Página 1 dos resultados de 78 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Cirurgia vídeo-assistida para a ablação da fibrilação atrial isolada por radiofrequência bipolar; Videothoracoscopy for isolated atrial fibrillation ablation through bipolar radiofrequency; Cirugía videoasistida para ablación de fibrilación atrial aislada por radiofrecuencia bipolar

COLAFRANCESCHI, Alexandre Siciliano; MONTEIRO, Andrey José de Oliveira; BOTELHO, Eduardo Souza Leal; CANALE, Leonardo Secchin; RABISCHOFFSKY, Arnaldo; COSTA, Ieda Prata; CRUZ FILHO, Fernando Eugênio dos Santos; SÁ, Roberto Luiz Menssing da Silva; BOECH
Fonte: Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC Publicador: Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
96.7%
FUNDAMENTO: A prevalência da fibrilação atrial, os gastos com o sistema de saúde e a elevada morbidade e mortalidade associadas a ela, têm justificado a procura por novas abordagens terapêuticas. OBJETIVO: Avaliar a reprodutibilidade da técnica cirúrgica, a segurança e os resultados inicias da cirurgia vídeo-assistida para a ablação da fibrilação atrial isolada com radiofrequência bipolar. MÉTODOS: Dez pacientes (90% homens) com fibrilação atrial (50% paroxística) sintomática e refratária à terapia medicamentosa, sem doença cardíaca que requeresse cirurgia concomitante, foram submetidos à ablação da arritmia guiada por toracoscopia, no período de maio de 2007 a maio de 2008. Variáveis clínicas, laboratoriais e de imagem foram prospectivamente coletadas antes, durante e no seguimento pós-operatório. RESULTADOS: A cirurgia foi realizada conforme o planejado em todos os pacientes. Não houve lesão iatrogênica de estruturas intratorácicas ou óbitos. No seguimento médio de seis meses, 80% dos pacientes estão livres de fibrilação atrial. Houve melhora significativa dos sintomas de insuficiência cardíaca classe funcional New York Heart Association (2,4 ± 0,5 para 1,6 ± 0,7; p = 0,011). Não houve evidência de estenose de veias pulmonares à angiotomografia...

Cirurgia torácica vídeo-assistida aplicada à ressecção pulmonar com o auxílio de sutura mecânica em eqüinos ; Video-assisted thoracic surgery for lung resection with the aid of endoscopic staplers in horses

Zoppa, Andre Luis do Valle de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/11/2003 PT
Relevância na Pesquisa
56.56%
Toracoscopia é o método de visibilização da cavidade torácica, tendo sua indicação como exame auxiliar para diagnóstico de afecções como pleuropneumonia, neoplasias, aderências, metástases, pericardites, abscessos pulmomares e hérnias. O aprimoramento da equipe cirúrgica e o avanço tecnológico dos equipamentos endoscópicos fizeram com que esta técnica passasse a ser denominada cirurgia torácica vídeo-assistida, pela sua indicação não somente diagnóstica, mas terapêutica. Este trabalho visou à realização de ressecção da porção dorsocaudal do lobo pulmonar caudal esquerdo com auxílio de sutura mecânica por via toracoscópica. Foram utilizados seis eqüinos clinicamente sadios, machos e fêmeas, de peso, raça e idade variáveis. Estes animais foram avaliados nos períodos pré e pós-operatórios através de exame físico, coleta de material para hemograma e fibrinogênio plasmático, e exame ultra-sonográfico torácico. O local da ressecção pulmonar foi avaliado através de novo procedimento toracoscópico no 30º dia de pós-operatório. Em todos os animais a realização da técnica transcorreu de forma adequada, tendo sido possível o controle do pneumotórax, assim como foi observada evolução clínica satisfatória durante o período pós-operatório. Os resultados obtidos indicam que através de técnica cirúrgica vídeo-assistida pode-se realizar ressecção pulmonar parcial com uso de sutura mecânica em eqüinos...

Proposta metodológica para análise dos custos do reprocessamento de pinças de uso único utilizadas em cirurgia vídeo-assistida.; Methodological proposal for reprocessing costs analysis of single use instruments used in video-assisted surgeries.

Psaltikidis, Eliane Molina
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/03/2004 PT
Relevância na Pesquisa
96.56%
O trabalho teve como objetivo desenvolver uma proposta metodológica para análise dos custos de reprocessamento de pinças de dissecção, apreensão e corte, de uso único, utilizadas em cirurgia vídeo-assistida. O reuso desses artigos é prática freqüente, no Brasil e em diversos países, tendo como justificativa seu alto custo, embora sua viabilidade técnica não tenha sido comprovada. O reuso de artigos de uso único ainda é controverso e tem sido discutido e estudado sob os aspectos técnicos, legais, éticos e de segurança. Apesar da preocupação econômica, poucos estudos foram desenvolvidos sobre o real impacto econômico do reuso e reprocessamento. Neste trabalho, foi desenvolvida proposta metodológica para cálculo de custos e aplicada em três hospitais do Estado de São Paulo, seguindo o método de estudo de casos múltiplos. Foram coletados dados referentes a três meses nas instituições pesquisadas, por meio de observação e mensuração dos tempos das diversas fases do reprocessamento, revisão de registros da Central de Materiais e Esterilização e informações do Departamento de Recursos Humanos, Almoxarifado e Lavanderia. O custo do reprocessamento mensurado foi de R$9,374 no hospital Caso nº 1, de R$6...

Cirurgia torácica vídeo-assistida para a ablação da fibrilação atrial por radiofreqüência bipolar: exeqüibilidade, segurança e resultados iniciais; Video-assisted thoracic surgery for atrial fibrillation ablation using bipolar radiofrequency: Feasibility, Safety and initial results

Colafranceschi, Alexandre Siciliano
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 06/10/2008 PT
Relevância na Pesquisa
56.62%
INTRODUÇÃO: A prevalência da fibrilação atrial, os gastos com o sistema de saúde e a elevada morbidade e mortalidade associados a ela, têm justificado a procura por um melhor entendimento de suas bases fisiopatológicas e por novas abordagens terapêuticas. O objetivo deste manuscrito é avaliar a exeqüibilidade, a segurança e os resultados em três meses da cirurgia vídeo-assistida para a ablação da fibrilação atrial com radiofreqüência bipolar. MÉTODOS: Dez pacientes (90% homens) com fibrilação atrial sintomática e refratária à terapia medicamentosa foram submetidos ao procedimento cirúrgico proposto no Instituto Nacional de Cardiologia, Rio de Janeiro, no período de Maio 2007 a Maio de 2008. Foram analisadas variáveis de peri e pós-operatório. Além da avaliação clínica dos sintomas, todos os pacientes foram submetidos a um ecocardiograma e Holter de 24horas antes e três meses após a cirurgia. Realizou-se também uma angiotomografia de veias pulmonares no terceiro mês de seguimento pós-operatório. RESULTADOS: O procedimento foi realizado conforme planejado em todos os pacientes. Cem por cento das veias pulmonares direitas e 90% das esquerdas tiveram o isolamento elétrico confirmado. Não houve lesão iatrogênica de estruturas intra-torácicas ou óbitos. Dois pacientes apresentaram pneumonia pós-operatória e longo tempo de permanência hospitalar no início da experiência clínica. Nove dos dez pacientes saíram do centro cirúrgico em ritmo sinusal. Houve uma recorrência da fibrilação atrial em três meses (11...

Curva de aprendizado da ovariohisterectomia video-assistida e da miniceliotomia associada à técnica do gancho de snook em gatas (Felis catus, Linnaeus, 1758)

Tavares, Denise Cláudia
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xv, 56 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
66.62%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Cirurgia Veterinária - FCAV; A curva de aprendizado nada mais é que do que a experiência necessária para se obter a otimização em uma modalidade cirúrgica a ser executada. Neste trabalho, foi estudada a curva de aprendizado em diferentes ovariohisterectomias (OHE), a partir de cirurgia vídeo-assistida com dois portais e miniceliotomia utilizando o gancho de Snook, em um total de 52 gatas. Os animais submetidos à ovariohisterectomia (OHE) vídeo-assistida foram alocados aleatoriamente em quatro grupos com oito animais cada. Os animais submetidos à OHE através de miniceliotomia pela técnica do gancho, também foram separados em quatro grupos contendo cinco animais cada. As dificuldades de execução das duas técnicas cirúrgicas foram avaliadas e descritas, assim como suas intercorrências nos períodos trans e pós-operatório. A melhoria da condição técnica e a diminuição do período transcirurgico foi nítida ao decorrer do tempo nos grupos das videolaparoscopias. A transposição da curva de aprendizado ou estabilização do tempo e diminuição das complicações trans-cirurgicas se deu a partir da oitava cirurgia. Já nas ovariohisterectomias através de miniceliotomia pela técnica do gancho de Snook...

Ovário-histerectomia transvaginal por total-NOTES e comparação do trans e pós-operatório com as técnicas vídeo-assistida com único portal e convencional em cadelas

Silva, Marco Augusto Machado
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: xviii, 93 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
56.62%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Cirurgia Veterinária - FCAV; Os procedimentos cirúrgicos contraceptivos possuem como finalidades evitar ou tratar enfermidades do trato reprodutor e promover controle populacional de animais de companhia. Contudo, são traumáticos e implicam em dor pós-operatória, fazendo-se necessário o desenvolvimento de técnicas menos invasivas. O presente estudo objetivou desenvolver e descrever a técnica de ovário-histerectomia (OHE) laparoscópica total transvaginal (total-NOTES) em cadelas e compará-la quanto à dor e o estresse pós-operatórios, parâmetros intra-operatórios e complicações às abordagens vídeo-assistida com único portal (grupo SPVA) e convencional (grupo OPEN). A técnica de OHE por total-NOTES demonstrou-se factível em cadelas. Os grupos NOTES e SPVA apresentaram menores tempo cirúrgico total (25,7 ± 6,8 e 23,1 ± 4,0 minutos, respectivamente) em comparação ao grupo OPEN (34,0 ± 6,4 minutos e 5,3 ± 1,3, respectivamente). As cadelas submetidas a OHE pelas técnicas de total- NOTES e vídeo-assistida com único portal apresentaram menores, dor pós-operatória pela técnica de escala numérica visual (NRS) em todos os momentos de avaliação e cortisol sérico em dois momentos de avaliação em relação aos animais operados pela técnica convencional. Concluiu-se que OHE por total-NOTES é factível em cadelas...

Identificação do ramo externo do nervo laríngeo superior na tireoidectomia minimamente invasivo vídeo-assistida

Dedivitis,Rogério A.; Guimarães,André V.
Fonte: ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial Publicador: ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2005 PT
Relevância na Pesquisa
76.33%
A tireoidectomia minimamente invasiva vídeo-assistida (TIMIVA) sem infusão de gás é considerada segura com vantagem estética em relação ao procedimento convencional. OBJETIVO: Apresentar os achados de identificação do ramo externo do nervo laríngeo superior (RELS) durante a TIMIVA. FORMA DE ESTUDO: Estudo de coorte transversal. CASUÍSTICA E MÉTODO: Doze pacientes foram submetidos à hemitireoidectomia por doença nodular tireoidiana. Dissecamos o pedículo vascular tireoidiano superior com o auxílio de endoscópio de cinco milímetros de zero grau visando à identificação do RELS em todos os casos. RESULTADOS: Dos 12 casos, identificamos o RELS em 10 (83,3%), sendo que o trajeto era medial aos ramos da artéria tireoidiana superior em 8 (80%) e cruzava anteriormente tais ramos em 2 (20%). CONCLUSÕES: Identificamos o RELS em 83,3% dos casos, com trajeto medial aos ramos da artéria tireoidiana superior em 80% e cruzando anteriormente tais ramos em 20%. A ligadura do pedículo superior da tireóide pode ser feita com o RELS sob visão direta.

Cirurgia vídeo-assistida para a ablação da fibrilação atrial isolada por radiofrequência bipolar

Colafranceschi,Alexandre Siciliano; Monteiro,Andrey José de Oliveira; Botelho,Eduardo Souza Leal; Canale,Leonardo Secchin; Rabischoffsky,Arnaldo; Costa,Ieda Prata; Cruz Filho,Fernando Eugênio dos Santos; Sá,Roberto Luiz Menssing da Silva; Boechat,Ana L
Fonte: Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC Publicador: Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2009 PT
Relevância na Pesquisa
96.65%
FUNDAMENTO: A prevalência da fibrilação atrial, os gastos com o sistema de saúde e a elevada morbidade e mortalidade associadas a ela, têm justificado a procura por novas abordagens terapêuticas. OBJETIVO: Avaliar a reprodutibilidade da técnica cirúrgica, a segurança e os resultados inicias da cirurgia vídeo-assistida para a ablação da fibrilação atrial isolada com radiofrequência bipolar. MÉTODOS: Dez pacientes (90% homens) com fibrilação atrial (50% paroxística) sintomática e refratária à terapia medicamentosa, sem doença cardíaca que requeresse cirurgia concomitante, foram submetidos à ablação da arritmia guiada por toracoscopia, no período de maio de 2007 a maio de 2008. Variáveis clínicas, laboratoriais e de imagem foram prospectivamente coletadas antes, durante e no seguimento pós-operatório. RESULTADOS: A cirurgia foi realizada conforme o planejado em todos os pacientes. Não houve lesão iatrogênica de estruturas intratorácicas ou óbitos. No seguimento médio de seis meses, 80% dos pacientes estão livres de fibrilação atrial. Houve melhora significativa dos sintomas de insuficiência cardíaca classe funcional New York Heart Association (2,4 ± 0,5 para 1,6 ± 0,7; p = 0,011). Não houve evidência de estenose de veias pulmonares à angiotomografia...

Cálculo dos custos do reprocessamento de pinças de uso único utilizadas em cirurgia vídeo-assistida

Psaltikidis,Eliane Molina; Graziano,Kazuko Uchikawa; Frezatti,Fábio
Fonte: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2006 PT
Relevância na Pesquisa
96.49%
O trabalho objetivou desenvolver proposta metodológica para cálculo dos custos do reprocessamento de pinças de cirurgia vídeo-assistida de uso único. O reuso freqüente desses artigos ocorre pelo alto custo, entretanto, poucos estudos foram desenvolvidos a respeito desse enfoque. Elaborou-se um fluxograma com cada fase de reprocessamento, permitindo identificação dos componentes dos custos quanto à mão-de-obra, materiais e gastos indiretos. Pautado nesses dados, pôde-se construir a proposta metodológica para o cálculo de custos, baseada no método de custeio por absorção, incluindo a planilha para coleta de dados.

Comparação entre a técnica convencional e a minimamente invasiva vídeo-assistida nas tireoidectomias parciais

Dedivitis,Rogério Aparecido; Guimarães,André Vicente
Fonte: Colégio Brasileiro de Cirurgiões Publicador: Colégio Brasileiro de Cirurgiões
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2005 PT
Relevância na Pesquisa
76.43%
OBJETIVO: A tireoidectomia minimamente invasiva vídeo-assistida (TIMIVA) sem infusão de gás é considerada segura com vantagem estética em relação ao procedimento convencional. O objetivo deste trabalho é comparar a experiência preliminar brasileira com a TIMIVA e a técnica convencional nahemitireoidectomia. MÉTODO: Doze pacientes foram submetidos à hemitireoidectomia por doença nodular tireoidiana por TIMIVA (grupo I) e quatorze pela técnica convencional (grupo II). Analisamos gênero, idade, volume do bócio, medida do maior eixo do nódulo dominante, tempo de cirurgia, queixa de dor no pós-operatório, resultado estético e complicações (paralisia de prega vocal, infecção e hematoma). RESULTADOS: No grupo I, todos eram do gênero feminino, a mediana etária foi 34 anos, a mediana do volume do bócio foi 16,5 mL, a mediana do tamanho do nódulo dominante foi 2,3 cm, a mediana do tempo cirúrgico foi 55 minutos. Oito pacientes referiram dor discreta e quatro negaram dor. A mediana do tamanho da incisão foi 2 cm, todos consideraram os resultados estéticos excelentes e não houve complicações. No grupo II, o índice feminino/masculino foi 6:1, a mediana etária foi 35 anos, a mediana do volume foi de 18 mL, a mediana do tamanho do nódulo foi 2...

O papel da cirurgia torácica vídeo-assistida - CTVA - no tratamento da pneumonite necrosante na criança

Velhote,Carlos Eduardo Prieto; Velhote,Manoel Carlos Prieto
Fonte: Colégio Brasileiro de Cirurgiões Publicador: Colégio Brasileiro de Cirurgiões
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2006 PT
Relevância na Pesquisa
66.54%
OBJETIVO: Avaliar o papel da cirurgia torácica vídeo-assistida (CTVA) no tratamento das complicações pleurais da pneumonite necrosante (PN) na criança, em sua fase aguda. MÉTODO: Avaliação prospectiva de sete pacientes com idades entre quatro e sete anos, portadores de empiema pleural com PN, com diagnóstico confirmado por tomografia computadorizada de tórax (TC) e cirurgia. Realizou-se a descorticação pulmonar com esvaziamento do pleuris, desbridamento e ressecção do tecido pulmonar comprometido, e drenagem torácica, através de videotoracoscopia com três portais. Foram avaliados no pós-operatório a curva térmica, o leucograma, o tempo de drenagem torácica e a permanência hospitalar. RESULTADOS: Houve re-expansão pulmonar completa em todos os pacientes tratados pela CTVA, com rápida melhora do estado geral, queda de temperatura e da leucocitose na primeira semana pós-tratamento. O período de drenagem pós-CTVA variou de sete a 17 dias, e a permanência hospitalar póscirúrgica foi menor quando comparada com dados da literatura em que o tratamento utilizado foi a drenagem torácica com antibioticoterapia ou a cirurgia a céu aberto. CONCLUSÕES: A utilização da CTVA como coadjuvante no tratamento da PN acompanhada de complicações pleurais...

Tireoidectomia vídeo assistida: experiência de 120 casos

Volpi,Erivelto Martinho; Santos,André Bandiera de Oliveira; Capelli,Fábio de Aquino; Andrade,Cláudio Roberto Alves; Omokawa,Maurício; Brandão,Lenine Garcia
Fonte: Colégio Brasileiro de Cirurgiões Publicador: Colégio Brasileiro de Cirurgiões
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2007 PT
Relevância na Pesquisa
76.59%
OBJETIVO: O objetivo desse trabalho é avaliar o resultado da experiência de 120 casos operados pela mesma equipe, fazendo uso da técnica vídeo-assistida. MÉTODO: Entre setembro de 2004 e fevereiro de 2006 foram realizadas 120 tireoidectomias video-assistidas, sendo 119 em pacientes do sexo feminino e um em paciente do sexo masculino. A idade variou de 19 a 58 anos, com média de 34. O procedimento foi indicado para pacientes com suspeita de malignidade, na ausência de tireoidite, cirurgia anterior sobre a glândula tireóide ou radioterapia prévia, em glândulas com tamanho ultrassonográfico inferior a 20cc e nódulos com até 3cm de diâmetro. RESULTADOS: O tempo de operação variou entre 25 e 180 minutos, com tempo médio de 85 minutos para tireoidectomia total e 59 para parcial. O tamanho da cicatriz variou de 1,6 a 3,5cm, com média de 2,5cm. São relatadas quatro conversões. O índice de disfonia relatado foi de 5,8%. Não houve nenhum caso de hipoparatireoidismo ou hematoma. Todos os pacientes receberam alta no 1º dia de pós-operatório. CONCLUSÃO: A tireoidectomia video-assistida é uma nova forma de cirurgia sobre a tireóide, com índice de complicações comparável à técnica convencional, parecendo haver vantagem no que diz respeito ao tamanho da cicatriz cirúrgica e evolução pós-operatória. Outros fatores como tempo de operação...

Esofagogastrectomia vídeo-assistida para adenocarcinoma da transição esofagogástrica

Brandalise,André; Aranha,Nilton C.; Brandalise,Nelson A.; Lorenzetti,Cláudia; Pires,Conrado de Sousa
Fonte: Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva Publicador: Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2007 PT
Relevância na Pesquisa
86.6%
RACIONAL: Nas últimas décadas observou-se expressivo aumento na incidência de adenocarcinoma da transição esofagogástrica. Concomitante a este aumento, houve progresso na cirurgia minimamente invasiva. OBJETIVO: Relatar a experiência com a técnica de esofagectomia vídeo-assistida, transhiatal para o tratamento de adenocarcinoma da transição esofagogástrica. MÉTODOS: Indicou-se a técnica em 30 pacientes, com predominância do sexo masculino (73%) e idade média de 55 anos. Após avaliação laparoscópica, 19 pacientes foram operados por técnica vídeo-assistida. RESULTADOS: O tempo cirúrgico variou de 4 a 5 horas. Houve necessidade de colocação de dreno torácico em 12 pacientes (63%). Dois (10,5%) apresentaram fístula na anastomose cervical. Houve um óbito devido à fistula intratorácica da linha de grampos. Excluindo este paciente, o estadio pós-operatóro mostrou três (16,7%) pacientes no estadio I, dois (11%) IIa, três (16,7%) IIb, seis (33,3%) III e quatro (22,2%) no estadio IV. A sobrevida global média foi de 25,5 meses (3 a 105 meses), e quando separada em estádios, foi 53,3 meses até estádio IIa e 15,8 meses em estado IIb ou superior. CONCLUSÃO: A cirurgia minimamente invasiva pode ser alternativa no tratamento do adenocarcinoma da transição esofagogástrica.

Padronização da técnica para cirurgia cardíaca videoassistida: experiência inicial

Fortunato Júnior,Jeronimo Antonio; Branco Filho,Alcides A.; Branco,Aníbal; Martins,André Luiz M.; Pereira,Marcelo L.; Ferraz,João Gustavo G.; Paludo,Luciana
Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular Publicador: Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
66.16%
INTRODUÇÃO: Cirurgias cardíacas videoassistidas minimamente invasivas têm sido realizadas em grandes centros mundiais, incluindo procedimentos valvares, coronários e congênitos. OBJETIVO: Apresentar nossa primeira casuística com videocirurgia cardíaca, por meio da experiência adquirida com cirurgia geral e torácica. MÉTODOS: Sempre que houve possibilidade de se realizar uma cirurgia cardíaca por acesso minimamente invasivo, esta foi a abordagem inicialmente utilizada. A toracoscopia esquerda foi utilizada em quatro casos: (1) ligadura de fistula coronário-pulmonar sintomática, (2) implante de eletrodo epicárdico em ventrículo esquerdo para ressincronização ventricular, (3) retirada de lipoma gigante de pericárdio com pedículo em átrio esquerdo e (4) ressecção de hemangio-lipoma de mediastino. Toracoscopia direita com bypass cardiopulmonar via artéria e veia femorais e parada cardíaca em fibrilação ventricular com hipotermia moderada, foram realizados nos seguintes casos: (5) paciente com estenose mitral pós-plastia, com anel de Carpentier 12 anos antes. Foi realizada comissurotomia anterior e posterior com sucesso, sem toracotomia, (6) paciente com miocardiopatia dilatada idiopática, fibrilação atrial de alta resposta e insuficiência mitral importante...

Ovariosalpingohisterectomia vídeo-assistida ou convencional em cadelas com o uso de Ligasure atlas™

Ataide,Michelli Westphal de; Brun,Maurício Veloso; Barcellos,Leonardo José Gil; Bortoluzzi,Marinês; Feranti,João Pedro Scussel; Santos,Fabiane Reginatto dos; Tomazzoni,Fernando; Brambatti,Gustavo; Zílio,Pietro Paolo; Oro,Gabriela; Sartori,Luana Walen
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2010 PT
Relevância na Pesquisa
56.36%
Procurou-se comparar duas técnicas de ovariosalpingohisterectomia (OSH): vídeo-assistida com dois portais e convencional em cadelas, ambas com o uso de equipamento Ligasure atlas®. Para tanto, foram utilizados 18 animais separados em dois grupos, sendo no primeiro grupo realizada a OSH por celiotomia e no segundo pelo acesso vídeo-assistido. Os procedimentos videocirúrgicos foram realizados por meio de dois trocartes dispostos nas regiões umbilical e pré-púbica, com os cães posicionados em decúbito dorsal. Em ambos os grupos, o único método de hemostasia empregado foi o Ligasure atlas®. Não houve diferença significativa acerca do tempo operatório, das complicações trans e pós-operatórias e das perdas sanguíneas. Conclui-se que a OSH vídeo-assistida com o uso de dois portais e Ligasure atlas® e a técnica convencional com o emprego do mesmo equipamento são rápidas, seguras e efetivas em cadelas.

Análise dos custos do reprocessamento de pinças de uso único utilizadas em cirurgia vídeo-assistida

Psaltikidis,Eliane Molina; Graziano,Kazuko Uchikawa; Frezatti,Fábio
Fonte: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo Publicador: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2006 PT
Relevância na Pesquisa
96.49%
O trabalho objetivou analisar os custos do reprocessamento de pinças de uso único, utilizadas em cirurgia vídeo-assistida. O reuso freqüente desses artigos é justificado pelo alto custo, entretanto, poucos estudos foram desenvolvidos sob esse enfoque. Aplicou-se o método de estudo de casos múltiplos, em três instituições hospitalares do Estado de São Paulo, utilizando as técnicas da observação e análise documental. O custo do reprocessamento foi de R$ 9,37 no Caso nº 1, R$ 6,59 no Caso nº 2 e R$ 3,31 no Caso nº 3. O baixo custo verificado deve ser analisado com cautela, pois se verifica que o controle de qualidade tem pequena participação na composição do custo final. Quando todas as medidas de controle de qualidade são adotadas, o custo do reprocessamento passa a ser de R$ 185,19 no Caso nº 1, R$ 595,82 no Caso nº 2 e de R$ 363,10 no Caso nº 3.

Bulectomia bilateral por cirurgia torácica vídeo-assistida uniportal combinada com acesso contralateral ao mediastino anterior

Song,Nan; Jiang,Gening; Xie,Dong; Zhang,Peng; Liu,Ming; He,Wenxin
Fonte: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2013 PT
Relevância na Pesquisa
66.52%
OBJETIVO: A cirurgia torácica vídeo-assistida (CTVA) tem sido uma intervenção de escolha para o tratamento de pneumotórax espontâneo (PS) com bolha pulmonar. Nosso objetivo foi apresentar uma abordagem de CTVA uniportal unilateral para bulectomia bilateral e avaliar sua eficácia terapêutica. MÉTODOS: Entre maio de 2011 e janeiro de 2012, cinco pacientes foram submetidos a bulectomia bilateral por essa abordagem. Todos apresentavam PS bilateral. A TCAR pré-operatória mostrou que todos os pacientes tinham bolhas bilaterais no pulmão apical. As indicações cirúrgicas, os procedimentos de operação e os desfechos foram revisados. RESULTADOS: Todos os pacientes foram submetidos com sucesso a essa abordagem para bulectomia bilateral, sem complicações intraoperatórias. A mediana de tempo para a retirada do dreno torácico foi de 4,2 dias, e a mediana do tempo de hospitalização no pós-operatório foi de 5,2 dias. A mediana de seguimento pós-operatório foi de 11,2 meses. Um paciente teve recidiva de PE do lado esquerdo três semanas após a cirurgia e foi submetido a abrasão pleural. CONCLUSÕES: A bulectomia bilateral utilizando CTVA uniportal combinada com acesso contralateral ao mediastino anterior é tecnicamente confiável e promove desfechos favoráveis para pacientes com PS que desenvolvem bolhas bilaterais no pulmão apical. Entretanto...

Comparação entre cirurgia endoscópica e aberta em 37 pacientes com nasoangiofibroma

Oliveira,José Alberto Alves; Tavares,Marylane Galvão; Aguiar,Carolina Veras; Azevedo,Jorge Ferreira de; Sousa,João Renato F.; Almeida,Paulo César de; Gomes,Erika Ferreira
Fonte: Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cervicofacial Publicador: Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cervicofacial
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2012 PT
Relevância na Pesquisa
66.19%
O nasoangiofibroma é um tumor vascular benigno raro da nasofaringe, 0,5% de todas as neoplasias da cabeça e pescoço. Embora o tratamento de escolha seja a cirurgia, não há consenso sobre qual a melhor abordagem. OBJETIVOS: Comparar o tempo cirúrgico e a necessidade de transfusão intraoperatória em pacientes submetidos à cirurgia endoscópica versus aberta/combinada e relacionar a necessidade de transfusão intra-operatória com o tempo entre embolização e cirurgia. MATERIAL E MÉTODO: Estudo descritivo, analítico, retrospectivo, com abordagem quantitativa desenvolvido no serviço de otorrinolaringologia de um hospital-escola. Analisados 37 pacientes com nasoangiofibroma submetidos ao tratamento cirúrgico. Dados obtidos de prontuários. Analisados com os testes de Fisher-Freeman-Halton e de Games-Howell. Considerou-se significante se p < 0,05. Desenho do estudo: Estudo de coorte histórica com corte transversal. RESULTADOS: A abordagem endoscópica teve um menor tempo (p <0,0001).Houve uma menor necessidade de transfusão intraoperatória quando a embolização foi realizada no quarto dia. CONCLUSÃO: Sugere-se que o período citado seria o ideal para a realização da embolização e que a cirurgia endoscópica por demandar menos tempo estaria associada a uma menor morbidade. Entretanto...

Calculation of the reprocessing costs of single-use tongs used in video-assisted surgeries; Cálculo de los costos del reprocesamiento de pinzas de uso único utilizadas en cirugía video-asistida; Cálculo dos custos do reprocessamento de pinças de uso único utilizadas em cirurgia vídeo-assistida

Psaltikidis, Eliane Molina; Graziano, Kazuko Uchikawa; Frezatti, Fábio
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2006 POR
Relevância na Pesquisa
96.59%
The frequent reuse of disposable forceps instruments is justified by their high cost. However, few studies have been carried out on this topic. The objective of this study was to develop a methodological proposal for calculating the reprocessing costs for these instruments used in video-assisted surgery. A flowchart was developed for each phase of the reprocessing. This allowed subsequent identification of the cost components in terms of labor, materials and indirect expenses. From these data, a methodological proposal for cost calculation could be created, based on the Full Absorption Costing Method, including the spreadsheet for data collection.; El trabajo tuvo como objetivo desarrollar propuesta metodológica para el cálculo de los costos del reprocesamiento de pinzas de cirugía video-asistida de uso único. El uso frecuente de esos artículos ocurre por el alto costo, no obstante, pocos estudios fueron desarrollados respecto a ese enfoque. Se elaboró un fluxograma con cada fase del reprocesamiento, permitiendo la identificación de los componentes de los costos en cuanto a la mano de obra, materiales y gastos indirectos. Teniendo como pauta esos datos, se puede construir la propuesta metodológica para el cálculo de costos...

Cost analysis of reprocessing disposable forceps used in video-assisted surgery; Análisis de los costos del reprocesamiento de pinzas de único uso, utilizadas en cirugía video-asistida; Análise dos custos do reprocessamento de pinças de uso único utilizadas em cirurgia vídeo-assistida

Psaltikidis, Eliane Molina; Graziano, Kazuko Uchikawa; Frezatti, Fábio
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2006 POR
Relevância na Pesquisa
96.59%
This study aimed to analyze the reprocessing costs of disposable forceps used in video-assisted surgery. The frequent reuse of these instruments is justified by their high cost. However, few studies have been carried out on this topic. The multiple case study method was applied in three hospitals in the State of São Paulo, using the observation and document analysis techniques. In case number one, the processing cost was R$ 9.37, R$ 6.59 for case number two and R$ 3.31 for case number three. The low cost observed should be analyzed with caution, since it was observed that quality-control plays a role in the final cost. When the quality-control measures are adopted, the reprocessing costs jumped to R$ 185.19 for case number one, R$ 595.82 for case number two and to R$ 363.10 for case number three.; El trabajo objetivó analizar los costos del reprocesamiento de pinzas de uso único utilizadas en cirugía video-asistida. Fue aplicado el método de estudio de casos múltiples, en tres instituciones hospitalarias del Estado de São Paulo, utilizando la técnica de observación y de análisis documental. El costo del reprocesamiento fue de 9,37 Reales (R$), en el caso nº 1; de R$ 6,59 en el caso nº 2 y de R$ 3,31 en el caso nº 3. El bajo costo verificado debe ser analizado con cautela...