Página 1 dos resultados de 1609 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

Arquivo Miroel Silveira: uma leitura dos processos da censura prévia ao teatro sob o prisma do gerenciamento de informações; Miroel Silveira Archives: an interpretation of government previous censorship over the theater from the perspective of the information management

Laet, Maria Aparecida
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/05/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.39%
Esta pesquisa propõe a análise da censura prévia exercida pelo Estado sobre o teatro, a partir dos documentos existentes nos prontuários que compõem o Arquivo Miroel Silveira, sob o prisma do gerenciamento de informações. Verificamos que o exercício do gerenciamento de informações costuma ser apresentado como atividade planejada, técnica, racional e neutra, exercida para a melhoria de processos. Já a censura é exercida por meio de processos burocráticos para a proteção do bem comum. Apesar dos objetivos diferentes, resultam na utilização de um mesmo recurso, que é a interferência no fluxo de informações ? relacionadas à produção material, no âmbito das empresas e relacionadas à produção artística, quando se trata da censura prévia. A partir daí, propusemos um estudo da censura prévia como um tipo de gerenciamento de informações. Para isso, analisamos o processo burocrático da censura prévia ao teatro. Nossa pesquisa mostrou que o gerenciamento de informações realizado através da censura permite que o Estado se aproprie de informações sobre a produção teatral e das pessoas a ela relacionadas, puna aqueles que expressam idéias divergentes e coíba a resistência à ação da censura. Por meio de nosso estudo...

Coincidências da censura - figuras de linguagem e subentendidos nas obras teatrais do arquivo de Miroel Silveira; Coincidências da censura - figuras de linguagem e subentendidos nas obras teatrais do arquivo de Miroel Silveira

Leite, Andrea Limberto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/05/2011 PT
Relevância na Pesquisa
37.23%
A partir dos processos de censura previa ao teatro contidos no Arquivo Miroel Silveira (AMS), investigaremos a ação censória sobre o texto das pecas liberadas com cortes. Analisaremos os casos em que o veto incidiu sobre trechos censurados construídos com figuras de linguagem, buscando compreender o funcionamento da lógica da censura em seu caráter de interdição. Considerando a tradição clássica da Retórica das Figuras e sua retomada no âmbito da Nova Retórica, bem como a Analise do Discurso de linha francesa, com Oswald Ducrot, podemos entender as figuras de linguagem como produtoras de efeitos de sentido, magnificando pressupostos e subentendidos. Assim, temos como hipótese que o corte do censor age sobre um momento fundamental do texto, no qual se configuram formações discursivas com esmero no recurso de estilo e que, ao mesmo tempo, trabalham a adesão do publico. Nesse sentido, os cortes que incidem sobre as figuras de linguagem nos revelam sobre os conteúdos preferencialmente extirpados e as concepções de mundo vigentes no período determinado, entendendo que as pecas em questão dialogam com sentidos circulando socialmente. Concentramo-nos em pecas teatrais das décadas de 1950 e 1960, procurando variar, em nossa seleção...

O ato da sociedade paulista  - Opinião pública e censura ao teatro de 1957 a 1968: manifestações populares presentes nos processos do Arquivo Miroel Silveira da Biblioteca da ECA/USP; The act of paulista society The public opinion and theater censorship between 1957/1968: popular manifestations in the processes of Arquivo Miroel Silveira, Library of ECA/USP. 2012

Risso, Carla de Araujo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/04/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.36%
Na sociedade de massas, os processos de comunicação dos grupos estão, de modo imediato, sob a influência dos meios de comunicação de massa ou intermediados por líderes de opinião. Partindo de questões como a opinião pública, a identidade cultural e a contextualização histórica e social, esta pesquisa focou-se nos processos de censura ao teatro profissional presentes no Arquivo Miroel Silveira, bem como sobre as páginas dos principais veículos de mídia impressa da cidade de São Paulo. O universo de amostra contemplou peças que contêm abaixo-assinados, telegramas, cartas e manifestos populares em seus processos de censura: Perdoa-me Por Me Traíres, de Nelson Rodrigues (1957), censurada em nome da defesa da moral e dos bons costumes; A Semente, de Gianfrancesco Guarnieri (1961), com encenação restrita a um só teatro por abordar questões ideológicas; e Roda Viva, de Chico Buarque (1968), que depois de dois atentados a depredação do Teatro Ruth Escobar em São Paulo e a agressão ao elenco em Porto Alegre foi censurada pelo Governo Federal. Quanto ao estudo da imprensa, todos os jornais pesquisados mantêm relação cronológica com as peças selecionadas. Paralelamente, efetuou-se uma investigação em Portugal com o objetivo de delinear as relações de poder que estruturam a prática censória nos países de língua portuguesa. A peça escolhida para estudo além-mar foi A Promessa...

A caneta e a tesoura: dinâmicas e vicissitudes da censura musical no regime militar; Pen and scissors: dynamics and vicissitudes of musical censorship during the military regime

Heredia, Cecília Riquino
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/04/2015 PT
Relevância na Pesquisa
37.23%
A censura à canção, em virtude de a música ser considerada uma das artes de espetáculo mais abertas a mudanças de padrões comportamentais e políticos, tem particularidades que acabam por interferir na própria produção dos pareceres do censor e potencializar processos vivenciados pela Divisão de Censura de Diversões Públicas. A partir de um corpo documental constituído por pareceres de letras musicais, correspondências trocadas pelos órgãos ligados à censura e pela legislação censória, esta pesquisa pretende examinar como as vicissitudes e as tensões intrínsecas à atividade censória musical durante o regime militar estão presentes no discurso desses técnicos e, ao mesmo tempo, analisar como é demonstrada, nesses documentos, sua inserção no aparato repressivo do Estado autoritário. Para isso, propomos uma nova abordagem dessa censura musical, realizando, em conjunto com análises qualitativas, uma leitura serial e quantitativa das fontes produzidas pelo serviço censório, estabelecendo tendências, repetições, rupturas e mudanças graduais nas dinâmicas da atividade. Estas oscilações, além de reflexos das políticas repressoras do Estado, também lançam luz, por um lado, sobre as relações que os técnicos travavam com a tradição censória...

Censura e imprensa na ditadura militar brasileira : o golpe de Estado chileno pelas páginas do Correio do Povo e Zero Hora (setembro de 1973)

Antoniolli, Gabriel Bandeira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.23%
A presente monografia aborda a questão da censura durante a ditadura militar brasileira, tendo como fonte os jornais gaúchos Correio do Povo e Zero Hora e sua cobertura jornalística a respeito do golpe de estado ocorrido no Chile em 11 de setembro de 1973. Para tanto, o recorte temporal estabelecido foi o mês de setembro de 1973, onde se busca identificar as possibilidades de publicação de notícias por parte dos referidos periódicos, dentro de um contexto de forte censura e repressão no Brasil. Através da verificação de assuntos considerados pelos órgãos responsáveis pela censura no governo brasileiro como proibidos para divulgação na imprensa, podemos identificar que os mesmos temas foram abordados por ambos os jornais ao se referirem ao país vizinho. Como forma de realizar esta proposta, foi verificada bibliografia a respeito do regime militar brasileiro e chileno, das relações entre história e imprensa, da censura, do histórico dos diários escolhidos e do trabalho com jornais como fonte de conhecimento histórico. Foram consultados autores como Fico, Aquino, Capelato, Smith, Orlandi, Caparelli, entre outros.

Aspectos permissivos e restritivos da relação da ditadura civil-militar com a inserção internacional do cinema brasileiro : a criação da Embrafilme e a atuação da censura de 1964 ao "Pra Frente, Brasil"

Ternes, Andressa Saraiva
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.23%
No início da década de 60, um grupo de jovens cineastas dispostos a mudar os rumos do cinema brasileiro e da própria realidade social e política de seu público despontava de forma inédita no cenário internacional, conquistando a crítica dos festivais de cinema europeus. Durante a década de 70, o grupo que ficou conhecido como Cinema Novo sofreu transformações em decorrência da política cultural do regime instaurado com o golpe de 1964. Com uma proposta de desenvolvimento industrial para o cinema brasileiro, a ditadura civil-militar criou, em 1966, o Instituto Nacional de Cinema (INC) e, em 1969, a Empresa Brasileira de Filmes (EMBRAFILME). Esta tinha como finalidade a divulgação do cinema brasileiro no exterior. Paralelamente, a atividade da censura selecionava o que o público interno deveria ver. Da mesma forma, era a censura que liberava a exibição no exterior das películas brasileiras, através da chancela “Livre para Exportação.” Dispostos a seguir com sua proposta verdadeiramente nacional de cinema brasileiro, determinados diretores do Cinema Novo decidiram-se por buscar o diálogo com o Estado. Como resultado, suas obras alcançaram êxitos internacionais não concedidos à outra ordem de produção cinematográfica. Notou-se que as obras de maior repercussão no exterior não apresentavam nenhuma proximidade com a propaganda oficial do regime empreendida no âmbito interno...

A influência da censura em seis traduções brasileiras dos contos dos Irmãos Grimm no século XX

Fromming, Sigfrid
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 342 p.| il., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
37.23%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão, Programa de Pós-Graduação em Estudos da Tradução, Florianópolis, 2014.; A presente tese trata da influência da censura na tradução de Kinder und- Hausmärchen, os contos de fadas dos Irmãos Grimm, abrangendo seis traduções brasileiras entre 1934 e 1998. A tese traça um panorama da parte histórica da censura ocorrida no Brasil, além de abordar uma classificação de censurae propor uma nova para traduções literárias. Também mostra que há relações de poder em todas as traduções. A diretriz principal de análise é do teórico da tradução Peeter Torop, cujos estudos contemplam aspectos descritivos do processo tradutório. Ele aborda a traduzibilidade da cultura através de seis parâmetros, os quais são aqui usados para encontrar indícios de censura praticada pelos seis tradutores brasileiros dos Contos dos Irmãos Grimm analisados aqui. Os resultados mostram fortes indícios de aumento na autocensura durante períodos de censura governamental institucionalizada.
; Abstract : This thesis aims to detectthe influenceof censorshipin translationof Kinderund-Hausmärchen, the fairy talesof the BrothersGrimm, covering six Braziliantranslationsfrom 1934 to1998.The thesisprovides an overviewof part of the historyof censorshipthat occurredin Brazil.It alsoproposes acensorship classificationandshows that there arepower relationsin alltranslations. The analysisofthe main theoreticalguidelineis taken from PeeterTorop...

Da censura em democracia:O ocidente e a III república portuguesa

Silva, David José Caldas Baptista da
Fonte: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas Publicador: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 11/07/2013 POR
Relevância na Pesquisa
37.33%
Dissertação de Mestrado em Ciência Política; Censura. Instituição antiga na Europa, exportada para o Novo Mundo, desapareceu finda a Segunda Guerra Mundial. Ou será que não? A verdade é que somos frequentemente confrontados com actos por parte daqueles com Poder, que podem ser vistos como actos de censura. No Ocidente, em geral, a prática da censura não é algo do passado. Observamo-la umas vezes com base no princípio do direito à Segurança de que todos gozamos, outras vezes com base na necessidade de proteger de atitudes e obras menos próprias aqueles que ainda não têm capacidade de o fazer sozinhos. É o que acontece nos EUA onde a FCC multa televisões e rádios por difusão de linguagem obscena. Ou, na Europa, no Reino Unido, onde a BBFC, que pode banir filmes considerados impróprios. Sentimos também o braço da censura quando, por exemplo, na Alemanha, alguém é proibido de questionar os acontecimentos no III Reich, ou quando na Áustria se ordena a prisão de alguém por negar o holocausto. E Portugal? Onde está Portugal neste panorama? Terá a III República abolido realmente a censura? Porque proíbe então a Constituição Portuguesa, organizações fascistas? Porque são “silenciados” comentadores e artistas? Haverá ainda...

O agir jornalístico face à censura: o caso do Notícias da Amadora

Gonçalves, Orlando César Antunes
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
37.28%
Tese de doutoramento em Sociologia; Esta tese é sobre a acção desenvolvida pelo «Notícias da Amadora», no contexto da ditadura salazarista e no quadro da sua relação com o aparelho censório. A matéria empírica mostra que a intervenção da censura não se limitou ao exame dos textos informativos. Desempenhou um papel central de controlo político, económico, social e ideológico. Controlou as empresas e as pessoas, designadamente o acesso aos cargos de direcção, como aconteceu no «Notícias da Amadora». A censura, a propaganda e a polícia política constituíram um recurso de poder, utilizado por Salazar e Caetano para controlo e formação da opinião pública. No estudo analisam-se as provas censuradas existentes nos arquivos do «Notícias da Amadora» e do SNI/Direcção dos Serviços de Censura. A análise aos textos censurados e demais documentação evidencia uma acção política e comunicacional marcada pela inscrição de temas no espaço público. Conclui-se que se assumiu como um jornal de oposição ao salazarismo. A informação e temas sujeitos a cortes mostram que a orientação editorial do «Notícias da Amadora» exprimia uma clara diferenciação em relação à agenda dos poderes políticos e económicos e era influenciada por uma acção que tinha por objectivo a mudança social. A censura a que o jornal foi sujeito evidencia os métodos e a gramática censória...

Viabilidade da aplicação de mecanismos de censura Tipo I e aleatória em dados entomológicos

Pereira,Paulo José; Vivanco,Mário Javier Ferrua
Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2003 PT
Relevância na Pesquisa
37.23%
Apesar da grande quantidade de pesquisas e trabalhos publicados sobre o tempo de vida na área da entomologia, não é comum encontrar algum que tenha utilizado as técnicas de Análise de Sobrevivência. Com este trabalho, objetivou-se avaliar a possibilidade de aplicar mecanismos de censura em dados entomológicos e estudar a viabilidade da aplicação do teste log-rank. Foram utilizados dados reais entomológicos sem censura de machos e fêmeas da Ceraeochrysa cubana e, a partir deles, montou-se uma sub-rotina em SAS®, na qual, por meio de simulação, introduziram-se as censuras aleatória e do tipo I, aplicando, assim, o teste log-rank para comparação das curvas resultantes e para diferentes porcentagens de censura. Utilizando os dados reais e os gerados por simulação, foi detectado que, com um aumento da presença de censura, a precisão do teste log-rank foi diminuindo.

Erotismo sob censura na imprensa brasileira (1985-1990)

Klanovicz,Luciana Rosar Fornazari
Fonte: Programa de Pós-Graduação em História Social da Universidade Federal do Rio de Janeiro Publicador: Programa de Pós-Graduação em História Social da Universidade Federal do Rio de Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.23%
Neste artigo discutem-se as formas pelas quais a imprensa escrita, especialmente a revista Veja, deu visibilidade ao tema do erotismo na cultura brasileira de meados dos anos 1980. Em tempo de suspensão da censura estatal, a revista expunha reportagens sobre o erotismo nas produções culturais, com ambiguidades. O tema transbordava para o debate sobre a abertura e, longe de oportunizar o trato explícito sobre o erotismo, a revista expunha argumentos baseados em cartas de leitores e outros setores em defesa dos benefícios da censura sobre alguns produtos polêmicos. Argumento que as opiniões sobre o erotismo em produções culturais têm relação direta com o debate sobre a redemocratização, a censura e a liberdade de expressão no Brasil, que marcava nessas produções a oportunidade e as tensões na busca por limites decorrentes do fim da censura com o processo de redemocratização.

Censura de Livros durante a ditadura militar : 1964-1978.

Mercedes Dias Ferreira Otero, Maria; Cortez Silva, Sílvia (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.46%
A censura praticada no Brasil durante a ditadura militar, foi um instrumento de coerção, recurso de repressão política, defendida pelo governo militar como necessária, por razões de segurança nacional. Desde o AI-2, em 1965, aprofundando-se no AI-5, em 1968, o aparelho judiciário procurou criar bases legais para censurar, agregando a violência física a violência simbólica, através da legislação censória. Este estudo trata do período que vai de 1964, após o golpe militar, ao fim da censura, anunciado nos últimos dias de 1978. Neste período vamos analisar a censura feita aos livros, cujo divisor de águas foi o Decreto Lei do Ministério da Justiça, no 1077 de Janeiro de 1970, que instituiu a censura prévia e ampliou o conceito de subversão, estendendo-o a moral e aos bons costumes. O ponto de partida para este estudo foi a evidência de que, apesar da censura exercida sobre livros, a indústria editorial cresceu extraordinariamente. A tese central defendida é a de que a censura a cultura, nunca se processou apenas no âmbito do Ministério da Justiça, através da Policia Federal. Ela deslizou, de forma mais complexa e sutil, para o Ministério da Educação e Cultura, conduzida, no caso dos livros...

Viabilidade da aplicação de mecanismos de censura Tipo I e aleatória em dados entomológicos

Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
PT
Relevância na Pesquisa
37.23%
Apesar da grande quantidade de pesquisas e trabalhos publicados sobre o tempo de vida na área da entomologia, não é comum encontrar algum que tenha utilizado as técnicas de Análise de Sobrevivência. Com este trabalho, objetivou-se avaliar a possibilidade de aplicar mecanismos de censura em dados entomológicos e estudar a viabilidade da aplicação do teste log-rank. Foram utilizados dados reais entomológicos sem censura de machos e fêmeas da Ceraeochrysa cubana e, a partir deles, montou-se uma sub-rotina em SAS®, na qual, por meio de simulação, introduziram-se as censuras aleatória e do tipo I, aplicando, assim, o teste log-rank para comparação das curvas resultantes e para diferentes porcentagens de censura. Utilizando os dados reais e os gerados por simulação, foi detectado que, com um aumento da presença de censura, a precisão do teste log-rank foi diminuindo.

Censura

Nodari, Alexandre
Fonte: Florianópolis Publicador: Florianópolis
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
37.33%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão. Programa de Pós-Graduação em Literatura; A presente tese se insere no esforço teórico recente de reconceituar a censura, para além dos modernos estreitamento semântico e conotação negativa associados à palavra. Para tanto, partindo da premissa metodológica benjaminiana de que o saber exige uma integração de áreas, a pesquisa aqui apresentada se deu em múltiplos fronts: os casos de censura durante a ditadura militar brasileira e o discurso oficial que a fundamentava; a formulação da censura pela teoria política moderna; o caso clássico do banimento dos poetas da República de Platão; a reivindicação da função censora por artistas e jornalistas; a magistratura do Censor da Roma antiga; o conceito psicanalítico de censura; a relação entre censura e direitos autorais, etc. A investigação produziu como resultados tanto uma visão sincrônica da censura, em que esta aparece como suplemento constitutivo da lei que age sobre os costumes, com-formando os sujeitos (no duplo sentido) a uma hierarquia do sensível, quanto um olhar diacrônico a respeito dela, em que o atual processo de eufemização da linguagem apresentou-se como a estratégia censória de um tempo que prescinde de órgãos censores propriamente ditos.; In the past decades...

Entre o imoral e o subversivo : a Divisão de Censura de Diversões Públicas (DCDP) no regime militar (1968-1979)

Vieira, Nayara da Silva
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
37.41%
Dissertação (mestrado)-Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de História, 2010.; Este trabalho trata dos modos de operação da censura de diversões públicas no Brasil durante parte da Ditadura Militar, entre os anos 1968 e 1979, anos que correspondem a vigência da legislação de censura prévia. O cerne da análise vem a ser o estudo das formas de organização burocrática da censura, com foco na Divisão de Censura de Diversões Públicas (DCDP). A partir da leitura crítica de pareceres de censura e de estudos a respeito dos mecanismos e formas de atuação vivenciadas pelos censores servidores da instituição DCDP examinou-se, além das suas apresentações espaçotemporais, suas ferramentas essenciais de trabalho: a legislação e a inserção do ideário ditatorial em uma cultura institucional censora já organizada no Brasil. Esta análise se deveu ao caráter institucional da DCDP; por ser sido a Censura de Diversões Públicas um fenômeno social executado, em grande parte, por meio de formas simbólicas e também como procedimento estritamente marcado por influências ideológicas, sejam elas provenientes do poder ditatorial instalado ou de outros setores da sociedade. A operacionalização do não produziu documento primordial no escopo das fontes utilizadas na abordagem da censura sobre as manifestações culturais do país - o parecer de censura...

Censura(s) en la traducción al/del vasco

Uribarri Zenekorta, Ibon
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em //2013 SPA
Relevância na Pesquisa
37.39%
La censura es un fenómeno de larga tradición en España, y la lengua vasca ha sufrido también a causa de ella. En este trabajo nos centramos en la forma que toma la censura durante la dictadura franquista y en la influencia que tiene sobre la edición en lengua vasca, con especial atención a la traducción. En un primer momento se describe el estado de la investigación sobre el tema y se discuten algunos problemas metodológicos vinculados al objeto de estudio. Seguidamente se hace un repaso histórico de la censura sobre el libro escrito en vasco, con ejemplos de distintas épocas. A continuación se desarrollan tres temas desde una perspectiva sistemática: la censura de la lengua vasca, la censura de las traducciones al vasco y el papel de la traducción en los procesos de censura. Para finalizar se defiende que la censura es un fenómeno social sistémico, que su aplicación en los estudios de traducción requiere un concepto amplio de la misma y que la censura aplicada en las traducciones, lejos de ser un asunto meramente histórico, tiene plena actualidad.; Censorship is a phenomenon with a long tradition in Spain and the Basque language has also suffered because of it. In this paper we focus on the form taken by censorship during Franco’s dictatorship and its influence on Basque language publishing...

El teatro catalán y la censura franquista. Una muestra de los criterios de censura de textos destinados a la representación (1966-1977)

Foguet i Boreu, Francesc
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf
Publicado em //2015 SPA
Relevância na Pesquisa
37.28%
Se adjuntan también los anexos citados en el artículo, pero no incluidos en el número de la revista, con las listas de la obras presentadas a censura: 1. obras prohibidas, 2. obras autorizadas con supresiones, y 3. obras autorizadas. Esta información parte del extracto de los comunicados oficiales enviados al delegado provincial del Ministerio de Información y Turismo en Barcelona de las autorizaciones de escenificación de textos presentados a censura que dirimía la Dirección General competente en la materia; El presente artículo analiza el efecto de la acción de la censura en una muestra de obras destinadas a la escena catalana durante el período 1966-1977. Se basa en las resoluciones oficiales comunicadas a la Delegación Provincial del Ministerio de Información y Turismo de Barcelona y se ciñe a los textos en catalán. Para inferir las limitaciones y los criterios censorios, se clasifica la muestra en tres grandes bloques: 1) “prohibidas”, 2) “autorizadas con supresiones” y 3) “autorizadas sin recortes”. Si en el primer bloque se intenta deducir, de la lectura de las piezas, las razones que podían motivar la transgresión de las “normas” prohibitorias, en el segundo se detalla el sentido que tomaban las supresiones y en el último se describe la casuística de impedimentos para su representación; This essay analyses the effects of censorship on a sample of works intended for performance in Catalan scene from 1966 to 1977. It is based on oficial resolutions sent to the Provincial Delegation of the Ministry of Information and Tourism in Barcelona and it is limited to texts in Catalan. In order to infer the limitations and censorship criteria...

WE'RE NOT GONNA TAKE IT : La censura franquista en la música pop-rock anglosajona. Testimonios, censura y medios de comunicación (1939-1975)

Ramis Plomer, Aina
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: info:eu-repo/semantics/bachelorThesis; Text Formato: application/pdf
Publicado em //2014 SPA
Relevância na Pesquisa
37.36%
El present treball té com a finalitat la investigació de la censura que va caracteritzar els mitjans de comunicació durant l'època franquista enfocada a la música pop-rock anglosaxona. Es pretén explicar de quina manera aquesta censura va caracteritzar l'Espanya de Franco. S'aporten testimonis orals que ajuden a reforçar la censura que expliquen les fonts documentals.; El presente trabajo tiene como finalidad la investigación de la censura que caracterizó los medios de comunicación durante la época franquista enfocada a la música pop-rock anglosajona. Se pretende explicar de qué manera esta censura caracterizó la España de Franco. Se aportan testimonios orales que ayudan a reforzar y entender la censura que explican las fuentes documentales.; This work aims to research the censorship that characterized the media during the Franco era focused on English pop-rock music. We want to explain how this censorship characterized Franco's Spain. We give oral testimonies that help to understand the censorship that's in the documentary sources.

Censorship dispute and the cry for silence; Censura em disputa e clamor pelo silêncio

Paganotti, Ivan
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 13/06/2012 POR
Relevância na Pesquisa
37.28%
Repression and Resistance: Books Censorship in the Military Dictatorship focus censorship processes against fiction books during the Brazilian military regime. Besides the literary evaluations conducted by State censors, the study also presents letters that were sent by members of the civil society recommending the censorship of books considered to be offensive or asking for the release of forbidden works. This documentation allows a fruitful analysis of censorship capillarity, its broad and flexible regulation, and the discussion of its legitimacy in a period when the government repression even sought to control the very visibility of its censorship practice.; Repressão e Resistência: Censura a Livros na Ditadura Militar foca os livros de ficção que eram alvo de processos de censura movidos durante o regime militar brasileiro. Além dos pareceres dos censores estatais, são apresentadas também cartas enviadas por representantes da sociedade civil recomendando a censura de livros considerados ofensivos ou pedindo a liberação de obras proibidas. Essa documentação sedimenta um terreno fértil para análises sobre a capilaridade da censura, a abrangência e flexibilidade de seus critérios, e a discussão de sua legitimidade mesmo em um período em que a repressão buscava controlar a própria visibilidade da censura.

Quando a moral e a política se encontram: a centralização da censura de diversões públicas e a prática da censura política na transição dos anos 1960 para os 1970

Garcia, Miliandre
Fonte: Dimensões Publicador: Dimensões
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 06/10/2014 POR
Relevância na Pesquisa
37.33%
A partir de 1967, ano-chave dos debates sobre censura, as divergências internas entre instâncias censórias sofreram um movimento inverso à centralização da censura, enquanto aquelas perdiam espaço de manifestação, esta se encontrava em vias de consolidação. É de extrema importância ressaltar que, durante o regime militar, a centralização da censura de diversões públicas correspondeu à necessidade dos governos de assumir o controle nacional sobre a produção artística supostamente transgressora dos princípios ético-morais e também político-ideológicos que, se antes e com alguma reserva, estes podiam ser examinados separadamente, a partir desta data eles aparecem cada vez mais imbricados.