Página 1 dos resultados de 187 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Mitigação de riscos e catástrofes naturais: análise numérico-experimental de roll waves evoluindo em canais inclinados

Fiorot, Guilherme Henrique
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 185 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
56.67%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Engenharia Mecânica - FEIS; As corridas de lama e os deslizamentos de terra, corriqueiros nas épocas de chuvas, vêm sendo observados e despertando atenção na mídia e órgãos públicos em função do número crescente de vítimas registrado. Trata-se de eventos naturais que atingem, cada vez mais, núcleos soci- ais vulneráveis. Esta dissertação de mestrado faz uma abordagem mecanicista destes eventos, modelados matematicamente como escoamentos em canais inclinados. Quando colocados em condições favoráveis de inclinação e vazão, este tipo de escoamento pode constituir um domínio propício à propagação de instabilidades na sua superfície livre que, eventualmente, podem vir a se tornar um tipo específico de ondas denominado na literatura de roll waves. Estas ondas, de comprimento de onda e amplitude bem definidos, são especialmente afetadas pelas caracte- rísticas do escoamento e do fluido. As lamas (soluções hiperconcentradas de matriz argilosa) constituídas quando daqueles eventos naturais são caracterizadas como fluidos fortemente não- newtonianos do tipo Herschel-Bulkley (COUSSOT; PIAU...

Estabilidade e controle dinâmico de roll waves

Ferreira, Fabiana de Oliveira
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 204 f.
POR
Relevância na Pesquisa
46.67%
Pós-graduação em Engenharia Elétrica - FEIS; Nesta tese propõem-se investigar os escoamentos com superfície livre de fluidos newtonianos e hiperconcentrados de reologia não-newtoniana, com aplicação no âmbito de catástrofes naturais. Esta temática apresenta duas vertentes: uma visão das ciências sociais sobre riscos e catástrofes e seus impactos de ordem econômica e social; uma segunda vertente no plano da engenharia (visão mais mecanicista) que trata do estudo dos escoamentos de fluidos lamosos em corredores de lavas torrenciais, canais e encostas íngremes, com presença de um tipo específico de instabilidade na superfície livre, as roll waves. O fenômeno roll wave é caracterizado por sua configuração periódica, com frentes de ondas que se deslocam com elevada velocidade. Assim, a capacidade destrutiva do escoamento é potencializada com a presença destas instabilidades. Nesta tese procura-se identificar as condições de geração destas ondas e suas propriedades através de modelagem matemática e numérica. Para se estabelecer um modelo matemático que represente o fenômeno em questão, parte-se das equações fundamentais de conservação da massa e quantidade de movimento (equações de Cauchy), levando-se em consideração as hipóteses de águas rasas...

Riscos ambientais

Pfluck, Lia Dorotéa
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 272 f.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
46.54%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Geografia.; O tema riscos ambientais, e, entre eles, as desigualdades sociais e catástrofes naturais, tem sido uma preocupação mundial. No Brasil diversas pesquisas se voltam a problemas urbanos decorrentes da ocupação de espaços sem a devida consideração socioambiental. E, na relação com o sistema econômico, a estrutura e a qualidade ambiental se caracterizam como pobreza do e no urbano. O município de Marechal Cândido Rondon, situado no Oeste do Paraná, foi colonizado, efetivamente, a partir de 1950, e desde a década de 1980 a população urbana supera a rural e hoje representa mais de 90% do total. A cidade está localizada sobre o divisor de águas. No estudo sobre a cidade de Marechal Cândido Rondon estão as questões relacionadas à ocupação de áreas impróprias para o povoamento concentrado, como as de voçorocas e as em declive, relacionadas a eventos de chuvas concentradas, que passaram a ser ocupadas desde então. Aliada a estas questões tem-se também a grande quantidade de fossas negras (aproximadamente 14.000 unidades) ou sumidouros de esgoto doméstico, cuja função é absorver e depurar o mesmo e contribuir com o reabastecimento dos lençóis subterrâneos. Os aspectos físicos e as formas de ocupação do solo resultam em áreas vulneráveis e de riscos ambientais. As áreas de maior risco de alagamento e de desabamento atingem os moradores urbanos de uma forma geral...

Identificação e análise de demandas sócio-ambientais de ordem pública em áreas urbanas suscetíveis a desastres naturais no município de Joinville, Santa Catarina

Sperfeld, Adilson Schlickamnn
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 139 f.| il., grafs., tabs., mapas
POR
Relevância na Pesquisa
46.48%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-graduação em Urbanismo, História e Arquitetura da Cidade, Florianópolis, 2009; A questão ambiental está cada vez mais presente no cotidiano da população brasileira, principalmente quando nos deparamos com a intensidade com que os problemas socioambientais, sobretudo os urbanos, afetam as condições e a qualidade de vida dos indivíduos e de grupos sociais. A cidade de Joinville cresceu sob a égide da industrialização fazendo a economia desenvolver rapidamente e demandar mão de obra para as fábricas. A necessidade de moradia para esses novos joinvilenses impulsionou o mercado imobiliário que se desenvolveu a base de loteamentos de baixo custo. Parte desses loteamentos foi implantada a margem do planejamento urbano, que por anos não tiveram sua legalização junto à Prefeitura Municipal de Joinville. Os riscos advindos da ocupação dessas áreas vêm à tona quando da ocorrência de fenômenos naturais, sejam na forma das marés de tempestade no corpo da Baia da Babitonga ou nos períodos prolongados e intensos de chuvas que provocam toda ordem de deslizamentos e inundações. A ocupação de áreas de risco, gera baixa valoração imobiliária que acaba sendo ocupada por populações em risco social...

A percepção social dos riscos naturais: Portugal e Tuvalu

Ribeiro, Rodrigo Rudge Ramos
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
46.5%
O presente estudo trata do tema da percepção dos riscos naturais. Foi efectuado uma revisão bibliográfica sobre percepção dos riscos naturais, refugiados climáticos e alterações climáticas em Tuvalu. Posteriormente foi realizado um inquérito na comunidade académica da Universidade de Aveiro sobre riscos naturais, num contexto global e regional e uma consulta em Tuvalu por inquéritos electrónicos. Também foi feita uma consulta em Tuvalu, através de inquéritos electrónicos. Procurou-se compreender a percepção social dos riscos naturais, dos refugiados climáticos e do fenómeno de subida do nível das águas do mar neste inquérito. Duas realidades distintas são analisadas, a realidade dos riscos enfrentados por Portugal e a realidade dos riscos enfrentados por Tuvalu, com o intuito de perceber qual o percepção da sociedade sobre o tema. Os resultados deste estudo permitiram compreender a percepção dos inquiridos sobre riscos naturais, alterações climáticas em Tuvalu e sobre os refugiados climáticos. A percepção de um mesmo risco natural, como o caso da subida do mar, pode ser diferente para cada região. Verificou-se que a percepção das alterações climáticas em Tuvalu é pouco conhecida pela comunidade académica da Universidade de Aveiro e que esta acredita que os impactos da subida do nível do mar para Portugal e Tuvalu não os mesmos. A distância geográfica influencia a percepção do risco pela população...

Matemática do Planeta Terra. Aplicações Estatísticas em Análise de Catástrofes Naturais. O caso da Ocorrência e impacto dos incêndios sobre a Floresta em Portugal. Matemática e o Planeta Terra

Oliveira, Manuela; Natário, Isabel; Susete, Marques; Borges, José; .Botequim, Birgite; Gonzalo, Jordi; Margarida, Tomé; José, Tomé; Clarige, Demétrio
Fonte: IST Press Publicador: IST Press
Tipo: Parte de Livro
POR
Relevância na Pesquisa
46.81%
Muito antes do aparecimento do Homem na Terra já vários acontecimentos geofísicos como cheias, sismos, secas, etc. ocorriam, ameaçando a fauna e flora existente então. Passado bastante tempo a presença humana transformou estes acontecimentos geofísicos em desastres/catástrofes naturais. O nosso planeta é cenário de vários processos dinâmicos como os causados por catástrofes naturais, nomeadamente o surgimento de terramotos, tsunamis, tempestades, cheias, fogos, etc.. A redução dos desastres naturais tem forçosamente de passar pela prevenção e, para a sua aplicação, é necessário conhecer bem a vulnerabilidade da entidade ameaçada. Nesta tarefa, naturalmente multi-disciplinar, a matemática desempenha um papel central no esforço científico para entender e lidar com os processos envolvidos. Em particular, destaca-se a estatística como a ciência que permite modelar, estimar e fazer previsão sobre o conjunto destes fenómenos (determinísticos ou aleatórios) e das suas dinâmicas, com base em dados observados anteriormente sobre os mesmos.

Desastres Naturais em Timor Leste: Implicações e desafios para o sec. XXI

Rodrigues, Domingues; Nogueira, Pedro
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Aula
POR
Relevância na Pesquisa
46.45%
Timor Leste situa-se numa zona de elevada perigosidade e vulnerabilidade aos desastres naturais, quer pela sua localização geográfica, muito perto da zona de convergência de placas tectónicas, que são zonas de vulcanismo ativo e de grande atividade sísmica, quer pela densidade populacional e ausência de políticas e meios de prevenção e mitigação eficazes contra eventos catastróficos. Os desastres naturais que mais afetam o território de Timor Leste são provocadas por: inundações, ciclones (tempestades), movimentos de massa, sismos e tsunami. A rede viária de Timor Leste está e é todos os anos seriamente danificada por movimentos de vertente. Durante largos períodos do ano o acesso à costa Sul é extremamente difícil e/ou impossível nalguns casos. A capital Díli é frequentemente afetada por inundações e movimentos de vertente que provocam vitima e elevados prejuízos económicos. O ordenamento do território e a gestão de emergências, como medidas não estruturais, são um dos desafios deste início de século para Timor Leste, sendo por isso essenciais na minimização e mitigação do impacte das catástrofes naturais.

Catástrofes naturais: Contributos para um modelo de segurança e ordem pública

Silva, Fernando
Fonte: Academia Militar. Direção de Ensino Publicador: Academia Militar. Direção de Ensino
Tipo: Outros
Publicado em 01/08/2011 POR
Relevância na Pesquisa
66.99%
O Homem e as catástrofes naturais travam, desde há longos anos, uma batalha dura e mortífera. Os conceitos vão evoluindo, a tecnologia evolui e o homem também, no entanto, os resultados das catástrofes naturais pouco ou nada se conseguem alterar, muitos autores defendem que estamos hoje mais frágeis. Só uma expugnação da consciência geral na sociedade moderna poderá inverter esta situação. O primeiro ensejo da presente investigação reúne uma actualização de conceitos, e uma avaliação teórica actual, admitindo considerações acerca das verdadeiras dimensões de uma adversidade à condição humana, que há muito fustiga o seu modo de vida. A pesquisa expõe a segurança e a actividade das Forças de Segurança em situações de grande complexidade, incidindo na orgânica do sistema de protecção civil em três níveis: estrutura de comando, interligação dos agentes e estrutura de segurança. Assim, ao nível do comando único, o actual sistema de protecção civil funciona de forma agilizada contribuindo garantidamente para a eficiência do Sistema. Já o conceito de comando único municipal, previsto na Lei, não está a ser aplicado numa maioria dos municípios portugueses e em bom da verdade...

Recolha e Distribuição Automática de Informação/Dados de Suporte a um Sistema de Alerta Precoce de Catástrofes

Carvalho, Sandro Carlos Santos de
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
57.03%
Dissertação de Mestrado em Engenharia Electrotécnica e de Computadores; O planeta Terra é o único conhecido em que existe vida humana. Ao longo dos anos, o Homem tem convivido em harmonia com este planeta aparentemente tranquilo. No evoluir da história, inúmeras foram as catástrofes naturais que assolaram a nossa espécie. No entanto, motivado pelo agravamento das condições do planeta que se têm verificado nos últimos anos, tem-se assistido a um aumento do número e intensidade das catástrofes naturais, com graves prejuízos materiais e perdas humanas. Face ao exposto, existe uma reconhecida necessidade de melhorar ou estabelecer novos Sistemas de Alerta Precoce. Foi verificada a não existência de um tratamento normalizado na recolha e tratamento de dados, para posterior análise e emissão de alertas, nem a aceitação de uma arquitectura, nem em termos de dados nem em termos de sistema, que permita uma integração com outros sistemas congéneres, de modo a efectuar uma análise consistente sobre territórios mais alargados. Assim, pretende-se propor uma Arquitectura Geral de um Sistema de Previsão e Alerta de Catástrofes Naturais, com especial ênfase na Recolha de Dados Igualmente, partindo do conhecimento da existência de diversas fontes de dados cuja aplicação se limita a uma Finalidade restrita...

A intervenção do serviço social em situações de catástrofe natural

Nogueira, Rita Carvalho Marques
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
46.54%
Mestrado em Serviço Social; As catástrofes naturais são situações de enorme gravidade com grandes repercussões a nível humano e material, mas também a nível social e comunitário, as suas consequências são muitas vezes devastadoras, e por vezes impossíveis de reverter. Uma comunidade nunca estará imune à imprevisibilidade que caracteriza uma catástrofe natural, pode, no entanto, preparar-se para que a sua fragilidade diminua. Essa preparação passará inevitavelmente por uma estrutura de intervenção organizada e planeada previamente e cujo principal objectivo será o de diminuir o sofrimento humano, quer por consequência directa, como será o caso das vítimas e seus familiares, quer por consequência indirecta como é o caso de todo o tecido social afectado, nomeadamente comunidades e infra-estruturas. A intervenção do Serviço Social mostra-se imprescindível e é premente a sistematização da sua estrutura de intervenção e aplicabilidade junto do já previsto enquanto intervenção de emergência em situações de catástrofe natural, nomeadamente nas áreas de segurança, busca e salvamento. O serviço social reclama para si a intervenção nestas situações de desequilíbrio generalizado, pela amplitude da sua actuação e pela forma de entender o ser humano a as suas necessidades. A sua função reguladora pode ter efeito em diferentes níveis...

Catástrofes naturais em saúde pública : impactos e planos de emergência : caso de estudo : São Miguel-Açores

Silva, Ana Sofia de Jesus
Fonte: Universidade Nova de Lisboa. Escola Nacional de Saúde Pública Publicador: Universidade Nova de Lisboa. Escola Nacional de Saúde Pública
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
67.01%
RESUMO - Nos últimos anos, as catástrofes naturais têm sido a causa frequente de problemas de Saúde Pública; além disso representam um sério obstáculo ao desenvolvimento das comunidades atingidas, na medida em que consomem ponderáveis recursos para a mitigação dos danos sofridos. Pode-se dizer que não existe nenhum país que não esteja exposto ao risco de catástrofes naturais, tais como Sismos, Tsunamis, Erupções Vulcânicas, Movimentos de Vertentes, Ciclones Tropicais, Ondas de Frio e de Calor, Secas e Inundações, e como tal, este é um problema global emergente. Como, actualmente, é impossível prever e controlar a ocorrência destes fenómenos, as acções humanas têm de ser direccionadas para a implementação de soluções que possam mitigar e/ou prevenir o seu impacto na sociedade. A integração do lugar, do espaço e do tempo na Saúde Pública, como componentes de investigação relativas aos problemas da população, são uma ferramenta metodológica importante no auxílio do planeamento, monitorização e avaliação das acções em saúde. O que está em causa neste estudo é o pensar, o preparar e o adaptar os nossos territórios e populações a cenários de crise que podem aparecer sem aviso prévio. Este trabalho é...

Catástrofes Naturais - inundações e tempestades: abordagem ao seu impacto no mercado segurador português

Nogueira, Marília Clara Cardoso
Fonte: Universidade Nova de Lisboa Publicador: Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 17/05/2013 POR
Relevância na Pesquisa
66.94%
Dissertação apresentada como requisito parcial para obtenção do grau de Mestre em Estatística e Gestão de Informação; A atividade seguradora é uma das mais importantes atividades económicas existentes, tendo acompanhado o progresso da Humanidade desde que há memória de existirem transações comerciais. Esta atividade permite avultados investimentos, assim como garante a possibilidade de executar grandes obras que, sem o envolvimento do setor segurador não seriam possíveis de realizar, uma vez que os riscos que comportam afastariam a vontade empreendedora de os concretizar. Neste contexto, tendo presente a ocorrência de catástrofes naturais de grandes dimensões como sejam inundações e tempestades, este trabalho aborda qual a resposta seguradora para garantir os bens que podem ser afetados por estes fenómenos, que ramos o mercado segurador desenvolve para dar resposta aos efeitos dessas catástrofes, quais os custos e os impactos que este mercado sofreu no período compreendido entre 2001 e 2010, em Portugal e internacionalmente. Para além destes temas, também são analisados o peso dos seguros na formação do PIB português, qual a importância relativa dos ramos que garantem estas catástrofes no computo geral dos seguros...

Catástrofes naturais e seguros

Rego, Margarida Lima; Silva, Rute Carvalho da
Fonte: Instituto de Ciências Jurídico-Políticas Publicador: Instituto de Ciências Jurídico-Políticas
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em /02/2013 POR
Relevância na Pesquisa
66.76%
Actas do Colóquio "Catástrofes naturais – uma realidade multidimensional" sob a coordenação de Carla Amado Gomes e Rute Gil Saraiva

"Lar doce lar": apego ao lugar em área de risco diante de desastres naturais

Alves, Roberta Borghetti
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 111 p.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
46.45%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Florianópolis, 2013.; Os desastres naturais atingem cada vez mais a população em todo o mundo. Os mesmos ocasionam diversos impactos, seja sob o aspecto dos danos físicos sofridos, aspecto social ou, ainda, pelos danos psicológicos diante das perdas vivenciadas.Neste panorama, profissionais que atuam em situações de desastres naturais deparam-se com pessoas que residem em área de risco e que, mesmo quando notificadas pela Defesa Civil que devem deixar as suas residências, devido ao risco de acidentes fatais, permanecem neste local. Há situações em que gerações de famílias habitaram em uma moradia de risco e os laços afetivos estão tão presentes naquele local que a pessoa prefere morrer a deixar sua casa. Diante desta problemática, esta dissertação buscou compreender as características do apego à moradia localizada em área de risco.O trabalho teve uma perspectiva qualitativa e utilizou-se a abordagem multimétodos para coletados dados: Walkaround-the-block, documentação fotográfica e entrevista semiestruturada. A pesquisa foi analisada por meio da Grounded Theory com auxílio do software Atlas/Ti 5.0®. A análise consistiu no estabelecimento de categorias...

Sistemas de gestão de risco em caso de catástrofes naturais: fichas de inspecção pós-sismo

Santos, Ruben Emanuel Ribeiro
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.81%
Viver no Planeta Terra tem os seus contratempos. As catástrofes naturais são fenómenos de grande impacto, impossíveis de evitar. Cabe a nós seres humanos e habitantes desta “pequena” esfera fazer tudo o que está ao nosso alcance para minimizar as suas consequências, tanto no que concerne a vítimas humanas, como às perdas económicas e materiais. Entre os fenómenos naturais de maior impacto encontram-se os sismos. Estes, podem ser de baixa intensidade, afectando uma zona restrita, mas também podem ser completamente devastadores ao ponto de deixar um país destruído. Com o avanço da tecnologia, é possível nos dias de hoje, prever a ocorrência de um fenómeno deste tipo em escassos segundos, evitando uma catástrofe de maior envergadura. O desenvolvimento de ferramentas de alerta tornou-se uma ajuda importante na previsão da ocorrência de sismos. Por outro lado, esta inevitabilidade de acontecimentos provocou uma enorme solidariedade colectiva na união de esforços, quer na elaboração de planos de emergência, quer na definição de estratégias a seguir. Quando ocorrem é necessário dar uma resposta eficaz e eficiente de modo a avaliar os danos e retomar à normalidade. Surge neste contexto e no âmbito desta dissertação...

O impacto das catástrofes naturais na economia e o processo de reconstrução econômica

Tibola, Bruna Gaspodini
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
47.28%
A questão a ser investigada neste trabalho é como as catástrofes naturais impactam a economia da região na qual ocorrem no curto e longo prazo, identificando fatores negativos e positivos; quais os fatores que determinam a vulnerabilidade econômica à catástrofes naturais; bem como o caminho de reconstrução da economia pós-desastre natural. As catástrofes naturais são fenômenos que sempre, desde o início dos tempos, atingiram a nossa sociedade. São fenômenos sobre os quais o homem não tem controle e que podem ocorrer a qualquer momento, sem aviso prévio. Ao ocorrerem, deixam lastro de destruição por onde passam, abalando a vida das pessoas, da sociedade e também da economia. Neste trabalho, mostrou-se que o risco natural depende de todo o contexto no qual está inserido. Este contexto engloba não só os efeitos naturais como clima, relevo e hidrografia, propensão a catástrofes naturais, mas também a sociedade na qual se encontra e a ação do homem sobre o meio-ambiente. Isso mostra que não são somente questões da natureza que devem ser estudas pelas chamadas ―ciências naturais‖. Esta questão deve ser vista em todo o seu complexo sistema, de forma multidisciplinar, ou seja, estudada em conjunto, inclusive pelas Ciências Econômicas. Estudos já realizados sobre o tema mostram que são vários os fatores que podem interferir na vulnerabilidade de um país ou região a certos desastres naturais. Estes estudos mostram também que existem diferentes formas de avaliar como estes eventos podem influenciar a economia. Justamente por esta gama infinita de fatores geradores...

ASPECTOS DA INTERAÇÃO CLIMA-AMBIENTE-SAÚDE HUMANA: DA RELAÇÃO SOCIEDADE-NATUREZA À (IN)SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL

MENDONÇA, Francisco
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 05/11/2004 POR
Relevância na Pesquisa
46.54%
O clima é um dos importantes elementos formadores do ambiente planetário. Os debates relativos à questão ambiental, notadamente após a década de 1960, têm evidenciado sua importância na análise ambiental, principalmente quando da ocorrência de catástrofes naturais – Natural Hazards. Os impactos do clima sobre a sociedade repercutem, dentre outros, na condição de saúde humana. Este campo de pesquisas – interação entre o clima e a saúde humana – volta a ser objeto de interesse dos geógrafos na atualidade. Aspects of the climate-environment-human health interaction: from nature-society relation to enviromental (un) sustenability Abstract The climate is one of the importants planetary environment elements. The environmental question debates, notably after the sixties, has shown the importance to the environmental analysis, principally when the natural catastrophes – Natural Hazards – occure. The climate impacts over society has repercussion on the human health conditions, among others. This research field – interaction between climate and human health – has been rediscussed by the geographers nowadays.

Catástrofes ambientais na mídia: narrativas das chuvas de 1966 e 2

Pinheiro, Marta de Araujo; Universidade Federal do Rio de Janeiro
Fonte: Revista Mídia e Cotidiano Publicador: Revista Mídia e Cotidiano
Formato: application/pdf
Publicado em 30/11/2015 PT
Relevância na Pesquisa
46.76%
A imprevisibilidade e a devastação das catástrofes demandam uma explicação para dar alguma causalidade ao acontecimento, atribuir-lhe suas origens possíveis e indicar o que poderá ser feito. Diante dessas questões, pretende-se identificar como os meios de comunicação narram os “desastres naturais” a partir do cenário contemporâneo da mudança climática. Uma análise comparativa sobre a cobertura jornalística no “O Globo” de dois acontecimentos ocorridos em temporalidades distintas, e que supostamente sinalizariam concepções singulares sobre as catástrofes naturais, permite identificar as transformações discursivas entre estes dois momentos: os fortes temporais ocorridos no Estado do Rio de Janeiro nos anos de 1966 e 2011

A Ásia, os fenômenos naturais e como o Direito tangenciou a Moral no sistema internacional

Wolff Beckert, Tiago; Universidade de Brasília
Fonte: Meridiano 47; Meridiano 47 Publicador: Meridiano 47; Meridiano 47
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 09/10/2010 POR
Relevância na Pesquisa
56.62%
Este artigo busca analisar o impacto que as recentes catástrofes naturais, que assolaram a Ásia no mês de maio, terão sob a as relações internacionais, no que tange ao comportamento dos diferentes atores mediante à ajuda internacional e às organizações internacionais.

Ainda há catástrofes naturais?

Dupuy,Jean-Pierre
Fonte: Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa Publicador: Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2006 PT
Relevância na Pesquisa
66.84%
Com o terramoto de Lisboa de 1 Novembro de 1755, a questão do mal foi formulada em termos completamente novos, estabelecidos por Rousseau: só há mal moral, e este é da inteira responsabilidade dos homens, incluindo os prejuízos causados pelas catástrofes naturais. Contudo, esta solução estilhaçou-se com as catástrofes morais do século XX. Perante as novas ameaças que põem em perigo a sobrevivência da humanidade, é necessário colocar a questão do mal em novos termos.