Página 1 dos resultados de 906 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Distúrbios ondulatórios de leste no nordeste brasileiro: climatologia e modelagem numérica; Easterly waves Disturbances over Northeast Brazil: Climatology and Numerical Modeling.

Gomes, Helber Barros
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 22/10/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.04%
Uma climatologia de 21 anos dos Distúrbios Ondulatórios de Leste (DOLs) sobre a região NEB foi realizada com o intuito de obter um melhor entendimento dos processos dinâmicos e sinóticos do ciclo de vida destes sistemas, incluindo gênese, crescimento/decaimento, trajetória e dissipação. Adicionalmente, foi avaliada a eficiência do modelo de mesoescala WRF em simular este tipo de sistema. A identificação dos DOLs foi obtida de forma subjetiva através de imagens de satélite no canal infravermelho e campos de linhas de corrente e vorticidade relativa nos níveis de 1000, 850, 700, 500 e 200 hPa da reanálise do ERA-Interim. Neste período foram identificados 518 eventos de DOLs, onde 97% (3%) dessas ondas atingiram (não atingiram) a região do NEB, 64% (36%) foram convectivas (não convectivas) e 14% (86%) atingiram a região da Amazônia. Os principais sistemas que deram origem aos DOLs foram: Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN), Frentes Frias (FF) e conglomerados convectivos provenientes da costa oeste da África (AF). Além destes, a interação entre os sistemas AF/FF, AF/ZCIT, AF/VCAN e ZCIT/FF estiveram associadas a sua formação. Em média, foram observadas aproximadamente 25 ondas por ano...

Climatologia aplicada à arquitetura: investigação experimental sobre a distribuição de temperaturas internas em duas células de teste; Climatology applied to architecture: an experimental investigation about internal temperatures distribution at two test cells

Seixas, Grace Tibério Cardoso de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/03/2015 PT
Relevância na Pesquisa
37.04%
Este trabalho de caráter investigativo analisou a distribuição espacial de temperaturas superficiais internas (TSI) e temperatura interna do ar ou de bulbo seco (TBS), em duas células de teste distintas, para dois dias típicos experimentais, um sob a influência da massa tropical, e outro sob o domínio da massa polar atlântica. O objetivo desta pesquisa é fornecer diretrizes para coleta de dados experimentais de temperatura, visto que não existe uma norma adequada que oriente este procedimento metodológico em edificações. Esta investigação foi realizada a partir das abordagens espacial e temporal da Climatologia Dinâmica, como forma de conhecer a influência das flutuações do tempo meteorológico (episódios climáticos), sobre os valores das temperaturas internas das duas edificações experimentais. As séries de dados de temperaturas de bulbo seco e superficiais internas foram coletadas em uma células de teste com cobertura verde e outra com telhado cerâmico convencional, por meio de termopares instalados em locais prédeterminados. Os dados de radiação solar global e das principais variáveis climáticas foram registrados pela estação meteorológica automática do Centro de Ciências da Engenharia Aplicadas ao Meio Ambiente (CCEAMA)...

A climatologia aplicada ao ambiente construído : uma contribuição à caracterização climática de Porto Alegre/RS

Uber, Lilian Lutz
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.04%
Com caráter informativo, inicia-se apresentando a relação entre a climatologia e o ambiente construído, em seus campos especificos de aplicação (urbanismo, projeto de edificações, execução de obras, e manutenção e uso das construções), considerando-se os aspectos históricos, econômico-ecológicos e os ligados à súde e ao conforto do usuário, abrangidos por tal relação. A importância da disponibilidade de informações climatológicas é então comentada, bem como diversas metodalagias de análise e representação de dados climáticos. Com caráter aplicativo, apresenta-se uma contribuigão à caracterização climática da cidade de Porto Alegre, RS. São analisadas os valores médios horários-mensais doa principais parâmetros climáticos disponíveis (temperatura, umidade, velocidade e direção do vento, e nebulosidade), propondo-se uma representação gráfica sintética alternativa para os mesmos. A análise é complementada pala execução de dois procedimentos técnicos: avaliação do conforto térmico, com identificação do período critico de verão, e projeto de dispositivo de sombreamento de aberturas retangulares. Embora esteja em foco o caso específico de Porto Alegre, tais metodologias encontram-se descritas de modo a serem aplicadas a qualquer outra localidade...

Nebulosidade diurna no Rio Grande do Sul : climatologia e monitoramento por satélite; Diurnal cloudiness in rio grande dosul state : climatoloty and monitoring by satellite

Custódio, Maria de Souza
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.2%
Neste trabalho foi feita a climatologia decendial e mensal da nebulosidade diurna para o Estado do Rio Grande do Sul, incluindo os impactos do El Niño Oscilação Sul (ENOS) e a tendência temporal dessa variável. Também foi feita uma avaliação e comparação dos tipos de nuvens usando imagens do satélite GOES, de um evento extremo de El Niño e um ano considerado neutro. A nebulosidade diurna foi estimada a partir de dados de insolação de 17 estações meteorológicas distribuídas pelo Estado no período de 1960-2005. A classificação dos tipos de nuvens foi feita em imagens do satélite GOES cedidas pelo Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos/ Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (CPTEC/INPE). Os resultados mostram que a região oeste-noroeste do Estado apresenta os menores índices de nebulosidades e os maiores ocorrem no leste-nordeste. Os maiores índices de nebulosidade ocorrem durante o inverno e os menores no verão. Em anos de El Niño, no Rio Grande do Sul, o índice de nebulosidade diurna é superior à média dos anos neutros na maior parte do ano; em anos de La Nina a tendência de menor índice é observada somente na metade sul do Estado.O final da primavera e início de verão é o período de maior impacto do ENOS no índice de nebulosidade diurna. Durante o El Niño de 1997/1998...

Climatologia de frentes frias no litoral de Santa Catarina

Rodrigues, Maria Laura Guimarães; Franco, Davide; Sugahara, Shigetoshi
Fonte: Sociedade Brasileira de Geofísica Publicador: Sociedade Brasileira de Geofísica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 135-151
POR
Relevância na Pesquisa
37.04%
Uma climatologia de frentes frias é estabelecida para o litoral do Estado de Santa Catarina, com base nos dados de reanálises do NCEP-NCAR, do período de 10 anos, de 1990 a 1999. As passagens de frentes frias foram objetivamente identificadas levando em conta o giro do vento para direção sul, persistência do vento de sul por pelo menos um dia, e uma queda de temperatura do ar simultânea ao giro do vento ou até dois dias depois. Os resultados mostram que, na média, de 3 a 4 frentes frias atingem a costa de Santa Catarina, mensalmente, com um intervalo de 8 dias. As análises da composição de dados, usando como referência os dias de passagens de frentes frias em Santa Catarina, mostram claramente um padrão climatológico de evolução com frente fria movendo-se tipicamente de sudoeste para nordeste. em termos das médias sazonais, durante o inverno, um dia antes da passagem em Santa Catarina (dia -1), a frente fria é observada no Rio Grande do Sul, e depois de passar por Santa Catarina (dia 0), continua avançando para latitudes mais baixas, alcançando o litoral do Rio de Janeiro um dia depois (dia +1), até atingir posteriormente latitude de aproximadamente 20ºS (dia +2), já em fase de dissipação. No terceiro dia após a passagem por Santa Catarina...

Teoria e método da climatologia geográfica brasileira: uma abordagem sobre seus discursos e práticas

Ely, Deise Fabiana
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 208 f. : il., gráf.
POR
Relevância na Pesquisa
37.38%
Pós-graduação em Geografia - FCT; O presente trabalho constitui um mapeamento e análise sobre os discursos e práticas empreendidos pela climatologia geográfica brasileira. O principal propósito para o seu desenvolvimento foi a verificação de como o conhecimento geográfico do clima encontra-se vinculado aos debates efetivados pelas diversas correntes filosóficas de pensamento e às diferentes concepções de natureza e de geografia. A verificação do processo de inserção e constituição dessa especialidade científica no Brasil demonstrou a existência de duas vertentes metodológicas principais: uma baseada em decomposições analítico-descritivas do fenômeno climático e outra subsidiada nas explicações da meteorologia dinâmica. O estudo geográfico do clima, a partir desse universo de análise, é desenvolvido a partir de cinco recortes temáticos principais: clima urbano, variabilidade pluvial, o clima na análise ambiental e da paisagem, modelagem estatística em climatologia e teoria e método da climatologia; pautados na concepção de natureza dinâmica-sistêmica. Foi verificado que as questões epistemológicas da Geografia não são refletidas enfaticamente pela climatologia geográfica brasileira, tornando a apreensão da espacialidade do clima na composição das novas territorialidades uma tarefa difícil de ser realizada.; The main purpose of this following thesis is to verify how the geographic knowledge of the climate relates to debates about diverse philosophical trends and the different conceptions of nature and geography...

Estudo do afloramento ibérico: filamentos e climatologia superficial

Cordeiro, Nuno Gonçalo Ferreira
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.2%
Imagens de satélite contendo valores de temperatura da superfície do oceano (SST) são utilizadas para estudar a climatologia da distribuição da temperatura à superfície, assim como o desenvolvimento e a variabilidade dos filamentos observados durante a época de Verão para o período de 2001 a 2008 na costa Oeste da Península Ibérica. A época de afloramento costeiro inicia-se em Maio/Junho prolongando-se até Setembro/Outubro. Durante esta época a temperatura da superfície do oceano é geralmente inferior junto à costa em presença de uma frente que separa as águas afloradas costeiras das águas do oceano aberto. Esta frente coexiste com um jacto de afloramento que se dirige para Sul na costa Oeste. Instabilidades associadas a esta frente ou interacções entre o jacto e os acidentes topográficos (cabos, canhões submarinos e promontórios) originam filamentos de águas afloradas que se estendem da costa até o alto mar. Estes filamentos incrementam a sua presença e a sua dimensão entre o mês de Junho até um máximo em Agosto/inícios de Setembro, quando atingem comprimentos da ordem dos 150 Km, e decrescem em tamanho e quantidade até que se tornam raros em Outubro. Foi feita a caracterização e análise destas estruturas com base num tratamento de dados automático...

Climatologia aeronáutica do aeroporto de Ponta Delgada

Navarro, Patricia Vicens
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.04%
O presente trabalho propõe-se realizar um estudo da climatologia aeronáutica do Aeroporto João Paulo II, em Ponta Delgada a partir da análise dos comunicados Metar emitidos pelo Observatório da Nordela situado no aeroporto com autoridade nacional para a observação com fins aeronáuticos, e da informação obtida da estação meteorologica automática (EMA), instalada junto as pistas. Considerando a redução da visibilidade, o vento cruzado à pista e os fenómenos associados à instabilidade atmosférica na aproximação como os mais perigosos a efectos de operações aeroportuarias, é analizado como é afectada a visibilidade com as diferentes situações sinópticas assim como o comportamento do vento, da temperatura e do teto das nuvens, com o fim de avaliar quais as situações mais desfavoráveis e com que frequência ocorrem no aeroporto.; This project studies the aeronautical climatology of João Paulo II Airport in Ponta Delgada from the analysis of the Metar report by Nordela Observatory, located at the airport with national authority for aircraft observation and from the automatic weather station (EMA), located next to the runway. Considering the the reduction of visibility, the crosswind runway and the phenomena associated with atmospheric instability as the most dangerous for airport operations...

Um estudo de climatologia diária da temperatura mínima, máxima e chuva acumulada e uma aplicação de "Model Output Statistics" (MOS) para a previsão de curto prazo no Estado do Paraná

Kim,Ilya S.; Beneti,Cesar A.; Vissotto Junior,Dornelles
Fonte: Sociedade Brasileira de Geofísica Publicador: Sociedade Brasileira de Geofísica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2001 PT
Relevância na Pesquisa
37.2%
Foi feito um estudo de climatologia das anomalias diária da temperatura mínima, máxima e chuva acumulada com uso de dados das estações meteorológicas da rede do Instituto Agronômico do Paraná. Foi mostrado que a distribuição de freqüência de ocorrência das anomalias de temperatura mínima é quase normal, mas a distribuição de freqüência de ocorrência das anomalias de temperatura máxima é quase uniforme e a distribuição de freqüência de chuva tem uma assimetria positiva. Foi adaptado o MOS (Model Output Statistics), onde foram usados a saída do modelo numérico do National Center for Environmental Prediction (NCEP - EUA) do período de abril de 1997 a março de 2000 e os dados correspondentes de temperatura mínima, máxima e chuva acumulada de 26 estações do IAPAR. Na implementação do MOS foi aplicado o método de grupos análogos. O MOS foi implementado separadamente para os períodos abril-setembro (período do ano frio) e outubro-março (período do ano quente). Foram calculadas e avaliadas as previsões com a utilização do método de validação cruzada ("cross validation") de 1 a 4 dias para o período de abril de 1997 à março de 2000. A ocorrência de chuva é prevista com acerto de 78%, 76%...

Climatologia de frentes frias no litoral de Santa Catarina

Rodrigues,Maria Laura Guimarães; Franco,Davide; Sugahara,Shigetoshi
Fonte: Sociedade Brasileira de Geofísica Publicador: Sociedade Brasileira de Geofísica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2004 PT
Relevância na Pesquisa
37.04%
Uma climatologia de frentes frias é estabelecida para o litoral do Estado de Santa Catarina, com base nos dados de reanálises do NCEP-NCAR, do período de 10 anos, de 1990 a 1999. As passagens de frentes frias foram objetivamente identificadas levando em conta o giro do vento para direção sul, persistência do vento de sul por pelo menos um dia, e uma queda de temperatura do ar simultânea ao giro do vento ou até dois dias depois. Os resultados mostram que, na média, de 3 a 4 frentes frias atingem a costa de Santa Catarina, mensalmente, com um intervalo de 8 dias. As análises da composição de dados, usando como referência os dias de passagens de frentes frias em Santa Catarina, mostram claramente um padrão climatológico de evolução com frente fria movendo-se tipicamente de sudoeste para nordeste. Em termos das médias sazonais, durante o inverno, um dia antes da passagem em Santa Catarina (dia -1), a frente fria é observada no Rio Grande do Sul, e depois de passar por Santa Catarina (dia 0), continua avançando para latitudes mais baixas, alcançando o litoral do Rio de Janeiro um dia depois (dia +1), até atingir posteriormente latitude de aproximadamente 20ºS (dia +2), já em fase de dissipação. No terceiro dia após a passagem por Santa Catarina...

Climatología sinóptica de las masas de aire que afectan a la República Argentina

Coronel, Alejandra Silvia
Fonte: Facultad de Ciencias Exactas y Naturales. Universidad de Buenos Aires Publicador: Facultad de Ciencias Exactas y Naturales. Universidad de Buenos Aires
Tipo: Tesis Doctoral Formato: text; pdf
Publicado em //2001 ESPAñOL
Relevância na Pesquisa
37.2%
El análisis de las masas de aire fue ampliamente usado en los primeros estudios de fenómenos de tiempo en la década del ’30 y ’40. Ya en la década del ’50, con el desarrollo de los modelos numéricos y la información en niveles de la troposfera disminuyó la importancia del uso de las masas de aire como herramienta de pronóstico. En las dos últimas décadas el análisis de masas de aire tuvo un gran impulso principalmente desde el punto de vista del análisis sinóptico, ya que esta variable permite examinar relaciones entre procesos en superficie y características del campo de circulación en la atmósfera. El desarrollo de esta Tesis tiene como objetivo conocer la estructura espacial y temporal y los campos de circulación asociados a las masas de aire que afectan la República Argentina. Los datos utilizados, del Servicio Meteorológico Nacional, corresponden a observaciones de radiosondeo (1958-1997) (altura geopotencial, temperatura, humedad relativa, temperatura de rocío y viento) y de superficie (1959-1991) (temperatura máxima, mínima, viento, humedad relativa, tensión de vapor, presión atmosférica y precipitación) obtenidas en las estaciones aerológicas de la Argentina. También se utilizaron los reanálisis del ECMWF (1979-1993) en los niveles 1000 y 500 hPa. Se identifica la masa de aire a través de la temperatura adiabática equivalente (Өae) en 850 hPa. en cada estación aerológica. Los valores de Өae incluyen las características de la región fuente...

Cálculo de cuantiles; Guía de Métodos Estadísticos en Climatología

Arriola Villanueva, Violeta Leticia; Reyes González, Erika Rocío
Fonte: Colegio de Geografía, Facultad de Filosofía y Letras. DGAPA-PAPIME. UNAM Publicador: Colegio de Geografía, Facultad de Filosofía y Letras. DGAPA-PAPIME. UNAM
Tipo: Articulo
ES
Relevância na Pesquisa
37.2%
Este artículo es parte de los resultados del Proyecto Programa de Apoyo a Proyectos Institucionales para El Mejoramiento de la Enseñanza PAPIME 301212: "Mejoramiento y Actualización de la Enseñanza en Climatología del Colegio de Geografía, FFyL, UNAM" bajo el financiamiento de la Dirección General de Asuntos del Personal Académico (DGAPA).; La descripción numérica de las series de observación se realiza mediante el cálculo de parámetros de centralidad y de dispersión. Las medidas de centralidad tienen por objeto determinar el valor central en la escala de valores observados. Las medidas de dispersión tratan de evaluar la distribución de los valores de una serie teniendo en cuenta el conjunto de ellos o en relación a un valor central, dentro de estas se encuentran los cuantiles, los cuales son indicadores estadísticos comunes de la distribución de probabilidades de un elemento climático. En este trabajo se ha realizado un ejercicio guiado sobre tendencia de lluvias extremas (percentiles)

Guía de Métodos Estadísticos en Climatología

Gómez Mendoza, Leticia; Medina Barrios, María de la Paz
Fonte: Colegio de Geografía, Facultad de Filosofía y Letras. DGAPA-PAPIME. UNAM Publicador: Colegio de Geografía, Facultad de Filosofía y Letras. DGAPA-PAPIME. UNAM
Tipo: Libro
ES
Relevância na Pesquisa
37.44%
La presente guía es resultado de PROYECTO PROGRAMA DE APOYO A PROYECTOS INSTITUCIONALES PARA EL MEJORAMIENTO DE LA ENSEÑANZA PAPIME 301212: "Mejoramiento y Actualización de la Enseñanza en Climatología del Colegio de Geografía, FFyL, UNAM" bajo el financiamiento de la Dirección General de Asuntos del Personal Académico (DGAPA). //// Índice; TEMA 1. FUENTES DE INFORMACIÓN CLIMÁTICA, CÁLCULO DEMEDIDAS DE DISPERSIÓN Y CENTRALIDAD, Erika Rocío Reyes González 8; TEMA 2. CONTROL DE CALIDAD DE DATOS , Dulce Abigail Cruz Torres, Marisol Reyes Garcia y Lourdes Bello Mendoza 20; TEMA 3. CÁLCULO DE CUANTILES , Violeta Leticia Arriola Villanueva y Erika Rocío Reyes González 25; TEMA 4. ÍNDICES Y UMBRALES TÉRMICOS E ÍNDICES FITOCLIMÁTICOS, Gustavo Hernández Jardines y María de la Paz Medina Barrios 30, TEMA 5 ELABORACIÓN DE ROSA DE LOS VIENTOS, Violeta Leticia Arriola Villanueva 37; TEMA 6. MÉTODO DE ANÁLISIS DE SEQUÍAS Mauricio Alejandro Amaya Hernández y Lourdes Bello Mendoza 42; TEMA 7. CÁLCULO DE PERIODO DE RETORNO Lourdes Bello Mendoza y Sara Jane Velázquez Juárez 3; TEMA 8. ÍNDICES DE ERODABILIDAD Violeta Leticia Arriola Villanueva 59: TEMA 9. CÁLCULO DE BALANCE HÍDRICO , Erika Rocío Reyes González...

Aprendizagem de climatologia em geografia no ensino médio fundamentada na teoria de Ausubel

Mello, Maurício Dalpiaz
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 119 p.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
37.3%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Geografia, Florianópolis, 2015.; A geografia escolar ainda possui características do ensino tradicional, sendo classificada por muitos autores como descritiva, descontextualizada, pouco reflexiva, entre outros. Nesse sentido, o presente trabalho trata da implementação de um projeto de ensino, referenciado na teoria da aprendizagem significativa de Ausubel, com o tema climatologia na disciplina de geografia, em uma turma do 1º ano do curso técnico em nível médio integrado em eletromecânica do Instituto Federal de Santa Catarina, Câmpus Araranguá. Assim a teoria da aprendizagem significativa de Ausubel possibilita contribuir com um processo de ensino-aprendizagem mais relacionado à vida do educando, pois a ideia central dessa teoria é que o fator isolado mais influente na aprendizagem do aluno é aquilo que ele já sabe. Foi desenvolvida uma sequência didática do tema climatologia e os alunos foram estimulados a produzir vídeos sobre o tema desastres climáticos, que foram publicados em um blog e canal do youtube na internet. Durante o projeto foram aplicados os fundamentos da aprendizagem significativa...

PRECIPITAÇÃO NAS MESORREGIÕES DO ESTADO DO PARÁ: CLIMATOLOGIA, VARIABILIDADE E TENDÊNCIAS NAS ÚLTIMAS DÉCADAS (1978-2008); PRECIPITAÇÃO NAS MESORREGIÕES DO ESTADO DO PARÁ: CLIMATOLOGIA, VARIABILIDADE E TENDÊNCIAS NAS ÚLTIMAS DÉCADAS (1978-2008)

Fernandes de Albuquerque, Monik; Barreiros de Souza, Everaldo; do Carmo Felipe de Oliveira, Maria; Augusto de Souza Júnior, José
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 16/01/2012 POR
Relevância na Pesquisa
37.3%
Este trabalho utilizou dados de precipitação do período de 1978 a 2008 dobanco de dados do projeto Rede Estadual de Previsão Climática eHidrometeorologica do Pará (RPCH), com o objetivo de estudar a Climatologia,Variabilidade e Tendência da precipitação nas seis mesorregiões do estado doPará, nas últimas décadas, considerando a escala anual, sazonal e mensal paraanalise climatologia e as médias anuais e sazonais para a análise davariabilidade e tendência da precipitação nas diferentes mesorregiões do Pará.Os resultados evidenciaram que, os maiores índices pluviométricos estãoconcentrados nas mesorregiões do Marajó, Metropolitana e Nordeste Paraense,com precipitação anual superior a 2000 mm. Por outro lado, os menores valoresanuais de precipitação, ficam reservados as mesorregiões Sudeste e Sudoestedo Pará. Observou-se claramente que o verão e o outono, seguramente,abrigam os meses mais chuvosos do estado. Em geral, a época chuvosa iniciaseem dezembro e tem duração de cinco a seis meses, sendo o mês de março oque apresenta maior índice pluviométrico. A época menos chuvosa...

MULTI-SCALES, SPATIAL RELATIONSHIPS AND ECOLOGICAL-SOCIAL CHALLENGES OF SOUTHAMERICAN CLIMATOLOGY. The case of the Atacama’s desert; MULTIESCALARIDADE, RELAÇÕES ESPACIAIS E DESAFIOS ECOLÓGICO-SOCIAIS DA CLIMATOLOGIA SULAMERICANA. O caso do Deserto de Atacama; MULTIESCALARIDAD, RELACIONES ESPACIALES Y DESAFÍOS ECOLÓGICO-SOCIALES DE LA CLIMATOLOGÍA SUDAMERICANA. El caso del Desierto de Atacama.

ROMERO, Hugo; Universidad de Chile; MENDONÇA, Magaly; Universidad Federal de Santa Catarina; MENDEZ, Manuel; Universidad de Chile; SMITH, Pamela; Universidad de Chile / Chile
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 06/02/2012 POR
Relevância na Pesquisa
37.2%
Desde una geográfica perspectiva multiescalar son analizados cualitativamente los factores y componentes que otorgan especificidad climática al Desierto de Atacama, el más árido del mundo y las montañas y altiplanos andinos de las cuales dependen sus fuentes de agua, la ocupación humana y las actividades económicas, especialmente la minería, que constituye la principal base del crecimiento económico de este país. El monzón sudamericano, que asocia las masas y flujos de aire del Interior del continente con el altiplano y la costa del océano Pacífico actúa como el componente macroclimático más relevante, mientras a meso escala son las condiciones topoclimáticas, asociadas a la altura, exposición y orografía de los relieves las que determinan la disponibilidad de agua en los paisajes. La demanda de recursos hídricos generada por el auge minero y las estrategias de adaptación de las comunidades indígenas ante los cambios y variabilidades Climáticas condicionan el significado de los socioclimas, en que los elementos naturales y socioeconómicos deben ser integrados.; A partir de uma perspectiva geográfica são analisados à multiescala fatores qualitativos e componentes que dão especificidade ao clima no deserto de Atacama...

CLIMATOLOGIA REGIONAL DA PRECIPITAÇÃO NO ESTADO DO PARÁ

Lopes, Marcio Nirlando Gomes; Sistema de Proteção da Amazônia
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 09/12/2013 POR
Relevância na Pesquisa
37.2%
Dados pluviométricos de diferentes redes de estações meteorológicas de superfície mantidas pela Agência Nacional de Águas, Instituto Nacional de Meteorologia, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária e a Secretaria Estadual de Meio Ambiente do Pará foram compilados e integrados para compor uma nova base de precipitação, aqui denominada RPCH. A base RPCH abrangeu um período de trinta anos (1978-2007) sobre a precipitação no estado do Pará. A partir deste estudo foi gerada uma climatologia recente em melhor resolução espacial, cerca de 30 km, a qual permitiu a identificação mais apurada da variabilidade climática regional, sobretudo influenciada pelos aspectos da fisiografia local, incluindo a contribuição de mecanismos climáticos de grande escala. Uma análise comparativa entre dados globais do GPCP, CMAP e CPC com a nova climatologia gerada também foi realizada, destacando o ganho obtido com a integração dos dados observacionais que constituíram a base RPCH.

LA CLIMATOLOGIA VOLTADA A LAS ACTIVIDADES AERONAUTICAS; A CLIMATOLOGIA VOLTADA ÀS ATIVIDADES AERONÁUTICAS;

Cabral, Edson Cabral
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 18/05/2011 POR
Relevância na Pesquisa
37.52%
Este artículo muestra de qué formas el geógrafo puede contribuir en variossegmentos de la sociedad como empresas de abastecimiento de agua yenergía eléctrica, compañías petrolíferas, de mineración, y de seguros, entreotras, con su conocimiento integrado de los diversos elementos del medioambiente, en las diferentes aplicaciones de la Climatología Aeronáutica,desde la participación en planteles multidisciplinarios para Estudios de Evaluaciónde Impactos Ambientales, en proyectos de aeropuertos, en análisisclimatológicos que subsidian previsiones del tiempo más precisas, en la mejorade modelos y pronósticos para la aviación, o incluso, colaborando enestudios climatológicos a partir de registros en aeropuertos.; Este artigo mostra de que formas o geógrafo pode auxiliar, com seu conhecimentointegrado dos vários elementos do meio, com as diversas aplicaçõesda Climatologia Aeronáutica, desde a participação em uma equipemultidisciplinar de um Estudo de Avaliação de Impacto Ambiental ou nopróprio dimensionamento de um aeroporto, na análise climatológica subsidiandouma previsão do tempo mais acurada...

Resenha do Livro Concepções e Ensaios da Climatologia Geográfica

Paulo, Maria Luzia Silva
Fonte: Departamento e Programa de Pos-Graduação em Geografia da UFES Publicador: Departamento e Programa de Pos-Graduação em Geografia da UFES
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 20/12/2013 POR
Relevância na Pesquisa
37.3%
O presente trabalho é uma resenha do livro digital, E book, intitulado Concepções e Ensaio da Climatologia Geográfica, Organizado por Charlei Aparecido da Silva e Edson Soares Fialho. A obra oferece grande contribuição à Climatologia Geográfica, uma vez que aborda variados temas e problemas, porém todos convergem para o entendimento do meio ambiente e das medidas necessárias para sua defesa.

Climatología de la precipitación de tres días en la Cuenca del Plata

Naumann,Gustavo; Llano,María P.; Vargas,Walter M.
Fonte: Meteorologica Publicador: Meteorologica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 ES
Relevância na Pesquisa
37.2%
Una climatología de distintas propiedades de la precipitación en intervalos de tres días es desarrollada en el presente trabajo, la cual es de especial importancia para el pronóstico extendido de precipitación. Por lo tanto el objetivo fundamental de esta climatología es el desarrollo y el inicio de pronósticos extendidos de 6 a 10 días en términos de probabilidades divididas en categorías. Para esto, se analizan las frecuencias de días con precipitación en ventanas de 3 días. Cada frecuencia de cero días de precipitación para el día i es el resultado de la ausencia de precipitación en ventanas móviles de tres días centradas en el día i, de la misma forma se obtienen las frecuencias hasta tres días con precipitación respectivamente. Se emplean los datos de 94 estaciones en un período común (1959-1998) en el área de estudio. Se estudian las ondas anuales de las propiedades obtenidas para las precipitaciones y su síntesis a través de la descomposición en armónicos. Se propone una representación vectorial de las propiedades que definen el análisis armónico, tales como la fecha de ocurrencia del máximo (su fase) y su amplitud. Finalmente, se pone especial énfasis en el estudio de las condiciones extremas de eventos de precipitación...