Página 1 dos resultados de 31 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

A Gestão Documental na Autoridade Portuária de Barcelona

Charneca, Sara Lúcia Rodrigues
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
26.32%
Este relatório de estágio representa o trabalho desenvolvido na Autoritat Portuària de Barcelona (APB), mais precisamente no Centro de Documentação da Autoridade Portuária de Barcelona, num período de 150 horas, onde tive a oportunidade de passar pelos diferentes serviços de documentação e realizar as tarefas inerentes a uma Instituição com idêntica tipologia àquela onde presto idêntica atividade em Portugal. Descreve-se a empresa e o trabalho desenvolvido no Centro de Documentação (CENDOC), considerando todas as funções desenvolvidas ao nível da gestão documental, na biblioteca, no arquivo intermédio, histórico e no arquivo fotográfico. O serviço de Arquivo agiliza a gestão de um fundo documental com mais de 3.900 metros lineares de documentos textuais, 500 metros lineares de documentação gráfica e cartográfica e 75.000 fotografias. Também gere o Património Cultural Móvel da APB, tanto o fundo documental do Arquivo Histórico (textual e imagens), como as coleções de objetos artísticos de interesse histórico e cultural (pinturas, esculturas, artes decorativas, cartas náuticas, modelos de navios). Toda a documentação do Arquivo Intermédio foi devidamente tratada, higienizada e organizada num novo espaço de arquivo...

Cartas de navegação: planejamento museológico em mar revolto

Cândido, Manuelina Maria Duarte
Fonte: Edições Universitárias Lusófonas Publicador: Edições Universitárias Lusófonas
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
36.52%
Este texto apresenta uma discussão em torno das idéias de planejamento museu como uma carta náutica. Seu objetivo é trazer o debate atual sobre a gestão de museus para um maior escopo de instituições, argumentando que pequenos museus também devem incluir a gestão de suas preocupações. Metodologicamente entendemos Museologia como ciência social aplicada, isso significa que ela é capaz de interferir na realidade e também é baseada em uma forte teoria, que deve estar ligadas com as práticas, a fim de qualificar os museus e, por outro lado, a realidade deve também melhorar a teoria. As cartas náuticas precisam ser flexíveis, bem como o planejamento museológico. Como a Museologia pode ajudar os museus a não se perderem em critérios de gestão que vêm de outras áreas?; This text presents a discussion around the ideas of museum planning as a nautical chart. Its aim is to bring the actual debate about museums management for a widest scope of institutions, arguing that small museums should also to include management in their concerns. Methodologically we understand Museology as applied social science, that means it is able to interfere in the reality and also is based in strong theory that should be linked with practices in order to qualify museums and...

Implementação de modelos digitais de terreno para aplicações na área de geodésia e geofísica na América do Sul. ; Implementation of digital terrain models for applications in geodesy and geophysics in South America.

Matos, Ana Cristina de Oliveira Cancoro de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/06/2005 PT
Relevância na Pesquisa
26.92%
O objetivo desse trabalho de tese foi a coleta de novas informações e a avaliação de dados disponíveis, visando a análise das melhores alternativas para a obtenção de um modelo digital de terreno (MDT) para a América do Sul. O modelo compreendeu a parte continental e oceânica, limitada pelas latitudes de 60º S a 25º N e longitudes de 100º W a 25º W. Na área continental foram usadas informações provenientes de cartas topográficas digitalizadas, do recente modelo Shuttle Radar Topography Mission (SRTM) e do modelo disponível DTM2002. Na área oceânica foram utilizadas informações de profundidade do DTM2002, de cartas náuticas em diferentes escalas, folhas de bordo e o projeto LEPLAC, para o Brasil, e de cartas náuticas na Argentina. O trabalho ensejou um processo intensivo e exaustivo de comparação dos modelos existentes (SRTM, DTM2002, GLOBE, GTOPO30, ETOPO2, JGP95E, TERRAINBASE e ETOPO5) e das novas informações disponíveis. No estudo do SRTM analisou-se 2.013 quadrículas de 1ºX1º da região continental, obtendo-se para cada quadrícula os valores máximo e mínimo da altitude com suas respectivas posições, o valor médio e o número de pontos sem informação, além da representação 3D e do histograma das altitudes. Foi também realizada a comparação das altitudes interpoladas do modelo SRTM com os pontos GPS implantados ao longo dos rios Madeira...

As células de deriva litorânea e a erosão nas praias do Estado de São Paulo; Not available.

Souza, Celia Regina de Gouveia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/05/1997 PT
Relevância na Pesquisa
26.32%
O presente trabalho versa sobre a caracterização morfotextural de 64 principais praias do Estado de São Paulo, compreendidas entre os municípios de Ilha Comprida e Ubatuba. O objetivo principal do trabalho consistiu na identificação das mais importantes células de circulação costeira atuantes neste litoral, bem como no diagnóstico das causas de processos erosivos instalados na costa. Os trabalhos de campo foram efetuados no inverno de 1992 e no verão de 1993, tendo sido levantados 348 perfis de amostragem, nos mesmos locais nas duas etapas. Para este trabalho foram analisadas 1050 amostras de sedimentos praiais, distribuídas entre amostras de inverno e de verão. Durante estas etapas foi possível observar o comportamento das praias e das ondas sob diferentes condições meteorológicas e de maré astronômica. O litoral paulista foi caracterizado quanto aos estados morfodinâmicos de suas praias e compartimento em sete setores morfodinâmicos. A apresentação de todos os resultados do trabalho foi feita com base nessa subdivisão. Foram empregados três métodos de estudo, envolvendo a análise de produtos de sensoriamento remoto (fotografias aéreas e imagens de satélite em papel) e a análise de parâmetros morfológicos e texturais das praias. Entre estes parâmetros...

Interpretação integrada de sísmica de alta-resolução e da morfologia submarina da costa de fiordes na patagônia central - Chile

Vieira, Rosemary
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
26.32%
Este estudo apresenta o uso integrado da sísmica de alta resolução e da morfologia submarina para interpretar a evolução do ambiente glacimarinho da costa de fiordes da Patagônia Central, Chile. Foram analisados registros de perfilador de fundo e subfundo 3,5 kHz e modelos submarinos 3D de sete fiordes adjacentes ao campo de gelo Patagônico Sul (Eyre, Falcon, Penguin, Europa Peel, Calvo e Amalia) e parte do canal Icy. Os registros, com cerca de 300 km de levantamento acústico, foram obtidos pelo Servicio Hidrográfico y Oceanográfico de la Armada de Chile (SHOA), durante o cruzeiro de investigação científica Campo de Hielo Sur, realizado em 1995. Foram identificadas as principais fácies acústicas e geoformas sedimentares. A morfologia submarina e das bacias subaéreas adjacentes foi analisada com a elaboração de modelos tridimensionais subaéreos e submarinos e de perfis batimétricos longitudinais a partir de cartas náuticas, também do SHOA. Foram utilizadas imagens Landsat ETM+ na interpretação da geomorfologia glacial da área de entorno subaérea dos fiordes. O eixo longitudinal dos fiordes exibe morfologia irregular com bacias profundas e mostra fácies acústicas associadas ao sistema de depósitos de zonas de linha de encalhe (grounding line)...

Segmentação morfologica de componentes graficos e textuais de uma carta nautica

Carlos Roberto Cunha Fernandes
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/12/1997 PT
Relevância na Pesquisa
47.08%
Um dos problemas importantes em visão computacional refere-se a separação e reconhecimento corretos de componentes de uma imagem com fundo complexo. O presente trabalho aborda, a partir da teoria da Morfologia Matemática, a segmentação de componentes gráficas e textuais de cartas náuticas, tais como rios, lagoas, estradas de ferro, canais, caracteres, etc. As operações desenvolvidas podem ser associadas, por exemplo, a um sistema eletrônico de manipulação e reconhecimento de cartas náuticas visando, entre outros, o armazenamento da informação em bancos de dados geográficos ou hidrográficos; One of the key problems in computer vision is the recognition and correct separation of an image components from a complex background. The current work presents the segmentation of nautical chart components such as rivers, lakes, railways, canals, text caracters, and so on. We have developed functions that use Mathematical Morphology theory to segment these components. We also use some geodesic operation concepts to keep the connectivity of the components. The operations developed here can be associated to an electronic nautical chart device or to a nautical chart recognition system for data storage in a geographical or a hidrographical database

Cartas nauticas eletronicas : operações e estruturas de dados

Cleomar Marcio Marques de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/11/1995 PT
Relevância na Pesquisa
67.24%
Neste trabalho nós abordamos alguns problemas relativos ao desenvolvimento de um sistema de cartas náuticas eletrônico, através de uma abordagem das suas funções básicas e das estruturas de dados associadas. Com a utilização de cartas náuticas impressas como fonte primária de dados, apresentamos uma seqüência de operações a serem realizadas durante as fases de digitalização, preprocessamento e processamento das imagens. São analisados, ainda, esquemas de representação, considerando as características particulares dessas imagens e as operações a serem realizadas sobre as mesmas; In this work we analyze some problems concerned with the development of an electronic nautical chart system. We consider here some basic functions and data structures related to the operations associated to such a system. By using the printed nautical charts as the data source of the system, we define some operations to be considered during the images digitalization, preprocessing and processing phases. We also analyze some representation schemes based on the particular characteristics of the nautical charts and their operations

Caracterização morfológica e sedimentar do substrato das Baías Norte e Sul (SC) com base em técnicas de análise espacial

Campos, Alexandre Vilci
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 95 p.| il., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
26.32%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Geografia, Florianópolis, 2011; As baías Norte e Sul figuram entre os sistemas hídricos mais expressivos do litoral catarinense. Apesar de sua importância socioeconômica e dos múltiplos usos e impactos aos quais se encontra submetida, a área ainda carece de estudos integradores que contribuam para a avaliação de sua funcionalidade ambiental. O principal objetivo deste trabalho consistiu na aplicação de técnicas de análise espacial em ambiente SIG voltadas ao estudo morfológico e sedimentar da camada de fundo deste sistema buscando um melhor entendimento dos processos atuantes. Para isso foram utilizados dados batimétricos extraídos das cartas náuticas 1903 e 1904 (DHN), dados hidrodinâmicos (corrente de maré residual) e sedimentológicos (diâmetro médio e % lama) além de técnicas de interpolação, correlação e de caracterização do fundo marinho (Benthic Terrain Modelar- BTM). Como resultado, obteve-se: (1) Modelo Digital de Terreno do relevo de fundo das baías; (2) Mapa com a distribuição das Zonas e Estruturas de relevo classificadas pelo aplicativo Benthic Terrain Modeler; (3) Mapa da distribuição da porcentagem de lama e do diâmetro médio; e (4) Mapas de correlação espacial entre variáveis selecionadas. Através da análise dos produtos obtidos pôde-se concluir que as baías diferem entre si tanto morfologicamente como sedimentologicamente. Enquanto a Baía Sul apresenta maior variação batimétrica...

250 Anos da criação da Aula Náutica do Porto

José Moreira de Araújo; Luís Miguel Bernardo; Marisa Monteiro
Fonte: Universidade do Porto Publicador: Universidade do Porto
Tipo: Catálogo
POR
Relevância na Pesquisa
26.82%
A Nautical Class was created in Porto through royal charter, in the 30th of July of 1762, with the purpose of preparing navigation officers to steer war frigates and merchant ships. The Board of Directors of the General Company of Agriculture of the Upper Douro#8217;s Vineyards was responsible for the maintenance of the Nautical Class and for charging the supporting taxes.Pilots coming out of the Nautical Class were part of the crews of the merchant ships that headed towards Brazil or the Baltic Sea. The commercial activity of the latter has enhanced the establishment, in 1787, of a treaty of friendship and commerce between Portugal and Russia. José Monteiro Salazar was, at the time, lecturer of the Nautical Class, also a pilot and a cartographer.Documents related to the Nautical Class are put on display in this exhibition, as well as several nautical instruments, two valuable and unique globes, and a collection of nautical charts first edited in the 17th and 18th centuries.; A Aula de Náutica do Porto foi criada por alvará régio de 30 de Julho de 1762. Esta Aula tinha como objetivo preparar marinheiros para as fragatas e os navios comerciais. A Junta Administrativa da Companhia Geral de Agricultura das Vinhas do Alto Douro era responsável pela funcionamento da Aula e pela cobrança dos impostos que a sustentavam. Pilotos formados na Aula Náutica integraram as tripulações dos navios mercantes que saíam do Porto e rumavam ao Brasil e ao Mar Báltico...

Sistema de apoio à navegação baseado em automatic identification system

Elias, Jorge Rodrigo Marreiros Duarte
Fonte: Faculdade de Ciências e Tecnologia Publicador: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
46.98%
Dissertação de Mestrado Integrado em Engenharia Electrotécnica e Computadores; A segurança marítima é indispensável para as embarcações de transporte de mercadorias e de passageiros devido ao intenso tráfego e aos perigos inerentes ao mar. Este projecto nasceu da necessidade da TRANSTEJO e SOFLUSA terem a bordo dos navios de transporte de passageiros da sua frota um sistema de apoio à navegação e em terra uma ferramenta que ajude à gestão da frota. Foram desenvolvidas duas aplicações para cumprir com os objectivos pretendidos: o SINAIS, sistema de apoio à navegação de bordo que serve para a monitorização da viagem e registo de dados de viagem; o MAIS, uma ferramenta de monitorização do tráfego marítimo e análise dos registos de viagem. Ambas as aplicações recolhem os dados de navegação a partir do sistema de partilha de informações náuticas Automatic Identification System. Foi ainda desenvolvida uma aplicação de suporte, o Calibrador de Mapas, para referenciar geograficamente e preparar as cartas náuticas para o SINAIS e para o MAIS. O SINAIS foi instalado num navio da Soflusa, tendo-se verificado ser um importante complemento aos restantes equipamentos de bordo. O MAIS foi testado como ferramenta de gestão de frotas pela Soflusa e Transtejo. Ambas as aplicações permitem o aumento da segurança marítima nas embarcações.

A carta náutica de Piri Reis (Piri Reis Haritasi), 1513

Guedes,Max Justo
Fonte: Museu Paulista, Universidade de São Paulo Publicador: Museu Paulista, Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2009 PT
Relevância na Pesquisa
36.52%
Piri Reis, almirante otomano, elaborou sua carta partindo de conhecimentos já amplamente divulgados no Mediterrâneo e de novidades trazidas pelas navegações portuguesas. O artigo apresenta as fontes utilizadas para confeccionar o mapa, minuciosamente cotejadas com outras cartas de seu tempo, trazendo à tona diferentes aspectos da prática cartográfica portuguesa no século XVI.

Erosão e acresção costeira na Enseada dos Anjos, Arraial do Cabo, RJ

Savi,David Canabarro
Fonte: Sociedade Brasileira de Geofísica Publicador: Sociedade Brasileira de Geofísica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2007 PT
Relevância na Pesquisa
26.52%
O presente trabalho estuda a erosão costeira enquanto implicação morfodinâmica causada pela construção de um quebra-mar para a proteção das embarcações no Porto do Forno, Enseada dos Anjos, Arraial do Cabo, RJ, Brasil. Para o entendimento da erosão e acresção ocasionadas pelo quebra-mar foram analisados dados anteriores e posteriores a sua construção como fotos, cartas náuticas e outras informações. Corroborando este material inicial foram realizados vários estudos como: perfis de praia, análise da variação da linha de costa em diferentes épocas, estudo do modelo de equilíbrio em planta para praias de enseada e análise de refração de ondas. Os resultados indicaram que o quebra-mar alterou vários processos naturais. Eles incluem a distribuição da energia de ondas através do MIKE-21, a dinâmica da sedimentação pelos perfis de praia e principalmente os efeitos localizados de erosão e acresção costeira, perfeitamente visualizados na comparação temporalde fotos, cartas e imagem.

O sensoriamento remoto como ferramenta para determinação de batimetria de baixios na Baía das Laranjeiras, Paranaguá - PR

Krug,Lilian Anne; Noernberg,Mauricio Almeida
Fonte: Sociedade Brasileira de Geofísica Publicador: Sociedade Brasileira de Geofísica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2007 PT
Relevância na Pesquisa
26.32%
Baixios representam riscos a navegação no interior dos estuários. Portanto, devem ser bem delineados e tais informações devem ser freqüentemente atualizadas. Métodos hidrográficos tradicionais têm dificuldade em cobrir áreas rasas devido sua extensão e relevo. Uma alternativa é o uso de imagens de satélites para mapear essas áreas, com as vantagens de baixo custo e rápido resultado. No setor norte do Complexo Estuarino de Paranaguá o último levantamento batimétrico foi realizado na década de 50 e um novo mapeamento destas áreas, mesmo sem a acurácia das cartas náuticas, é de utilidade para o planejamento de estudos, modelagem ambiental e navegação de pequenas embarcações. Este estudo teve o objetivo de avaliar o potencial de gerar mapa batimétrico das áreas rasas da Baía das Laranjeiras, através do sensoriamento remoto. A aplicação deste método é fácil e mostrou-se bastante útil em regiões onde não existem dados batimétricos ou estes precisam ser atualizados. O mapa obtido é bastante fiel dentro dos limites batimétricos que se pretende, entre 0,36 e 4,5 m de profundidade, principalmente considerando que 75% do complexo estuarino possui profundidade inferior a 5 m.

Os objetivos da circunavegação da U.S. Exploring Expedition (1838-1842): longitude, mapeamento náutico e instituição das coordenadas geográficas modernas

Junqueira,Mary Anne
Fonte: Casa de Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Casa de Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2012 PT
Relevância na Pesquisa
26.32%
Analisa o principal objetivo da viagem científica de circunavegação realizada pelos EUA entre 1838 e 1842. A tarefa de mapeamento destaca-se entre outras metas científico-estratégicas da viagem exploratória. A iniciativa da empreitada foi movida pela busca da exata localização em alto-mar após a instituição do sistema de longitudes, quando cartas náuticas e mapas de vários países foram conferidos, e outros, novos, desenhados. Os EUA participaram desse esforço internacional, dando início à constituição de um sistema cartográfico próprio.

Uso de mapas 3D para navegação virtual

Schmidt, Marcio Augusto Reolon
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
26.32%
Resumo: O uso de representações cartográficas em três dimensões reúne as vantagens dos avanços tecnológicos para a manipulação e armazenamento de dados espaciais. No entanto, o conhecimento cartográfico necessário para construir essas representações não se desenvolveu como as tecnologias para construir estas representações. Como conseqüência, não existem princípios gerais para projetos cartográficos 3D e equívocos no processo de contrução destes mapas podem restringir ou até mesmo impossibilitar a comunicação cartográfica adequada das posições das feições representadas e suas relações espaciais. Uma tarefa comum de uso de mapas 3D é a navegação virtual, realizada através de mapas topográficos. A navegação pode ser definida como o processo pelo qual o usuário determina a sua posição e orientação relativas a outros elementos da paisagem e usa esse conhecimento para chegar a outros locais. Entretanto, a determinação da orientação relativa não é uma tarefa trivial em ambientes virtuais. Este problema é agravado pela falta de conhecimento de como os usuários reagem à perspectiva da representação e às diferenças perceptivas em relação ao mapa topográfico convencional. Por isso existe a necessidade de adaptação das representações cartográficas para o ambiente 3D. Na literatura podem ser encontradas algumas ferramentas de navegação propostas...

Cartas y publicaciones náuticas conducentes a la planificación de travesía

Di Palma, Marco
Fonte: Universidade de La Laguna Publicador: Universidade de La Laguna
Tipo: Bachelor Thesis Formato: application/pdf
Relevância na Pesquisa
36.82%

Potencialidades de cultivo de macroalgas no litoral do Rio Grande do Norte (NE, Brasil): uma perspectiva de integração de dados ambientais em sistemas de informação geográfica (SIG)

Moura, Euriel Aguiar
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Bioecologia Aquática; Bioecologia Aquática Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Bioecologia Aquática; Bioecologia Aquática
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
26.52%
Since centuries ago, the Asians use seaweed as an important source of feeding and are their greatest world-wide consumers. The migration of these peoples for other countries, made the demand for seaweed to increase. This increasing demand prompted an industry with annual values of around US$ 6 billion. The algal biomass used for the industry is collected in natural reservoirs or cultivated. The market necessity for products of the seaweed base promotes an unsustainable exploration of the natural banks, compromising its associated biological balance. In this context, seaweed culture appears as a viable alternative to prevent the depletion of these natural supplies. Geographic Information Systems (GIS) provide space and produce information that can facilitate the evaluation of important physical and socio-economic characteristics for the planning of seaweed culture. This objective of this study is to identify potential coastal areas for seaweed culture in the state of Rio Grande do Norte, from the integration of social-environmental data in the SIG. In order to achieve this objective, a geo-referred database composed of geographical maps, nautical maps and orbital digital images was assembled; and a bank of attributes including physical and oceanographical variables (winds...

Carta nautica eletronica : uma implementação

Marcus Vinicius da Silva Roberto
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/12/1996 PT
Relevância na Pesquisa
26.82%
Este trabalho visa descrever os problemas encontrados e soluções apresentadas durante o desenvolvimento de protótipo de uma carta náutica eletrônica, bem como os procedimentos de processamento de imagens usados como apoio. A primeira parte é composta de uma breve descrição da história e da teoria cartográfica utilizada. São apresentados os métodos aplicados na resolução dos problemas, tanto de navegação como planejamento, e como estes aspectos se mesclam para auxiliar na especificação da interface operacional da carta náutica eletrônica. A segunda parte tem sua maior ênfase na apresentação do modelo de dados e das operações básicas implementadas no protótipo da carta náutica eletrônica. A modelagem é feita tendo como base um banco de dados relacional que armazena tanto os dados geográficos como os operacionais. A abordagem da terceira parte visa descrever um sistema de processamento digital de imagens cujo objetivo é o aproveitamento de cartas náuticas impressas como fontes de dados para o sistema eletrônico. A ênfase é dada ao processamento das imagens de cartas náuticas digitalizadas e à obtenção das coordenadas geográficas dos elementos .. de interesse que estejam nelas representados. Um exemplo de como os procedimentos e operações descritos interagem é dado na quarta parte juntamente com as conclusões e comentários finais; In this work we describe some problems concerned with the development of an electronic nautical chart prototype and the related digital image processing procedures. The first part presents a brief description of the cartography history and theory. The methods applied to solve navigational and planning problems are also presented together with the electronic nautical chart operational interface. The second part describes the data model and the basic system's operations. The model is given according to a relational database which stores the geographic and the operational data. The escription of a digital image processing system...

A carta náutica de Piri Reis (Piri Reis Haritasi), 1513

Guedes, Max Justo
Fonte: Universidade de São Paulo. Museu Paulista Publicador: Universidade de São Paulo. Museu Paulista
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2009 POR
Relevância na Pesquisa
36.52%
Piri Reis, almirante otomano, elaborou sua carta partindo de conhecimentos já amplamente divulgados no Mediterrâneo e de novidades trazidas pelas navegações portuguesas. O artigo apresenta as fontes utilizadas para confeccionar o mapa, minuciosamente cotejadas com outras cartas de seu tempo, trazendo à tona diferentes aspectos da prática cartográfica portuguesa no século XVI.; Ottoman Admiral Piri Reis designed his nautical chart based on a body of knowledge that was already widely disseminated in the Mediterranean and on new information brought back by Portuguese navigators. This article presents the sources used to make the Piri Reis map, thoroughly quoted against other charts of its time, and reveals certain aspects of Portuguese mapmaking practices in the 16th century.

ESTIMATIVA DE PROFUNDIDADES UTILIZANDO IMAGENS DE ALTA RESOLUÇÃO APOIADAS POR DADOS DE LEVANTAMENTO BATIMÉTRICO

Tedesco, Andrea
Fonte: Universidade Federal do Paraná-UFPR Publicador: Universidade Federal do Paraná-UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 16/11/2004 POR
Relevância na Pesquisa
26.52%
As imagens de satélite vêm sendo amplamente utilizadas para as mais diversas finalidades. São empregadas, por exemplo, em estudos geológicos, na cartografia, no planejamento e desenvolvimento urbanístico, nas definições de projetos de engenharia, na agricultura e em hidrologia. Quanto às aplicações em hidrologia, pode-se citar o uso das imagens para mapeamento e delineamento de corpos d'água, verificação e controle da qualidade física da água, avaliação da quantidade de sedimentos em suspensão e verificação de turbidez. Além disso, estudos já foram realizados com imagens Landsat e SPOT com o intuito de extrair profundidades a partir das mesmas, com base nos valores de reflectância. Para países como o Brasil, com extenso litoral e grande quantidade de rios navegáveis, que utilizam estes tanto para o transporte de pessoas e cargas quanto para o lazer e turismo, cartas de navegação confiáveis e constantemente atualizadas são requeridas. No entanto os sistemas hídricos são muito dinâmicos, sofrendo processos de erosão e deposição que provocam variações no relevo submarino, tornando as cartas náuticas desatualizadas rapidamente. Em função disso, este trabalho propõe um método alternativo para estimativa de profundidades e...