Página 1 dos resultados de 1633 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

Competência profissional: a dimensão do saber-ser ético-profissional nas práticas de saúde das enfermeiras em Unidade Básica de Saúde; Professional Competence: The ethical Professional learn to be dimension on the health practices of nurses from Health Basic Units

Ribeiro, Maria Cecilia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/06/2009 PT
Relevância na Pesquisa
66.55%
A complexidade da dimensão do saber-ser ético-profissional reside na questão de lidar com elementos como emoção e subjetividade em relação aos conhecimentos e habilidades, para compreender a prática do cuidar, onde o que se valoriza é a objetividade e a racionalidade. Tendo como pressuposto que a competência profissional se expressa nas práticas desenvolvidas no cotidiano, um dos caminhos indicados para observá-la é a própria prática profissional. Assim, o desenvolvimento deste estudo buscou investigar como se expressa o saber-ser ético-profissional das enfermeiras nas práticas profissionais em uma unidade básica de saúde. Além disso, buscou conhecer as situações do cotidiano onde são identificados elementos relacionados a essa dimensão da competência profissional e também verificar a aplicabilidade dos marcadores do saber-ser ético-profissional estabelecidos para os auxiliares de enfermagem nas práticas das enfermeiras. Tratou-se de um estudo qualitativo e exploratório cujo marco teórico-metodológico foi o materialismo histórico e dialético. O método para interpretação dos discursos referenciou-se na análise de conteúdo, tendo a apresentação dos depoimentos seguido a proposta metodológica de Bourdieu. A análise dos dados teve como referencial os marcadores do saber-ser ético profissional dos auxiliares de enfermagem elaborados anteriormente. Compôs a fonte de material empírico o conjunto de quinze entrevistas semi-estruturadas realizadas com enfermeiras das unidades básicas de saúde. Os resultados explicitaram que: os valores emergentes das situações apresentadas pelas enfermeiras são similares aos dos auxiliares de enfermagem; os marcadores do saberser ético-profissional dos auxiliares de enfermagem apresentam potencialidade para representar o saber-ser ético-profissional das enfermeiras da unidade básica de saúde e; do total de oito marcadores...

Trabalho em equipe e competência profissional na Estratégia Saúde da Família: a percepção do cirurgião dentista; Team work and Professional competence in the Family Health Strategy: the surgeon dentists perceptions

Pinto, Carolina Carvalho Menez
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/10/2008 PT
Relevância na Pesquisa
66.28%
PINTO, C. C. M. Trabalho em equipe e competência profissional na Estratégia Saúde da Família: a percepção do cirurgião dentista. 2008. 121f. Dissertação (Mestrado em Saúde na Comunidade). Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP, Ribeirão Preto, 2008. A Saúde Bucal deve ser entendida como parte integrante e inseparável da saúde geral do indivíduo e que está relacionada com as condições de saneamento; alimentação; moradia; trabalho; educação; renda; transporte; lazer; liberdade; e acesso à terra, aos serviços de saúde e à informação (BRASIL, 1993). Um ator nesta história se torna primordial, o cirurgião dentista, responsável por proporcionar padrões adequados de saúde bucal para o conjunto da população de um país, de uma região, ou de uma localidade; procurando formular estratégias e linhas de ação que permitam a construção de uma saúde de base coletiva. Esta investigação tem por objetivo analisar a percepção do cirurgião dentista da equipe de saúde Bucal (ESB) sobre a Estratégia Saúde da Família (ESF) e a Saúde Bucal; com enfoques no trabalho em equipe e nas suas competências na ESF. Constitui-se em um estudo descritivo exploratório com abordagem qualitativa dos dados. Para a coleta dos dados foi utilizada a entrevista semi-estruturada com os 10 cirurgiões dentistas que trabalham na equipe de saúde bucal da ESF do município de Ribeirão Preto. As entrevistas gravadas e transcritas na íntegra. Para interpretação dos dados nos baseamos na análise de conteúdo preconizada por BARDIN (1977). Com relação aos resultados da caracterização do sujeito...

Competências profissionais em educação física. Relação entre os fatores de personalidade (e suas facetas) e a competência profissional percebida em professores de academias de ginástica.; Professional Competences in the Physical Education Area: relationship between the personality traits (and their facets) and the perceived professional competence in health club instructors

Jabur, Marcelo Nogueira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/04/2011 PT
Relevância na Pesquisa
66.55%
O conhecimento dos fatores que tornam o profissional e em conseqüência, a empresa competentes, é essencial para que se escolham as alternativas mais adequadas para contratar e desenvolver os profissionais de acordo com os comportamentos desejados. O professor de Educação Física, antes um trabalhador pouco exigido com relação à postura e conhecimentos técnicos, é hoje, frequentemente, alvo de avaliações por parte dos gestores das academias e clubes esportivos, dos pares que desenvolvem funções semelhantes, de clientes que buscam fazer comparações para a escolha dos melhores profissionais e da sociedade que através da mídia tem acesso aos principais critérios no processo de definição da melhor academia e dos melhores professores para seu programa de exercícios físicos. O propósito desse estudo foi verificar relações entre os atributos de personalidade (e suas facetas) avaliados pelo inventário de personalidade fundamentado na Teoria dos Cinco Fatores (NEO PI-R) e a competência profissional percebida pelos professores de Educação Física que atuam em academias de ginástica, no que ser refere aos componentes "conhecimento e habilidade". A amostra foi constituída por 64 professores de Educação Física (25 do sexo feminino e 39 do sexo masculino)...

A competência profissional do educador e sua dimensão ética

Boska, Luziane
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: ii, 94 f.| grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
56.38%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção.; O presente trabalho tem como objetivo a pesquisa e a análise dos aspectos que se referem à competência profissional do educador e sua dimensão ética e deve-se à necessidade de estudos e reflexões sobre os fundamentos éticos que norteiam a prática destes profissionais no contexto escolar. Sob o princípio de ser o setor de serviços educacionais vital no desenvolvimento de todas as nações e da espécie humana, esta dissertação motiva-se na ênfase que o Brasil está dando a esta área; no investimento de grandes empresas na área educacional; na mudança do relacionamento entre mercado e instituições educacionais particulares; no crescimento do setor e na busca pela maior profissionalização nas administrações destas instituições. Motiva-se também na possibilidade de reverter a desvalorização crescente que a profissão vem sofrendo no decorrer dos últimos anos. Neste sentido, são investigados os fundamentos éticos que norteiam a prática dos profissionais da educação no contexto escolar, realizando-se uma revisão bibliográfica sobre o tema. Esse referencial embasa a práxis...

Requisitos e expectativas na construção da competência profissional para ensinar LE

Santos, Pedro Saraiva dos
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
66.58%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Línguas Estrangeiras e Tradução, 2005.; O conceito de competência tem sido muito estudado e difundido nas últimas décadas. Como termo, já era conhecido na Idade Média, aplicado à área do direito. O lingüista americano Noam Chomsky empregou-o, em 1955, associado ao ensino e aprendizagem de línguas. Na Lingüística Aplicada, no Brasil, o conceito foi repotencializado na área de formação de professores, por Almeida Filho (1993, 1999), ao propor um modelo com cinco competências mínimas para o professor de língua estrangeira: a implícita, a lingüístico-comunicativa, a teórica, a aplicada e a profissional. Como cada uma das competências citadas já foi pesquisada individualmente, este trabalho está fechando um ciclo de estudos individuais das competências do professor de LE. Trata-se de uma pesquisa exploratória do tipo qualitativo e os instrumentos de pesquisa empregados foram um questionário e uma entrevista, e seu objetivo geral foi estabelecer a configuração da competência profissional (CP) de dois professores de LE da escola pública do DF. A triangulação foi obtida pela análise documental dos diários de classe dos sujeitos da pesquisa (P1 e P2). A descrição dos elementos constituintes desta competência...

Estratégias pedagógicas para o desenvolvimento da competência ético-política na formação inicial em Enfermagem

Burgatti,Juliane Cristina; Leonello,Valéria Marli; Bracialli,Luzmarina Aparecida Doretto; Oliveira,Maria Amélia de Campos
Fonte: Associação Brasileira de Enfermagem Publicador: Associação Brasileira de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
56.41%
Este estudo apresenta uma reflexão teórica que objetiva evidenciar estratégias pedagógicas para o desenvolvimento da dimensão ético-política da competência profissional sob a perspectiva da reflexão crítica. A competência profissional possui dupla dimensão - técnica e política, mediada pela ética. A reflexão crítica busca renovar formas de pensar e fazer em saúde, tendo como finalidade última a intervenção na realidade social, para aprimorar as condições de vida e saúde das coletividades. Destacam-se alguns instrumentos educacionais como o portfólio, o diário de campo e as narrativas escritas, que permitem produzir um relato claro e objetivo da experiência e atribuir sentido e significado ao que foi realizado. Calcados na reflexão crítica, tais instrumentos favorecem o desenvolvimento dimensão ético-política da competência profissional.

Competência profissional e assistência em anticoncepção

Moura,Escolástica Rejane Ferreira; Silva,Raimunda Magalhães da
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2005 PT
Relevância na Pesquisa
66.33%
OBJETIVO: Avaliar a competência técnica de profissionais que atuam no cuidado em anticoncepção. MÉTODOS: Realizou-se pesquisa do tipo avaliativa, na área da saúde, em oito municípios do Estado do Ceará, de julho a setembro de 2003. Os dados foram coletados mediante entrevistas com 29 enfermeiros e 50 usuários do Programa Saúde da Família e observações feitas nas unidades de saúde. RESULTADOS: A maioria dos enfermeiros havia participado de alguma capacitação sobre anticoncepção e normas técnicas. No entanto, foi relatada a existência de barreiras profissionais pelos enfermeiros e outras foram identificadas pelos usuários, os quais mostraram a necessidade de melhor capacitação dos profissionais que atuam nessa área. Os enfermeiros reconheceram dificuldades, tanto na comunicação e informação quanto técnicas, no manejo dos anticoncepcionais. CONCLUSÕES: Há lacunas na competência profissional em anticoncepção que associadas a falta de sistematização do trabalho em equipe, geram distorções na qualidade da atenção. O trabalho em equipe foi caracterizado pela indefinição de atribuições e tarefas dos seus membros.

Percepções de enfermeiras obstétricas sobre sua competência na atenção ao parto normal hospitalar

Rabelo,Leila Regina; Oliveira,Dora Lúcia de
Fonte: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2010 PT
Relevância na Pesquisa
56.39%
Investiga-se a percepção de enfermeiras obstétricas sobre sua competência na atenção ao parto normal (PN) hospitalar. Os dados foram coletados em pesquisa qualitativa, através de entrevistas individuais semi-estruturadas, realizadas em um hospital universitário de Porto Alegre, e submetidos à análise de conteúdo. A análise foi embasada nos referenciais que definem competência profissional como a capacidade de mobilizar diferentes conhecimentos, dependendo dos problemas da prática a resolver. Para as entrevistadas, a competência para atender o PN hospitalar é multidimensional, embora tenham enfatizado sua dimensão técnica. Essa ênfase é justificada pela insegurança resultante da falta de espaço para realizarem este atendimento, em função de disputas com médicos e deficiências na formação. O desejo de serem competentes no atendimento ao PN não se traduz, porém, na consciência das suas responsabilidades na transformação deste cenário. Isso sugere que, para agir nesta direção, seria necessário, não só desenvolver competência técnica, mas também ético-política.

A competência profissional como tema de pesquisa

Meghnagi,Saul
Fonte: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes Publicador: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/1998 PT
Relevância na Pesquisa
56.41%
Este artigo faz uma reflexão sobre a competência profissional enfocando várias dimensões. Partindo das transformações que estão ocorrendo no sistema produtivo, no mercado e na organização do trabalho e das mudanças sobre e na distribuição dos tempos de vida e sua conexão com os sistemas de tutela, a reflexão aponta para as redefinição e ressignificação da noção de trabalho assalariado (em tempo integral) e para o crescimento da ocupação que possui um caráter normativo diferenciado em relação ao passado. Sendo assim, aponta para a necessidade de se apreender a noção de competência profissional à luz de quadros de referência ancorados no estudo destas transformações mais globais, de natureza social, econômica, cultural e política. No conjunto, pretende mostrar que é falsa a alternativa entre flexibilização e especialização, e a importância em se redefinir a educação profissional a partir de uma perspectiva que estabeleça vínculos entre pesquisa, experimentação e negociação entre os protagonistas sociais.

Competência profissional: a construção de conceitos, estratégias desenvolvidas pelos serviços de saúde e implicações para a enfermagem

Camelo,Silvia Helena Henriques; Angerami,Emília Luigi Saporiti
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós Graduação em Enfermagem Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós Graduação em Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2013 PT
Relevância na Pesquisa
66.49%
Este estudo teve como objetivo identificar e analisar a produção científica sobre a temática de competência profissional, as estratégias das instituições de saúde para o seu desenvolvimento e implicações para enfermagem. Trata-se de revisão integrativa e a estratégia de busca foi a consulta às bases eletrônicas MEDLINE, LILACS e SciELO. A coleta foi realizada entre os meses de outubro a dezembro de 2010 e os artigos selecionados estão em português e inglês, totalizando 23 publicações. A análise temática dos dados possibilitou a construção de três categorias: Os significados do conceito de competência profissional; Estratégias para desenvolver a competência profissional; e Implicações para a enfermagem. Constatou-se a predominância do conceito de competência profissional a partir de seus elementos constitutivos, ou seja, de conhecimentos, habilidades e atitudes; estratégias educacionais e programas de treinamento para a formação de competências como ações da gerência; e na enfermagem, o desafio de formar profissionais competentes e compromissados.

Representações dos profissionais do desporto acerca do conceito de competência profissional

Batista,Paula Maria Fazendeiro; Matos,Zélia Maria Roque Pinto; Mesquita,Isabel Maria Ribeiro; Graça,Amândio Braga dos Santos
Fonte: Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo Publicador: Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 PT
Relevância na Pesquisa
56.54%
O campo de intervenção do profissional do desporto tem vindo a alargar-se e, concomitantemente, a complexificar-se. As ocupações tradicionais adstritas ao ensino e ao treino sofreram metamorfoses, aumentando as dificuldades de conceitualização de competência profissional. Neste estudo, procura-se identificar o conceito que os profissionais do desporto denotam de profissional competente, na persecução da identificação de um mapa conceitual transversal às quatro áreas ocupacionais consideradas: Educação Física, Treino, Atividade Física Adaptada e "Fitness". Foram entrevistados 120 profissionais (30 de cada área ocupacional) sobre o conceito de competência e de profissional competente. Na análise dos dados, utilizaram-se procedimentos de análise de conteúdo. Os resultados são ilustrativos da frágil conceitualização que ainda caracteriza o campo do profissional do desporto. Identificam-se, contudo, traços comuns que apontam para a busca de uma unidade identitária centrada na competência de conhecimento e ética coadjuvada pela competência pessoal e social em estreita articulação com a competência funcional, sendo que as metacompetências e a motivação são fatores valorizados, os quais assumem a função de sustentação da competência profissional.

Profissionalidade docente: um estudo sobre as representações sociais de competência para ensinar matemática de professores brasileiros e franceses

Espíndola, Elisângela Bastos de Melo; Maia, Lícia de Souza Leão (Orientadora); Trouche, Trouche (Orientador francês); Trgalova, Jana (Co-orientadora francesa)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Tese de Doutorado
BR
Relevância na Pesquisa
56.37%
O objetivo deste trabalho é analisar as representações sociais de competência para ensinar matemática de professores brasileiros e franceses e como elas interferem na prática docente. Partimos do pressuposto que a profissionalidade docente, em particular em matemática, é influenciada pelas representações sociais que os professores possuem de sua competência profissional engendradas nas práticas de seus contextos sociais específicos e elas funcionam como guias de conduta no desenvolvimento das ações dos professores em sala de aula e também fora dela (nas atividades de preparação do ensino). No decorrer de nosso estudo tecemos algumas considerações sobre a relação entre “profissionalidade, ofício e profissão” e “profissionalidade, qualificação e competência” a fim de melhor cotejarmos a identificação das competências profissionais docentes no campo empírico e no campo das prescrições institucionais. Especificamente, sobre a noção de competência ressaltamos o papel do contexto social e dos recursos mobilizáveis em suas diferentes dimensões (cognitiva, afetivo-motivacional, ético-política e social). Para o desenvolvimento metodológico da pesquisa tomamos como referência a abordagem psicossocial da Teoria das Representações Sociais desenvolvida por Serge Moscovici e a Teoria do Núcleo Central de Jean-Claude Abric. Inicialmente...

Determinação social da saúde e as dimensões da competência profissional de assistentes sociais de Porto Alegre

Ramon, Gisele Selistre
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
66.39%
A presente pesquisa objetiva identificar como é realizada, na pratica cotidiana dos Assistentes Sociais que atuam na Política de Saúde no Município de Porto Alegre, a intervenção nas expressões dos Determinantes Sociais da Saúde. A análise parte do pressuposto da utilização das Dimensões Constitutivas da Competência Profissional (dimensão técnico-operativa, dimensão ético-política e dimensão teórico-metodológica) para realizar a análise desta intervenção. A escolha dos sujeitos deu-se a partir da divisão dos eixos de atuação dos Assistentes Sociais na Política de Saúde estabelecida pelo CFESS (2010) que são: a) atendimento direto com os usuários; b) mobilização, participação e controle social; c) investigação, planejamento e gestão; d) assessoria, qualificação e formação profissional. Foi elencado um (01) profissional de cada eixo de atuação para realização de entrevista de pesquisa. Por tratar-se de pesquisa qualitativa, o interesse principal encontra-se no conteúdo estabelecido nas falas dos sujeitos e não no número de entrevistas realizadas.A dissertação de mestrado é organizada a fim de conceituar os marcos históricos do desenvolvimento da Política de Saúde brasileira, as relações de trabalho estabelecidas na sociedade capitalista...

Perfil de competência profissional do enfermeiro em emergências

Holanda,Flávia Lilalva de; Marra,Celina Castagnari; Cunha,Isabel Cristina Kowal Olm
Fonte: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo Publicador: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2015 PT
Relevância na Pesquisa
66.47%
Objetivo Propor o Perfil de Competência profissional do enfermeiro em emergências.Métodos Estudo descritivo exploratório balizado por uma Matriz de Competência brasileira, alinhado às tendências do mercado, às particularidades da Enfermagem em emergências, a estudos existentes e a opinião de experts que consideraram se as ações eram próprias ao desempenho competente do enfermeiro na área considerada.Resultados A partir das Competências Básicas e respectivas Competências Associadas indicadas na Matriz houve a descrição de 56 atitudes/comportamentos representadas por ações capazes de identificar o desempenho competente do enfermeiro em emergências. Estas atitudes/comportamentos, designadas de Questões Identificadoras, geraram o Perfil de Competência desse profissional avaliado como apropriado por enfermeiros.Conclusão O Perfil de Competência a ser expresso pelos enfermeiros que atuam em serviços de emergência permite descrever o seu nível de competência e contribui para que eles atinjam a excelência desejada mostrando uma prática de alto nível. A etapa da psicometria está relacionada com a avaliação de comportamentos e aponta os princípios que devem ser observados em relação aos procedimentos teóricos.

Representações dos profissionais do desporto acerca do conceito de competência profissional; Representations of the sport workers over the concept of professional competence

Batista, Paula Maria Fazendeiro; Matos, Zélia Maria Roque Pinto; Mesquita, Isabel Maria Ribeiro; Graça, Amândio Braga dos Santos
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2011 POR
Relevância na Pesquisa
56.54%
O campo de intervenção do profissional do desporto tem vindo a alargar-se e, concomitantemente, a complexificar-se. As ocupações tradicionais adstritas ao ensino e ao treino sofreram metamorfoses, aumentando as dificuldades de conceitualização de competência profissional. Neste estudo, procura-se identificar o conceito que os profissionais do desporto denotam de profissional competente, na persecução da identificação de um mapa conceitual transversal às quatro áreas ocupacionais consideradas: Educação Física, Treino, Atividade Física Adaptada e "Fitness". Foram entrevistados 120 profissionais (30 de cada área ocupacional) sobre o conceito de competência e de profissional competente. Na análise dos dados, utilizaram-se procedimentos de análise de conteúdo. Os resultados são ilustrativos da frágil conceitualização que ainda caracteriza o campo do profissional do desporto. Identificam-se, contudo, traços comuns que apontam para a busca de uma unidade identitária centrada na competência de conhecimento e ética coadjuvada pela competência pessoal e social em estreita articulação com a competência funcional, sendo que as metacompetências e a motivação são fatores valorizados, os quais assumem a função de sustentação da competência profissional.; The intervention field of the sports professional has become broader and more complex. Traditional occupations related to education and coaching have transformed and increased...

Percepções de enfermeiras obstétricas sobre sua competência na atenção ao parto normal hospitalar; Percepciones de enfermeras obstétricas sobre su competencia en la atención del parto normal hospitalario; Obstetrical nurses' perceptions of their competence in assisting hospital delivery

Rabelo, Leila Regina; Oliveira, Dora Lúcia de
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/03/2010 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
56.47%
Investiga-se a percepção de enfermeiras obstétricas sobre sua competência na atenção ao parto normal (PN) hospitalar. Os dados foram coletados em pesquisa qualitativa, através de entrevistas individuais semi-estruturadas, realizadas em um hospital universitário de Porto Alegre, e submetidos à análise de conteúdo. A análise foi embasada nos referenciais que definem competência profissional como a capacidade de mobilizar diferentes conhecimentos, dependendo dos problemas da prática a resolver. Para as entrevistadas, a competência para atender o PN hospitalar é multidimensional, embora tenham enfatizado sua dimensão técnica. Essa ênfase é justificada pela insegurança resultante da falta de espaço para realizarem este atendimento, em função de disputas com médicos e deficiências na formação. O desejo de serem competentes no atendimento ao PN não se traduz, porém, na consciência das suas responsabilidades na transformação deste cenário. Isso sugere que, para agir nesta direção, seria necessário, não só desenvolver competência técnica, mas também ético-política.; Se investiga la percepción de enfermeras obstétricas sobre su competencia en la atención del parto normal (PN) hospitalario. Los datos fueron recolectados en investigación cualitativa...

Competência profissional e assistência em anticoncepção; Professional competence and contraceptive care

Moura, Escolástica Rejane Ferreira; Silva, Raimunda Magalhães da
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/10/2005 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
66.33%
OBJETIVO: Avaliar a competência técnica de profissionais que atuam no cuidado em anticoncepção. MÉTODOS: Realizou-se pesquisa do tipo avaliativa, na área da saúde, em oito municípios do Estado do Ceará, de julho a setembro de 2003. Os dados foram coletados mediante entrevistas com 29 enfermeiros e 50 usuários do Programa Saúde da Família e observações feitas nas unidades de saúde. RESULTADOS: A maioria dos enfermeiros havia participado de alguma capacitação sobre anticoncepção e normas técnicas. No entanto, foi relatada a existência de barreiras profissionais pelos enfermeiros e outras foram identificadas pelos usuários, os quais mostraram a necessidade de melhor capacitação dos profissionais que atuam nessa área. Os enfermeiros reconheceram dificuldades, tanto na comunicação e informação quanto técnicas, no manejo dos anticoncepcionais. CONCLUSÕES: Há lacunas na competência profissional em anticoncepção que associadas a falta de sistematização do trabalho em equipe, geram distorções na qualidade da atenção. O trabalho em equipe foi caracterizado pela indefinição de atribuições e tarefas dos seus membros.; OBJECTIVE: To evaluate the technical competence of professionals carrying out activities related to contraceptive care. METHODS: Evaluative research in the field of health was conducted in eight districts of the State of Ceara from July to September 2003. Data was collected by means of interviews with 29 nurses working in the Family Health Care Program within these districts and 50 people being attended by this program. Observations of the Family Health Care Units were a complementary source of data within this study. RESULTS: The majority of nurses had received some form of training regarding contraception and the technical norms regulating their use. However...

Competência profissional do enfermeiro para atuar em Unidades de Terapia Intensiva: uma revisão integrativa; Competencias profesionales de los enfermeros para trabajar en Unidades de Cuidados Intensivos: una revisión integradora; Professional competences of nurse to work in Intensive Care Units: an integrative review

Camelo, Silvia Helena Henriques
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/02/2012 ENG; POR; SPA
Relevância na Pesquisa
56.28%
Este estudo teve como objetivo analisar as competências profissionais dos enfermeiros em Unidades de Terapia Intensiva (UTI). Utilizou-se o método de revisão integrativa, e a coleta de dados foi realizada nas bases de dados LILACS, SciELO, BDENF, nos meses de agosto a outubro de 2011. Foram identificados 10 artigos, publicados nos últimos 12 anos, e o agrupamento dos dados possibilitou a construção de unidades temáticas relacionadas às competências dos enfermeiros: gerenciar o cuidado de enfermagem, executar o cuidado de enfermagem de maior complexidade, tomada de decisão, liderança, comunicação, educação continuada/permanente, gerenciamento de recursos humanos e de recursos materiais. As competências profissionais identificadas podem oferecer subsídios para traçar diretrizes para a construção do perfil do enfermeiro que atua em unidades de terapia intensiva e impulsionar/mobilizar as práticas de cuidado por esse profissional.; Este estudio tuvo como objetivo identificar y analizar las competencias de las enfermeras para actuar en Unidades de Cuidados Intensivos-UCI. Se utilizó el método de revisión integradora, y la recolección de datos se realizó a través de la base de datos LILACS, SciELO BDENF, entre agosto y octubre de 2010. Se identificaron 10 artículos...

Perception of professional competence of Brazilian college coaches; Percepção de competência profissional de treinadores universitários brasileiros

Egerland, Ema Maria; Universidade Regional de Blumenau. Curso de Educação Física. Blumenau, SC. Brasil.; Salles, William das Neves; Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Desportos. Núcleo de Pesquisa em Pedagogia do Esporte. Florianópolis
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; "Avaliado por Pares",; Descriptive; Avaliado por Pares; Descritiva Formato: application/pdf
Publicado em 27/05/2014 ENG
Relevância na Pesquisa
66.45%
DOI: http://dx.doi.org/10.5007/1980-0037.2014v16n4p437 The aim of this study was to analyze the perceived level of professional competence of Brazilian college coaches, considering the type of sports discipline and professional development cycles. The target population consisted of 92 sport coaches of both genders from various regions of Brazil, who worked in team or individual sports. An adapted version of the Self-Perception of Competence Scale was used for data collection. Statistical analysis was performed by Chi-squared and Fisher’s exact tests, adopting a level of significance of 5%. The coaches perceived themselves as competent in knowledge on the theory and methodology of sports training and sports biodynamics, as well as in the skills of sports planning and management. On the other hand, the coaches perceived fragility of knowledge on sports management and legislation. With respect to professional development cycles, more experienced coaches perceived themselves as more competent than those with a shorter coaching experience. When coaches of individual and team sports were compared, a significant difference (p = 0.04) was only observed for knowledge on sports management and legislation, with coaches of team sports perceiving themselves as more competent. Further studies are needed to improve the basic and continuing education of Brazilian sport coaches...

Competência profissional e assistência em anticoncepção

Moura,Escolástica Rejane Ferreira; Silva,Raimunda Magalhães da
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2005 PT
Relevância na Pesquisa
66.33%
OBJETIVO: Avaliar a competência técnica de profissionais que atuam no cuidado em anticoncepção. MÉTODOS: Realizou-se pesquisa do tipo avaliativa, na área da saúde, em oito municípios do Estado do Ceará, de julho a setembro de 2003. Os dados foram coletados mediante entrevistas com 29 enfermeiros e 50 usuários do Programa Saúde da Família e observações feitas nas unidades de saúde. RESULTADOS: A maioria dos enfermeiros havia participado de alguma capacitação sobre anticoncepção e normas técnicas. No entanto, foi relatada a existência de barreiras profissionais pelos enfermeiros e outras foram identificadas pelos usuários, os quais mostraram a necessidade de melhor capacitação dos profissionais que atuam nessa área. Os enfermeiros reconheceram dificuldades, tanto na comunicação e informação quanto técnicas, no manejo dos anticoncepcionais. CONCLUSÕES: Há lacunas na competência profissional em anticoncepção que associadas a falta de sistematização do trabalho em equipe, geram distorções na qualidade da atenção. O trabalho em equipe foi caracterizado pela indefinição de atribuições e tarefas dos seus membros.