Página 1 dos resultados de 1136 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Correlação das imagens da ressonância magnética e observação intra operatória nas lesões traumáticas da coluna vertebral; Correlation of MRI imaging and intraoperative observation after spinal trauma; Correlación de las imágenes de resonancia magnética y observación intraoperatoria en las lesiones traumáticas de la columna vertebral

Marin, Anderson Gomes; Herrero, Carlos Fernando da Silva; Nogueira-Barbosa, Marcello Henrique; Simão, Marcelo Novelino; Defino, Helton Luiz Aparecido
Fonte: Sociedade Brasileira de Coluna Publicador: Sociedade Brasileira de Coluna
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
76.91%
OBJETIVO: Avaliar a acurácia e a reprodutibilidade das imagens da ressonância magnética (RM) nas lesões ligamentares traumáticas da coluna vertebral. MÉTODOS: Estudo retrospectivo para avaliação das imagens da RM de 32 pacientes com lesões traumáticas da coluna vertebral submetidos a tratamento cirúrgico. A avaliação das lesões do complexo ligamentar posterior (CLP) por imagens da RM foi realizada independentemente por dois radiologistas. Um grupo de pacientes tinha exames com inclusão de sequência com supressão de gordura sensível ao líquido (STIR ou SPAIR T2), além das imagens de rotina e no outro grupo os exames de RM não incluíam imagens com a supressão da gordura. As avaliações dos exames de imagem foram comparadas com as observações obtidas durante o ato cirúrgico. Foi realizada a analise de reprodutibilidade intra e interobservador entre os dois radiologistas pelo cálculo do coeficiente Kappa. RESULTADOS: Foi observada lesão do CLP em 21/32 pacientes. De forma geral a sensibilidade da RM para lesões do CLP variou entre 88,9% a 100% e a especificidade entre 0 e 50%. A concordância entre a avaliação dos radiologistas foi maior nos exames de ressonância magnética sem a supressão da gordura (Κ=0...

Desenvolvimento e validação de uma ferramenta computacional para mensuração das curvaturas da coluna vertebral.; Development and validation of computational tool for measuring of curves of the spine

Suaide, André Luis Alarcon do Passo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/11/2008 PT
Relevância na Pesquisa
66.95%
A coluna vertebral desempenha um papel importante no dia a dia oferecendo suporte necessário à movimentação do tronco além da locomoção do ser humano, sendo o seu funcionamento diretamente relacionado com a qualidade de vida; sua disposição e articulação das vértebras proporcionam estabilidade e flexibilidade à coluna vertebral, atributos necessários para o equilíbrio do ser humano. A hipercifose torácica, hiperlordose lombar e escoliose são as patologias posturais mais comuns e podem ser diagnosticadas pela mensuração do ângulo da curvatura da coluna vertebral. Comumente a radiografia é utilizada como método para a mensuração de tais ângulos, porém, além de ser um método caro, é altamente invasivo por causa da exposição à radiação, por isso não é aconselhado praticá-lo muitas vezes, sendo o acompanhamento do tratamento difícil de ser feito. Há diversos métodos não invasivos, porém não combinam praticidade, baixo custo e análise tridimensional da curvatura, sendo eficazes em mensurar apenas a coluna no plano sagital. Por esses motivos, para o uso clínico, o profissional de saúde necessita de um método barato, confiável, prático, que atenda suas necessidades e não invasivo para a mensuração da curvatura da coluna vertebral. O objetivo desse trabalho foi desenvolver e validar com a Cinemetria composto de cinco câmeras infravermelhas uma ferramenta computacional (LoB Analytics) para mensurar esse ângulos...

Desenvolvimento de um sistema para avaliação dos desvios da coluna vertebral em três dimensões- Spine3D; Development of a new three-dimensional system for evaluating spine deformities - Spine3D

Burke, Thomaz Nogueira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 21/05/2013 PT
Relevância na Pesquisa
66.93%
Introdução: Escoliose é definida como um complexo desalinhamento tridimensional da coluna vertebral na qual há o aparecimento de uma curvatura lateral no plano coronal, normalmente associada com o aplanamento das curvaturas no plano sagital e rotação vertebral em seu eixo longitudinal. O padrão ouro para seu diagnóstico e monitoramento é a medida radiográfica pelo ângulo de Cobb, que possui como principais desvantagens o fato de não avaliar as curvas em três dimensões e expor os pacientes, principalmente os que estão em fase de crescimento, a consideráveis doses de radiação. Objetivo: Esta pesquisa teve como objetivo principal o desenvolvimento de um sistema de avaliação e representação da coluna vertebral em três dimensões, capaz de possibilitar ao usuário a análise quantitativa dos desvios da coluna vertebral nos planos coronal, sagital e transverso. São objetivos secundários estimar a precisão e a exatidão do sistema proposto, e avaliar a sua aplicabilidade a partir de um estudo de caso. Métodos: O Sistema desenvolvido, denominado de Spine 3D, é baseado no uso do controle de videogame Wiimote para rastrear LEDs infravermelhos que compõe um marcador multiplanar em uma cena, e tem como objetivo reconstruir em um ambiente 3D a pose das vértebras torácicas e lombares e...

Desenvolvimento de um transdutor de deslocamentos para a avaliação biomecânica in vitro da coluna vertebral humana

Carvalho, Juliana Martins de
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 159 p.| il., tabs., grafs.
POR
Relevância na Pesquisa
66.93%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica, Florianópolis, 2013.; Doenças degenerativas da coluna são problemas clínicos frequentemente associados a alterações morfológicas ou disfunções mecânicas da coluna. Várias medições in vitro e in vivo da cinemática da coluna vertebral humana têm sido realizadas na tentativa de quantificar o movimento vertebral de modo que as alterações morfológicas que produzem ou acompanham as desordens na coluna possam ser compreendidas. Mediante a aplicação de carregamentos fisiológicos simulados, estes ensaios biomecânicos in vitro buscam medir o comportamento da coluna na situação normal ou fisiológica, na situação patológica e na situação tratada com implantes ou próteses, para planejar a abordagem cirúrgica mais apropriada e/ou auxiliar no projeto de novos implantes. Neste contexto, o objetivo deste trabalho foi desenvolver um transdutor que possibilite mensurar, em ensaios biomecânicos in vitro, os movimentos relativos entre segmentos adjacentes da coluna vertebral humana. Para essa aplicação, foi desenvolvido um transdutor e um dispositivo mecânico de calibração de movimentos em cada um dos seis graus de liberdade: três translações e três rotações nos eixos ortogonais. O transdutor de deslocamentos desenvolvido é baseado em strain-gages e possui seis clip-gages distribuídos em sua estrutura. O dispositivo de calibração desenvolvido permite aplicar...

Perfil da equipe de enfermagem acometida por algias na coluna vertebral na rede pública do município de Cacoal no Estado de Rondônia

Barbosa, Fabrício Almeida
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.99%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2007.; Os problemas osteomusculares relacionados ao trabalho têm demonstrado uma importância crescente grande no âmbito de saúde pública, sendo a segunda causa de afastamento no trabalho no Brasil e responsável por 80% dos benefícios por auxilio acidente e aposentadoria pelo INSS. Na equipe de enfermagem nota-se seu acometimento nas diversas regiões da coluna vertebral em decorrência do grande utilização do corpo durante as atividades de trabalho. Com objetivo de melhor identificar a importância deste problema na equipe de enfermagem no município de Cacoal estado de Rondônia realizamos um estudo descritivo para identificar o perfil da equipe de enfermagem dos hospitais da rede pública, acometida por algias na coluna vertebral nos últimos doze meses. A amostra constituiu-se de 69 rofissionais de enfermagem que trabalhavam nos dois hospitais da rede pública de Cacoal. Foi utilizado o preenchimento de um questionário, a toda equipe de enfermagem que se propuseram em colaborar com a pesquisa. Foi observado que 85,5% dos pesquisados apresentaram alguma algia na coluna vertebral nos últimos doze meses. A região topográfica da coluna vertebral mais acometida foi à coluna lombar com 44%.Nos últimos doze meses essa algias se tornaram presentes mais de dez vezes em 42% dos pesquisados...

Modelo matemático da coluna vertebral

França, Carla Sofia Craveiro
Fonte: Universidade Nova de Lisboa Publicador: Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
66.96%
A investigação sobre um modelo que representasse globalmente a coluna vertebral surgiu com base no desenvolvimento de um aparelho de medição semi-automática da posição dos vértices das apófises espinhosas, o Métrica Vertebral. O modelo desenvolvido admite que a coluna vertebral pode ser representada por um sistema de massas e molas interligadas entre si. O princípio fundamental deste modelo considera que a disposição real da coluna vertebral (isto é, os centros geométricos e as inclinações dos corpos) no plano sagital pode ser determinada pela minimização da energia total elástica do sistema, e conhecendo a posição dos vértices das apófises espinhosas. Construiu-se graficamente a coluna vertebral em ambiente Matlab, utilizando o dimensionamento anatómico encontrado na literatura. Também se desenvolveu a interface gráfica do Métrica Vertebral para o profissional de saúde. Validou-se o modelo matemático num indivíduo sem patologia associada. Verificou-se que as inclinações e as coordenadas dos centros vertebrais obtidas foram muito próximas das reais ao fixar-se a inclinação do sacro à inclinação média estimada para um indivíduo sem patologia associada (42.46º). Também se fizeram testes em indivíduos medidos pelo Métrica Vertebral. No geral...

Fratura na coluna vertebral por mieloma múltiplo: correlação entre sobrevida e índices de Tomita e Tokuhashi

Avanzi,Osmar; Landim,Elcio; Meves,Robert; Caffaro,Maria Fernanda Silber; Lima,Marcos Vaz de
Fonte: Sociedade Brasileira de Coluna Publicador: Sociedade Brasileira de Coluna
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2009 PT
Relevância na Pesquisa
76.79%
OBJETIVO: o mieloma múltiplo (MM) é a neoplasia óssea primária mais freqüente na coluna vertebral. Em razão da grande morbi-mortalidade destas lesões, discute-se qual o melhor tratamento nestes pacientes. Na prática, observamos similaridade das opções de tratamento entre os pacientes portadores de metástases ósseas e MM. Os índices de sobrevida de Tomita e Tokuhashi são utilizados com o intuito de auxiliar na escolha do tratamento nos portadores de metástases. Faltam estudos sobre a aplicabilidade destes índices em pacientes portadores de MM. Neste trabalho vamos avaliar a aplicabilidade dos índices de Tomita e Tokuhashi nos pacientes portadores de MM e lesão vertebral. MÉTODOS: estudo retrospectivo mediante avaliação de prontuários e radiografias de portadores de MM por meio da aplicação dos critérios de Tomita e Tokuhashi. RESULTADOS: em um ano, 19 (63,3%) estavam vivos, em dois anos 13 (43,3%) e em cinco anos quatro (13,3%) pacientes estavam vivos. Não houve correlação entre os índices (Tomita e Tokuhashi) e a taxa de sobrevida nestes pacientes (p= 0,2255). CONCLUSÃO: há necessidade de adaptação dos índices de Tomita e Tokuhashi para apresentarem aplicabilidade nos portadores de MM na coluna.

Avaliação clínica e funcional no pré-operatório de doenças degenerativas da coluna vertebral

Falavigna,Asdrubal; Righesso Neto,Orlando; Teles,Alisson Roberto
Fonte: Sociedade Brasileira de Coluna Publicador: Sociedade Brasileira de Coluna
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2009 PT
Relevância na Pesquisa
76.88%
OBJETIVO: a utilização de instrumentos de avaliação clínica e funcional nos pacientes com doenças da coluna vertebral pode determinar a evolução e predizer o desfecho pós-operatório. O objetivo deste estudo foi descrever a metodologia de avaliação de doenças degenerativas espinhais e verificar os resultados. MÉTODOS: após a indicação de tratamento cirúrgico nos pacientes com doenças das colunas lombar e cervical, os mesmos foram informados dos objetivos do estudo e convidados a participar. Os questionários foram respondidos no consultório médico, onde possíveis dúvidas surgidas durante o preenchimento eram esclarecidas por uma pessoa treinada não envolvida com a cirurgia. Todos os instrumentos de avaliação usados eram autoaplicativos. Foram utilizados a escala numérica de dor, o Questionário de Qualidade de Vida SF-36, o Questionário de Evitação por Medos e Crenças (FABq), o Inventário de Depressão de Beck (BDI), a Escala de Depressão e Ansiedade Hospitalar (HAD), o Índice de Incapacidade Oswestry (ODI) e o Índice de Disfunção Relacionado ao Pescoço (NDI). RESULTADOS: foram avaliados 220 pacientes com doenças da coluna lombar e 32 da cervical. A prevalência de depressão segundo o BDI foi de 28...

Influência do trauma cirúrgico no comportamento dos níveis séricos de albumina após cirurgia da coluna vertebral

Luciano,Rafael Paiva; Leite,Marcio Squassoni; Martins,Délio Eulálio; Wajchenberg,Marcelo; Puertas,Eduardo Barros
Fonte: Sociedade Brasileira de Coluna Publicador: Sociedade Brasileira de Coluna
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2010 PT
Relevância na Pesquisa
76.95%
OBJETIVO: avaliar a variação da concentração da albumina nas cirurgias de coluna vertebral e relacioná-la às repercussões clínicas no pós-operatório. MÉTODOS: estudo prospectivo observacional sobre os valores do nível sérico da albumina de 55 pacientes submetidos à cirurgia na coluna vertebral. As amostras de sangue foram coletadas um dia antes da cirurgia e 24 horas após o procedimento. Foi aplicado o teste t pareado na avaliação da variação (pré versus pós) nos parâmetros albumina, hemoglobina e hematócrito. A presença de associação entre grau de variação nos níveis de albumina (<1 g/dL ou >1 g/dL) e as variáveis de interesse: presença de complicações, necessidade de transfusão, procedimento realizado, idade e gênero do paciente e diagnóstico foram avaliadas pelo teste do χ2 de Pearson ou teste do χ2 da razão de verossimilhança quando apropriado. RESULTADOS: a redução média dessa proteína foi de 0,58 g/dL, variando de 0 a 1,8 g/dL. Dos pacientes, 78,2% apresentaram valores da albumina no período pós-operatório abaixo da faixa considerada normal. Somente dois pacientes da amostra apresentaram complicações durante os 30 dias de seguimento. O grupo com correção de deformidades apresentou 100% de pacientes com variação >1 g/dL. CONCLUSÃO: houve influência do trauma cirúrgico na redução sérica da albumina...

Caracterização clínica e das situações de fratura da coluna vertebral no município de ribeirão preto, propostas para um programa de prevenção do trauma raquimedular

Vasconcelos,Elaine Cristine Lemes Mateus de; Riberto,Marcelo
Fonte: Sociedade Brasileira de Coluna Publicador: Sociedade Brasileira de Coluna
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
76.91%
OBJETIVO: Este estudo teve como objetivo a caracterização clínica e a avaliação das situações relacionadas ao trauma raquimedular no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto durante os anos de 2007 e 2008. MÉTODO: Levantamento de prontuários baseado nos códigos da Classificação Internacional de Doenças de fratura da coluna vertebral, exceto aquelas decorrentes de lesão por projétil de arma de fogo. Foram revisados 190 pacientes, 22 tiveram óbito confirmado, 96 foram entrevistados por telefone ou pessoalmente, restando 94 cujas informações foram colhidas apenas a partir do prontuário médico. RESULTADOS: As lesões ocorreram predominantemente nos indivíduos jovens do sexo masculino, acometeram o nível vertebral cervical e causaram lesão medular em 27% dos indivíduos, principalmente lesões completas (AIS A: 57,7%). A principal etiologia do trauma foram os acidentes de trânsito com carros e motos (52%). Nas entrevistas, os pacientes relataram a desatenção e desrespeito às regras de trânsito e normas de segurança como o principal fator associado ao trauma. Muitos pacientes afirmaram desconhecer o risco presente nas situações em que ocorreram os traumas e as consequências da fratura na coluna e lesão medular. CONCLUSÕES: Este estudo identificou os homens jovens como sujeitos trauma raquimedular. Entre as situações apontadas pelos pacientes como associadas a esse tipo de trauma...

Instrumentos de avaliação clínica e funcional em cirurgia da coluna vertebral

Falavigna,Asdrubal; Teles,Alisson Roberto; Braga,Gustavo Lisbôa de; Barazzetti,Daniel Ongaratto; Lazzaretti,Lucas; Tregnago,Aline Caldart
Fonte: Sociedade Brasileira de Coluna Publicador: Sociedade Brasileira de Coluna
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
76.79%
Alguns dos indivíduos submetidos à cirurgia de coluna vertebral terão desfechos pós-operatório desfavoráveis, independente do êxito técnico. Esse insucesso gera aumento da morbidade e dos custos socioeconômicos. Sabe-se que fatores psicossociais interferem na impressão do sujeito. Com o propósito de identificá-los, tem-se estimulado a busca de preditores prognósticos por meio de instrumentos de triagem. Porém, a eleição do mais adequado pode ser difícil, já que existe um grande número de questionários. Entre os aspectos abordados por eles, podemos citar: incapacidade funcional, qualidade de vida, satisfação, dor, depressão, distúrbios do humor e atividade funcional. O trabalho objetiva revisar as particularidades, indicações e limitações dos instrumentos de avaliação do paciente com doença na coluna vertebral.

O que eu não faço mais na cirurgia da coluna vertebral: pesquisa entre cirurgiões de coluna brasileiros

Defino,Helton L .A; Herrero,Carlos Fernando P. S; Zardo,Erasmo de Abreu
Fonte: Sociedade Brasileira de Coluna Publicador: Sociedade Brasileira de Coluna
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
76.94%
OBJETIVO: Apresentar o resultado de pesquisa realizada entre 257 cirurgiões de coluna sobre os principais procedimentos cirúrgicos que não são mais utilizados para o tratamento das doenças traumáticas, degenerativas e deformidades da coluna vertebral. MÉTODO: Os participantes da pesquisa responderam a um questionário abrangendo o tratamento das diferentes doenças traumáticas, degenerativas e deformidades dos segmentos cervical, torácico e lombar, sendo que cada quesito apresentava três opções de resposta: não faço mais, nunca utilizei e ainda utilizo. RESULTADOS: Os cirurgiões entrevistados eram oriundos de 22 estados brasileiros, 97% eram do sexo masculino com idade variando de 28 a 72 anos de idade (média 43,16 anos ±11,54 anos), e com 0 a 23 anos de atuação na área da cirurgia da coluna vertebral. A formação básica dos cirurgiões entrevistados era Ortopedia em 78,2% e Neurocirurgia em 20,2%. CONCLUSÃO: A avaliação das respostas dos questionários evidencia a mudança de atitude terapêutica e abandono de técnicas classicamente utilizadas no tratamento das doenças da coluna vertebral, influência da formação básica do cirurgião na escolha do tratamento das doenças da coluna vertebral e grande espectro de opções terapêuticas entre os cirurgiões entrevistados considerando o tempo de experiência na área de atuação...

Correlação das imagens da ressonância magnética e observação intra operatória nas lesões traumáticas da coluna vertebral

Marin,Anderson Gomes; Herrero,Carlos Fernando da Silva; Nogueira-Barbosa,Marcello Henrique; Simão,Marcelo Novelino; Defino,Helton Luiz Aparecido
Fonte: Sociedade Brasileira de Coluna Publicador: Sociedade Brasileira de Coluna
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2012 PT
Relevância na Pesquisa
76.86%
OBJETIVO: Avaliar a acurácia e a reprodutibilidade das imagens da ressonância magnética (RM) nas lesões ligamentares traumáticas da coluna vertebral. MÉTODOS: Estudo retrospectivo para avaliação das imagens da RM de 32 pacientes com lesões traumáticas da coluna vertebral submetidos a tratamento cirúrgico. A avaliação das lesões do complexo ligamentar posterior (CLP) por imagens da RM foi realizada independentemente por dois radiologistas. Um grupo de pacientes tinha exames com inclusão de sequência com supressão de gordura sensível ao líquido (STIR ou SPAIR T2), além das imagens de rotina e no outro grupo os exames de RM não incluíam imagens com a supressão da gordura. As avaliações dos exames de imagem foram comparadas com as observações obtidas durante o ato cirúrgico. Foi realizada a analise de reprodutibilidade intra e interobservador entre os dois radiologistas pelo cálculo do coeficiente Kappa. RESULTADOS: Foi observada lesão do CLP em 21/32 pacientes. De forma geral a sensibilidade da RM para lesões do CLP variou entre 88,9% a 100% e a especificidade entre 0 e 50%. A concordância entre a avaliação dos radiologistas foi maior nos exames de ressonância magnética sem a supressão da gordura (Κ=0...

Estudo demográfico de pacientes portadores de deformidades de coluna vertebral que aguardam cirurgia em hospital terciário de alta complexidade

Carneiro Neto,Nicola Jorge; Umeta,Ricardo; Meves,Robert; Caffaro,Maria Fernanda Silber; Landim,Élcio; Avanzi,Osmar
Fonte: Sociedade Brasileira de Coluna Publicador: Sociedade Brasileira de Coluna
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2012 PT
Relevância na Pesquisa
76.86%
OBJETIVO: Definir as características demográficas dos pacientes portadores de deformidades secundárias da coluna vertebral que aguardam em fila de espera para tratamento cirúrgico em hospital terciário de alta complexidade. MÉTODOS: As informações foram obtidas através dos prontuários dos pacientes no período previamente definido. Os dados foram selecionados conforme os critérios já apresentados e manipulados estatisticamente. RESULTADOS: O estudo incluiu um total de 170 pacientes, dos quais 94 eram do sexo feminino com idades entre 1 e 58 anos, e 76 do sexo masculino com idade entre 1 e 26 anos. Entre as deformidades encontradas foram identificadas: escolioses congênitas por segmentação (6 ou 3,5%), formação (39 ou 22,9%), mistas (34 ou 20,0%) e complexas (14 ou 8,2%), escolioses neuromusculares por paralisia cerebral (PC) (54 ou 31,8%), miopatia (11 ou 6,5%), artrogripose (2 ou 1,2%) e escolioses por neurofibromatose (10 ou 5,9%). CONCLUSÃO: Existe uma considerável lista de pacientes portadores de deformidades de coluna vertebral que aguardam em fila de espera para tratamento cirúrgico por um período muitas vezes bastante prolongado. Este fato acarreta um problema social de difícil manuseio e quando somadas...

Estudo clínico epidemiológico das fraturas da coluna vertebral

Fernandes,Rony Brito; Gomes,Eduardo Gil França; Gusmão,Maurício Santos; Amorim Junior,Djalma Castro de; Simões,Marcus Thadeu Venâncio; Gomes,Joilda Fontes; Freire,Jayme Batista; Matos,Marcos Almeida; Azulay,Joseph; Pedreira,Adalton José Santos; Carv
Fonte: Sociedade Brasileira de Coluna Publicador: Sociedade Brasileira de Coluna
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2012 PT
Relevância na Pesquisa
76.91%
OBJETIVO: Realizar um levantamento epidemiológico das fraturas da coluna vertebral. MÉTODOS: Estudo de revisão de prontuário, retrospectivo analisando dados clínicos e epidemiológicos no período de 1991 a 2010. Foram avaliados dados como: idade, sexo, procedência, escala de Frankel admissional, mecanismo de trauma, tipo de fratura, tratamento e complicações, nos prontuários de 1.917 pacientes submetidos a tratamento de fraturas da coluna vertebral. O teste do qui-quadrado foi utilizado para comparação entre as variáveis discretas e o teste t Student foi utilizado no caso de variáveis contínuas, adotando níveis de significância de p < 0,05. RESULTADOS: A maioria dos pacientes era do gênero masculino (85,2%), média de idade de 34 anos, procedência urbana (69,2%), sendo o mecanismo de trauma a queda de altura (40,4%). Quando a causa for mergulho em águas rasas, está associada a lesões na região cervical, pacientes mais jovens e tende a produzir déficit neurológico. As fraturas isoladas aconteceram em 75,6% dos casos, afetando mais o nível L1 (11,4%), sendo que o tratamento cirúrgico foi indicado em 88,2%, sem complicações pós-operatórias na maioria dos casos (61,7%). CONCLUSÃO: Os autores sugerem mudanças principalmente na área habitacional...

Suporte de cabeça para cirurgia da coluna vertebral: nota técnica

Rocha,Guilherme Zanini; Arantes Junior,Aluízio Augusto; Oliveira,José Guilherme Mendes de; Gonçalves,Fernando Flavio Vasconcelos; Santiago,Julio César Boynard; Gusmão,Sebastião Silva
Fonte: Sociedade Brasileira de Coluna Publicador: Sociedade Brasileira de Coluna
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2012 PT
Relevância na Pesquisa
76.68%
Descreve-se um suporte de cabeça para cirurgia da coluna vertebral, que permite a colocação da cabeça do paciente em alinhamento neutro com o corpo e monitorização da posição de olhos, boca, nariz e tubo orotraqueal, evitando danos decorrentes de mau posicionamento durante a cirurgia.

Avaliação dos resultados clínicos e radiográficos de pacientes submetidos à ressecção de hemivértebra nas deformidades congênitas da coluna vertebral

Moliterno,Luis Antonio Medeiros; Barros,Alderico Girão de; Limoeiro,América Maria; Barcellos,André Luiz Loyelo; Araújo Junior,Antonio Eulálio Pedrosa de; Tavares,Renato Henriques; Schettino,Luiz Claudio; Silva,Luis Eduardo Carelli Teixeira da
Fonte: Sociedade Brasileira de Coluna Publicador: Sociedade Brasileira de Coluna
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2013 PT
Relevância na Pesquisa
76.79%
OBJETIVO: A proposta do estudo foi determinar nossos resultados clínicos e radiográficos de pacientes com deformidades congênitas da coluna vertebral submetidos à ressecção de hemivértebra por via posterior isolada e correção com instrumentação posterior e fusão. MÉTODOS: Registros de 31 pacientes submetidos à ressecção de hemivértebra no período de 2003 a 2010 foram revistos para identificar idade e sexo, grau de correção, níveis da artrodese, quadro neurológico, perda sanguínea, tempo cirúrgico e complicações. RESULTADOS: Foram identificados 22 pacientes com escoliose e Cobb pré-operatório médio de 46.66°(20-88°) e 9 pacientes com cifose e média angular de 83.54°(13-137°). Vinte e quatro pacientes eram do sexo feminino e 7 do sexo masculino. Foram 13 pacientes adolescentes e 18 crianças (1-19 anos). A ressecção de hemivértebra foi realizada em 1 nível (64%), 2 níveis (32%) e 3 níveis (4%). As taxas de correção da escoliose e cifose foram 63.8 e 40.1% e as médias angulares pós-operatórias foram 16.88° e 50°, respectivamente. Complicações ocorreram em 7 pacientes: pseudartrose, cifose juncional, neurite óptica, déficit neurológico, infecção de ferida operatória e óbito. A média de perda sanguínea foi de 1132ml (300ml-3500ml) e o tempo cirúrgico foi de 7.15 horas (4-13 horas). CONCLUSÕES: A ressecção de hemivértebra é uma valiosa técnica no tratamento das deformidades congênitas angulares e uma alternativa eficiente que oferece correção satisfatória nos planos coronal e sagital sem a necessidade de uma abordagem anterior.

Fratura tipo explosão da coluna torácica e lombar: correlação entre o segmento biomecânico sagital acometido e as alterações estruturais da vértebra fraturada

Silva,Matheus Luís da; Tisot,Rodrigo Arnold; Vieira,Juliano Silveira Luiz; Santos,Renato Tadeu dos; Tisot,Orley Fauth
Fonte: Sociedade Brasileira de Coluna Publicador: Sociedade Brasileira de Coluna
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2013 PT
Relevância na Pesquisa
66.95%
OBJETIVO: Analisar as fraturas tipo explosão da coluna torácica e lombar e fazer a correlação entre o segmento biomecânico sagital acometido e as alterações estruturais da vértebra fraturada. MÉTODOS: Estudo retrospectivo de 72 pacientes com fraturas tipo explosão da coluna torácica e lombar. O estreitamento do canal vertebral, o colapso vertebral e a cifose local foram avaliados em três segmentos distintos: torácico, transição toracolombar e lombar. RESULTADOS: Houve diferença estatística significativa (p < 0,05) dos valores do estreitamento do canal vertebral e cifose local nos diferentes segmentos da coluna vertebral avaliados. CONCLUSÃO: As fraturas tipo explosão da coluna torácica e lombar, embora apresentem características semelhantes, independentemente do local de ocorrência, sofrem influência direta do segmento biomecânico sagital no que diz respeito às alterações estruturais que ocorrem na vértebra fraturada.

Caracterização clínica e das situações de fratura da coluna vertebral no município de ribeirão preto, propostas para um programa de prevenção do trauma raquimedular; Clinical characterization and description cases of vertebral spinal fracture in the municipality of ribeirão preto, proposals for a spinal cord trauma prevention program; Caracterización clínica y de las situaciones de fractura de la columna vertebral en el municipio de ribeirão preto, propuestas para un programa de prevención del traumatismo raquimedular

VASCONCELOS, Elaine Cristine Lemes Mateus de; RIBERTO, Marcelo
Fonte: Sociedade Brasileira de Coluna Publicador: Sociedade Brasileira de Coluna
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
77%
OBJETIVO: Este estudo teve como objetivo a caracterização clínica e a avaliação das situações relacionadas ao trauma raquimedular no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto durante os anos de 2007 e 2008. MÉTODO: Levantamento de prontuários baseado nos códigos da Classificação Internacional de Doenças de fratura da coluna vertebral, exceto aquelas decorrentes de lesão por projétil de arma de fogo. Foram revisados 190 pacientes, 22 tiveram óbito confirmado, 96 foram entrevistados por telefone ou pessoalmente, restando 94 cujas informações foram colhidas apenas a partir do prontuário médico. RESULTADOS: As lesões ocorreram predominantemente nos indivíduos jovens do sexo masculino, acometeram o nível vertebral cervical e causaram lesão medular em 27% dos indivíduos, principalmente lesões completas (AIS A: 57,7%). A principal etiologia do trauma foram os acidentes de trânsito com carros e motos (52%). Nas entrevistas, os pacientes relataram a desatenção e desrespeito às regras de trânsito e normas de segurança como o principal fator associado ao trauma. Muitos pacientes afirmaram desconhecer o risco presente nas situações em que ocorreram os traumas e as consequências da fratura na coluna e lesão medular. CONCLUSÕES: Este estudo identificou os homens jovens como sujeitos trauma raquimedular. Entre as situações apontadas pelos pacientes como associadas a esse tipo de trauma...

Osteophyte incidence on vertebral column; Incidência de osteófitos na coluna vertebral

Zavanela, Plínio Marcos; Riente, Rodrigo; Moreira, Valdeci; Fernandes, Marcio Robortella; Oliveira, Flávia de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 19/06/2008 POR
Relevância na Pesquisa
66.95%
With the evolution of mankind appeared the erect posture. Due to gravity action complications appeared because of this posture, like the osteophytes. The aim of this study was to investigate osteophyte incidence on vertebral column and the most affected column region. For this were used 1089 reports of 636 patients: 55.5% women and 44.5% men, attended between January and June of 2006 in a privet Clinic on Alto do Tietê, region of São Paulo. Results revealed that 26.9% of reports had alterations. Region’s analysis revealed osteophytes in men and women, respectively: 15.4% and 5.7% on cervical region; 13.6% and 12.4% on thoracic region and 17.9% and 13.7% on lumbar region. The most common kind of osteophyte was marginal osteophyte on cervical and lumbar regions and marginal labium was predominant on thoracic region. The incidence of osteophytes on vertebral column was 26.9% and lumbar region was the most affected. Besides, women have more osteophytes cases than men.; Ao longo do processo de evolução o homem adquiriu a postura ereta. Devido à ação da gravidade surgiram algumas complicações decorrentes dessa postura; entre elas o aparecimento de osteófitos. O objetivo do presente estudo foi verificar a incidência de osteófitos em exames laudados da coluna vertebral e qual a região da coluna mais acometida. Para isso foram utilizados 1089 laudos de 636 indivíduos...