Página 1 dos resultados de 3301 itens digitais encontrados em 0.009 segundos

Comunicação política governamental

Azevedo, Flávia Adriane Araújo de
Fonte: [s.n.] Publicador: [s.n.]
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2007 POR
Relevância na Pesquisa
66.37%
Dissertação apresentada à Universidade Fernando Pessoa como parte integrante dos requisitos para obtenção do grau de mestre em Ciências da Comunicação, com especialização em Marketing e Comunicação Estratégica.; A temática central deste trabalho é a comunicação política realizada em âmbito governamental. O desenvolvimento da pesquisa se deu por meio de um estudo transnacional, por meio da identificação e posterior análise de algumas estratégias de comunicação de governo adotadas no Brasil, no mandato do Presidente Luís Inácio Lula da Silva e em Portugal, no mandato do Primeiro-Ministro José Sócrates. Verifica-se que a maioria dos estudos que envolvem o entrelaçamento entre comunicação e política salientam as análises que contemplam a cobertura midiática, as estratégias de marketing político e eleitoral, o comportamento do eleitor, construção da imagem pública, entre outros. No tocante ao sub-tema comunicação governamental é possível perceber que a maioria dos estudos ocupam lugar no campo das Relações Públicas. Esta, por sua vez, preocupa-se com o tema comunicação de governo muito mais pela lógica da comunicação organizacional, pouco valorizando questões problemáticas concernentes à política. Embora utilize dois países...

Comunicação política : mediada por redes sociais interativas : educação política do sujeito na sociedade pós-moderna

Cunha, Vanildes Vieira da
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
66.33%
Este trabalho abre uma discussão na área de ciência política, ao analisar os efeitos das mensagens veiculadas na manifestação popular, mobilizada por redes sociais interativas, em especial no dia 17 de junho de 2013, mês de junho, em que o movimento social teve seu ápice. Analisar o movimento popular ocorrido nesse dia e os fatores antecedentes que geraram uma comunicação política inovadora, mobilizada por meio das redes sociais interativas, constitui-se o objetivo deste estudo. A pesquisa teve abordagem qualitativa, com tratamento metodológico do estudo de caso, com sua narrativa e interpretação das mensagens compartilhadas entre os sujeitos participantes do movimento e como eles inferiram a realidade sociopolítica do país. As redes sociais interativas desafiam a comunicação política estruturada e inserem uma comunicação política construída pela iniciativa popular. Seus desdobramentos abriram um precedente para reconhecimento e legitimação da inserção das redes sociais interativas, como espaço público eletrônico, na comunicação política que emana do povo. Essa forma de comunicação política veiculada por RSI abriu uma nova forma de fazer circular os diferentes discursos políticos, a partir da realidade sociopolítica: pensar a sociedade em sua totalidade e preservar os direitos políticos...

"Hiperterrorismo e mídia na comunicação política"; Hyperterrorism and the media in the political communication arena

Fernandez, Luciana Moretti
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/12/2005 PT
Relevância na Pesquisa
66.08%
O terrorismo tem hoje uma estrutura reticular e hipertrofiada e é percebido como ameaça à segurança internacional. Entre suas características estão o potencial de destruição em massa e o uso estratégico da mídia como via de acesso ao sistema de comunicação política, onde concorre pela cristalização das idéias dominantes e pela conquista dos públicos. Este estudo tem como objetivos identificar as características do terrorismo contemporâneo, observar como utiliza a mídia para sua projeção na esfera de visibilidade pública e finalmente realizar um mapeamento do enquadramento que recebeu nas revistas Isto É, Veja e Carta Capital entre setembro de 1999 e outubro de 2004. Concluiu-se que o terrorismo utiliza a ameaça para se projetar no espaço midiático, que efetivamente concorre pelo debilitamento moral do inimigo e pela conquista de apoio público e recursos, e que é apresentado na mídia como uma forma de guerra assimétrica que revela um conflito ideológico bipolar entre o liberalismo ocidental e o totalitarismo do islamismo radical.; Terrorism nowadays has a reticular, hypertrophic structure and it is seen as an international security threat. Among its characteristics are the potential for mass destruction and the strategic use of the media as a means of propelling itself into the political communication system seeking to enforce its ideas and win over public opinion. The aim of this study is to identify the features of contemporary terrorism...

Comunicação e cidadania : a contribuição da administração popular de Porto Alegre para um novo modelo de comunicação política e governamental

Osório, Pedro Luiz da Silveira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.28%
O presente trabalho estuda a comunicação política governamental a partir do sistema de comunicação implantado pelo Governo Municipal de Porto Alegre, através da sua Coordenação de Comunicação Social, nas gestões 1989/92 e 1993/96, representantes de um projeto político denominado Administração Popular. Analisa a sua contribuição para a constituição de um novo modelo da referida comunicação e suas relações com o exercício de uma determinada cidadania. Utiliza o método histórico e documental. Apoia-se nos conceitos-chave de cidadania e democracia. Seu material empírico é constituído por documentos da Prefeitura Municipal, abrangendo formulações estratégicas, planos de governo, registros de seminários; documentos específicos sobre o setor de comunicação, abrangendo históricos, publicações, materiais gráficos e audiovisuais, planos de comunicação, campanhas publicitárias. Registra a ascensão ao governo municipal de uma frente política de esquerda, suas reeleições inéditas, sua projeção internacional sustentada, especialmente, por uma nova modalidade de administrar os investimentos públicos, denominada Orçamento Participativo. Descreve o perfil político-administrativo assumido pelos governos e a criação...

Comunicação e sociedade : economia política da comunicação e dos media [7, 2005]

Universidade do Minho. Instituto de Ciências Sociais. Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade
Fonte: CECS - Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade, Universidade do Minho Publicador: CECS - Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade, Universidade do Minho
Tipo: Outros
Publicado em /06/2005 ENG
Relevância na Pesquisa
56.32%
[Nota de abertura] O presente número da revista Comunicação Sociedade é dedicado à Economia Política da Comunicação e dos Media. Ainda que no nosso país esta área esteja a dar os seus primeiros passos no contexto mais amplo das Ciências da Comunicação, há muito que a Economia Política deixou de ser marginal no estudo da comunicação e dos media, tanto nos Estados Unidos como na Europa. O desenvolvimento dos mercados associados às indústrias culturais e a crescente internacionalização das industriais mediáticas e das tecnologias da informação têm demonstrado a relevância teórica da Economia Política e têm apresentado igualmente um conjunto de novos desafios que importa equacionar. O estudo das comunicações e dos media não é, de facto, mais pensável sem a tentativa de compreensão das estruturas de mercado e das suas articulações com a esfera política, sem a interrogação da propriedade das empresas e dos actores que dominam os mercados nas chamadas sociedades livres, sem a análise cuidada das tendências e das contratendências, das forças e das tensões que sistematicamente reorganizam o poder comunicacional de que as esferas públicas estão dependentes. A Economia Política da Comunicação e dos Media é uma porta de entrada no campo que pode contribuir fortemente para a contextualização de outros saberes e de outras narrativas. Com este volume da Revista Comunicação e Sociedade...

“Bragança e a Casa Ducal. Comunicação política e gestão senhorial, séculos XV-XVII”

Cunha, Mafalda Soares da
Fonte: Instituto da Habitação e Reabilitação Urbana Publicador: Instituto da Habitação e Reabilitação Urbana
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
66.08%
Este texto analisa o processo de senhorialização de Bragança pela casa ducal, desde a sua doação no século XV até 1640, explicando como se criaram e desenvolveram estruturas administrativas, canais de comunicação política e vínculos sociais que enquadrassem a governação não presencial do território. Destaca ainda que, com excepção do período inicial, o facto de Bragança ser a cabeça do principal título nobiliárquico da casa não teve consequências nem impacto particular ao nível da sua gestão senhorial.

“Comunicação política em terras de jurisdição senhorial. Os casos de Faro e de Vila Viçosa (1641-1715)”

Cunha, Mafalda Soares da; Farrica, Fátima
Fonte: Revista Portuguesa de História da Universidade de Coimbra Publicador: Revista Portuguesa de História da Universidade de Coimbra
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
66.15%
No âmbito do projecto A comunicação política na monarquia pluricontinental portuguesa (1580-1808): Reino, Atlântico e Brasil (PTDC/HIS-HIS/098928/2008) é nosso propósito analisar os temas, os fluxos e os agentes da comunicação estabelecida entre instâncias políticas sob jurisdição senhorial. O objectivo central do texto visa aprofundar a compreensão do funcionamento do sistema político da época moderna, assente num matizado de jurisdições, através dos processos de disseminação de decisões e de legislação, das suas formas de imposição e de resolução de conflitos. A partir de uma abordagem inédita de fontes documentais, principalmente dos livros de registo de cartas, provisões e alvarás – das câmaras Vila Viçosa e de Faro –, empreende‑se uma análise comparativa da comunicação das câmaras de Vila Viçosa e Faro, que estavam sob a jurisdição, respectivamente, da Casa de Bragança e da Casa das Rainhas, dando-se especial relevância às questões de índole militar nos períodos das Guerras da Restauração e da Guerra de Sucessão de Espanha.

A Comunicação política nas Monarquias ibéricas de Antigo Regime (1700-1750)

Nunes, António Castro
Fonte: Fundación "Fernando el Católico" Publicador: Fundación "Fernando el Católico"
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
66.08%
O presente trabalho tem como objecto de estudo a comunicação política entre os órgãos centrais das monarquias ibéricas e os municípios. A comparação entre as duas monarquias em escalas espaciais distintas (Península Ibérica e América do Sul) tem como objectivo compreender as formas e práticas de governo entre os centros políticos e as suas diversas periferias, a fim de contribuir para uma melhor compreensão das diferentes características dos impérios ibéricos na época moderna.

Comunicação política no facebook: um estudo exploratório de sete políticos portugueses

Silva, Renato Jorge Espirito Santo da
Fonte: Escola Superior de Comunicação Social Publicador: Escola Superior de Comunicação Social
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /11/2013 POR
Relevância na Pesquisa
76.23%
Dissertação apresentada à Escola Superior de Comunicação Social para obtenção de grau de mestre em Jornalismo.; A presente dissertação pretende analisar a comunicação política realizada através do Facebook, oferecendo um contributo para a discussão sobre uma possível mudança de paradigma comunicacional impulsionada pelas TIC (Tecnologias da Informação e Comunicação). Como tal, procura-se aferir se o Facebook é utilizado como gerador de debate entre o cidadão e o político ou se, pelo contrário, serve apenas como veículo de transmissão unilateral da mensagem deste. Neste sentido, a parte empírica desta investigação é dedicada a avaliar a utilização que sete políticos portugueses, com presença na Assembleia da República, fazem das suas páginas nesta rede social informática, apontando especificidades na forma de comunicar destas figuras no ambiente online. Este estudo tem por base um enquadramento teórico que explora a intersecção do mundo da comunicação com o mundo da política, percorrendo os Sistemas Politico e Mediático portugueses desde um passado recente até aos dias de hoje, dando especial importância ao papel do jornalista e a como este é afectado pelas TIC.; This thesis aims to analyze political communication conducted through Facebook...

Comunicação Política em eleições legislativas em Portugal: Uma análise a partir dos cartazes eleitorais (1975-2009)

Teixeira, Francisco
Fonte: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas Publicador: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 9/03/2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.23%
Dissertação de Mestrado em Ciência Política; A comunicação política e, principalmente, a comunicação eleitoral evoluíram substancialmente desde 1975 quando decorreram, em Portugal, as primeiras eleições democráticas da Terceira República. Pretendemos caracterizar precisamente a evolução da comunicação eleitoral em campanhas eleitorais para as eleições legislativas tendo por base a avaliação dos cartazes eleitorais dos quatro principais partidos políticos. Avaliaremos o impacto que a personalização, a ideologia e o tipo de argumentos a que os partidos recorreram, assumiram no processo de comunicação dos principais partidos e dos principais candidatos a primeiro-ministro. Pretendendo saber se, em Portugal, neste suporte de comunicação, se confirma a tendência geral de perda da componente ideológica, a par com uma crescente personalização.; The political communication and, in particularly, electoral communication have developed a lot since 1975 when occurred, in Portugal, the first democratic elections of the Third Republic. We pretend to characterize, precisely, the evolution of the electoral communication in electoral campaigns based on the outdoors of the main four political parties. We will evaluate the impact of the personalization...

Comunicação política nos cartazes das eleições para o parlamento europeu – (análise discursiva de Portugal e Espanha 1987-2009)

Belchior, Fábio André Pereira
Fonte: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas Publicador: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 23/07/2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.12%
Tese de Mestrado em Ciência Política; Os cartazes políticos têm presença assídua na comunicação política em ambiente eleitoral, transportando significados para os eleitores, tentando criar impacto e dar uma imagem de referência dos candidatos. O nosso trabalho procura analisar o conteúdo das representações discursivas que se encontram contidas nos slogans utilizados durante as campanhas políticas das eleições para o Parlamento Europeu, em Portugal e Espanha, entre 1987, data das primeiras eleições em ambos os países, e 2009.; The political billboards have a constant presence in political communication in electoral environment, carrying meanings for voters, trying to make an impact and give a reference image of the candidates. The main purpose of our study is to analyze the content of discursive representations that are expressed in the slogans used during the political campaigns of the European Parliament elections in Portugal and Spain, between 1987, when the first elections in both countries, and 2009.

A comunicação política no entretenimento: o caso dos programas de humor em Portugal 2007-2008

Deodato, Rita Soraia
Fonte: Instituto de Ciências Sociais e Políticas Publicador: Instituto de Ciências Sociais e Políticas
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.35%
Dissertação de Mestrado em Comunicação Social; A comunicação política tem-se desenvolvido rapidamente nas últimas décadas, fruto de um maior volume de estudos sobre a temática e da diversificação de meios à disposição da classe política para divulgar a sua mensagem. Torna-se, por isso, importante acompanhar este crescimento através da análise das mais recentes e modernas formas de comunicação política. A crescente importância do entretenimento na nossa sociedade demonstra-nos que uma nova forma de comunicação política começa a surgir: a comunicação política difundida pelos programas de entretenimento, nomeadamente pelos programas de humor. A política tem sido cada vez mais abordada nos programas de entretenimento e, hoje em dia, é comum assistirmos a programas de entretenimento cujo conteúdo principal é a política. Com efeito, o conteúdo político, muitas vezes emanado da agenda política recente, serve os propósitos dos humoristas na construção dos seus programas. Tendo em conta a evolução da comunicação política e a crescente relevância do humor político em Portugal, este estudo pretende analisar e compreender os conteúdos predominantes da mensagem política patentes nos programas de humor nacionais...

A política na rede: percepções dos estudantes de ciências da comunicação, ciência política, jornalismo e sociologia sobre os políticos no facebook

Vinagre, Carla Marisa Duarte
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 05/11/2013 POR
Relevância na Pesquisa
56.32%
Mestrado em Informática Aplicada à Sociedade da Informação e do Conhecimento; Entre os milhões de utilizadores do Facebook encontram-se muitos elementos da classe política. Um pouco por todo o mundo, os políticos foram-se transformando em nós desta rede social que emergiu, ela própria, da organização da sociedade numa lógica de rede. A presença em sites de redes sociais tem-lhes conferido a possibilidade de estabelecer uma comunicação directa com os cidadãos, sem ser mediada pelos media. Essa comunicação ocorre numa altura em que os cidadãos, particularmente os mais jovens, demonstram uma crescente vontade de assumir compromissos cívicos no contexto online. Tendo em conta a possibilidade de aproximação entre a classe política e os cidadãos jovens desencadeada pela presença de ambos em redes sociais, o presente trabalho averigua “Em que medida é que o Facebook é um meio utilizado pelos estudantes do ensino superior – dos cursos de Ciências da Comunicação, Ciência Política, Jornalismo e Sociologia – para obter e gerar informação política?”. Para tal realizou-se um questionário onde se inquiriu 332 estudantes universitários, de ambos os géneros, a frequentar o 2.º ou o 3.º ano dos cursos referidos. Os resultados obtidos revelaram que o Facebook é sobretudo utilizado por estes estudantes para obter informação não política/governamental. Ainda assim...

Comunicação como política pública: as políticas da secretaria de comunicação institucional da presidência da república

Amaral, Giovanna de Barros Espíndola
Fonte: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Informação e Comunicação (RG); Jornalismo (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Informação e Comunicação (RG); Jornalismo (RG)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
56.32%
A democracia brasileira, ainda incipiente, apresenta vários desafios para que a comunicação se consolide como política de participação. Embora ainda pouco estudado, o enlace da comunicação e da política apresenta diversos conceitos. Comunicação governamental, marketing político, comunicação pública, significam diferentes maneiras de estruturação das políticas de comunicação do governo. Este trabalho pretende verificar, pois, a concepção de comunicação praticada pela Sub-Secretaria de Comunicação Institucional da Secretaria Geral da Presidência da República (Secom) e, como essa concepção especifica a relação Estado-sociedade. Para tanto, foram avaliados os instrumentos normativos que determinam as políticas adotadas, averiguando as incoerências da legislação e a análise empírica do boletim eletrônico da Secretaria, “Em questão”. O texto da lei que institui a Secom apresenta que, uma das finalidades da Secretaria é proporcionar o diálogo do cidadão com o poder público. Mas, por outro lado, não especifica de que modo este fluxo comunicativo poderá ser efetivado. As edições analisadas do Em questão correspondem ao período inicial da crise política desencadeada por denúncias publicadas na revista Veja de 18 de maio de 2005. Com o objetivo de compreender em que contexto se insere as matérias do Em questão (já que grande parte das denúncias parte da revista Veja) foram feitas análises comparativas das edições de Veja e Carta Capital...

Relações públicas em marketing e assessoria política: eleições 2008

Valverde, Lais Pinheiro
Fonte: Universidade federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade Informação e Comunicação (RG); Relações Públicas (RG) Publicador: Universidade federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade Informação e Comunicação (RG); Relações Públicas (RG)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
66.24%
The Commission has been developing in political, professional and requires increasingly specialized and trained in the area. A market that has no room for improvisation and amateurism. In the idealization of a Communication Policy professionalized this project was an action of study, planning and performance of the professional public relations in the areas of Policy and Marketing Office, the Elections 2008 for alderman of the city of Ahmadabad. The candidate was advised "Matador's Auto School." This strategic planning had as theoretical reference authors as Torquato, Figueiredo, Duarte, Salgado, Kuntz, Afternoon, Augras, Harbermas and Novelli. Being based search and analysis of environmental planning for the election campaign. Throughout the project in Marketing and Public Relations Office Politics: Elections 2008 were described theoretical framework, briefing, analysis of the environment, communication plan and reports relating to his application, plus appendices and annexes. The whole campaign was planned and carried out based on t he Statute of the Superior Electoral Court and conditions of the candidate.; A Comunicação na política vem se desenvolvendo, e exige profissionais cada vez mais capacitados e especializados na área. Um mercado que não tem espaço para o amadorismo e o improviso. Na idealização de uma Comunicação Política profissionalizada esse projeto foi uma ação de estudo...

A Web 2.0 na comunicação política: usos e gratificações dos websites dos partidos políticos portugueses

Sousa, Carla Sofia Barreira de
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.32%
Dissertação de Mestrado em Ciências da Comunicação: Comunicação Pública, Política e Intercultural; Na atualidade, verifica-se que a Internet tem sido amplamente utilizada pelos atores políticos como instrumento de comunicação política. Deste modo, esta nova técnica poderá contribuir para o aumento da participação política e para o surgimento do fenómeno relacionado com a democracia digital. Tendo em conta esta nova realidade política e social o objeto de estudo deste trabalho científico é o website partidário. Realizou-se um estudo comparativo com o objetivo de aferir os usos e gratificações decorrentes da utilização de websites partidários por parte de sujeitos com e sem filiação política, em contexto eleitoral. O método utilizado foi o questionário aplicado a uma amostra de 90 indivíduos pertencentes à Universidade de Trás - os - Montes e Alto Douro. Os resultados demonstram que os sujeitos filiados têm tendência a utilizar com maior frequência os websites partidários, comparativamente com os indivíduos não filiados. Ambos os sujeitos o fazem para satisfazer necessidades cognitivas, que não vêm satisfeitas nos outros meios de comunicação. Os sujeitos filiados são mais entusiastas quanto à ideia de que os websites podem contribuir para o aumento da participação política e da democracia digital. Esta investigação contribui para fornecer dados adicionais sobre os usos e gratificações dos novos media...

Interações entre veículos impressos e online: novos espaços para a comunicação política; Interaction between print and online media: new places for political communication

Borges, Juliano
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 14/04/2009 POR
Relevância na Pesquisa
66.15%
O objetivo deste artigo é compreender, empiricamente, as interações entre jornais impressos e webjornais no âmbito da comunicação política. A análise do funcionamento dos veículos revela uma intensa relação entre os diferentes meios de comunicação, ora com incorporações de informações publicadas nos webjornais, ora com desprezo pelo que foi trazido na véspera pela versão «online». O trabalho investiga as motivações editoriais e esclarece os mecanismos técnico-profissionais que orientam a produção de notícias no contexto da interação entre meios de comunicação.; The aim of this empirical article is to understand interactions between press journals and webjournals on political communication. The analysis of media working method reveals a intense relationship between then, sometimes incorporating information published by webjournals, sometimes discarding what have been published by online version. This paper investigates editorial motivations and clarifies technical procedures responsable for news prodution on the context of media interaction.

Os blogs como meios de comunicação política; Blogs as means of political communication

Serra, Joaquim Paulo
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 17/06/2015 POR
Relevância na Pesquisa
66.14%
The paper analyzes and discusses the role of portuguese blogs as ameans of political communication. In our mediatized societies, political activityis inseparable from media, which constitute a kind of “media parliament” whereeverything is decided before the specifically political decision. It is preciselythis “parliament” that blogs seek to influence and thereby the parliament itselfand governmental action; that is, the main influence of blogs fits in what hasbeen called intermedia agenda-setting. And to the extent that blogs give voiceto many citizens and voices outside the mainstream media, they can be seen asrepresenting an extension of the public sphere – even if in some cases they areused as one more tool of the “politics as usual”.; O texto analisa e discute o papel dos blogues portugueses enquanto meios de comunicação política. Nas nossas sociedades mediatizadas, a atividade política é indissociável dos media¸ que constituem uma espécie de “parlamento mediático” onde tudo se decide antes da decisão propriamente política. É precisamente sobre esse “parlamento” que os blogues procuram influir e, desse modo, influir no parlamento propriamente dito e na ação governativa; ou seja, a principal influência dos blogues enquadra-se naquilo a que se tem chamado agendamento intermediático. E...

PCC: Ações e Continuidade da Expressão da Violência Política no Mundo do Crime

FERNÁNDEZ, Luciana Moretti; Escola de Comunicação e Artes - Universidade de São Paulo
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 29/07/2015 POR
Relevância na Pesquisa
66.16%
Este artigo aborda a violência programática no mundo do crime como problema de comunicação política enraizado em contextos de violência social estruturante,atravessados pelo narcotráfico. A formulação do problema considera dimensões da vida do sujeito inserido no mundo do crime, fora ou dentro do sistema prisional, tendo a comunicação como interface e prática social, bem como dimensões políticas, presentes nos conflitos e nas negociações com o poder público e a sociedade. Os resultados, apresentados em um mapa situacional, indicaram semelhanças e continuidades, tanto na estruturação do PCC e nas ações de pressão e negociação durante os conflitos em São Paulo em 2006, como nas mensagens expressadas na apologia do crime, indicadoras da formação dos novos contingentes do narcotráfico.

Capacitação em Comunicação Pública e em Comunicação Política: democratizando as habilidades parlamentares civis

Matos, Heloiza; Universidade de Sao Paulo Escola de Comunicacoes e Artes; Nobre, Guilherme Fraguas
Fonte: Revista Mídia e Cotidiano Publicador: Revista Mídia e Cotidiano
Formato: application/pdf
Publicado em 16/03/2015 PT
Relevância na Pesquisa
66.26%
A comunicação pública e a comunicação política (por simplificação pedagógica aqui colocadas lado a lado) estão na base das habilidades parlamentares que a sociedade civil deve adquirir. A capacitação em comunicação é fundamental à cidadania e à democracia: a comunicação pública habilita os cidadãos para o “falar” em sociedade, e a comunicação política para o “fazer” conjunto acerca da coisa pública. Ambas as coisas dizem respeito ao desempenho da atividade parlamentar, neste caso, a ser efetuada pela sociedade civil. O desafio está em criar e generalizar um ambiente propício à capacitação dos cidadãos em comunicação, de modo a ampliar o escopo da participação direta nos negócios públicos.