Página 1 dos resultados de 2823 itens digitais encontrados em 0.007 segundos

Effects of light exposure time on composite resin hardness after root reinforcement using translucent fibre post

TEIXEIRA, Cleonice da Silveira; SILVA-SOUSA, Yara C.; SOUSA-NETO, Manoel Damiao de
Fonte: ELSEVIER SCI LTD Publicador: ELSEVIER SCI LTD
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
66.63%
Objectives: The purpose of this in vitro study was to evaluate the Vickers hardness (VHN) of a Light Core (Bisco) composite resin after root reinforcement, according to the light exposure time, region of intracanal reinforcement and lateral distance from the light-transmitting fibre post. Methods: Forty-five 17-mm long roots were used. Twenty-four hours after obturation, the root canals were emptied to a depth of 12 mm and the root dentine was artificially flared to produce a 1 mm space between the fibre post and the canal walls. The roots were bulk restored with the composite resin, which was photoactivated through the post for 40 s (G1, control), 80 s (G2) or 120 s (G3). Twenty-four hours after post-cementation, the specimens were sectioned transversely into three slices at depths of 2, 6 and 10 mm, corresponding to the coronal, middle and apical regions of the reinforced root. Composite VHN was measured as the average of three indentations (100 g/15 s) in each region at lateral distances of 50, 200 and 350 mu m from the cement/post-interface. Results: Three-way analysis of variance (alpha = 0.05) indicated that the factors time, region and distance influenced the hardness and that the interaction time x region was statistically significant (p = 0.0193). Tukey`s test showed that the mean VHN values for G1 (76.37 +/- 8.58) and G2 (74.89 +/- 6.28) differed significantly from that for G3 (79.5 +/- 5.18). Conclusions: Composite resin hardness was significantly lower in deeper regions of root reinforcement and in lateral areas distant from the post. Overall...

Avaliação "in vitro" da microinfiltração marginal em restaurações classe II, confeccionadas com um cimento de ionômero de vidro modificado por resina, uma resina composta "semicondensável" e uma resina composta "condensável".; In vitro evaluation of marginal microleakage in class II restorations, made with a glass ionomer cement modified through resin Vitremer, "semicondensable" composite resin Ariston pHc and "condensable" composite resin P-60.

Bijella, Maria Fernanda Borro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/08/2000 PT
Relevância na Pesquisa
66.73%
Avaliou-se in vitro a microinfiltração marginal em restaurações classe II, realizadas com o cimento de ionômero de vidro modificado por resina Vitremer, a resina composta "semicondensável" Ariston pHc e a resina composta "condensável" P-60, com o propósito de verificar a influência da ciclagem térmica para estes materiais, como também dois métodos de análise da penetração do corante. Para tanto, 60 pré-molares, receberam cavidades classe II proximais, com a parede cervical localizada 1mm abaixo da junção cemento-esmalte. Os espécimes foram divididos em 3 grupos de 20 dentes cada. O grupo I foi restaurado com Vitremer, o grupo II com Ariston pHc e o grupo III com P-60. Após a restauração, os espécimes foram acondicionados em recipientes plásticos com água deionizada por 24 horas a 37°C. Decorrido esse período as restaurações receberam acabamento e polimento. Enquanto metade de cada grupo sofreu processo de termociclagem com 500 ciclos nas temperaturas de 5°C e 55°C, em banhos de 15 segundos cada, a outra metade permaneceu acondicionada em recipientes plásticos com água deionizada a 37°C. Após o período de teste, todos os espécimes foram imersos em solução de fucsina básica a 0,5% por 24 horas a 37°C...

Ablação de resinas compostas com laser de Er:YAG sob diferentes fluxos de água; Er:YAG laser ablation of composite resin different water flows

Moriyama, Lilian Tan
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/03/2006 PT
Relevância na Pesquisa
66.61%
O uso do laser na Odontologia é bastante variado. O laser de Er:YAG tem se mostrado como um instrumento eficiente na remoção de restaurações de resina composta. É sabido que a falta ou excesso de água podem atrapalhar o processo de ablação com este laser, pois seu comprimento de onda de emissão (2940nm) coincide com o principal pico de absorção da água. Este trabalho tem como finalidade investigar o efeito da variação do fluxo de água, de forma controlada, no processo de ablação de resina composta restauradora com laser de Er:YAG, através da avaliação dos aspectos morfológicos da superfície irradiada sob microscopia eletrônica de varredura, da quantidade de material removido e das alterações de temperatura durante a irradiação na presença e na ausência de água. Os experimentos foram conduzidos utilizando um sistema laser de Er:YAG, pulsado no regime de microssegundos, já de uso clínico odontológico. Foram confeccionadas amostras em resina composta do tipo híbrida e diferentes condições de trabalho foram utilizadas para analisar a real influência da água: diferentes energias por pulso (100, 200, 300 e 400mJ), freqüências (5Hz, 10Hz e 15Hz) e fluxos de água (zero, 0.01, 0.06, 0.23, 0.32, 0.64 e 0.87ml/s). Os resultados mostram que o fluxo de água influencia no mecanismo de ablação de resinas compostas com laser de Er:YAG...

Estudo comparativo do laser, do LED azul e da lâmpada convencional no processo de polimerização da resina composta dental; Comparactivestudy of laser, LED and conventional lamp in the polymerization process of dental composite resin

Kurachi, Cristina
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/04/2000 PT
Relevância na Pesquisa
66.55%
A restauração de resina composta dental possui grande aplicação clínica. A polimerização da resina composta é feita através de um processo de fotoativação, que influenciará diretamente as propriedades finais do material restaurador. O estudo e o desenvolvimento das técnicas e dos dispositivos de fotopolimerização das resinas são fatores de grande relevância para melhorar a eficiência do uso da resina composta na Odontologia. Neste trabalho foram avaliadas três fontes de luz, laser de argônio e diodo emissor de luz azul (LED), em comparação com uma lâmpada de fotopolimerização convencional. Através do estabelecimento do diagrama PTT (Potência- Tempo-Temperatura), foram estabelecidos parâmetros seguros de utilização do laser de argônio, para evitar danos térmicos irreversíveis ao tecido pulpar. Na avaliação da dureza, em função da profundidade de penetração da luz no material, foram estabelecidos os parâmetros de operação do laser de argônio para a obtenção de valores de dureza semelhantes ou melhores aos obtidos com a lâmpada convencional. A microinfiltração, em restaurações classe V polimerizadas com o laser e a lâmpada convencional, não apresentou diferença estatisticamente significante quando comparadas às duas fontes de luz investigadas. A elaboração dos dispositivos à base de LEDs...

Influência de bebidas e escovação nas propriedades físicas de uma resina composta; Influence of beverages and brushing on the physical properties of a composite resin

Lepri, Cesar Penazzo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/01/2009 PT
Relevância na Pesquisa
66.66%
Objetivo: Este estudo avaliou a influência de bebidas e escovação na estabilidade de cor, rugosidade superficial e microdureza em profundidade de uma resina composta. Materiais e Método: 120 discos (10mm de diâmetro X 2mm de espessura) de resina composta (Filtek- Z250) foram preparados e polidos após 24 horas. A cor inicial e a rugosidade superficial inicial foram mensuradas e os espécimes foram divididos aleatoriamente em quatro grupos (vinho tinto, refrigerante, aguardente, ou saliva artificial controle) e três subgrupos (sem escovação; escovação com Colgate, ou escovação com Close Up Whitening). Os espécimes foram imersos na sua respectiva solução, 5x ao dia, por 5 minutos, durante 30 dias, sendo dois subgrupos escovados ao final de cada dia (120 movimentos/dia). A cor foi mensurada no 15º e no 30º dia de imersão; a rugosidade superficial final foi medida no 30º dia. Após o período de imersão, os espécimes foram armazenados em saliva artificial por 7 dias, quando a superfície dos mesmos foi polida e imediatamente realizou-se uma mensuração de cor. A alteração de cor foi mensurada com um espectrocolorímetro e analisada pelos valores de ΔE, ΔL, Δa, e Δb. Os valores de rugosidade (Ra-μm) foram medidos com um rugosímetro. Com relação à microdureza...

Alteração de temperatura na dentina durante o procedimento restaurador com resina composta variando as fontes fotopolimerizadoras; Temperature alteration in dentin according to the photopolymerization source during composite-resin restorations

Savaris, Cristiane
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/01/2009 PT
Relevância na Pesquisa
66.66%
O objetivo deste estudo foi avaliar a influência do tipo de fonte luminosa e da espessura do remanescente dental no aumento de temperatura na câmara pulpar durante a fotopolimerização de uma resina composta. Métodos: Utilizaram-se 96 fragmentos (6x7 mm) obtidos a partir das superfícies vestibulares de incisivos bovinos que foram divididos em 2 grupos e 4 subgrupos (n=12), de acordo com a fonte de luz (LED e luz halógena) e da espessura de remanescente dental (3,5 mm; 3,0 mm; 2,0 mm e 1,0 mm). Foram preparadas cavidades de classe I (3x2 mm), deixando a espessura dos respectivos remanescentes dentais, e restauradas com uma resina composta. A variação de temperatura foi captada por termopares posicionados na dentina do teto da câmara pulpar durante a fotopolimerização (20s) do agente adesivo e de cada incremento de resina composta. Foi considerado o maior valor de temperatura registrado durante todo o procedimento restaurador e também durante a fotopolimerização de cada incremento de resina composta. Os dados foram analisados usando ANOVA e Teste de Fisher (α=5%). Resultados: O LED promoveu maiores (p<0,05) valores de temperatura do que a luz halógena; os valores mais baixos de temperatura foram (p<0,05) para 3,5 mm de espessura e os maiores para os remanescentes de 1 mm de espessura de remanescente dental; não houve diferença significativa (p>0...

Avaliação da adesão dental do cimento de ionômero de vidro e resina composta em função do tratamento dentinário com agentes clareadores; Evaluate of the dental bond strength of glass-ionomer cements and composite resin in dentin treated with bleaching agents

Néspoli, Fabiana Gomes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 01/10/2009 PT
Relevância na Pesquisa
66.58%
O objetivo desse trabalho foi avaliar in vitro a diferença da força de cisalhamento da dentina quando submetida a ação de algumas substâncias utilizadas como clareadores dentais e posteriormente restaurados com cimento de ionômero de vidro e resina composta. Utilizou-se 152 terceiros molares superiores hígidos que tiveram suas superfícies palatinas desgastadas e preparadas para receber os materiais restauradores após o tratamento com os agentes clareadores.Os dentes foram divididos aleatoriamente em 12 grupos de acordo com as condições em teste a saber: G1: Soro+Resina, G2: Soro+Ionônero de vidro, G3: Perborato de Sódio+Soro+Resina, G4: Perborato de Sódio+Soro+Ionônero de vidro, G5: Perborato de Sódio+Peróxido de hidrogênio 6%+Resina, G6: Perborato de Sódio+Peróxido de hidrogênio 6%+ Ionônero de vidro, G7: Perborato de Sódio+ Peróxido de hidrogênio 35%+Resina, G8: Perborato de Sódio+Peróxido de hidrogênio 35%+ Ionônero de vidro, G9: Peróxido de hidrogênio 6%+Resina, G10: Peróxido de hidrogênio 6%+ Ionônero de vidro, G11: Peróxido de hidrogênio 35%+Resina, G12: Peróxido de hidrogênio 35%+ Ionônero de vidro.Ao término das restaurações os corpos de prova foram levados à máquina de ensaio universal (EMIC) e os resultados obtidos foram analisados através do teste de ANOVA a um critério e Tukey para comprovação de possíveis diferenças estatísticas .Por essas análises podemos concluir que os materiais restauradores tiveram um comportamento equivalente em todos os grupos e as diferenças significantes ocorreram mais por conta do agente clareador...

Técnica de replicação de raízes dentárias em resina composta fotopolimerizável a partir de molde de resina acrílica autopolimerizável; Root tooth replication technique in photo polymerized composite resin made by means of an acrylic resin mold by self polymerized resin

Camargo, Sergio Luiz da Silveira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/02/2011 PT
Relevância na Pesquisa
66.6%
Pelas fraturas que sofrem os dentes caninos, torna-se necessário tratá-los endodonticamente, e repará-los proteticamente. Porém, novas fraturas coronais, com ou sem perda de coroa metálica podem se repetir. Muitas técnicas restauradoras priorizam os dentes com maior percentual de porção coronal, porque a extensa área de coroa remanescente assegura execução facilitada, favorecendo a recuperação do elemento dental e garantindo sucesso do assentamento da peça metálica. As pesquisas realizadas para se conseguir novos tratamentos utilizam dentes naturais para simular a realidade. Não há banco de dentes rotineiro na Odontologia Veterinária. O uso de dentes naturais de animais encontra restrições por conta da grande diversidade de raças e de porte entre cães, consequentemente no tamanho e na anatomia dos dentes. Existe ainda a carência de disponibilidade de amostras naturais na quantidade necessária para desenvolver tais estudos. O material artificial capaz de substituir os dentes naturais pode estar nas resinas compostas fotopolimerizáveis que apresentam propriedades mecânicas semelhantes às da dentina. Para se replicar o dente natural em resina composta, foi criado um molde em resina acrílica transparente. A literatura deste assunto é escassa ou mesmo inexiste. Com a construção de dentes artificiais muitas pesquisas podem ser realizadas...

Effect of light sources on nanohardness, elastic modulus and water sorption of a composite resin; Efeito da fonte de luz na nanodureza, módulo de elasticidade e sorção de uma resina composta

Juchem, Cristiane de Oliveira; Leitune, Vicente Castelo Branco; Collares, Fabrício Mezzomo; Samuel, Susana Maria Werner
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
ENG
Relevância na Pesquisa
66.64%
Este estudo visa a avaliar o efeito da fonte de luz na nanodureza, módulo de elasticidade, sorção de água e solubilidade de uma resina composta. Quatro unidades fotoativadoras foram utilizadas, três LED e uma halógnena. A resina composta foi utilizada para todos os testes. Para sorção de água e solubilidade, cinco discos de resina foram produzidos (15 mm em diâmetro e 1 mm em espessura), e foram polimerizados por 20 segundos em nove pontos diferentes (1 no centro e 8 ao redor). Para a avaliação de nanodureza e módulo de elasticidade, 20 cilindros (5 para cada grupo) foram confeccionados com uma matriz de aço bipartida (6,0 mm de diâmetro e 4,0 mm de espessura). Os resultados do estudo mostraram que o grupo polimerizado com a unidade fotoativadora Radii apresentou menor sorção de água que as outras unidades (p < 0,05). Nenhuma diferença estatística foi encontrada entre as unidades para nanodureza nos espécimes de 1mm de espessura. Entretanto, com um aumento da profundidade uma diminuição da nanodureza foi demonstrada (p < 0,05). Uma correlação positiva e forte foi demonstrada entre o modulo de elasticidade e a nanodureza para todos os grupos e profundidades. A fonte de luz influencia na sorção de água, nanodureza e módulo de elasticidade de resinas compostas.; The aim of this study was to evaluate the effect of a light source on nanohardness...

Optical characterization of one dental composite resin using bovine enamel as reinforcing filler

Tribioli, J. T.; Jacomassi, D.; Rastelli, A. N S; Pratavieira, S.; Bagnato, V. S.; Kurachi, C.
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
ENG
Relevância na Pesquisa
66.63%
The use of composite resins for restorative procedure in anterior and posterior cavities is highly common in Dentistry due to its mechanical and aesthetic properties that are compatible with the remaining dental structure. Thus, the aim of this study was to evaluate the optical characterization of one dental composite resin using bovine enamel as reinforcing filler. The same organic matrix of the commercially available resins was used for this experimental resin. The reinforcing filler was obtained after the gridding of bovine enamel fragments and a superficial treatment was performed to allow the adhesion of the filler particles with the organic matrix. Different optical images as fluorescence and reflectance were performed to compare the experimental composite with the human teeth. The present experimental resin shows similar optical properties compared with human teeth. © 2012 SPIE.

Effect of light sources on nanohardness, elastic modulus and water sorption of a composite resin

Juchem,Cristiane de O; Leitune,Vicente C. B; Collares,Fabrício M; Samuel,Susana M. W
Fonte: Associação Brasileira de Polímeros Publicador: Associação Brasileira de Polímeros
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 EN
Relevância na Pesquisa
66.64%
The aim of this study was to evaluate the effect of a light source on nanohardness, elastic modulus, water sorption and solubility of a composite resin. Four curing units were used, three of which had an LED and another had a halogen source. The resin composite Z250 (3M ESPE) was used for all tests. For water sorption and solubility, five resin disks were made (15 mm in diameter and 1 mm thick), and these were polymerized for 20 seconds at nine different points (1 in the center and 8 around). For nanohardness and elastic modulus evaluation, 20 cylinders (5 for each group) were made with a bipartite steel matrix (6.0 mm diameter and 4.0 mm thick). The results of this study showed that the group polymerized with the Radii light-curing unit presented less water sorption than other curing units (p < 0.05). No statistical difference between units was found in nanohardness in 1mm-thick specimens. However, decreased nanohardness was shown at higher resin composite depth (p < 0.05). A Pearson correlation showed a strong positive relationship between nanohardness and elastic modulus for all groups and depths. The light source affects the water sorption, nanohardness and elastic modulus of composite resins.

Influence of plasma arc and quartz-tungsten-halogen curing lights on the polymerization of orthodontic composite resin

Berthold,Telmo Bandeira; Cerveira,Guilherme; Berthold,Roger; Hahn,Luciane; Spohr,Ana Maria; Marchioro,Ernani Menezes
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 EN
Relevância na Pesquisa
66.58%
PURPOSE: To analyze, in vitro, the influence of a quartz-tungsten-halogen (QTH) and a plasma arc (PAC) on the degree of conversion and hardness of a composite resin, as well as the heat generated by the units. METHODS: Transbond XT disks were prepared and light-cured for 10, 20 and 30 seconds with a QTH (Curing Light XL 3000) or with a PAC (Apollo 95E) for 1, 2 and 3 seconds. The composite resin polymerization was evaluated by infrared spectrophotometry (FTIR) and Knoop hardness number (KHN). The temperature at the curing tip was evaluated. The results were analyzed using ANOVA and Tukey test (α=0.05). RESULTS: According to FTIR and KHN, the polymerization of the composite resin was statistically higher with the QTH. The temperature obtained with the QTH 20 s (45.44ºC) and 30 s (45.84ºC) was statistically higher than the QTH 10 s (39.90ºC). The PAC 1 s (27.12ºC), 2 s (28.48ºC) and 3 s (29.96ºC) presented the lowest temperature and did not differ statistically among them. CONCLUSION: Transbond XT light-activated for 10, 20 and 30 seconds with the QTH presented higher degree of conversion and hardness in comparison with those obtained with the PAC for 1, 2 and 3 seconds, and the QTH generated more heat than the PAC.

Influência das fontes fotoativadoras xenon e halógena na polimerização de resina composta para colagem ortodôntica; Influence of plasma arc and quartz-tungsten-halogen curing lights on the polymerization of orthodontic composite resin

Berthold, Telmo Bandeira; Cerveira, Guilherme Pessôa; Berthold, Roger; Hahn, Luciane; Spohr, Ana Maria; Marchioro, Ernani Menezes
Fonte: EDIPUCRS; Porto Alegre Publicador: EDIPUCRS; Porto Alegre
Tipo: Artigo de Revista Científica
EN_US
Relevância na Pesquisa
66.58%
Objetivo: Analisar, in vitro, as fontes luminosas Halógena (QTH) e Xenon (PAC) no grau de conversão e dureza de uma resina composta e também o calor gerado por estas unidades. Metodologia: discos com resina Transbond XT foram fotoativados por 10, 20 e 30 segundos com QTH (Curing light XL 3000) ou com PAC (Apollo 95E) por 1, 2 e 3 segundos. A resina composta foi analisada por meio de espectrofotometria infravermelha (FTIR) e pelo teste de dureza Knoop (KHN). A temperatura na ponta dos aparelhos foi também avaliada. Os resultados foram analisados usando ANOVA e Tuckey test (α=0.05). Resultados: Conforme FTIR e KHN a polimerização do compósito foi estatisticamente maior com QTH. A temperatura obtida do QTH com 20 segundos (45,44ºC) foi estatisticamente maior do que com 10 segundos (39,90ºC). O PAC com 1, 2 e 3 segundos apresentou as temperaturas mais baixas e não diferem estatisticamente entre si. Conclusão: A resina Transbond XT fotoativada por 10, 20 e 30 segundos com QTH apresentou maior grau de conversão e dureza em comparação com PAC por 1, 2 e 3 segundos. O QTH produziu mais calor que o PAC.; Purpose: To analyze, in vitro, the influence of a quartz-tungsten-halogen (QTH) and a plasma arc (PAC) on the degree of conversion and hardness of a composite resin...

Bond strengths between composite resin and auto cure glass ionomer cement using the co-cure technique

Knight, G.; McIntyre, J.; Mulyani
Fonte: Australian Dental Assn Inc Publicador: Australian Dental Assn Inc
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2006 EN
Relevância na Pesquisa
66.81%
Background: The clinical technique for sandwich restorations prescribes etching initially set auto cure glass ionomer cement (GIC) prior to placing a layer of resin bond to develop a weak mechanical bond between composite resin and GIC. Co-curing a resin modified glass ionomer cement (RMGIC) bond and composite resin to GIC may create a chemical bond and improve the bond strengths between these two materials. Methods: A total of 48 specimens were prepared, 12 in each of four categories. Capsulated GIC was placed into a mould and allowed to set for four minutes, etched for five seconds followed by placement of a resin bond and photo cured for five seconds over which a composite resin was puddled onto the resin bond and photo cured for 10 seconds. Capsulated GIC was placed into a mould and allowed to set for four minutes after which a sample of RMGIC (Riva LC) was prepared using twice the liquid powder ratio and painted over the surface of the set GIC using a micro brush. An increment of composite resin was added over the RMGIC and both materials were photo co-cured for 10 seconds. Capsulated GIC was placed into a mould and RMGIC (Riva LC) that had been prepared using twice the liquid powder was brushed over the GIC (prior to initial set) followed by the placement of a layer of composite resin and photo co-cured for 10 seconds. Capsulated GIC was placed into a mould and RMGIC (Fuji II LC) that had been prepared using twice the liquid powder was brushed over the GIC (prior to initial set) followed by the placement of a layer of composite resin and photo co-cured for 10 seconds. Shear testing of each of the samples was carried out and specimens were examined to determine the nature of the fracture. Selected samples were prepared for SEM investigation to observe the interfaces between the GIC and composite resin. Results: There were significantly lower bond strengths (P<0.05) amongst samples that had been etched and bonded (2.42MPa) compared to the other samples that had been co-cure bonded with RMGIC (6.48–7.05MPa). There were no significantdifferences amongst the bond strengths of the samples co-cure bonded with RMGIC. Specimens prepared by the ‘etch and bond’ technique failed adhesively and co-cured specimens failed cohesively within the GIC. SEM investigation showed chemical bonds between RMGIC bond and GIC and composite resin. Conclusions: The co-cured RMGIC bonding system eliminates several placement steps and produces a significantly stronger chemical bond between GIC and composite resin than the ‘etch and bond’ technique. RMGIC bond and composite resin may be co-cured to GIC either before or after initial set has occurred.; The document attached has been archived with permission from the Australian Dental Association. An external link to the publisher’s copy is included.

Influence of surface sealant on the translucency of composite resin: effect of immersion time and immersion media

GARCIA, Patrícia Petromilli Nordi Sasso; RODRIGUES NETO, Elídio; SANTOS, Patrícia Aleixo dos; CAMPOS, Juliana Álvares Duarte Bonini; DIBB, Regina Guenka Palma
Fonte: ABM, ABC, ABPol Publicador: ABM, ABC, ABPol
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
66.58%
This study evaluated the effect of surface sealant on the translucency of composite resin immersed in different solutions. The study involved the following materials: Charisma, Fortify and coffee, Coca-Cola®, tea and artificial saliva as solutions. Sixty-four specimens (n = 8) were manufactured and immersed in artificial saliva at 37 ± 1 °C. Samples were immersed in the solutions for three times a day and re-immersed in artificial saliva until the translucency readings. The measurements were carried out at nine times: T1 - 24 hours after specimen preparation, T2 - 24 hours after immersion in the solutions, T3 - 48 hours and T4 to T9 - 7, 14, 21, 30, 60 and 90 days, respectively, after immersion. The translucency values were measured using a JOUAN device. The results were subjected to ANOVA and Tukey's test at 5%. The surface sealant was not able to protect the composite resin against staining, the coffee showed the strongest staining action, followed by tea and regarding immersion time, a significant alteration was noted in the translucency of composite resin after 21 days.

Avaliação 'in vitro' da Microinfiltração na Interface da Parede Gengival das Caixas Proximais em Cavidades Classe II de Molares Decíduos, Restaurados com Resina Composta Auto e Fotopolimerizável; ANALYSIS “IN VITRO” OF MICROLEAKINGS ON GUM’S EDGES OF THE APPROXIMAL BOXES IN CLASS II CAVITIES OF DECIDUOUS MOLARS, RESTORED WITH AUTO AND LIGHT-CURED COMPOSITE RESIN

Cavalcanti, Alessandro Leite
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/11/1997 PT
Relevância na Pesquisa
66.75%
A finalidade deste estudo foi avaliar “in vitro” a microinfiltração marginal presente na interface da parede gengival de cavidades classe II em molares decíduos, restaurados com resina composta (auto e fotopolimerizável), com a utilização de uma solução corante. Os preparos cavitários apresentavam a parede gengival em esmalte, sendo restaurados segundo 4 diferentes técnicas: resina composta fotopolimerizável; resina composta autopolimerizável; técnica mista (resina composta auto e fotopolimerizável) e ionômero de vidro/resina composta. Em seguida, procedeu-se à ciclagem térmica (5oC e 55oC, 700 ciclos), impermeabilização, imersão em solução corante e seccionamento. A avaliação quanto à microinfiltração, foi feita seguindo-se uma escala preestabelecida (graus de 0 a 4). Após a análise estatística dos resultados, concluiu-se que todos os grupos apresentaram microinfiltração, em graus variados, todavia os grupos que utilizaram a técnica mista e o ionômero/resina fotopolimerizável apresentaram os menores graus de infiltração, e que não se observou microinfiltração na interface resina composta autopolimerizável/fotopolimerizável.; The purpose of this study was evaluation “in vitro” of marginal microleakings...

Bond strength between fiber posts and composite resin core: influence of temperature on silane coupling agents

Novais,Veridiana Resende; Simamotos Júnior,Paulo Cézar; Rontani,Regina Maria Puppin; Correr-Sobrinho,Lourenço; Soares,Carlos José
Fonte: Fundação Odontológica de Ribeirão Preto Publicador: Fundação Odontológica de Ribeirão Preto
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2012 EN
Relevância na Pesquisa
66.57%
This study evaluated the effect of air drying temperature and different silane coupling agents on the bond strength between glass fiber posts and composite resin core. The post surface was cleaned with alcohol and treated with different silane coupling agents, being three prehydrolyzed silanes [Silano (Angelus), Prosil (FGM), RelyX Ceramic Primer (3M ESPE)] and one two-component silane [Silane Coupling Agent (Dentsply)]. Two post-silanization air drying temperatures, 23ºC and 60ºC, were applied. A cylindrical plastic matrix was placed around the silanized post and filled with composite resin. Each bonded post provided 7 slices for push-out testing. Each slice was loaded to failure under compression at a cross-head speed of 0.5 mm/min. Data were analyzed by two-way ANOVA and Scott-Knott tests (α=0.05). Dunnett's test was used to compare the mean of the control group with that of each experimental group. Scanning electron microscopy (SEM) was used to evaluate the interface of the fractured slices. For the 23ºC air drying temperature, the use of RelyX Ceramic Primer resulted in significantly lower bond strength than the other silane coupling agents, while the bond strength with Silane Coupling Agent was the highest of all groups. Only with Silane Coupling Agent...

Influence of surface sealant on the translucency of composite resin: effect of immersion time and immersion media

Garcia,Patrícia Petromilli Nordi Sasso; Rodrigues Neto,Elídio; Santos,Patrícia Aleixo dos; Campos,Juliana Álvares Duarte Bonini; Dibb,Regina Guenka Palma
Fonte: ABM, ABC, ABPol Publicador: ABM, ABC, ABPol
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 EN
Relevância na Pesquisa
66.58%
This study evaluated the effect of surface sealant on the translucency of composite resin immersed in different solutions. The study involved the following materials: Charisma, Fortify and coffee, Coca-Cola®, tea and artificial saliva as solutions. Sixty-four specimens (n = 8) were manufactured and immersed in artificial saliva at 37 ± 1 °C. Samples were immersed in the solutions for three times a day and re-immersed in artificial saliva until the translucency readings. The measurements were carried out at nine times: T1 - 24 hours after specimen preparation, T2 - 24 hours after immersion in the solutions, T3 - 48 hours and T4 to T9 - 7, 14, 21, 30, 60 and 90 days, respectively, after immersion. The translucency values were measured using a JOUAN device. The results were subjected to ANOVA and Tukey's test at 5%. The surface sealant was not able to protect the composite resin against staining, the coffee showed the strongest staining action, followed by tea and regarding immersion time, a significant alteration was noted in the translucency of composite resin after 21 days.

Influence of the photoactivation method on the hardness of a composite resin; Influência do método de fotoativação na dureza de uma resina composta

Mori, Monique; Shimokawa, Carlos Alberto Kenji; Carneiro, Paula Mendes Acatauassú; Lobo, Tamile Rocha da Silva; Turbino, Míriam Lacalle
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Odontologia Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Odontologia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Peer reviewed; Avaliado pelos pares Formato: application/pdf
Publicado em 28/09/2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.58%
Objective: to evaluate the hardness of a composite resin polymerized with two different methods, continuous and soft-start, by varying the distance between the activator tip and the composite resin (7 mm and 0 mm). Materials and Methods: Twenty test specimens were fabricated, in which the irradiated and the opposite surfaces were analyzed, totaling 40 surfaces divided into 4 groups (n = 10): Group 1, continuous method + irradiated surface; Group 2, continuous method + opposite surface; Group 3, soft-start method + irradiated surface; Group 4, soft-start method + opposite surface. The test specimens were prepared using black polypropylene matrices, with a diameter of 4 mm and thickness of 2 mm, Z350 composite resin (3M ESPE), shade AO3, and the Elipar Freelight 2 curing unit (3M ESPE). The test specimens were subjected to the Vickers hardness test in an HMV-2000 microhardness tester (Shimadzu). Five indentations were made per surface with a load of 50 gf for 45 seconds. The ANOVA and Tukey tests were used for the statistical analysis. Results: No statistically signifi cant difference between the evaluated methods was found in the irradiated surfaces; however, in the opposite surfaces, there were differences between protocols, in that the soft-start protocol achieved the lowest hardness values. When comparing the different depths...

Restorative procedures in posterior teeth placed during a graduation course clinic: Quantitative evaluation about amalgam versus composite resin;

Armas-Vega, Ana Del Carmen; Thomé, Thaís; Rosin, Celso; Garone Netto, Narciso; Luz, Maria Aparecida Alves de Cerqueira
Fonte: UNICAMP/FOP Publicador: UNICAMP/FOP
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ;
Publicado em 19/01/2016 ENG
Relevância na Pesquisa
66.64%
A demand increase for aesthetic procedures in Dentistry has been observed due to the crescent interests of patients and the evolution of aesthetic restorative materials. The dental files of patients assisted at the clinic of the graduation course of restorative dentistry, School of Dentistry, University of São Paulo, were analyzed during the period from 1998 to 2003, with the purpose of accomplishing an evaluation of the assisted population as well as a longitudinal comparative study of the percentage of class I and class II restorations with amalgam or composite resin in posterior teeth placed by dental students. In the analyzed period, the amalgam was used in 28.5% of the class I and 27.5% of the class II whereas the composite resin was used in 32.1% of the class I and 11.9% of the class II restorations. Although the class I posterior composite resin restorations had been made in a higher proportion and an increase of these procedures was observed, the class II amalgam restorations were predominant along the analyzed period. The prevalent group was between 31 and 40 years old and female gender. Although there were prevalence of class II amalgam restorations placed, there was an increase of the resin composite restorations in posterior teeth when compared with amalgam restorations...