Página 2 dos resultados de 6816 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

O cinema no "entroncamento" do "progresso" : contributo para a história do espectáculo cinematográfico em Portugal

Santos, Joaquim José Carvalhão Teixeira
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
37.15%
Propõe-se uma abordagem histórica da temática do cinema e do espectáculo cinematográfico pelo estudo da história local e regional. Discutimos, assim, antes de mais, os conceitos subjacentes, essencialmente, no que concerne ao perfil de uma nova história local e ao alcance histórico da realidade do espectáculo cinematográfico no mundo contemporâneo, mediante uma perspectiva do cinema como fenómeno complexo que se revestiu de múltiplas dimensões, sempre entrecruzadas num contexto de época. A partir da análise de um caso concreto é possível explorar realidades de sentido mais amplo e ponderar a articulação de uma diversidade de instâncias, do particular ao geral. Tal como pretendemos sublinhar, através do desenvolvimento concreto da nossa investigação, a história local faculta-nos um terreno de estudo delimitado que permite, designadamente, um levantamento sistemático de dados documentais e uma visão integrada de vectores e dinâmicas, com especial significado. Estudámos, concretamente, a actividade de exibição cinematográfica numa pequena localidade de província, a Pampilhosa do Botão, procurando aproveitar da melhor forma uma importante oportunidade de trabalho. Centrados na história de uma mesma casa de espectáculos...

O cinema educativo como inovação pedagógica na escola primária paulista (1933-1944).; Educational Cinema as a Pedagogical Innovation in Paulista Basic School (1933-1944).

Monteiro, Ana Nicolaça
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/04/2006 PT
Relevância na Pesquisa
37.12%
Esta pesquisa teve por objetivo identificar e analisar as iniciativas do Estado de São Paulo na difusão do Cinema Educativo nas escolas públicas primárias no período de 1933 a 1944. Considerou as finalidades apresentadas para a adoção desta tecnologia de ensino, a infraestrutura para a sua utilização e a divulgação de filmes; buscou constatar a circulação de saberes e indicações pedagógicas para o uso desse recurso de ensino tentando, assim, perceber as práticas escolares. Em meio às transformações ocorridas no período marcado pela modernização do ensino este estudo pretende, ainda, entender a forma pela qual o Cinema Educativo contribuiu para a configuração da cultura escolar paulista. Nesse sentido, procuro atentar para os estudos sobre a história da escola primária dando ênfase à relação entre a cultura escolar, a inovação educacional e a circulação de modelos pedagógicos. O surgimento do Cinema Educativo no Brasil ocorreu nas décadas de 1920 e 1930 durante o movimento em prol da utilização do bom cinema , consolidando-se em 1937, com a criação, em âmbito federal, do Instituto Nacional de Cinema Educativo (I.N.C.E.) que tinha por incumbência coordenar e divulgar as aquisições de caráter técnico ...

Uma interpretação do cinema brasileiro através de Grande Otelo: raça, corpo e gênero em sua performance cinematográfica (1917-1993); An interpretation of the Brazilian cinema through Grande Otelo: race, body and gender in his cinematographic performance (1917-1993)

Hirano, Luis Felipe Kojima
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 02/08/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.1%
Esta tese pretende analisar a trajetória de mais de 70 anos de Sebastião Bernardes de Souza Prata, Grande Otelo (1917-1993). Por um ângulo, ela contribui para pensar diferentes momentos do cinema brasileiro, tendo em vista que o ator foi parte integrante do imaginário cinematográfico nacional dos anos 1930 aos 1990, em filmes da Cinédia e Sonofilmes, em Its all true projeto inacabado de Orson Welles no Brasil , em produções do realismo carioca, nas chanchadas da Atlântida, no Cinema Novo e no Cinema Marginal. Por outro ângulo, observar essa trajetória permite refletir sobre o modo como as relações raciais, suas intersecções com a questão de gênero e o próprio corpo dos artistas, negros ou brancos, são reinterpretados conforme a lógica do campo cinematográfico. O fio condutor da análise é uma equação complexa entre linhas de força que extrapolam esta lógica e mecanismos próprios ao cinema, usados para hierarquizar, diferenciar e desigualar intérpretes e escolas. Para empreendê-la, lança-se mão de conceitos, como estrutura de sentimentos da branquitude, estereótipos raciais e persona, e do exame interno dos filmes o que abre caminho para desvelar discursos cinematográficos racistas e estratégias antirracistas. O itinerário de Grande Otelo...

A Socine e a produção do conhecimento em cinema brasileiro: de 1996 a 2012; Socine and knowledge production in Brasilians cinema: from 1996 to 2012

Silva, Suely dos Santos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 06/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.12%
A presente tese tem por objetivo analisar a produção do conhecimento sobre os estudos de cinema realizados pelos pesquisadores vinculados à Sociedade Brasileira de Estudos de Cinema e Audiovisual (Socine). Procuramos compreender o contexto da criação da entidade, em 1996, destinada a realizar pesquisas sobre cinema e audiovisual e como foi possível o crescimento e a consolidação, até 2012, quando completou dezesseis anos de atuação. Visamos a mapear a produção do conhecimento sobre cinema nesse período, de maneira a elencar pesquisadores e temas pesquisados. Nesse escopo, relacionamos o início das atividades da Socine com o crescimento da produção, da divulgação e da exibição de filmes no país. Percebemos que os efeitos quantitativos e qualitativos do reinício da produção fílmica decorreram, entre outros fatores, da aprovação de leis de incentivo à cultura que passaram a vigorar no início dos anos de 1990 e, sobretudo, do espírito de redemocratização da política e da cultura no país, favorável à produção de bens simbólicos. Uma vez que a Socine propunha-se, desde sua criação, a romper com formas arcaicas de fazer pesquisa em cinema, possibilitou a formação de mais pesquisadores na área, contribuindo para a produção e divulgação das pesquisas sobre cinema. Inovaram...

Aspectos permissivos e restritivos da relação da ditadura civil-militar com a inserção internacional do cinema brasileiro : a criação da Embrafilme e a atuação da censura de 1964 ao "Pra Frente, Brasil"

Ternes, Andressa Saraiva
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.12%
No início da década de 60, um grupo de jovens cineastas dispostos a mudar os rumos do cinema brasileiro e da própria realidade social e política de seu público despontava de forma inédita no cenário internacional, conquistando a crítica dos festivais de cinema europeus. Durante a década de 70, o grupo que ficou conhecido como Cinema Novo sofreu transformações em decorrência da política cultural do regime instaurado com o golpe de 1964. Com uma proposta de desenvolvimento industrial para o cinema brasileiro, a ditadura civil-militar criou, em 1966, o Instituto Nacional de Cinema (INC) e, em 1969, a Empresa Brasileira de Filmes (EMBRAFILME). Esta tinha como finalidade a divulgação do cinema brasileiro no exterior. Paralelamente, a atividade da censura selecionava o que o público interno deveria ver. Da mesma forma, era a censura que liberava a exibição no exterior das películas brasileiras, através da chancela “Livre para Exportação.” Dispostos a seguir com sua proposta verdadeiramente nacional de cinema brasileiro, determinados diretores do Cinema Novo decidiram-se por buscar o diálogo com o Estado. Como resultado, suas obras alcançaram êxitos internacionais não concedidos à outra ordem de produção cinematográfica. Notou-se que as obras de maior repercussão no exterior não apresentavam nenhuma proximidade com a propaganda oficial do regime empreendida no âmbito interno...

Entre surdezes e cegueiras, fastasmas e lobismomens : trajetos e devires de um cinema em uma educação de adultos

Correa, Elenice Mattos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.13%
Os trajetos e os devires desta cartografia reportam-se a uma experimentação com um fazer cinema junto a um grupo de professores e alunos da educação de adultos do Centro Municipal de Educação dos Trabalhadores – CMET Paulo Freire, em Porto Alegre. Esta pesquisa-experimentação ocorre entre os anos de 2010 e 2012, tecendo prolongamentos em 2013, que não findam com esta tese. As obras fílmicas que se precipitam ao longo deste percurso de três anos, são as figuras estéticas que dão carne à experimentação deste fazer cinema. Estas obras fabricam uma imagem do pensamento composta por conceitos filosóficos, por funções científicas e por afetos e perceptos artísticos. “Entre surdezes e cegueiras, fantasmas e lobisomens”, reporta-se aos atravessamentos desta cartografia com a surdez e a cegueira sensório-motoras e aos personagens que se precipitam nas Histórias de susto e assombração, projeto fílmico de culminância da tese. Este termos, ganham nova consistência ao se transmutarem em figuras estéticas na medida em que povoam os movimentos de um pensamento. “Entre surdezes e cegueiras”, especialmente, reporta-se essa nossa operação de perceber, de selecionar e de recortar da matéria sonora e luminosa sempre uma pequena porção...

O Cinema da Retomada : Estado e cinema no Brasil da dissolução da Embrafilme a criação da Ancine; Brazilian contemporary cinema

Melina Izar Marson
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/02/2006 PT
Relevância na Pesquisa
37.11%
Essa dissertação apresenta uma análise das relações entre Cinema e Estado no Brasil entre 1990 e 2002, período que corresponde à elaboração e à institucionalização de uma nova política cinematográfica. A produção cinematográfica no Brasil enfrentou uma grave crise no início dos anos 90, após a extinção dos órgãos estatais financiadores e fiscalizadores (Embrafilme e Concine). Devido à implantação de medidas de renúncia fiscal, que se traduziram num significativo aumento da produção de filmes, o cinema brasileiro ?retomou o fôlego? e passou a ser conhecido como o Cinema da Retomada. Através das movimentações internas do campo cinematográfico e de seu constante diálogo com o Estado, essas medidas foram aperfeiçoadas e incorporadas a um novo órgão estatal, a Agência Nacional de Cinema (Ancine) criada em 2001 e efetivada em 2002. Por meio de análises dos discursos elaborados pelo campo cinematográfico e da documentação oficial, esse trabalho aborda o Cinema da Retomada enquanto resultado da nova concepção de política cinematográfica e de novas configurações e jogos de poder dentro do campo cinematográfico, percebidas em uma nova forma de fazer cinema no Brasil; This work presents an analysis of the relationship between Cinema and State in Brazil between 1990 and 2002...

Cinema documentario brasileiro contemporaneo : analise do banco de dados da Agencia Nacional do Cinema (1994 a 2007); Contemporany Documentary Brazilian Cinema : National Cinema Agency Database (1994-2007)

Gabriela Rufino Maruno
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/08/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.11%
A motivação primeira desta pesquisa nasceu de um momento ímpar para aqueles que fazem do cinema brasileiro contemporâneo objeto de estudo e/ou de trabalho. Em 2005, a Agência Nacional de Cinema, após larga sistematização e recuperação de informações, disponibilizou o primeiro de uma série de arquivos (aqui intitulados "Banco de Dados da Ancine") contendo a história dos "números" do cinema nacional. A partir de então, outra ótica de análise e indagações do fazer cinematográfico foi disponibilizada. Produtores, realizadores, distribuidores e acadêmicos encontraram um denominador comum de discussão, um ponto nevrálgico que há tempos vinha sendo reivindicado por todos os personagens deste roteiro - misto de drama, comédia e terror - chamado Cinema Brasileiro. O surgimento desta fonte coincide, também, com um intenso período, em escala mundial, de questionamentos sobre a ética, definição, forma e realização do filme documentário. O Brasil atua como participante atento e ativo desta movimentação, que está longe de encontrar seu fim. Nos últimos três anos, por exemplo, foram lançados, nas salas de cinema do país, mais de 65 filmes documentários brasileiros de longa-metragem - sem contabilizar os documentários cabo...

A canção popular na historia do cinema brasileiro; The popular song in the history of brazilian cinema

Marcia Regina Carvalho da Silva
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 16/12/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.12%
O principal foco desta pesquisa é investigar o diálogo entre a produção musical e a produção cinematográfica brasileira a partir do mapeamento da presença da canção popular na história do cinema brasileiro. A tese apresenta um levantamento historiográfico do uso da canção popular, composta para filmes ou neles inserida, nos vários períodos que compõem a história do cinema brasileiro, desde as primeiras experiências de sonorização e o início do cinema sonoro, passando pelas tentativas de industrialização do cinema com as companhias produtoras Cinédia, Atlântida e Vera Cruz, as tendências e experimentações do Cinema Novo e Marginal até as produções mais contemporâneas do chamado cinema da retomada e os filmes da década de 2000. Esse trabalho possui um viés bastante informativo ao construir um panorama histórico que leva em conta a inegável contribuição de intelectuais, críticos, analistas e historiadores que já desbravaram outras investigações sobre o cinema brasileiro. Nele é examinada a literatura específica sobre cinema brasileiro para traçar um panorama transversal e compilar uma filmografia que coloca como foco a trilha musical, com o intuito de apresentar ao leitor a importância da canção popular ao longo da história do cinema feito no Brasil; The main goal of this dissertation is to investigate the dialogue between the musical and the cinematographic production according to the presence of popular songs in the Brazilian cinema history. It presents a historiographical review on the use of songs in films...

Nona Mostra de cinema

Mostra de Cinema
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.71%
Release sobre a 9 Mostra de Cinema Direitos Humanos

Le cinéma québécois vu par ses critiques entre 1960 et 1978

Sabino, Hubert
Fonte: Université de Montréal Publicador: Université de Montréal
Tipo: Thèse ou Mémoire numérique / Electronic Thesis or Dissertation
FR
Relevância na Pesquisa
37.11%
Cette étude s’intéresse aux écrits portant sur le cinéma québécois qui ont été publiés durant les décennies 1960-70 dans les quatre principales revues de cinéma du Québec, soient Séquences, Objectif, Cinéma/Québec et Champ libre. Cherchant à les comprendre historiquement, elle situe ces publications dans l’évolution de la critique cinématographique au Québec et dans le développement sociopolitique de l’époque. Abordant chacune des revues individuellement, ce texte présente les rédacteurs, le rôle que se donnent les comités de rédaction, ainsi que leur approche du cinéma. Il soulève également les principaux enjeux abordés par chacune d’entre elles et il révèle le discours sur le cinéma québécois qui y est publié. Par la suite, cherchant à établir des constatations sur la critique cinématographique, à partir du corpus étudié, cette étude expose les interactions existant entre ces revues : les raisons derrière leur fondation et les réactions des comités de rédaction lors de l’arrivée de nouvelles concurrentes. En définitive, soulignant les différences et les ressemblances entre les discours sur le cinéma québécois retrouvées dans ces publications, cette étude présente la perception générale de la critique envers la production cinématographique de cette époque.; This study explores the writings on Quebec cinema found in the four main Quebec film magazines of the 1960s and 70s: Séquences...

Autour de Pierre Falardeau : found footage et réemploi d'images dans le cinéma politique

Marsolais, Mathieu
Fonte: Université de Montréal Publicador: Université de Montréal
Tipo: Thèse ou Mémoire numérique / Electronic Thesis or Dissertation
FR
Relevância na Pesquisa
37.11%
Ce mémoire portera sur le réemploi d’images dans le cinéma politique d’une manière générale dans un premier temps, puis plus spécifiquement dans l’oeuvre du cinéaste québécois Pierre Falardeau. Il s’agit donc d’abord de regarder comment, d’un point de vue historique, l’image fut réemployée dans le cinéma documentaire classique. Il sera ensuite question de la réutilisation de l’image à des fins politiques dans le cinéma expérimental à travers une analyse du found footage film. Dans un deuxième temps, nous verrons le réemploi d’images dans le cinéma militant, engagé politiquement (voire révolutionnaire) dans le cinéma d’Amérique latine (Santiago Alvarez, Fernando Solanas et Octavio Getino) et en France (Guy Debord, Chris Marker et Jean-Luc Godard). Par la suite, nous verrons comment Pierre Falardeau recyclera des images principalement dans trois de ses documentaires : Pea Soup, Speak White et Le temps des bouffons. Nous allons voir où il se situe dans les différentes traditions de réemploi d’images que nous avons vu précédemment et comment il se rapprochait et se distinguait de ses prédécesseurs.; This thesis is concerned with the reuse of images in political cinema in general and...

Pour une esthétique du cinéma transludique : figures du jeu vidéo et de l'animation dans le cinéma d'effets visuels du tournant du XXIe siècle

Picard, Martin
Fonte: Université de Montréal Publicador: Université de Montréal
Tipo: Thèse ou Mémoire numérique / Electronic Thesis or Dissertation
FR
Relevância na Pesquisa
37.12%
Cette thèse propose une analyse croisée du cinéma et du jeu vidéo sous un angle interdisciplinaire afin de montrer la réappropriation et le remédiatisation des structures narratives et formelles du jeu vidéo dans le cinéma d’effets visuels du tournant du XXIe siècle. Plus spécifiquement, la thèse porte sur l’analyse de trois figures majeures du jeu vidéo et de l’animation dans la trilogie Matrix (Larry et Andy Wachowski, 1999-2003), dans Avalon (Mamoru Oshii, 2001) et dans Kung-Fu Hustle (Stephen Chow, 2004). La première section de la thèse consiste en une mise en place théorique par la présentation de certains paramètres esthétiques du cinéma d’effets visuels et du jeu vidéo. Quelques réflexions préliminaires sur l’esthétique du cinéma d’effets visuels sont d’abord esquissées avant de présenter les principales relations transmédiales entre le cinéma et le jeu vidéo. Ensuite, c’est le cinéma transludique qui est défini alors que le terme découle de la synergie singulière entre le cinéma et le jeu vidéo. Puisque le cinéma transludique concerne spécifiquement la récupération de l’esthétique du jeu vidéo dans le cinéma contemporain, les prémisses d’une esthétique du jeu vidéo sont alors établies. Dans la deuxième section...

Vulgaire! Pervers! Dégradant! : le film d'exploitation et le cinéma québécois

Lebel, Sacha
Fonte: Université de Montréal Publicador: Université de Montréal
Tipo: Thèse ou Mémoire numérique / Electronic Thesis or Dissertation
FR
Relevância na Pesquisa
37.14%
Dans l’historiographie du cinéma québécois, un certain manque est notable concernant le cinéma populaire du début des années 1970 (1968-1975). Historiens et chercheurs accordèrent peu d’importance à cette section de notre cinématographie par déni d’un type de cinéma populaire exploitant la sexualité. Ce qui fut péjorativement appelé la vague de « films de fesses » n’eut droit à aucune étude académique sérieuse et nous proposons, donc, de la revisiter afin de mieux comprendre son apparition et son existence. Dans ce dessein, nous suggérons de l’aborder sous l’angle du cinéma d’exploitation, cinéma populaire méconnu et controversé. Pour cela, nous devrons expliquer les contours de ce cinéma puisque, lui aussi, souffre d’un léger manque d’études sérieuses et approfondies. Nous ferons au premier chapitre un panorama de la norme cinématographique qu’est le cinéma hollywoodien, afin de bien cerner, au deuxième chapitre, le cinéma d’exploitation qui selon nous s’efforce d’être en constante opposition avec le cinéma mainstream. Par la suite, nous mettrons en place le contexte socio-historique et cinématographique qui permit l’apparition d’un cinéma d’exploitation québécois et nous ferons l’énumération des différents titres qui se retrouvent dans ce corpus filmique. Les chapitres IV et V présenteront les analyses de différentes œuvres qui...

Le rôle des festivals de cinéma internationaux dans l'émergence du cinéma iranien

Deraeve, Jeroen
Fonte: Université de Montréal Publicador: Université de Montréal
Tipo: Thèse ou Mémoire numérique / Electronic Thesis or Dissertation
FR
Relevância na Pesquisa
37.13%
Jusqu’à la fin du vingtième siècle, les études sur le cinéma iranien ont tendance à aborder ce cinéma par rapport à la Révolution islamique de 1979, c’est-à-dire à le diviser en deux époques, prérévolutionnaire et postrévolutionnaire. Cette recherche s’inscrit dans une pensée récente qui étudie l’émergence de ce cinéma national en tant que cheminement continu et dominé par des politiques culturelles contradictoires et ambiguës. Dans cette étude, nous ferons au premier chapitre un survol de l’histoire du cinéma iranien, avec un intérêt particulier pour la culture des festivals. Il s’agira de décrypter les enjeux politiques et culturels qui dirigent les décisions du gouvernement et des professionnels de l’industrie. Le deuxième chapitre proposera un questionnement sur la notion de cinéma national, et appliquera cette notion au cinéma iranien. Une attention particulière sera portée à la Fondation du cinéma Farabi, une institution clé dans la promotion du cinéma national et dans l’émergence des films iraniens dans les festivals de films internationaux. Finalement, le troisième chapitre présentera le rôle des festivals dans l’industrie cinématographique ainsi qu’une analyse de l’évolution des films iraniens présentés au Festival des films du monde de Montréal afin de démontrer l’influence des politiques culturelles iraniennes floues sur la présence des films iraniens dans les festivals occidentaux.; Until the end of the twentieth century...

Dos "naturais" ao documentario : o cinema educativo e a educação do cinema entre os anos 1920 1930; From "natural" to documentary films : educational cinema and the education of cinema in 20s and 30s

Rosana Elisa Catelli
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 10/12/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.13%
Esta pesquisa teve por finalidade avaliar as propostas de cinema educativo, entre os anos de 1920 e 1930, no Brasil. Teve por objetivo refletir a respeito das concepções de cinema nacional, cinema educativo e cinema documentário no período, além de investigar a inserção do cinema no contexto cultural daquele momento. Para isso foi analisada a bibliografia referente ao cinema educativo, em especial aquela vinculada aos educadores da Escola Nova, que foram os principais formuladores desta proposta de uso do cinema na educação. Também selecionamos as matérias da Revista Cinearte, do período em questão, que trataram do tema. A partir deste material destacamos a presença das influências do cinema educativo francês e americano no Brasil e observamos também a contribuição desta proposta para uma padronização na forma de realização do cinema nacional, em especial dos chamados "naturais'. Sendo assim, o cinema educativo teria contribuído não só para educar as massas, na sua formulação original, mas inclusive para educar o próprio cinema; The aim of this research is to evaluate the proposals by educational film, in the 1920s and 1930s, in Brazil. Furthermore, a main objetive is to reflect on the conceptions concerning national...

O cinema do SPN/SNI – o ideal de Ferro, a realidade de chumbo

Ribeiro, Carla
Fonte: Universidade Federal da Bahia. Núcleo de Produção e Pesquisas da Relação Imagem-História. Oficina Cinema-História Publicador: Universidade Federal da Bahia. Núcleo de Produção e Pesquisas da Relação Imagem-História. Oficina Cinema-História
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
46.85%
Em Portugal, as décadas de 1930 e 1940 constituem um período importante, quer pela introdução/consolidação tecnológica do cinema sonoro, quer pela acção do Secretariado da Propaganda Nacional. Dentre a multitude de meios de que este organismo se serviu para a difusão da mensagem política do regime do Estado Novo, o cinema desperta em particular a atenção do seu director, António Ferro, como meio privilegiado de comunicação com as massas. Neste artigo procura-se averiguar o papel desempenhado por António Ferro no panorama cinematográfico nacional, a nível da sua acção política sobre o cinema português.

Pescando Imagens: presença e visibilidade nos domínios da pesca e do cinema

Estrela da Costa, Ana Carolina; universidade federal de minas gerais
Fonte: DEVIRES - Cinema e Humanidades Publicador: DEVIRES - Cinema e Humanidades
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 16/10/2015 POR
Relevância na Pesquisa
46.71%
Ao contrário de uma lógica que divide o mundo entre humanidades subjetivas e uma natureza objetiva universal, pensamentos ameríndios nos trazem novas formas de ver relações entre humanos, animais e seus outros, e entre visível e invisível. O olhar e a escuta assumem dimensões relacionais no xamanismo, nas caçadas, nas pescarias e também no cinema. A partir dessa chave, examinando alguns filmes em que a pesca aparece, especialmente entre o povo indígena Maxakali, aproximamos a atitude do cineasta-etnógrafo àquela de um pescador. Palavras-chave: Documentário Etnográfico. Maxakali. Filme-Ritual. Filme-Pesca. 

Os Itseke e o fora-de-campo no cinema Kuikuro

Belisário, Bernard; UFMG
Fonte: DEVIRES - Cinema e Humanidades Publicador: DEVIRES - Cinema e Humanidades
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 16/10/2015 POR
Relevância na Pesquisa
46.79%
Neste artigo buscamos analisar algumas das maneiras como três filmes documentários realizados por Takumã e seus colegas do Coletivo Kuikuro de Cinema – no âmbito das oficinas do projeto Vídeo nas Aldeias – inflexionam a noção cinematográfica de fora-de-campo ao abordarem a presença dos itseke na vida da aldeia. Para caracterizar os modos como os sujeitos em campo se relacionam com essas agências não humanas fora-de-campo, articulamos à análise fílmica descrições de alguns elementos da língua e da própria cosmologia Kuikuro.Palavras-chave: Cinema indígena. Kuikuro (Alto Xingu). Fora-de-campo. Documentário. 

Filhos-imagens: cinema e ritual entre os Tikmũ’ũn

Tugny, Rosangela; UFSB
Fonte: DEVIRES - Cinema e Humanidades Publicador: DEVIRES - Cinema e Humanidades
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 16/10/2015 POR
Relevância na Pesquisa
46.85%
O texto busca construir uma reflexão sobre os regimes de visibilidade e adoção que fortalecem e fazem agir os povos tikmũ’ũn, nos seus vínculos com as diversas formas de alteridade. Dentre a gama infinita destas formas, os yãmĩyxop, seres do brilho, da imanência e da intensidade, aparecem como formas privilegiadas de encontros e parentesco. É do espaço escuro desta ontologia, onde o gesto de alimentar aparece como a incessante reversão da relação mães/pais e filhos, mas também da relação entre o visível e o invisível, que nasce um certo cinema tikmũ’ũn. Um cinema cuja ação é ela mesma a possibilidade deste encontro que, pela sua possibilidade de afetação, muitos de nós denominam “ritual”.Palavras-chave: Cinema tikmũ’ũn. Povos maxakali. Povos yãmĩyxop. Filhos-imagens.