Página 1 dos resultados de 30 itens digitais encontrados em 0.050 segundos

Elementos de erotismo e sexualidade nas cantigas de escárnio e de maldizer galego-portuguesas; Elements of eroticism and sexuality in the galician-portuguese songs of mockery and cursing

Silva, Wesley Francisco de Souza
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/09/2010 PT
Relevância na Pesquisa
96.53%
A sexualidade é uma atividade cultural que, desde antiguidade, provoca interesse ao homem, influenciando sua evolução no decorrer da História. Presente no Amor, no Desejo, no Erotismo, na Pornografia, além de em outras manifestações sociais, o sexo é registrado nas mais variadas formas de comunicação. Hoje, podemos notá-lo em textos escritos e falados em imagens comerciais e preventivas, nas falas, nas atitudes, muitas vezes de forma explícita e outras, de forma sugerida. Em diferentes culturas e momentos históricos a sexualidade é registrada tão logo haja possibilidade de fazê-lo. As cantigas medievais galego-portuguesas estão entre os primeiros registros literários e históricos que consideraram a sexualidade, em seus escritos, como comportamento da sociedade ibérica dos séculos XIII e XIV. Elas eram classificadas em três principais gêneros: cantigas de amor, cantigas de amigo e cantigas de escárnio e maldizer, sendo que este último apresentava um vinculo maior com a realidade, em detrimento dos primeiros, que se voltavam mais para o imaginário. Este trabalho estuda, portanto, os registros que as cantigas medievais de escárnio e maldizer dos cancioneiros galego-portugueses fizeram sobre os comportamentos sexuais da sociedade ibérica dos séculos XIII e XIV. Através de 21 cantigas selecionadas da edição critica feita por Manuel Rodrigues Lapa (1970)...

O amor pela forma no Cancioneiro Geral de Garcia de Resende; Love of the form in Cancioneiro Geral by Garcia de Resende

Fernandes, Geraldo Augusto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/02/2011 PT
Relevância na Pesquisa
56.06%
Para se descobrir uma poética do Cancioneiro Geral de Garcia de Resende é necessário que se analise a Compilação não somente pelo seu conteúdo, mas principalmente pela sua forma, constituída de ritmo, de rima e de métrica, e, sobretudo, de estruturas estróficas e de recursos retóricos. Esta Tese propõe definir uma ars poetica implícita na Compilação levada a cabo por Garcia de Resende, que, de 1449 a 1516, reuniu poemas, registrando neles uma época denominada Pré-Renascimento. Através de seis grupos de formas a balada, o vilancete, a esparsa, a trova, a cantiga e os poemas de formas mistas, uma inovação do Compêndio e através do estudo dos artifícios retóricos empregados pelos poetas palacianos, é possível vislumbrar uma poética que não foi proposta por Resende em seu Prólogo, diferentemente do que ocorreu com os cancioneiros castelhanos da mesma época. No entanto, através dos paradigmas encontrados no que se pode denominar amor pela forma daqueles poetas, e através dos gêneros cultivados por eles, percebe-se, também, uma poética no Cancioneiro resendiano.; In order to find out a poetics of Garcia de Resendes Cancioneiro Geral it is necessary to analyze the songbook not only through its content...

O amor nas cantigas da literatura portuguesa e da literatura alemã

Rocha, Elisa Oliveira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
56.65%
O objetivo deste trabalho é realizar uma comparação entre as Cantigas trovadorescas da literatura medieval portuguesa e as Cantigas trovadorescas da literatura medieval alemã, evidenciando semelhanças e diferenças. Para tanto, foram selecionados exemplares de ambas as literaturas, a saber, Cantigas de Amigo e de Amor da literatura portuguesa e hohe Minnelieder e niedere Minnelieder da literatura alemã, que serão aproximadas quanto à abordagem do tema amoroso e quanto à forma. Busca-se, com isso, apresentar imagens e estilos que não pertencem à literatura de um determinado país, mas sim, ao imaginário de uma época.; This study intends to make a comparison between the “Cantigas” of the Medieval Portuguese Literature and the “Cantigas” of the Medieval German Literature, putting on evidence similarities and differences. To do so, examples of both literatures were selected, namely, Cantigas de Amigo and Cantigas de Amor, of the Portuguese Literature, hohe Minnelieder and niedere Minnelieder, of the German Literature, which will be compared regarding theme and form. The aim is to present images and styles that don’t belong to the literature of a particular country, but to the imaginary of a time.; Das Ziel dieser Arbeit ist die Vergleich von Liedern aus der Portugiesischen Literatur des Mittelalters und Liedern aus der Deutschen Literatur des Mittelalters...

Sede de nomeada: o amor da glória na produção literária de Machado de Assis

Souza, Valdira Meira Cardoso de
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 166 f.
POR
Relevância na Pesquisa
56.25%
Pós-graduação em Letras - FCLAS; A Sede de nomeada ou o Amor da glória é um tema que se repete na obra de Machado de Assis. O objetivo deste trabalho é analisar a ação das personagens machadianas que buscam a nomeada. Partimos do pressuposto de que na busca da glória, as personagens tentam construir uma imagem social vencedora. Por meio do elemento temático identificamos as relações intertextuais estabelecidas entre o romance Memórias póstumas de Brás Cubas e as outras narrativas que constituem o corpus desta pesquisa, a saber: O alienista, O segredo do bonzo, A sereníssima República, Conto alexandrino, Cantigas de esponsais, Um homem célebre e Teoria do medalhão. A seleção das narrativas literárias foi baseada nas semelhanças das estratégias empregadas pelas personagens para alcançar a fama. Para realização desta proposta utilizamos noções básicas inerentes ao tema e à crítica temática. Abordamos os princípios teóricos referentes à intertextualidade que apoiaram as análises literárias desenvolvidas nesta pesquisa. Por fim, foram estudadas as concepções de personagem e narrador como elementos da narrativa ficcional.; The thirst for fame or the love of glory is a recurrent theme in the work of Machado de Assis. The objective of this thesis is to analyze the action of the Machadian characters in that search for fame. We presume that in the search for glory...

A dupla face trovadoresca de Chico Buarque

Szatkovski, Inês Valéria
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
56.32%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão. Programa de Pós-Graduação em Literatura.; O trabalho enfoca parte do cancioneiro de Chico Buarque, poeta e compositor brasileiro. Busca-se, em sua poética, o desenho de uma dupla face trovadoresca, marcado pela voz feminina (eu poético) e pela representação da mulher (a construção de figuras femininas) por um eu masculino sob a temática do amor expressa nas relações amorosas. O material poético objeto da primeira leitura destaca o narrador lírico feminino e da segunda, a representação da mulher por um sujeito lírico masculino. Complementam-se, as duas leituras, com as leituras intertextuais centradas nos ecos e reverberações de traços estruturais e temáticos das cantigas de amor, além dos formais das cantigas de amigo do cancioneiro medieval português. A diretriz metodológica apóia-se em estudos do cancioneiro de Chico Buarque que consideram a letra da canção como um poema capaz de textualidade própria, passível de leitura independente da linha melódica, e em estudos teóricos que legitimam a partição de letra e música, quando consideram a letra como poesia. Grande parte dessa obra lírica comprova a presença fundamental de sentimentos mais freqüentemente interligados às dores do amor expressas em várias figuras do discurso amoroso da ausência...

Un chant novel : a inspiração (neo)trovadoresca na poética de Jorge de Sena

Cunha, Sílvia Marisa dos Santos Almeida
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
56.47%
O presente trabalho constitui um contributo para o estudo da tendência neotrovadoresca na poesia portuguesa contemporânea, entendendo-a como recuperação dos modelos semânticos e formais que tipificam os três géneros canónicos integrados na tradição galego-portuguesa medieval: cantigas de amor, cantigas de amigo e cantigas de escárnio e maldizer. Numa primeira parte, discute-se a origem e a amplitude conceptual da designação de «neotrovadorismo», com vista à delineação de uma tipologia das modalidades de intertextualização do discurso trovadoresco. Procede-se ainda a uma breve sondagem diacrónica em torno da poesia portuguesa do século XX, com o objectivo de nela averiguar a incidência da recuperação neotrovadoresca. Numa segunda parte, elege-se a obra poética de Jorge de Sena, nela salientando a relevância do imaginário medieval. Depois de se proceder à detecção das composições que, no conjunto da sua ampla obra poética, denunciam uma inequívoca inspiração neotrovadoresca, propõe-se uma análise dos textos elencados, neles destacando, em especial, a relevância do modelo da sátira galego-portuguesa. ABSTRACT: This dissertation aims to contribute to the study of neotroubadourism in contemporary Portuguese poetry...

O Amor na Cultura Portuguesa - Camões e António Ferreira -

Fernandes, Adelina Joaquina
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.31%
Dissertação de Mestrado em Cultura Portuguesa; Partimos da tese principal, centrada na temática amorosa, como um aspecto da cultura que na literatura se representa. Tema de eleição da totalidade de poetas e prosadores, o Amor está no epicentro deste trabalho. Na Idade Média, as cantigas trovadorescas e a poesia palaciana dão-nos a conhecer o amor cortês, caracterizado pela exaltação dos atributos da mulher amada, que, muitas vezes, ostenta uma posição superior à do homem. O platonismo e o petrarquismo influenciam a forma como os autores renascentistas tratam o tema do amor. O platonismo penetra na poesia através do dolce stil nuovo, com Dante. O petrarquismo domina toda a literatura europeia do século XVI, convergindo num novo erotismo. Patenteia sentimentos antagónicos, como o prazer do sofrimento amoroso, a ausência - que agudiza o desejo - e a insatisfação atormentada do amador. Como algo complexo e multifacetado, é assim que a literatura amorosa do século da razão e do rigor formal nos apresenta o amor. Vivem-se e plasmam-se nas grandes tragédias da época os amores fatais e tumultuosos, em que a paixão do amor priva o homem do domínio sobre si próprio. A reabilitação das paixões humanas tem lugar no século das luzes. Impera uma sensibilidade que faz adivinhar o idealismo romântico do século XIX...

O sentido dos diálogos entre as mulheres e o mar nas cantigas de amigo galego-portuguesas do século XIII

Mendes, Ana Luiza
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
66.31%
Resumo: As cantigas de amigo galego-portuguesas nos rementem ao universo da dicotomia entre a oralidade e a escrita. Na verdade, para a sociedade medieval não havia contradição entre essas duas formas de expressão. De fato, a oralidade era bem mais praticada, sobretudo por seu caráter didático, mas, sem, contudo, se desfazer totalmente da escrita, veículo pelo qual nos foram legadas essas produções. Justamente essa escrita, o galego e o português, suscitam algumas indagações sobre o desenvolvimento de um precoce sentimento de "nacionalidade" ou pertencimento a uma determinada região, visto o fato de as preferirem ao latim. De toda forma, a utilização dessas línguas romances têm um caráter sintomático no desenvolvimento cultural e político da Península Ibérica, setores que também podem ser analisados através dessas produções, tal como o papel da mulher nessas sociedades. Da mesma forma que a escolha da língua para as produções, as cantigas de amigos suscitam indagações e sobre o eu-lírico nelas representadas. Este diz respeito à voz feminina que nos transmite situações do seu mundo e do local onde elas viveriam, como o movimento do sair e regressar das balsas, barcas e navios dos seus amores que neles vão embora ou regressam. A relação entre as mulheres e o ambiente e atividades marítimas...

A tópica da visión e o amor trobadoresco no cancioneiro de Don Denis : (estudo retórico-literario e edición crítica de 33 cantigas de amor)

Eirín García, Leticia
Fonte: Universidade da Corunha Publicador: Universidade da Corunha
Tipo: Tese de Doutorado
GLG
Relevância na Pesquisa
76.64%
[Resumo] Esta Tese de Doutoramento pretende abordar a análise do cancioneiro amoroso do rei e trobador Don Denis, e particularmente das súas composicións pertencentes ao xénero de amor, desde a perspectiva da visión e do amor trobadoresco. Para isto, partimos dun corpus formado por trinta e tres cantigas de amor dionisinas, nas cales aparece recollido de modo explícito o motivo da visión da senhor. En paralelo, presentamos o comentario de cada unha das devanditas composicións desde un punto de vista retórico e literario, así como tamén establecemos o texto crítico baseándonos nas tendencias textuais actualizadas ‘neolachmanianas’ e noutras aportacións significativas da crítica textual. O noso estudo esténdese, a respecto do topos da visión, ao conxunto do corpus trobadoresco galego-portugués, establecendo igualmente un confronto con outras escolas contemporáneas a ela como a provenzal, o que nos permite examinar os elementos innovadores e a mestría da poesía de Don Denis dentro da homoxeneidade formal que caracteriza a nosa lírica. Alén disto, incluímos outros aspectos habitualmente presentes en estudos destas características como o retrato da personalidade histórica do trobador ou, nun sentido máis formal...

?L?rias, letras, alegres ou tristes? do conto: oralidade e amor em Guimar?es Rosa

PANTOJA, Jorge Lu?s Ferreira
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
46.48%
O estudo da novela "Uma est?ria de amor", de Guimar?es Rosa (1908-1967), que pretendemos desenvolver na realiza??o desta Disserta??o de Mestrado, traz como principal mote a recep??o cr?tica e a interpreta??o das cantigas, narrativas e est?rias cantadas e contadas durante a "Festa de Manuelz?o" (esp?cie de subt?tulo de "Uma est?ria de amor"). Desse modo, nosso trabalho ter? sua metodologia desenvolvida com fundamento na Est?tica da Recep??o, formulada por Hans Robert Jauss (1921-1997), por?m, n?o se trata de amparar a feitura dessa Disserta??o, ?nica e exclusivamente, nos m?todos est?tico-recepcionais, mas, de amparados pelos estudos hermen?uticos, sobretudo os formulados por Jauss, constituir um cen?rio poss?vel para a obra de Guimar?es Rosa, considerando suas v?rias interpreta??es e sua import?ncia para a afirma??o do car?ter vanguardista atribu?do ao seu legado, em especial ? "Uma est?ria de amor". Durante a realiza??o da festa que marcar? a inaugura??o da fazenda, os muito contadores e cantadores chegam ? Samarra (propriedade de Federico Freire, patr?o de Manuelz?o) com a miss?o de contar narrativas e cantigas que conduzir?o o velho vaqueiro a um raro momento de parada dos seus afazeres na fazenda, levando-o a fazer parte da celebra??o de sua festa. Com vista a realizar o objetivo proposto nesta Disserta??o...

O adultério casto: um olhar casto sobre o romance do século XIX

Velez, Maria Amélia Cordeiro
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
46.47%
Introdução - A temática do amor na literatura é talvez a mais recorrente e a mais antiga. Diz-se, inclusivamente, que o amor nasceu com e da literatura. A este propósito, Denis de Rougemont (1968:158) afirma que «os sentimentos que [sentimos] são criações literárias no sentido de que uma certa retórica é a condição suficiente da sua confissão, portanto da sua tomada de consciência». Não disse La Rochefoucauld que poucos homens se apaixonariam se nunca tivessem ouvido falar de amor? Porém, a literatura só trata de amores infelizes; o amor feliz parece não ter história. Só existem romances de amor ameaçado, condenado, é o amor-paixão, o amor sofrimento...Bakhtine (1978:374) sublinha esse facto e circunscreve-o no tempo: «L' idylle détruite [...] devient 1'un des principaux thèmes littéraires à la f 1n du XVIII° siècle et dans la première moitié du XIX° siècle». O amor infeliz reveste muito frequentemente na literatura a forma de adultério. Com efeito, o adultério ou amor -transgressão/proibição tornou-se uma temática preferencial nas literaturas das diferentes culturas e países, ora objecto de censura, ora defendido e até justificado, ora condenado. Rougemont afirma, numa das primeiras páginas da sua obra L'Amour et L'Occident...

O Cancioneiro da Ajuda : confecção e escrita

Ramos, Maria Ana, 1954-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
56.32%
Tese de doutoramento em Linguística (Linguística Histórica), apresentada à Universidade de Lisboa através da Faculdade de Letras, 2009; O título O Cancioneiro da Ajuda. Confecção e escrita pretende anunciar um estudo que se posiciona entre a filologia do códice e a filologia do texto. O Cancioneiro da Biblioteca do Palácio da Ajuda em Lisboa é a compilação antológica mais antiga da produção lírica galegoportuguesa referente a cantigas de amor. O estudo de 1904 de Carolina Michaëlis de Vasconcellos concedeu-nos a edição crítica do ciclo de amor e facultou-nos também grande parte das características e das hipóteses históricas relativas ao códice. H. H. Carter em 1941 publicou a importante edição diplomática do Cancioneiro da Ajuda, que restituirá ao público uma visão mais genuína do estado gráfico do manuscrito, ao demonstrar as diversidades entre a edição de C. Michaëlis e a trasladação medieval. Só em 1994, bastante tempo mais tarde, a edição fac-similada veio favorecer melhor aproximação ao manuscrito, criando condições propícias ao confronto com as edições precedentes. Este trabalho não se coloca, no entanto, em um âmbito editorial. Não se trata, pois, de mais um tipo de edição...

As fiindas nas cantigas de amor do Cancioneiro da Ajuda

Buján Sánchez, Laura de las Mercedes
Fonte: Universidade da Corunha Publicador: Universidade da Corunha
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
GLG
Relevância na Pesquisa
106.47%
Traballo fin de grao (UDC.FIL). Galego e portugués estudios lingüísticos e literarios. Curso 2014/2015; [Resumo]O presente traballo está orientado cara ao estudo das fiindas, conxunto de versos de carácter breve propio da lírica galego-portuguesa que, colocados no final das cantigas, conclúen, en xeral, o pensamento do trobador. O noso obxectivo principal é presentarmos e definirmos os principios formais destas estruturas literarias para os confrontar posteriormente coa práctica real dos trobabores mediante a posta en práctica dos coñecementos adquiridos específicamente nas materias de Literatura Galega, Historia da Lingua Galega e portuguesa, Literatura galega medieval galego-portuguesa e más Edición e Comentario dos textos galegos e portugueses. Para levarmos ao cabo este proxecto, delimtamos o corpus medieval profano e seleccionamos as cantigas con fiinda pertencentes ao xénero de amor e, dentro destas, escollemos só aquelas que se recollen no Cancioneiro da Ajuda.

Amor e poesia nas cantigas d'amor de D. Denis

Nobre, Cristina
Fonte: Escola Superior de Educação de Leiria Publicador: Escola Superior de Educação de Leiria
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /12/2001 POR
Relevância na Pesquisa
56.23%

Das cantigas de amor às Cantigas de Santa Maria : os apelativos da dama na lírica galego-portuguesa

Kleine, Marina
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
96.59%
O presente trabalho consiste em um estudo das formas de denominação da mulher amada, ou dama, que constitui o objeto de devoção dos trovadores na lírica amorosa galego-portuguesa, tanto profana como religiosa. São analisados os apelativos da dama encontrados em uma amostra de cantigas de amor contidas no Cancioneiro da Ajuda e nas cantigas de loor das Cantigas de Santa Maria.; This paper aims to study the different forms of nominating the beloved woman, or dame, who constitutes the troubadours’ object of devotion in Galician-Portuguese love poetry, both profane and religious. The analysis will be focused on the appellatives of the dame in a sample of cantigas de amor extracted from the Cancioneiro da Ajuda and in Cantigas de Santa Maria’s cantigas de loor.

Mulher e erotismo na lírica trovadoresca galego-portuguesa

Louzada Fonseca, Pedro Carlos; Melo Araújo, Márcia Maria de
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
66.31%
Trata-se de uma abordagem das imagens femininas reproduzidas nas cantigas de amigo “Fui eu, madre, lavar meus cabelos” de Johan Soarez Coelho e “Levou s’ aa alva, levou s’ a velida” de Pero Meogo, ambos destacados trovadores galego-portugueses. Nas cantigas de amigo, o erotismo aparece como tema da possibilidade de satisfação, da promessa, do desejo ou da sua negação, e da proximidade da felicidade. Nesse sentido, pretende-se neste trabalho refletir sobre as imagens recorrentes na lírica desses trovadores e como elementos éticos da fidelidade, da coragem, da ternura são tratados por uma vertente erótico-cultural que compõe a nobreza medieval, capaz de transformar os sofrimentos do amor em beleza, oferecendo, desse modo, um significado e um valor satisfatório para o sentimento.; It is an approach of the female images reproduced in the cantigas de amigo “Fui eu, madre, lavar meus cabelos” by Johan Soarez Coelho and “Levou s’ aa alva, levou s’ a velida” by Pero Meogo, both outstanding troubadours Galician-Portuguese. In the cantigas de amigo, eroticism appears as the theme of the possibility of satisfaction, of promise, of desire or its negation, and of the closeness of happiness. In this sense, it is intended in this paper to reflect on the recurring images in the lyricism of these minstrels and how ethical elements of loyalty...

O imaginário cristão nas novelas de cavalaria e nas cantigas de amor

Gomes Dutra Magalhães, Hilda; Testa, Eliane Cristina; dos Santos Teixeira, Izabel Cristina
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em //2006 POR
Relevância na Pesquisa
106.51%
Analisamos, neste texto, a influência da educação cristã no imaginário laico medieval, mais especificamente na novela A demanda do Santo Graal e nas cantigas de amor produzidas na Europa a partir do Século XII. Ao longo das nossas reflexões percebemos uma forte influência da Igreja tanto nas novelas de cavalaria quanto nas cantigas de amor, entretanto, tais influências não foram suficientemente fortes para evitar que a individualidade, substrato das tradições culturais anteriores ao Cristianismo, se desenvolvesse no imaginário medieval.; We analyze, in this text, the influence of the christian education in the secular imaginary of the Middle Age, more exactly in the story of chivalry search for the Holy Grail and in the plaintive love songs, produced in the Europe in the twelfth century. Throughout the reflection, we observed an important influence of the Church as much in the cavalry stories as in the plaintive love songs, but these influences weren't sufficient for to avoid the increase, in the imaginary of Middle Age, of the individuality, cultural substratum of the Europe anterior the Christianism.

Esponsales, drudaria y amor virginal en las Cantigas de Santa María

Disalvo, Santiago
Fonte: Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais Publicador: Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 30/06/2007 POR
Relevância na Pesquisa
56.6%
O amor é tratado nas Cantigas de Santa Maria do rei Afonso X em múltiplos níveis: a paixão entre o homem e a mulher fora do matrimônio, o amor cortês (fin’ amors), o amor marital entre os esposos que fizeram um juramento, e o amor virginal, eqüivalente à consagração monástica. Nas cantigas de loor, o rei Alfonso apresenta-se como o trovador de Santa Maria e seu entendedor (amante que foi aceito). Mas o estágio final da escala do amor cortês é o da drudaria, que na originalidade afonsina é igualada ao motivo do sponsus marianus. Love is treated in King Alfonso X’s Cantigas de Santa Maria at multiple levels: passion between man and woman out of wedlock, courtly love (fin’ amors), marital love between spouses that have made an oath, and virginal love, equivalent to monastic consecration. In the cantigas de loor, King Alfonso presents himself as troubadour of St. Mary and his entendedor (lover whose wooing has been accepted). But the final stage of the courtly love scale is the one of drudaria, which in the alfonsine originality is equalled to the motif of the sponsus marianus.

The medieval feminine personage in the romance O guarani; A personagem feminina medieval no romance "O guarani"

Lucena, Afrânio Gurgel; Universidade do Estado do Rio Grande do Norte; da Costa, Maria Edileuza; Univesidade do Estado do Rio Grande do Norte
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 30/06/2011 POR
Relevância na Pesquisa
56.41%
We objectify to present a intertextual analysis of the literary text that contemplates a process of mythical constitution of the personages of the romance the Guarani (1857) of the writer Jose de Alencar. Focamos the analysis on the Cecília young for where we discover its “static” adaptation as medieval myth in the Brazilian romantic romance. The unconditional, protective and servile love of the Peri indian (One arquétipo of the medieval knight.) conditions the construction of the loved one, therefore under the medieval myth of the gracious love, a personage is formed in function of the other, is opposing destinations that search the balance in the love. Exactly being something distant and inaccessible, as they present the trovadorescas Cantigas of love. In the theoretical recital, we have: MOISÉS (2004 - 2005) characterizing the mythos and the definitions of the plain and round personages; a platonic reference to the servile love in the Slap-up meal; Spalding (1973), Brunel (1988) for the dicionarizações concerning the thematic one and of the critical one; in the literary theory, Brunel, Pichois and Rousseau (1995, p.115): the myth, “a narrative set consecrated by the tradition”; in Samuel (2000), the mythical literariedade in the formation of a people; Bosi (1994)...

Peregrinos y santuarios en las cantigas de Santa María

Correira de Melo Neto,Ivo
Fonte: Temas medievales Publicador: Temas medievales
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2010 ES
Relevância na Pesquisa
76.27%
Muchas son las manifestaciones que han dejado los peregrinos medievales (crónicas de viaje, canciones para meditar o distraerse durante el camino, canciones de amor...). General mente, es el propio peregrino quien escribe sus impresiones personales o narra su aventura. Sin embargo, en las Cantigas de santa María, esos peregrinos son retratados como simples personajes y su periplo se convierte en un guión que conduce la narrativa principal del milagro obrado por la Virgen. Gracias a esta particularidad, el texto nos ofrece un panorama singular del acto del peregrinaje: en la colección del rey Sabio, se mezclan relatos de peregrinos que deciden partir, movidos por las más diversas razones. Precisamente, en el presente artículo mostraremos esas diferentes formas de peregrinación, procurando ilustrarlas con ejemplos de las mencionadas cantigas alfonsíes.