Página 1 dos resultados de 43 itens digitais encontrados em 0.045 segundos

Padrões de variação temporal de temperatura do ar e ozono superficial na cidade de Bragança, Portugal

Feliciano, Manuel; Ribeiro, A.C.; Rodrigues, Filipe
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança, Tomás de Figueiredo, Luís Frölén Ribeiro, António Castro Ribeiro Publicador: Instituto Politécnico de Bragança, Tomás de Figueiredo, Luís Frölén Ribeiro, António Castro Ribeiro
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
56.35%
O ozono troposférico é um dos oxidantes fotoquímicos mais perigosos da troposfera. É um poluente que pode causar efeitos adversos quer a nível da saúde humana, quer a nível do ambiente, intervindo activamente na destruição das florestas, na redução da produção e perda de qualidade dos produtos agrícolas e na redução do tempo médio de vida de múltiplos materiais. O ozono é ainda um gás de efeito estufa com uma contribuição relevante para as alterações climáticas globais. Embora o ozono seja conhecido por ser um constituinte natural da atmosfera, a sua dinâmica não é bem compreendida. Com o objectivo de preencher uma importante lacuna em matéria de qualidade do ar na região Nordeste de Portugal, as concentrações de ozono da camada superficial, a temperatura do ar e outros parâmetros meteorológicos convencionais têm vindo a ser monitorizados na cidade de Bragança, Portugal, desde Abril de 2006. Os ciclos diários e sazonais relativos às concentrações de ozono e à temperatura do ar foram estimados a partir das observações horárias disponíveis, de modo a avaliar e comparar a evolução temporal destes parâmetros ambientais, ao longo dos últimos quatro anos. Os principais resultados mostram que a temperatura do ar e as concentrações de ozono apresentam um padrão de variação sazonal e diário bastante característico...

Padrões de variação temporal de temperatura do ar e ozono superficial na cidade de Bragança, Portugal

Feliciano, Manuel; Ribeiro, A.C.; Rodrigues, Filipe
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança, Tomás de Figueiredo, Luís Frölén Ribeiro, António Castro Ribeiro Publicador: Instituto Politécnico de Bragança, Tomás de Figueiredo, Luís Frölén Ribeiro, António Castro Ribeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
56.35%
O ozono troposférico é um dos oxidantes fotoquímicos mais perigosos da troposfera. É um poluente que pode causar efeitos adversos quer a nível da saúde humana, quer a nível do ambiente, intervindo activamente na destruição das florestas, na redução da produção e perda de qualidade dos produtos agrícolas e na redução do tempo médio de vida de múltiplos materiais. O ozono é ainda um gás de efeito estufa com uma contribuição relevante para as alterações climáticas globais. Embora o ozono seja conhecido por ser um constituinte natural da atmosfera, a sua dinâmica não é bem compreendida. Com o objectivo de preencher uma importante lacuna em matéria de qualidade do ar na região Nordeste de Portugal, as concentrações de ozono da camada superficial, a temperatura do ar e outros parâmetros meteorológicos convencionais têm vindo a ser monitorizados na cidade de Bragança, Portugal, desde Abril de 2006. Os ciclos diários e sazonais relativos às concentrações de ozono e à temperatura do ar foram estimados a partir das observações horárias disponíveis, de modo a avaliar e comparar a evolução temporal destes parâmetros ambientais, ao longo dos últimos quatro anos. Os principais resultados mostram que a temperatura do ar e as concentrações de ozono apresentam um padrão de variação sazonal e diário bastante característico...

Gestão da fertilização azotada em agroecossistemas

Rodrigues, M.A.; Arrobas, Margarida
Fonte: Escola Superior Agrária de Bragança Publicador: Escola Superior Agrária de Bragança
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
55.88%
A agricultura dos países desenvolvidos utiliza azoto em excesso. A comunidade científica internacional tem dado grande importância a este tópico nos últimos trinta anos procurando identificar as razões, conhecer as consequências e estudar meios de minimizar danos. A agricultura desenvolvida utiliza azoto em excesso por quatro razões principais: o custo do azoto tem sido pouco significativo comparado com o valor das produções; as plantas respondem com exuberância ao azoto aplicado quando o elemento é limitante; as produções normalmente não decrescem quando se aplica azoto em excesso; e a qualidade das recomendações de fertilização emitidas pelos laboratórios é ainda de qualidade insatisfatória. Quando se aplica azoto em excesso a eficiência de uso do nutriente reduz-se. Na agricultura dos países desenvolvidos, de uma maneira geral, menos de 50% do azoto aplicado como fertilizante é recuperado pelas plantas. O restante perde-se para o meio ambiente. O azoto pode sair do solo na forma de nitratos, sendo lixiviado para aquíferos e cursos de água superficiais, originando a redução da qualidade da água para consumo e a eutrofização dos cursos de água e albufeiras. O azoto pode ainda sair do sistema solo/planta em formas gasosas e contaminar a atmosfera. Algumas dessas formas de azoto estão associadas ao aumento do efeito de estufa...

Influência da dose de radiação gama na cor de castanhas de origem Portuguesa e Turca (Castanea sativa Mill.)

Antonio, Amilcar L.; Ramalhosa, Elsa; Fernandes, Ângela; Barreira, João C.M.; Botelho, M. Luísa; Günaydi, Tuğba; Halkan, Hasan; Quintana, Begoña; Bento, Albino
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
55.88%
A produção mundial de castanha está estimada em 1,1 milhões de toneladas, distribuídas por uma superfície de aproximadamente 340 000 ha, contribuindo a Europa em cerca de 12% dessa produção. Portugal assume um papel importante, contribuindo com aproximadamente 3%. Contudo, só cerca de 15% da produção Portuguesa é absorvida pelo mercado nacional, sendo os restantes 85% exportados. Estes valores demonstram a importância que este fruto tem para o equilíbrio da balança comercial Portuguesa. Durante a conservação da castanha, os produtores e industriais do sector enfrentam diversos problemas, tais como: I) Perda de peso, resultado da elevada taxa de transpiração que este fruto apresenta, a qual acarreta importantes perdas económicas e de qualidade; II) Infestação por insectos, tais como o bichado e o gorgulho; e III) Desenvolvimento de fungos, alguns dos quais produtores de micotoxinas. Até há pouco tempo, a fumigação com brometo de metilo era uma das técnicas mais utilizadas para eliminar pragas, sendo utilizada em castanha para exportação. Contudo, este composto, por ser um agente tóxico de largo espectro, pode causar efeitos nocivos na saúde humana. Por outro lado, o Protocolo de Montreal, o qual Portugal subscreveu...

Concentrações de ozono superficial em Portugal: avaliação dos padrões temporais e dos contrastes espaciais em estações de fundo

Afonso, Paulo Alexandre Félix
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança Publicador: Instituto Politécnico de Bragança
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
56.33%
O ozono troposférico é um dos poluentes atmosféricos que mais preocupação tem causado ao homem quer pelos efeitos nocivos diretos na saúde das populações, quer pelos prejuízos económicos decorrentes da destruição de culturas agrícolas e florestais, de estruturas construídas e de diversos materiais. As variações das concentrações do ozono da camada superficial da atmosfera são complexas e relativamente rápidas devido a múltiplos fatores tais como as emissões de precursores, a fotoquímica, o transporte horizontal, as interações com a troposfera livre e a deposição. Com o presente estudo procurou-se avaliar as concentrações de ozono, e de alguns dos seus precursores, registadas em várias estações de monitorização de qualidade do ar nacionais, com vista a identificar os fatores determinantes dos níveis de ozono troposférico prevalecentes nas atmosferas de fundo de Portugal. O estudo apoiou-se numa base de dados de três anos (2009 a 2011) fornecida por 8 estações rurais de fundo, que cumpriram o critério de eficiência de recolha de dados para o período de tempo referido. Os dados foram processados de forma a avaliar os padrões temporais das concentrações de ozono e dos seus precursores azotados e a estabelecer relações entre estes e com outros fatores fisiográficos...

Relatório de estágio de Mestrado em ensino de física e de química no 3º ciclo do ensino básico e no ensino secundário

Martins, Renato Jorge de Andrade
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
96.33%
Um dos objectivos dos actuais currículos do ensino básico é o desenvolvimento e promoção de literacia científica. Na actual sociedade, cada vez mais dependente de tecnologias de informação e comunicação, importa que o ensino das ciências, não se dissociando da presente realidade, tente incentivar o interesse dos alunos utilizando também tecnologias que eles utilizam no seu dia-a-dia. Por outro lado, é também importante que se proporcionem aos alunos, desde cedo, oportunidades para apreciarem a importância fundamental que a experimentação tem em ciências. Assim, foram desenvolvidos dois projectos de investigação educacional em contexto de ensino formal, numa turma do 8º ano de escolaridade, em que se abordaram estas duas temáticas. No Projecto de Investigação Educacional I foi elaborada uma estratégia para ensinar óptica com recurso a diversas experiências, em que se utilizaram materiais simples, alguns de uso corrente no dia-a-dia, procurando incutir nos alunos a ideia que conclusões importantes, no domínio da física experimental, podem ser obtidas de forma simples e fora do ambiente do laboratório. Procurou-se pois promover uma estratégia eficaz, com recurso a actividades laboratoriais, para o ensino da óptica no 8º ano de escolaridade. O Projecto de Investigação Educacional II procurou sensibilizar-se os alunos para o estudo do tema “Mudança Global” e para o importante papel que os cidadãos devem assumir na preservação e protecção do ambiente. Abordou-se especificamente a importância da camada de ozono e o papel que os alunos podem ter para reduzir a sua depleção. Foi concebida uma WebQuest para estimular os alunos a utilizarem...

Biodiesel de girassol ou microalgas para Portugal: Uma avaliação comparativa de ciclo de vida

Figueiredo, Filipa Daniela Francisco de
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
65.88%
A crescente pressão por parte da União Europeia (UE), para que os seus estados membros estabeleçam metas de incorporação de energias provenientes de fontes renováveis, tanto no consumo final bruto de energia, como no sector do transporte, impõe que sejam avaliadas as implicações ambientais relativas à produção de biocombustíveis. A presente dissertação tem como principal objectivo avaliar comparativamente o ciclo de vida (CV) de biodiesel produzido com base em dois tipos distintos de matéria-prima cultivável em Portugal (girassol e microalgas), através da metodologia científica de avaliação de ciclo de vida (ACV). Neste contexto foi desenvolvido um modelo e inventário de CV para dois sistemas em análise: biodiesel de girassol e biodiesel de microalgas. O modelo avalia os impactes de ciclo de vida (AICV) para os dois tipos de biodiesel utilizando os métodos de avaliação de impactes ambientais ReCiPe e CML. Na ACV do biodiesel de girassol foram consideradas duas formas de cultivo, em regadio e em sequeiro, sendo ainda analisada a influência do método de alocação aos co-produtos (mássica e energética). Os resultados obtidos pelo método ReCiPe, permitiram comparar o biodiesel produzido com girassol cultivado em regadio e sequeiro...

Aquecimento global e degradação da camada de ozono : Ensino e aprendizagem no Ensino Secundário

França, Paula Maria Coelho Pereira
Fonte: Universidade do Porto. Reitoria Publicador: Universidade do Porto. Reitoria
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
56.33%
Foram objectivos deste estudo conhecer as ideias de alunos portugueses acerca do Aquecimento Global e da Degradação da Camada do Ozono, e intervir na sala de aula, para promover a aprendizagem relativa a estes fenómenos. O estudo foi dividido em duas fases. Na primeira fase, destinada a conhecer as ideias de alunos portugueses acerca dos fenómenos ambientais acima referidos, a amostra foi constituída por alunos do 12º ano sem frequência da disciplina de Técnicas Laboratoriais de Química, bloco III onde o tema é abordado , por alunos do 12º ano com frequência dessa disciplina e por alunos do 4º ano da licenciatura em Química Ramo Educacional. Aplicaram-se a esta amostra dois questionários já utilizados em outros estudos, um de forma aberta/fechada e outro de forma fechada. Através deles foi possível concluir genericamente que os vários grupos estudados apresentavam um conhecimento acerca do Aquecimento Global mais baixo do que acerca da Degradação da Camada do Ozono, um baixo conhecimento das radiações electromagnéticas envolvidas nestes fenómenos ambientais e da sua interacção com a matéria, e um conhecimento genérico acerca destes fenómenos, inferior ao que seria de esperar para o nível do 12º ano. A segunda fase do presente estudo foi uma consequência dos resultados encontrados nos questionários da primeira fase que deram o impulso necessário para a intervenção na sala de aula. Esta fase decorreu no âmbito da disciplina de Técnicas Laboratoriais de Química...

Abordagem da camada de ozono no Ensino Básico : Construção, aplicação e proposta de estratégias didácticas para o 7º ano

Tavares, Susana Cristina de Azevedo
Fonte: Universidade do Porto. Reitoria Publicador: Universidade do Porto. Reitoria
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
76.17%
A principal finalidade deste estudo foi elaborar actividades de ensino inovadoras e facilitadoras da aprendizagem da problemática: "Diminuição da Espessura da Camada de Ozono". A recente revisão curricular introduz alterações substanciais à organização curricular, enfatizando a pertinência desta investigação. Este trabalho decorreu em três etapas essenciais. A primeira foi a pesquisa bibliográfica das ideias dos alunos em relação a esta problemática bem como a procura dos recursos para o ensino, existentes neste domínio. A segunda etapa centrou-se na elaboração de duas estratégias de ensino inovadoras, atendendo às concepções identificadas, com componentes significativas ora de actividades de laboratório, ora de interacção multimédia. A última fase do trabalho compreendeu a implementação destas estratégias com alunos do 7º ano do Ensino Básico e sua avaliação comparativa com uma outra estratégia de cariz mais teórico. Para avaliar a eficácia de qualquer uma destas estratégias usou-se um questionário elaborado para o efeito. Com alguma surpresa, não se notaram resultados significativamente diferentes nos três grupos actores da investigação. Este facto foi interpretado, avançando-se algumas hipóteses justificativas. Não obstante se tratarem de pequenos grupos de alunos...

Avaliação de ciclo de vida de sistemas solares térmicos em edifícios; Life cycle assessment of solar hot water systems in buildings

Fernandes, Verónica Marisa Martins
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
55.88%
Dissertação de mestrado integrado em Engenharia Civil; A presente dissertação aborda fundamentalmente conceitos de cariz ambiental e económico aplicados ao ciclo de vida de sistemas solares térmicos para águas quentes sanitárias. Com este trabalho pretende-se alertar os projetistas para a problemática atual das alterações climáticas, de forma a privilegiar o uso de energias renováveis, mais concretamente de energia solar. Para tal serão apresentados e discutidos conceitos e noções sobre a legislação e o mercado dos sistemas solares térmicos, assim como os principais componentes que constituem esses sistemas. No fim do estudo apresenta-se uma metodologia de avaliação de ciclo de vida de sistemas solares térmicos com base numa análise LCA e LCC, que desencadeou o desenvolvimento de um programa informático que tem como objetivo a integração mais rápida do sistema solar térmico na construção e, portanto, promover a sua sustentabilidade. O programa permite o cálculo dos potenciais impactes ambientais tais como aquecimento global, acidificação, eutrofização, destruição da camada de ozono, energia incorporada, etc., decorrentes do ciclo de vida do sistema solar térmico, os impactes desse sistema ao longo do tempo de vida do edifício e a sua viabilidade económica. Posteriormente...

Simulação do ozono no ar ambiente no nordeste transmontano

Correia, Ana Isabel Campos
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
76.27%
Lamas de Olo, uma aldeia esquecida no Parque Natural do Alvão, sem tráfego rodoviário nem qualquer indústria, regista com frequência níveis elevados de ozono troposférico, facto que tem suscitado preocupações relativamente a repercussões graves na saúde humana e vegetação. O tema para este trabalho surgiu como consequência do envolvimento da Universidade de Aveiro no Projecto FOTONET, tendo como objectivo primordial o estudo e a recolha de informações relativas às possíveis origens do ozono troposférico na região. Neste trabalho analisaram-se dados da estação de monitorização da qualidade do ar de Lamas de Olo, dados provenientes das campanhas resultantes do projecto FOTONET e simulou-se ainda a qualidade do ar da região através da aplicação de um modelo meteorológico e de qualidade do ar, TAPM (The Air Pollution Model). Apesar do modelo subestimar os valores medidos, permite estimar tendências evolutivas e prever os locais onde as concentrações serão mais elevadas. A análise dos dados da estação e das campanhas, permitiu concluir que Lamas de Olo apresenta características únicas, provavelmente devido à topografia da região e altitude. Pela simulação da qualidade do ar foi possível concluir ser essencial investir na ampliação e redefinição da rede de monitorização da qualidade do ar...

Critérios ambientais na utilização de materiais de construção

Lucas, Sandra Manuel Simaria de Oliveira
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
85.88%
A tomada de consciência em relação às alterações climáticas, à destruição da camada de ozono e à depleção de recursos naturais, levou a uma crescente preocupação com as consequências das actividades humanas no meio ambiente. O sector da construção é responsável por uma grande parte dos resíduos depositados em aterro, como consequência das actividades de construção, manutenção e utilização dos edifícios. A selecção dos materiais de construção tem um grande impacto na sustentabilidade de um edifício ao longo de todo o seu ciclo de vida. Este trabalho tem por objectivo o desenvolvimento de um processo que contenha critérios ambientais para a selecção de materiais numa construção que se pretende sustentável. Procura-se perceber quais os critérios de selecção presentes numa série de ferramentas de análise de ciclo de vida, de modo a estabelecer uma metodologia de avaliação. Descrevem-se assim as principais ferramentas hoje utilizadas numa séria de Países, enquadrando-as nos princípios genéricos da sustentabilidade do ambiente construído em termos dos materiais que são utilizados. Na fase final procura-se através de um estudo de caso dar corpo a à metodologia desenvolvida. A aplicação escolhida baseia-se na comparação de quatro materiais de isolamento térmico para fachadas pelo exterior (o sistema ETICS). Aplicados os critérios ambientais seleccionados e integrando as propriedades dos materiais em causa e o seu desempenho funcional...

Avaliação do ozono troposférico em Portugal

Gonçalves, Fátima Maria Almeida
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
76.31%
O ozono, poluente secundário é formado a partir dos poluentes libertados como o NOx e COV’s. À superfície, o ozono troposférico apresenta diversos problemas, nomeadamente, para a saúde, para a vegetação, interferindo também nas alterações climáticas. Assim existe uma necessidade de avaliar os seus níveis regularmente e verificar quais as zonas mais críticas. Com este trabalho pretende-se avaliar as concentrações de ozono troposférico em Portugal Continental, combinando duas abordagens, monitorização in situ e dados de satélite. O período de tempo com dados disponíveis nas duas abordagens e selecionado para este estudo, compreendeu os anos 2005-2010. As estações de monitorização em estudo foram escolhidas tendo em conta o, tipo de influência e de ambiente e a eficiência de coleta para o período de estudo, resultando num total de 20 estações selecionadas e distribuídas por todo Portugal Continental. Relativamente aos dados de deteção remota, para a recolha de dados de ozono troposférico foi utilizado o satélite Aura, que leva a bordo os instrumentos de medição OMI, MLS, TES e HIRLDS. Os três primeiros instrumentos foram utilizados neste trabalho para analisar a coluna vertical do ozono troposférico. O Aura foi o selecionado visto que era o que apresentava dados para o período de tempo requerido e uma melhor resolução espacial. A análise dos dados das estações permitiu concluir que a estação de L. Olo apresentava sempre as concentrações de ozono mais elevadas...

Ammonia-oxidizing Archaea from high artic soils

Alves, Ricardo Jorge Eloy
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 ENG
Relevância na Pesquisa
65.88%
Tese de mestrado. Biologia (Microbiologia Aplicada). Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2011; As regiões árcticas e boreais cobrem 22% da superfície terrestre e englobam toda uma variedade de ecossistemas particularmente sensíveis a alterações ambientais, entre ecossistemas terrestres (Chapin III et al., 2000; Sala et al., 2000). O Árctico está actualmente a sofrer alterações dramáticas, previstas de aumentar drasticamente durante o presente século em resultado do aumento das temperaturas que desproporcionalmente afecta estas regiões (IPCC, 2007). Alterações na estrutura e funcionamento destes ecossistemas têm um enorme impacto no clima, não só à escala local e regional, como também à escala global (Chapin III et al., 2000; Post et al., 2009). Adicionalmente, estimativas recentes indicam que a quantidade de carbono armazenado nos solos permafrost das regiões árcticas e boreais é duas vezes superior ao carbono presente na atmosfera e mais de três vezes superior a todo o carbono armazenado na totalidade da biomassa florestal, perfazendo 50% do carbono orgânico subterrâneo (Tarnocai et al., 2009; Kuhry et al., 2010). O aumento dos processos de decomposição e respiração em função do aumento das temperaturas está previsto constituir um importante feedback positivo do aquecimento global...

Variabilidade de concentrações e fluxos de óxido nitroso (N2O) em estuários e zonas costeiras portuguesas

Macedo, Célia Pereira Gonçalves, 1970-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
65.88%
Tese de doutoramento, Ciências do Mar, Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2012; O óxido nitroso (N2O) é um gás com efeito de estufa e um intermediário na destruição da camada de ozono estratosférico sendo, em geral, considerável a contribuição das regiões estuarinas e costeiras, e em particular de afloramento, para o fluxo global de N2O dos oceanos. Nos estuários e zonas costeiras portuguesas a identificação das fontes deste biogás e a quantificação dos seus fluxos é escassa. Com o objetivo de avaliar a contribuição dos estuários do Tejo, Sado, Minho e Lima, assim como da zona de afloramento costeiro adjacente ao estuário Sado para a emissão global de N2O, foram efetuadas determinações da sua variabilidade e fluxos em 2006 e 2007. Os níveis médios mais elevados foram medidos no estuário do Lima (13,7 nmol L-1) e Minho (11,3 nmol L-1) enquanto no Tejo e Sado não ultrapassaram 10,9 nmol L-1 e 8,0 nmol L-1, respetivamente. No estuário do Tejo as taxas de nitrificação pelágica determinadas oscilaram entre 12,8 e 52,3 nmol N L-1 h-1, sendo 99% da sua variação explicada por seis variáveis ambientais (temperatura, salinidade, pH, NH4 +, C/N e DOC). Os estuários estudados funcionaram, predominantemente...

Avaliação sócio-económica e ambiental da co-combustão de carvão, biomassa e resíduos não tóxicos

Santos, Ana Sofia Garcia dos
Fonte: Faculdade de Ciências e Tecnologia Publicador: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
66.34%
Dissertação apresentada à Universidade Nova de Lisboa,Faculdade de Ciências e Tecnologia, para a obtenção do grau de Mestre em Engenharia do Ambiente; O projecto Europeu intitulado “COPOWER” teve como objectivo o estudo dos efeitos sinérgicos da utilização de biomassa e resíduos não tóxicos na produção de energia eléctrica através da co-combustão com carvão. Inserida no projecto COPOWER, a presente tese avalia, sob os pontos de vista ambiental e sócio-economico, a substituição parcial do carvão por biomassa e resíduos não tóxicos. Foram estudados três cenários: o cenário 0 onde foi utilizado apenas carvão; o cenário 1 que correspondeu à co-combustão de carvão, lamas de ETAR e farinha de carne e ossos; e o cenário 2 que correspondeu à co-combustão de carvão, lamas de ETAR e peletes de madeira. Os ensaios de combustão e co-combustão foram realizados na Central Termoeléctrica de “Stadtwerke Duisburg AG” (SWDU), em Duisburg, na Alemanha, entre Agosto de 2004 e Novembro de 2005. Para se proceder à avaliação dos três cenários foram utilizados diferentes indicadores sócio-económicos e ambientais. Os indicadores ambientais usados foram os seguintes: Uso de combustíveis fósseis; Emissão evitada de gases com efeito de estufa (GEE); Emissão de gases com efeito acidificante; Emissão de compostos que contribuem para a eutrofização; Emissão de gases que contribuem para o nevoeiro fotoquímico; Emissão de gases que contribuem para a depleção da camada de ozono. Os indicadores sócio-economicos usados foram os seguintes: Potencial de criação de emprego; Custo de produção de electricidade; Custo da redução das emissões de CO2. Os valores dos indicadores foram convertidos numa escala uniformizada...

Ambiente e sustentabilidade: o ponto de vista dos alunos

Roque, Ana Luísa Dionísio Martins
Fonte: Faculdade de Ciências e Tecnologia Publicador: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
66.18%
Dissertação apresentada para obtenção do Grau de Mestre em Ciências da Educação Especialidade Ensino da Biologia e da Geologia, pela Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa; O estudo apresentado nesta dissertação debruça-se sobre a Educação Ambiental de um grupo de alunos do ensino básico, em particular as concepções que estes possuem sobre o aumento do efeito de estufa, a destruição da camada de ozono e o esgotamento de recursos naturais. Este estudo divide-se em duas partes fundamentais: um levantamento (survey) das concepções que um conjunto de alunos, de diferentes níveis escolares entre o pré-escolar e o 9.º ano e de diferentes percursos certificadores do 9.º ano, possui sobre os temas acima referidos; uma intervenção sobre um grupo de alunos, seleccionado de entre os anteriores, com o objectivo de comparar as concepções que este possuíam inicialmente com as que desenvolveram após a aplicação de diferentes estratégias de ensino destes mesmos temas. As representações iniciais dos alunos foram investigadas tendo por base um inquérito, administrado na forma de entrevista ou de questionário, levado a cabo em 4 estabelecimentos de ensino, 3 deles situados no concelho de Cascais e 1 no concelho de Odivelas...

Qualidade do desempenho argumentativo de alunos do 9º ano de escolaridade no âmbito da temática Destruição da Camada de Ozono

Alves, Joana Dalila Silva
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
56.18%
Dissertação de mestrado em Ciências da Educação (área de especialização em Supervisão Pedagógica na Educação em Ciências); A importância atribuída ao desenvolvimento de competências argumentativas nos alunos é justificada pelo seu contributo na construção do conhecimento científico, e pelo seu papel na formação de jovens cientificamente cultos, capazes de participar e intervir ativa e responsavelmente em decisões de cariz social, tecnológico, científico e ambiental. Nesta perspetiva, o desenvolvimento da argumentação é preconizado nos documentos orientadores da Educação em Ciências e salientada em diversos estudos focalizados neste âmbito. O presente estudo centra-se na análise do desempenho argumentativo de alunos do 9ºano de escolaridade sobre a destruição da camada do ozono, através da caraterização da estrutura, da identificação dos níveis hierárquicos de argumentação e dos tipos/subtipos de fundamentos mobilizados. A análise dos dados procedeu-se através da técnica de análise de conteúdo. A caraterização da estrutura dos argumentos baseou-se na identificação de elementos básicos propostos no modelo de argumentação de Toulmin (2001; edição original: 1958) e na identificação de sequências argumentativas propostas por Erduran...

Desenvolvimento de um sistema de gestão ambiental na Moldes RP

Machado, Sara Isabel Dias
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
65.88%
Este estágio surgiu através do contacto entre a organização Moldes RP e a Universidade de Aveiro, com o objetivo de desenvolver um Sistema de Gestão Ambiental (SGA), de acordo com Norma NP EN ISO 14001:2004. Esta organização localiza-se na Marinha Grande e já se encontra certificada pela Norma NP EN ISO 9001:2008 (Sistema de Gestão da Qualidade). Após análise da Norma NP EN ISO 14001:2004, o presente trabalho possibilitou conhecimentos acerca da implementação de um Sistema de Gestão Ambiental. O estágio incidiu principalmente na fase de planeamento, embora tenham sido implementadas algumas ações. A metodologia deste trabalho seguiu os requisitos da Norma, ou seja, na fase de planeamento efetuou-se o levantamento, recolha de dados e análise dos Aspetos Ambientais (AA), tanto diretos como indiretos, atuais, passados e futuros, bem como a situação de ocorrência, normal, anómala e de emergência do processo produtivo. São diversos os AA a ter em consideração, tais como consumos, emissões atmosféricas, resíduos, ruído ambiental, efluentes domésticos e industriais. Após avaliação, tendo em conta o critério de significância desenvolvido, foram classificados os aspetos ambientais significativos. Os aspetos significativos tiveram como ponto principal do critério...

Efeito de estufa e camada de ozono : um trabalho de projeto no 1º CEB

Veloso, Tânia Soraia
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
106.54%
O presente Relatório Final de Estágio realizou-se no âmbito da componente de formação de Prática Pedagógica Supervisionada para a obtenção do grau de Mestre em Educação Pré-escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico, na Universidade de Aveiro. Os objetivos do trabalho consistiram em: desenvolver (conceber, planificar, implementar e avaliar) uma proposta didática com incidência no trabalho de projeto sobre o efeito de estufa e sobre a depleção da camada de ozono; avaliar o impacte da implementação da proposta didática nas aprendizagens dos alunos ao nível dos conhecimentos, das capacidades e das atitudes e valores; e avaliar o impacte da implementação da proposta didática no desenvolvimento profissional da professora-investigadora. Por isso, a questão de investigação perseguida durante este trabalho consiste em averiguar qual o impacte da estratégia “trabalho de projeto” sobre o efeito de estufa e a depleção da camada de ozono no desenvolvimento de aprendizagens dos alunos e no desenvolvimento profissional da professora-investigadora que a concebe, planifica e implementa? Para o desenvolvimento deste projeto sustentei-me nas diretivas da perspetiva socioconstrutivista de ensino das Ciências, e para a operacionalização da proposta didática segui as diretrizes da perspetiva de ensino por pesquisa...