Página 1 dos resultados de 1068 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Descrição do ambiente de marketing internacional para a carne bovina brasileira com foco na União Européia, Rússia e países africanos; International marketing environment description for brazilian beef exports focusing European Union, Russian and african countries

Tonini, Maria Gabriela de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/03/2008 PT
Relevância na Pesquisa
67.15%
O Brasil é o maior exportador de carne bovina do mundo. Suas vendas externas de carne têm grande representatividade ao setor e à economia nacional, tanto pelo faturamento, quanto pela sua importância no escoamento da produção. Entretanto, vários fatores interferem no desempenho das vendas internacionais da carne bovina brasileira. As questões sanitárias estão entre as barreiras mais restritivas, incluindo principalmente, no caso do Brasil, a febre aftosa. Mas outras barreiras técnicas, como rastreabilidade, certificações, entre outras, e também tarifárias impedem ou limitam o acesso da carne brasileira em alguns mercados internacionais. Especialmente quando se trata de carne bovina in natura, aumentam ainda mais as restrições. Para melhorar o entendimento das exportações brasileiras de carne bovina e obter mais informações sobre as possíveis alterações do ambiente de marketing para a carne bovina brasileira no mercado internacional, a proposta do trabalho é descrever os fatores que interferem nas exportações de carne bovina. Tais fatores serão apresentados de maneira geral, os que são aplicáveis a quaisquer mercados e especificamente para a União Européia (UE), Rússia e países da África. Cada mercado foi escolhido por uma série de razões. A União Européia é o principal comprador da carne bovina brasileira e é o mercado que mais exige normas e imposições para a carne bovina. As restrições incluem barreiras tarifárias...

Salmonella spp na cadeia de produção de carne bovina de exportação: ocorrência, perfil de susceptibilidade antimicrobiana, genes de virulência e perfil de macrorrestrição do PFGE; Salmonella spp in export beef production chain: occurrence, antimicrobial susceptibility, virulence genes and PFGE macrorestriction profile

Lopes, Janaina Thaís
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/05/2011 PT
Relevância na Pesquisa
67%
A carne está exposta à contaminações em todas as fases do seu processamento tecnológico, particularmente nas operações em que é mais manipulada e sempre que não são tomados cuidados especiais em relação às Boas Práticas de Higiene. O patógeno mais importante em carne bovina é Salmonella spp, o principal agente causador de doenças transmitidas por alimentos no mundo. Vários estudos têm relatado a ocorrência de Salmonella spp em carne bovina in natura disponível no mercado, mas pouco se sabe sobre este patógeno em carne bovina produzida no Brasil para exportação. O presente estudo objetivou verificar a prevalência, o perfil de susceptibilidade antimicrobiana, a presença de genes de virulência e o perfil de macrorrestrição por PFGE em cepas de Salmonella spp isoladas em diferentes pontos da cadeia de produção. A pesquisa foi realizada em um abatedouro de grande porte que produz carne bovina para exportação. Amostras de superfície foram coletadas de 200 animais, em três pontos do processo do abate: no couro (CO), na carcaça após a esfola (CA1) e na carcaça após a lavagem, antes da refrigeração (CA2), com um total de 600 amostras. A metodologia utilizada para detecção de Salmonella spp foi a preconizada pela ISO 6579:2002...

Cadeia logística segura brasileira: suprimento internacional de carne bovina industrializada e rastreabilidade.; Brazilian secure supply chain: processed beef supply and traceability.

Dias, Maria Lídia Rebello Pinho
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/03/2012 PT
Relevância na Pesquisa
66.98%
O presente trabalho de pesquisa modela a cadeia de suprimentos brasileira da carne bovina industrializada destinada ao mercado internacional e aspectos do conjunto normativo incidente sobre este setor. Por meio desta modelagem, são apresentados os requisitos para um sistema de controle e integração das informações em tempo real em frigoríficos exportadores que atenda as exigências do poder público e de parceiros comerciais, além das principais necessidades do próprio frigorífico. Este trabalho de pesquisa apresenta, também, a arquitetura de hardware, de software e a metodologia do sistema operacional proposto, além dos benefícios advindos de sua eventual implementação. Este sistema, ora denominado Cadeia Logística Segura para Exportação de Carne Bovina Industrializada (CLSECB) contém as informações necessárias para a gestão do frigorífico, o controle de qualidade do produto, o trâmite burocrático da mercadoria, através da aplicação de dispositivos de identificação por rádio frequência (RFID) e do sistema operacional proposto. O CLSECB, portanto, permite identificar o produto (individualmente e/ou por lotes), associar informações ao produto (tanto sobre sua qualidade quanto sobre sua procedência)...

Alimento seguro: uma análise do ambiente institucional para oferta de carne bovina no Brasil; Food safety: an analysis of the institutional environment for the beef offer in Brazil

Furquim, Nelson Roberto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
67.06%
Artigo 1 - Sistemas de identificação e rastreabilidade na cadeia produtiva alimentar: uma análise sob a perspectiva da oferta segura de carne bovina A carne bovina é um importante segmento do agronegócio brasileiro, com elevada participação no valor das exportações do país. Este artigo objetiva discutir a consistência da legislação brasileira que ampara o Sistema de Identificação e Certificação de Bovinos e Bubalinos (SISBOV), em comparação às legislações de alguns países pioneiros na utilização de sistemas de identificação e rastreabilidade (SIRs) das cadeias produtivas de alimentos. Essa análise, embasada na teoria de Economia Institucional, parte da estrutura de produção pecuária doméstica, com base em dados secundários do MAPA, SECEX/MDIC, IBGE, FAO e ABIEC7, e de documentos que estabelecem a política de alimentos seguros, do MS8 e do MAPA. O estudo da legislação internacional abarca documentos oficiais dos Estados Unidos, Canadá e União Europeia (UE). O SISBOV foi desenvolvido para atender às exigências impostas pela UE para importação de carne bovina brasileira. A adesão a esse Serviço envolve uma série de ajustes na gestão dos vários elementos da cadeia produtiva de carne para viabilizar a sua exportação para a UE. Do ponto de vista de sua estrutura...

Hábitos de consumo e nível de satisfação do consumidor de carne bovina do município de Dom Pedrito-RS

Jorge, Rita Luciana Saraiva
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
67.09%
Este trabalho é um estudo exploratório sobre hábitos de consumo e nível de satisfação dos consumidores de carne bovina no Município de Dom Pedrito. Foi desenvolvido a partir de uma amostra de 448 compradores domiciliares de carne bovina, por meio da qual buscou-se verificar os hábitos de consumo e nível de satisfação dos consumidores a fim de possibilitar aos produtores rurais daquele município conhecer o consumidor e seu grau de satisfação diante do tipo de carne bovina oferecida. Com o propósito de delinear hábitos de consumo, utilizaram-se como referencial teórico o comportamento do consumidor e os conceitos pertinentes a teorias de satisfação. Procurou-se conhecer algumas características demográficas dos consumidores, seus hábitos de consumo, elementos utilizados na decisão de compra, grau de importância atribuído aos atributos de compra e, por último, o nível de satisfação em relação à carne bovina comercializada em Dom Pedrito. Na análise dos dados, foram utilizadas ferramentas estatísticas apropriadas, como estatística descritiva e análise de variância. A análise foi feita, ainda, de forma a buscar uma correlação entre o grau de importância atribuído pelos consumidores e o nível de satisfação encontrado em alguns atributos. Dentre os resultados obtidos...

Processo decisório de compra de carne bovina na cidade de Porto Alegre

Barcellos, Marcia Dutra de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
67.04%
Este trabalho teve como principal objetivo descrever o processo decisório de compra de consumidores de carne bovina na cidade de Porto Alegre, visando aprofundar o conhecimento sobre este elo da cadeia produtiva da carne bovina. O perfil e hábitos de compra e consumo dos entrevistados também foram descritos. Face às novas mudanças percebidas no ambiente mercadológico, os resultados obtidos foram tabulados pelas variáveis sóciodemográficas de sexo, idade, escolaridade, renda e tipo de domicílio, em virtude do melhor entendimento acerca das necessidades dos consumidores que tal segmentação permite. A pesquisa também gerou resultados referentes às motivações, ao nível de importância das informações, ao preço e à crenças e determinantes da escolha de carne bovina, importantes ao consumidor no momento da compra. Com relação ao processo decisório de compra, os resultados indicam que o consumidor adquire carne bovina principalmente porque gosta, decidindo sobre a compra tanto em casa quanto no ponto-devenda. A maioria dos entrevistados busca informações com o açougueiro, sendo que a data de validade é a informação mais importante para o consumidor. Na hora da compra, a maciez da carne é a característica esperada mais importante...

Barreiras não-tarifárias às exportações de carne bovina do Rio Grande do Sul sob a ótica do Sistema Integrado Agronegocial (SIAN)

Dias, Alexandre Ribeiro
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.98%
O comércio internacional da carne bovina apresenta-se protegido por medidas restritivas como as barreiras tarifárias e não-tarifárias. A presente pesquisa teve como objetivo geral identificar as barreiras comerciais que afetam as exportações de carne bovina, sob a ótica dos frigoríficos do Rio Grande do Sul. Especificamente foi caracterizado o processo de exportação, identificados os mercados importadores e barreiras não-tarifárias que influenciam as exportações dos frigoríficos. Para subsidiar a análise, foram utilizados os conceitos de competitividade, barreiras comerciais, cadeia agroindustrial e o Modelo Integrado Agronegocial (SIAN). Para identificar e caracterizar as barreiras comerciais, os agentes, a cadeia agroindustrial exportadora de carne bovina, os mecanismos de atuação dos agentes exportadores e fatores de competitividade. Trata-se de uma pesquisa exploratória. Para identificar e classificar as barreiras comerciais foi utilizado um questionário com escala não comparativa de classificação por itens, graduada de sete pontos. Os resultados obtidos demonstraram que os principais compradores da carne bovina gaúcha são Alemanha, Arábia Saudita, Argentina, Canadá, Chile, Coréia do Sul, Espanha, EUA...

Tendências para o consumo de carne bovina no brasil

Brandão, Fernanda Scharnberg
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
67.07%
A presente pesquisa teve como objetivo identificar as tendências para o consumo de carne bovina no Brasil para o ano de 2022, a partir da proposta de um modelo conceitual que engloba os fatores influentes para o consumo resultando no EDC (Escore de Determinante de Consumo). Como procedimentos metodológicos adotaram-se dois eixos investigativos. O primeiro, de caráter exploratório, por meio de uma revisão sistemática sobre as tendências e fatores influentes no consumo de alimentos. O segundo eixo, de caráter descritivo, por meio de uma pesquisa survey com 32 especialistas representantes de todos os elos da cadeia produtiva da carne bovina no Brasil (produção, indústria, varejo, órgãos institucionais e instituições de ensino/pesquisa). Foram definidos critérios para a inclusão dos especialistas de modo a nivelar a amostra que é considerada intencional. O questionário, composto por seis questões abertas e 28 questões fechadas, foi enviado via on-line para os especialistas. Para apreciação das informações obtidas foi realizada a análise de conteúdo, distribuição de freqüência, teste Qui-quadrado, Tukey e análise de cluster, por meio do Software SPSS. Os resultados revelam que o modelo proposto para avaliar as tendências do consumo de carne bovina no Brasil é composto pelas dimensões sociocultural...

As exportações de carne bovina do Brasil e a taxa de câmbio

Isaac, Fábio Lucheta
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xiii, 74 f. :
POR
Relevância na Pesquisa
67.02%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Zootecnia - FCAV; Este estudo tem como objetivo analisar a estrutura de mercado internacional de carne bovina e os efeitos da política cambial adotada pelo Brasil sobre as exportações e o preço da carne bovina brasileira, no período entre 1967 e 2003. A equação de demanda e oferta de exportação de carne bovina é estimada por meio do método de análise de regressão dos mínimos quadrados de dois estágios (2SLS), a fim de determinar as elasticidades das variáveis que compõem essas equações, objetivando-se avaliar os efeitos das variáveis selecionadas sobre as exportações de carne bovina do Brasil. Para se analisar o efeito da taxa de câmbio sobre os preços internacionais da carne bovina em moeda nacional, faz-se uso do método de análise conhecido por shift-share. Nessa análise, obtêm-se os efeitos isolados das variações dos preços da carne bovina em dólares (efeito dólar) e da taxa de câmbio (efeito câmbio) sobre as variações dos preços em moeda nacional (efeito total). Os resultados obtidos sinalizam que o modelo teórico utilizado, que considera as exportações em grande parte sendo determinadas pelos excedentes do mercado doméstico...

Estrategias de garantia da segurança e o abastecimento de carne bovina para restaurantes comerciais no municipio de Campinas, SP.; Strategies of safety ensurement and beef supply for commercial restaurantes in the city of Campinas, SP.

Valeria Ruschid Tolentino
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/02/2007 PT
Relevância na Pesquisa
67.09%
A alimentação fora de casa constitui um hábito cada vez mais freqüente no estilo de vida atual, principalmente nos grandes centros urbanos. Os restaurantes comerciais têm representado a forma mais freqüente de atendimento a essa demanda, compreendendo um setor cuja adoção de padrões para a garantia da segurança do alimento tem significado uma necessidade emergente para a saúde pública. A utilização de grandes quantidades e variedades de alimentos, preparados e distribuídos diretamente ao consumidor requer a adoção de procedimentos adequados. E, entre esses procedimentos, a aquisição das matérias primas é um fator determinante para a garantia da inocuidade das refeições produzidas. Desta forma, o objetivo geral do presente trabalho foi analisar as estratégias de abastecimento de carne bovina em restaurantes comerciais e o seu grau de influência na gestão da segurança do produto em agentes da cadeia produtiva. Ressalte-se a elevada freqüência da carne bovina no cardápio brasileiro, a relação desse produto com riscos sanitários e seu alto custo. O estudo foi conduzido em Campinas, Estado de São Paulo, município localizado no espaço brasileiro entendido como aquele onde se concentram os maiores mercados...

Avaliação da qualidade sensorial da carne bovina proveniente de cruzamento entre raças adaptadas e não adaptadas.

TOFFANI, P. R. P.; TULLIO, R. R.; NASSU, R. T.; PINHEIRO, M. B.; WADA, T. C.; FERREIRA, A. U. de C.
Fonte: In: JORNADA CIENTÍFICA - EMBRAPA SÃO CARLOS, 2., 2010, São Carlos, SP. Anais... São Carlos: Embrapa Instrumentação Agropecuária: Embrapa Pecuária Sudeste, 2010. Publicador: In: JORNADA CIENTÍFICA - EMBRAPA SÃO CARLOS, 2., 2010, São Carlos, SP. Anais... São Carlos: Embrapa Instrumentação Agropecuária: Embrapa Pecuária Sudeste, 2010.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
67.02%
A exportação da carne bovina é uma das mais importantes atividades econômicas do Brasil, já que ele é o maior exportador do mundo. Dentre as tecnologias disponíveis ao produtor brasileiro para melhorar a qualidade desse produto, o cruzamento pode ser considerado o de melhor relação custo/benefício. O alto nível de heterose e a complementaridade entre raças originárias do cruzamento entre os grupos e é o responsável por um bom potencial produtivo em ambientes tropicais, pela maior velocidade de crescimento, atingindo mais rapidamente o peso de abate, pela melhoria na maciez da carne a ser fornecida àqueles mercados que exigem carne macia. A força de cisalhamento, quantidade de força ou de tensão necessária para cisalhar uma amostra, pode ser medida por meio de métodos objetivos como o texturômetro ou por métodos subjetivos como a análise sensorial. O objetivo deste trabalho foi avaliar a qualidade sensorial através da análise descritiva quantitativa da carne bovina de animais provenientes do cruzamento entre raças adaptadas e não adaptadas. Para o experimento, foram utilizados bifes do músculo , retirados entre as 12ª e 13ª costelas, de 40 animais, de aproximadamente 14 meses, machos e fêmeas, filhos de vacas mestiças ½ Angus + ½ Nelore e ½ Simental + ½ Nelore...

Análise comparativa da competitividade das cadeias agroindustriais exportadoras de carne bovina em Goiás; Análise comparativa da competitividade das cadeias agroindustriais exportadoras de carne bovina em Goiás; Comparative analysis of competitiveness of exporting agroindustrial beef chains in Goiás state; Comparative analysis of competitiveness of exporting agroindustrial beef chains in Goiás state

MACHADO, Glaucia Rosalina
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Agronegócio; Ciências Agrárias Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Agronegócio; Ciências Agrárias
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
67.09%
Brazil stands as the largest exporter of beef, and Goiás stands out as the second largest exporter state, third in beef production and quarter in effective herd, according to 2008 data (SEPIN, 2009a). Because of the importance of this activity to the State economy and the currency and relevance of the theme, we chose to comparatively analyze the competitiveness of agro-industrial exporting chains of beef in the State of Goiás. We started from the assumption that export food chains (formed from the slaughtering units) of beef in Goiás present settings, actors, resources and different transactions, which facilitates the design of differentiated chains. In addition, we started with the assumption that the slaughterhouses are the dynamizing actors and that the beef exporting chains in Goiás realize competitive advantages. We analyzed the areas of production (beef cattle), slaughter and processing (refrigerators), and distribution and consumption. Competitive analysis has been developed by drivers and sub-factors of competitiveness, which included 20 drivers and 146 sub-factors, considering the three segments. Their assessment was conducted from the perspective of slaughter and processing segment (refrigerators). In addition, we used secondary data and interviews with key actors. Through the data collected...

Estratégias de marketing para os agentes da cadeia da carne bovina

Souki, Gustavo Quiroga
Fonte: Tese em Administração; UFLA; brasil; Departamento de Administração e Economia Publicador: Tese em Administração; UFLA; brasil; Departamento de Administração e Economia
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 16/09/2015 POR
Relevância na Pesquisa
67.07%
This thesis was developed with a marketing strategy proposal in mind for the agents involved in the production ofbeef beginning with identifying who the consumers are. the factors that affect their decisions, and their perceptions about the origin and the quality of the beef that they purchase. A descriptive survey was conducted with quantitative variables, with a total of 400 interviews at the point of retail purchase, using structured questionnaires with multiplechoice questions only. It was possible to verify that the variables considered most important by the consumers regarding the point of purchase were, in the following order: appearance of the store, expiration dates ofthe product, quality seal, stamp from S.I.F., certification of origin, honesty and transparency of employees in dealing with clients, kindness, appearance ofemployees, price, and standardization of products. Regarding the beefitself, we verified that the most important variables for the consumers were: hygiene, smell, appearance, additive-free, healthy appearance, freshness, flavor, tenderness, color, and nutritional value. Furthermore, we observed that consumers are not aware of the origin and quality of beef produced in Brazil, as well as from other cattle producing countries such as Argentina...

A rastreabilidade na exportação da carne bovina do estado do Rio Grande do Sul para a União Européia

Mello, Eulalie de Souza
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
67.08%
Diante da expectativa de aumentar as exportações de carne bovina para a União Européia, entrou em análise a sistemática da rastreabilidade na carne bovina implementada pelo Brasil, em especial, pelo estado do Rio Grande do Sul. O presente trabalho de pesquisa objetivou identificar, na cadeia produtiva da carne bovina, pontos críticos para a adoção dos procedimentos ao rastreamento bovino com vistas ao provimento de carne de origem certificada ao Mercado Europeu. Foram entrevistados os produtores rurais, os empresários das indústrias exportadoras de carne bovina, agente exportador individual e as empresas certificadoras, abordando os aspectos negociais da cadeia produtiva bovina, as exigências do mercado europeu, os procedimentos adotados pelas empresas de sistemas de rastreabilidade e o posicionamento dos agentes. Os modelos teóricos utilizados para analisar os reflexos do ferramental na cadeia produtiva da carne bovina foram Filière, Supply Chain Management associados à Rastreabilidade, aplicada a produtos alimentícios. Para a análise qualitativa, aplicou-se a técnica de análise de conteúdo das respostas. As análises das questões abrangentes aplicadas aos elos, apresentadas nos resultados e discussões, permitiram identificar elementos de relevância aos atores...

Percepções dos consumidores locais sobre a carne bovina certificada e rastreada

Abicht, Alexandre de Melo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
67.08%
A presente dissertação procurou verificar como os consumidores compreendem o processo de rastreabilidade, que é considerada uma certificação. Também, buscou o entendimento dos consumidores de carne bovina sobre a carne rastreada, verificando como os consumidores valorizam essa carne e identificando elementos para que a rastreabilidade seja apresentada nas gôndolas. A discussão sobre o tema encontra-se embasada sob três aspectos, a rastreabilidade bovina e o seu mercado; a competitividade e a diferenciação dos produtos alimentares, especialmente, as vantagens competitivas de Porter; o marketing, o comportamento e as percepções do consumidor. O método utilizado neste trabalho, em uma primeira fase, baseiase no caráter exploratório e natureza qualitativa, a qual propiciou o desenvolvimento do instrumento da coleta de dados para a fase seguinte. Após realizou-se uma pesquisa descritiva, de natureza quantitativa, dando origem à coleta de dados, ocorrida por uma survey via internet com o auxílio do software Sphinx, obtendo-se uma amostra de 417 consumidores, sendo a maioria dos respondentes gaúchos, residentes em Porto Alegre, com ensino superior e renda acima de R$ 4.000,00. Na análise e discussão dos resultados foram apresentadas as análises estatísticas dos resultados alcançados...

Embargos à carne bovina brasileira : estudo de casos no âmbito dos acordos internacionais

Garcia, Bibiana Padilha
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
67.05%
Como se explicam os embargos ao comércio internacional de carne bovina na regulamentação aplicável? Este trabalho trata de fornecer tal explicação, na esfera do Direito Internacional Econômico. O embargo, como um fenômeno de comércio internacional, é o objeto do estudo de casos: casos de embargos à carne bovina in natura colocados pela União Européia e pela Federação da Rússia, a partir de 1995. O comércio internacional de carne bovina serve para análise na perspectiva das exceções ao comércio ou medidas sanitárias. O Brasil atualmente é líder na exportação e um dos principais produtores de carne bovina no mundo, e a União Européia e a Federação da Rússia, inobstante sejam os principais importadores da carne bovina in natura brasileira, são dois dos maiores consumidores e importadores de carne bovina no mundo. Para obter informações sobre os casos e sobre os acordos pertinentes, empregou-se pesquisa em várias fontes de documentos, inclusive relativos às relações diplomáticas brasileiras com o bloco e país mencionados. Essencialmente, a finalidade deste estudo foi a verificação da relação entre as circunstâncias que constitiram em justificativas oficiais aos embargos e a análise e interpretação de tais circunstâncias em um quadro regulatório circunscrito pelos acordos internacionais pertinentes ou aplicáveis. Os resultados finais verificaram que: 1) todas as circunstâncias que consistiram em justificativas oficias aos embargos estiveram relacionadas com a sanidade animal; 2) estas circunstâncias estão incluídas no que os acordos aplicáveis concebem por medidas sanitárias; 3) a aplicação de medidas sanitárias encontra permissibilidade na referida regulamentação; 4) inobstante...

Rastreabilidade e sanidade : desafios para as exportações brasileiras de carne bovina; Traceability and sanity: brazilians beef exports challenge

Pereira, Paulo Rodrigo Ramos Xavier
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
67.01%
O objetivo dessa pesquisa foi delinear o perfil do comércio internacional de carne bovina identificando quais são os principais fatores que influenciam um país a optar por determinados fornecedores, gerando assim subsídios para discutir a posição da cadeia produtiva de carne bovina do Brasil frente a esses mercados. O período de análise foi de 1994 a 2006, os dados utilizados foram obtidos junto a base estatística para o Comércio de Commodities das Nações Unidas (COMTRADE), os quais, consistiram nos volumes e preços praticados para a carne bovina resfriada e desossada (CBRD) e a carne bovina congelada desossada (CBCD) entre os dez maiores exportadores dessa commodity e seus clientes. A metodologia empregada foi a de análise de cluster e os resultados obtidos foram avaliados de maneira empírica, suportado por uma prévia revisão da literatura científica, relatórios e documentos das principais instituições regulatórias. Concluiu-se que comércio internacional de CBRD é composto por quatro mercados que se justificam em função da pauta de exigências dos clientes, e estas envolvem principalmente sanidade e rastreabilidade, emergindo também aspectos relacionados a fatores extrínsecos ao produto, tais como, um sistema produtivo que busque a minimização de impactos ambientais...

Mercado consumidor e a qualidade de carne bovina no Brasil

Maia Filho, Geraldo Helber Batista; Barbosa, Fabiano Alvim; Andrade Júnior, José Mauro de Carvalho; Maciel, Isabella Cristina de Faria; Costa, Patrícia Monteiro; Salles, Antônio de Paiva
Fonte: UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS- CAMPUS MONTES CLAROS. Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS- CAMPUS MONTES CLAROS.
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 24/11/2015 POR
Relevância na Pesquisa
67.04%
Na comercialização da maior parte da carne bovina no Brasil, o preço é di­tado pelo mercado, uma vez que a carne bovina é uma commodity agrícola. Sendo assim o produtor se torna um refém da cadeia produtiva, produzindo um produto de baixa qualidade devido a má remuneração. Na busca de alternativas para este fato, estão as melhorias na qualidade da carne a ser produzida agregando valor no produto final, desvinculando o preço da commodity. Produzindo assim, um produto diferenciado atendendo as exigências de um mercado consumidor específico. A adequação do marketing ao local e ao público pode incrementar a venda de carne bovina, uma vez que a higiene, o cheiro (odor), a aparência, a ausência de resíduos, ser saudável, ser fresca, ser saborosa, ser macia, ter coloração adequada e ser nutritiva são os atributos considerados mais importantes pelos consumidores de carne bovina na sua decisão de compra. A qualidade da carne bovina é medida através da mensuração de algumas características, dentre estas estão força de cisalhamento, grau de acabamento, cor da carne, entre outras. Características es­tas influenciadas pela dieta fornecida aos animais, idade de abate, genética dos animais, sexo, dentre outros. Esta qualidade da carne tem sido buscada...

Márgenes de comercialización de la carne bovina en chile

Schnettler,Berta; Sepúlveda,Néstor
Fonte: UNIVERSIDAD DEL ZULIA Publicador: UNIVERSIDAD DEL ZULIA
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2007 ES
Relevância na Pesquisa
67.02%
Considerando la importancia de la producción y el consumo de carne bovina en Chile, se estudió el comportamiento de los márgenes de comercialización y su efecto en el precio pagado al productor y el impacto que los cambios en los precios pagados al productor y en la magnitud de la demanda ejercen sobre la dinámica temporal de los márgenes comerciales de la carne bovina en Chile, entre 1990 y 2005. Se determinó un aumento de los márgenes comerciales de la carne bovina junto a una disminución de la participación del productor en el precio final del producto. La mayor proporción del margen comercial total corresponde a los agentes minoristas, pero son los mayoristas quienes han aumentado relativamente más su participación. Utilizando series mensuales de precios y márgenes de comercialización, entre 1990 y 2005, se estimó la ecuación de regresión múltiple que relaciona los precios pagados al productor como variable dependiente y los márgenes mayorista y minorista, como variables explicativas. Se obtuvo un efecto negativo de ambos márgenes, expresados en valor absoluto y relativo, en los precios pagados al productor de carne bovina. Mediante la estimación de un modelo dinámico de márgenes comerciales, utilizando series mensuales de precios y cantidades producidas de carne en vara entre 1998 y 2005...

Importancia del país de origen en la compra de la carne bovina en chile

Schnettler,Berta; Ruiz,Danilo; Sepúlveda,Oriana; Sepúlveda,Néstor
Fonte: UNIVERSIDAD DEL ZULIA Publicador: UNIVERSIDAD DEL ZULIA
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 ES
Relevância na Pesquisa
67%
Considerando el aumento de las importaciones de carne bovina en Chile, se evaluó la existencia de diferentes segmentos de consumidores según la importancia relativa del origen en la compra de la carne bovina, aceptación y disposición a pagar por carne de diferente origen en la zona centro-sur de Chile. Para esto se realizaron encuestas directas a 400 consumidores de la ciudad de Temuco, Región de La Araucanía, y 400 de la ciudad de Talca, Región del Maule. Mediante análisis conjunto se determinó que el origen de la carne bovina fue más importante que el precio y el envase en la decisión de compra. Los consumidores prefirieron la carne nacional y argentina y rechazaron la carne brasileña, pero no están dispuestos a pagar un precio considerablemente mayor por las carnes preferidas. Mediante análisis cluster se distinguieron tres segmentos de mercado, el más numeroso (50,5%) concede gran importancia al origen de la carne, el segundo grupo en importancia (32,3%) considera levemente más importante el precio que el envasado y el origen, mientras para el grupo minoritario (17,3%) el precio fue el factor más relevante en la compra de la carne bovina.