Página 1 dos resultados de 102 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Avaliação da exposição ocupacional a praguicidas organofosforados em estufas de flores na região do Alto Tietê - São Paulo; Evaluation of occupational exposure to organophosphate pesticides in greenhouses of flower in the Alto Tietê region, state of S. Paulo, Brazil

Colasso, Camilla Gomes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/09/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.93%
O estado de São Paulo é responsável por 70% da produção nacional de flores e plantas ornamentais. Esses cultivos ocupam 7,5 mil hectares e mais da metade desta área é cultivada em estufas. Atualmente existem aproximadamente 8 mil produtores de pequeno, médio e grande porte em todo Brasil e este setor gera em torno de 200 mil empregos diretos, abrangendo produção e comércio. As estufas são microcosmos planejados para propiciar as condições ambientais adequadas ao crescimento de plantas. Qualquer infestação é controlada usando praguicidas que, devido ao enclausuramento e ajustes das condições climáticas, podem prolongar e intensificar a exposição ocupacional aos mesmos. Alguns estudos sugerem que os trabalhadores de estufas de flores e plantas ornamentais estão expostos a níveis mais elevados de praguicidas durante o carregamento, mistura e aplicação dos praguicidas, bem como pelo contato contínuo com as flores e plantas ornamentais, quando comparados a outros trabalhadores que entram em contato com essa classe de compostos. No presente trabalho, objetivou-se conhecer o processo de trabalho, práticas de saúde, higiene e segurança e localizar possíveis fontes de exposição ocupacional a praguicidas nas estufas de flores da região do Alto Tietê...

Remoção eletroquímica dos inseticidas organofosforados metil paration e clorpirifós utilizando eletrodos de diamante dopado com boro; Electrochemical removal of organophosphates insecticides methyl parathion and clorpyrifos using boron-doped diamond electrodes

Alves, Suellen Aparecida
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/08/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.96%
Os efluentes contendo agrotóxicos são a causa de grande preocupação uma vez que estes compostos apresentam toxicidade, persistência no meio ambiente e muitos são recalcitrantes. Dentre os compostos orgânicos utilizados no combate à pragas destacam-se os inseticidas organofosforados, os quais apresentam menor toxicidade quando comparados aos compostos organoclorados. Dois inseticidas organofosforados vêm sendo amplamente utilizados no Brasil, são eles: metil paration (MP) e clorpirifós (CP). Dentre os métodos de tratamento de efluentes, ressaltam-se os processos eletroquímicos com a utilização de eletrodo de diamante dopado com boro, que apresenta alta eficiência na remoção de compostos orgânicos com baixa capacidade de adsorção. Este estudo propõe um método de tratamento para efluente contendo MP e CP (em separado) utilizando eletrodos de diamante dopados com boro (DDB) com diferentes níveis de dopagem (15.000 e 30.000 ppm da relação B/C, designados de DDB15 e DDB30, respectivamente) em meio ácido. Os eletrodos foram caracterizados utilizando técnicas morfológicas e eletroquímicas, tais como Microscopia Eletrônica de Varredura, Microscopia Óptica Digital, Espectroscopia Raman, Difração de Raios X...

Efeito do gliconato de cálcio e do nimodipino no tratamento de intoxicações agudas por tri-orto-cresil fosfato em galinhas

Emerick, Guilherme Luz
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 85 f.
POR
Relevância na Pesquisa
36.79%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Ciências Farmacêuticas - FCFAR; O uso indiscriminado de agrotóxicos na tentativa de aumentar a produção agrícola propicia o aparecimento de intoxicações. Devido ao grande número de casos de intoxicações por compostos organofosforados, voluntários ou involuntários, há a necessidade de buscar uma estratégia terapêutica que evite o surgimento de graves efeitos tóxicos irreversíveis da neuropatia retardada induzida por organofosforados (NRIOP). Essa neuropatia é causada por alguns ésteres de organofosforados. Esses compostos são amplamente utilizados na indústria química e na agricultura, não só no Brasil, mas em todo o mundo. Um dos primeiros eventos que levou à NRIOP após a intoxicação aguda por organofosforado foi a inibição da esterase susceptível à neuropatia (ESNp). A administração de tri-orto-cresil fosfato (TOCP) em galinhas por via oral foi o modelo adequado para o estudo da NRIOP uma vez que o produto provocou seu aparecimento sem a ocorrência de efeitos colinérgicos agudos. Logo após a inibição da ESNp ocorreu o aumento do influxo do cálcio pela membrana e conseqüente redução do mesmo no plasma...

Complexos de lantanídeos contendo ligantes organofosforados como matrizes para materiais luminescentes

Francisco, Cristina Santana
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 126 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
36.9%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Química - IQ; Neste trabalho foram sintetizados e caracterizados complexos de lantanídeos contendo ligantes organofosforados. Os ligantes utilizados neste trabalho foram: ácido difenilfosfínico (HDPP), ácido benzil(fenil)fosfínico (HBPP) e ácido (1,4-fenilenodimetileno)-bis-(fenilfosfínico) (H2PMPP). Os compostos foram obtidos através de reação de precipitação e síntese hidrotérmica em diferentes condições. Para os compostos obtidos através de reação de precipitação, observa- se uma tendência a formação de partículas esféricas e aglomerados. Os complexos sintetizados via síntese hidrotérmica apresentam partículas em forma de bastões e formação de aglomerados. Os espectros de luminescência indicam a presença de dois ou mais sítios de simetria para os difenilfosfinatos de ítrio dopados com európio (Y(DPP)3:Eu(%)). Para os benzil(fenil)fosfinatos (Y(BPP)3:Eu(%)) e (1,4- fenilenodimetileno)-bis-(fenilfosfinatos) (Y(PMPP)3:Eu(%)) de ítrio dopados com európio foi observada a presença da transição 5 D0→7 F0, indicando que o íon Eu3+ nestes compostos ocupa um sítio de simetria sem centro de inversão. As curvas de decaimento de estado excitado sugerem a presença de dois ou mais sítios de simetria nos complexos Y(DPP)3:Eu(%). Para os compostos Y(BPP)3:Eu(%) e Y2(PMPP)3:Eu(%) foi observada a contribuição de apenas um sítio de simetria. Os parâmetros de intensidades Ω2 e Ω4 dos complexos Y(DPP)3:Eu(%) indicam que o íon Eu3+ ocupa sitos de simetria semelhantes nos difenilfosfinatos...

Resistencia do carrapato Boophilus microplus (Acari: Ixodidae) aos piretroides e organofosforados e o tratamento carrapaticida em pequenas fazendas; Resistance to pyrethroids and organophosphorus acaricides in cattle tick Boophilus microplus (Acari Ixodidae)

Marcia Cristina Mendes
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/12/2005 PT
Relevância na Pesquisa
46.54%
Entre os ectoparasitos dos animais bovinos, o carrapato ? Boophilus microplus (Acari: Ixodidae) - continua sendo uma das principais causas das perdas econômicas na pecuária do Estado de São Paulo. A situação atual do controle do carrapato caracteriza-se por uma crise na produção de novas moléculas de parasiticidas e o desenvolvimento acelerado da resistência dos parasitas aos produtos usados. O presente trabalho teve por objetivo verificar o perfil de sensibilidade do carrapato B. microplus nas fazendas localizadas em alguns municípios do Vale do Ribeira e no município de Pindamonhangaba e propor um sistema de tratamento carrapaticida com base na infestação de paternóginas. Foram realizados testes de larvas - LPT (larval packet test) adotado pela FAO - teste de imersão com a fêmea adulta e o levantamento sobre as práticas de controle adotadas nas duas regiões. Os resultados de resistência para as fazendas de Pindamonhangaba mostraram que, para cipermetrina 15,4% das fazendas foram classificadas como sensível; 7,7% com resistência nível I; 69,2% com resistência nível II e 7,7% com resistência nível III. Para a deltametrina 23% sensível; 38,5% com resistência nível II e 38,5% com resistência nível III. Para o organofosforado clorpirifós 54% mostraram-se sensível; 38...

Isolamento e caracterização do gene da esterase relacionado a resistencia a inseticidas organofosforados na mosca praga da pecuaria Cochliomyia hominivorax (Diptera: Calliphoridae); Isolation and characterization of esterase gene related with OP insecticide resistance in Cochiliomya Hominivorax (Diptera: Calliphoridae)

Renato Assis de Carvalho
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/03/2007 PT
Relevância na Pesquisa
46.68%
A pecuária bovina tem significativa importância no contexto sócio-econômico para o país, sendo responsável pela produção anual de mais de 2 milhões de toneladas de carne, uma das principais fontes de proteína animal da dieta do consumidor brasileiro. A alta produtividade deve estar sempre acompanhada de um controle sanitário eficiente desses animais. Os prejuízos econômicos provocados por ecto e endoparasitas estão entre os principais fatores limitantes da produção animal. Dentre os ectoparasitas de maior importância na pecuária nacional e considerada uma das principais pragas, está a Cochliomyia hominivorax (Coquerel), conhecida no Brasil como a mosca da bicheira. Os prejuízos causados pelas infestações dessa espécie vêm através da redução da qualidade do couro e da produção de leite, na perda de peso e fertilidade do hospedeiro, e mortalidade dos animais infestados. No Brasil, o seu controle tem sido realizado principalmente através da aplicação de inseticidas organofosforados (OP). Porém, o uso indevido e/ou prolongado desses agentes químicos pode provocar a seleção de indivíduos resistentes. Com a recém introdução de outros princípios ativos, como os piretróides, nas formulações dos inseticidas para controle da C. hominivorax...

Bases moleculares da resistência a inseticidas organofosforados na mosca praga da pecuaria Cochliomyia hominivorax (Diptera: Calliphoridae); Molecular basis of resistance to organophosphate insecticidein Cochiliomya Hominivorax (Diptera: Calliphoridae)

Renato Assis de Carvalho
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/08/2010 PT
Relevância na Pesquisa
46.54%
A mosca-da-bicheira, Cochliomyia hominivorax, é uma das principais moscas causadoras de miíases da América do Sul, sendo responsável por severos prejuízos à pecuária através da mortalidade e redução da produtividade dos animais infestados. No Brasil, o seu controle tem sido realizado principalmente através da aplicação de inseticidas organofosforados (OF). Porém, o uso indevido e/ou prolongado desses agentes químicos pode provocar seleção de indivíduos resistentes, devido à alteração do sítio alvo ou à desintoxicação metabólica do inseticida antes de atingir o sítio alvo. Nesse sentido, o objetivo desse estudo foi investigar as bases moleculares da resistência a inseticidas OF na mosca da bicheira, através da caracterização da carboxilesterase E3, do sítio alvo acetilcolinesterase (AChE) e da expressão diferencial de enzimas metabólicas (caiboxilesterases, P450 e GST) em indivíduos resistentes. A seqüência predita da enzima carboxilesterase E3 em C. hominivorax apresentou domínios altamente conservados dentre as carboxil/colinesterases que contribuem para o mecanismo catalítico do sítio ativo. Duas mutações, já descritas em outras espécies, foram encontradas, a G137D, associada com resistência principalmente aos dietil-OPs...

Anticorpos avi??rios como reagentes para o diagn??stico da intoxica????o humana por organofosforados

Brum, Beatriz Coutinho
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.79%
Os agrot??xicos s??o subst??ncias usadas para exterminar pragas ou doen??as que causam danos ??s planta????es. Os organofosforados s??o agrot??xicos respons??veis por 70 por cento das intoxica????es ocupacionais e atuam inibindo a enzima acetilcolinesterase por meio da fosforila????o do amino??cido serina do s??tio ativo. Existem diversos m??todos de diagn??stico para monitorar a exposi????o a estes compostos, tais como: identifica????o e an??lise quantitativa de compostos livres noplasma; identifica????o e an??lise quantitativa de metab??litos na urina; determina????o da atividade de colinesterases no plasma ou no sangue total. Entretanto, estas metodologias possuem algumas limita????es, como por exemplo, a falta de especificidade, tecnologias de an??lise caras e varia????es interindividuais (sexo, idade, etc.). Uma tentativa de contornar estas limita????es na quantifica????o da atividade de colinesterases ?? o desenvolvimento de metodologias baseadas na detec????o da enzima fosforilada atrav??s de t??cnicas imunoqu??micas. Este estudo teve como objetivo desenvolver um m??todo de imunoensaio para o diagn??stico r??pido da exposi????o humana aos organofosforados pela detec????o deacetilcolinesterase inibida no sangue humano por anticorpos avi??rios produzidos contra uma sequ??ncia de amino??cidos ao redor da serina fosforilada do centro catal??tico da enzima. Para isto...

Miotoxicidade por organofosforados

Cavaliere,Maria J.; Calore,Edenilson E.; Perez,Nilda M.; Rodrigues Puga,Flávio
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/1996 PT
Relevância na Pesquisa
46.87%
Os organofosforados são um grupo de compostos químicos amplamente utilizados em agropecuária como inseticidas, ocasionando intoxicações acidentais em animais e humanos, e mesmo sendo utilizados em tentativas de suicídio. A toxicidade desses produtos decorre sobretudo de insuficiência cárdio-respiratória por compromentimento do sistema nervoso autônomo. Sabe-se que alguns destes compostos induzem em animais de experimentação e em humanos, uma miopatia caracterizada por degeneração de células musculares, comprometendo sobretudo a musculatura respiratória. Baseado no fato de que este comprometimento contribui para a piora da função respiratória, propõe-se um protocolo de avaliação rotineira de miotoxicidade por compostos organofosforados, através de uma bateria mínima e suficiente de colorações e reações histoquímicas para quantificação da necrose muscular. Utilizaram-se como modelo experimental, grupos de ratos albinos (Wistar) intoxicados com o organofosforado paraoxon, com e sem antídotos (atropina ou pralidoxima). Verificou-se nos grupos tratados com paraoxon e paraoxon mais atropina, necrose de fibras musculares no diafragma, que atingia em determinadas áreas até 15% das fibras. No grupo tratado com paraoxon mais pralidoxima...

Intoxicações e uso de pesticidas por agricultores do Município de Paty do Alferes, Rio de Janeiro, Brasil

Delgado,Isabella Fernandes; Paumgartten,Francisco José Roma
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2004 PT
Relevância na Pesquisa
46.7%
Este trabalho é parte de um estudo mais amplo sobre as conseqüências para a saúde da exposição a pesticidas. Em 1997, no Município de Paty do Alferes, Rio de Janeiro, 55 agricultores foram entrevistados sobre o uso de pesticidas, equipamentos de proteção e medidas de higiene, ocorrência de intoxicações, destino das embalagens vazias e o tipo de orientação técnica recebida pelos usuários destes produtos. Os pesticidas mais usados foram inseticidas como a abamectina, os compostos organofosforados e os piretróides, e os fungicidas como o mancozeb, o clorotalonil e produtos à base de cobre. Entre os trabalhadores envolvidos no preparo e/ou aplicação de pesticidas, 92% informaram não usar qualquer tipo de equipamento de proteção individual. 62% dos agricultores entrevistados informaram já ter "passado mal" ao preparar ou aplicar pesticidas. Os sintomas mais freqüentemente citados foram dor de cabeça, enjôo, vômitos, vertigem, irritação da pele e visão embaçada. Destes agricultores, 21% necessitaram de assistência médica e em mais da metade dos casos (51%), em que os lavradores identificaram os pesticidas que usavam quando "passaram mal", foram citados inseticidas organofosforados da classe toxicológica I.

Avaliação do processamento auditivo temporal em trabalhadores rurais expostos a agrotóxicos organofosforados

Camarinha,Carla Regina; Frota,Silvana Maria Montes Coelho; Pacheco-Ferreira,Heloísa; Lima,Marco Antonio de Melo Tavares de
Fonte: Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
46.54%
OBJETIVO: Avaliar o processamento auditivo temporal em trabalhadores expostos ocupacionalmente a agrotóxicos organofosforados. MÉTODOS: Estudo descritivo transversal. Foram avaliados 43 trabalhadores rurais, de ambos os gêneros, expostos ao organofosforado, com limiares audiométricos normais bilateralmente. Os procedimentos realizados incluíram os seguintes itens: questionário sobre a história pessoal e laboral, período de exposição ao organofosforado, meatoscopia, e audiometria tonal liminar. Para avaliação do processamento auditivo temporal foram utilizados os seguintes testes: Teste de Padrão de Frequência, Teste de Padrão de Duração e Gaps-In-Noise. Além do desempenho, estudou-se a diferença entre as orelhas direita e esquerda no Gaps-In-Noise e a faixa de escolaridade em todos os testes. RESULTADOS: O desempenho da maior parte dos trabalhadores nos testes de processamento auditivo temporal foi inferior em relação aos padrões de normalidade. No teste Gaps-In-Noise, não houve diferença entre as orelhas (p=0,33). Em relação à escolaridade, não houve diferença em nenhum dos testes (Gaps-In-Noise: p=0,21 na orelha direita e p=0,053 na orelha esquerda; Teste de Padrão de Frequência: p=0,37; e Teste de Padrão de Duração: p=0...

Caracterização da acetilcolinesterase cerebral do tambaqui (Colossoma macropomum) e efeito de pesticidas organofosforados e carbamatos sobre sua atividade

Rodrigo Dias de Assis, Caio; de Souza Bezerra, Ranilson (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.62%
Organofosforados e carbamatos são as principais classes de pesticidas no mercado mundial. Sua rápida degradação e baixa estabilidade no meio ambiente fizeram com que substituíssem rapidamente outras classes importantes. Todavia, sua alta toxicidade em relação aos mamíferos e outros organismos não-alvo aliada às grandes quantidades utilizadas constituem uma ameaça à saúde humana e ambiental. O modo de ação de ambas as classes baseia-se na inibição de enzimas colinesterases. Metodologias vêm sendo desenvolvidas utilizando colinesterases de organismos aquáticos para detectar a presença de pesticidas em amostras ambientais, uma vez que seus habitats são constantemente contaminados por esses compostos. Neste trabalho, a acetilcolinesterase presente no extrato bruto (AChE; EC 3.1.1.7) de cérebro de tambaqui (Colossoma macropomum) foi exposta a concentrações de 0,001 a 10 ppm de um pesticida comercial, cujo princípio ativo é o organofosforado diclorvós. Os resultados demonstraram inibição de aproximadamente 18% da atividade enzimática referente à concentração de 0,01 ppm (0,0452 μmol/L) do princípio ativo. Em seguida, a enzima foi caracterizada e exposta a cinco pesticidas organofosforados e dois carbamatos: diclorvós...

Análise estrutural e funcional do cDNA para a enzima acetilcolinesterase de Lutzomyia longipalpis

Vieira Coutinho Abreu Gomes, Iliano; de Queiroz Balbino, Valdir (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.62%
A enzima acetilcolinesterase (AChE) desempenha um papel fundamental na transmissão do impulso nervoso colinérgico e é alvo dos inseticidas organofosforados e carbamatos. Dois genes, Ace1 e Ace2, foram caracterizados em diferentes classes de insetos e, em mosquitos, duas mutações pontuais em Ace1 foram associadas com resistência. Apesar da resistência a estes inseticidas não ter sido ainda detectada em flebotomíneos, a seleção deste fenótipo é esperada. Neste trabalho, foi analisada a inibição de AChE de Lutzomyia longipalpis por compostos organofosforados e caracterizada parcialmente a seqüência do cDNA que codifica esta enzima neste inseto. Os resultados revelam a presença de um único gene Ace em L. longipalpis e que a atividade de AChE é inibida por organofosforados na concentração de 5 x 10-5 M. Na análise da seqüência parcial de AChE de L. longipalpis (LLAChE) observou-se que esta é homóloga àquelas de AChE1 de dípteros e que a mutação F331W é menos provável de ocorrer do que a substituição G119S, devido à restrição codante. A comparação da estrutura em 3D de LLAChE e aquelas de A. gambiae e C. tritaeniorhynchus sugerem que modificações estruturais similares, devido a mudanças não sinônimas de aminoácidos no núcleo do sítio ativo...

Efeito de pesticidas organofosforados e carbamatos sobre a acetilcolinesterase eritrocitária humana e seu potencial uso como biomarcardor da exposição ocupacional

Linhares, Amanda Guedes; Carvalho Júnior, Luiz Bezerra de (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Dissertação
BR
Relevância na Pesquisa
36.79%
Apesar do aumento na produtividade agrícola proporcionado pelos pesticidas, o uso inadequado dessas substâncias traz impactos negativos à saúde humana e ambiental. Estimativas de eficiência de aplicação relatam que apenas cerca de 0,1% dos pesticidas aplicados atingem as pragas-alvo, enquanto o restante se espalha pelo ambiente. Além disso, os recursos financeiros economizados ao se evitar o ataque de pragas terminam sendo gastos na recuperação dos danos à saúde pública e ao meio ambiente causados pelos próprios pesticidas. Diversas metodologias vêm sendo desenvolvidas utilizando as enzimas colinesterases como biomarcadores de pesticidas organofosforados e carbamatos, tendo em vista sua alta especificidade em relação a esses compostos. Para utilização dessas biomoléculas como biomarcadores de pesticidas, estudos preliminares são realizados analisando-se as alterações provenientes de sua interação. O presente trabalho teve como objetivo desenvolver um método para extração e determinação da atividade da AChE eritrocitária humana e avaliar a precisão do método na detecção de pesticidas, comparando os resultados de inibição com a legislação nacional e internacional vigente. Dessa forma, membranas de eritrócitos livres de hemoglobina foram extraídas e utilizadas na análise da atividade da acetilcolinesterase (AChE) ancorada nessas células. A evidência da atividade da enzima foi comprovada através da inibição seletiva utilizando dibrometo de 1...

Determinação da toxicidade in vitro e in vivo de novos organofosforados e ressonancia magnetica nuclear do cloreto de acetilcolina; Determination of toxicity of the new organophosphorus and nuclear magnetic resonance of acetylcholine chloride

Estela Munhoz Sega
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/04/2006 PT
Relevância na Pesquisa
36.72%
Esse estudo analisou as propriedades toxicológicas de novos compostos organofosforados. Foram realizados experimentos para avaliar a atividade anticolinesterásica desses organofosforados, in vitro, no sangue total através do método de Ellman modificado. Para determinar a sua citotoxicidade foram utilizadas células PC 12, com as quais avaliamos a viabilidade celular após contato com os organofosforados e determinamos a IC 50, encontrando valores muito diferentes para os diversos organofosforados estudados. Estudos de toxicidade aguda in vivo foram realizados com camundongos, através da metodologia recomendada pela OECD nos quais determinamos a DL50 para três dos organofosforados estudados, sendo que um apresentou toxidade moderada. Foram analisados os efeitos dos solventes nas constantes de acoplamento JHH, JHH, JNC e 2Jnc em espectros de RMN de LH e 13C do cloreto de acetilcolina. Os valores das constantes de acoplamento em solventes de diferentes constantes dielétricas (s) não sofreram variações, indicando uma ausência de efeitos de solvente no equilíbrio conformacional do cloreto de acetilcolina (ACh). As constantes de acoplamento mostram que o sistema OCH2CH2N+ tem uma conformação gaúche (sinclinal). O Jnh e Jkc são observados na maioria dos solventes...

Efeitos ecotoxicológicos em Chironomus sancticaroli Strixino e Strixino, 1981 (DIPTERA : CHIRONOMIDAE) expostos ao Malathion

Rebechi, Débora
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
36.57%
Resumo: Os inseticidas organofosforados são compostos utilizados pelo ser humano em agrossistemas e em programas de controle de vetores de patógenos. Por serem constantemente aplicados podem atingir os corpos d'água, afetando toda a biota aquática. O objetivo deste trabalho foi avaliar através dos biomarcadores bioquímicos atividades da acetilcolinesterase (AChE), esterase alfa (EST - ?) e esterase beta (EST - ?) os efeitos da exposição aguda e crônica da espécie Chironomus sancticaroli Strixino & Strixino, 1981 (Diptera: Chironomidae) ao inseticida organofosforado malathion, além disso verificar efeitos na população através da fecundidade potencial das fêmeas da espécie. Os organismos foram provenientes de uma colônia de criação do Laboratório de Entomologia Médica e Veterinária (LEMV) da Universidade Federal do Paraná (UFPR) mantida em sala de criação com temperatura 25ºC (±2ºC), fotoperíodo (12h claro/12h escuro) e umidade 80% (±10%) controlados. Foram realizados cinco bioensaios de toxicidade aguda (96h) com cinco concentrações (0,1; 0,25; 1,37; 1,96 e 2,51 ?g.L-1) do inseticida e dois bioensaios de toxicidade crônica (17 dias) com duas concentrações (0,1; 0,25 ?g.L-1) de malathion. Grupos controles com álcool como solvente foram mantidos em paralelo para cada teste. Foram analisadas 50 larvas por concentração para cada enzima quantificada...

RESÍDUOS DE PESTICIDAS ORGANOCLORADOS E ORGANOFOSFORADOS NA BACIA DO RIO ATOYA, CHINANDEGA, NICARÁGUA

CASTILHO, JOSÉ ANTÔNIO ALVARES; FENZIL, NORBERT; GUILLEN, SALVADOR MONTENEGRO; NASCIMENTO, FERNANDA S.
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 13/01/2015 POR
Relevância na Pesquisa
36.7%
A bacia hidrográfica do rio Atoya situada no Departamento de Chinandega, uma das maiores regiões produtoras de algodão da Nicarágua, é alvo de intensas e constantes aplicações de pesticidas. Com o objetivo de estudas a variação das concentrações de resíduos de pesticidas organoclorados e organofosforados entre a época de seca (novembro-abril) e de chuva(maio-junho) nessa região, analisaram-se amostras de água e de sedimentos de rios e de poços de ponto estrategicamente selecionados. De modo geral, as maiores concentrações de pesticidas das água e dos sedimentos foram detectados no período de seca. Os compostos DDT, DDD, DDE e toxafeno são os resíduos organoclorados encontrados com maior freqüencia, tanto nas águas quanto nos sedimentos, enquanto que endrin, aldrin, dieldrin e lindano dominam nas águas de rios e de poços. Os compostos  organofosforados raramente foram detectados, entretanto resíduos de etion, metil-paration e etil- paration foram encontrados em altas concentrações em algumas amostras de águas de rios e de poços. Na amostra fracionada verificou-se tendência da maioria dos organoclorados em se acumular nas frações finas, ricas em matéria orgânica, a exceção do DDE que se acumula nas frações grossas. 

Agentes para Defesa Contra Guerra Química: Reativadores da Acetilcolinesterase Inibida com Organofosforados Neurotóxicos; Agents for Defense Against Chemical Warfare: Reactivators of the Inhibited Acetylcholinesterase with Organophosphorus Neurotoxic Compounds

Elaine C. Petronilho; Instituto Militar de Engenharia; José Daniel Figueroa-Villar; Instituto Militar de Engenharia
Fonte: Revista Virtual de Química Publicador: Revista Virtual de Química
Tipo: ; Formato: binary/octet-stream
Publicado em 24/04/2014 PT
Relevância na Pesquisa
46.7%
Os agentes de guerra química ou agentes neurotóxicos são uma perigosa ameaça à população de todo o mundo e merecem uma atenção especial devido a sua alta periculosidade. A maior parte destes agentes são compostos organofosforados (OF) que inibem a acetilcolinesterase (AChE), enzima responsável pelo controle da transmissão dos impulsos nervosos. Ao ser inibida por esses compostos a AChE pode ser reativada, sendo as oximas catiônicas as substâncias mais utilizadas para esse processo. Até o momento não foi encontrado um agente para tratamento de intoxicação por OF que seja eficaz contra todos os agentes de guerra química conhecidos e contra todos os seus efeitos. Dessa forma, este trabalho tem por objetivo fazer uma revisão sobre os OF, sua utilização como agentes de guerra química e o processo de inibição e reativação da AChE, para motivar o desenvolvimento de novos agentes para defesa contra guerra química.  DOI: 10.5935/1984-6835.20140042; The chemical warfare agents or neurotoxic agents are an important threat to people all over the world, and deserve special attention because they are highly dangerous. Most of these agents are organophosphorus compounds (OP) that inhibit the enzyme acetylcholinesterase (AChE) which is responsible for controlling the transmission of nerve impulses. To be inhibited by these compounds...

Intoxicações e uso de pesticidas por agricultores do Município de Paty do Alferes, Rio de Janeiro, Brasil

Delgado,Isabella Fernandes; Paumgartten,Francisco José Roma
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2004 PT
Relevância na Pesquisa
46.7%
Este trabalho é parte de um estudo mais amplo sobre as conseqüências para a saúde da exposição a pesticidas. Em 1997, no Município de Paty do Alferes, Rio de Janeiro, 55 agricultores foram entrevistados sobre o uso de pesticidas, equipamentos de proteção e medidas de higiene, ocorrência de intoxicações, destino das embalagens vazias e o tipo de orientação técnica recebida pelos usuários destes produtos. Os pesticidas mais usados foram inseticidas como a abamectina, os compostos organofosforados e os piretróides, e os fungicidas como o mancozeb, o clorotalonil e produtos à base de cobre. Entre os trabalhadores envolvidos no preparo e/ou aplicação de pesticidas, 92% informaram não usar qualquer tipo de equipamento de proteção individual. 62% dos agricultores entrevistados informaram já ter "passado mal" ao preparar ou aplicar pesticidas. Os sintomas mais freqüentemente citados foram dor de cabeça, enjôo, vômitos, vertigem, irritação da pele e visão embaçada. Destes agricultores, 21% necessitaram de assistência médica e em mais da metade dos casos (51%), em que os lavradores identificaram os pesticidas que usavam quando "passaram mal", foram citados inseticidas organofosforados da classe toxicológica I.

Miotoxicidade por organofosforados

Cavaliere,Maria J.; Calore,Edenilson E.; Perez,Nilda M.; Rodrigues Puga,Flávio
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/1996 PT
Relevância na Pesquisa
46.87%
Os organofosforados são um grupo de compostos químicos amplamente utilizados em agropecuária como inseticidas, ocasionando intoxicações acidentais em animais e humanos, e mesmo sendo utilizados em tentativas de suicídio. A toxicidade desses produtos decorre sobretudo de insuficiência cárdio-respiratória por compromentimento do sistema nervoso autônomo. Sabe-se que alguns destes compostos induzem em animais de experimentação e em humanos, uma miopatia caracterizada por degeneração de células musculares, comprometendo sobretudo a musculatura respiratória. Baseado no fato de que este comprometimento contribui para a piora da função respiratória, propõe-se um protocolo de avaliação rotineira de miotoxicidade por compostos organofosforados, através de uma bateria mínima e suficiente de colorações e reações histoquímicas para quantificação da necrose muscular. Utilizaram-se como modelo experimental, grupos de ratos albinos (Wistar) intoxicados com o organofosforado paraoxon, com e sem antídotos (atropina ou pralidoxima). Verificou-se nos grupos tratados com paraoxon e paraoxon mais atropina, necrose de fibras musculares no diafragma, que atingia em determinadas áreas até 15% das fibras. No grupo tratado com paraoxon mais pralidoxima...