Página 1 dos resultados de 96 itens digitais encontrados em 0.008 segundos

Psicanálise integral

Lins, Luciano da Fonseca
Fonte: Edições Universidade Fernando Pessoa. CTEC Publicador: Edições Universidade Fernando Pessoa. CTEC
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2007 POR
Relevância na Pesquisa
66.56%
A Psicanálise Integral é um sistema de conhecimento que procura resgatar a unidade de vários estudiosos do inconsciente humano, como também focalizar a consciência como ponto nuclear para ser despertado. Além do mais, procura investigar o domínio do espiritual, percebido como o infinito da consciência, traduzida pelas comunidades esotéricas e os grandes mestres, como experiência mística. Para que seja compreendida essa ordem formulada no âmbito da Psicanálise Integral, desenvolvemos a ideia da estrutura Trina da personalidade humana, definindo-a como Dimensão Histórica, Mítica e Mística. A Dimensão Histórica tem base nos fundamentos do ego, que envolve a causalidade, o tempo e o espaço, e todo processo de identificação genética, social e cultural. A Dimensão Mítica está diretamente vinculada ao inconsciente colectivo e a essência da alma humana, manifestada através de contos, narrativas míticas, rituais e sonhos. O tempo e o espaço não estão vinculados à causalidade, e sim a sincronicidade, conceito desenvolvido por Carl Gustav Jung. A Dimensão Mística diz respeito à transcendência do tempo, do espaço e da causalidade, indo até ao inefável. Consideramos estas formulações como algo recalcado pela Psicanálise Ortodoxa...

O conceito de símbolo em Tillich e Jung

Portela, Bruno de O. S. Portela
Fonte: Edições Universitárias Lusófonas Publicador: Edições Universitárias Lusófonas
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
56.26%
O presente estudo tem o intuito de investigar o conceito de símbolo nas considerações teológicas de Paul Tillich e na Psicologia analítica de Carl Gustav Jung, colocando em evidencia as consagradas obras nas quais esses autores fazem referência ao tema. Assim, é importante delimitar algumas distinções, como os conceitos de sinal e símbolo e sua relação com os tipos de pensamento dirigido e fantasia. Outro fator importante de ser observado consiste na característica do símbolo como parte fundamental da comunicação com as esferas transcendentes e numinosas. Deste modo, objetiva-se colocar em evidência as principais ideias dos autores, estabelecendo os possíveis paralelos entre a teologia, psicologia e a ligação destes com a religião.

A psicologia analítica de Carl Gustav Jung no estudo de instituição : uma proposta teórico-metodológica; The analytical psychology of Carl Gustav Jung in the study of the institution : a theoretical and methodological proposal

Vechi, Luís Gustavo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/04/2008 PT
Relevância na Pesquisa
86.78%
Nesta tese, faço uma proposta teórico-metodológica para o estudo de instituição segundo a Psicologia Analítica de C. G. Jung, além de demonstrar a sua aplicação, investigando um serviço de reabilitação psicossocial pelo trabalho para usuários de serviço de saúde mental. Defendo a hipótese de que a visão holográfica do mundo, delimitada mediante a articulação entre os conceitos de psique e de unus mundus, permite definir instituição e um modo para estudá-la que é capaz de valorizar possibilidades de desenvolvimento para essa formação sociocultural e para o indivíduo que nela se insere. Como resultados principais da proposta estabelecida com este trabalho, destaco cinco eixos relacionados à sistematização conceitual e quatro ao aspecto metodológico: Quanto à organização conceitual, o primeiro eixo expõe a visão holográfica do mundo, o segundo deles se refere à individuação como auto-regulação psíquica contextualizada pela experiência subjetiva na instituição, o terceiro corresponde ao conceito de instituição enriquecido pelo de psique institucional, o quarto à auto-organização desse tipo de formação sociocultural e o quinto articula autoregulação psíquica com auto-organização institucional...

Complexo: conceito fundante na construção da psicologia de Carl Gustav Jung; Complex: founding concept in the construction of the psychology of Carl Gustav Jung

Perrone, Maria Paula Monteiro Silveira Bueno
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/10/2008 PT
Relevância na Pesquisa
86.84%
A pesquisa investiga a história do conceito de complexo na obra de Carl Gustav Jung desde seu nascimento nos primeiros anos do século XX. Acompanha as etapas do trabalho experimental com o teste de associação de palavras adaptado por Jung no hospital psiquiátrico Burghölzli e a produção correspondente da escola de Zurique, notadamente os artigos que compõem os Estudos diagnósticos de associações, além de alguns outros estudos anteriores e posteriores. Então o estudo se volta para o desenvolvimento da noção de complexo no interior da teoria junguiana com ênfase nas principais alterações ocorridas; foram focados os seguintes marcos: de 1912, de 1919, de 1921 e de 1928. São abordados o perspectivismo e a complexidade como características epistemológicas do pensamento de Jung que não se compatibiliza com o paradigma da ciência moderna. No final são feitas reflexões teóricas e clínicas acerca do trabalho com os complexos, fenômeno psíquico universal.; The present research investigates the history of the concept of complex in Carl Gustav Jungs work, since its birth in the first years of the twentieth century. It follows the steps of the experimental work with the words association test adapted by Jung in Burghölzli psychiatric hospital...

O processo decisório judicial à luz dos tipos psicológicos de Carl Gustav Jung; The judicial decision-making process in the light of Carl Gustav Jungs psychological types

Khalil, Antoin Abou
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/03/2010 PT
Relevância na Pesquisa
66.68%
O presente trabalho tem por objeto a análise da influência do psiquismo do juiz no modo como preside o processo estilo de colheita de dados e relacionamento com os demais sujeitos (partes e advogados, principalmente) e produz suas decisões. Há, portanto, uma interface entre Direito e Psicologia, tomando-se como paradigma a teoria dos tipos psicológicos de Carl Gustav Jung e seguidores, com os acréscimos que lhe foram feitos por Isabel Briggs Myers e Katharine Cook Briggs. Para fins de contraste, a teoria de Jung é confrontada com a tipologia psicanalítica de Freud. No âmbito jurídico, especial atenção é dada à relação das funções pensamento e sentimento com o senso de justiça, sugerindo se que a teoria tridimensional do Direito, de Miguel Reale, seja a expressão jurídica do uso equilibrado das funções perceptivas e judicativas. Esta a primeira parte do trabalho. Na segunda, são analisados tipologicamente seis magistrados do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, tomando-se por base sua atuação profissional, conforme por eles expressa em entrevista. A entrevista foi feita a partir de um questionário padrão, de modo a estabelecer paralelos discursivos e daí colher semelhanças e diferenças, analisadas à luz do tipo psicológico aferido. Para aferição do tipo psicológico de cada entrevistado...

A educação e o professor polivalente: considerações a partir de Carl G. Jung e Hannah Arendt; The education and the elementary school teacher: considerations based on Carl G. Jung and Hannah Arendt

Targino, Renata Fernandez
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/06/2014 PT
Relevância na Pesquisa
76.63%
A educação de crianças e jovens é um pré-requisito para a continuação do mundo humano. Sem ela, nenhuma sociedade sobreviveria a mais de uma geração. Nesse contexto, o professor ocupa um papel central, sendo um representante do mundo dos adultos frente a seus alunos. Esta pesquisa teceu um diálogo entre a Psicologia Analítica de Carl G. Jung, sobretudo em suas concepções sobre a educação e o arquétipo do Mestre-Aprendiz, e as reflexões de Hannah Arendt sobre o compromisso da escola com o mundo público. A partir da aproximação entre estes dois autores, buscou-se ampliar a compreensão de como os professores polivalentes significam a própria experiência docente atualmente e como a relacionam com seu papel dentro do contexto educacional. Para tal, foram realizadas seis entrevistas semi-dirigidas com professoras do Ensino Fundamental I, sendo que cinco atuavam em escolas particulares e uma na rede pública. Além disso, no final de cada entrevista foi solicitada a elaboração de um desenho relativo à profissão. O material coletado foi agrupado e analisado sob inspiração do método de processamento simbólico. Verificamos que a educação, como toda situação típica humana, é regida por um campo simbólico: o do Mestre-Aprendiz. Nesse campo...

A santa, a prostituta e a amante infeliz: as imagens simbólicas do feminino de Edvard Munch, sob abordagem da psicologia analítica de C.G. Jung

Barboza, Lívia Krassuski
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 104 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
66.59%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Artes - IA; Tendo por principal referencial teórico os conceitos de Carl Gustav Jung (1875-1961) sobre os arquétipos e o inconsciente coletivo, neste trabalho proponho-me mostrar como o conteúdo simbólico universal se manifesta na expressão artística individual do pintor norueguês Edvard Munch (1863-1944). Coloco em foco imagens que retratam a mulher e as relações afetivas entre o homem e a mulher que o artista produziu na segunda fase de sua carreira, entre 1889 e 1908. Não obstante referirem-se à visão pessoal do artista, revelam simultaneamente a “nova mulher” que emergia na sociedade de seu tempo. Desta forma, ao contextualizar a produção artística de Munch e analisar seu conteúdo simbólico, proponho-me mostrar como a obra de arte pode expressar, muito além dos conflitos particulares de seu autor, o espírito da época em que foi criada, mediante temas universais.; Having as main theoretic reference the concepts of Carl Gustav Jung (1875-1961) on the archetypes and the collective unconscious, in this work I propose to demonstrate how the universal symbolic tenor is manifested in the individual artistic expression of the Norwegian painter Edvard Munch (1863- 1944). I put into perspective images that portray the woman and the relations of affection between man and woman...

As interfaces entre imagem corporal e a representação simbolica de Carl Gustav Jung; Interface between the body imagem and the Carl Gustav Jung symbolic representation

Renato Garibaldi Mauri
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/12/2006 PT
Relevância na Pesquisa
66.87%
analisa a representação simbólica de Carl Gustav Jung, aspecto primordial da teoria junguiana, que se refere à concepção da imagem, do símbolo e dos arquétipos estudados e descritos pelo psicanalista suíço. Essa pesquisa, a interface entre a imagem corporal e a representação simbólica de Carl Gustav Jung, visa contribuir para uma análise dos dois estudos. Para abordar esse assunto, essa tese se divide em três capítulos. O primeiro capítulo enfatiza os estudos da imagem corporal e suas respectivas características, a fim de esclarecer a significância do conteúdo para o entendimento da relação entre imagem corporal com a representação simbólica. Inicialmente abordaremos um breve histórico com seus múltiplos componentes, conceitos, e implicações sobre a imagem corporal. Serão utilizados os principais autores que se dedicaram e que se dedicam ao estudo desse tema. O segundo capítulo está direcionado à representação simbólica e à definição de arquétipo, destacando os escritos de Jung para explicar o tema proposto, assim como outros autores que incluem em suas pesquisas as representações simbólicas junguianas. O terceiro capítulo enfatiza os estudos da imagem mental e da concepção do corpo, do ponto de vista de alguns autores...

Representações do onírico na modernidade : ressonâncias dos discursos de Freud e Jung sobre os sonhos

Brito, Marcelo Gustavo Costa de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.56%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, 2007.; Esta dissertação consiste em um esforço interdisciplinar que tem na psicologia seu campo privilegiado de investigação. Nela, assume-se dois eixos de pesquisa: o primeiro é a exposição, em linhas gerais, dos discursos de Sigmund Freud e Carl Gustav Jung acerca dos fenômenos oníricos. No outro, consideramos tais discursos como objetos que produzem sentidos, e assim os perpassamos, em movimentos que os atravessam e circundam, em busca de perceber a polifonia que deles emerge, tentando expressá-la ao menos em parte. Tais discursos tiveram profundas ressonâncias na psicologia nascente, na cultura e na história do pensamento ocidental. _________________________________________________________________________________________ ABSTRACT; This dissertation presents an interdisciplinary study, with a main investigative focus on the field of psychology. It assumes two research axes: The first consists of a general exposition of Sigmund Freud’s and Carl Gustav Jung’s discourses on oniric phenomena. The second one considers and attempts to express these discourses as objects that create meaning, and, in so doing, assist in surpassing the polyphony that emerges from them. Both of these discourses have profoundly resounded with early psychology...

Jung e o tempo de Eranos. Do sentido espiritual e pedagógico do Círculo de Eranos.

Araújo, Alberto Filipe; Bergmeier, Horst
Fonte: UNICID Publicador: UNICID
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
76.42%
Este estudo desenrola-se na perspetiva da história das ideias e pretende dar a conhecer, num primeiro momento, a natureza e a importância interdisciplinar do Círculo de Eranos (Eranoskreis) nos estudos da simbólica tradicional, da imaginação e do imaginário. Num segundo momento, falaremos da figura de Carl Gustav Jung (1875-1961) e do seu contributo na constituição, afirmação e irradiação do Círculo de Eranos desde 1933 até 1951. Numa palavra, pretende-se dar a conhecer o seu contributo, na base de um novo humanismo, à missão do Círculo de Eranos e não propriamente apresentar e discutir as temáticas das catorze conferências que proferiu ao longo da sua participação nas sessões de Eranos. Finalmente, e é já o nosso terceiro momento, assinalaremos o “novo humanismo” que parece emergir da aventura interdisciplinar do Eranoskreis.

Carl Gustav Jung, Quantum Physics and the Spiritual Mind: A Mystical Vision of the Twenty-First Century

Valadas Ponte, Diogo; Schäfer, Lothar
Fonte: MDPI Publicador: MDPI
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em 13/11/2013 EN
Relevância na Pesquisa
56.26%
We describe similarities in the ontology of quantum physics and of Carl Gustav Jung’s psychology. In spite of the fact that physics and psychology are usually considered as unrelated, in the last century, both of these disciplines have led at the same time to revolutionary changes in the Western understanding of the cosmic order, discovering a non-empirical realm of the universe that doesn’t consist of material things but of forms. These forms are real, even though they are invisible, because they have the potential to appear in the empirical world and act in it. We present arguments that force us to believe, that the empirical world is an emanation out of a cosmic realm of potentiality, whose forms can appear as physical structures in the external world and as archetypal concepts in our mind. Accordingly, the evolution of life now appears no longer as a process of the adaptation of species to their environment, but as the adaptation of minds to increasingly complex forms that exist in the cosmic potentiality. The cosmic connection means that the human mind is a mystical mind.

O debate religião e psicologia nas primeiras cartas entre Carl Gustav Jung e Victor White (1945-1948)

Ceccon, Rodrigo Pereira
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
56.37%
Resumo

A unilateralidade da razão : a critica junguiana

Camolesi, Maria Eugenia Doimo
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
56.65%
Esta dissertação aborda, desde uma perspectiva específica, uma problemática que se constitui em um dos maiores desafios que se apresentam para a reflexão contemporânea. Trata-se do que convém denominar de crise de civilização, estreitamente vinculada -para a perspectiva adotada nestas linhas- à hegemonia detentada por uma compreensão unilateral da razão. O tema é discutido seguindo o pensamento de um pensador -Carl Gustav JUNG- que deve ser considerado um precursor na abordagem desta questão e de suas consequências para o destino da humanidade. Não sendo o pensamento de JUNG amplamente conhecido fora da área de influência da psicologia analítica, pareceu necessário, antes de discutir a temática específica que constitui o objetivo desta dissertação, proceder à apresentação de alguns dos conceitos fundamentais por ele elaborados. Em um segundo momento é discutido o processo no qual o racionalismo atinge a hegemonia que hoje detenta, para analisar depois a reflexão desenvolvida por Jung na procura de superar a unilateralidade da razão, outorgando particular destaque à sua teoria da sincronicidade.; A partir d'une perspective spécifique, cette dissertação traite une problématique qui se constitue comme une des principales provocations qui se présentent à la reflexion contemporaine. 11 s'agit de ce qu'il convient d'appeler "crise de la civilisation"; selon la perspective qui nous avons adoptée dans ce travail...

Contribuições da psicologia profunda de Carl Gustav Jung para um modelo de gestão do conhecimento nas organizações

Silveira, Ermelinda Ganem Fernandes
Fonte: Florianópolis Publicador: Florianópolis
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 328 p.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
66.56%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento; O tema e objetivo desta tese é a construção de um modelo de gestão do conhecimento nas organizações utilizando a psicologia analítica do psiquiatra suiço Carl Gustav Jung. Este estudo, investindo na busca pela transformação do relacionamento do homem com as organizações, está fundamentado numa abordagem de ser humano multidimensional, que constroe e transforma conhecimento nas organizações vivas compreendidas como "redes psíquicas de conversações arquetípicas". Encontra-se em sua base conceitual a metatriangulação entre os paradigmas interpretativista e humanista radical de Burrell e Morgan, sustentada no modelo qualitativo de pesquisa científica. O modelo proposto descreve as etapas do processo de individuação junguiano, relacionando-as ao processo de criação e representação do conhecimento nas organizações, mais precisamente em ambientes de construção e representação de conhecimento arquetípico compartilhado. No momento do experimento a pesquisa utiliza a hermenêutica simbólica como forma de leitura da realidade social. Em sua base metodológica...

The myth of the vampire and blood imagery in Bram Stoker's Dracula

Zanini, Claudio Vescia
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
ENG
Relevância na Pesquisa
66.62%
O objetivo deste trabalho é apresentar uma leitura do romance Drácula, do escritor irlandês Bram Stoker, publicado em 1897. O propósito do estudo é identificar os arquétipos e imagens predominantes em Drácula, mostrando em que medida eles representam questões pertinentes à sociedade vitoriana e aos públicos receptores que obra teve desde então. A obra é publicada em um momento histórico que se configura ponto crucial na conflituada transição entre os antigos valores rurais britânicos e os da moderna sociedade urbana contemporânea, e a conseqüência desta transição é uma mudança drástica no código comportamental britânico. Diversos elementos desta transformação podem ser identificados nas representações simbólicas encontradas no romance de Stoker, e a voracidade com que a obra é consumida pelos leitores desde a época vitoriana se configura sintoma das premências decorrentes da excessiva repressão daquele período. A análise do arquétipo do vampiro e das imagens arquetípicas apresentadas em Drácula se dará predominantemente através do exame das implicações psicológicas e antropológicas ligadas ao imaginário do Sangue. O embasamento teórico se ampara nas contribuições prestadas por Carl Gustav Jung e Gilbert Durand. A dissertação vem subdividida em três capítulos. Na primeira parte do capítulo um apresento as contextualizações referentes a certos fenômenos observados na sociedade vitoriana...

Símbolos da evolução: dialética de matéria e espírito na mística : uma abordagem a partir de São João da Cruz, Jung e Rahner

Fernandes, Felipe Costa
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
66.65%
A dissertação tem como objetivo analisar a experiência mística utilizando o arcabouço teórico do teólogo católico Karl Rahner e do psicólogo Carl Gustav Jung, fundador da Psicologia Analítica. Os escritos espirituais de São João da Cruz são utilizados como fonte de descrição do fenômeno místico. Inicialmente, foi elaborada uma interpretação do conceito de espiritualidade a partir da Psicologia Analítica. Esta interpretação – baseada na teoria dos arquétipos e do inconsciente coletivo, com suas implicações biológicas – apontou o evolucionismo como uma chave hermenêutica relevante para a compreensão da espiritualidade e da mística. O evolucionismo, questão central também para Rahner enquanto dialética na qual a matéria progressivamente adquire as características do espírito (a autoconsciência e a abertura para o Mistério de Deus), mostrou-se, assim, um possível elo de ligação entre Jung e Rahner na análise da experiência mística. No desenvolvimento do trabalho foram trazidos temas centrais na obra de Jung (tais como o simbolismo do Si-mesmo, a conjunção dos opostos, a alquimia) e comparados com os conceitos metafísicos utilizados por Rahner. Esta conjugação do pensamento de ambos autores proporcionou a interpretação da mística do ponto de vista evolutivo...

James y Lucia Joyce, Samuel Beckett, Carl Gustav Jung y el Wake

del Conde,Teresa
Fonte: Universidad Nacional Autónoma de México, Instituto de Investigaciones Estéticas Publicador: Universidad Nacional Autónoma de México, Instituto de Investigaciones Estéticas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/11/2013 ES
Relevância na Pesquisa
96.56%
Este ensayo plantea, dentro de un medio en el que las investigaciones lingüísticas tuvieron un auge sobre todo con el dadísmo, la posible influencia de Lucia Joyce en el Finnegans Wake, la obra póstuma de James Joyce. El ensayo crítico detecta con lucidez y sensibilidad los juegos de palabras a los que se abre la prosa abundante del Wake, mostrando así el enorme potencial asociativo de vocablos en el proceso mismo de la lectura y su reflejo en el intento de traducción que realizara el escritor mexicano, Salvador Elizondo. Además pone al descubierto el papel que desempeñaron personas allegadas a los Joyce como Samuel Beckett y Carl Gustav Jung. De esta forma, la trama constituye un complemento y revisión de la biografía de Carol Loeb Schloss.

Os tipos psicológicos na psicologia analítica de Carl Gustav Jung e o inventário de personalidade “Myers-Briggs Type Indicator (MBTI)”: contribuições para a psicologia educacional, organizacional e clínicaThe psychological types in analytical psychology of Carl Gustav Jung and the inventory of personality “Myers-Briggs Type Indicator (MBTI)”: contributions for the educational, organizational and clinical psychology

Ramos, Luís Marcelo Alves
Fonte: ETD - Educação Temática Digital Publicador: ETD - Educação Temática Digital
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Avaliado pelos pares; bibliográfica Formato: application/pdf
Publicado em 12/11/2008 POR
Relevância na Pesquisa
66.68%
O texto apresenta os princípios da Teoria dos Tipos Psicológicos, a mais conhecida face da Psicologia Analítica do psicólogo e psiquiatra suíço Carl Gustav Jung (1875-1961), bem como os fundamentos do Inventário de Personalidade “Myers-Briggs Type Indicator (MBTI)”, constituído a partir da tipologia junguiana, e que vem sendo cada vez mais utilizado nos campos da Psicologia Educacional, Organizacional e Clínica. Palavras-chave Psicologia analítica; Teorias da personalidade; Tipos psicológicos; Inventários de personalidade; MBTI Abstract The text presents the principles of the Theory of Psychological Types, the most known face of the Analytical Psychology of the Swiss psychologist and psychiatrist Carl Gustav Jung (1875-1961), as well as the fundamentals of the Inventory of Personality “Myers-Briggs Type Indicator (MBTI)”, constituted from the Jungian typology, and which has been more used nowadays by Educational, Organizational and Clinical Psychology. Keywords Analytical psychology; Theories of personality; Psychological types; Inventories of personality; MBTI

Apontamentos sobre a psicologia analítica de Carl Gustav Jung

Ramos, Luís Marcelo Alves
Fonte: ETD - Educação Temática Digital Publicador: ETD - Educação Temática Digital
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; bibliográfica Formato: application/pdf
Publicado em 05/12/2008 POR
Relevância na Pesquisa
76.65%
O texto faz uma introdução à Psicologia Analítica do psicólogo e psiquiatra suíço Carl Gustav Jung: define o conceito de Psicologia Analítica, traz uma biografia resumida de Carl Gustav Jung, indica as principais diferenças entre a Psicologia Analítica e a Psicanálise, descreve a estrutura e o funcionamento da psique e, por fim, apresenta sinteticamente as características dos tipos de personalidades traçadas por Jung. Palavras-chave Psicologia Analítica; Psicanálise; Freud e Jung; Psique; Tipos psicológicos Abstract

A psicologia analítica de Carl Gustav Jung: apontamentos de aulaThe analytical psychology of Carl Gustav Jung: notes of lesson

Ramos, Luís Marcelo Alves
Fonte: ETD - Educação Temática Digital Publicador: ETD - Educação Temática Digital
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Avaliado pelos pares; bibliográfica Formato: application/pdf
Publicado em 12/11/2008 POR
Relevância na Pesquisa
66.68%
O texto traz o conteúdo de uma aula sobre Teorias da Personalidade com foco nos fundamentos da Psicologia Analítica do psicólogo e psiquiatra suíço Carl Gustav Jung (1875-1961), cuja obra vem apresentando significativas contribuições para a Psicologia Educacional, Organizacional e Clínica. Palavras-chave Psicologia analítica; Teorias da personalidade Abstract The text brings the content of a lesson on Theories of Personality focused in the fundamentals of the Analytical Psychology of the Swiss psychologist and psychiatrist Carl Gustav Jung (1875-1961), whose work has been presenting significant contributions for Educational, Organizational and Clinical Psychology. Keywords Analytical psychology; Theories of personality