Página 1 dos resultados de 1578 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Exposição a chumbo e comportamento anti-social em adolescentes; Lead exposure and antisocial behavior in Brazilian adolescents

Olympio, Kelly Polido Kaneshiro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/02/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.45%
Introdução - A intoxicação por chumbo é um conhecido problema de saúde pública e o envenenamento por este metal pode causar danos a vários órgãos, especialmente ao Sistema Nervoso Central de crianças em desenvolvimento. Objetivo geral- estudar a associação entre exposição a chumbo e comportamento anti-social (CAS) em adolescentes brasileiros. Objetivos específicos: a) analisar a associação entre exposição a chumbo e CAS / cometimento de atos infracionais (CAI); b) estudar potenciais fontes de exposição domiciliar a chumbo que mais estão associadas a altas concentrações de chumbo no esmalte dentário (CCED) e; c) avaliar o impacto de alterações metodológicas na técnica de microbiópsia ácida de esmalte dentário superficial (MAEDS) sobre CCED e profundidade da bíópsia. Métodos- Um estudo transversal foi conduzido com 173 jovens (Bauru, SP). MAEDS foram realizadas nestes jovens por dois diferentes protocolos metodológicos. Além disso, questionários sobre comportamento dos adolescentes e exposição a possíveis fontes de contaminação por chumbo foram aplicados a pais e adolescentes. Análises de regressão logística, testes de Wilcoxon e testes t pareados foram aplicados aos dados. Resultados- Odd ratios ajustados para covariáveis indicaram que alta CCED está associada a risco aumentado de exceder o escore clínico para queixas somáticas...

Efeitos da exposição concomitante a 100 ppm de ácido fluorsilícico e 30 ppm de chumbo nas concentrações de flúor e chumbo no osso, dentina, esmalte e sangue de ratos de 81 dias expostos desde o período pré-natal; Effects of the concomitant exposure to fluosilicic acid and lead in the bone, dentine, enamel and blood lead and fluoride concentrations of 81-days-old rats exposed to lead and fluoride since gestational age

Sawan, Rosângela Morais Marques
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/09/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.51%
A exposição a baixos níveis de chumbo é associada a desordens cognitivas e neurológicas em crianças. Foi descrito um aumento dos níveis de chumbo no sangue de crianças que vivem em comunidades que recebem água fluoretada. Este estudo testou se flúor a 100 ppm na forma de ácido fluorsilícico na água induziria aumento na concentração de chumbo no sangue e tecidos calcificados de ratos Wistar expostos a baixos níveis de chumbo desde a idade gestacional. Ratas foram separadas em quatro grupos: controle e grupos que receberam água que continham 100 mg/L de fluoreto (F), 30 mg/L de chumbo (Pb), ou 100 mg/L de F e 30 mg/L de Pb (F+Pb), desde uma semana antes do acasalamento até que os filhotes completassem 81 dias. Todos os animais foram pesados ao longo do experimento. Sangue e tecidos calcificados foram coletados com 81 dias para análise de chumbo, flúor e fósforo em esmalte, dentina, osso total, osso superficial e sangue. Chumbo foi determinado por ICP-MS (Inductively Coupled Plasma Mass Spectrometry). Flúor foi medido através de elétrodo íon-específico e fósforo foi determinado por reação colorimétrica. As concentrações de chumbo triplicaram no grupo F+Pb (76.7±11.0 µg/dL) em comparação ao grupo Pb (22.6±8.5 µg/dL)(p <0.001)...

Intoxicação ambiental por chumbo em crianças de uma vila de Porto Alegre e avaliação ambiental preliminar das possíveis fontes de contaminação; Environmental lead intoxication in a neighborhood of the city of Porto Alegre and preliminary environmental investigation of the possible local sources

Ferron, Mariana Maleronka
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 09/06/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.42%
Introdução: Intoxicação ambiental por chumbo é uma questão extensamente investigada em diversos países. No Brasil existem poucos estudos sobre o tema, em sua maioria realizada em locais com relato prévio de contaminação do meio ambiente. O objetivo deste estudo é a determinação da prevalência de intoxicação por chumbo em crianças de uma Vila na cidade de Porto Alegre sem relatos prévios de contaminação do meio ambiente por chumbo e com fatores de risco descritos na literatura. Além disso, foram avaliados fatores associados e possíveis fontes de contaminação. Metodologia: Estudo transversal de prevalência com amostra randomizada de crianças de 0 a 5 anos, em que foi medido o nível de chumbo no sangue e aplicado um questionário para avaliação de fatores associados. Posteriormente, foi realizada uma avaliação ambiental preliminar com análise direta do solo e indireta da poluição atmosférica, utilizando bioindicadores, na tentativa de averiguar possíveis fontes de contaminação. Resultados: 97 crianças participaram do estudo (83.6% da amostra selecionada), com prevalência de intoxicação por chumbo encontrada de 16.5% ([Pb] sanguíneo >= 10,0?g/dL). Reciclagem de lixo, nível educacional do pai e idade estiveram relacionados a um aumento na concentração de chumbo no sangue. Foram encontrados níveis elevados de chumbo no solo e pouca indicação de poluição atmosférica por este metal. Discussão: Encontrou-se uma prevalência significativa de intoxicação por chumbo e as possíveis fontes de contaminação nesta comunidade parecem ter relação com atividades de reciclagem de lixo. Outros estudos sobre a questão com a população infantil em geral devem ser conduzidos...

Concentração de chumbo em dentes de crianças com alterações neurológicas; Concentration of lead in teeth of children with neurological disorders

Saiani, Regina Aparecida Segatto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/03/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.5%
Introdução: A exposição ambiental ao chumbo é uma questão séria do ponto de vista de saúde pública, pois quando ocorre nos primeiros meses e anos de vida pode levar a sequelas neurológicas e comportamentais graves. Objetivos: 1- Determinar a concentração de chumbo obtida por meio de microbiópsias de esmalte realizadas in vivo em esmalte de dentes permanentes ou decíduos de pacientes com problemas neurológicos em tratamento ambulatorial no HCFMRP-USP e comparar os resultados em diferentes grupos de acordo com o diagnóstico. 2- Verificar o perfil dos valores de chumbo segundo informações relacionadas à exposição a esse metal dos referidos pacientes. Método: Uma microbiópsia foi realizada in vivo na superfície do esmalte de crianças de 5 a 12 anos, de ambos os gêneros, atendidas sequencialmente, sem conhecimento sobre a doença, em dois ambulatórios da área de Neurologia do HCFMRP-USP. O chumbo foi medido por espectrometria de absorção atômica com forno de grafite, e o fósforo foi medido colorimetricamente para determinarmos a profundidade da microbiópsia. Uma vez que a profundidade da microbiopsia não pode ser prevista, mas é um factor que influencia o resultado e que temos conhecimento que as concentrações de chumbo diminuem a partir da superfície para o interior do esmalte uma fórmula matemática foi utilizada para calcular a quantidade de chumbo que seria teoricamente encontrada em cada dente à mesma profundidade...

Incorporação de chumbo pós-eruptiva em esmalte de dentes decíduos e correlação com saliva e plasma - Estudo longitudinal; Post eruptive lead incorporation into the enamel of primary teeth and its correlation with saliva and plasma - a longitudinal study

Gonçalves, Soraya Cheier Dib
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/03/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.58%
A exposição ambiental ao chumbo é uma das questões mais sérias de contaminação de populações do ponto de vista de saúde pública. Mesmo em pequenas quantidades, o chumbo causa mudanças bioquímicas e neurológicas, convulsões e hiperatividade. No Brasil, não existe programa nacional para detecção de crianças contaminadas por este metal, as quais são mais sensíveis aos efeitos deletérios resultantes da exposição crônica a baixas concentrações de chumbo. A maioria dos trabalhos que comprovaram a associação entre exposição ambiental a chumbo no passado e problemas no desenvolvimento neurológico utilizou dentina de dentes decíduos como tecido marcador de exposição. Trabalhos do nosso grupo indicam que o esmalte superficial de dentes decíduos seria um bom marcador cumulativo da exposição passada ao chumbo, sendo que esse tecido apresenta consideráveis vantagens do ponto de vista de acesso e desenvolvimento de testes para monitoramento ambiental. Uma questão importante é verificar se as concentrações de chumbo encontradas no esmalte superficial decíduo variam ao longo do tempo em crianças de baixa exposição. Outra questão importante é verificar se há correlações entre as concentrações de chumbo no esmalte superficial e aquelas dos principais fluidos corporais a partir dos quais o chumbo seria acumulado no esmalte...

Determinação de chumbo e massa de tíbias de ratos Wistar machos expostos a 30 mg/l de chumbo na água de beber desde o período intrauterino até a idade de 28 e 60 dias; Determination of lead and bone mass in tibia of male Wistar rats exposed to 30mg/L of lead in the drinking water since gestacional age to postnatal day 28 and 60.

Figueiredo, Fellipe Augusto Tocchini de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.57%
O chumbo é um metal muito tóxico e que tem ampla distribuição pela sua grande utilidade. Mesmo a exposição a baixos níveis (que não causam sintomas de intoxicação aguda) de chumbo é associada a desordens cognitivas e neurológicas. O osso é considerado o melhor marcador de exposição a chumbo. No tecido ósseo, vários elementos estão presentes, e alguns deles poderiam ter sua concentração modificada pela exposição a chumbo. Testou-se a hipótese de que haja variações nos elementos Zn e Mg nas tíbias de animais expostos a chumbo (por técnica de química analítica convencional). Testou-se também se variações em microelementos poderiam ser detectadas por técnicas semiquantitativas nas tíbias de controles e animais expostos a chumbo. O objetivo deste projeto foi caracterizar em animais expostos ao chumbo desde a gestação e controles as concentrações deste elemento no osso (tíbia) de animais de 28 e 60 dias. Além do chumbo, investigamos também a concentração de 2 outros microelementos no osso: zinco e magnésio. As medidas quantitativas de chumbo foram feitas no sangue total coletado ao final dos períodos. As medidas quantitativas de chumbo, cálcio, zinco e magnésio foram realizadas a partir de soluções ácidas obtidas pela dissolução total do osso...

Potencial do eucalipto na fitorremediação de um solo contaminado por chumbo

Nalon, Luciana
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xiv, 94 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
37.44%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Agronomia (Ciência do Solo) - FCAV; O presente trabalho teve como objetivo avaliar espécies de eucalipto como plantas com potencial para fitorremediação. De um levantamento de áreas contaminadas por chumbo, destacou-se o caso ocorrido ao redor do Centro de Reciclagem de Baterias, atualmente desativado, cujas reportagens relatavam o elevado teor de chumbo encontrado no sangue da população e de animais domésticos. Esta área foi inicialmente dividida em 5 subáreas georeferenciadas, e em cada subárea, com exceção da primeira que compreende a indústria propriamente dita, recolheu-se amostras de solo e plantas. Nas amostras de solo foram determinados os teores de chumbo, pelo extrator ácido nítrico + peróxido de hidrogênio, e chumbo extraível pelo extrator Mehlich 1 e extrator Mehlich 3. Nas amostras de planta realizou-se a determinação da concentração de chumbo, pelo extrator nitríco-perclórico. Em uma segunda etapa, a arbórea Eucalyptus saligna, identificada visualmente na área contaminada, escolhida pela sua concentração de chumbo na folha (300 mg kg-1)...

Desenvolvimento na indústria de acumulação de energia em baterias chumbo-ácido: processos alternativos de recuperação de chumbo

Chacón Sanhueza, Abel Edmundo
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 121 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
37.47%
Pós-graduação em Ciência e Tecnologia de Materiais - FC; Este trabalho apresenta o desenvolvimento de dois métodos alternativos para recuperar chumbo. Fusão Alcalina e Eletrohidrometalúrgico. Ambos oferencem a possibilidade de recuperação de outros elementos químicos normalmente perdidos nas escórias. Partindo-se de matérias primas como sucata de baterias chumbo-ácido, resíduos e outras fontes contendo chumbo, a taxa de recuperação foi de 92% a 99% em chumbo com pureza de 99,74%, quando utilizado o método da Fusão Alkalina. Esta taxa foi de 94% em chumbo de 99,99% de pureza, quando empregado o processo Eletrohidrometalúrgico. Cumpre ressaltar que os resíduos gerados por estes métodos são da ordem de 6% a 10% e estão em uma forma química que permite a recuperação de outros metais. Pelo processo convencional (pirometalúrgico), a taxa de recuperação foi de 90% em chumbo com pureza de 98,5% com quantidade de resíduo que chega a 25% do chumbo total produzido e cuja composição obriga o descarte em aterros classe 1. Este trabalho também desenvolve um método para a obtenção de um aditivo que assegura a formação de massas ativas eficientes para placas de baterias chumbo-ácido. O aditivo, à base de sulfato tetrabásico de chumbo (4BS)...

Efeitos do extrato de Chlorella vulgaris sobre a resposta hematopoietica em camundongos expostos ao chumbo e infectados com Listeria monocytogenes

Ana Paula Ottati Rodrigues
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/03/2001 PT
Relevância na Pesquisa
37.48%
Neste trabalho, investigamos os efeitos do extrato de Chlorella vulgaris (ECV) sobre o crescimento e diferenciação dos precursores hematopoiétícos da medula óssea e do baço em animais expostos ao chumbo e infectados com Ustería monocytogenes. A atividade estimuladora de colônias do soro, as alterações no peso do baço e do timo e a resistência dos animais frente a infecção também foram avaliados. Por um período de 10 dias camundongos BALB/c receberam 1300 ppm de acetato de chumbo em água de beber e foram tratados diariamente com 50 mg/kg de ECV por gavagem. Ao final deste período, os animais foram infectados intraperitonealmente com uma dose subietal de Listería monocytogenes (4x104 bactérias/animal). Para avaliar a resistência dos animais à infecção, realizamos uma curva de sobrevida utilizando uma dose letal desta bactéria (4x106 bactérias/animal). Nossos resultados demonstraram um decréscimo significativo no número de precursores hematopoiétícos na medula óssea tanto nos animais expostos ao chumbo como naqueles infectados com Listería monocytogenes, sendo que no grupo infectado também observamos hematopoiese extramedular. É interessante ressaltarmos que o comprometimento da resposta hematopoiética foi ainda maior quando os animais foram expostos ao chumbo e infectados. Porém...

Celulas formadoras de colonias (CFCs) e produção de fatores estimuladores de colonias (CSFs), apos infecção, em animais expostos ao chumbo

Claudia Bincoletto
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em //1993 PT
Relevância na Pesquisa
37.44%
Neste trabalho, investigamos os efeitos da exposição ao chumbo sobre o crescimento e diferenciação de células hematopoiéticas, as chamadas células formadoras de colônias (CFCs) da medula óssea de animais infectados e tratados com chumbo. Estudamos também os efeitos da exposição ao metal sobre a atividade dos fatores de crescimento de colônias (CSFs) no soro, assim como a sobrevida deste animais após infecção. Para a realização dos experimentos através da técnica de cultura clonal, em meio semi-sólido, os animais foram infectados com a bactéria Listeria monocytogenes após final do tratamento com acetato de chumbo. Após infecção com esta bactéria ocorre um aumento no número de células formadoras de colônias (CFCs) no baço, assim como nos níveis séricos de fatores estimuladores de colônias (CSFs). Utilizamos duas linhagens de camundongos: Balbcj, susceptível a Listeria monocytogenes, e C57BI10 resistente a esta infecção. As doses de acetato de chumbo utilizadas foram: 1300, 130 e 13 ppm por períodos de 70, 30 e 10 dias. Ao final do tratamento os animais foram inoculados com doses de 3x102 - Balbcj e 3x106 - C57BI10 e sacrificados 24, 48 e 72 horas após inoculação. A sobrevida destes animais foi determinada após observação destes camundongos por um período de 10 dias. Nossos resultados demonstraram que o efeito supressor do chumbo foi evidente em ambas linhagens. Na linhagem susceptível à infecção os efeitos da exposição ao chumbo ficou evidente em todos os grupos expostos...

Prevalência de anemia em trabalhadores expostos ocupacionalmente ao chumbo

Minozzo,Renato; Wagner,Sandrine C.; Santos,Carolina H.; Deimling,Luiz I.; Mello,Renato S.
Fonte: Associação Brasileira de Hematologia e Hemoterapia e Terapia Celular Publicador: Associação Brasileira de Hematologia e Hemoterapia e Terapia Celular
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.45%
O chumbo é um dos elementos mais abundantes da natureza. Atualmente o chumbo é muito utilizado na manufatura de baterias, latão e bronze, radiadores, soldas, cabos, tintas, corantes, cerâmicas, munição, entre outros. A intoxicação do chumbo é chamada de saturnismo e está na maioria das vezes relacionada à atividade profissional. O chumbo pode causar alterações neurológicas, hematológicas, renais, cardíacas e reprodutivas. O objetivo deste trabalho foi comparar os níveis sanguíneos de 53 trabalhadores expostos ocupacionalmente ao chumbo, com grupo controle não exposto a agentes químicos ou físicos, avaliando dosagem de chumbo sérico, contagem de eritrócitos, hematócrito, dosagem de hemoglobina e idade. Com relação ao chumbo sérico, dentre o grupo exposto ocupacionalmente ao metal, 20,8% dos trabalhadores apresentavam valores até 40 µg/dL, 35,8% obtiveram resultados entre 40 µg/dL e 60 µg/dL, e 43,4% apresentaram valores de chumbo sérico acima de 60 µg/dL. Já no grupo controle, todas as amostras apresentaram valores abaixo de 40 µg/dL de chumbo sérico. Com relação à hemoglobina, 7,5% dos trabalhadores do grupo controle e 34,0% dos expostos apresentaram valores abaixo de 13 g/dL, com diferença estatisticamente significativa. Os resultados indicam que níveis elevados de chumbo estão relacionados com valores de hemoglobina abaixo dos índices de referência.

Perfil de exposição ao chumbo em crianças escolares da rede municipal da cidade do Rio de Janeiro, Brasil

Mazoto,Maíra Lopes; Guimarães,Raphael Mendonça; Câmara,Volney Magalhães; Asmus,Carmen Ildes Rodrigues Fróes
Fonte: Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira Publicador: Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.44%
Objetivos: descrever os níveis de exposição ambiental ao chumbo entre criancas de duas escolas localizadas em regiões com características socioambientais distintas no município do Rio de Janeiro. Métodos: estudo piloto em amostra de conveniência com 270 estudantes. A análise das amostras de sangue capilar foi realizada usando o método de Espectrometria de Massa Acoplado a Plasma Indutivo (ICP-MS). A exposição ao chumbo entre as crianças foi estimada através de comportamentos e habitos diarios e presença de fontes de chumbo no domicilio ou entorno. Resultados: a concentração média do chumbo no sangue capilar foi 3,59 μg/dL ± 2,25. Cinco crianças (1,85%) apresentaram concentrações acima de 10 μg/dL. Observou-se uma diferença estatisticamente significativa na concentração média de chumbo em sangue capilar nas variáveis idade (p=0,034), renda per capita (p=0,005) e exposição a chumbo (p=0,044). As variáveis renda média familiar per capita e idade mostraram-se inversamente proporcionais à concentração de chumbo e o status de exposição diretamente proporcional. As escolas apresentaram diferença estatisticamente significativa (p=0...

Estudo da Recuperação do Chumbo Proveniente de Escória Metalúrgica por Flotação com Lauril Sulfato de Sódio (Lss)

Morais, Alessandra Gorette de; Baltar, Carlos Adolpho Magalhães (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.44%
O processo de reciclagem de baterias automotivas usadas para obtenção do chumbo secundário é realizado tradicionalmente através de processo metalúrgico que gera uma escória composta basicamente por uma mistura de ferro e chumbo. A recuperação do chumbo dessa escória é importante tanto do ponto de vista ambiental como econômico. O aspecto ambiental está relacionado à possível contaminação da água, do solo e do ar pelos resíduos do metal, desencadeando sérios riscos a saúde humana. No aspecto econômico a recuperação do metal representa uma diminuição na dependência do material importado, considerando-se que o Brasil não produz chumbo suficiente para a sua demanda. A técnica de flotação parece ser a mais adequada para a concentração das partículas de chumbo. No entanto, a origem comum das partículas de chumbo e de ferro (formadas a partir da solidificação da escória fundida) dificulta bastante a seletividade do processo de flotação com o uso de coletores tradicionais. O presente trabalho tem como objetivo contribuir para o desenvolvimento de um processo de recuperação do chumbo baseado no uso do coletor alternativo lauril sulfato de sódio (LSS). Observou-se que a formação do composto com o chumbo é favorecida pelo aumento do pH e do tempo de condicionamento. No entanto...

Estudo da Recuperação do Chumbo Proveniente de Escória Metalúrgica por Flotação com Lauril Sulfato de Sódio (LSS)

Morais, Alessandra Gorette de; Baltar, Carlos Adolpho Magalhães (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.44%
O processo de reciclagem de baterias automotivas usadas para obtenção do chumbo secundário é realizado tradicionalmente através de processo metalúrgico que gera uma escória composta basicamente por uma mistura de ferro e chumbo. A recuperação do chumbo dessa escória é importante tanto do ponto de vista ambiental como econômico. O aspecto ambiental está relacionado à possível contaminação da água, do solo e do ar pelos resíduos do metal, desencadeando sérios riscos a saúde humana. No aspecto econômico a recuperação do metal representa uma diminuição na dependência do material importado, considerando-se que o Brasil não produz chumbo suficiente para a sua demanda. A técnica de flotação parece ser a mais adequada para a concentração das partículas de chumbo. No entanto, a origem comum das partículas de chumbo e de ferro (formadas a partir da solidificação da escória fundida) dificulta bastante a seletividade do processo de flotação com o uso de coletores tradicionais. O presente trabalho tem como objetivo contribuir para o desenvolvimento de um processo de recuperação do chumbo baseado no uso do coletor alternativo lauril sulfato de sódio (LSS). Observou-se que a formação do composto com o chumbo é favorecida pelo aumento do pH e do tempo de condicionamento. No entanto...

Influência de ocorrência de Urânio nos níveis de Chumbo estável no leite e derivados produzidos no Agreste de Pernambuco

da Silva Alcoforado, Elinaldo; dos Santos Amaral, Romilton (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.47%
Na natureza ocorre quatro isótopos estáveis de chumbo: chumbo-204 (204Pb), chumbo-206 (206Pb), chumbo-207 (207Pb) e chumbo-208(208Pb). Exceto o 204Pb cuja abundância é apenas 1,4%, todos os demais isótopos com 98,6% de contribuição são radiogênicos, e produtos estáveis do processo de desintegração das séries do 238U, 235U, 232Th. No final da década de 1980, a antiga NUCLEBRAS delimitou uma área de 20 km2 , localizada nos municípios de Pedra e Venturosa, que abrigam anomalias de urânio e tório. Esses municípios situam-se na meso região do agreste de Pernambuco que compreende a bacia leiteira do estado. A constatada ocorrência de urânio e tório nessa região contribuirão para elevar os níveis de chumbo nos solos, que, por conseguinte, contaminarão a água, os alimentos, animais e comprometerão toda cadeia alimentar. Foram analisadas, em triplicata, 23 amostras de leites e derivados produzidos nas fazendas e laticínios situados na região que apresentam anomalias radiométrica, com o objetivo de avaliar os níveis de chumbo natural devido a ingestão, de água e alimentos contaminados, pelos animais. A quantificação do chumbo foi determinada por espectrometria de absorção atômica com atomização eletrotérmica em forno de grafite. As concentrações de chumbo no leite variaram de 6 a 130 μg.L-1; nas amostras de queijo de coalho variaram de 110 a 1100 μg.kg-1 e nas amostras de soro lácteo variaram de 6 a 20 μg.L-1. Sete amostras de leite e uma amostra de queijo de coalho apresentaram concentrações maiores do que os limites estabelecidos pela Agência Nacional de vigilância Sanitária (ANVISA). Apesar de amostras de leite de algumas fazendas apresentarem valores acima do limite...

Exposição humana ao chumbo em areas de mineração, Vale do Ribeira, Brasil

Monica Maria Bastos Paoliello
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/04/2002 PT
Relevância na Pesquisa
37.45%
A exploração de chumbo e prata no Vale do Ribeira (extremo sul do Estado de São Paulo e leste do Estado do Paraná) Iniciou-se no começo do século XX. Por mais de cinqüenta anos, uma refinaria de chumbo esteve em atividades na região. Embora atualmente a exploração das minas e o funcionamento da refinaria estejam encerrados, muitos ex-trabalhadores e suas famílias ainda vivem na região. O objetivo do presente estudo foi avaliar a exposição de crianças e adultos ao chumbo e cádmio, onde uma contaminação ambiental residual da atividade industrial e da exploração das minas ainda existe. Foram obtidas amostras de sangue de 334 crianças entre 7 e 14 anos e 350 adultos entre 15 e 70 anos, residentes em áreas próximas às minas e refinaria, além de um grupo controle (população não exposta) do Vale do Ribeira. Foram obtidas informações através de um questionário sobre algumas variáveis que pudessem ter relação com os níveis dos metais a serem encontrados. As concentrações de chumbo e cádmio em sangue foram determinadas por espectrofotometria de absorção atômica com fomo de grafite e corretor de fundo com efeito Zeeman. Os níveis de cádmio em sangue encontrados foram baixos, sendo que a maior parte foi inferior ao limite de quantificação estabelecido (0.5 'mu'g/dL). As medianas das concentrações de chumbo em sangue obtidas em crianças e adultos residentes próximo à refinaria de chumbo foram iguais a 11...

Otimização de metodologia analitica e avaliação da incidencia de cadmio e chumbo em leite humano e alimentos infantis.; Otimization of analytical methodology and evaluation of cadmium and lead incidence in human milk and baby foods.

Adriana Queiroz de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/07/2005 PT
Relevância na Pesquisa
37.47%
Elementos metálicos, como cádmio e chumbo, uma vez absorvidos pelo organismo, não são completamente eliminados, provocando alterações metabólicas com redução do tempo de vida e da capacidade de trabalho nos indivíduos expostos. Bebês e crianças pequenas constituem a parcela da população que inspira preocupação, do ponto de vista toxicológico, por apresentarem maior absorção que os adultos, em razão de seus organismos não estarem completamente desenvolvidos. Sabe-se que a maior fonte de exposição ao cádmio e ao chumbo, para indivíduos sem exposição ocupacional e não fumantes, é a dieta. Nos primeiros anos de vida, o ser humano possui uma dieta baseada principalmente no leite materno e em alimentos como formulações lácteas, formulações a base de soja, cereais e alimentos na forma de purê. Por esse motivo, levantamentos da contaminação por cádmio ou chumbo nestes alimentos destinados ao público infantil possuem grande importância. O presente trabalho visou obter dados sobre a incidência de cádmio e chumbo em leite humano em seis cidades do Estado de São Paulo (Bauru, Campinas, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, São Paulo e Votuporanga), em alimentos infantis como formulações lácteas, formulações a base de soja...

Avaliação do papel da glutationa e do vacúolo como mecanismos de defesa contra a toxicidade induzida pelo chumbo na levedura Saccharomyces cerevisiae

Perez, Rita R.
Fonte: Instituto Politécnico do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
37.48%
A presença de metais pesados no meio ambiente deve-se, principalmente, a actividades antropogénicas. Ao contrário do Cu e do Zn, que em baixas concentrações são essenciais para o normal funcionamento celular, não se conhece para o chumbo nenhuma função biológica. O chumbo apresenta efeitos tóxicos, e considerado possível agente carcinogéneo, sendo classificado como poluente prioritário pela Agencia de Protecção Ambiental dos EUA (US-EPA). O presente trabalho teve como objetivo avaliar o papel da glutationa e do vacúolo, como mecanismos de defesa, contra os efeitos tóxicos induzidos pelo chumbo, usando como modelo a levedura Saccharomyces cerevisiae. A levedura S. cerevisiae quando exposta a varias concentrações de chumbo, durante 3h, perde a viabilidade e acumula espécies reativas de oxigénio (ROS). O estudo comparativo da perda de viabilidade e acumulação de ROS em células de uma estirpe selvagem (WT) e de estirpes mutantes, incapazes de produzir glutationa devido a uma deficiência no gene GSH1 (gsh1) ou GSH2 (gsh2) mostrou que as estirpes gsh1 ou(gsh2 não apresentavam um aumento da sensibilidade ao efeito toxico do chumbo. No entanto, o tratamento de células da estirpe WT com iodoacetamida (um agente alquilante que induz a depleção de glutationa) aumentou a sensibilidade das células a presença de chumbo. Pelo contrário...

Avaliação do papel da glutationa e do vacúolo como mecanismos de defesa contra a toxicidade induzida pelo chumbo na levedura Saccharomyces cerevisiae

Perez, Rita R.
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Engenharia do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Engenharia do Porto
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
37.48%
A presença de metais pesados no meio ambiente deve-se, principalmente, a atividades antropogénicas. Ao contrário do Cu e do Zn, que em baixas concentrações são essenciais para o normal funcionamento celular, não se conhece para o chumbo nenhuma função biológica. O chumbo apresenta efeitos tóxicos, é considerado possível agente carcinogéneo, sendo classificado como poluente prioritário pela Agência de Proteção Ambiental dos EUA (US-EPA). O presente trabalho teve como objetivo avaliar o papel da glutationa e do vacúolo, como mecanismos de defesa, contra os efeitos tóxicos induzidos pelo chumbo, usando como modelo a levedura Saccharomyces cerevisiae. A levedura S. cerevisiae quando exposta a várias concentrações de chumbo, durante 3h, perde a viabilidade e acumula espécies reativas de oxigénio (ROS). O estudo comparativo da perda de viabilidade e acumulação de ROS em células de uma estirpe selvagem (WT) e de estirpes mutantes, incapazes de produzir glutationa devido a uma deficiência no gene GSH1 (∆gsh1) ou GSH2 (∆gsh2), mostrou que as estirpes ∆gsh1 ou ∆gsh2 não apresentavam um aumento da sensibilidade ao efeito tóxico do chumbo. No entanto, o tratamento de células da estirpe WT com iodoacetamida (um agente alquilante que induz a depleção de glutationa) aumentou a sensibilidade das células à presença de chumbo. Pelo contrário...

Estudo da cinética de troca iônica entre cálcio e chumbo em hidroxiapatita utilizando eletrodo íon seletivo a chumbo artesanal

Reis, Yssane Agne da
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.47%
A saúde humana tem sido alvo de estudos por diversas áreas da ciência, neste contexto, os casos de intoxicações por metais pesados são um problema frequentemente discutido por profissionais da área. O chumbo é o metal pesado ao qual a população encontra-se mais exposta, por isso, faz-se necessário o estudo dos mecanismos gerados pela intoxicação deste metal no organismo. Tendo o tecido ósseo como principal alvo do íon chumbo no organismo, este metal interage com a molécula denominada hidroxiapatita, constituinte ósseo, realizando uma troca iônica com o cálcio presente na molécula. Preocupados com a afinidade entre o íon chumbo e o cálcio pesquisadores encontraram teores de chumbo em suplementos de cálcio. Este trabalho utilizou um eletrodo íon seletivo a chumbo artesanal na pesquisa da troca iônica entre chumbo e cálcio ocorridas na hidroxiapatita. Foi observada a existência de interação química entre o chumbo e a hidroxiapatita sendo esta, dependente da superfície de contato entre o íon Pb2+ e a hidroxiapatita e ao tempo de reação. A partir dos resultados obtidos, propõe-se o doseamento do chumbo em suplementos de cálcio, uma vez que, não há regulamentação específica para o controle de qualidade de chumbo em suplementos de cálcio pode-se ainda...