Página 1 dos resultados de 142 itens digitais encontrados em 0.035 segundos

Temas e práticas de pesquisa em gestão de operações; Themes and research practices in operations management

Figueiredo, Jeovan de Carvalho; Teodósio, Armindo dos Santos de Sousa; Gonçalves-Dias, Sylmara Lopes Francelino
Fonte: Editora da Universidade Federal da Paraíba - UFPB; João Pessoa Publicador: Editora da Universidade Federal da Paraíba - UFPB; João Pessoa
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
65.88%
A Gestão de Operações tem sido caracterizada pela sobreposição temática com as áreas da Administração e da Engenharia de Produção. Nesse sentido, a proposta deste artigo é analisar os temas e práticas investigativas científicas adotadas por pesquisadores que publicaram em periódicos de cada uma dessas duas áreas, entre os anos de 2010 e 2012. Foram analisados 258 artigos publicados neste período, a partir de técnicas de estatística descritiva e análise de agrupamentos de palavras-chave. Os resultados mostraram que predomina, no campo da Administração, a pesquisa aplicada, enquanto que no campo da Engenharia de Produção, predomina a avaliação de resultados. Contudo, os temas de interesse identificados neste estudo são particularmente comuns nos periódicos analisados, revelando que a Gestão de Operações é efetivamente uma área com forte inserção tanto no campo científico da Administração quanto da Engenharia de Produção; Operations management has been characterized by a thematic overlap between the areas of management science and production engineering science. In this sense, the purpose of this article is to analyze themes and research practices adopted by researchers who published articles related to these two fields between the years 2010 and 2012. We analyzed 258 articles published during this period...

Refletindo sobre o Campo Científico da Administração e a Atuação do Pesquisador

Schlickmann, Raphael; Pacheco, Andressa Sasaki Vasques
Fonte: INPEAU Publicador: INPEAU
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
86.14%
O objetivo deste trabalho é o de apresentar uma discussão teórica em torno do campo científico e da atuação do pesquisador neste campo. Mais especificamente como funciona o campo científico e o quanto seus pesquisadores são influenciados pelo contexto em que estão inseridos. Assim, inicialmente são apresentados os conceitos e abordagens de campo científico segundo a concepção de Merton (1979) e Bourdieu (1994), cujas características são discutidas por Martin (2001). Na sequência é discutida a atuação do pesquisador no campo científico, tomando por base as contribuições de Dortier (2005), que discute de forma crítica a atuação daqueles que denomina “profissionais do saber”; Berry (1995) e Gingras et al (2001) que relacionam o pesquisador ao homem de negócios; Dortier (2001) que chama a atenção para as várias facetas da atividade do pesquisador; e Louvel (2005) e Leclerc (2005) os quais discorrem sobre a importância dos relacionamentos do pesquisador no campo. Na sessão seguinte, faz-se uma discussão em torno da produção e difusão do conhecimento no campo da Administração, considerando os trabalhos de Charle (1998) e Dortier (1998), ambos de abordagem crítica. Ainda nesta seção remete-se ao trabalhos de Audet (1986) que propõe um quadro conceitual para o desenvolvimento de uma epistemologia da administração em que discute o campo e a atuação dos pesquisadores desta área do conhecimento; e aos trabalhos de Serva (1990...

Administração universitária

Schlickmann, Raphael
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 292 p.| il., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
66.19%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico, Programa de Pós-Graduação em Administração, Florianópolis, 2013.; O campo científico ao se constituir em uma estrutura em que agentes ocupam posições a partir do acúmulo de capital científico adquiridos ao longo de sua trajetória acadêmica por meio de lutas para alcançar o melhor lugar nessa estrutura (BOURDIEU, 1983) torna-se uma das categorias de análise que viabilizam o estudo da atividade dos cientistas enquanto atores sociais, cooperando ou rivalizando segundo modalidades particulares em instituições específica (BOUDON, 1990). Ao se perceber que a administração universitária no Brasil, pode ser vista como um subcampo científico da administração no país, e tomando por base a abordagem sobre o campo científico de Bourdieu (1983; 2004), o objetivo central desta tese é o de analisar como está constituída a administração universitária enquanto campo científico no Brasil. Por meio de uma abordagem predominantemente quantitativa buscou-se identificar alguns agentes que formam o campo científico da administração universitária no Brasil, traçar um perfil desses agentes e a partir deste caracterizar o próprio campo. Como resultados principais deste trabalho pode-se apontar: a identificação de 233 agentes-pesquisadores...

UMA BREVE REFLEXÃO SOBRE O CAMPO CIENTÍFICO DA ADMINISTRAÇÃO E O PAPEL DO PROFESSOR PESQUISADOR NAS UNIVERSIDADES BRASILEIRAS

Pinheiro, Daniel Moraes; Coelho, Kellen da Silva
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
96.03%
Discussões sobre o campo científico, suas relações e contradições inerentes aos sistemas avaliativos no Brasil têm se enveredado para o papel do professor-pesquisador, as condições a ele oferecidas, as exigências condicionadas e as limitações reconhecidas. Nesse sentido, este artigo teórico visa a tecer uma breve reflexão a respeito do campo científico da Administração e o papel do professor-pesquisador nas universidades brasileiras. Para isso, são apresentados pressupostos teóricos sobre o campo científico, de modo geral e também de forma pontual no contexto da Administração; bem como sobre a vida do professor pesquisador nas universidades brasileiras. Reflexões levam a crer que o professor-pesquisador é constantemente submetido a desafios no campo científico, que evidenciam a semelhança do campo com o sistema de trocas econômico, em que se manifestam práticas embebidas de disputas por poder, por recursos e por visibilidade.

A agenda do professor pesquisador em administração: uma análise baseada na sociologia da ciência

Melo, Danilo José Alano
Fonte: Florianópolis Publicador: Florianópolis
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 84 f.| tabs.
Relevância na Pesquisa
56.01%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio Econômico, Curso de Administração.; A administração é considerada uma ciência nova, se comparada às ciências tradicionais. Isso fica evidente no Brasil, já que o ensino superior em administração foi iniciado a partir da década de 50, importando metodologias americanas de ensino. A partir da formação de professores e pesquisadores, a pesquisa científica nacional em administração passa a ser desenvolvida e a ser parte essencial para a formulação de teorias e metodologias que se adequassem a realidade nacional. Nas ultimas décadas, a epistemologia tem se tornado tema comum para diversas ciências, que a usam para refletir sobre suas bases. Nesse contexto, a sociologia da ciência também surge como parte essencial para a compreensão do saber científico, colocando no centro da investigação o pesquisador, ator do campo científico, e suas relações dentro do campo de atuação. Com o objetivo de aprofundar a compreensão sobre o conteúdo do trabalho do professo-pesquisador em administração, tendo em vista a necessidade dos integrantes desse campo, tanto os novos entrantes, como os outros agentes, de compreendê-lo melhor e de maneira sistematizada...

Vida e trabalho do professor pesquisador em administração no sul do Brasil

Pinheiro, Daniel Moraes
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 267 p.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
76.14%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio Econômico, Programa de Pós-Graduação em Administração, Florianópolis, 2013.; A prática da ciência é, ao mesmo tempo, um processo dereflexão, de tensão, onde o exercício da profissão parece tomar parte davida do sujeito, entrelaçando-se de forma quase indissolúvel. Isto é frutode escolhas de um sujeito, que ao optar pela carreira acadêmica, precisaquestionar-se quanto às suas escolhas e suas consequências, muitoembora não o faça, muitas vezes, de forma consciente. A ciência daadministração traz na sua composição um desafio em relação a estasescolhas, pois, como ciência social aplicada, é demandada a responderaos desafios propostos pelo seu campo científico e pela própriasociedade. O referencial teórico de base está na sociologia da ciência,considerando especialmente o trabalho de Pierre Bourdieu quanto aoconceito de campo e capital científico. A partir da trajetória de 17sujeitos, professores pesquisadores de Programas de Pós-Graduaçãocredenciados e reconhecidos, no sul do Brasil, foi possível entender adinâmica do campo científico da administração, discutindo os principaiselementos que a caracterizam. Utilizando-se da história oral temática eda como técnica de pesquisa...

ADMINISTRAÇÃO UNIVERSITÁRIA COMO CAMPO CIENTÍFICO: POSSIBILIDADES A PARTIR DA ABORDAGEM DE BOURDIEU

Schlickmann, Raphael
Fonte: INPEAU Publicador: INPEAU
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
96.08%
O campo científico ao se constituir em uma estrutura em que agentes ocupam posições a partir do acúmulo de capital científico adquiridos ao longo de sua trajetória acadêmica por meio de lutas para alcançar o melhor lugar nessa estrutura (BOURDIEU, 1983) torna-se uma das categorias de análise que viabilizam o estudo da atividade dos cientistas enquanto atores sociais, cooperando ou rivalizando segundo modalidades particulares em instituições específicas (BOUDON, 1990). Ao se perceber que a administração universitária no Brasil, pode ser vista como um subcampo científico da administração no país, o objetivo central deste trabalho é discutir os principais conceitos que constituem a abordagem sobre o campo científico de Bourdieu (1983; 2004). Nesse sentido, busca-se contribuir e fomentar trabalhos que se utilizem da abordagem bourdieusiana para o entendimento da estruturação e funcionamento do campo científico da administração universitária.

Administração do desenvolvimento: um campo em busca da relevância ou a relevância em busca de um campo?

Santos, Elinaldo Leal
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
56.04%
Tese de Doutoramento em Administração/Gestão; O objetivo central desta tese é compreender a função da ciência da administração nos estudos sobre desenvolvimento. O ponto de partida para esse estudo encontra-se no contexto histórico de reconstrução do pós-guerra, quando, naquela ocasião, surgiu a disciplina Administração do Desenvolvimento. Porém, hoje, raramente encontramos um posicionamento mais preciso da administração sobre as questões pertinentes ao desenvolvimento. Diante disso, procuramos desvendar se a Administração do Desenvolvimento é uma disciplina em busca da relevância ou a relevância em busca da disciplina? Para explorá-la foi necessário ouvir a comunidade acadêmica brasileira, percorrer a história da ciência da administração e da teoria do desenvolvimento, utilizando-se, para isso, a técnica de pesquisa exploratória, a técnica de pesquisa bibliográfica/documental, bem como a técnica de análise de conteúdo na perspectiva de Bardin (1979). Ao percorrer essa trajetória, verificamos que parte do conhecimento produzido no campo das ciências sociais, quando se referem à gestão das relações sociais de produção, distribuição e consumo, pertence ao campo esquecido pela ciência da administração...

Persistência e mudança de temas na estruturação do campo científico da estratégia em organizações no Brasil

Machado-da-Silva,Clóvis L.; Rossoni,Luciano
Fonte: Associação Nacional dos Programas de Pós-graduação em Administração Publicador: Associação Nacional dos Programas de Pós-graduação em Administração
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2007 PT
Relevância na Pesquisa
95.93%
No presente artigo, procuramos verificar como o nível de coesão estrutural dos pesquisadores da área de estratégia no Brasil condiciona a construção do conhecimento científico nesse campo social. Por meio da análise de agrupamentos, levada a efeito mediante uso da técnica de análise de redes, foram avaliados 2.332 artigos publicados em periódicos e anais de congressos científicos brasileiros entre os anos de 1997 e 2005. Com base na vertente estruturacionista da perspectiva institucional de análise examinamos o papel das relações entre autores na persistência e na mudança de temas no decorrer do tempo. Verificamos que o crescimento significativo do número de trabalhos no campo da estratégia foi condicionado em termos de temas pelos agrupamentos formados em momentos anteriores. Observamos alto grau de homogeneidade dentro dos agrupamentos mesmo em face da ocorrência de heterogeneidade de temas de pesquisa no campo como um todo. Tal constatação indica que a imersão em grupos sociais condiciona o que é legitimamente aceito no campo científico, implicando em sistemas de significado específicos em cada agrupamento, apesar da ocorrência de certo nível de comunalidade entre os integrantes do campo. Esse achado tem óbvias implicações para a conversação entre diferentes grupos de autores.

Ranking de produção científica em administração de empresas no Brasil

Wood Jr.,Thomaz; Chueke,Gabriel Vouga
Fonte: Universidade Presbiteriana Mackenzie Publicador: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
75.89%
Este artigo afilia-se a um esforço coletivo amplo, em curso há muitos anos na academia brasileira, e voltado para a reflexão sobre a evolução do campo científico da Administração de Empresas no país. De fato, nos últimos anos, diversos estudos de base empírica e ensaios têm sido publicados. Neste trabalho, toma-se uma via alternativa. Trata-se de um esforço inicial para retratar, com base em uma abordagem quantitativa, a produção nos vários domínios da Administração de Empresas no Brasil. Assim, procuramos avaliar a produção veiculada em quatro revistas nacionais impressas "A", no período 2002 a 2006 (cinco anos). Apresentamos a contribuição dos principais centros de pesquisa do país, na forma de um ranking de produção científica. Discutimos os resultados encontrados e notamos que, embora o ranking desenvolvido permita valiosas observações, sua validade como indicador da produção científica brasileira é prejudicada por efeitos endogênicos constatados em três das quatro revistas utilizadas como fontes. Registramos também as limitações do estudo e indicamos direções para futuros desenvolvimentos.

ALBERTO GUERREIRO RAMOS: CONTRIBUIÇÕES DA REDUÇÃO SOCIOLÓGICA PARA O CAMPO CIENTÍFICO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA NO BRASIL

CAPELARI,MAURO GUILHERME MAIDANA; AFONSO,YEDDA BEATRIZ GOMES DE ALMEIDA DYSMAN DA CRUZ SEIXAS SINGER; GONÇALVES,ANDRÉA DE OLIVEIRA
Fonte: Universidade Presbiteriana Mackenzie Publicador: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
85.92%
O ensaio teórico apresenta a proposta de Alberto Guerreiro Ramos sobre redução sociológica, na dimensão de método histórico e atitude parentética, como sugestão de tema aos estudos sobre o campo científico da administração pública no Brasil. Procuramos dialogar com duas questões: “De que modo podemos desenvolver um entendimento mais sistemático da administração pública nacional?” e “O que precisamos (re)conhecer para que o campo da administração pública nacional seja mais responsivo, correspondendo melhor aos anseios públicos locais?”. Seguindo Guerreiro Ramos, sugerimos que o campo estudado lance mão do uso metodológico da história e da ação parentético-substantiva. O primeiro diz respeito à assimilação crítica da produção intelectual estrangeira que permitiria a uma comunidade não se servir exclusivamente de experiências de outras comunidades na realização de seu projeto histórico. O segundo está relacionado com um posicionamento lúcido e ativo dos seres humanos em relação aos fatores que os condicionam...

Considerações sobre um campo científico em formação: Bourdieu e a "nova ciência" do turismo

Meira,Fabio Bittencourt; Meira,Mônica Birchler Vanzella
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2007 PT
Relevância na Pesquisa
75.91%
O artigo discute a proposição de que o turismo é uma "nova ciência". Tomando como referencial teórico o conceito de campo científico, em Pierre Bourdieu, o artigo analisa a proposta de "cientifização do turismo" apresentada por Jafar Jafari, para evidenciar que o turismo é um campo científico em formação. O problema da legitimação desse novo campo é discutido, e se identifica, como sintoma da necessidade de legitimação, a recorrência a signos da economia e dos negócios, consubstanciados num discurso dominante: o turismo-indústria. A crítica aos fundamentos da identidade entre turismo e indústria revela os limites de seu potencial de cientificidade, levando ao impasse o projeto de "cientifização". Finalmente, como contraponto ao discurso dominante, os autores sugerem situar a "cientifização" do turismo noutro contexto, esboçando uma proposta crítica e dialógica, visando aderir maior autonomia ao novo campo.

Nem só de debates epistemológicos vive o pesquisador em administração: alguns apontamentos sobre disputas entre paradigmas e campo científico

Barbosa,Milka Alves Correia; Santos,Jouberte Maria Leandro dos; Matos,Fátima Regina Ney; Almeida,Ana Márcia Batista
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
96.08%
A discussão sobre abordagens paradigmáticas no campo da Administração pode ser profícua quando provoca os pesquisadores a refletir sobre premissas, práticas e valores compartilhados por uma comunidade científica. Entretanto, ao extremo, torna-se uma disputa que impede a busca de outras abordagens para lidar com a complexidade dos fenômenos sociais. Nesse sentido, importa compreender que, na produção do conhecimento científico, os pesquisadores não se deparam somente com escolhas acerca de epistemologia, de lógica ou de teoria linguística, mas, também, com problemas de política. Este ensaio objetiva contribuir com reflexões sobre o pesquisador e os desafios epistemológicos e políticos com os quais se depara no fazer pesquisa, argumentando que não se trata somente de uma escolha entre positivismos e interpretativismos, mas igualmente envolve disputas de poder dentro de um campo científico). Para tanto, foram selecionados intencionalmente textos com conceitos-chave, como paradigmas e campo científico. Em resposta ao objetivo geral deste ensaio, consideramos que o fazer ciência constitui uma atividade humana que possui vínculo indissociável com espaço e tempo e imbrica-se com jogos de poder. Entendemos, ainda...

A agenda do professor-pesquisador em Administração: uma análise baseada na sociologia da ciência

Melo,Danilo; Serva,Maurício
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2014 PT
Relevância na Pesquisa
86.06%
A Administração é considerada uma ciência nova, caso seja comparada às ciências tradicionais. O Ensino Superior em Administração no Brasil teve início na década de 1950, importando metodologias americanas de ensino. A partir da formação de professores e pesquisadores, a pesquisa científica nacional em Administração passa a ser desenvolvida e a ser parte essencial para a formulação de teorias e metodologias adequadas à realidade brasileira. Nesse contexto, a sociologia da ciência surge como perspectiva essencial para a compreensão do saber científico, colocando no centro da investigação o pesquisador, ator do campo científico, bem como suas relações dentro do campo. Com o objetivo de aprofundar a compreensão sobre o conteúdo do trabalho do professor-pesquisador em Administração, tendo em vista a necessidade dos integrantes desse campo de compreendê-lo melhor e de maneira sistematizada, este artigo visa a responder a seguinte questão: "Qual é o conteúdo do trabalho do professor-pesquisador, quais são seus objetivos e as atividades que compõem sua agenda?". Por meio deste estudo, predominantemente qualitativo, aprofundou-se o conhecimento sobre as atividades com as quais os professores-pesquisadores em Administração estão envolvidos e seus objetivos quando entraram no campo e seus objetivos atuais...

Cooperación entre investigadores del área de administración de la información: evidencias estructurales de fragmentación de las relaciones en el campo científico; Cooperação entre pesquisadores da área de administração da informação: evidências estruturais de fragmentação das relações no campo científico; Cooperation between information management researchers: structural evidences of fragmentation of relations in the scientific field

Rossoni, Luciano; Hocayen-da-Silva, Antônio João
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2008 POR
Relevância na Pesquisa
66.04%
Based on the assumption that scientific knowledge is socially constructed, the objective of the present article is to analyze the cooperation standards between the researchers in the field of Information Management. Under an institutional perspective of analysis, the authors have studied the structure of relations of co-authorship in the studied field through the analysis of the social networks. Evaluating the collaboration in the production of 228 articles published in the annual meeting of the Anpad (National Association of Graduate Courses and Research in Administration), in the years of 2002 and 2006, 359 authors have been identified. It was verified that the area presents great fragmentation, with 87 formed components, of which only 11 have more than 5 authors. In the evaluation of the centrality of the authors, it was observed that there is an intimate relation between cooperation, intermediation and closeness, in which some authors are better ranked. The relation between centrality and scientific production was significantly strong and authors that collaborate tend to be more productive. Finally, analyzing if the components of larger size configured as small worlds, it was verified that, even presenting a high score, the components tend more to cohesion. Hence the conclusion that the area develops more by means of closed groups than by collaborating with other groups.; Al considerar que el conocimiento científico se construye socialmente...

Aspectos do consumo e da produção da informação no campo científico da Administração; Aspects of consumption and production of scientific information in the Field of administration

Mattos, Ana Maria; Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Fonte: Departamento de Ciência da Informação – UFSC Publicador: Departamento de Ciência da Informação – UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 03/05/2011 POR
Relevância na Pesquisa
75.73%
http://dx.doi.org/10.5007/1518-2924.2011v16n31p71Objetiva-se identificar o conjunto de periódicos citados nas teses em Administração da Universidade Federal do Rio Grande do Sul concluídas de 1997 até 2007, e distinguir os periódicos em que os autores destas teses publicaram seus artigos técnicos e científicos de um ano após a obtenção do doutoramento até 2010. Os autores estudados citaram um conjunto de 1.131 títulos de periódicos em suas teses e publicaram seus artigos em outro conjunto de 187 títulos. Os dois conjuntos tinham em comum apenas 31 periódicos, ou aproximadamente 2% dos títulos.; This paper identifies the set of journals cited in PhD theses about Management at the Universidade Federal do Rio Grande do Sul completed from 1997 until 2007, and distinguish the journals in which the authors of these theses published his scientific and technical papers one year after obtaining the doctoral degree up to 2010. The authors used a set of 1,131 titles in their theses and published their articles in another set of 187 journals. The two sets had in common only 31 journals, or about 2% of the titles.

Administração universitária: desvendando o campo científico no Brasil

Schlickmann, Raphael; Oliveira, Maurício Roque Serva de; Melo, Pedro Antônio de
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2014 POR
Relevância na Pesquisa
86.12%
http://dx.doi.org/10.5007/1983-4535.2014v7n3p160Ao se perceber que a administração universitária no Brasil, pode ser vista como um subcampo científico da administração no país, e tomando por base a abordagem sobre o campo científico de Bourdieu (1983; 2004), o objetivo central deste trabalho é o de analisar como está constituída a administração universitária enquanto campo científico no Brasil. Como resultados principais pode-se apontar: a identificação de 233 agentes-pesquisadores, 17 grupos de pesquisa e 18 cursos de pós-graduação stricto sensu em administração atuando no campo científico da administração universitária no Brasil, conforme os critérios utilizados. Verificou-se que existe a presença de temas que não necessariamente estejam relacionados à administração, mas ao ensino ou a educação superior. Quanto à estrutura do campo foi identificada uma relativa desigualdade na distribuição de capital científico, independente do tipo (puro ou institucional) considerado. Constatou-se que existe maior facilidade em se obter poder científico que prestígio acadêmico neste campo. Ainda, concluiu-se que os agentes tendem a atuar em locais mais próximos aos dominantes para ocupar melhores posições no campo. As fontes de capital científico mais importantes para ocupar posições de destaque no campo estão ligadas principalmente à titulação e à experiência profissional dos agentes.

O campo científico na percepção de docentes de uma universidade: entre regras e estratégias de sobrevivência

Teixeira, Juliana Cristina; Universidade Federal de Minas Gerais; Cappelle, Mônica Carvalho Alves; Universidade Federal de Lavras; Perdigão, Denis Alves; Universidade Federal de Minas Gerais; Antonialli, Luiz Marcelo; Universidade Federal de Lavras
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 09/09/2013 POR
Relevância na Pesquisa
65.92%
http://dx.doi.org/10.5007/1983-4535.2013v6n3p86O contexto da pesquisa científica pode ser considerado um campo social, como um universo relativamente autônomo de relações sociais específicas. Se for considerada a concepção de Bourdieu (1989, 1996, 2004a) em relação aos campos sociais, se pode dizer que a sociedade é composta por vários campos diversos, vários espaços que possuem uma autonomia relativa, com regras e características próprias de funcionamento. Cada um desses campos funciona, segundo o autor, como microcosmos sociais que possuem valores, objetos e interesses específicos. Nesse contexto, o objetivo do presente trabalho é analisar a percepção dos docentes acerca das (1) regras e normas do campo científico e acerca das (2) estratégias que empreendem para atuar ou sobreviver neste meio. Quanto aos fins, a pesquisa é descritiva e a abordagem utilizada foi qualitativa. Os sujeitos da pesquisa foram docentes da Universidade Federal de Lavras, localizada no interior de Minas Gerais. A coleta de dados se deu por meio de entrevistas pessoais conduzidas por meio de roteiros semi-estruturados. As principais regras do meio científico observadas pelos docentes foram: publicar, relacionar-se e obter recursos. Vários entrevistados se vêem desenvolvendo estratégias para sobreviver neste campo...

Aspectos do consumo e da produção da informação no campo científico da administração

Mattos, Ana Maria
Fonte: Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia Publicador: Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion;
Publicado em 09/08/2012 PT
Relevância na Pesquisa
65.72%
Este trabalho identifica o conjunto de periódicos citados nas teses de doutorado em Administração da Universidade Federal do Rio Grande do Sul concluídas entre 1997 e 2007 e os diversos periódicos em que os autores destas teses publicaram seus artigos técnicos e científicos um ano após a obtenção do doutoramento até 2010. Os autores estudados citaram 1.131 periódicos em suas teses e publicaram seus artigos em outros 187 periódicos. Os dois conjuntos tinham em comum apenas 31 periódicos, aproximadamente 2% dos títulos. Palavras-chave: Ciência da Informação. Comunicação científica. Produção e consumo da informação. Link para o texto completo (PDF)http://www.periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/1518-2924.2011v16n31p71/17758

PROSPECTS FOR RESEARCH IN MANAGEMENT OPERATIONS IN BRAZIL: AN ANALYSIS OF SCIENTIFIC investigative practices; Temas e Práticas de Pesquisa em Gestão de Operações

Figueiredo, Jeovan de Carvalho; Teodósio, Armindo dos Santos de Sousa; Gonçalves-Dias, Sylmara Lopes Francelino
Fonte: Universidade Federal da Paraíba Publicador: Universidade Federal da Paraíba
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Avaliado por Pares Formato: application/pdf
Publicado em 09/08/2013 POR
Relevância na Pesquisa
75.88%
The article examines the practices of scientific knowledge developed in the field of Operations Management in Brazil. To this end, the theoretical work discusses different approaches that contextualize and problematize the contemporary reality of the universities and the actors who produce them knowledge. In addition, we analyze different ways to understand and classify scientific research, which at the end of the theoretical and conceptual article results in the adoption of a proposed typology for research produced on management in the Brazilian context. The methodological procedures begin with the explanation on how the screening and selection of articles on Production Management, published in national journals relevant, and the criteria for classification of each scientific research on the typology adopted. Finally, we analyze the data, which reveal important challenges of how scientific research Operations Management have been developed in Brazil, resulting from both structural constraints that organize the country's university context, the choices and daily practices as the strategies for research and knowledge production by researchers.; A Gestão de Operações tem sido caracterizada pela sobreposição temática com as áreas da Administração e da Engenharia de Produção. Nesse sentido...