Página 1 dos resultados de 22972 itens digitais encontrados em 0.010 segundos

Interfaces between bariatric surgery and oral health: a longitudinal survey; Interface entre cirurgia bariátrica e saúde bucal: estudo longitudinal

MARSICANO, Juliane Avansini; GREC, Patrícia Garcia de Moura; BELARMINO, Lídia Barbieri; CENEVIVA, Reginaldo; PERES, Sílvia Helena de Carvalho Sales
Fonte: Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia Publicador: Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
46.62%
PURPOSE: To evaluate oral changes, such as dental caries, periodontal disease, dental wear and salivary flow in bariatric patients. Fifty four obese patients who underwent bariatric surgery were studied before (n=54), up after 3 months (n=24) and 6 months (n=16). METHODS: Indices for evaluating oral conditions were: DMFT, CPI, DWI and salivary flow. OIDP questionnaire was used to assess the impact of oral health on quality of life. ANOVA and Spearman correlation were used (p<0.05). RESULTS: DMFT was 17.6±5.7, 18.4±4.1 and 18.3±5.5 (P>0.05), presence of periodontal pockets in 50%, 58% and 50% of patients (p>0.05), tooth wear in dentin present in 81.5%, 87.5% and 87.5% before, 3 and 6 months after surgical treatment respectively. There were differences between the three periods for prevalence and severity of dental wear (p = 0.012). Salivary flow was 0.8±0.5 ml/min before surgery, 0.9±0.5 ml/min for 3 months and 1.1±0.5m/min for 6 months (p>0.05). The impact of oral health on quality of life decreased with time after bariatric surgery (p= 0.029). CONCLUSION: The lifestyle changes after bariatric surgery and these changes may increase the severity of pre-existing dental problems. However, these alterations in oral health did not influence the quality of life.; OBJETIVO: Avaliar alterações bucais...

Evaluation of liquid ingestion after bariatric surgery; Avaliação da ingestão de líquido após cirurgia bariátrica

DANTAS, Roberto Oliveira; ALVES, Leda Maria Tavares; CASSIANI, Rachel de Aguiar; SANTOS, Carla Manfredi dos
Fonte: Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia - IBEPEGE Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva - CBCD Sociedade Brasileira de Motilidade Digestiva - SBMD Federação Brasileira de Gastroenterologia - FBGSociedade Brasileira de Hepatologia - SBHSociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva - SOBED Publicador: Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia - IBEPEGE Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva - CBCD Sociedade Brasileira de Motilidade Digestiva - SBMD Federação Brasileira de Gastroenterologia - FBGSociedade Brasileira de Hepatologia - SBHSociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva - SOBED
Tipo: Relatório
ENG
Relevância na Pesquisa
46.57%
CONTEXT: Bariatric surgery is an effective treatment for obesity; however, after surgery the patient may have difficulty in swallowing liquid and solid foods. OBJECTIVES: To evaluate liquid ingestion in patients who had undergone bariatric surgery. METHOD: We studied 43 volunteers with normal body mass index (BMI) (BMI: 18.5-24.9 kg/m²), 55 subjects with class III obesity (BMI: >40.0 kg/m²), and 48 subjects with bariatric surgery for treatment of class III obesity. The method chosen for evaluation was the water swallowing test. The subjects drank in triplicate 50 mL of water while being precisely timed and the number of swallows were counted. RESULTS: There was no difference between subjects with normal BMI and subjects with class III obesity. During the first 2 months after bariatric surgery the patients showed an increase in the time needed to drink the entire volume, in the number of swallows, and in the inter-swallow interval, and a decrease in the volume swallowing capacity (volume/swallowing) and swallowing flow rate (volume swallowed/second). After 2 months, the results of the swallowing measurements moved in the direction of normal values. CONCLUSION: Bariatric surgery may cause more intense alterations of liquid bolus swallowing within 2 months after the procedure...

Escala para avaliação de resultados de cirurgia estética do abdome; Clinical score scale for outcomes of aesthetic surgery of the abdomen

SALLES, Alessandra Grassi; FERREIRA, Marcus Castro; REMIGIO, Adelina Fátima do Nascimento; GEMPERLI, Rolf
Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica Publicador: Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
46.57%
INTRODUÇÃO: A padronização da avaliação de resultados após cirurgia estética é uma dificuldade em Cirurgia Plástica, por ser baseada em critérios geralmente subjetivos. OBJETIVO: O objetivo deste artigo é apresentar uma escala de uso clínico simples, de fácil reprodução e que forneça critérios objetivos para a avaliação de resultados estéticos de cirurgias plásticas no abdome. MÉTODO: A escala foi desenvolvida pela Disciplina de Cirurgia Plástica da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. O avaliador dá uma nota (0 = insatisfatório, 1 = regular, 2 = bom e/ou cicatriz inexistente) para cada um de cinco parâmetros: volume do abdome, contorno lateral, excesso de pele, aspecto do umbigo e qualidade da cicatriz em parede abdominal. Um quadro orienta a pontuação para cada parâmetro. DISCUSSÃO: A escala é sensível na identificação de diferentes alterações anatômicas no abdome, pode ser utilizada no pré e pós-operatório para comparação de variadas técnicas cirúrgicas, seja abdominoplastia, lipoaspiração e suas variações, ou mesmo para padronizar resultados a serem apresentados em Congressos Médicos ou publicações. A avaliação pode ser feita por fotografias ou pela própria paciente...

Cirurgias plásticas para readequação de contorno corporal de pacientes submetidos a cirurgia bariátrica durante a adolescência; Plastic surgery for readjustment of body contours of patients who underwent bariatric surgery during adolescence

Rocha, Rodrigo Itocazo; Gemperli, Rolf; Modolin, Miguel Luiz Antonio; Cintra Junior, Wilson; Velhote, Manoel Carlos Prieto; Ferreira, Marcus Castro
Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica Publicador: Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
46.57%
INTRODUÇÃO: A partir da década de 1990 foram iniciados os primeiros tratamentos cirúrgicos da obesidade em adolescentes, seguindo a sequência cirurgia bariátrica, perda ponderal e dismorfismo corporal, criando demanda por cirurgias plásticas para readequação do contorno corporal. O objetivo deste estudo foi identificar fatores associados a cirurgias plásticas de readequação de contorno corporal (morbidade e mortalidade), realizadas em pacientes submetidos a cirurgia bariátrica durante a adolescência. MÉTODO: Entre janeiro de 2008 e janeiro de 2011, 5 pacientes submetidos a gastroplastia redutora durante a adolescência, com consequente perda e estabilização de peso, foram submetidos a cirurgias plásticas do contorno corporal. A média de idade no início das cirurgias plásticas foi de 19,7 anos, sendo 3 (60%) pacientes do sexo feminino. Foram realizadas dermolipectomias abdominais em todos (100%) os pacientes, dermolipectomias crurais em 4 (80%), dermolipectomias braquiais em 2 (40%), mamoplastia com inclusão de implantes de silicone em 2 (40%) pacientes do sexo feminino, mastopexia na terceira paciente do sexo feminino (20%) e correção de ginecomastia em 1 (20%), toracoplastia em 2 (40%), torsoplastia em 2 (40%) e torsoplastia reversa em 1 (20%). Foram realizadas...

Morbimortalidade anual num Serviço de Cirurgia Geral: metodologia e análise de 2012

Gomes, A; Rocha, R; Marinho, R; Justino, M; Sousa, M; Tomás, R; Pignatelli, N; Nunes, V
Fonte: Sociedade Portuguesa de Cirurgia Publicador: Sociedade Portuguesa de Cirurgia
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
46.64%
A análise da morbimortalidade é uma ferramenta imprescindivel em qualquer Serviço de Cirurgia permitindo a revisão de estratégias e procedimentos de segurança. Uma análise periódica, objectiva e detalhada é igualmente um critério de qualidade e excelencia. Análise descritiva da morbimortalidade no nosso serviço. Avaliar o valor predictivo do score de morbimortalidade aplicado e variáveis associadas a morbimortalidade. Estudo observacional, analítico, longitudinal, retrospectivo. Foram incluidos todos os doentes submetidos a cirurgia major, apendicectomia e colecistectomia no ano de 2012. Foi calculada a morbimortalidade observada e prevista utilizado o score P-POSSUM e descrita de acordo com a classificação de Clavien-Dindo no global e por subgrupos em função da área anatómica. No ano de 2012 foram operados 2313 no nosso Serviço. Foram incluidos 1217 com idade média = 54,0+-18,16, 42,7% do sexo feminino, 16,4% cirurgia urgente. Morbilidade major=6,7% (39,0% Clavien II, 36,4% Clavien III, 4,9% Clavien IV). Mortalidade=1,6%: 65% em cirurgia de urgencia, 75% por descompensação de patologia médica subjacente. Sem diferença estatisticamente significativa na distribuição por áras anatómicas. A morbilidade global estimada pelo PPOSSUM foi de 12...

Complicações imediatas e tardias após cirurgia de reservatório ileal na polipose adenomatosa familiar

Leal,Raquel Franco; Ayrisono,Maria de Lourdes Setsuko; Coy,Cláudio Saddy Rodrigues; Fagundes,João José; Góes,Juvenal Ricardo Navarro
Fonte: Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia - IBEPEGE ; Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva - CBCD ; Sociedade Brasileira de Motilidade Digestiva - SBMD ; Federação Brasileira de Gastroenterologia - FBG; Sociedade Brasileira de Hepatologia - SBH; Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva - SOBED Publicador: Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia - IBEPEGE ; Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva - CBCD ; Sociedade Brasileira de Motilidade Digestiva - SBMD ; Federação Brasileira de Gastroenterologia - FBG; Sociedade Brasileira de Hepatologia - SBH; Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva - SOBED
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
46.62%
RACIONAL: A retocolectomia total com confecção de reservatório ileal é cirurgia ideal para o tratamento do cólon e reto dos doentes com polipose adenomatosa familiar, no entanto pode estar associada a complicações no pós-operatório imediato e tardio. OBJETIVO: Estudar as complicações pós-operatórias da cirurgia do reservatório ileal na polipose adenomatosa familiar. MÉTODOS: Estudo retrospectivo de 69 doentes com polipose adenomatosa familiar submetidos a cirurgia de reservatório ileal no período de 1984 a 2006, pelo Grupo de Coloproctologia da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas, SP. O seguimento médio pós-operatório foi de 82 (2-280) meses. Dados de interesse: ocorrência de complicações no pós-operatório. RESULTADOS: A morbidade e mortalidade foram de 63,8% e 2,9%, respectivamente. As complicações mais freqüentes foram obstrução intestinal (17,4%), estenose da anastomose (15,9%) e sepse pélvica (10,1%). Outras complicações foram isquemia aguda do reservatório ileal (4,3%), ileíte do reservatório (" pouchitis" ) (2,9%) e fístulas relacionadas ao reservatório (2,9%). CONCLUSÕES: A morbimortalidade foi semelhante à da literatura e aceitável para uma cirurgia complexa como é a do reservatório ileal...

Hipoglicemia por nesidioblastose: uma complicação rara da cirurgia bariátrica?

Klaus,Daniele Gehlen; Carvalho,Diélly Cunha de; Souza,Jaime César Gelosa
Fonte: Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva Publicador: Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2007 PT
Relevância na Pesquisa
46.64%
INTRODUÇÃO: A cirurgia bariátrica tem-se mostrado o método mais eficaz na resolução do diabetes mellitus tipo II, chegando a resultados superiores a 80% de cura da doença. Contudo, alguns estudos têm mostrado estado de hiperinsulinemia com hipoglicemia em certos pacientes obesos mórbidos após a realização da cirurgia bariátrica, ao que se denominou nesidioblastose, que corresponde ao hipercrescimento patológico das células beta pancreáticas. O objetivo desse estudo é realizar revisão bibliográfica sobre nesidioblastose pós-cirurgia bariátrica, através da pesquisa por artigos científicos publicados a partir de 2000. MÉTODOS: Realizou-se revisão bibliográfica de artigos científicos publicados a partir de 2000. A base de dados pesquisada foi o PubMed, através do site www.pubmed.gov. cruzando-se os descritores Nesidioblastose. Hiperinsulinismo. Hipoglicemia. Cirurgia bariátrica, complicações. REVISÃO DE LITERATURA: Revisou-se 14 publicações encontradas com o tema. Dentre elas, Cummings defende que após a realização da cirurgia bariátrica, ocorrem alterações no trânsito intestinal gerando estimulação e crescimento excessivo das células beta-pancreáticas e maior atividade dos hormônios pancreáticos...

Cirurgia torácica geral em pacientes com revascularização miocárdica prévia

Pêgo-Fernandes,Paulo M; Jatene,Fábio B; Wada,Alexandre; Yamazaki,André Toraso; Miyoshi,Erika; Terra Filho,Mário; Jatene,Adib D
Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular Publicador: Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/1995 PT
Relevância na Pesquisa
46.6%
É analisada a experiência da Disciplina de Cirurgia Torácica da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, em 24 pacientes submetidos a cirurgia torácica com revascularização miocárdica prévia. Estudaram-se variáveis em termos de morbi-mortalidade deste grupo de doentes. Os resultados mostraram que o melhor prognóstico foi encontrado nos pacientes submetidos a revascularização entre seis meses e cinco anos antes da cirurgia torácica. Notou-se, ainda, que os pacientes com infarto agudo do miocárdio apresentam um prognóstico tardio pior. O porte da cirurgia torácica e idade maior do que 70 anos foram fatores de risco tanto imediatos, quanto tardios

Cirurgia da valva aórtica: estudo prospectivo e randomizado da miniesternotomia versus cirurgia convencional

DIAS,Ricardo Ribeiro; SOBRAL,Marcelo Luiz Peixoto; AVELAR JÚNIOR,Silas Fernandes; SANTOS,Gilmar Geraldo dos; LIMA,Marco Aurélio Vilela Borges de; HADDAD,Vítor; MOREIRA,Luiz Felipe P.; STOLF,Noedir A. G.
Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular Publicador: Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/1999 PT
Relevância na Pesquisa
46.66%
Objetivos: A cirurgia minimamente invasiva objetiva, através de menor trauma cirúrgico no paciente, recuperação mais rápida, menor tempo de internação em unidade de terapia intensiva e hospitalar, assim como menor dor e custo hospitalar. Através de estudo clínico prospectivo e randomizado, visamos avaliar as vantagens da cirurgia minimamente invasiva da valva aórtica sobre a cirurgia convencional. Material e Métodos: Foram 40 pacientes consecutivos, portadores de doença da valva aórtica, com idade inferior à 80 anos, submetidos à primeira cirurgia, de forma prospectiva, randomizados por computador em 2 grupos (miniesternotomia em L invertido e de forma convencional), no período de junho de 1997 a agosto de 1998. Todos os pacientes foram operados seguindo-se protocolos cirúrgicos pré estabelecidos, Ambos os grupos eram clinicamente semediantes. As seguintes variáveis foram avaliadas: tamanho da incisão, tempos de isquemia, de circulação extracorpórea e de cirurgia, tempo de internação hospitalar e em UTI, tempo de extubação, sangramento, dor e mortalidade. Os dados foram submetidos a análise estatística pelos testes T de Student, de Mann Whitney e o Exato de Fisher. Resultados: O grupo submetido à cirurgia minimamente invasiva para a troca da valva aórtica apresentou tempos de isquemia e de circulação extracorpórea significativamente maiores que o grupo convencional (respectivamente p=0...

Cirurgia conservadora de próteses aórtica e mitral na endocardite infecciosa

KASSAB,Kanim Kalil; MENEGOLI,José Antônio Garcia; PICARDI,Vera Lúcia A. M.; ALMEIDA,Marcos Cesar V. de; SABINO,Emil; SAN JUAN,Edgard; CAMACHO,Ricardo Gomes; OGIDO,César Morioki; MEIRA,Enoch Brandão de Souza
Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular Publicador: Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2001 PT
Relevância na Pesquisa
46.6%
A endocardite infecciosa (EI) acometendo próteses valvares é uma complicação freqüente, sendo tratada geralmente com cirurgia, devido ao seu difícil controle clínico e má resposta à antibioticoterapia. Este relato descreve o caso de uma paciente com EI, acometendo simultaneamente as biopróteses aórtica (Ao) e mitral (Mi) após vinte e quatro meses de cirurgia de implantes valvares, submetida a tratamento cirúrgico conservador, e com resultado favorável. Discutem-se as vantagens deste procedimento em situações específicas.

Pressão venosa central em cateter femoral: correlação com acesso superior após cirurgia cardíaca

Pacheco,Sirley da Silva; Mauricio de Nassau,Machado; Amorim,Renée Costa; Rol,James da Luz; Corrêa,Léa Carolina de Lima; Takakura,Isabela Thomaz; Palmegiani,Eduardo; Maia,Lilia Nigro
Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular Publicador: Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
46.6%
OBJETIVO: É comum a obtenção de acesso venoso femoral em pacientes submetidos a cirurgia cardíaca em associação ou como alternativa ao acesso superior (veia jugular interna ou veia subclávia). O objetivo deste estudo foi comparar as medidas de pressão venosa central (PVC) em dois sítios diferentes (superior vs. femoral). MÉTODOS: Estudo prospectivo e aberto com 60 pacientes submetidos a cirurgia cardíaca no período de julho a novembro de 2006. Foram obtidas três medidas de cada paciente em cada sítio (admissão, 6 e 12 horas após a cirurgia) em duas inclinações diferentes da cabeceira do leito (zero e 30 graus), totalizando 720 medidas. RESULTADOS: Cinqüenta e cinco por cento dos pacientes foram submetidos a revascularização do miocárdio, 38% a cirurgia valvar e 7% a outras cirurgias. A média de PVC ± desvio padrão (DP) medida no acesso superior foi de 13,0 ± 5,5 mmHg (zero grau) e 13,3 ± 6,1 mmHg (30 graus), enquanto que as medidas no acesso inferior foram 11,1 ± 4,9 mmHg (zero grau) e 13,7 ± 4,6 mmHg (30 graus). A correlação linear (r) entre as medidas nos dois sítios foi de 0,66 (zero grau) e 0,53 (30 graus), ambas com p < 0,0001. CONCLUSÃO: A PVC pode ser medida com acurácia no acesso venoso femoral no pós-operatório imediato de cirurgia cardíaca...

Cirurgia cardíaca videoassistida: resultados de um projeto pioneiro no Brasil

Poffo,Robinson; Pope,Renato Bastos; Selbach,Rafael Armínio; Mokross,Cláudio Alexandre; Fukuti,Fabiane; Silva Júnior,Iosmar da; Agapito,Andréia; Cidral,Isaias
Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular Publicador: Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2009 PT
Relevância na Pesquisa
46.6%
OBJETIVO: Demonstrar as possibilidades da utilização da videotoracoscopia na cirurgia cardíaca com circulação extracorpórea (CEC). MÉTODOS: Entre fevereiro de 2006 e novembro de 2008, 102 pacientes foram submetidos consecutivamente a cirurgia cardíaca minimamente invasiva videoassistida. As doenças cardíacas abordadas foram valvopatia mitral (n=56), aórtica (n=14), comunicação interatrial (n=32), seis pacientes apresentavam insuficiência tricúspide associada e do grupo total, doze tinham fibrilação atrial. A idade variou de 18 a 68 anos, sendo 57 pacientes do sexo feminino. O método cirúrgico constou de canulação arterial e venosa femoral, incisão de quatro a seis centímetros (cm) ao nível do 3º ou 4º espaço intercostal direito (EICD), dependendo da doença do paciente, entre as linhas axilar anterior e hemiclavicular direita, sulco mamário ou periareolar direita e toracoscopia. RESULTADOS: Os procedimentos cirúrgicos compreenderam: plastia (n=20) ou troca valvar mitral (n=36); troca valvar aórtica (n=14); atriosseptoplastia com remendo de pericárdio bovino (n=32); plastia valvar tricúspide com anel rígido (n=6); e correção cirúrgica da fibrilação atrial por radiofrequência (n=12). Todas as cirurgias foram realizadas sem intercorrências. Não houve conversão para toracotomia. Dois pacientes evoluíram com fibrilação atrial no pós-operatório. Houve um (0...

Abordagem psicológica em cirurgia plástica pós-bariátrica

Pinho,Priscilla Rocha; Chillof,Cristiane Lara Mendes; Mendes,Flavio Henrique; Leite,Celso Vieira de Souza; Viterbo,Fausto
Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica Publicador: Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 PT
Relevância na Pesquisa
46.6%
Atualmente, a cirurgia plástica vem se firmando cada vez mais como parte integrante do tratamento cirúrgico da obesidade mórbida, na medida em que visa a devolver as melhores condições de contorno corporal ao enorme contingente de pacientes submetidos a grandes perdas ponderais. Os aspectos peculiares que acompanham essa nova trajetória do paciente obeso exigem abordagem interdisciplinar, com cuidadoso acompanhamento psicológico, antes e depois da cirurgia bariátrica, que deverá prepará-lo continuamente para as grandes transformações impostas a sua imagem corporal. Com a popularização das gastroplastias e a crescente demanda por procedimentos de contorno corporal após grandes emagrecimentos, é cada vez mais comum a presença desses pacientes nos consultórios de cirurgiões que não estão ligados aos serviços multidisciplinares, e que, portanto, precisam conhecer, avaliar e lidar também com os aspectos psicológicos envolvendo candidatos a cirurgia plástica pós-bariátrica. Este trabalho estabelece uma revisão da literatura acerca do complexo ambiente psicológico na obesidade, voltada para o cirurgião plástico, com ênfase na identificação e no controle das condições psíquicas desfavoráveis, possibilitando o melhor planejamento operatório em pacientes com perda significativa de peso após cirurgia bariátrica.

Associações e diferenças entre homens e mulheres na aceitação de cirurgia plástica estética no Brasil

Campana,Angela Nogueira Neves Betanho; Ferreira,Lucilene; Tavares,Maria da Consolação Gomes Cunha Fernandes
Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica Publicador: Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2012 PT
Relevância na Pesquisa
46.62%
INTRODUÇÃO: O Brasil é o terceiro país no mundo em número de cirurgias plásticas estéticas. O objetivo deste estudo é verificar as correlações entre a aceitação de cirurgia plástica, a satisfação com o corpo e a internalização de mensagens midiáticas e outras variáveis psicossociais em uma amostra de adultos brasileiros, de ambos os sexos. MÉTODO: A amostragem foi não-probabilística, voluntária, composta por 198 pessoas, sendo 50% mulheres, que responderam os 5 instrumentos desta pesquisa. Na análise dos dados, foram usados testes de correlação e variância, com significância de 95%. RESULTADOS: Há correlações significantes entre aceitação de cirurgia plástica estética, internalização da mídia e apreciação corporal, em ambos os sexos. A aceitação de cirurgia plástica estética correlaciona-se com a satisfação com a vida apenas entre as mulheres. Não há diferenças entre os sexos quanto à aceitação de cirurgia plástica estética de uma forma geral, apenas especificamente quanto à decisão de se submeter a cirurgia após análise dos riscos. CONCLUSÕES: Os dados da amostra apontam convergência com observações internacionais e, apesar da amostra restrita, espera-se contribuir para a compreensão ampliada da procura de cirurgia plástica estética em nosso País.

O uso da internet como fonte de informação sobre cirurgia plástica na Bahia, Brasil

Cronemberger,Eduardo Valente; Portocarrero,Mariana Lima; Donato,Aline Rocha; Cunha,Marcelo Sacramento; Barreto,Thais Fagundes; Meneses,José Valber Lima
Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica Publicador: Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
46.66%
INTRODUÇÃO: A internet se tornou uma das mais importantes fontes de informação sobre saúde. Poucos estudos avaliam as características do acesso à internet pelos pacientes e a influência das informações obtidas na decisão em realizar uma cirurgia. O objetivo deste estudo é descrever as características do acesso à internet pelos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) e da rede privada que pretendem se submeter a uma cirurgia plástica, bem como avaliar o impacto do acesso na confiança do paciente em realizar o procedimento. MÉTODO: Realizado estudo observacional de corte transversal com uso de dados coletados por meio de 200 questionários respondidos por pacientes ainda não operados, sendo 100 dirigidos aos pacientes atendidos no ambulatório de Cirurgia Plástica do Hospital Universitário Professor Edgard Santos (SUS) e 100, aos pacientes atendidos em consultório da rede privada de saúde, na cidade de Salvador, BA. RESULTADOS: A frequência do acesso à internet na busca por informação sobre cirurgia plástica foi significativamente diferente entre o SUS (n = 24; 24%) e a rede privada (n = 64; 64%). A maioria dos pacientes (n = 48; 54,5%) acessou um a três sites. Os sites de clínicas de cirurgia plástica foram os mais procurados (n = 74; 84...

Neo-onfaloplastia no decurso das abdominoplastias em âncora em pacientes pós-cirurgia bariátrica

Reno,Brenda Artuzi; Mizukami,Aline; Calaes,Ivana Leme de; Staut,Juliana Gulelmo; Claro,Bruno Marino; Baroudi,Ricardo; Kharmandayan,Paulo; Bueno,Marco Antonio de Camargo
Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica Publicador: Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2013 PT
Relevância na Pesquisa
46.66%
INTRODUÇÃO: As grandes perdas ponderais pós-cirurgia bariátrica resultam, nos ex-obesos mórbidos, em grande flacidez cutânea nas áreas mais volumosas, com maiores depósitos adiposos nos membros, nas diversas regiões do tronco e, particularmente, na parede anterior do abdome. A abdominoplastia em âncora, também chamada tipo T invertido, tem sido o procedimento de eleição pelos especialistas, com ressecção concomitante do umbigo, seguida da neoumbilicoplastia no ato operatório. O objetivo do presente estudo é descrever nossa experiência com a técnica de neo-onfaloplastia no decurso das abdominoplastias em âncora em pacientes pós-cirurgia bariátrica, que consiste, basicamente, na utilização de 2 retalhos cutâneos, bilateralmente posicionados nas bordas da pele incisada, que, suturados à fáscia, determinam a umbilicação de aspecto natural. MÉTODO: Entre março de 2011 e junho de 2012, foram operados, pela Disciplina de Cirurgia Plástica do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de Campinas, 50 pacientes submetidos a cirurgia bariátrica prévia, com estabilização do peso corpóreo por, no mínimo, 6 meses. RESULTADOS: Nos 50 pacientes operados, o neoumbigo ficou posicionado no local estabelecido pré-operatoriamente...

Perfil de pacientes vítimas de trauma em membro inferior atendidos pela equipe de cirurgia reparadora do Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência

Motoki,Thamy Harumi Cardoso; Carvalho,Karen Costa; Vendramin,Fabiel Spani
Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica Publicador: Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2013 PT
Relevância na Pesquisa
46.6%
INTRODUÇÃO: Nos serviços de urgências médicas, é crescente a incidência de lesões traumáticas de membros inferiores com perda de substância, que podem ocasionar deficiências e incapacitação física. O objetivo deste estudo foi avaliar o perfil epidemiológico das vítimas de trauma em membro inferior, atendidas pela equipe de cirurgia reparadora do Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência. MÉTODO: Foi realizado um estudo de coorte prospectivo com pacientes que sofreram trauma de membro inferior e que se encontravam sob os cuidados da equipe de cirurgia reparadora. RESULTADOS: A amostra foi majoritariamente composta por homens jovens, vítimas de acidente de trânsito (principalmente por motocicletas), pardos, solteiros e com ensino fundamental incompleto. Noventa por cento dos pesquisados exerciam alguma atividade remunerada e apresentavam renda per capita mensal média de R$ 290,76. Sessenta e cinco por cento dos pesquisados eram etilistas, dos quais 35% eram tabagistas. A maioria dos pacientes era proveniente do interior do Pará. As lesões mais comuns eram as lacerocontusas, localizadas na perna e com exposição de estruturas nobres. O tempo decorrido entre o trauma e a cirurgia apresentou mediana de 32...

Cardiothoracic Surgery League from University of São Paulo Medical School: twelve years in medical education experience; Doze anos de experiência em Educação Médica da Liga de Cirurgia Cardiotorácica da Universidade de São Paulo

FERNANDES, Flávio Guimarães; HORTÊNCIO, Lucas de Oliveira Serra; UNTERPERTINGER, Fernando do Valle; WAISBERG, Daniel Reis; PÊGO-FERNANDES, Paulo Manuel; JATENE, Fabio Biscegli
Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular Publicador: Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
46.6%
INTRODUCTION: Academic Leagues (Academic Interest Group) are entities that belong to medical schools and their hospitals. Their goals are research, medical education and health care. The cardiothoracic Surgery League (Liga de Cirurgia Cardiotorácica - LCCT), University of São Paulo Medical School, was founded 12 years ago, aimed at providing undergraduate medical students an opportunity to expand knowledge in cardiothoracic surgery and to take part in scientific studies in the field. OBJECTIVE: To evaluate the experience gained through LCCT implementation. METHODS: Current students and former members of LCCT were submitted to a specific evaluation form, delivered personally or by email, which provided data on the general opinion regarding LCCT's activities, the reasons for answers provided and choice of medical specialties. Furthermore, LCCT's total scientific production was evaluated. Results: Most undergraduate medical students 51/65 (78.5%) and former members 94/121 (77.7%) completed the form. The interest in Cardiothoracic Surgery was the most common reason for joining LCCT 44/161 (27.3%). Most students 32/51 (62.7%) - reported their initial expectations were partially met. Almost every member would recommend a fellow medical student to join LCCT 50/51 (98%) and 25/51 (49%) of them participated in a scientific project linked to LCCT. In total...

Tratamento cirúrgico da fibrilação atrial crônica com eletrocautério convencional em cirurgia valvar mitral

Gomes Júnior,Jandir Ferreira; Pontes,José Carlos Dorsa Vieira; Gomes,Otoni Moreira; Duarte,João Jackson; Gardenal,Neimar; Dias,Amaury Mont'Serrat Ávila Souza; Benfatti,Ricardo Adala; Silva,Guilherme Viotto Rodrigues da
Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular Publicador: Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2008 PT
Relevância na Pesquisa
46.6%
OBJETIVO: Avaliar os resultados do tratamento cirúrgico da fibrilação atrial por ablação da parede posterior atrial esquerda utilizando o eletrocautério, em cirurgia valvar mitral. MÉTODOS: De maio de 2004 a dezembro de 2006, 23 pacientes foram submetidos a correção cirúrgica de valvopatia mitral e ao tratamento da fibrilação atrial utilizando o eletrocautério convencional para a realização de linhas de ablação no endocárdio atrial esquerdo. A idade média dos pacientes era de 59 anos, sendo 60,8% do sexo feminino. A média do diâmetro atrial esquerdo era de 50,3 ± 5,09 mm e a fração de ejeção do ventrículo esquerdo de 53,6 ± 11,03%. RESULTADOS: O tempo médio de circulação extracorpórea foi de 52,5 ± 13,3 min; pinçamento aórtico, 35,6 ± 12,9 min; ablação do endocárdio atrial, 3,05 ± 0,16 min. Todos os pacientes estavam livres de fibrilação atrial após o procedimento; na alta hospitalar, 69,5%; no 6º mês, 91,3%; no 12º mês, 76,4%; no 18º e 24º meses, 68,4%. No 12º mês, a média do diâmetro atrial esquerdo era de 42,1 ± 3,5 mm; a fração de ejeção do ventrículo esquerdo era de 59,2 ± 3,48%; e a contração atrial esquerda estava presente em 68,8% de todos os pacientes. CONCLUSÃO: O tratamento cirúrgico da fibrilação atrial com eletrocautério...

Resultados iniciais da primeira série de casos brasileira de cirurgia bariátrica totalmente robótica

Ramos,Almino Cardoso; Domene,Carlos Eduardo; Volpe,Paula; Pajecki,Denis; D'Almeida,Luiz Alfredo Vieira; Ramos,Manoela Galvão; Bastos,Eduardo Lemos de Souza; Kim,Keith Chae
Fonte: Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva Publicador: Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2013 PT
Relevância na Pesquisa
46.6%
RACIONAL: Atualmente a cirurgia bariátrica é o tratamento mais eficaz para a obesidade mórbida. Embora ainda tenha algumas dificuldades, a abordagem laparoscópica tem-se tornando o padrão-ouro para o by-pass gástrico em Y-de-Roux. O uso da robótica representa grande evolução no campo da cirurgia bariátrica minimamente invasiva e seu uso tem sido cada vez mais difundido. OBJETIVO: Relatar a primeira experiência brasileira em cirurgia bariátrica totalmente robótica. MÉTODOS: Foram avaliados todos os pacientes submetidos à cirurgia bariátrica totalmente robótica em dois centros de excelência em cirurgia bariátrica. Foram registrados a incidência demográfica, índice de massa corporal, tempos operatórios, duração da internação hospitalar, mortalidade e todas as complicações em até 30 dias. As equipes cirúrgicas receberam treinamento específico para aprendizagem da técnica robótica e todos os procedimentos foram feitos com supervisão. RESULTADOS: O procedimento foi realizado por cinco equipes cirúrgicas em 68 pacientes (52 mulheres - 76,5%), com idade média de 40,5 anos e IMC médio de 41,3. O tempo médio operatório total foi de 158 minutos e a média de permanência hospitalar foi de 48 h. O percentual de complicações perioperatórias foi de 5...