerando no modelo a comunicação científica, a cultura científica e a gestão do conhecimento nesse meio. Em seguida, explora as similaridades entre gestão do conhecimento e a comunicação científica, com base na comparação entre os processos de cada uma das abordagens. Conclui destacando os processos de comunicação científica como camada essencial e indispensável à gestão do conhecimento científico no contexto de universidades. __________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT; This article...

Comunicação científica e gestão do conhecimento: enlaces conceituais para a fundamentação da gestão do conhecimento científico no contexto de universidades

Leite,Fernando César Lima
Fonte: Pontifícia Universidade Católica de Campinas Publicador: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
66.42%
Este artigo, produto de pesquisa teórica, tem por objetivo sinalizar as similaridades teóricas entre a abordagem da gestão do conhecimento e a da comunicação científica. O esclarecimento dos pontos de convergência entre uma e outra abordagem justifica-se pela necessidade de fundamentação conceitual para os estudos de gestão do conhecimento científico no ambiente acadêmico, visto que a literatura existente, até o presente momento, não considera as especificidades desse contexto, nem tão pouco a natureza da produção e da comunicação desse tipo de conhecimento. As reflexões consideram, inicialmente, a comunicação e gestão do conhecimento do ponto de vista das organizações empresariais, elaborando modelo teórico que ilustra a relação entre comunicação, cultura e gestão do conhecimento. Em um segundo momento, com base em reflexões teóricas, direciona a discussão para o ambiente acadêmico, considerando no modelo a comunicação científica, a cultura científica e a gestão do conhecimento nesse meio. Em seguida, explora as similaridades entre gestão do conhecimento e a comunicação científica, com base na comparação entre os processos de cada uma das abordagens. Conclui destacando os processos de comunicação científica como camada essencial e indispensável à gestão do conhecimento científico no contexto de universidades.

Da comunicação científica à divulgação

Valeiro,Palmira Moriconi; Pinheiro,Lena Vania Ribeiro
Fonte: Pontifícia Universidade Católica de Campinas Publicador: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2008 PT
Relevância na Pesquisa
66.42%
A comunicação científica, o periódico científico e o aumento do acesso à informação e comunicação pelas redes eletrônicas introduzem a discussão da relação da comunicação com a divulgação científica. A ampliação da audiência proporcionada pela Internet e a maior visibilidade da ciência com as versões eletrônicas dos periódicos científicos são exploradas e é discutida a aproximação entre público especializado e não-especializado, bem como a possível convergência de audiências a partir da comunicação em rede eletrônica e das tecnologias de informação e comunicação - TICs. Conceitos, características, funções da comunicação e da divulgação científica, bem como aspectos históricos da formação do público e da ciência, remetem aos principais autores dessas duas áreas e a re-pensar a divulgação da ciência e a “ciência pública” para além dos muros acadêmicos. Pressupostos teóricos fundamentam o caráter público da ciência e a natureza transformadora da informação, enquanto aspectos técnicos, mostram o campo para novas tecnologias de informação e comunicação, transferência de informação e interatividade entre público acadêmico e não acadêmico, sugerindo tecnologias como agentes de mudança de cultura...

Modelo genérico de gestão da informação científica para instituições de pesquisa na perspectiva da comunicação científica e do acesso aberto

Leite, Fernando César Lima
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
66.45%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciência da Informação, Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, 2011.; Esta tese apresenta pesquisa de doutorado que teve como objetivo geral propor modelo genérico de gestão da informação científica para instituições de pesquisa, tendo por base os fundamentos da comunicação científica e do acesso aberto. Trata-se de uma pesquisa de natureza teórica e exploratória. Do ponto de vista metodológico, é um estudo de abordagem mista que adotou a estratégia de triangulação concomitante. Os dados foram coletados por meio da aplicação de questionários, realização de entrevistas e lista de verificação e, em seguida, submetidos à análise estatística e de texto. Além da coleta e análise de dados empíricos, realizou-se análise de modelos de comunicação científica e de gestão da informação identificados na literatura. O universo da pesquisa foi constituído dos pesquisadores vinculados às unidades de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação e a base amostral, definida a partir de amostragem não probalística intencional, foram os pesquisadores do Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas e do Museu de Astronomia e Ciências Afins. Como principal resultado da investigação apresenta-se modelo genérico de gestão da informação científica para institutos de pesquisa...

Da comunicação científica à divulgação; From scientific communication to popularization

Valério, Palmira Moriconi; Pinheiro, Lena Vania Ribeiro
Fonte: PUCCAMP Publicador: PUCCAMP
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
66.41%
A comunicação científica, o periódico científico e o aumento do acesso à informação e comunicação pelas redes eletrônicas introduzem a discussão da relação da comunicação com a divulgação científica. A ampliação da audiência proporcionada pela Internet e a maior visibilidade da ciência com as versões eletrônicas dos periódicos científicos são exploradas e é discutida a aproximação entre público especializado e não-especializado, bem como a possível convergência de audiências a partir da comunicação em rede eletrônica e das tecnologias de informação e comunicação – TICs. Conceitos, características, funções da comunicação e da divulgação científica, bem como aspectos históricos da formação do público e da ciência, remetem aos principais autores dessas duas áreas e a re-pensar a divulgação da ciência e a “ciência pública” para além dos muros acadêmicos. Pressupostos teóricos fundamentam o caráter público da ciência e a natureza transformadora da informação, enquanto aspectos técnicos, mostram o campo para novas tecnologias de informação e comunicação, transferência de informação e interatividade entre público acadêmico e não acadêmico, sugerindo tecnologias como agentes de mudança de cultura...

Grau de adesão à comunicação científica de base eletrônica: estudo de caso na área da genética; Degree of adhesion to the scientific communication of electronic base: study of case in the area of the genetics

Oliveira, Eloísa da Conceição Príncipe de
Fonte: Universidade Federal do Rio de Janeiro / Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia; BR; Ciência da Informação; Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação; UFRJ/ECO - IBICT Publicador: Universidade Federal do Rio de Janeiro / Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia; BR; Ciência da Informação; Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação; UFRJ/ECO - IBICT
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.41%
Information and communication technologies (ICTs) are changing the traditional scientific communication cycle and imposing meaningful transformations to the generation, production, circulation, dissemination, retrieval and use of information. They are influencing in different ways and levels the practices and results of the scientific activity, specially the intellectual outputs published in journal articles. This investigation analyses in what degree Brazilian researchers in genetics, working with genomics, have approved the new scientific communication standards introduced by ICTs. The results show these researchers have not yet approved the changes made by ICTs to the scientific communication cycle or, in other words, that during the period of this study electronic technologies did not altered significantly the formal processes of scientific communication in this area; As tecnologias de informação e comunicação (TICs) vêm transformando o ciclo da comunicação científica e impondo modificações expressivas no que concerne à geração, produção, circulação, disseminação, recuperação e consumo da informação. Elas têm influenciado, de modos e em graus diferentes, as práticas e os resultados da atividade científica...

Grau de adesão à comunicação científica de base eletrônica: estudo de caso na área da genética; Degree of adherence to eletronic scientific communication: case study in genetics

Oliveira, Eloísa da Conceição Príncipe de
Fonte: Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia Publicador: Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
66.41%
Banca: Maria de Nazaré Freitas Pereira; Lena Vania Ribeiro Pinheiro; Rosali Fernandez de Souza; Charles de Freitas Pessanha; Hagar Espanha Gomes; As tecnologias de informação e comunicação (TICs) vêm transformando o ciclo da comunicação científica e impondo modificações expressivas no que concerne à geração, produção, circulação, disseminação, recuperação e consumo da informação. Elas têm influenciado, de modos e em graus diferentes, as práticas e os resultados da atividade científica, em especial o trabalho intelectual veiculado através de artigos de periódicos. A pesquisa analise o grau de adesão dos pesquisadores brasileiros da área da genética, com foco no genoma, aos novos padrões de comunicação científica introduzidos pelas TICs. Os resultados encontrados indicam que esses pesquisadores não aderiram às alterações introduzidas pelas TICs no ciclo da comunicação científica, ou seja, que as tecnologias eletrônicas não alteraram significativamente, pelo menos no período estudado, os processos formais de comunicação científica nessa área.

Grau de adesão à comunicação científica de base eletrônica: estudo de caso na área da genética; Degree of adhesion to the electronic scholarly communication model: case study in the area of Genetics

Oliveira, Eloísa da Conceição Príncipe de
Fonte: National Institutes of Healt : National Library of Medicine Publicador: National Institutes of Healt : National Library of Medicine
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
66.43%
As tecnologias de informação e comunicação (TICs) vêm transformando o ciclo da comunicação científica e impondo modificações expressivas no que concerne à geração, produção, circulação, disseminação, recuperação e consumo da informação. Elas têm influenciado, de modos e em graus diferentes, as práticas e os resultados da atividade científica, em especial o trabalho intelectual veiculado através de artigos de periódicos. A pesquisa analisa o grau de adesão dos pesquisadores brasileiros da área da genética, com foco no genoma, aos novos padrões de comunicação científica introduzidos pelas TICs. Optou-se por limitar o estudo ao período entre 1999 e 2003, quando já era nítida a influência das TICs no cenário brasileiro, especialmente após a criação da SCIELO em 1997 e do Portal de Periódicos da CAPES em 1999. Os dados referentes à produção científica dos pesquisadores – reunidos a partir do Currículo Lattes dos líderes dos grupos de pesquisa do Diretório do CNPq – foram tratados pela técnica bibliométrica, mais especificamente pela análise de citações, que permitiu a sistematização estatística dos títulos de periódicos onde os artigos redigidos e os artigos citados pela população investigada haviam sido publicados. Em seguida verificou-se qual a classificação da Qualis para tais títulos e mapeou-se sua disponibilidade no Portal da Capes. Para qualificar esses dados estatísticos...

Comunicação Científica Além da Ciência

TARGINO, Maria das Graças; UFPB; TORRES, Názia Holanda; UFPB
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 23/07/2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.41%
Objetiva-se discutir a comunicação científica além da ciência, ou seja, a importância do fluxo informacional que extrapola os limites da comunidade científica e chega às coletividades. A comunicação científica fundamenta-se na informação científica, responsável pelo conhecimento científico, o qual representa acréscimo ao status quo das áreas de conhecimento. A pesquisa científica está no alicerce da comunicação científica. Esta extrapola o ciclo restrito de fluxo informacional intramuros (comunidade científica) e, graças à divulgação científica, alcança a população, transformando-a em alfabetizada cientificamente. Ciência e tecnologia determinam a evolução da humanidade, o que requer dos cidadãos habilidades para desvendarem o universo da ciência, pois a inacessibilidade aos novos conhecimentos cerceia a prática cidadã.

Scientific communication about health in Brazil: a literature review; Comunicação científica em saúde no Brasil: revisão de literatura

Martinelli, Maria Fátima; Universidade Federal da Bahia; Teixeira, Carmen Fontes; Universidade Federal da Bahia
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Revisão de Literatura; Formato: application/pdf
Publicado em 15/07/2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.38%
This work is about the emergent of scientific communication about health in Brazil and shows which were the scientific journals published in this country in 19th century. The methodology utilized was the exploratory literature review that implicated in a systematic search for scientific articles registered in SciELO, and 49 works were founded in the period of 1998 to 2012. From the analyzed abstracts, the articles that have historic aspects and bring information about the emergent and the development of scientific communication in Brazil in 19th century were selected. The results confirm that the scientific journals are the communication vehicle to health’s field that most contribute to science advancement. It distinguishes the importance of the “Gazeta Médica da Bahia” as a periodic that had participated of the beginning of the scientific communication in the country and continues with regular publication until 2012.; http://dx.doi.org/10.5007/1984-8951.2014v15n106p91Este trabalho trata do surgimento da comunicação científica em saúde no Brasil e dos primeiros periódicos científicos publicados no país, no século XIX. A metodologia utilizada foi a revisão exploratória de literatura, que implicou na busca sistemática de artigos científicos registrados na SciELO...

Comunicação científica para o público leigo no Brasil

Caribé, Rita de Cássia do Vale; Universidade de Brasília - UnB
Fonte: Revista Ibero-Americana de Ciência da Informação Publicador: Revista Ibero-Americana de Ciência da Informação
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: text/html; application/pdf
Publicado em 15/07/2015 POR
Relevância na Pesquisa
66.47%
Estudo com o objetivo de identificar diretrizes a serem consideradas na escolha de estratégias que podem ser utilizadas na comunicação da informação científica para o público leigo no Brasil. Foram estudados: a consolidação da terminologia utilizada para designar o fenômeno da comunicação científica para o público leigo; a trajetória das políticas e estratégias utilizadas pelo Governo Federal brasileiro, a partir da década de 1980, para a comunicação da informação científica ao público leigo; as estratégias de comunicação científicas mais adequadas de serem utilizadas no Brasil; os problemas ou limitações que impedem ou dificultam o seu fluxo para o público leigo e as oportunidades que podem beneficiá-la. O modelo proposto por Berger e Luckmann (2007) foi utilizado como referencial teórico, de acordo com o qual somente temas próximos à zona de vida cotidiana despertarão sua atenção, pois pertencem ao seu mundo por excelência. Já os temas que ocupam a área denominada zona distante, o indivíduo somente irá interessar-se em suas horas de lazer. O estudo fez uso de metodologia qualitativa. Foram coletadas a opinião e percepção de especialistas na área, por meio de entrevistas estruturadas com perguntas espontâneas e direcionadas; bem como os conteúdos da literatura especializada. Para ambos...

A comunicação científica entre pesquisadores da surdez do ponto de vista da linguagem Nome do Curso: Mestrado em Ciência da Informação

Shintaku, Milton
Fonte: Revista Ibero-Americana de Ciência da Informação Publicador: Revista Ibero-Americana de Ciência da Informação
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 18/04/2011 POR
Relevância na Pesquisa
66.4%
A presente pesquisa teve como principal objetivo averiguar se as características de estudos da surdez, como tópico de estudo multidisciplinar, influenciam os padrões de comunicação científica dos pesquisadores, que a estudam do ponto de vista da linguagem. Baseado nos conceitos fundamentais apresentados por Meadows (1999), Garvey (1979), Ziman (1984), nos modelos de comunicação científica formulados por Garvey e Griffith (1979), Hurd (2000), Bjork (2005) e Costa (2008) e nos conceitos sobre as relações disciplinares discutidos por Japiassu (1976), o modelo conceitual formulado para o estudo contemplou os elementos necessários ao estudo da comunicação científica em comunidades constituídas por estudiosos de várias disciplinas. Enquanto os aspectos epistemológicos orientaram o estudo, principalmente na discussão de resultados, os aspectos metodológicos adotados permitiram, por um lado, a precisão quantitativa e, por outro, a profundidade qualitativa, em uma abordagem mista, com métodos de coleta de dados por levantamento (survey) e análise documental. Dessa forma, o estudo, baseado nos objetivos específicos, identificou desde as disciplinas que possuem estudo sobre o tópico até os padrões de comunicação científica. Os resultados obtidos revelam que o tópico é de interesse da Educação...

THE INTELLECTUAL ORGANIC: A BRIEF REVIEW OF ITS RELATION TO SCIENTIFIC COMMUNICATION; O intelectual orgânico: breve análise de sua relação com a comunicação científica The intellectual organic: a brief review of its relation to scientific communication

Grants, Andréa Figueiredo Leão
Fonte: Associação Catarinense de Bibliotecários Publicador: Associação Catarinense de Bibliotecários
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 17/09/2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.38%
Introduces elements that involve the technical terms used to establish a relationship between the figure of the intellectual and scientific communication. This is a research type of bibliographic in which terms are conceptualized as: intellectual production, academic research, scientific and intellectual seeking to demonstrate the close connection that exists between the terms. Recovers the historical trajectory of scientific communication in the world and in Brazil. Establishes steps of scientific communication and scientific journals indicates an important channel for the dissemination of scientific production. Addresses points congruent between the intellectual scientific production.; Apresenta os elementos que envolvem os termos técnicos utilizados ao estabelecer uma relação entre a figura do intelectual e a comunicação científica. Trata-se de uma pesquisa do tipo bibliográfica na qual são conceituados termos como: produção intelectual, produção acadêmica, produção científica e intelectual buscando demonstrar a estreita ligação que há entre os termos. Resgata historicamente a trajetória da comunicação científica no mundo e no Brasil. Estabelece as etapas da comunicação científica e assinala os periódicos científicos como importante canal de divulgação da produção científica. Aborda os pontos congruentes entre o intelectual a produção científica. 

KNOWLEDGE NETWORKS IN ARTICLES ON SCIENCE COMMUNICATION: A STUDY BASED ON CITATIONS IN JOURNAL ARTICLES IN THE FIELD OF INFORMATION SCIENCE IN BRAZIL; REDES DE CONOCIMIENTO EN LOS ARTÍCULOS DE COMUNICACIÓN CIENTÍFICA: estudio basado en las citas de artículos de revistas en el área de ciencias de la información en Brasil; Redes de conhecimento em artigos de comunicação científica: estudo baseado em citações bibliográficas de artigos de periódicos na área de Ciência da Informação no Brasil

Silva, Edna Lúcia da; Pinheiro, Liliane Vieira; Reinheimer, Frederico Maragno
Fonte: UFPB Publicador: UFPB
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 08/04/2013 POR
Relevância na Pesquisa
66.48%
This study is founded on the assumption that journal articles represent the published science in a specific area of knowledge and that citations and co-citations give an indication of relationships established between researchers, thus allowing a knowledge network to be mapped. Based on the analysis of the articles and citations in the articles that refer to science communication published in the principal information science journals in Brazil, this study seeks to map and show the development of research in the field in the country. The results show that the most influential authors on the theme are academics from Science Communication, the most cited of whom are Meadows and Mueller. There is a high frequency of national authors among the most influential, and this shows the growth and consolidation of the field in Brazil. The theoretical influences in Science Communication in Brazil come from work within the field and also from the philosophy and history of science. This shows that Brazilian Science Communication has a corpus of significant work and research that are cited in the articles produced. The network is tightly connected, and there appear to be no isolated communities. However, there is a grouping of certain studies and authors around the most influential authors. Based on these results one can infer that the field of Science Communication in Brazil is developed in the main by educational institutions with study groups and/or post-graduate programmes with a research line in common with the subject at hand; it is connected with a group of researchers – authors of the scientific articles and also the cited authors – who work in universities and develop studies in the field...

Comunicação científica: reflexões sobre o conceito

Caribé, Rita de Cássia do Vale
Fonte: UFPB Publicador: UFPB
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 28/12/2015 POR
Relevância na Pesquisa
66.48%
Os conceitos de qualquer campo do conhecimento são fundamentais para o seu estudo e comunicação. Assim, propõe-se analisar os diferentes conceitos relacionados à comunicação científica. Percebe-se que comunicação científica aparece como termo genérico ao qual outros encontram-se subordinados. Seu campo semântico inclui a comunicação da informação gerada a partir dos métodos das ciências, tanto para os pares quanto para o público leigo. Ocorrências tais como difusão científica, divulgação científica, popularização da ciência, disseminação científica são termos específicos de comunicação científica, seus conceitos estão relacionados às atividades desenvolvidas por diferentes pessoas e instituições com o objetivo de levar a informação científica aos grupos sociais. Os termos percepção pública da ciência, compreensão pública da ciência, educação científica, alfabetização científica, citados com mais freqüência na literatura estrangeira, referem-se ao conjunto de competências (conhecimentos, habilidades e atitudes) a serem desenvolvidas nos indivíduos que integram o grupo para o qual a comunicação é dirigida. A natureza dos conceitos veiculados por esses termos são vistos e analisados a partir da definição de processo. O primeiro conjunto de termos identifica-se com o processo em si...