Página 1 dos resultados de 341 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

Birds from cerradão woodland, an overlooked forest of the Cerrado region, Brazil

CAVARZERE, Vagner; MORAES, Gabriel Parmezani; DALBETO, Andreli Cristina; MACIEL, Fernanda de Góes; DONATELLI, Reginaldo José
Fonte: USP Publicador: USP
Tipo: Relatório
ENG
Relevância na Pesquisa
27.9%
The Cerrado region still receives relatively little ornithological attention, although it is regarded as the only tropical savanna in the world considered to be a biodiversity hotspot. Cerradão is one of the least known and most deforested Cerrado physiognomies and few recent bird surveys have been conducted in these forests. In order to rescue bird records and complement the few existing inventories of this under-studied forest type in the state of São Paulo, we looked for published papers on birds of cerradão. Additionally we surveyed birds at a 314-ha cerradão remnant located in central São Paulo, Brazil, from September 2005-December 2006 using unlimited distance transect counts. Out of 95 investigations involving cerradão bird studies, only 17 (18%) investigations teased apart bird species recorded inside cerradão from those recorded in other physiognomies of Cerrado. Except for one study, no research found more than 64 species in this type of forest, a result shared within many regions from Brazil and Bolivia. Differences in species richness do not seem be related with levels of disturbance of landscape or fragment size. Considering all species recorded in cerradão in Brazil and Bolivia, a compilation of data accumulated 250 species in 36 families and 15 orders. In recent surveys at central São Paulo...

Manejo de lianas em bordas de floresta estacional semidecidual e de cerradão, Santa Rita do Passa Quatro, SP; Management of lianas in semideciduous forest and cerradão edges, Santa Rita do Passa Quatro, SP

Jordão, Sônia Maria Schaefer
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 03/02/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.91%
No Estado de São Paulo, dentro de uma mesma zona climática, a floresta estacional semidecidual e o cerradão são comumente encontrados dividindo o espaço. Atualmente, essas duas formações encontram-se reduzidas a pequenos fragmentos florestais, em estágio avançado de perturbação. Com a fragmentação da floresta, há um aumento da luminosidade nas bordas dos remanescentes florestais e lianas heliófitas podem aumentar suas populações e competir vigorosamente com as espécies arbustivo-arbóreas. O objetivo desse estudo foi verificar o efeito do manejo das lianas sobre o processo de restauração florestal em bordas perturbadas de floresta estacional semidecidual e de cerradão. Também foi analisada a influência do tipo de vizinhança sobre a borda florestal e sobre os resultados do manejo. O experimento foi instalado na região de Santa Rita do Passa Quatro, SP, em bordas de floresta estacional semidecidual, com vizinhanças de cana-de-açúcar e rodovia e em bordas de cerradão, com vizinhanças de eucalipto, cana-deaçúcar e rodovia. O delineamento experimental foi de blocos casualizados, com parcelas de 100m2 e 3 repetições. Nas bordas de floresta estacional semidecidual foram testadas 3 técnicas de manejo: corte de lianas (C)...

Birds from cerradão woodland, an overlooked forest of the Cerrado region, Brazil

Cavarzere, Vagner; Moraes, Gabriel Parmezani; Dalbeto, Andreli Cristina; Maciel, Fernanda de Góes; Donatelli, Reginaldo José
Fonte: USP Publicador: USP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 259-274
ENG
Relevância na Pesquisa
27.9%
O Cerrado ainda recebe pouca atenção no que diz respeito à ornitologia embora seja a única savana tropical do mundo considerada um hotspot de biodiversidade. O cerradão é uma das fisionomias menos conhecidas e mais desmatadas do bioma e poucos levantamentos avifaunísticos foram realizados nessas florestas. Para revisar os estudos sobre aves de cerradão e complementar os poucos inventários já existentes realizados nesse tipo florestal no estado de São Paulo, foi realizado um levantamento bibliográfico dos estudos publicados sobre aves de cerradão. Adicionalmente foi conduzido um levantamento das aves de um fragmento de cerradão de 314 ha localizado na região central do estado de São Paulo, Brasil, entre setembro de 2005 e dezembro de 2006 com a utilização de transecções lineares com raio ilimitado de detecção. de 95 estudos envolvendo aves de cerradão, apenas 17 (18%) discriminaram espécies registradas dentro desta fisionomia daquelas que obtiveram registros em outros ambientes de Cerrado. Exceto por um estudo, nenhuma outra investigação encontrou mais de 64 espécies de aves neste ambiente, resultado compartilhado com diversas regiões do Brasil e também da Bolívia. Diferenças no número de espécies entre cerradões não puderam ser atribuídas à degradação dos ambientes estudados ou tamanho de fragmento. Considerando os registros de cerradões no Brasil e na Bolívia...

Analise silvigenica em floresta estacional semidecidua e em cerradão no estado de São Paulo; Silvigenic analysis in seasonal semidecidous forest cerradão in the state São Paulo, Brasil

Rejane Tavares Botrel
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/10/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.75%
Estudos de mosaicos silvigênicos baseados na análise da arquitetura das árvores, presumidamente representando respostas ao estímulo provocado pela entrada de luz no dossel florestal, têm sido sugeridos para investigar os mecanismos envolvidos na construção do padrão de mosaicos em florestas tropicais. A identificação das eco-unidades (manchas de árvores de mesma categoria arquitetural representando fases de regeneração da floresta) constituintes do mosaico silvigênico considera características arquiteturais de suas árvores componentes como a presença ou a ausência de reiteração, além da sua altura total, altura do fuste e sinais de senescência. Além disso, alguns caracteres supõem as condições de luz sob as quais as árvores teriam reiterado (altura da árvore em relação à altura média do dossel da floresta e a posição do ponto de inversão morfológica no indivíduo). Para mapear o mosaico silvigênico, um método de interceptação de linhas para inventário das árvores de dossel foi proposto e inicialmente aplicado em uma floresta tropical perenifólia. Considerando que a Floresta Estacional Semidecídua possui regime de luz determinado pela perda sazonal de folhas de 20% a 50% de suas espécies...

Atributos funcionais e a distribuição de especies do cerradão e da floresta estacional semidecidual; Functional traits and the distribution of cerradão and seasonally dry forest species

Ricardo Augusto Gorne Viani
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/01/2010 PT
Relevância na Pesquisa
28.05%
Cerradão e floresta estacional semidecidual (FES) são consideravelmente distintos em relação à estrutura, à composição florística e ao funcionamento, com poucas espécies comuns às duas áreas. Entretanto, ainda não há consenso sobre os fatores que efetivamente controlam a dinâmica dessas formações. O objetivo deste estudo foi investigar a influência de fatores ambientais e atributos funcionais na ocorrência de espécies e na dinâmica de cerradão e de FES no sudeste do Brasil. No capítulo 1, plântulas de espécies do cerradão e da FES foram cultivadas, em casa de vegetação, no seu solo original e no solo da formação contrastante. Espécies da FES tiveram maior crescimento quando cultivadas em seu solo e incremento da biomassa com o aumento na disponibilidade de nutrientes. Por outro lado, o crescimento de espécies do cerradão não foi maior em seu solo original e nem teve correlação com a disponibilidade de nutrientes. Além disso, espécies da FES cresceram mais que espécies do cerradão, mesmo no solo do cerradão. Os resultados apontam especialização de habitat para espécies da FES e indicam que espécies da FES têm maior habilidade competitiva, enquanto espécies do cerradão se comportam como tolerantes ao estresse por baixa disponibilidade de nutrientes. Porém...

Biomassa, apectos nutricionais e anatomicos de individuos jovens de especies arboreas de Cerradão e Floresta Estacional Semidecidual; Biomass, nutritional status and ecological anatomy of saplings of tree species of Savannah and Semidecidous Forestof the Wst Paulista

Marta Regina Almeida Muniz
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/01/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.63%
O presente abordou aspectos da relação solo-planta, verificando o reflexo das condições físico-químicas e da disponibilidade hídrica do solo de áreas de Cerradão (Ce) e de Floresta Estacional Semidecidual (FES), sobre a anatomia do xilema secundário, sobre aspectos morfológicos (comprimento e a biomassa de parte aérea e de raízes), e sobre o teor, a quantidade e a distribuição de nutrientes e alumínio em plantas jovens de espécies arbóreas. O objetivo geral foi comparar plantas jovens de espécies arbóreas de Cerradão e de Floresta Estacional Semidecidual quanto ao crescimento proporcional em parte aérea e raízes, a distribuição da biomassa, aos teores e conteúdo de nutrientes e de alumínio, e a organização do xilema secundário, a fim de elucidar se há diferenças entre essas formações. O trabalho foi desenvolvido em duas parcelas de 10 ha de Cerradão (Estação Ecológica de Assis; Assis, SP) e de Floresta Estacional Semidecidual (Estação Ecológica de Caetetus; Gália, SP) que são mantidas pelo projeto temático "Parcelas Permanentes". Este trabalho foi dividido em dois capítulos: o primeiro relacionado a aspectos morfológicos, como comprimento total da parte aérea e raízes, biomassa, e teores...

Florística e fotossociologia da comunidade lenhosa no sub-bosque de um cerradão em Assis, SP; Floristics and phytosociology of the woody community at the understory of a cerradão at Assis, SP

Carolina Brandão Zanelli
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/01/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.97%
A regeneração consiste no processo de reconstrução e reorganização da composição e estrutura de uma comunidade vegetal, e vem sendo bem estudada em florestas ombrofilas e estacionais sob a ótica da dinâmica de clareiras e da sucessão ecológica. No entanto, a regeneração de espécies lenhosas no cerrado ainda e pouco compreendida, e são poucos os estudos que avaliam conjuntamente o dossel e o sub-bosque em áreas de cerrado. O objetivo deste trabalho foi avaliar a floristica e a fitossociologia da comunidade lenhosa do dossel e do sub-bosque de um cerradão em Assis, SP. O trabalho foi realizado na Estação Ecológica de Assis, em uma parcela permanente de 10,4 ha, parte do "Projeto Parcelas Permanentes" do Programa BIOTA/FAPESP. Essa parcela permanente e subdividida em 256 subparcelas contiguas de 20 m x 20 m, das quais 100 foram sorteadas para amostragem. Para avaliar o dossel, foram considerados os dados já coletados no Projeto Parcelas Permanentes, referentes aos indivíduos lenhosos com perímetro na altura do peito (PAP) ? 15 cm, para as 100 subparcelas sorteadas. Para analisar o sub-bosque, foi delimitado um setor de avaliação de 2 m x 2 m em cada subparcela sorteada, onde foram medidos e identificados todos os indivíduos de espécies lenhosas com altura > 20 cm e PAP < 15 cm. Todas as espécies do dossel e do sub-bosque foram classificadas de acordo com o habitat...

Análise fitogeográfica do cerradão: conexões florísticas, padrões estruturais, relações ecológicas e modelagem de sua distribuição potencial

Solórzano, Alexandro
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
28.05%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Biologia, Programa de Pós-Graduação em Ecologia, 2011.; O cerradão é uma das fitofisionomias do Cerrado que se destaca das demais por apresentar estrutura florestal e composição mista de espécies tipicamente florestais junto com espécies típicas do cerrado stricto sensu e espécies generalistas. Inúmeros trabalhos descreveram tanto o aspecto fisionômico como florístico do cerradão. No entanto, não há padronização no critério de inclusão, esforço amostral e tamanho das unidades amostrais, o que dificulta as comparações e o levantamento de padrões claros sobre o perfil estrutural da vegetação lenhosa do cerradão. Apesar de existirem estudos que relacionam a variação da vegetação do cerrado lato sensu com variáveis edáficas e climáticas, pouco se sabe sobre a distribuição da vegetação do cerradão em escala regional, relacionada a fatores ambientais. Buscamos com este trabalho descrever o perfil florístico-estrutural do componente lenhoso do cerradão; avaliar o grau de sobreposição de espécies florestais, savânicas e generalistas; investigar a influência das variáveis climáticas e edáficas na variabilidade florística do componente lenhoso docerradão...

Perfil florístico e estrutural do componente lenhoso em seis áreas de cerradão ao longo do bioma Cerrado; Structural and floristic profile of the woody component of six cerradão areas

Solórzano, Alexandro; Pinto, José Roberto Rodrigues; Felfili, Jeanine Maria; Hay, John Du Vall
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
27.85%
Inúmeros trabalhos descrevem tanto o aspecto fisionômico e florístico do cerradão, no entanto, não há padronização do critério de inclusão, esforço amostral e tamanho das unidades amostrais o que dificulta as comparações e emergência de perfil estrutural para a vegetação lenhosa desta fitofisionomia. Buscamos com este trabalho descrever o perfil florístico-estrutural do componente lenhoso do cerradão, bem como avaliar o grau de sobreposição de espécies florestais, savânicas e generalistas. O trabalho foi realizado em seis áreas distribuídas nos estados de: MG, MS, MT, TO, PI e DF. A vegetação lenhosa do cerradão não apresentou estrutura homogênea ou consistência florística, apresentando-se como fisionomia bastante heterogênea. Estruturalmente a vegetação lenhosa apresentou grandes variações, com formações mais abertas e mais densas (densidade variando de 652 a 1.732 ind. ha-1 e área basal variando de 12,83 a 22,45 m2 ha-1). A riqueza de espécies nas áreas variou de 49 (MS) a 124 (MT). Das 308 espécies registradas nas seis áreas apenas seis ocorreram em todas elas e 184 espécies foram exclusivas de uma das áreas. Florísticamente houve grande variação na composição de espécies e marcada dissimilaridade entre as áreas. Apesar de haver uma mistura de elementos florísticos savânicos e florestais...

Dispersão de sementes de uruvalheira (Platypodium elegans vog.) (Fabaceae) em um cerradão, Uberlândia-MG

Lopes,Sérgio de Faria; Oliveira,Ana Paula de; Neves,Sharon Borges; Schiavini,Ivan
Fonte: Sociedade de Investigações Florestais Publicador: Sociedade de Investigações Florestais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.26%
Estudou-se a dispersão de sementes de cinco árvores-matriz de Platypodium elegans Vog. (Fabaceae) em área de cerradão, na Estação Ecológica do Panga (EEP). As amostragens foram feitas em parcelas de 0,25 m2, posicionadas em linhas partindo da base da matriz em direção aos quatro pontos cardeais (Norte, Sul, Leste e Oeste), marcadas a cada metro. No laboratório, os frutos foram abertos para análise da qualidade das sementes. Foram amostradas 1.131 sementes, das quais 18,4% estavam intactas e 81,6%, danificadas e provavelmente inviáveis para germinação. A dispersão das sementes sofreu influência da topografia do local das matrizes, das respostas fisiológicas e genéticas à pré-dispersão, bem como do possível direcionamento favorável do vento. Dessa forma, a atuação conjunta desses fatores funcionaria como facilitadores relevantes na formação do banco de sementes e moldaria a probabilidade de estabelecimento de novos indivíduos, tanto na área estudada quanto nas fisionomias adjacentes..

Number of buried seeds and seedlings emergence in cerradão, cerrado and gallery forest soils at Pedregulho, Itirapina (SP), Brazil

SASSAKI,REGINA M.; RONDON,JOSIMARA N.; ZAIDAN,LILIAN B.P.; FELIPPE,G.M.
Fonte: Sociedade Botânica de São Paulo Publicador: Sociedade Botânica de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/1999 EN
Relevância na Pesquisa
37.43%
This study was carried out at the site named Pedregulho in the "Estação Experimental de Itirapina", Itirapina, state of São Paulo, Brazil. Soil samples were collected in the rainy and in the dry season at three depths in the gallery forest, cerrado and cerradão. The total number of seeds was counted after being separated from the soil by wet sieving and the number of viable seeds was determined by emergence of seedlings in soil samples in a greenhouse. The number of seeds and of emerged seedlings decreases as soil samples become deeper. The number of seeds was much larger in the cerrado in the dry season than in the rainy season, but it was lower in the dry than in the rainy season in the gallery forest. The number of seeds in the cerradão was similar in both seasons. There was a heavy discrepancy between the total number of seeds and that of emerged seedlings.

Comparação da vegetação arbórea de cerradão e de cerrado na Reserva do Panga, Uberlândia, Minas Gerais

Costa,Alexandre Augusto; Araújo,Glein Monteiro de
Fonte: Sociedade Botânica do Brasil Publicador: Sociedade Botânica do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2001 PT
Relevância na Pesquisa
37.43%
O estudo foi desenvolvido na Reserva Particular do Patrimônio Natural do Panga, localizada no Município de Uberlândia, Estado de Minas Gerais. Realizou-se, pelo método de parcelas, o levantamento florístico e a análise dos parâmetros fitossociológicos das espécies arbóreas com circunferência do tronco > ou = 15cm, numa faixa de 840m x 20m (1,68ha), abrangendo comunidades vegetais contíguas de cerradão e cerrado (sentido restrito). Foram coletadas amostras compostas de solo, numa profundidade de 0 a 10cm, em 12 diferentes parcelas, para determinar a sua composição química. Na amostragem total foram encontrados 3.137 indivíduos distribuídos em 107 espécies e 43 famílias. Nas 25 parcelas de cerradão (1,0ha) ocorreram 93 espécies, das quais Qualea grandiflora e Vochysia tucanorum apresentaram os maiores índices de valor de importância (IVI). Em 0,68ha de cerrado, ocorreram 76 espécies e 37 famílias, sendo que as espécies de maior IVI foram Qualea grandiflora e Q. parviflora. Fabaceae, Vochysiaceae e Myrtaceae apresentaram o maior número de espécies, nas duas comunidades vegetais.

Influence of edaphic factors on the floristic composition of an area of cerradão in the Brazilian central-west

Bueno,Marcelo Leandro; Neves,Danilo Rafael Mesquita; Souza,Anderson Fernandes; Oliveira Junior,Elio; Damasceno Junior,Geraldo Alves; Pontara,Vanessa; Laura,Valdemir Antônio; Ratter,James Alexander
Fonte: Sociedade Botânica do Brasil Publicador: Sociedade Botânica do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2013 EN
Relevância na Pesquisa
37.7%
This study describes the influence of edaphic factors on the floristic composition of an area of cerradão (woodland savanna) in the city of Campo Grande, located in the Brazilian central-west. In 10 plots (5 × 20 m each), we evaluated all trees with a diameter at breast height > 4.77 cm. Soil samples were analyzed for each plot in order to determine edaphic variables correlated with species composition. We sampled 1180 individuals of 61 species. The evenness index was 0.74, which indicates uneven distribution of species, which was explained by a high abundance of Qualea parviflora, Curatella americana, Qualea grandiflora, Terminalia argentea and Astronium fraxinifolium. We registered more trees in the smallest diameter class and in the middle layer of the vertical structure. The soil was dystrophic with a clay texture, which explains the higher abundance of species related to dystrophic cerradão. However, we also found some trees typical of mesotrophic cerradão and deciduous forests, which could be attributable to the presence of patches of fertile soil within the dystrophic cerradão or could indicate that those mesotrophic species are tolerant of lower levels of soil nutrients.

Estoques e indicadores de carbono em cerradão e cerrado Stricto Sensu; Stocks and indicators of carbon in cerrado and cerrado sensu stricto

SILVEIRA, Jeanete
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Engenharia do Meio Ambiente; Engenharias Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Engenharia do Meio Ambiente; Engenharias
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
27.85%
The climate on the Planet has always been natural oscillations throughout its existence, but the anthropogenic contributions of greenhouse gases also change the composition of the atmosphere, affecting climate. Climatologists have found acceleration of global warming, because of the human s actions. Conversely, photosynthetic organisms, the processes of growth absorb atmospheric carbon, storing it in its components. The native Cerrado among the various environmental services offers, assimilates atmospheric carbon and store it in their biomass and soil, contributing to the mitigation of global warming. Forest planting and maintaining vegetation cover, contribute to the mitigation of global warming, then can generate tradable credits in the Carbon Market. Establishing indicators of the carbon stocks is one point key in generation process carbon credits. This work researched of carbon s stocks in plant biomass and soil, as well as their indicators, seeking greater clarity of what happens with the carbon throughout the soil profile and between two types of vegetation in the Cerrado biome: cerradão and cerrado sensu stricto. We studied three areas of each of thouse faces. We obtained biomass carbon stocks by direct determination in the field...

Insetos visitantes florais em áreas de cerradão e cerrado sensu stricto no estado de São Paulo; Flower-visiting insects in Cerradao and Cerrado areas stricto sensus in Sao Paulo State

D'Avila, Márcia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/04/2006 PT
Relevância na Pesquisa
27.94%
Com o objetivo de conhecer a composição dos insetos e das plantas visitadas nas áreas de cerradão e cerrado sensu stricto, da Estação Experimental de Itirapina, SP, foram realizadas amostragens sistemáticas dos insetos nas plantas, no período de março de 2003 a fevereiro de 2004. Do total de insetos coletados nas flores, 63,3% e 63,8% são da ordem Hymenoptera, 17,1% e 2,5% da ordem Lepidoptera, 16% e 19,5% da ordem Coleoptera e 3,6% e 12,8% da ordem Diptera, respectivamente, para as áreas de cerradão e cerrado sensu stricto, e 1,4% para Hemiptera-Heteroptera no cerrado sensu stricto. A maioria dos insetos coletados, visitando e/ou forrageando, nas duas áreas, foi no período da manhã, exceto os dípteros que preferiram o período da tarde. Na área de cerradão as espécies dominantes de Hymenoptera foram: Exomalopsis (Exomalopsis) sp. e Trigona spinipes; de Lepidoptera foram: Aeria olena e Ithomia agnosia; de Coleoptera foram: Nycterodina sp. e Spintherophyta sp.. Já na área de cerrado sensu stricto os hymenópteros dominantes foram: Apis mellifera, Exomalopsis cf. analis, Tetrapedia rugulosa, Trigona spinipes e Pepsis sp., para Coleoptera foram: Spintherophyta sp., Compsus sp. e Epitragus similis; para Diptera foram: Eristalis sp. e Ornidia obesa. A família Apidae foi a mais rica em espécies e abundância...

Diversidade alfa, florística e fitossociologia na ARIE do Cerradão, na APA Gama e Cabeça de Veado, DF; Alpha diversity, floristics and phytosociology at the ARIE do Cerradão in the APA Gama e Cabeça de Veado, DF

Silva, Juliana Silvestre
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
28.02%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Departamento de Botânica, 2009.; O cerradão é uma formação florestal do bioma Cerrado que compartilha espécies com formações florestais e savânicas. Devido sua topografia plana, seus solos profundos e aráveis e às espécies florestais de grande porte que comporta, e por ocorrer naturalmente em manchas, tornase uma das fisionomias vegetais mais vulneráveis do bioma. No Distrito Federal, a Área de Relevante Interesse Ecológico (ARIE) do Cerradão com 54,12 ha é uma das manchas mais representativas de cerradão e, além desta fitofisionomia, integra também, para o norte e para o oeste, um cerrado denso. O solo em toda a UC é do tipo Latossolo Vermelho e argiloso distrófico, com saturação por bases de 6% no cerradão e 8% no cerrado denso. A acidez do solo aumenta do cerrado denso para o cerradão, assim como a quantidade de matéria orgânica e ferro disponível. Este trabalho partiu da premissa de que o cerradão da ARIE é composto por uma mistura de espécies de cerrado e de florestas regionais sem apresentar uma flora exclusiva da fisionomia e sofre efeito de borda. O objetivo deste trabalho foi estudar a composição florística, a estrutura fitossociológica e os efeitos de borda do cerradão da ARIE. Para tanto...

Estrutura da vegetação de um cerradão e a heterogeneidade regional do Cerrado no Maranhão, Brasil

Silva,Helisvania Gomes; Figueiredo,Nivaldo de; Andrade,Gilda Vasconcellos de
Fonte: Sociedade de Investigações Florestais Publicador: Sociedade de Investigações Florestais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.26%
A estrutura de um Cerradão no nordeste do Maranhão foi avaliada visando contribuir para a caracterização da heterogeneidade da vegetação no Estado. O método de quadrantes foi utilizado na amostragem de 399 pontos em três transectos paralelos, distribuídos sistematicamente a cada 200 m. O ponto de início do primeiro transecto foi sorteado. O critério de inclusão mínimo foi de 1 cm de diâmetro ao nível do solo. Os 1.596 indivíduos amostrados representaram 69 espécies e 32 famílias. Plathymenia reticulata (Candeia) foi a espécie com maior Índice de Valor de Importância (IVI), diferindo de outras regiões maranhenses. A diversidade (H'= 3,31) e a eqüabilidade (J= 0,78) foram altas e estão dentro da variação conhecida nos Cerrados do Maranhão. A comparação florística entre sete áreas de Cerrado no Estado mostrou elevada heterogeneidade e baixa similaridade. As localidades com maior proximidade geográfica apresentaram maior similaridade florística apenas nas análises com valores de abundância das espécies.

Florística e fitossociologia dos estratos arbustivo e arbóreo de um remanescente de cerradão em uma Unidade de Conservação do Estado de São Paulo

Pereira-Silva,Erico F.L.; Santos,José Eduardo dos; Kageyama,Paulo Y.; Hardt,Elisa
Fonte: Sociedade Botânica de São Paulo Publicador: Sociedade Botânica de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2004 PT
Relevância na Pesquisa
37.43%
Neste trabalho foram empregadas 25 parcelas permanentes de 10 m × 25 m e amostrada a vegetação com DAS (Diâmetro à Altura do Solo) igual e superior a 1,0 cm. Em uma área de 0,625 ha foram amostrados 8.454 ind.ha-1, 121 espécies, 74 gêneros e 42 famílias. As espécies de maior IVI foram Ocotea corymbosa (Meissn.) Mez, Pterodon pubescens Benth. e Xylopia aromatica (Lam.) Mart. Os altos valores de PSoR e de IVIA mostraram que O. corymbosa e P. pubescens estão representadas nos três estratos da comunidade, embora essas espécies predominem no estrato superior. O índice de Shannon mostrou alta diversidade florística (H' = 3,47 nat.ind.-1) e o índice de eqüabilidade (J' = 0,40) indicou dominância de P. pubescens e O. corymbosa na área. As distribuições diamétrica e de altura revelaram a abundância no componente da regeneração natural devido ao grande estoque de plantas jovens que compõem o estrato inferior da comunidade. Dentre as 114 espécies consideradas na análise fitossociológica, 20 podem ser classificadas como raras por apresentarem baixa densidade de indivíduos por hectare. O levantamento florístico caracterizou a fitofisionomia da área como cerradão. A estimativa dos parâmetros fitossociológicos verticais permitiu valorar as espécies através da PSoR e do IVIA...

Produção de serapilheira e decomposição do material foliar em um cerradão na Estação Ecológica de Jataí, município de Luiz Antônio, SP, Brasil

Cianciaruso,Marcus Vinicius; Pires,José Salatiel Rodrigues; Delitti,Welington Bráz Carvalho; Silva,Érico Fernando Lopes Pereira da
Fonte: Sociedade Botânica do Brasil Publicador: Sociedade Botânica do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2006 PT
Relevância na Pesquisa
37.43%
Estimou-se a produção de serapilheira e a taxa de decomposição do material foliar em uma área de cerradão, fisionomia pouco estudada a esse respeito e muito ameaçada, principalmente no Estado de São Paulo. No período de estudo, a quantidade total de serapilheira produzida foi de 5646,9 kg.ha-1.ano-1, onde a fração 'folhas' teve a maior participação, contribuindo com 4081,2 kg.ha¹.ano-1, seguida pela fração 'ramos' (1066,1 kg.ha-1.ano-1), 'estruturas reprodutivas' (434,1 kg.ha-1.ano-1) e 'miscelânea' (65,5 kg.ha-1.ano-1). A produção de serapilheira foi altamente estacional e correlacionou-se negativamente com a umidade relativa do ar e com a temperatura média do ar. A produção foliar correlacionou-se negativamente com a umidade do ar, precipitação e temperatura média do ar. Não houve diferença significativa entre a produção de serapilheira desse estudo e a encontrada em duas outras áreas com cerradão e mata mesófila semidecídua, porém essas fisionomias vegetais diferiram significativamente da produção em outra área com cerrado sensu stricto. A taxa de decomposição (K) obtida para o material foliar foi de 0,56, com o tempo para decomposição de 50% do material estimado em 1,8 anos e o tempo de renovação do material foliar em 2...

Birds from cerradão woodland, an overlooked forest of the Cerrado region, Brazil

Cavarzere, Vagner; Moraes, Gabriel Parmezani; Dalbeto, Andreli Cristina; Maciel, Fernanda de Góes; Donatelli, Reginaldo José
Fonte: Universidade de São Paulo. Museu de Zoologia Publicador: Universidade de São Paulo. Museu de Zoologia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2011 ENG
Relevância na Pesquisa
27.9%
O Cerrado ainda recebe pouca atenção no que diz respeito à ornitologia embora seja a única savana tropical do mundo considerada um hotspot de biodiversidade. O cerradão é uma das fisionomias menos conhecidas e mais desmatadas do bioma e poucos levantamentos avifaunísticos foram realizados nessas florestas. Para revisar os estudos sobre aves de cerradão e complementar os poucos inventários já existentes realizados nesse tipo florestal no estado de São Paulo, foi realizado um levantamento bibliográfico dos estudos publicados sobre aves de cerradão. Adicionalmente foi conduzido um levantamento das aves de um fragmento de cerradão de 314 ha localizado na região central do estado de São Paulo, Brasil, entre setembro de 2005 e dezembro de 2006 com a utilização de transecções lineares com raio ilimitado de detecção. De 95 estudos envolvendo aves de cerradão, apenas 17 (18%) discriminaram espécies registradas dentro desta fisionomia daquelas que obtiveram registros em outros ambientes de Cerrado. Exceto por um estudo, nenhuma outra investigação encontrou mais de 64 espécies de aves neste ambiente, resultado compartilhado com diversas regiões do Brasil e também da Bolívia. Diferenças no número de espécies entre cerradões não puderam ser atribuídas à degradação dos ambientes estudados ou tamanho de fragmento. Considerando os registros de cerradões no Brasil e na Bolívia...