Página 1 dos resultados de 471 itens digitais encontrados em 0.055 segundos

Imprensa e propaganda na São Paulo dos anos 20: quotidiano das mulheres empobrecidas; Press and advertising in São Paulo in 20 years: the daily lives of poor women

Salvetti, Xenia Miranda
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/05/2011 PT
Relevância na Pesquisa
56.17%
O presente estudo do gênero e da cidade analisa os imaginários feminino e citadino divulgados pela publicidade e imprensa na São Paulo dos anos vinte, e como era o cotidiano vivido pelas mulheres pobres, como se articulavam, interagiam na cidade, se apercebiam da comunicação divulgada, reelaboravam e retornavam ao espaço público. A pesquisa investiga a publicidade presente em vários meios, como cartõespostais, bondes, bancos de praças, muros, periódicos, entre outros, junto ao desenvolvimento da imprensa iniciado no final do século XIX. Ambas, publicidade e imprensa passaram a ter um papel significativo na construção e divulgação do imaginário feminino. O estudo contempla a presença feminina dos setores empobrecidos e seus movimentos pelo perímetro central e cercanias, localizados entre o antigo centro e a cidade nova, evidenciando o espaço-matriz escolhido pela elite paulista como modelo da cidade moderna e sujeitos desejados. A investigação, ao abordar a comunicação realizada na cidade, e o perfil, o cotidiano das mulheres pobres, articulados ao processo de urbanização, teve sua metodologia desenvolvida em três fases: Fase I - A pesquisa sistemática nos registros dos atendimentos a mulheres em postos de saúde pública...

Rubem Braga e o semanário Comício: cidade, política e imprensa no segundo governo Vargas; Rubem Braga and the Comício newspaper: city, politics and the press in the second Vargas government

Gaspar, Samantha dos Santos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/01/2012 PT
Relevância na Pesquisa
56.04%
Neste trabalho analiso o semanário antigetulista Comício, fundado por Rubem Braga, Joel Silveira e Rafael Corrêa de Oliveira e que circulou entre maio e outubro de 1952. Debruço-me sobre o periódico tendo como arcabouço teórico-metodológico o triângulo autor-obra-público formulado por Antonio Candido. Assim, discorro sobre os colaboradores (autor), sobre a estrutura, o estilo e o conteúdo (obra) e sobre os anúncios publicitários e a seção O leitor escreve, indicadores que permitem recompor a sua recepção (público). No quadro de colaboradores, além dos próprios fundadores, estavam nomes de dois campos, o literário e o jornalístico: Fernando Sabino, Otto Lara Resende, Paulo Mendes Campos, Carlos Castello Branco, Clarice Lispector, Sérgio Porto, Millôr Fernandes, Antônio Maria, Lúcio Rangel, Eneida entre outros. Localizo essa experiência literário-jornalística no interior das transformações pelas quais a imprensa passava na década de 1950, enfatizando a sua posição no interior da imprensa nacionalista. O conteúdo do semanário é analisado a partir de três eixos: os editoriais, as reportagens sobre o povo e os textos de Rubem Braga. Partindo dos editoriais, apreendo de que forma o cenário, os atores e os acontecimentos políticos eram retratados e interpretados. Dentre as questões candentes no período e que foram por eles debatidas...

A representação da mulher na cidade do Rio Grande em dois marcos temporais : um olhar semiótico sobre um jeito de fazer história

Brisolara, Maria Cristina Freitas
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.23%
Neste trabalho, colocando no cerne a representação da mulher, empreendo investigações, no discurso jornalístico impresso e no relato oral próprio. Preponderantemente, por meio de uma leitura semiótica de concepção greimasiana, verifico a forma como é mostrada e se mostra a mulher, na cidade do Rio Grande – RS, em um corpus formado por três coletâneas de textos. A primeira e a segunda coletânea compõem-se de notícias do jornal Diario do Rio Grande, centradas no referente “mulher”, veiculadas no ano de 1900. A terceira coletânea constitui-se de textos obtidos do relato oral de quatro mulheres de mais de oitenta anos, acerca de suas vidas. Aparentemente heterogêneos, os objetos de análise têm na sua unidade a representação dos papéis femininos. A análise observa como textos jornalísticos de um periódico, representante da dita "imprensa séria", que circulava na cidade do Rio Grande, naquela época, trata da mulher, dirige-se à mulher ou dá espaço para sua voz; como depoimentos memorialísticos orais obtidos de fontes vivas – relatos de mulheres de 81, 84, 86 e 91 anos – representam o feminino, compreendidas as ocorrências narradas em nível de concomitância, por tratarem-se de mulheres que viveram um espaço-tempo comum...

Cidade e imprensa pelas folhas do Correio do Noroeste, 1930-1935

Castro, Felipe Simões Carneiro de
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
55.93%
Este trabalho tem por finalidade fazer uma análise do jornal Correio da Noroeste. Os cinco primeiros anos desse jornal (1930-35) de grande circulação na cidade de Bauru, localizada no oeste paulista, serão abordados através das questões urbanas, da sociedade local e da relação com as tendências jornalísticas do início do século XX. Sua importância consiste na explicitação da relação existente entre jornalismo e sociedade local, permitindo delinear os diversos posicionamentos políticos do jornal, bem como diante das transformações que ocorreram na cidade em que o diário circulava

A imprensa em Avaí: a cidade e o urbano no Avahy-Jornal, 1927-1931

Scarso, Aline
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
56.09%
Esta monografia é resultado da pesquisa de iniciação científica “A imprensa em Avaí: a cidade e o urbano no AVAHY-JORNAL, 1927 – 1931”, e tem por objetivo fazer um levantamento e mapeamento de temas sobre as dinâmicas e transformações urbanas da cidade de Avaí - localizada na região oeste paulista -, presentes no periódico “AVAHY-JORNAL” no período compreendido entre novembro de 1927 a dezembro de 1931. Por meio da articulação entre a leitura e fichamento do jornal, documentação específica sobre o município e fontes bibliográficas das temáticas acerca da Cidade e do Urbano, História da Imprensa, História de Avaí, da região e do estado de São Paulo, este trabalho também pretende esboçar uma problematização sobre a questão social, política e econômica de Avaí do final dos anos 1920 e início dos anos 1930, além de analisar o veículo pesquisado

Correio de Bauru: notícias, cidade e sociedade nas primeiras décadas do século XX

Santos, Jéssica da Silva
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
55.97%
O presente Trabalho de Conclusão de Curso é o desdobramento de uma pesquisa em nível de iniciação científica, financiada pela FAPESP, que teve como objeto de estudo o jornal Correio de Bauru. Dentre os aspectos analisados, privilegiamos a postura jornalística do periódico e a aproximação com sociedade, a presença da temática urbana, as diferenças e semelhanças com os grandes jornais dos anos 1920 e, ainda, o processo de modernização da imprensa do período. Nesse percurso, adotamos a metodologia de leitura das edições disponíveis em acervo a fim de identificar seu posicionamento editorial e político, a relação com a cidade e a sociedade, o ocupado dentre outras publicações existentes no município na época, além de sua contribuição para a História da Imprensa Brasileira e do interior paulista

Cidade, poder e imprensa

Manoel, Paula Scheidt
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 211 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
46.21%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Urbanismo, História e Arquitetura da Cidade, Florianópolis, 2010; As desigualdades sociais e espaciais das cidades brasileiras resultam de um processo histórico conflituoso, com raízes oligárquicas. A estruturação desses espaços urbanos caracterizou-se pela tendência de segregação das camadas de maior renda em determinadas regiões, ação que garantiu o controle da produção do espaço e a concentração desigual dos investimentos públicos e privados. Porém será que isto é percebido por todos os cidadãos? Cada indivíduo cria uma imagem da cidade onde mora a partir de um conjunto de referenciais, dentre os quais está a imprensa. Por ter o momento presente como objeto de trabalho, o jornalismo não dá conta de reportar sobre todos os acontecimentos urbanos e precisa selecionar quais serão noticiados. Ao fazer isto, os veículos de comunicação apresentam um certo espaço urbano em detrimento de outro. Porém se o espaço é desigual, qual parte dele vai parar na imprensa? A pretendida imparcialidade em tais escolhas do que noticiar pode sofrer interferências que vão além dos critérios de noticiabilidade do jornalismo...

O 5 de Outubro de 1910 na imprensa da cidade de Braga

Coelho, Zara Pinto
Fonte: Quidnovi Publicador: Quidnovi
Tipo: Parte de Livro
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
46.14%
Detendo-me num momento particular da história da cidade de Braga, e das suas práticas jornalísticas a propósito de um acontecimento político que marcou para sempre a história do nosso país, a revolução de 5 de Outubro de 1910, no quadro da minha tese de mestrado, defendida em 1991 na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, pretendo neste capítulo dar conta dos traços gerais da imprensa publicada na cidade e das suas reacções à chegada da República e ao primeiro trimestre de governação republicana. A imprensa da cidade de Braga, à semelhança do jornalismo português da época, vivia e ecoava as tensões sociais do momento, marcado pelo confronto e pela radicalização das forças políticas e religiosas. Mas que forças eram essas? Como reagiram os jornais perante uma mudança estrutural tão prometida, por um lado, e face à República debutante sob o signo da ameaça monárquica, por outro? Terá Braga reagido de pronto ao toque de Lisboa? Terá a imprensa de Braga reagido de uma forma uníssona? Partindo dos resultados da análise de conteúdo (Bardin, 1988) que fizemos, respondemos em seguida a estas questões, não sem antes dar conta de algumas das características do tipo de jornais produzidos à época na cidade de Braga.

São Paulo no segundo pós-guerra: imprensa, mercado editorial e o campo da cultura na cidade

Neves,Juliana
Fonte: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS Publicador: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2011 PT
Relevância na Pesquisa
56.02%
Este estudo trata do ambiente artístico e literário de São Paulo no segundo pós-guerra, período de grande transformação que fez da cidade o epicentro da vida cultural do país. Tem por foco a ação de empresários que foram protagonistas de um notável mecenato, cujas realizações no âmbito das artes plásticas, do teatro e do cinema são bastante conhecidas, mas que tomaram também iniciativas importantes na imprensa literária e no mercado editorial que são pouco lembradas. Pretendo reconstituir a experiência do Suplemento Literário do Diário de S. Paulo, patrocinado por Assis Chateaubriand, e, sobretudo, do Instituto Progresso Editorial (IPE), empreendimento de Francisco Matarazzo Sobrinho. A editora e o periódico despontaram em momento de inflexão da cidade e foram elos de transmissão decisivos do processo de desenvolvimento de seu campo cultural.

Comunicação de risco e os discursos da imprensa sergipana na transposição do rio São Francisco

Becker,Michele Amorim; Santos,Antônio Carlos dos
Fonte: ANPPAS - Revista Ambiente e Sociedade Publicador: ANPPAS - Revista Ambiente e Sociedade
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
55.91%
O presente artigo tem como objetivo analisar o discurso da imprensa sergipana sobre os possíveis riscos socioambientais causados pela transposição das águas do rio São Francisco/Brasil. A fim de garantir o escopo inicial, a argumentação teórica será estruturada em três momentos distintos: primeiro, conceituando o risco e suas dimensões socioambientais; segundo, apresentando a comunicação de risco como uma etapa fundamental na gestão de riscos socioambientais, conforme propõe a ISO 31000:2009; terceiro, discorrendo sobre os resultados obtidos nos discursos da imprensa sergipana sobre a transposição. Este trabalho utiliza-se da Análise do Discurso para a pesquisa documental nos jornais Correio de Sergipe, Jornal da Cidade e Cinform, no período de 2004 a 2007. Os discursos jornalísticos foram selecionados a partir de seus enunciados, no intuito de realizar o "estudo dos sentidos" e o "mapeamento das vozes". Em seguida, identificam-se as "formações discursivas", relacionadas aos riscos socioambientais da transposição, que confirmam a ideia de uma não neutralidade discursiva.

A Revista Vida Policial (1925-1927) mistérios e dramas em contos e folhetins

Shizuno, Elena Camargo
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
55.69%
Resumo: Este trabalho analisa o conto e o folhetim policiais publicados na revista Vida Policial, editada na cidade do Rio de Janeiro (1925 a 1927). O semanario publicava cronica policial, conto, folhetim, doutrina policial, textos do mundo juridico, bem como noticias jornalisticas. Trabalhamos nos contos e folhetins criminais e policiais as formas de construcao dos crimes tipificados, examinando como agiam os personagens ¡V a vitima, o detetive, o criminoso ¡V, como se desenrolavam os temas, as tramas policiais, o ato criminoso, a acao policial e a punicao. Os escritos policiais foram meios de construcao de tipos de crime e riminoso, ao mesmo tempo foram produtores de um imaginario social que imputava a esse tipo de literatura o estigma de manual do crime. Nos escritos policiais reproduzia-se o que chamamos de educacao as avessas, pois as acoes e os personagens imprimiam com a marca do ilegalismo uma forma de combate social mais aceitavel e eficaz. As acoes e os meios e os de combate ao crime, vistos como modelo ideal, perpetrados por agentes de seguranca amadores ƒ{ os detetives diletantes ƒ{, implicam a potencia individual do investigador, como Sherlock Holmes, que se consolidou como o super-heroi, arquetipico, uma exemplaridade de vigilancia...

Caminhos que estruturam cidades: redes técnicas de transporte sobre trilhos e a conformação intra-urbana de Natal; Pathways and the construction of the city: rail transport techinical netwoks and the urban conformation of Natal

Medeiros, Gabriel Leopoldino Paulo de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo; Conforto no Ambiente Construído; Forma Urbana e Habitação Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo; Conforto no Ambiente Construído; Forma Urbana e Habitação
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
55.89%
The railroad, from 1870 and on, becomes an usual complaining in the press s and politician elite s speeches, especially because of Natal s geographic isolation. The implantation of two railroads in the capital territory Estrada de Ferro de Natal a Nova Cruz, afterwards part of Great Western Railway Company network, and Estrada de Ferro Central do Rio Grande do Norte had serious implications in the urban environment. While railroad s structures were already consolidated, other transportation mechanisms were being implanted in the first decades of the 20th century, such as trams lines, which, by the way, was a transport modal that also used rails as a dislocation meaning. Considering these questions, we may ask: how come railroads and tramways demands, roads and buildings had influenced the internal organization of Natal? We work with the general hypothesis that the influence of technical networks, composed by tramways and railroads, over Natal s urban space happened in a diversified way, sometimes consolidating social aspects in certain areas, sometimes improving the occupation of others. The impact over the city s territory also happens in a diversified way between the buildings/railroad s complexes and the pathways. The different scale of the train in comparison to the trams velocity...

A Produção do Flagelo : a re-produção do espaço social da seca na cidade de Mossoró (1877-1903-1915)

Maciel, Francisco Ramon de Matos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em História; História e Espaços Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em História; História e Espaços
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
55.86%
The great droughts re- produced spaces in the city of Mossoró / RN in the end of the nineteenth century to the beginning of the twentieth century. Its dimension exceeds the climatic effects becoming social locus when advances over the political and economic sectors, social and cultural of the North / Northeast Brazilian societies during that period. This way, analyzing the re-production of social space in episodes of Mossoró‟s droughts is our toil. So try to reveal each segment, route and aspect of production of space in its size and interface between the perceived, conceived and lived, and subjects related to it - refugees, population and authorities - during the droughts of 1877, 1903 and 1915 within Mossoró city. Therefore, issues such as the constitution and representation of the city and social space in the terrifying experience of the drought of 1877, the production of fixed objects and flows of the urban web through of migrant labor, attempts to control, discipline and spatial planning and ways to resistance to these charges in daily sphere are key issues addressed in this work. For this we use diverse sources as minutes of the city council, reports from provincial presidents, media, memory books and others that sustain us in building our narrative and problematic. This way...

Memórias em disputa: transformando modos de vida no sertão e na cidade

Rodrigues, Rejane Meireles Amaral
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
46.24%
A presente tese tem como objetivo entender o conflito construído pela imprensa, no início do século XX para a definição de Montes Claros como sendo, às vezes, uma cidade moderna e às vezes atrasada. Esse estudo surge do incômodo de que essa ainda é uma postura adotada pelos meios de comunicação da cidade de Montes Claros. A construção da tese foi problematizada a partir dos seguintes jornais Montes Claros de 1916 a 1918 o Gazeta do Norte de 1918 a 1920, pois eram esses que se destacavam na imprensa local, no período analisado. Também no sentido de dar sustentação ao debate e verificar os elementos que se relacionavam com o foco da presente pesquisa (a imprensa) utilizei como fonte os seguintes documentos Coleção Sesquicentenária, Relatórios da Secretaria de Agricultura, Diretoria de Indústria e Comércio de 1910 a 1922 e o acervo da Câmara Municipal de Montes Claros. Apontei como o conflito sertão versus cidade estava se fortalecendo através da rede de comunicação estabelecida pela imprensa na região. Sendo que o jornal não apresenta uniformidade em suas matérias e que possui uma linguagem abrangente e complexa, pois ele, em suas publicações, filtra a realidade e essa por si só é complexa, minha intenção foi perceber como a imprensa montes-clarence construiu...

Vis??es do Urbano: a Rua XV de Novembro, Pelotas/RS; Vis??es do Urbano: a Rua XV de Novembro, Pelotas/RS; Vis??es do Urbano: a Rua XV de Novembro, Pelotas/RS; Vis??es do Urbano: a Rua XV de Novembro, Pelotas/RS

DEVANTIER, Vanessa da Silva
Fonte: Universidade Federal de Pelotas; Mem??ria Social e Patrim??nio Cultural; Progama de P??s-Gradua????o em Mem??ria Social e Patrim??nio Cultural; UFPel; BR Publicador: Universidade Federal de Pelotas; Mem??ria Social e Patrim??nio Cultural; Progama de P??s-Gradua????o em Mem??ria Social e Patrim??nio Cultural; UFPel; BR
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
55.98%
This work aims to study a cultural reference of Pelotas/RS, the 15th of November Street, in their central stretch, Coronel Pedro Os??rio Square to the Volunt??rios da P??tria Street, through periodic press, expressed in the newspapers A Opini??o P??blica and Di??rio Popularbetween the years 1920 to 1950. At the time focused, this stretch of the route was seen as the main area of commerce, culture and leisure in the city of Pelotas/RS. Three points were highlighted: trade, rides and carnival, elements that characterize this urban space as a benchmark of their history and culture.From the journals, columns, notes, chronicles and photographs are understood asvisions of urban, considerable parts of newspapers dedicated to the city in their daily lives, their problems and their transformations. As central street of Pelotas at least until the first half of the twentieth century, the 15th of November Street stood out as important focus for these different looks, understood as the window of a city that was intended modern, cultured and progressive; O presente trabalho tem por objetivo o estudo de uma refer??ncia cultural da cidade de Pelotas/RS, a Rua XV de Novembro, em seu trecho central, da Pra??a Coronel Pedro Os??rio at?? a Rua Volunt??rios daP??tria...

Entre conquistas e disputas: trajetórias e experiências de luta das mulheres das camadas populares na cidade (Uberlândia/MG – anos de 1980-1990)

Amâncio, Kerley Cristina Braz
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
65.9%
A partir do trabalho com os jornais Correio de Uberlândia, Participação e a Coleção do Centro de Documentação Popular (CDP) do Centro de Documentação e Pesquisa em História da Universidade Federal de Uberlândia (CDHIS-UFU), buscamos investigar a participação das mulheres das camadas populares na organização e na articulação de movimentos sociais na cidade, na luta por espaços de poder e direito, por reconhecimento social. O recorte temporal contempla as décadas de 1980-1990, quando da explosão de movimentos sociais populares de várias vertentes; da mudança na sociedade civil com a Constituição de 1988 e a institucionalização das falas desses trabalhadores e trabalhadoras, por meio de agências e órgãos governamentais, o que para nós modifica o saber / fazer da história desses grupos. A pesquisa dedicou-se a investigar a formação e a constituição do movimento de mulheres em Uberlândia, assim como as disputas engendradas por estas “outras mulheres” na busca por mais visibilidade às suas necessidades no contexto da cidade, a fim de produzir uma reflexão sobre a relação entre “popular”, “cidade” e “direitos”, problematizando a construção do espaço público por estes “novos personagens” – mulheres pobres e negras. A busca do que estava por trás das falas silenciadas ou ocultas destes sujeitos tornou-se imprescindível para abordar seu cotidiano...

Por uma história sócio-cultural do abandono e da delinqüência de menores em Belo Horizonte 1921-1941.; For a socio-cultural history of abandonment and juvenile\'s in Belo Horizonte 1921-1942.

Silva, Wesley
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
55.99%
O objetivo desse trabalho é abordar a produção sócio-histórica de representações sobre o abandono e a delinqüência de menores em Belo Horizonte entre os anos de 1921 e 1941. Através da abordagem de espaços lugares e instituições especificamente destinadas aos menores ou apropriadas por eles, tentei entender a forma como a noção de delinqüência e abandono circulava nos espaços da Capital de Minas Gerais no período em apreço. Dessa forma, abordei, ainda que sucintamente, a cidade de Belo Horizonte na condição de espaço geográfico que oferece múltiplos lugares à apropriação para seus habitantes. Revelou-se a forma preconceituosa com que se concebiam os usos do espaço urbano pelos pobres, mas de maneira mais aguda pelos menores. A escola e a educação primária, que deveriam privilegiar a presença dessas personagens da urbanidade modernizante caracterizada na Nova Capital, cidade pedagógica por excelência, não lograram êxito em cumprir um projeto de escolarização de massas, ainda que ensejassem fazê-lo pelo uso do primado da obrigatoriedade. Nem mesmo essa estratégia com todos os dispositivos postos a funcionar foi capaz de efetivar a matrícula, freqüência e aproveitamento escolar de boa parte do contingente de menores pobres da cidade e do Estado de Minas Gerais. A resistência empreendida por esse setor da sociedade possuía diversos matizes dentre os quais a pobreza e a necessidade do trabalho em prol do sustento da família...

A cidade e o "mal necessário": zona de prostituição, marginalidade social e disputa pelos espaços urbanos (Pouso Alegre-MG, 1969-1988); A cidade e o "mal necessário": zona de prostituição, marginalidade social e disputa pelos espaços urbanos (Pouso Alegre-MG, 1969-1988)

Assis, Eduardo Moreira
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2006 POR
Relevância na Pesquisa
65.86%
Este artigo discute a tensa relação estabelecida entre a cidade sul-mineira de Pouso Alegre e sua zona de prostituição entre os anos de 1969 a 1988, marcados por uma campanha moral contra a zona de prostituição e pela experiência da cidade frente à "modernidade" e o "progresso", reforçando fronteiras invisíveis e preconceitos através de representações sociais negativas ou baseadas no conceito de "mal necessário".; This article aims to discuss the tense relationship established between the Minas Gerais state city of Pouso Alegre and its prostitution zone in the years from 1969 to 1988, that were marked by a moral campaign against prostitution zone at the same time city experienced modernity and progress, reinforcing invisible borderlines and prejudices throughout negative or "necessary evil" based social presentation on prostitution and its zoning.

O Colégio Nossa Senhora Auxiliadora e a Revista Ecos Juvenis: educação e imprensa feminina no sertão mato-grossense (1937-1945)

Trubiliano, Carlos Alexandre Barros; SED MS; Martins, Carlos Junior; UFMS
Fonte: Revista Ensaios Publicador: Revista Ensaios
Tipo: Avaliado Formato: application/pdf
Publicado em 19/12/2011 PT
Relevância na Pesquisa
55.8%
O Colégio Nossa Senhora Auxiliadora é uma das mais tradicionais instituições de ensino do Mato Grosso do Sul. Durante a década de 1930, suas alunas, a publicaram a Revista Ecos Juvenis. Inicialmente o periódico surge como órgão de divulgação das atividades culturais e científicas da comunidade colegial, posteriormente durante o Estado Novo transformando-se em meio de divulgação dos ideais do regime. Esse artigo aborda as vozes das alunas que “ecoaram” das páginas da revista a respeito do cotidiano escolar, da cidade e da nação.

Metamorfoses Paulistanas: atlas geoeconômico da Cidade; São Paulo Metamorphoses: geo-economic atlas of the City

Freire, Carlos Eduardo Torres; Consoni, Flávia Luciane
Fonte: Universidade Federal do Espírito Santo Publicador: Universidade Federal do Espírito Santo
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 15/04/2013 POR
Relevância na Pesquisa
55.85%
DOI: http://dx.doi.org/10.13071/regec.2317-5087.2012.1.1.4111.210-217"São Paulo Metamorphoses" offers an analysis that includes a coordinated manner territorial and economic changes in the city of São Paulo. It is, therefore, an analysis focusing on the city of São Paulo, but their findings extrapolate this territorial delimitation. The city is much influenced by the dynamics of its border regions, as these regions help determine the trajectory and characteristics of the economic dynamics of São Paulo state capital.; DOI: http://dx.doi.org/10.13071/regec.2317-5087.2012.1.1.4111.210-217“Metamorfoses Paulistanas” traz uma análise que contempla de forma coordenada transformações econômicas e territoriais do município de São Paulo. É, portanto, uma análise com foco na cidade de São Paulo, porém seus achados extrapolam esta delimitação territorial. A cidade é tanto influenciada pela dinâmica das suas regiões fronteiriças, quanto estas regiões ajudam a determinar a trajetória e as características da dinâmica econômica da Capital Paulista.