Página 1 dos resultados de 2 itens digitais encontrados em 0.035 segundos

The configuration of the field of information science: a brand identity; La configuración del campo de las ciencias de la información: una identidad de marca; A configuração do campo da Ciência da Informação: marcas de uma identidade

Freire, Gustavo Henrique de Araújo; Silva, Jonathas Luiz Carvalho
Fonte: UFPB Publicador: UFPB
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 26/11/2012 POR
Relevância na Pesquisa
96.26%
Analyzes the identity of Information Science through its epistemological perspectives, aiming the identity. Uses three assumptions that make discussions about the field of information science: the notion of paradigm, interdisciplinarity and the object of study. We conclude that the notion of paradigm in information science is related to a theoretical and epistemological controversy that has constituted a necessary but unprofitable discussion, because little has contributed to the strengthening of this epistemological scientific field. It follows, too, that there are three strong trends of Information Science as an interdisciplinary field: the first involves an interdisciplinary approach with the Library, Documentation and Archival extensively and Museology, the second points to an interdisciplinary approach to the Cognitive Sciences, Computer Science , Administration and Communication, and the third involves interdisciplinarity with linguistics, psychology, philosophy and sociology. Finally, it appears that the object of study of Information Science consists of a set of factors that vary according to the historical and social reality.; Analiza la identidad de Ciencias de la Información a través de sus perspectivas epistemológicas...

A configuração do campo da Ciência da Informação: marcas de uma identidade

Freire, Gustavo Henrique de Araújo; Silva, Jonathas Luiz Carvalho
Fonte: Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia Publicador: Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion;
Publicado em 20/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
96.22%
Analisa a identidade da Ciência da Informação por meio de suas perspectivas epistemológicas, visando sua caracterização identitária. Utiliza três pressupostos que compõem discussões acerca do campo da Ciência da Informação: a noção de paradigma, a interdisciplinaridade e o objeto de estudo. Conclui que a noção de paradigma na Ciência da Informação está relacionada a uma polêmica teórica e epistemológica que tem se constituído de uma discussão necessária mas improfícua, pois pouco tem contribuído para o fortalecimento epistemológico desse campo científico. Infere, também, que existem três fortes tendências da Ciência da Informação como campo interdisciplinar: a primeira envolve a interdisciplinaridade com a Biblioteconomia, a Documentação e, extensivamente a Arquivologia e Museologia; a segunda aponta para uma interdisciplinaridade com as Ciências Cognitivas, Ciência da Computação, Administração e Comunicação; e a terceira envolve a interdisciplinaridade com a Lingüística, a Psicologia, Filosofia e a Sociologia. Finalmente, constata-se que o objeto de estudo da Ciência da Informação é constituído por um conjunto de fatores que variam de acordo com a realidade histórico-social. Palavras-chave: Ciência da Informação – Paradigmas. Campo científico – Identidade. Interdisciplinaridade. Link para o texto completo (PDF) http://www.ies.ufpb.br/ojs2/index.php/ies/article/view/13775/8216