Página 1 dos resultados de 64 itens digitais encontrados em 0.016 segundos

Adolescência, comportamento sexual e fatores de risco à saúde

Assis,Simone Gonçalves de; Gomes,Romeu; Pires,Thiago de Oliveira
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36%
OBJETIVO : Analisar a relação entre comportamento sexual e fatores de risco à saúde física ou mental entre adolescentes. MÉTODOS : Estudo realizado com 3.195 escolares de 15 a 19 anos de idade, do segundo ano do ensino médio de escolas públicas e particulares das capitais de 10 estados do Brasil, em 2007-2008. Foi utilizada amostragem por conglomerados com multiestágio de seleção (escolas e alunos) em cada cidade e rede de ensino pública e particular. Foi aplicado questionário a todos os alunos selecionados, com os seguintes itens: dados socioeconômicos e demográficos; comportamento sexual; “transar” com pessoas do mesmo sexo, do sexo oposto ou de ambos os sexos; uso de bebida alcoólica e maconha; usar camisinha ao “transar”; presença de experiências sexuais traumáticas na infância ou adolescência; e ideação suicida. A análise incluiu descrição de frequências, teste de Qui-quadrado, análise de correspondência múltipla e de cluster. Foram analisadas qualitativamente, por análise dos conteúdos manifestos, as respostas a uma questão livre em que o adolescente expressou comentários gerais sobre si e sua vida. RESULTADOS : Cerca de 3...

Influência da cultura, dos valores humanos e do significado do produto na predição de consumo: síntese de dois estudos multiculturais na Austrália e no Brasil

Torres,Cláudio V.; Allen,Michael W.
Fonte: Universidade Presbiteriana Mackenzie Publicador: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2009 PT
Relevância na Pesquisa
35.99%
A predição da opção de compra por um produto ou serviço é um desafio que faz do comportamento do consumidor um campo de estudos que requer aprofundamento contínuo das pesquisas na área. Analisar os efeitos de elementos da cultura e dos valores humanos no comportamento de consumo significa explorar as variáveis mais subjetivas de uma pessoa. Nesse sentido, o presente artigo descreve dois estudos comparativos realizados na Austrália e no Brasil, a fim de determinar se características culturais têm correlação com o comportamento do consumidor. Os resultados revelaram que há um efeito de país em termos culturais. Entre os australianos predomina o padrão cultural individualista, que se correlaciona com um julgamento passo a passo, com maior importância para os atributos tangíveis de um produto ou serviço. Por sua vez, entre os brasileiros prevalece o padrão cultural coletivista, que se correlaciona com um julgamento afetivo e um significado simbólico para com um produto ou serviço. Esse tipo de pesquisa propiciou informações relevantes para o avanço dos estudos sobre o comportamento do consumidor e para uma maior efetividade das estratégias mercadológicas das organizações, tanto para atuação local como global.

Dano moral por abandono afetivo parental

Maciel, Andrea Athayde
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
55.98%
Artigo científico apresentado como requisito para obtenção do título de Especialista em Direito Público pela Faculdade Projeção, Brasília (DF).; O direito passa por caminhos que se enveredam irremediavelmente pelas mais complicadas áreas da convivência humana, e assim as relações tão singulares aos seres humanos são instrumentos de polêmica e controvérsias que ultrapassam os limites da coerência humana. Envolto no turbilhão de acontecimentos que movem o homem em sua luta pelo ser, está o inseparável sentir, o sentimento que molda e transforma o dia a dia de todos quantos dele se apropriam. Este trabalho, com base nos princípios do direito, analisa casos de dano moral por abandono afetivo parental, delimita o espaço que ações deste tipo ocupam, suas repercussões e seu sentido. A metodologia adotada na pesquisa a classifica como do tipo bibliográfico. De modo conclusivo pode-se dizer que a vida em conjunto é uma virtude que se conquista aos poucos, e como toda conquista deve naturalmente ser celebrada, logo, surge a questão de seu contrário direto, o não sucesso de uma vida antes sonhada em conjunto pode ser o começo de um grande e prolongado transtorno. A separação é sempre um período deveras complicado para todos os envolvidos...

Inimputabilidade penal : emoção, paixão e embriaguez = Criminal nonimputability : emotion, passion and drunkenness

Silva, Rita de Cassia Lopes da
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
45.87%
"A inimputabilidade é um dos temas mais interessantes do Direito Penal, eis que envolve o lado emocional do ser humano. O trabalho traz, numa forma de revisão doutrinária, a imputabilidade, situada dentro da culpabilidade e os elementos necessários para a caracterização da inimputabilidade penal. A emoção, a paixão e a embriaguez são analisadas como causas de exclusão da culpabilidade, salientando o reflexo que podem ter frente à nossa legislação.”; “Imputability is one of the most interesting subjects is Criminal Law, due to the fact it deals with emotional feelings of human being. The essay brings, as long as re-reading jurisprudence, the imputability, as it is seen into culpability and the other elements that are necessary to draw the criminal nonimputability. Emotion, passion and Drunkenness are analysed as causes of exclusion of culpability, with its reflection in our legislation.”

Direito de família : um novo rumo ao lado da psicologia jurídica e da afetividade

Colcerniani, Cláudia Borges
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
45.86%
Defende o uso da psicologia jurídica para a justa aplicação do Direito de Família assim como para a compreensão da afetividade e do desgaste emocional causado pela disputa judicial. Afirma, ainda, que a psicologia jurídica é uma oportunidade de alcançar uma visão jurídica mais humanizada, dessa forma pode-se utilizar a afetividade como um meio de alcançar a solução pacífica para os familiares envolvidos no processo.

Convivência familiar : necessidades de novos conceitos

Oliveira, Daniela Bogado Bastos de
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
45.88%
Trata da análise jurídica de um caso de dupla paternidade (biológica e socioafetiva), objetivando demonstrar, à luz do direito civil constitucionalizado, a necessidade de se ampliar o conceito de família, bem como confirmar a força da paternidade socioafetiva. Examina as entidades familiares, o poder familiar, a (ir)revogabilidade da adoção, o direito de visita e o princípio da ponderação em consonância com o ordenamento jurídico e com a jurisprudência.

Abandono afetivo : considerações para a constituição da dignidade da pessoa humana

Angeluci, Cleber Affonso
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
56.01%
ACESSO RESTRITO: em respeito à Lei de Direitos Autorais, trata-se de documento de uso interno do STJ.; Afirma que atualmente ocorre maior preocupação com o afeto nas relações do Direito de Família, constituindo prova disso os casos de pedidos de indenização fundamentados na ausência de amor de um dos pais pelo filho. Analisa o instituto da guarda, em especial a guarda compartilhada, e o papel exercido por ela na estruturação da criança na moderna formação família.

Amor tem preço?

Angeluci, Cleber Affonso
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
45.87%
ACESSO RESTRITO: em respeito à Lei de Direitos Autorais, trata-se de documento de uso interno do STJ.; Analisa o caso em que o Superior Tribunal de Justiça decidiu, no julgamento do Recurso Especial n. 757.411-MG, pela impossibilidade de reparação por danos morais, configurada na ausência do pai no desenvolvimento do filho, negando-lhe a prestação afetiva. Aborda o poder familiar, afirmando que se caracteriza como poder-dever e deve ser efetivado por quem exerce a parentalidade no comando da família. Trata da dignidade humana e questiona o valor do amor.

Responsabilidade civil por abandono afetivo : a valoração do elo perdido ou não consentido

Schuh, Lizete Peixoto Xavier
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
56.01%
ACESSO RESTRITO: em respeito à Lei de Direitos Autorais, trata-se de documento de uso interno do STJ.; Aborda o direito de filiação e garantia à convivência familiar, o vínculo parental e o cumprimento de um dever moral, as relações socioafetivas e o efeito da busca da indenização pecuniária. Busca esclarecer como a tutela jurisdicional poderá tornar obrigatório o cumprimento de um dever moral, procurando evidenciar os efeitos da condenação da indenização pecuniária.

O princípio da afetividade no Estado democrático de direito

Rehbein, Milene Schlosser; Schirmer, Candisse
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
45.87%
Analisa o princípio da afetividade no Estado democrático de direito. Ressalta a evolução da sociedade, a origem, os novos costumes, bem como os novos valores. Explana sobre o afeto, sentimento necessário para que o sujeito encontre sua verdadeira felicidade. Examina a vinculação da afetividade com o princípio da dignidade da pessoa humana.

A tutela jurídica da afetividade : os laços humanos como valor jurídico na pós-modernidade

Santos, Romualdo Baptista dos
Fonte: Juruá Publicador: Juruá
Tipo: Livro
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.39%
Divulgação dos SUMÁRIOS das obras recentemente incorporadas ao acervo da Biblioteca Ministro Oscar Saraiva do STJ. Em respeito à lei de Direitos Autorais, não disponibilizamos a obra na íntegra. STJ00091578 34:159.942 S231t (2011)

A personalidade do juiz e a condução do processo

Khalil, Antoin Abou
Fonte: Ltr Publicador: Ltr
Tipo: Livro
PT_BR
Relevância na Pesquisa
35.94%
Divulgação dos SUMÁRIOS das obras recentemente incorporadas ao acervo da Biblioteca Ministro Oscar Saraiva do STJ. Em respeito à lei de Direitos Autorais, não disponibilizamos a obra na íntegra. STJ00094292 343.95(81) K45p (2012)

Abandono afetivo: valorização jurídica do afeto nas relações paterno-filiais

Karow, Aline Biasuz Suarez
Fonte: Juruá Publicador: Juruá
Tipo: Livro
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.19%
Divulgação dos SUMÁRIOS das obras recentemente incorporadas ao acervo da Biblioteca Ministro Oscar Saraiva do STJ. Em respeito à lei de Direitos Autorais, não disponibilizamos a obra na íntegra.; Localização na estante: 347.63(81) K18a.

O dano moral por abandono afetivo

Andrade, Daniela Patrícia dos Santos
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
35.99%

O abandono afetivo paterno-filial, violação do princípio da dignidade humana e a caracterização do dano moral

Araújo, Sanny Lara Lima Veríssimo
Fonte: Escola Judicial do Estado do Sergipe Publicador: Escola Judicial do Estado do Sergipe
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.1%

Comprometimento organizacional afetivo : um estudo na Câmara dos Deputados

Diniz, Regina Célia François
Fonte: Câmara dos Deputados do Brasil Publicador: Câmara dos Deputados do Brasil
Tipo: monografia, dissertação, tese
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.22%
Avalia o grau de comprometimento afetivo dos funcionários de alguns setores da Câmara dos Deputados, tendo por base uma pesquisa de campo com aplicação de questionário. Identifica os diferentes padrões de comprometimento, segundo os dados biográficos e funcionais dos servidores, e analisa em que medida o comportamento afetivo prevalece sobre os demais.; Monografia (especialização) -- Curso de Especialização em Desenvolvimento Gerencial, Universidade de Brasília, Departamento de Administração, 2001.

Adoção tardia : investigação sobre padrões de relacionamento familiar, comportamento escolar e social

Pereira, Cristina Lopes
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: 123f. : il. algumas color., tabs., grafs.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
36.07%
Orientadora: Profª Drª Natalia Dobrianskyj Weber; Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação. Defesa: Curitiba, 11/05/2014; Inclui referências; Resumo: Os estudos acadêmicos sobre adoção tardia são necessários para propiciar visibilidade a um tema que ainda é carente de pesquisas no Brasil e para a construção de conhecimento especializado que auxilie a prática de profissionais da psicologia e da educação que atuam com estas famílias. A presente pesquisa pretendeu descrever vivências de pais e filhos no ambiente escolar e investigar a percepção dos pais sobre a vinculação afetiva com o filho, a ocorrência de problemas de comportamento e como eles avaliam a própria competência no exercício das funções parentais. Esta pesquisa foi realizada com 50 pais que adotaram crianças a partir dos dois anos de idade e cujos filhos estão, atualmente, na faixa etária entre cinco e dezessete anos. Foi utilizada uma amostragem não-probabilística, constituída por conveniência. A composição do grupo de participantes foi realizada por meio do contato com grupos de apoio à adoção em sites de relacionamento e listas de discussão na internet sobre o tema. Os participantes responderam um questionário virtual contendo 40 questões sobre características dos pais...

Satisfação com o trabalho e comprometimento organizacional de novos servidores públicos: um estudo de caso na Receita Federal do Brasil

Abranches, Luiz Flaeschen
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
35.97%
Nos últimos anos o estudo do comportamento organizacional na Administração Pública ganhou espaço no Brasil. Contudo, poucos trabalhos focaram a administração pública direta federal e os efeitos do regime estatutário no comportamento dos servidores. Este trabalho propõe-se a jogar luz em um tema importante para a gestão de pessoas no setor público, a partir dos processos de formação das expectativas iniciais dos servidores e de socialização organizacional, e como eles influenciam na satisfação com o trabalho e no comprometimento organizacional. Para este estudo foram realizadas coletas de dados com 1093 novos servidores da Receita Federal do Brasil, nomeados para os cargos de Auditor-Fiscal e Analista-Tributário, que responderam a dois questionários: o primeiro no dia de ingresso no órgão e o segundo seis meses após a posse. Para a análise foram considerados apenas aqueles servidores que preencheram os dois questionários, totalizando 827 respostas. Os resultados indicam que tanto a satisfação com o trabalho quanto o comprometimento organizacional possuem significante correlação com o cumprimento do contrato psicológico pela RFB, na percepção dos servidores, e com o sucesso do processo de socialização quanto à tarefa e ao grupo de trabalho. Estes dados confirmam a importância de se implementar a prática de gerenciamento do contrato psicológico pela administração pública. Outros resultados secundários apontaram que aqueles que já eram servidores apresentam maior grau de socialização...

Adaptação e validação interna de duas escalas de empatia para uso no Brasil

Koller,Sílvia Helena; Camino,Cleonice; Ribeiro,J'aims
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Pontifícia Universidade Católica de Campinas Publicador: Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2001 PT
Relevância na Pesquisa
35.98%
O objetivo deste estudo foi adaptar e validar duas escalas de empatia para uso no Brasil. A Escala Multidimensional de Reatividade Interpessoal de Davis (EMRI) é uma medida de empatia (reatividade interpessoal) composta por três subescalas com sete itens cada, que avaliam componentes afetivo (CE), cognitivo (CG) e comportamental (CC). A Escala de Empatia para Crianças e Adolescentes de Bryant (EECA) é uma medida com 22 itens. Foram testados 320 adolescentes de 14 a 16 anos, de nível sócio-econômico alto e baixo, estudantes da segunda etapa do Ensino Fundamental (sétima série) e do Ensino Médio (primeira e segunda séries), de ambos os sexos, em escolas públicas e privadas de João Pessoa/PB e Porto Alegre/RS. Os escores de consistência interna de ambas as escalas (EMRI, alpha= 0,75; EECA, alpha= 0,74) e das três subescalas da EMRI (CA, alpha= 0,67; CG, alpha= 0,63; CP, alpha= 0,54) foram considerados satisfatórios e permitem recomendar a utilização das versões traduzidas para o Português por pesquisadores no Brasil. Foi calculada a validade convergente entre as escalas, obtendo correlação da EECA com os componentes afetivo, cognitivo e comportamental da EMRI.

Adolescência, comportamento sexual e fatores de risco à saúde

Assis,Simone Gonçalves de; Gomes,Romeu; Pires,Thiago de Oliveira
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36%
OBJETIVO : Analisar a relação entre comportamento sexual e fatores de risco à saúde física ou mental entre adolescentes. MÉTODOS : Estudo realizado com 3.195 escolares de 15 a 19 anos de idade, do segundo ano do ensino médio de escolas públicas e particulares das capitais de 10 estados do Brasil, em 2007-2008. Foi utilizada amostragem por conglomerados com multiestágio de seleção (escolas e alunos) em cada cidade e rede de ensino pública e particular. Foi aplicado questionário a todos os alunos selecionados, com os seguintes itens: dados socioeconômicos e demográficos; comportamento sexual; “transar” com pessoas do mesmo sexo, do sexo oposto ou de ambos os sexos; uso de bebida alcoólica e maconha; usar camisinha ao “transar”; presença de experiências sexuais traumáticas na infância ou adolescência; e ideação suicida. A análise incluiu descrição de frequências, teste de Qui-quadrado, análise de correspondência múltipla e de cluster. Foram analisadas qualitativamente, por análise dos conteúdos manifestos, as respostas a uma questão livre em que o adolescente expressou comentários gerais sobre si e sua vida. RESULTADOS : Cerca de 3...