Página 1 dos resultados de 986 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

Reabilitação Oral em Pacientes Maxilectomizados

Pereira, Ângela Maria Lopes
Fonte: [s.n.] Publicador: [s.n.]
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
46.42%
Projeto de Pós-Graduação/Dissertação apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Medicina Dentária; Apesar da cavidade oral ser um local de fácil acesso e observação, a realidade é que a incidência do cancro oral no nosso país é cada vez mais elevada. O mais preocupante é, sem dúvida, o tardio diagnóstico deste tipo de patologia que acaba por contribuir para taxas de morbilidade e mortalidade elevadas. Desta forma, o conhecimento da sintomatologia adjacente ao cancro oral, quer por parte dos profissionais de saúde, quer por parte da população em geral, assume uma importância crucial para a minimização das taxas bem como das sequelas a que este tipo de patologia se associa. O tratamento do cancro oral assume diversas modalidades, entre as quais a cirurgia, a quimioterapia e a radioterapia, todavia é a cirurgia que se assume como tratamento de primeira linha, na maioria dos casos. Desta, resultam defeitos cirúrgicos que, quando acometem a maxila, designam-se por defeitos maxilares e que causam danos estéticos e funcionais que comprometem não só o estado físico do paciente como também o seu estado psicológico e funcional. A qualidade de vida dos pacientes maxilectomizados é...

Controvérsias na Anticoagulação Oral: Continuar ou Interromper os Anticoagulantes Orais durante a Intervenção Estomatológica?; The Debate Concerning Oral Anticoagulation: Whether to Suspend Oral Anticoagulants During Dental Treatment

António, Natália; Castro, Graça; Ramos, Domingo; Machado, António; Gonçalves, Lino; Macedo, Tice; Providência, Luís A.
Fonte: Sociedade Portuguesa de Cardiologia Publicador: Sociedade Portuguesa de Cardiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
46.23%
A abordagem dos doentes cronicamente anticoagulados com necessidade de intervenções estomatológicas continua a suscitar grande controvérsia. O aumento do risco hemorrágico associado aos procedimentos estomatológicos sob anticoagulação oral deve ser pesado relativamente ao risco trombótico acrescido causado pela interrupção da terapêutica antitrombótica. Em cirurgia oral minor, a mortalidade e morbilidade é superior nos episódios tromboembólicos comparativamente aos episódios hemorrágicos. A informação científica disponível não apoia a interrupção da terapêutica anticoagulante oral para cirurgia oral minor. É intenção dos autores propor um protocolo para a abordagem clínica dos doentes cronicamente anticoagulados com necessidade de tratamento estomatológico, de forma a minimizar, quer o risco tromboembólico, quer o risco hemorrágico.; The management of patients taking long-term oral anticoagulants who require dental surgery is still highly controversial. The risk of bleeding associated with dental treatment under oral anticoagulants must be weighed against the risk of thromboembolism associated with suspension of antithrombotic therapy. Mortality and morbidity associated with thromboembolic events are higher than those associated with hemorrhagic events after minor oral surgery procedures. Evidence-based information does not support oral anticoagulant suspension before minor oral surgery. The authors propose a management protocol for chronically anticoagulated patients who require a dental procedure...

Interfaces between bariatric surgery and oral health: a longitudinal survey; Interface entre cirurgia bariátrica e saúde bucal: estudo longitudinal

MARSICANO, Juliane Avansini; GREC, Patrícia Garcia de Moura; BELARMINO, Lídia Barbieri; CENEVIVA, Reginaldo; PERES, Sílvia Helena de Carvalho Sales
Fonte: Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia Publicador: Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
46.42%
PURPOSE: To evaluate oral changes, such as dental caries, periodontal disease, dental wear and salivary flow in bariatric patients. Fifty four obese patients who underwent bariatric surgery were studied before (n=54), up after 3 months (n=24) and 6 months (n=16). METHODS: Indices for evaluating oral conditions were: DMFT, CPI, DWI and salivary flow. OIDP questionnaire was used to assess the impact of oral health on quality of life. ANOVA and Spearman correlation were used (p<0.05). RESULTS: DMFT was 17.6±5.7, 18.4±4.1 and 18.3±5.5 (P>0.05), presence of periodontal pockets in 50%, 58% and 50% of patients (p>0.05), tooth wear in dentin present in 81.5%, 87.5% and 87.5% before, 3 and 6 months after surgical treatment respectively. There were differences between the three periods for prevalence and severity of dental wear (p = 0.012). Salivary flow was 0.8±0.5 ml/min before surgery, 0.9±0.5 ml/min for 3 months and 1.1±0.5m/min for 6 months (p>0.05). The impact of oral health on quality of life decreased with time after bariatric surgery (p= 0.029). CONCLUSION: The lifestyle changes after bariatric surgery and these changes may increase the severity of pre-existing dental problems. However, these alterations in oral health did not influence the quality of life.; OBJETIVO: Avaliar alterações bucais...

Consequências sistêmicas da cirurgia bariátrica e suas repercussões na saúde bucal; Systemic consequences of bariatric surgery and its repercussions on oral health

Moura-Grec, Patrícia Garcia; Assis, Vivian Helena; Cannabrava, Vanessa Pavoni; Vieira, Vanessa Maira; Siqueira, Thalissa Laís Donalonso; Anaguizawa, Wellington Hideaki; Sales-Peres, Silvia Helena de Carvalho
Fonte: Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva Publicador: Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
46.28%
INTRODUÇÃO: O controle da obesidade mórbida pode ser realizado através da cirurgia bariátrica que leva à restrição e/ou à má-absorção de alimentos. O objetivo dessa revisão foi identificar consequências desse procedimento e suas repercussões na saúde bucal. MÉTODO: Foi realizada busca na Biblioteca Virtual em Saúde, sendo incluídos artigos com relação direta ou indireta entre cirurgia bariátrica e saúde bucal e publicados nos últimos dez anos. RESULTADOS: Verificaram-se algumas complicações decorrentes dessa operação, como regurgitação crônica e deficiências nutricionais, que podem trazer repercussões na cavidade bucal como erosão dentária, perda óssea e cárie dentária. Por outro lado, existem consequências positivas como controle da diabetes, da apnéia e melhora da auto-estima, que tornam os pacientes menos susceptíveis à complicações na cavidade oral, como xerostomia e doença periodontal. CONCLUSÃO: A manutenção da saúde bucal adequada em pacientes submetidos à cirurgia bariátrica contribui para o sucesso após a operação, resguardando os benefícios e minimizando os efeitos colaterais.

"Estudo comparativo do tempo de sangramento avaliado pelo método convencional de Ivy e do tempo de sangramento da mucosa bucal"; Comparative study of convencional Ivy´s bleedind test and the oral mucosa bleeding time

Vanti, Luiz Augusto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/11/2006 PT
Relevância na Pesquisa
46.29%
O ato cirúrgico sempre deve ser precedido de uma avaliação das condições de saúde local e sistêmica do paciente, sendo os exames complementares, o subsídio utilizado para avaliar e confirmar as suspeitas clínicas e hipóteses diagnósticas, adequando o paciente à terapêutica proposta. A literatura é ampla no que diz respeito a testes de hemostasia por meio de diferentes métodos, contudo, não há estudos na literatura revisada que comparem o tempo de sangramento pelo método de Ivy com o tempo de sangramento aferido na mucosa bucal. A proposta deste estudo é de avaliar a técnica de aferição do tempo de sangramento da mucosa bucal e comparar com o tempo de sangramento pelo método de Ivy convencional, em pacientes com história de diátese hemorrágica relacionada a procedimentos cirúrgicos anteriores. Tais pacientes apresentaramse no ambulatório de Cirurgia da Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo com necessidade de procedimentos relacionados à cirurgia oral menor. Foi realizado o tempo de sangramento pelo método de Ivy previamente ao teste do tempo de sangramento da mucosa bucal em 30 pacientes. O tempo de sangramento da mucosa bucal não apresentou diferença estatística quando comparado ao tempo de sangramento de Ivy (p=0...

Avaliação na atenção especializada em saúde bucal; Evaluation in Specialized Oral Health Care

Deitos, Alexandre Raphael
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/12/2009 PT
Relevância na Pesquisa
46.24%
O objetivo do estudo foi avaliar os Centros de Especialidades Odontológicas (CEO), com vistas ao monitoramento e avaliação da atenção especializada em saúde bucal no Sistema Único de Saúde. Trata-se de um estudo transversal piloto, que utilizou parte do banco de dados de do estudo descritivo realizado pela Coordenação Nacional de Saúde Bucal entre 2008 e 2009. A pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa da FOUSP. Os dados foram organizados e analisados no programa STATA 10.0. Participaram da análise 56 CEO localizados em 6 estados: 30,36% de CEO tipo I, 62,5% de CEO tipo II e 7,14% de CEO tipo III; possuem em média 9,07 cirurgiões-dentistas (CDs), 5,5 auxiliares de saúde bucal (ASB) e 0,9 técnicos em saúde bucal (TSB); em 64,29% dos CEO existem cirurgiões-dentistas concursados em seus quadros; existe atendimento noturno e em horário flexibilizado em, respectivamente, 14,29% e 44,64% dos centros; atendem predominantemente pacientes oriundos da classe baixa (92,73%); em sua grande maioria os profissionais não recebem gratificação por estarem trabalhando com especialidades: apenas 16,07% dos centros a encaminham para os CDs; 35,71% dos CDs também trabalham em equipe de Saúde Bucal da estratégia Saúde da Família. Em relação à média de pacientes atendidos...

Monitorização da glicemia em tempo real durante cirurgia odontológica ambulatorial em portadores de diabetes mellitus tipo 2: estudo comparativo entre anestésico local sem e com vasoconstritor; Glucose monitoring in real time during outpatient dental surgery in patients with type 2 diabetes mellitus: a comparative study of local anesthetics with and without epinephrine

Santos, Marcela Alves dos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 10/10/2013 PT
Relevância na Pesquisa
46.21%
INTRODUÇÃO: A segurança da administração de anestésicos locais com vasoconstritor em pacientes diabéticos submetidos à cirurgia oral não está bem fundamentada na literatura. OBJETIVO: Investigar a ocorrência de variação da glicemia nos períodos pré, trans e pós-operatório de exodontia de dentes superiores, sob anestesia local com lidocaína 2% sem e com adrenalina 1:100.000, em portadores de diabetes mellitus tipo 2. Secundariamente, avaliar os efeitos hemodinâmicos e o grau de ansiedade. MÉTODOS: Estudo prospectivo e randomizado com pacientes portadores de diabetes acompanhados na Unidade Clinica de Coronariopatia Crônica do Instituto do Coração do Hospital das Clinicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. A monitorização contínua da glicemia durante 24 horas foi realizada através do MiniMed Continuous Glucose Monitoring System (CGMS, Medtronic). Os pacientes foram divididos em dois grupos: LSA - que recebeu 5,4 mL lidocaína 2% sem adrenalina e LCA - que recebeu 5,4 mL de lidocaína 2% com adrenalina 1:100.000. Os níveis de glicemia foram avaliados nas 24 horas (período basal) e nos tempos determinados: uma hora antes, durantes e até uma hora após a exodontia (período de procedimento). Os parâmetros hemodinâmicos foram avaliados por meio de um medidor de pressão arterial digital automático e o nível de ansiedade através de uma escala. RESULTADOS: Dos 400 pacientes avaliados...

Parestesias : etiologia e abordagem clínica

Fontoura, Tony Alves
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 30/08/2013 POR
Relevância na Pesquisa
46.17%
Alterações da normal função sensorial oral pode ocorrer por vários factores tais como, procedimentos orais restaurativos e cirúrgicos. Essas alterações sensoriais, normalmente chamadas de parestesias, podem ir desde a uma ligeira até à completa perda da função sensitiva e pode tornar-se mutiladora para o paciente. A maioria das parestesias resolve entre dias, semanas ou meses. Parestesias que perduram após 6 a 9 meses podem ser descritas como persistentes. Podemos relacionar as parestesias com, por exemplo, a cirurgia oral através da remoção de terceiros molares e pré-molares inferiores e/ou remoção de quistos, implantologia, endodontia, ortodontia, dentisteria, soluções e técnicas anestésicas… Casos documentados na literatura relatam que a maioria das parestesias é provocada nos nervos lingual e alveolar inferior maioritariamente associadas a procedimentos cirúrgicos. O quadro de parestesia pode reverter espontaneamente, porém quando isto não é possível, existem modalidades terapêuticas que podem ser adoptadas, tais como, a descompressão do nervo afectado, reparação microcirúrgica da lesão traumática do nervo, utilização de anti-neuríticos, anti-inflamatórios, o uso do laser de baixa potência ou a acupuntura. Deve-se considerar que a melhor forma de prevenção da parestesia é a realização de um cuidado planeamento pré-tratamento de qualquer caso clínico. O profissional de Medicina Dentária deve adoptar todas as medidas preventivas no sentido de prevenir este tipo de complicações. Pretende-se fazer uma revisão bibliográfica sobre a etiopatogenia das parestesias...

Avaliação da distribuição relativa e fatores de risco da alveolite na consulta de cirurgia oral da clínica dentária universitária da UCP

Simões, Tiago João Ferreira dos Santos Correia
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /06/2014 POR
Relevância na Pesquisa
46.09%
A alveolite seca é uma das complicações pós-operatórias mais comuns decorrentes da extração dentária. Esta patologia é derivada da perturbação da cicatrização normal pósextração, o que vai comprometer a normal remodelação e reparação óssea pós-extracional. Apesar da etiologia desta patologia ainda não ser bem entendida, é relatado que a alveolite seca é resultante da desintegração do coágulo sanguíneo por mecanismos de fibrinólise. Existem diversas definições propostas para a alveolite seca. No entanto, vários autores realçam a definição apresentada por Blum (2002), a qual refere que a alveolite seca pode ser definida como dor pós-operatória dentro e ao redor do alvéolo, que aumenta em intensidade entre o primeiro e o terceiro dia após a extração dentária, existindo perda parcial ou total do coágulo sanguíneo do alvéolo, apresentando ou não halitose. O objetivo deste estudo é avaliar a incidência de alveolite seca no controlo das complicações pós-operatórias resultantes das exodontias efetuadas na consulta de Cirurgia Oral na Clínica Dentária Universitária da Universidade Católica Portuguesa – Centro Regional das Beiras, assim como os fatores associados ao seu aparecimento. Durante o tempo de recolha de dados para este estudo...

Análise da incidência de alveolite na consulta de cirugia oral da clínica universitária da universidade católica portuguesa

Almeida, Álison Jorge Rodrigues de
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /06/2014 POR
Relevância na Pesquisa
56.25%
Introdução O aparecimento de complicações pós-operatórias no ramo da cirurgia oral é um acontecimento comum e que tem implicações importantes na recuperação do paciente, para além de criar uma morbilidade elevada. Em particular, a alveolite seca, que apresenta aspectos clínicos debilitantes, como é o caso da dor pós-operatória. Sendo esta uma patologia de origem multifactorial, é imperativo saber quais os factores de risco mais importantes para o seu aparecimento. A importância da formação e preservação do coágulo sanguíneo alveolar indica o envolvimento dos mecanismos de coagulação na etiologia desta complicação. Objectivo No presente estudo pretende encontrar-se possíveis correlações entre estes vários factores de risco e o aparecimento desta condição, assim como outras complicações pós-operatórias. Metodologia Foi preenchido, pelo autor, um questionário na consulta de pós-operatório dos pacientes submetidos a exodontias na consulta de Cirurgia Oral da Clínica Universitária da UCP-CRB. Os dados recolhidos foram analisados com o recurso ao programa de análise estatística SPSS (Statistical Program for the Social Sciences) 20, de modo a calcular prevalências e correlações. Resultados Observou-se um aparecimento de alveolite seca exclusivo ao género feminino...

Avaliação clínica da utilização profilática de clorohexidina no controlo de complicações pós-operatórias na consulta de cirurgia oral da clínica dentária universitária da UCP

Rebelo, Nelson Daniel Sobral
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /06/2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.3%
O acto cirúrgico oral é, por norma, uma intervenção que executada de forma planeada produz raras complicações tardias. Os acidentes e complicações surgem por varias razões, nomeadamente falhas de diagnóstico e planeamento, técnica operatória deficiente, ausência de assépsia e um mau controlo pós-operatório. Torna-se então necessário controlar os sintomas pós-operatórios. A clorohexidina é um anti-séptico que actua contra as bactérias da cavidade oral e é amplamente utilizada na medicina dentária. Bochechos orais com clorohexidina demonstraram uma redução da flora oral e uma redução na incidência de complicações pós-operatórias. O objectivo deste estudo randomizado assenta na avaliação clínica da utilização profilática de clorohexidina no controlo das complicações pós operatórias na consulta de cirurgia oral da Clínica Universitária da Universidade Católica Portuguesa. Foram constituídos dois grupos de estudo: GrupoI- ou grupo de controlo, em que não foi realizada profilaxia com clorohexidina; e o Grupo II constituído por indivíduos em que foi utilizada a profilaxia com clorohexidina, sendo posteriormente avaliadas na consulta de controlo várias complicações pós-cirúrgicos como hemorragias...

Relatório de atividade clínica

Fortuna, Gonçalo Ribeiro
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /06/2014 POR
Relevância na Pesquisa
46.2%
O presente relatório foi realizado no âmbito do trabalho de monografia e experimentação I e II com um valor conjunto de 17 créditos, e pretende reportar o trabalho realizado na Clínica Universitária da Universidade Católica Portuguesa do Centro Regional das Beiras, durante o Ano Lectivo 2013/2014. Este relatório tem como principais objetivos: dar a conhecer a prática clínica vivenciada neste serviço durante o período de dois semestres, constituir uma fonte de informação tanto para docentes como para discentes, daquilo que é possível realizar e aprender durante o período abordado e caracterizar a amostra populacional observada. Os dados recolhidos foram inseridos numa base de dados criada pelo autor, (utilizando a plataforma EXCEL). As variáveis em estudo são: sexo, idade, área clinica, diagnóstico, tratamento realizado, motivo da primeira consulta. Os dados recolhidos foram organizados por áreas clinicas, bem como a esquematização dos trabalhos realizados. Durante a prática clínica foram frequentadas diversas Áreas Disciplinares: Dentisteria, Ortodontia, Endodontia, Periodontologia, Prótese Removível, Prótese Fixa, Odontopediatria, Oclusão, Cirurgia Oral e Medicina Oral, divergindo as cargas horárias entre si. É permitido ao aluno adquirir conhecimentos não só práticos...

Contribuição para o estudo do carcinoma pavimento celular da mucosa oral : factores tumorais de prognóstico

Sousa, Daniel de, 1948-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
56.12%
Tese de doutoramento, Medicina Dentária (Cirurgia Oral), Universidade de Lisboa, Faculdade de Medicina Dentária, 2010; Disponível no documento

Consequências sistêmicas da cirurgia bariátrica e suas repercussões na saúde bucal

Moura-Grec,Patrícia Garcia; Assis,Vivian Helena; Cannabrava,Vanessa Pavoni; Vieira,Vanessa Maira; Siqueira,Thalissa Laís Donalonso; Anaguizawa,Wellington Hideaki; Sales-Peres,Silvia Helena de Carvalho
Fonte: Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva Publicador: Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2012 PT
Relevância na Pesquisa
46.09%
INTRODUÇÃO: O controle da obesidade mórbida pode ser realizado através da cirurgia bariátrica que leva à restrição e/ou à má-absorção de alimentos. O objetivo dessa revisão foi identificar consequências desse procedimento e suas repercussões na saúde bucal. MÉTODO: Foi realizada busca na Biblioteca Virtual em Saúde, sendo incluídos artigos com relação direta ou indireta entre cirurgia bariátrica e saúde bucal e publicados nos últimos dez anos. RESULTADOS: Verificaram-se algumas complicações decorrentes dessa operação, como regurgitação crônica e deficiências nutricionais, que podem trazer repercussões na cavidade bucal como erosão dentária, perda óssea e cárie dentária. Por outro lado, existem consequências positivas como controle da diabetes, da apnéia e melhora da auto-estima, que tornam os pacientes menos susceptíveis à complicações na cavidade oral, como xerostomia e doença periodontal. CONCLUSÃO: A manutenção da saúde bucal adequada em pacientes submetidos à cirurgia bariátrica contribui para o sucesso após a operação, resguardando os benefícios e minimizando os efeitos colaterais.

Seguimento de 8 anos de prótese aórtica Medtronic-Hall: influência da anticoagulação oral na ocorrência de embolias

Costa,Iseu Affonso da; Faraco,Djalma Luiz; Sallum,Fábio; Oliveira,Elson; Pesarini,Aldo; Costa,Francisco Diniz Affonso da
Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular Publicador: Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/1988 PT
Relevância na Pesquisa
46.09%
Foram estudados 165 sobreviventes à prótese aórtica Medtronic-Hall, operados entre setembro de 1979 e setembro de 1987. As idades variaram entre 14 e 68 anos (m = 35,2); 129 eram masculinos, 36 femininos. As lesões operadas foram 70 insuficiências, 37 estenoses e 39 duplas lesões aórticas. Havia 8 disfunções de próteses, 8 endocardites agudas e 3 comunicações interventriculares + insuficiência aórtica. O seguimento foi de 163 (98,7%) pacientes, sendo 9 perdidos durante o período de observação. Houve 45 óbitos tardios, sendo de 59% EP 10,9% a probabilidade atuarial de sobrevida aos 8 anos. Houve 26 episódios embólicos em 21 pacientes, sendo de 69,8% EP 11,7% a probabilidade de não ocorrência de embolia e de 39,7% EP 10,4% de sobrevida sem embolia. A incidência global de episódios foi de 3,5 por pacientes/ano, sendo 6 fatais (23%). Quanto ao uso de anticoagulação oral, os pacientes dividiram-se em 3 grupos. No grupo A houve 144 pacientes, com uma incidência linearizada de 3,2 por 100 pacientes/ano. No grupo B - 21 pacientes que passaram a tomar anticoagulantes em seguida á operação, houve 1,9 episódios por 100 pacientes/ano. No grupo C - 9 pacientes que iniciaram a anticoagulação após a ocorrência de um episódio embólico...

Correlação entre dados clínico-patológicos e margens cirúrgicas em pacientes com carcinoma epidermoide da cavidade oral

Girardi,Fábio Muradás; Zanella,Virgílio Gonzales; Kroef,Ricardo Galicchio
Fonte: Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cervicofacial Publicador: Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cervicofacial
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
46.1%
Há décadas se conhece a importância de se obter margens livres de neoplasia quando da ressecção de neoplasias de boca. OBJETIVO: Correlacionar achados clínico-patológicos com status de margem cirúrgica em pacientes com carcinoma espinocelular da língua e do assoalho da boca. MÉTODO: Forma de estudo: Estudo de coorte histórico, com corte transversal, envolvendo todos os pacientes submetidos à ressecção de carcinomas espinocelulares da língua oral e assoalho bucal entre os anos de 2007 e 2011 pelo Serviço de Cirurgia de Cabeça e Pescoço da nossa Instituição. RESULTADOS: Foram incluídos 117 casos, sendo 68.3% dos tumores localizados na língua. A relação homem:mulher foi de 2.3:1 e a média de idade foi de 57,6 anos. Ao todo, 23,0% dos casos tiveram margens de ressecção livres e amplas, 60,6% exíguas e 16,2% comprometidas. Diâmetro tumoral e espessura apresentaram correlação com margens de ressecção, sendo os tumores de estádio T mais elevados mais propensos à ressecção com margem insatisfatória. Casos operados com margens livres e amplas tiveram seus tumores ressecados mais comumente com técnicas trans-orais. CONCLUSÕES: Evidenciamos correlação entre tumores de maior volume, tanto em diâmetro quanto em espessura...

Sarcomas mandibulares : experiencia quirúrgica en los últimos diez años (2001-2010)

Gutiérrez Santamaría, Javier
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em //2011 SPA
Relevância na Pesquisa
46.21%
Els sarcomes de cap i coll són tumors relativament estranys, representant un 2% de tots els tumors de cap i coll i un 4-10% del total dels sarcomes. Per tant els localitzats a la mandíbula representen un percentatge encara menor, no recollits específicament en cap estudi. La histopatologia heterogènia i les diverses localitzacions fan d'ells una entitat difícil d'estudiar. En aquest treball de recerca es pretén descriure l'etiologia i comportament dels sarcomes de cap i coll i recolzar els resultat de la literatura que promulguen la cirurgia com arma terapèutica principal, basant-nos en l'experiència del servei de Cirurgia Oral i Maxil·lofacial de l'Hosptial Vall d'Hebron en els últims 10 anys en el maneig del sarcoma mandibular.; Los sarcomas de cabeza y cuello son tumores relativamente extraños, representado un 2% de todos los tumores de cabeza y cuello y un 4-10% del total de los sarcomas. Por tanto, los localizados en la mandíbula representan un porcentaje aún menor, no recogidos específicamente en ningún estudio. La histopatología heterogénea y las varias localizacions hacen de ellos una entidad difícil de estudiar. En este trabajo se pretende describir la etiología y comportamiento de los sarcomas de cabeza y cuello y refrendar los resultados de la literatura que promulgan la cirugía como arma terapéutica principal...

Comparación en el tratamiento de las fracturas de ángulo mandibular mediante osteosíntesis con una miniplaca versus dos miniplacas

de Pablo García-Cuenca, Alba; Sáez Barba, Manel
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em //2011 SPA
Relevância na Pesquisa
46.1%
En el present treball hem realitzat un estudi retrospectiu de les fractures d'angle mandibular aïllades tractades mitjançant osteosíntesis amb miniplaques en el Servei de Cirurgia Oral i Màxil·lofacial durant els últims 10 anys. L'objectiu de l'estudi és comparar els resultats funcionals obtinguts i les complicacions sorgides entre els pacients tractats amb una miniplaca i aquells tractats amb dues miniplaques , amb la finalitat de determinar si existeixen diferències en quant al resultat amb alguna de les tècniques.; En el presente trabajo hemos realizado un estudio retrospectivo de las fracturas de ángulo mandibular aisladas tratadas mediante osteosíntesis con miniplacas en el Servicio de Cirugía Oral y Maxilofacial durante los últimos 10 años. El objetivo del estudio es comparar los resultados funcionales obtenidos y las complicaciones surgidas entre los pacientes tratados con una miniplaca frente a los tratados con dos miniplacas, con el fin de determinar si existen diferencias en el resultado con alguna de dichas técnicas.

Relatório de atividade clínica

Santos, Simone Paulos
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 01/06/2015 POR
Relevância na Pesquisa
46.2%
No âmbito da conclusão do Mestrado Integrado em Medicina Dentária na Universidade Católica Portuguesa, é solicitada a realização, a apresentação e a discussão, em Prova Pública, de um Relatório de Atividade Clínica que descreva e reflita sobre a atividade clínica desenvolvida pelo aluno, durante todo o quinto ano do Curso de Medicina Dentária, no período compreendido entre Setembro de 2014 e Maio de 2015. A formação nesta etapa é essencialmente prática, com a sedimentação dos conhecimentos até aqui adquiridos e indispensáveis à boa prática médica dentária, bem como o desenvolvimento da capacidade de autonomia em procedimentos técnicos - ser capaz de abordar o doente no contexto clínico, praticar o tratamento da doença, formular um raciocínio clínico com base nos conhecimentos adquiridos nos anos transatos e propor um plano de tratamento. Pretende-se que em cada área disciplinar se atinjam os objetivos propostos pela unidade curricular, com vista a execução de cada técnica de acordo com os protocolos definidos pelas áreas. Durante a prática clínica, foram frequentadas diversas áreas disciplinares: Dentisteria Operatória, Ortodontia, Oclusão, Cirurgia Oral, Endodontia, Periodontologia, Prótese Removível...

CONTROL OF POSTOPERATIVE PAIN IN ORAL SURGERY: LITERATURE REVIEW; CONTROLE DA DOR PÓS-OPERATÓRIA EM CIRURGIA ORAL: REVISÃO DE LITERATURA

Peixoto, Raniel Fernandes; dos Santos, Danilo Hudson Félix; Menezes, Desirée de Paula Barroso; de Araújo, Diego Dantas; Peixoto, Daniel Fernandes; da Silva, José Sandro Pereira
Fonte: Universidade Federal da Paraíba Publicador: Universidade Federal da Paraíba
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 08/09/2011 POR
Relevância na Pesquisa
46.33%
Objectives: To discuss effective analgesic strategies for controlling postoperative pain in oral surgery in order to support drug choice more appropriately. Material and Methods: The literature review was conducted in the databases Medline, PubMed, Science Direct, EBSCO, and Cochrane. 29 studies were selected, including 13 conventional literature reviews, 05 systematic reviews and 11 randomized controlled trials. Results: The surgical procedures in the oral cavity were found to be more invasive and with increased potential to cause postoperative pain, what requires from the professional the use of pharmacological strategies to minimize discomfort generated by such interventions. Several drugs might help in controlling pain, like opioids, non-steroidal anti-inflammatory drugs (NSAIDs) and steroidal anti-inflammatory drugs (corticosteroids). Each drug has a specific mechanism of action, associated with varying degrees of efficiency at each stage of the painful process. Conclusions: The control of postoperative pain should be made individually, choosing the drugs correctly and always taking into account the etiology of pain, type and severity of the procedure performed and patient's systemic conditions, among other factors. Strategies with the combined use of painkillers that act on different nociceptive pathways have shown a better effect in controlling postoperative pain in patients undergoing oral surgery. DESCRIPTORS: Analgesia. Pain...