Página 1 dos resultados de 894 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Variação da anatomia e da densidade básica da madeira de Gmelina arborea (Roxb.), em diferentes condições de clima e de manejo na Costa Rica; Wood anatomy and density varation of Gmelina arborea (Roxb.) trees on different climatic and management condictions in Costa Rica

Moya Roque, Roger Alonso
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/07/2005 PT
Relevância na Pesquisa
46.56%
A Gmelina arborea Roxb. (Verbenaceceae) tem sido plantadas em países de clima tropical devido a sua elevada taxa de crescimento, resistência ao ataque de pragas e doenças e aos curtos ciclos de rotação. Foi introduzida no Costa Rica no início dos anos de 1970 e rapidamente difundiu-se sua utilização nos programas de reflorestamento, compreendendo diferentes regiões ecológicas e intensidade de manejo para a produção de madeira para construção civil, movelaria, entre outros. Por outro lado, as características anatômicas e a densidade da madeira de árvores de gmelina procedentes das diferentes condições ecológicas na Costa Rica são pouco pesquisadas. Pela importância do conhecimento destas propriedades da madeira, a presente pesquisa teve como objetivos: descrever a estrutura anatômica do seu lenho, a variação radial dos elementos celulares (vasos, fibras e parênquimas radial e longitudinal) e a densidade da madeira (densitometria de raios-X) de duas diferentes regiões ecológicas (climas tropical úmido e seco) e três intensidades de manejo florestal. Os resultados da presente pesquisa são apresentados em 3 capítulos, a saber: No Capítulo 1 são descritas a estrutura anatômica macro e microscópica do lenho da gmelina procedente das duas regiões climáticas. Os resultados da análise multivariada de componentes principais mostraram que os vasos...

Padrões de ocupação do solo e microclimas urbanos na região de clima tropical continental.; Urban occupation patterns and microclimates in the brazilian continental tropical region

Duarte, Denise Helena Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 05/12/2000 PT
Relevância na Pesquisa
66.43%
O objeto deste trabalho são os microclimas urbanos nas cidades brasileiras na região de Clima Tropical Continental. Partindo do princípio que há uma correlação entre microclimas urbanos e ocupação do solo, o objetivo é medir numericamente a correlação entre a temperatura do ar e algumas variáveis familiares ao planejamento, e que podem ser regulamentadas pela legislação municipal, a fim de orientar as medidas necessárias para amenizar o rigor climático nas cidades da região. Faz-se uma descrição qualitativa e quantitativa das variáveis urbanísticas envolvidas, bem como medições de temperatura e umidade do ar em diferentes estações e horários. Os resultados mostram que as variáveis taxa de ocupação e coeficiente de aproveitamento mantém correlação positiva com a temperatura do ar, e refletem uma maior influência da densidade construída sobre o período noturno, o que concorda com a teoria existente. Já com as variáveis arborização e água a correlação foi negativa em relação à temperatura do ar, em todos os horários. Ao final propõe-se um índice em função das variáveis urbanísticas utilizadas, visando subsidiar futuros trabalhos na determinação da proporção ideal entre densidade construída...

Desenvolvimento da videira 'Itália' em clima tropical de altitude; Development of Itália grapevine in humid subtropical climate

Rodrigues, Alessandro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 05/06/2009 PT
Relevância na Pesquisa
56.26%
A videira Itália (Vitis vinifera L.) é a cultivar de uva fina de mesa mais consumida no Brasil, sendo o Estado de São Paulo um dos principais produtores. Em função da diversidade climática presente em diferentes regiões paulistas, ocorre variações na duração do ciclo de produção da videira. Além disso, podas efetuadas em diferentes épocas na mesma região podem alterar a duração do ciclo. No momento da comercialização, a qualidade dos cachos é fundamental, sendo o tamanho das bagas, componente valorizado pelos consumidores. Uma das alternativas para incrementar o tamanho das bagas é o uso de biorreguladores. Com o objetivo de avaliar o desenvolvimento da videira Itália em clima tropical de altitude (Cwa) em diferentes épocas de poda e aplicação isolada ou conjugada de concentrações dos biorreguladores GA3 e CPPU sobre a qualidade dos cachos, dois experimentos foram realizados: O primeiro experimento avaliou seis ciclos de produção (poda-colheita) em dois talhões, sendo três ciclos por talhão, denominados de poda de inverno, poda de verão e poda de primavera. Realizaram-se avaliações visuais semanais a partir da poda até a colheita registrando-se a duração em dias do ciclo de produção e dos períodos poda-brotação...

Influência de lagos artificiais no clima local e no clima urbano: estudo de caso em Presidente Epitácio (SP); Influence of artificial lakes in local climate and urban climate: a case study in Presidente Epitácio (SP)

Souza, Marcos Barros de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 02/09/2010 PT
Relevância na Pesquisa
46.41%
Nas últimas décadas tem sido temática de estudos as alterações realizadas no meio ambiente urbano e as variabilidades climáticas que ocorrem a partir das intervenções, principalmente no que se refere à formação de lagos artificiais para construção de usinas hidrelétricas. As transformações antrópicas de um determinado espaço físico podem ocasionar variações nos atributos climáticos, como a umidade relativa do ar e a temperatura do ar, dentre outros. O objetivo geral desta pesquisa foi verificar as possíveis alterações no clima local e do clima urbano da cidade de Presidente Epitácio, localizada no extremo oeste do Estado de São Paulo, devido à formação do lago artificial para a construção da Usina Hidrelétrica Engenheiro Sérgio Motta (Porto Primavera), utilizando registros da temperatura do ar e da umidade relativa do ar em um transecto da margem do lago passando pela área urbana até o ambiente rural circunvizinho, analisando as variáveis temporal, espacial e horária em diferentes períodos do ano (primavera, verão, outono e inverno), bem como a análise dos desvios da temperatura do ar e da umidade relativa do ar, entre os postos localizados próximos ao lago, na área intra-urbana e na área rural. A área de estudo constitui o município de Presidente Epitácio (SP) e o lago artificial foi formado pelo represamento das áreas do rio Paraná...

Perfil oxidativo e avaliação funcional de sêmen criopreservado de touros (Bos taurus taurus e Bos taurus indicus) criados em clima tropical; Oxidative status and functional evaluation of cryopreserved semen, collected from bulls (Bos taurus taurus and Bos taurus indicus) raised under tropical conditions

Rodrigues, Mariana de Paula
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/09/2009 PT
Relevância na Pesquisa
66.52%
A necessidade de criopreservação seminal vem aumentando cada vez mais, concomitantemente à evolução das biotecnologias aplicadas à reprodução animal. Sabe-se que a principal causa da diminuição do desempenho reprodutivo de um touro, criado em clima tropical, é o estresse térmico. Raças de origem européia (Bos taurus taurus) são consideravelmente mais sensíveis à essas condições climáticas quando comparadas aos animais de origem indiana (Bos taurus indicus). Esses animais não adaptados podem apresentar decréscimo na qualidade espermática, como alterações estruturais, funcionais e maior suscetibilidade ao estresse oxidativo, após a descongelação do sêmen. Para avaliar essa hipótese, foram utilizadas amostras criopreservadas de 40 touros, sendo 20 da raça Nelore (Bos taurus indicus) e 20 da raça Simental (Bos taurus taurus), criados em clima tropical, dessas, 10 amostras seminais de cada raça foram coletadas durante inverno e 10 durante o verão. Após a descongelação das amostras, foram realizados os testes espermáticos convencionais como motilidade progressiva, vigor e índice de motilidade espermática, e os testes funcionais tais como integridade de membrana plasmática (Eosina/Nigrosina), integridade acrossomal (POPE)...

Contribuições das árvores para o bioclima térmico no desenho urbano em cidades tropicais : o caso de Campinas, SP = Contributions of trees for thermal bioclimate in the urban design in tropical cities: the case of Campinas, SP; Contributions of trees for thermal bioclimate in the urban design in tropical cities : the case of Campinas, SP

Loyde Vieira de Abreu
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 16/05/2012 PT
Relevância na Pesquisa
46.47%
O sombreamento por arvores pode melhorar o bioclima termico em cidades tropicais como Campinas, SP. As arvores se comportam de maneiras distintas no microclima urbano porem existem poucos estudos sobre a quantificacao dos beneficios trazidos pelas diferentes especies arboreas e sua disposicao no ambiente construido. O objetivo desta pesquisa e quantificar a contribuicao de individuos arboreos e agrupamentos para a melhoria dos microclimas urbanos e do ambiente construido a partir da caracterizacao do bioclima termico local, estudos dos efeitos dos canios urbanos e avaliacao da escala de influencia da vegetacao, bem como diretrizes de projeto urbano e arquitetonico para clima tropical de altitude. Foram analisadas as especies Ipe Amarelo (Tabebuia chrysotricha (Mart. ex DC.) Stand.), Jacaranda mimoso (Jacaranda mimosaefolia D. Don.), Jambolao (Syzygium cumini L.), Mangueira (Mangifera indica L.), Pinheiro (Pinus palustris L.) e Pinheiro (Pinus coulteri L.) - isoladas, Mirindiba Bagre (Lafoensia glyptocarpa L.), Sibipiruna (Caesalpinia pluviosa F.), Espatodea (Spathodea campanulata P.Beauv.), Tipuana (Tipuana tipu F.) - isoladas e agrupadas -, Flamboyant (Delonix indica F.) e tambem, Chuva de Ouro (Senna siamea L.) - agrupadas. Foram utilizados dados meteorologicos - temperatura do ar...

A influência da ocupação do solo no comportamento da ventilaçao natural e na eficiência energética em edificações : estudo de caso em Goiânia : clima tropical de atitude

Souza, Valéria Morais Baldoino de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
56.56%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, 2006.; Este trabalho visa estudar a influência da mudança na ocupação do solo urbano na ventilação e na eficiência energética em edificações, com estudo de caso na cidade de Goiânia, capital do estado de Goiás, região de clima tropical de altitude, localizada no planalto central brasileiro. Para a arquitetura, a opção bioclimática aproveita os elementos do clima para seu condicionamento passivo, resultando em eficiência energética. Entretanto, no processo de urbanização, o clima urbano é alterado, sendo que, o movimento do ar é o elemento climático mais modificado durante este processo. O vento é importante para renovação do ar e para conforto térmico em regiões com clima quente-úmido. Em lugares com clima tropical de altitude (quente-úmido no verão e quente-seco no inverno), buscando sustentabilidade e conforto térmico, o espaço urbano deve permitir a ventilação no interior dos edifícios na estação quente-úmida, quando a temperatura externa não for maior do que a interna e, controle da ventilação na estação quente-seca. Para o estudo da influência da mudança na ocupação do solo sobre a ventilação em Goiânia...

Soluções construtivas nas regiões tropicais: caso de Moçambique

Rodrigues, João Emanuel Oliveira
Fonte: Universidade Nova de Lisboa Publicador: Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /11/2014 POR
Relevância na Pesquisa
46.29%
As soluções construtivas devem adequar-se aos problemas que a sustentabilidade ambien-tal e a economia energética hoje colocam. Em todo o ciclo de vida de uma construção são consumidos recursos que contribuem para o fenómeno do aquecimento global. A urgência de alterar rapidamente esta tendência, impõe o uso de soluções construtivas mais eficazes em paralelo com uma maior consciencialização das populações para os problemas decorrentes das práticas do sector da construção. Esta problemática é ainda pouco reconhecida em Moçambique e vista como uma possível ameaça ao modelo de desenvolvimento reconhecido como moderno e desenvolvido. Na maioria das cidades da região tropical tem-se verificado um elevado crescimento ur-bano nos últimos anos decorrente do aumento demográfico e do nível de desenvolvimento eco-nómico. No continente Africano em geral o crescimento não acontece apenas no meio urbano mas também no meio rural, situação que aumenta a necessidade e a oportunidade para a (re-) introdu-ção de soluções construtivas que contribuam para uma maior sustentabilidade do planeta. No pe-ríodo anterior ao fenómeno da globalização dos modelos arquitetónicos, a construção tradicional era mais sustentável que a generalidade das edificações atuais...

Transferência de imunidade passiva em cordeiros de corte manejados extensivamente em clima tropical

Turquino,C.F.; Flaiban,K.K.M.C.; Lisbôa,J.A.N.
Fonte: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) Publicador: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2011 PT
Relevância na Pesquisa
46.34%
Aspectos relacionados à transferência de imunidade passiva (TIP) foram estudados em 290 cordeiros recém-nascidos, cruzas Texel, manejados extensivamente em contato permanente com as suas mães, e criados em clima tropical. Amostras de sangue foram colhidas dos cordeiros uma única vez entre 24 e 36 horas de vida para obtenção do soro sanguíneo. Foram determinadas a atividade da gama glutamiltransferase e as concentrações de proteínas totais por refratometria e colorimetria, de albumina, alfa, beta e gamaglobulinas por eletroforese e de IgG estimada pela turvação pelo sulfato de zinco. Os cordeiros foram agrupados de acordo com o sexo, o número de partos das ovelhas, o escore de condição corporal (ECC) da ovelha, o número de cordeiros nascidos, o peso e a vitalidade ao nascimento. Os fatores de risco para a ocorrência de falha na transferência de imunidade passiva (FTIP) foram identificados e a sua associação com a mortalidade de cordeiros foi testada. Foram estabelecidas correlações entre as variáveis estudadas. A TIP não foi influenciada pelo sexo, pelo número de partos ou pelo ECC das ovelhas. Houve diferenças entre os cordeiros únicos e gêmeos e entre os que nasceram com peso >3 kg e < 3 kg. A FTIP foi pouco frequente (12...

Puberdade e maturidade sexual em touros jovens da raça Simental, criados sob regime extensivo em clima tropical

Neto,Tamires Miranda; Castilho,Erick Fonseca de; Pinho,Rogério Oliveira; Guimarães,Simone Eliza Facioni; Costa,Eduardo Paulino da; Guimarães,José Domingos
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2011 PT
Relevância na Pesquisa
66.34%
Objetivou-se determinar a idade à puberdade e maturidade sexual e sua relação com peso corporal e mensurações testiculares em tourinhos da raça Simental criados sob regime extensivo em clima tropical. Utilizaram-se 44 tourinhos com 1 a 30 meses de idade. As mensurações corporais e testiculares foram feitas mensalmente e os ejaculados coletados quinzenalmente, a partir dos seis meses de idade, utilizando-se o método de eletroejaculação. Observou-se idade à puberdade aos 13,42 ± 3,02 meses e maturidade sexual aos 21,43 ± 6,6 meses de idade, com peso corporal e perímetro escrotal, respectivamente, de 324,2 ± 23,7 kg e 26,90 ± 1,41 cm para a puberdade e 360 ± 69,04 kg e 34,88 ± 3,9 cm para maturidade sexual. Este estudo revelou idade tardia para a cronologia dos eventos reprodutivos, com relação direta do tipo de manejo adotado.

Efeito da sazonalidade climática na ocorrência de sintomas respiratórios em uma cidade de clima tropical

Silva Júnior,José Laerte Rodrigues da; Padilha,Thiago Fintelman; Rezende,Jordana Eduardo; Rabelo,Eliane Consuelo Alves; Ferreira,Anna Carolina Galvão; Rabahi,Marcelo Fouad
Fonte: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 PT
Relevância na Pesquisa
66.34%
OBJETIVO: Avaliar o efeito da sazonalidade climática na ocorrência de sintomas respiratórios em uma cidade de clima tropical no Brasil. MÉTODOS: Estudo de corte transversal relacionando dados de indivíduos que procuraram assistência médica em uma Unidade Básica de Saúde na cidade de Goiânia (GO) com dados meteorológicos coletados diariamente. No intervalo de um ano, todos os pacientes que preenchiam os critérios de inclusão foram entrevistados em 44 dias distintos (11 em cada estação) escolhidos aleatoriamente. ANOVA foi usada para a comparação das médias das variáveis dependentes por estação. Correlação foi conduzida entre as variáveis dependentes e cada variável meteorológica. Os efeitos das variáveis meteorológicas foram analisados com um modelo de AutoRegressive Moving Average with eXogenous input (ARMAX, média móvel autorregressiva com entrada exógena). RESULTADOS: Dos 3.354 participantes, 494 (14,6%) apresentavam sintomas respiratórios. A variação de temperatura não foi suficiente para provocar mudanças no número de indivíduos com sintomas respiratórios; porém, houve aumento desse número com baixos níveis de umidade no inverno, com diferença estatisticamente significativa entre as estações (p < 0...

Desenvolvimento e migração de larvas infectantes de ciatostomíneos (Nematoda: Cyathostominae) em gramínea coast cross (Cynodon dactylon) em clima tropical, na Baixada Fluminense, RJ, Brasil

Couto,Melissa C. M. do; Quinelato,Simone; Souza,Tarcísio M. de; Santos,Claudia Navarro dos; Bevilaqua,Cláudia Maria L.; Anjos,Débora H. da S.; Sampaio,Ivan B. M.; Rodrigues,Maria de Lurdes de A.
Fonte: Colégio Brasileiro de Parasitologia Veterinária Publicador: Colégio Brasileiro de Parasitologia Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2009 PT
Relevância na Pesquisa
66.34%
Esse estudo foi realizado no período de julho de 2003 a novembro de 2004, para avaliar o desenvolvimento, a sobrevivência, a migração das larvas infectantes em gramínea "coast cross" (Cynodon dactylon) e o horário de maior disponibilidade, em condições de clima tropical, na Baixada Fluminense, RJ, Brasil. De julho de 2003 a setembro de 2004, massas fecais de equinos naturalmente infectados foram depositadas mensalmente sobre a gramínea. Sete dias após, amostras de fezes e gramínea foram coletadas semanalmente em diferentes horários (8, 13 e 17 horas), pesadas e processadas pela técnica de Baermann. O desenvolvimento, a sobrevivência e a migração das larvas infectantes nas fezes e na gramínea foram observados durante todo o período. A sobrevivência das L3 foi de até 15 semanas nas fezes e 12 semanas na gramínea no período seco e de nove e oito semanas, respectivamente, para o período chuvoso. No período chuvoso, maior número de L3 foi recuperado nas fezes e, no período seco, na gramínea. Condições climáticas influenciaram diretamente o número larvas infectantes. Pela análise multivariada, ficou demonstrado uma forte relação entre o tempo e o número de L3 nas fezes, sendo esta relação menos acentuada para a gramínea. Não se observou diferença significativa entre os horários de coleta.

The effects of tropical environment on reproduction efficiency in ruminants.

FOOTE, W. C.; RIERA, G. S.; SIMPLICIO, A. A.
Fonte: In: SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE BIOCLIMATOLOGIA ANIMAL NOS TRÓPICOS: PEQUENOS E GRANDES RUMINANTES, 1., 1986, Fortaleza. Anais... Brasília, DF: Embrapa-DIE, 1990. p. 62-86. Publicador: In: SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE BIOCLIMATOLOGIA ANIMAL NOS TRÓPICOS: PEQUENOS E GRANDES RUMINANTES, 1., 1986, Fortaleza. Anais... Brasília, DF: Embrapa-DIE, 1990. p. 62-86.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
EN
Relevância na Pesquisa
56.41%
[Efeito do clima tropical na eficiência reprodutiva dos ruminantes]. Resumo: A bibliografia mostra que a eficiencia reprodutiva dos ruminantes e geralmente menor nos animais localizados no tropico que naqueles de zonas temperadas. O principal fator limitante da maioria dos ambientes tropicais e a alta temperatura que afeta os processos reprodutivos diretamente e indiretamente atraves do estresse na producao. Os parametros reprodutivos afetados pelo clima tropical sao a idade a puberdade e a fertilidade, nao tendo alteracao a prolificidade ou o periodo de reproducao, onde especies como a ovelha e a cabra apresentam atividade sexual ao longo do ano devido a inexistencia de variacoes anuais significativas no fotoperiodo perto do equador. A eficiencia reprodutiva no tropico pode ser melhorada protegendo os animais das altas temperaturas e umidade e providenciando uma alimentacao adequada durante os periodos de seca. Tambem, atraves de esquemas reprodutivos de forma tal que periodos de maior requerimento nutricional dos animais coincidam com as epocas de maior producao de forragens. Todavia, enfase deve ser dada na eficiencia de adaptacao dos animais ao tropico, nao somente para assegurar a reproducao das especies mas tambem para superar os niveis reprodutivos dos animais de zonas temperadas.; 1990

Ações devidas ao clima sobre os materiais de construção em regiões tropicais

Ribeiro, Rafaella Larissa Santos; Oliveira, Romilde Almeida de (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Dissertação
BR
Relevância na Pesquisa
46.32%
Os ciclos diurnos e noturnos nas diferentes coordenadas geográficas do globo terrestre são atribuídos à inclinação do eixo de rotação da terra e à exposição solar, caracterizando a diversidade dos climas. A exposição solar é intensa nos trópicos. Os materiais são deteriorados de forma particular nas regiões próximas ao Equador. Neste estudo, pretende-se identificar a influência do clima tropical no comportamento dos materiais que atendam às particularidades das construções localizadas nestas regiões. A metodologia da pesquisa é definida como qualitativa. Prioriza-se a interpretação dos fenômenos e a atribuição de seus significados. No estudo, são apresentadas as condições reológicas do concreto em seu estado fresco, sujeito às condições climáticas. São descritas condutividade térmica no concreto e suas relações com o ambiente externo. São analisadas a fluência e retração do concreto face ao clima tropical segundo as normas técnicas vigentes. As argamassas e polímeros são descritos e a sua deterioração quanto à exposição à radiação solar são explanados brevemente. O comportamento mecânico do plástico se dá prioritariamente sob efeito da temperatura e do tempo. Quanto aos plásticos...

Efeito da sazonalidade climática na ocorrência de sistomas respiratórios em indivíduos de uma cidade de clima tropical; Effect of the climate seasonality on the occurrence of respiratory symptoms in subjects of a tropical city

SILVA JÚNIOR, José Laerte Rodrigues da
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Medicina Tropical; Medicina Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Medicina Tropical; Medicina
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.52%
Objectives: To evaluate the effect of the climate seasonality on the occurrence of respiratory symptoms in patients attending a primary health unit in a tropical city. Methods: We conducted a cross-sectional study on subjects attending an out-patient primary health unit in relation with meteorological data collected daily. During one year, forty-four cross-sectional observations categorized by season were made. The observations were chosen randomly, in twelve-hour intervals (7am to 7pm). Analysis of variance was used to compare means across seasons. Pairwise correlation was conducted to verify the association between the number of patients and each meteorological variable. A model of autoregressive moving average with exogenous variables was conducted to evaluate the ability of the meteorological variables to predict the proportions of subjects with respiratory symptoms on each season. Results: Among the 3,354 subjects enrolled, 14.6% had respiratory symptoms. The temperature variation was not enough to change the number of individuals with respiratory symptoms, however there was an increase of subjects with respiratory symptoms coinciding with low levels of humidity during winter, with a statistically significant difference between seasons (p=0...

Fenologia e carboidratos de reserva do caquizeiro (Diospyros kaki L.) 'Rama Forte' em clima tropical.; Fenology and carbohydrate reserves in persimmon (Diospyros kaki L.) rama forte in tropical climate.

Corsato, Carlos Eduardo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 07/10/2004 PT
Relevância na Pesquisa
56.34%
A década de 90 foi caracterizada por uma grande expansão no mercado Brasileiro e mundial de frutas, em especial nas frutas de outono, como o caqui Diospyros kaki L.). Embora a quase totalidade da produção nacional de caqui seja destinada ao mercado interno, o Brasil vem se consolidando nos últimos anos como país exportador dessa fruta para países do continente americano e europeu. Por essa razão, o cultivo dessa fruteira vem se constituindo numa importante atividade agrícola para pequenos produtores no Brasil. O conhecimento da fenologia e de como varia o conteúdo em carboidratos de reserva do caquizeiro em clima tropical é de grande importância para o estudo do desenvolvimento dessa espécie nessas condições. A falta informações dessa natureza para o caquizeiro cultivado no Brasil motivou o presente estudo com a variedade Rama Forte, a mais cultivada e consumida no país. O trabalho conduzido em um pomar localizado na área experimental, setor de horticultura, da escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (ESALQ) em Piracicaba – SP, no período 2002/2003. A fenologia foi caracterizada desde a brotação das gemas até a abscisão foliar. A variação dos teores de carboidratos de reserva em ramos e em raízes é descrita tendo por base os diferentes períodos de coleta de material no campo...

Temperature-dependent development and survival of Brazilian populations of the Mediterranean fruit fly, Ceratitis capitata, from tropical, subtropical and temperate regions.

RICALDE, P. M.; NAVA, D. E.; LOECK, E. A.; DONATTI, G. M.
Fonte: Journal of Insect Science, v. 12, n. 29, p. 1-11, 2012. Publicador: Journal of Insect Science, v. 12, n. 29, p. 1-11, 2012.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
EN
Relevância na Pesquisa
46.38%
The Mediterranean fruit fly Ceratitis capitata (Wiedemann) (Diptera: Tephritidae) is one of the principal exotic pests affecting Brazilian production in the northeastern and southeastern regions of Brazil. In the south, it is has potential as a serious threat to temperate-climate fruit farms, since it is already found in urban and suburban communities in this region. We studied the biological characteristics of C. capitata populations from Pelotas-RS (temperate climate), Petrolina-PE (tropical), and Campinas-SP (subtropical). Ceratitis capitata biology was studied under controlled temperature (15, 20, 25, 30, and 35 ± 1 °C), 70 ± 10% RH, and 14:10 L:D photoperiod. The duration and survival rate of the egg, larval, and pupal stages were evaluated and the thermal requirements of these three populations were determined. The duration and survival of these developmental stages varied with temperature, with similar values for the three populations, except for some variation in the egg phase. Egg to adult developmental time for all three populations was inversely proportional to temperature; from 15 to 30 °C developmental time varied from 71.2 to 17.1, 70.2 to 17.1, and 68.5 to 16.9 days, respectively. Survival during development was affected at 15 to 30 °C...

Conservação de coleções em ambientes tropicais: coletando e comunicando dados do Museu Paulista/USP, Brasil (1997-2000); Caring for collections in tropical environments: collecting and communicating data at Museu Paulista/USP, Brasil (1997-2000)

Paula, Teresa Cristina Toledo de
Fonte: Universidade de São Paulo. Museu Paulista Publicador: Universidade de São Paulo. Museu Paulista
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2001 POR
Relevância na Pesquisa
46.43%
As atividades de monitoramento e controle ambiental nas regiões temperadas originaram os parâmetros e práticas hoje estabelecidos mundialmente para a conservação de acervos; tais parâmetros e práticas, entretanto, podem não ser adequados à conservação de acervos em regiões tropicais. Este trabalho apresenta uma pesquisa sobre as condições ambientais em museu de região tropical, o Museu Paulista da Universidade de São Paulo. Trinta e três salas, halls e corredores nos quatro pavimentos do Museu Paulista têm sido monitorados por termo-higrógrafos desde 1997. Grandes variações na UR (30-98%) e temperatura (12-35 graus C) foram registradas. O efeito nocivo sobre as coleções, esperável em situações climáticas tão inconstantes, não foi encontrado onde há ventilação apropriada. O monitoramento possibilitou, também, a identificação de áreas de alto risco, onde ações localizadas podem ser introduzidas de forma econômica. Desenvolver um modo efetivo de comunicar essas informações ambientais à equipe do museu mostrou-se vital à implementação de medidas sustentáveis de monitoramento e controle climáticos.; The monitoring and environment control activities in the temperate regions have originated the parameters and the actions now established...

Resistencia al clima tropical de aceros galvanizados con y sin recubrimiento

Suárez-Corrales,Xenia Isbel; Villar-López,René Valentino; Corvo-Pérez,Francisco Eduardo; Marrero,Rigoberto
Fonte: Facultad de Ingeniería, UNAM Publicador: Facultad de Ingeniería, UNAM
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2014 ES
Relevância na Pesquisa
66.47%
En el presente trabajo se evalúa el comportamiento a la corrosión de diferentes productos de acero galvanizado con y sin recubrimiento para las condiciones de un clima tropical húmedo, mediante ensayos climáticos acelerados efectuados en cámaras climáticas y ensayos naturales en la estación marino-costera de Cojímar, en donde quedaron en evidencia los problemas que suelen presentar los aceros galvanizados al ser expuestos con y sin recubrimiento, en un ambiente tropical húmedo, así como la importancia de la adherencia para su eficaz comportamiento, bien sea con fines decorativos o para impartir una protección adicional. Los resultados reflejan que 95% del acero galvanizado estudiado en el presente trabajo presenta una buena resistencia a la corrosión y 71% de los aceros galvanizados con recubrimientos aplicados y de ellos, 100% de los aceros galvanizados pintados no cumplen las expectativas para las que fueron concebidos desde el punto de vista mecánico y corrosivo. Por tanto, se evidencia que es vital para la eficiencia y rentabilidad de la industria metal-mecánica expuesta al clima tropical húmedo, lograr elementos de acero galvanizado pintado con las debidas preparaciones para la superficie y la aplicación del recubrimiento...

Agresividad atmosférica basada en el tiempo de humectación del clima tropical húmedo del estado de Tabasco

Angel-Meraz,E del; Veleva,L; Acosta-Alejandro,M
Fonte: Universidad Juárez Autónoma de Tabasco, Dirección de Investigación y Posgrado Publicador: Universidad Juárez Autónoma de Tabasco, Dirección de Investigación y Posgrado
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2009 ES
Relevância na Pesquisa
66.34%
La combinación de datos del Complejo Temperatura-Humedad relativa atmosférico (CT-HR) juega un papel muy importante en el desarrollo de experimentos y procesos físicos, químicos o biológicos. Los cambios diarios del CT-HR, así como el tiempo de humectación de diferentes ambientes permiten realizar un análisis detallado para explicar el proceso y la velocidad de degradación de materiales, particularmente metales y aleaciones. En este trabajo se presenta un estudio estadístico y sistemático del CT-HR, basado en la correlación de datos históricos de horarios diarios de Temperatura (T) y Humedad relativa (HR), para el período 2000-2003 de dos ambientes del clima tropical húmedo, localizados en el estado de Tabasco. Estas dos regiones son consideradas como urbana (Villahermosa) y marina-costera (Paraíso). El análisis estadístico del CT-HR mostró un comportamiento diferente para las dos regiones. En el caso de la atmósfera urbana, los valores de HR y T presentaron notables cambios a lo largo del día, manteniéndose este patrón durante todo el año, con variaciones típicas debido a los periodos secos y lluviosos. La atmósfera marina-costera mostró un comportamiento de HR y T parecido al de la atmósfera urbana durante los meses secos...