Página 1 dos resultados de 3211 itens digitais encontrados em 0.027 segundos

Tendência da mortalidade relacionada à doença de Chagas, Estado de São Paulo, Brasil, 1985 a 2006: estudo usando causas múltiplas de morte; Chagas disease-related mortality trends, state of São Paulo, Brazil, 1985 to 2006: a study using multiple causes of death

SANTO, Augusto Hasiak
Fonte: Washington Publicador: Washington
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
66.41%
OBJETIVO: Estudar a tendência da mortalidade relacionada à doença de Chagas informada em qualquer linha ou parte do atestado médico da declaração de óbito.MÉTODOS: Os dados provieram dos bancos de causas múltiplas de morte da Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados de São Paulo (SEADE) entre 1985 e 2006. As causas de morte foram caracterizadas como básicas, associadas (não-básicas) e total de suas menções.RESULTADOS: No período de 22 anos, ocorreram 40 002 óbitos relacionados à doença de Chagas, dos quais 34 917 (87,29%) como causa básica e 5 085 (12,71%) como causa associada. Foi observado um declínio de 56,07% do coeficiente de mortalidade pela causa básica e estabilidade pela causa associada. O número de óbitos foi 44,5% maior entre os homens em relação às mulheres. O fato de 83,5% dos óbitos terem ocorrido a partir dos 45 anos de idade revela um efeito de coorte. As principais causas associadas da doença de Chagas como causa básica foram as complicações diretas do comprometimento cardíaco, como transtornos da condução, arritmias e insuficiência cardíaca. Para a doença de Chagas como causa associada, foram identificadas como causas básicas as doenças isquêmicas do coração, as doenças cerebrovasculares e as neoplasias.CONCLUSÕES: Para o total de suas menções...

Effect of bolus volume on proximal esophageal contractions of patients with Chagas` disease and patients with idiopathic achalasia

DANTAS, R. O.; ALVES, L. M. T.; NASCIMENTO, W. V.
Fonte: WILEY-BLACKWELL PUBLISHING, INC Publicador: WILEY-BLACKWELL PUBLISHING, INC
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
66.36%
Chagas` disease and idiopathic achalasia patients have similar impairment of distal esophageal motility. In Chagas` disease, the contractions occurring in the distal esophageal body are similar after wet or dry swallows. Our aim in this investigation was to evaluate the effect of wet swallows and dry swallows on proximal esophageal contractions of patients with Chagas` disease and with idiopathic achalasia. We studied 49 patients with Chagas` disease, 25 patients with idiopathic achalasia, and 33 normal volunteers. We recorded by the manometric method with continuous water perfusion the pharyngeal contractions 1 cm above the upper esophageal sphincter and the proximal esophageal contractions 5 cm from the pharyngeal recording point. Each subject performed in duplicate swallows of 3-mL and 6-mL boluses of water and dry swallows. We measured the time between the onset of pharyngeal contractions and the onset of proximal esophageal contractions (pharyngeal-esophageal time [ PET]), and the amplitude, duration, and area under the curve (AUC) of proximal esophageal contractions. Patients with Chagas` disease and with achalasia had longer PET, lower esophageal proximal contraction amplitude, and lower AUC than controls (P <= 0.02). In Chagas` disease...

Chagas disease-related mortality trends, state of Sao Paulo, Brazil, 1985 to 2006: a study using multiple causes of death

SANTO, Augusto Hasiak
Fonte: PAN AMER HEALTH ORGANIZATION Publicador: PAN AMER HEALTH ORGANIZATION
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
66.37%
Objectives. To study mortality trends related to Chagas disease taking into account all mentions of this cause listed on any line or part of the death certificate. Methods. Mortality data for 1985-2006 were obtained from the multiple cause-of-death database maintained by the Sao Paulo State Data Analysis System (SEADE). Chagas disease was classified as the underlying cause-of-death or as an associated cause-of-death (non-underlying). The total number of times Chagas disease was mentioned on the death certificates was also considered. Results. During this 22-year period, there were 40 002 deaths related to Chagas disease: 34 917 (87.29%) classified as the underlying cause-of-death and 5 085 (12.71%) as an associated cause-of-death. The results show a 56.07% decline in the death rate due to Chagas disease as the underlying cause and a stabilized rate as associated cause. The number of deaths was 44.5% higher among men. The fact that 83.5% of the deaths occurred after 45 years of age reflects a cohort effect. The main causes associated with Chagas disease as the underlying cause-of-death were direct complications due to cardiac involvement, such as conduction disorders, arrhythmias and heart failure. Ischemic heart disease, cerebrovascular disorders and neoplasms were the main underlying causes when Chagas was an associated cause-of-death. Conclusions. For the total mentions to Chagas disease...

"Estudo da distribuição de doadores reativos para a doença de Chagas no Hemocentro de Ribeirão Preto, SP" ; Seropositivity for Chagas’ disease among blood donators in the Regional Blood Bank of Ribeirão Preto, State of São Paulo, Brazil.

Soussumi, Léa Mara Tosi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/02/2004 PT
Relevância na Pesquisa
66.38%
SOUSSUMI, LMT. Estudo da distribuição de doadores reativos para a doença de Chagas no Hemocentro de Ribeirão Preto, SP. 2004. 106f. Dissertação (Mestrado) – Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2004. Este estudo, de que participaram 25.891 doadores de sangue que compareceram pela primeira vez ao Hemocentro de Ribeirão Preto, de junho de 1996 a junho de 2001, teve por objetivos: 1) estudar a freqüência de resultados sorológicos positivos e inconclusivos na triagem sorológica para a doença de Chagas; 2) estimar a prevalência de doadores infectados com T. cruzi entre os doadores acima definidos, através da aplicação de testes confirmatórios; e 3) caracterizar os doadores infectados segundo algumas variáveis de interesse epidemiológico. Foram levantados dados registrados no sistema informatizado do Hemocentro de Ribeirão Preto, coletando-se informações referentes ao doador, ao tipo de doação e ao resultado de teste de triagem para doença de Chagas. Foram estudados ainda os resultados dos testes confirmatórios, além de algumas variáveis de interesse epidemiológico, como idade, local de procedência e de nascimento, tipo da doação e motivo da doação. A população foi composta majoritariamente por homens (83...

Doença de Chagas: indicadores cognitivos, de transtorno orgânico cerebral, de uso de álcool e qualidade de vida; Chagas Disease: cognitive evidences of organic cerebral disorder, problems related to the use of alcohol, and quality of life.

Hueb, Martha Franco Diniz
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/09/2006 PT
Relevância na Pesquisa
66.37%
A doença de Chagas é decorrente de uma infecção parasitária produzida pelo protozoário Trypanosoma cruzi, que se reproduz no organismo humano. A associação de comprometimento psicológico à doença de Chagas e a sua influência no comportamento e na vida dos portadores já foram reconhecidas, embora pouco estudadas. Objetivou-se avaliar o funcionamento cognitivo, a memória, a qualidade de vida, a presença de indicadores de transtorno orgânico cerebral e de problemas com o uso de álcool, por meio de testes psicológicos específicos, em um grupo de soropositivos para doença de Chagas, em comparação a um grupo de soronegativos para doença de Chagas, residentes na mesma comunidade, visando analisar o impacto psicossocial da doença na vida dos portadores. Para tal, foram avaliados, 80 participantes, distribuídos em dois grupos G1-sorologia positiva e G2-sorologia negativa balanceados por idade, sexo e escolaridade, excluindo aqueles com deficiências sensoriais e problemas psiquiátricos previamente diagnosticados. Procedeu-se a avaliação individual dos participantes, atendo-se a um critério duplo cego quanto à alocação nos grupos, por meio dos seguintes instrumentos: Inventário de Inteligência Não Verbal - INV...

Avaliação das glândulas parótidas e submandibulares por ressonância magnética e correlação clínico-laboratorial em pacientes portadores das formas indeterminada e digestiva da doença de Chagas; Evaluation of parotid and submandibular salivary glands through magnetic resonance and clinical-laboratorial correlations in cronic form Chagas disease bearers

Leão, Eveline de Lucena Oliveira Souza
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/09/2009 PT
Relevância na Pesquisa
66.37%
INTRODUÇÃO: A doença de Chagas é a parasitose endêmica mais importante na América Latina. O acometimento das glândulas salivares nesta doença é ainda pouco estudado. Há estudo com portadores da doença através de sialografia convencional, o que motivou a realização deste estudo com a utilização da sialorressonância (sialo RM), por ter melhor sensibilidade e especificidade em relação a outros métodos e não ser invasiva, com o intuito de identificar alterações glandulares nos pacientes da forma indeterminada que possibilitem sua reclassificação para a forma digestiva. OBJETIVO: avaliar as alterações encontradas pela sialo RM e correlacionar com dados clínicos e laboratoriais. METODOLOGIA: Estudaram-se 180 glândulas salivares maiores em 45 pacientes pela sialo RM que foram divididos em três grupos: A portadores da doença de Chagas na forma clínica indeterminada; B portadores da doença de Chagas na forma digestiva; C controle. As idades médias encontradas foram: 48; 55 e 50 anos, respectivamente. Quanto ao sexo, 9; 11 e 10 pacientes dos grupos avaliados eram do feminino. Foram utilizadas seqüências anatômicas ponderadas em T1 e T2, e seqüências específicas para sialo RM T2 fast spin eco 2D e 3D. Realizou-se avaliação clínica específica...

Determinação da sensibilidade do barorreflexo na estratificação de risco de eventos arrítmicos na doença de Chagas; Determination of baroreflex sensitivity in the risk stratification for arrhythmic events in Chagas disease

Santos, Astrid Rocha Meireles
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 16/04/2010 PT
Relevância na Pesquisa
66.37%
Introdução: A morte súbita é a principal causa de morte na doença de Chagas, correspondendo de 55 a 65% dos casos. Observa-se que parte destas, ocorre em pacientes com função ventricular esquerda (FEVE) preservada, levando a acreditar que fatores desestabilizadores do substrato arritmogênico exercem um importante papel nestes eventos. Evidências já demonstraram a depressão parassimpática como fator contribuinte na gênese de arritmias diversas em presença de cardiopatia isquêmica. Assim, insiste-se na necessidade de se identificar precocemente quais os pacientes, no contexto da cardiopatia chagásica crônica, apresentam risco aumentado para o desenvolvimento de eventos arrítmicos complexos. Acredita-se que a avaliação autonômica identifique subgrupos distintos de risco. O presente estudo teve como objetivo determinar a sensibilidade do barorreflexo (SBR) em pacientes com doença de Chagas, nas formas indeterminada (GI) e arritmogênica com taquicardia ventricular não sustentada (GII) e com taquicardia ventricular sustentada (GIII) e, secundariamente, avaliar a associação entre a severidade da arritmia ventricular com o grau de comprometimento da SBR. Métodos: 42 pacientes foram submetidos à monitorização cardiovascular não invasiva pelo sistema Task Force ® onde foi determinada a SBR...

Estudo da dinâmica de contração do ventrículo esquerdo pela técnica de speckle tracking em doença de Chagas; Study of left ventricular contraction dynamics by speckle tracking technique in Chagas disease

Lima, Márcio Silva Miguel
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
66.4%
INTRODUÇÃO: A doença de Chagas tem uma alta prevalência no Brasil e América Latina. Dentre as miocardiopatias (MCP), é a que evolui com pior prognóstico. A identificação precoce de disfunção sistólica de uma MCP é fundamental para o início do tratamento, assim como sua definição etiológica, sendo o ecocardiograma um dos métodos diagnósticos mais importantes na prática clínica. No entanto, mesmo que a análise da função sistólica global do ventrículo esquerdo (VE) demonstre fração de ejeção preservada, é possível já estar ocorrendo alguma anormalidade contrátil, não detectada pelos exames de rotina. A nova ferramenta ecocardiográfica denominada speckle tracking permite a análise de múltiplos parâmetros que compõem a dinâmica de contração do VE (deslocamento, velocidade de deslocamento, strain, strain rate, rotação e torção), caracterizando de forma integral a função sistólica. Trata-se de um método sensível com potencial para se detectar lesão miocárdica incipiente e auxiliar na definição etiológica de uma MCP dilatada. Um estudo detalhado da mecânica de contração do VE em doença de Chagas, ao longo de toda sua evolução, nunca foi realizado antes. OBJETIVO: Comparar os múltiplos parâmetros obtidos por speckle tracking da dinâmica de contração do VE com controles...

Qualidade de vida e sintomas depressivos em portadores da doença de chagas em atendimento no ambulatorio do grupo de estudos em doenças de chagas GEDoCH/UNICAMP; Quality of life and depressive symptoms in chagas disease patients attended at th Grupo de Estudos em Doença de Chagas - GEDoCH/UNICAMP

Yaeko Ozaki
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/08/2008 PT
Relevância na Pesquisa
66.39%
A doença de Chagas é uma enfermidade evolutiva, que atinge milhões de brasileiros infectados pelo Trypanosoma cruzi e é considerada um problema de saúde pública. Além dos aspectos orgânicos característicos da doença, que progride da fase aguda à crônica, os portadores dessa doença enfrentam dificuldades físicas, psicológicas, sociais e econômicas, o que pode comprometer a qualidade de vida. Em decorrência da enfermidade e das dificuldades que se associam, se não souberem enfrentar essa condição, os portadores da doença de Chagas podem desenvolver sintomas depressivos. Esta pesquisa avaliou a qualidade de vida e a presença de sintomas depressivos em 110 portadores da doença de Chagas. Também correlacionou a intensidade dos sintomas depressivos com os escores dos domínios da qualidade de vida. Os instrumentos utilizados foram o WHOQoL-bref, para avaliar os domínios da qualidade de vida nos aspectos físico, psicológico, das relações sociais e do meio ambiente, e o Beck Inventory Depression (BDI), para mensurar a sintomatologia depressiva. Dos entrevistados, 49% eram homens e 51% mulheres. A média e a mediana das idades coincidiram em 51 anos. Quanto à situação conjugal, 72,73% afirmaram viver com parceiros. A religião predominante é a católica. Quanto ao nível de escolaridade...

Diagnostico molecular de doença de Chagas em pacientes soronegativos portadores de megaesofago; Molecular diagnosis of Chagas disease in seronegative patients with megaesophagus

Angelica Martins Batista
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/08/2009 PT
Relevância na Pesquisa
66.4%
A doença de Chagas, cujo agente etiológico é o protozoário Trypanosoma cruzi, completa 100 anos de descoberta. Apesar da implementação de programas visando ao controle da transmissão vetorial, a infecção chagásica segue como um importante problema de saúde pública na América Latina. A globalização da doença de Chagas, consequente à migração de pessoas infectadas para países onde a doença não é endêmica, traz à tona a necessidade de instituição de medidas de controle e vigilância em algumas áreas da Europa e da América do Norte. A patologia caracteriza-se por uma fase aguda geralmente assintomática com elevada parasitemia e uma fase crônica, em que os parasitos dificilmente são detectados no sangue periférico por métodos parasitológicos convencionais. O curso clínico da infecção por T. cruzi é variável, sendo que boa parte dos infectados permanece na formaindeterminada da doença enquanto outros desenvolvem a forma cardíaca, digestiva ou nervosa. A prevalência do comprometimento do trato digestivo na doença de Chagas varia conforme a área endêmica, podendo alcançar até 14% no Brasil central. A forma digestiva caracteriza-se por lesão dos plexos nervosos intramurais e disfunção motora principalmente do esôfago e do cólon...

Mapping of Chagas disease research: analysis of publications in the period between 1940 and 2009

Ramos,José Manuel; González-Alcaide,Gregorio; Gascón,Joaquín; Gutiérrez,Félix
Fonte: Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT Publicador: Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 EN
Relevância na Pesquisa
66.37%
INTRODUCTION: Publications are often used as a measure of success in research work. Chagas disease occurs in Central and Southern America. However, during the past years, the disease has been occurring outside Latin America due to migration from endemic zones. This article describes a bibliometric review of the literature on Chagas disease research indexed in PubMed during a 70-year period. METHODS: Medline was used via the PubMed online service of the U.S. National Library of Medicine from 1940 to 2009. The search strategy was: Chagas disease [MeSH] OR Trypanosoma cruzi [MeSH]. RESULTS: A total of 13,989 references were retrieved. The number of publications increased steadily over time from 1,361 (1940-1969) to 5,430 (2000-2009) (coefficient of determination for linear fit, R²=0.910). Eight journals contained 25% of the Chagas disease literature. Of the publications, 64.2% came from endemic countries. Brazil was the predominant country (37%), followed by the United States (17.6%) and Argentina (14%). The ranking in production changed when the number of publications was normalized by estimated cases of Chagas disease (Panama and Uruguay), population (Argentina and Uruguay), and gross domestic product (Bolivia and Brazil). CONCLUSIONS: Several Latin American countries...

The impact of Chagas disease control in Latin America: a review

Dias,JCP; Silveira,AC; Schofield,CJ
Fonte: Instituto Oswaldo Cruz, Ministério da Saúde Publicador: Instituto Oswaldo Cruz, Ministério da Saúde
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2002 EN
Relevância na Pesquisa
66.37%
Discovered in 1909, Chagas disease was progressively shown to be widespread throughout Latin America, affecting millions of rural people with a high impact on morbidity and mortality. With no vaccine or specific treatment available for large-scale public health interventions, the main control strategy relies on prevention of transmission, principally by eliminating the domestic insect vectors and control of transmission by blood transfusion. Vector control activities began in the 1940s, initially by means of housing improvement and then through insecticide spraying following successful field trials in Brazil (Bambui Research Centre), with similar results soon reproduced in São Paulo, Argentina, Venezuela and Chile. But national control programmes only began to be implemented after the 1970s, when technical questions were overcome and the scientific demonstration of the high social impact of Chagas disease was used to encourage political determination in favour of national campaigns (mainly in Brazil). Similarly, large-scale screening of infected blood donors in Latin America only began in the 1980s following the emergence of AIDS. By the end of the last century it became clear that continuous control in contiguous endemic areas could lead to the elimination of the most highly domestic vector populations - especially Triatoma infestans and Rhodnius prolixus - as well as substantial reductions of other widespread species such as T. brasiliensis...

Current epidemiological trends for Chagas disease in Latin America and future challenges in epidemiology, surveillance and health policy

Moncayo,Álvaro; Silveira,Antonio Carlos
Fonte: Instituto Oswaldo Cruz, Ministério da Saúde Publicador: Instituto Oswaldo Cruz, Ministério da Saúde
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2009 EN
Relevância na Pesquisa
66.36%
Chagas disease, named after Carlos Chagas, who first described it in 1909, exists only on the American Continent. It is caused by a parasite, Trypanosoma cruzi, which is transmitted to humans by blood-sucking triatomine bugs and via blood transfusion. Chagas disease has two successive phases: acute and chronic. The acute phase lasts six-eight weeks. Several years after entering the chronic phase, 20-35% of infected individuals, depending on the geographical area, will develop irreversible lesions of the autonomous nervous system in the heart, oesophagus and colon, and of the peripheral nervous system. Data on the prevalence and distribution of Chagas disease improved in quality during the 1980s as a result of the demographically representative cross-sectional studies in countries where accurate information was not previously available. A group of experts met in Brasilia in 1979 and devised standard protocols to carry out countrywide prevalence studies on human T. cruzi infection and triatomine house infestation. Thanks to a coordinated multi-country programme in the Southern Cone countries, the transmission of Chagas disease by vectors and via blood transfusion was interrupted in Uruguay in 1997, in Chile in 1999 and in Brazil in 2006; thus...

Current situation and perspectives regarding human Chagas disease in midwestern of the state of Minas Gerais, Brazil

Matos,Christiane Santos; Santos Júnior,José Eloy dos; Medeiros,Fernanda Alvarenga Cardoso; Furtado,Eliana; Dias,João Carlos Pinto
Fonte: Instituto Oswaldo Cruz, Ministério da Saúde Publicador: Instituto Oswaldo Cruz, Ministério da Saúde
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/05/2014 EN
Relevância na Pesquisa
66.36%
Recognising the importance of Chagas disease in Brazil, Bambuí set up epidemiological surveillance for Chagas disease in 1974 and was the first municipality to do so. To ascertain the current epidemiology of Chagas disease in this municipality, 1.782 blood samples from the general population were analysed; 7.7% of samples were found to be seropositive for Chagas disease. A strong positive correlation between increasing age and Chagas disease was evident in both genders, with the highest prevalence in individuals aged over 60 years. Clinically, the cardiodigestive form of Chagas disease was the most common in these samples. These data confirm the interruption of Trypanosoma cruzi transmission, in parallel with a still important residual morbidity of Chagas disease in the county, thus supporting political decisions that will prioritise epidemiological surveillance and medical treatment of Chagas disease in the coming years.

Avaliação do perfil imunorreativo de peptídeos recombinantes selecionados por Phage Display contra IgG humana de pacientes com a doença de Chagas crônica; Evaluation of the Immunoreactivity Profile of Recombinant Peptides selected by Phage Display against Human IgG from Chronic Chagas Disease Patients

Messias, Flávia Figueira
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
66.36%
A doença de Chagas foi descoberta e descrita por Carlos Chagas em 1909, e representa uma importante doença parasitária crônica causada pelo protozoário flagelado Trypanosoma cruzi. Depois de adquirida, a tripanossomíase americana pode apresentar-se sob duas fases: aguda e crônica, sendo esta dividida em três formas principais: indeterminada, digestiva e cardíaca. Objetivamos avaliar o perfil imunorreativo de peptídeos recombinantes selecionados contra IgG humana purificada de pacientes com as formas cardíaca, digestiva e indeterminada da fase crônica da doença de Chagas por Phage Display, a fim de avaliar a possibilidade de um padrão diferenciado de resposta imunológica entre as três formas da doença e buscar clones com potencial diagnóstico. Os ELISAs foram realizados com todos os 50 clones distintos obtidos pelos quatro ciclos de seleção, utilizando-se sobrenadante dos fagos como antígenos no sistema de captura. Além disso, foi realizado teste de redução em placas com os clones com melhor desempenho de reatividade nos ELISAs, a fim de demonstrar a especificidade de ligação dos anticorpos com esses epítopos. Os testes realizados demonstraram que o perfil imunorreativo de alguns clones sugere a propensão de indivíduos portadores da forma indeterminada a evoluírem para a forma cardíaca ou digestiva da doença...

Transplante cardíaco (TC): a experiência do portador da doença de Chagas; Heart transplantation: the experience of patients with Chagas disease; Trasplante cardíaco (TC): la experiencia del portador de la enfermedad de Chagas

SADALA, Maria Lúcia Araújo; STOLF, Noedir Antonio Groppo; BICUDO, Maria Aparecida Viggiani
Fonte: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
66.38%
O sucesso do transplante cardíaco com portadores da doença de Chagas está condicionado a cuidados especiais durante todas as fases do transplante, com necessidade de acompanhamento específico e rigoroso pela equipe de saúde. Os receptores devem estar conscientes da permanência do Trypanossoma no organismo, e das possibilidades de reativação da infecção após o transplante. Portanto, seu conhecimento dessa condição, e a sua participação ativa no próprio tratamento, têm importância fundamental. O objetivo do estudo foi investigar a experiência do transplante cardíaco vivenciada por pacientes portadores da doença de Chagas, para buscar compreender os significados que eles atribuem a esta experiência. Os procedimentos metodológicos abrangeram: a seleção dos pacientes; as entrevistas; a análise dos dados, indicando as unidades de significado e a análise individual; a busca de convergências dos discursos; e análise hermenêutica das convergências. Da análise dos dados emergiram os seguintes temas: o tempo vivido pelo receptor, portador da Doença de Chagas; a concepção do TC apresentado pelo portador de Chagas; o cuidado na trajetória do TC.; Successful heart transplantation in patients with Chagas disease depends on special care to be provided during all phases of the transplantation process...

Análise do perfil cardiorrespiratório de pacientes idosos portadores de Doença de Chagas; Analysis of cardio respiratory profile of elderly patients with Chagas disease

Carla Patrícia Santoro De Biasi
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/12/2010 PT
Relevância na Pesquisa
66.38%
Causada pelo parasito Tripanossoma cruzi, a doença de Chagas é responsável pela morte de 50 mil brasileiros por ano. Possui grande impacto na produtividade do trabalhador e mostra-se capaz de provocar incapacidade precoce em aproximadamente 670 mil pessoas em todo o mundo anualmente. A reação aguda iniciada pelo parasito pode desencadear desde um quadro de febre, sudorese, cefaléia, hepatoesplenomegalia e adenomegalia, até um quadro grave de miocardite ou encefalite. Na fase crônica podem ocorrer insuficiência cardíaca congestiva de caráter progressivo, arritmias ou bloqueios cardíacos, perda de força muscular respiratória, aumento da freqüência respiratória, ineficácia ventilatória ou aumento do espaço morto. Tendo em vista tais alterações, os objetivos deste trabalho foram investigar o grau de acometimento da força muscular respiratória e o impacto desta sobre o padrão respiratório de chagásicos e avaliar o reflexo do acometimento cardíaco sobre a capacidade funcional. Para a análise dos dados do presente estudo foi realizado exame de ecocardiografia e eletrocardiograma para classificar os indivíduos chagásicos em grupo A e B. Prova de função pulmonar por meio da espirometria, teste de caminhada de seis minutos e verificação da força muscular máxima por meio de um manovacuômetro também foram realizados. A partir da avaliação proposta...

Mecanismos de regulación negativa de la respuesta inmune en pacientes con enfermedad de Chagas; Immunoregulatory mechanisms in patients with chronic Chagas Disease

Argüello, Rafael José
Fonte: Facultad de Ciencias Exactas y Naturales. Universidad de Buenos Aires Publicador: Facultad de Ciencias Exactas y Naturales. Universidad de Buenos Aires
Tipo: info:eu-repo/semantics/doctoralThesis; tesis doctoral; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
Publicado em //2012 SPA
Relevância na Pesquisa
66.42%
La enfermedad de Chagas es causada por el parásito protozoario intracelular Trypanosoma cruzi (T. cruzi) y afecta alrededor de 10 millones de personas. Aproximadamente un 20 a 30% de los sujetos crónicamente infectados muestran la progresión a miocardiopatía, después de padecer infección asintomática durante un período de años a décadas. La miocardiopatía de la enfermedad de Chagas es la causa más frecuente de miocardiopatía infecciosa en el mundo. Las respuestas inmunes mediadas por células CD8 y células T CD4 son cruciales para el control de esta infección crónica. En el pasado, debido a la escasez de los parásitos en el corazón, prevaleció la hipótesis de que la miocarditis chagásica crónica era atribuible exclusivamente a reacción cruzada autoanticuerpos al tejido cardiaco, y que la presencia del parásito era dispensable para la inflamación y fisiopatogénesis. Esta idea, en combinación con la elevada toxicidad y la falta de estudios controlados sobre la eficacia del tratamiento, exacerbó el escepticismo sobre la conveniencia de un tratamiento antiparasitario durante la infección crónica. Este escepticismo se mantuvo hasta finales de la década de los 90. Por otra parte, las pruebas serológicas convencionales pueden mantenerse positivas durante años o incluso décadas después de tratamiento antiparasitario exitoso y los resultados de un ensayo clínico doble ciego controlado con placebo para determinar la eficacia del tratamiento benznidazol no están disponibles actualmente. En el presente trabajo hemos estudiado los mecanismos inmunoregulatorios presentes en células T de sangre periférica...

Transplante cardíaco (TC): a experiência do portador da doença de Chagas; Trasplante cardíaco (TC): la experiencia del portador de la enfermedad de Chagas; Heart transplantation: the experience of patients with Chagas disease

Sadala, Maria Lúcia Araújo; Stolf, Noedir Antonio Groppo; Bicudo, Maria Aparecida Viggiani
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/09/2009 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
66.38%
O sucesso do transplante cardíaco com portadores da doença de Chagas está condicionado a cuidados especiais durante todas as fases do transplante, com necessidade de acompanhamento específico e rigoroso pela equipe de saúde. Os receptores devem estar conscientes da permanência do Trypanossoma no organismo, e das possibilidades de reativação da infecção após o transplante. Portanto, seu conhecimento dessa condição, e a sua participação ativa no próprio tratamento, têm importância fundamental. O objetivo do estudo foi investigar a experiência do transplante cardíaco vivenciada por pacientes portadores da doença de Chagas, para buscar compreender os significados que eles atribuem a esta experiência. Os procedimentos metodológicos abrangeram: a seleção dos pacientes; as entrevistas; a análise dos dados, indicando as unidades de significado e a análise individual; a busca de convergências dos discursos; e análise hermenêutica das convergências. Da análise dos dados emergiram os seguintes temas: o tempo vivido pelo receptor, portador da Doença de Chagas; a concepção do TC apresentado pelo portador de Chagas; o cuidado na trajetória do TC.; El éxito del trasplante cardíaco con portadores de la enfermedad de Chagas está condicionado a cuidados especiales durante todas las fases del trasplante...

Etnometodología para la comprensión y el manejo de la Enfermedad de Chagas en las poblaciones indígenas Wiwa asentadas en la vertiente suroriental de la Sierra Nevada de Santa Marta; Ethno-methodology to comprehension and management of Chagas disease in Wiwa indigenous communities placed in south-eastern slope from Sierra Nevada de Santa Marta, Colombia

Ríos-Osorio, Leonardo Alberto; Crespo-González, José José; Zapata-Tamayo, Mario Augusto
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2012 SPA
Relevância na Pesquisa
66.37%
El objetivo de este trabajo fue establecer prevalencia de la Enfermedad de Chagas en las comunidades Wiwa de la Sierra Nevada de Santa Marta trascendiendo el modelo de investigación biomédica sustentado en el paradigma positivista, e involucrando la dimensión sociocultural y ambiental que caracteriza este fenómeno, desde la sostenibilidad como un nuevo paradigma de las ciencias. Se realizó un muestreo probabilístico de las 15 comunidades Wiwa asentadas en la zona de San Juan del César, Departamento de la Guajira, se realizaron los procedimientos biomédicos definidos para investigaciones epidemiológicas, paralelamente se realizaron procedimientos culturales desde el saber tradicional de las comunidades Wiwa, garantizando la armonía de las comunidades ante la agresión biomédica de su espacio ambiental, social y cultural. Se obtuvo una prevalencia de 33.5%, concordante con las cifras de Enfermedad de Chagas encontradas en las otras vertientes de la sierra, reflejando condiciones similares que predisponen a la presencia de la enfermedad. Se estableció como esta enfermedad es inexistente en el sistema médico tradicional de los Wiwa, y sólo el insecto vector es reconocido aunque no considerado como agente perturbador de la salud de las comunidades. A partir de la consideración del vector como eje integrador de las dos culturas se describen las características sociales...