Página 1 dos resultados de 9 itens digitais encontrados em 0.052 segundos

Análise do fluxo sanguíneo da artéria braquial em diferentes pressões no manguito do esfigmomanômetro

Cunha, Marcos Guimarães de Souza
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 130 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
36.32%
Pós-graduação em Engenharia Mecânica - FEG; O presente trabalho consiste no estudo do comportamento do fluxo sangüíneo na artéria braquial, através de sinais captados por um microfone acoplado no estetoscópio e utilizado para transformar o sinal acústico (sonoro) em elétrico, e enviá-lo para o computador. O estudo foi realizado oferecendo-se diferentes pressões no esfigmomanômetro, o qual foi adaptado com dois manômetros. Um dos manômetros, graduado em mmHg, não foi modificado, possui o selo do INMETRO e atuou como referência, ao outro foi inserido um extensômetro, que transformou o sinal de pressão em sinal elétrico, utilizando uma ponte amplificada, enviando-o para uma placa de aquisição de dados no computador. Foi traçada uma curva de calibração do sinal elétrico (em mV) com relação ao manômetro graduado em mmHg. Foi proposto um protocolo para aquisição destes sinais a serem analisados, baseado em protocolos de aferição de pressão arterial. O comportamento do fluxo sangüíneo foi comparado às diferentes pressões exercidas pelo esfigmomanômetro. Ao analisar estes dados, foram propostos limites de normalidades da intensidade do sinal do fluxo sangüíneo em diferentes freqüências nas cinco fases da escala de Koroktov. O trabalho mostrou também os limites de normalidade da pressão arterial...

Uma ferramenta para melhoria da qualidade dos instrumentos da área da saúde

Menezes, Cecília Iolanda Cardoso de; Salles, Mara Telles; Silva, Marcos Antonio Salvino da
Fonte: Inmetro - Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia Publicador: Inmetro - Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia
Tipo: Trabalho apresentado em evento / Paper
POR
Relevância na Pesquisa
36.01%
7 f. : il.; Este trabalho apresenta uma ferramenta no auxílio da melhoria da qualidade dos instrumentos da Área de Saúde comercializados no país. Com esta ferramenta é possível se elaborar documentos que estabeleçam características específicas desses instrumentos, terminologias, simbologias, métodos e procedimentos de ensaios, erros máximos admissíveis, rotinas de calibração, entre outros. A Regulamentação Técnica Metrológica possui esta finalidade. A elaboração de uma regulamentação é baseada, geralmente, nas Recomendações Internacionais da Organização Internacional de Metrologia Legal (OIML), a qual somos filiados, e na participação dos fabricantes, dos importadores, dos representantes das entidades de classe e entidades representativas dos consumidores. Dessa forma, o INMETRO desenvolve critérios que permitam a obtenção das atividades metrológicas, privilegiando a Área de Saúde. Este enfoque visa o aprimoramento das ações de defesa do consumidor e da cidadania, bem como o rastreamento do sistema à níveis internacionais, facilitando a colocação de produtos brasileiros em outros mercados. Atualmente, o Brasil possui duas regulamentações na Área de Saúde, a saber: termômetro clínico de mercúrio em vidro e o esfigmomanômetro mecânico de medição não-invasiva do tipo aneróide. No decorrer deste trabalho...

Vinte anos de controle metrológico legal na área da saúde

Azeredo, Ronaldo Nunes de; Pereira, Renata Aparecida Rodrigues
Fonte: Inmetro - Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia Publicador: Inmetro - Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia
Tipo: Trabalho apresentado em evento / Paper
POR
Relevância na Pesquisa
76.15%
7 f. :il.; Será apresentado um panorama do controle metrológico legal de instrumentos de medição na área da saúde no Brasil, destacando a estrutura do controle legal desses instrumentos, suas principais características técnicas e a regulamentação aplicável. Ao final serão sinalizadas propostas de aperfeiçoamento e ampliação do controle metrológico legal na área.

Metodologia para comparação dos resultados calibrações de padrões digitais de pressão e estimativa das incertezas seguindo as recomendações do ISO GUM 95 e o método de simulação de Monte-Carlo

Couto, Paulo Roberto Guimarães; Silva, Marcos Antonio Salvino da
Fonte: Inmetro - Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia Publicador: Inmetro - Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia
Tipo: Trabalho apresentado em evento / Paper
POR
Relevância na Pesquisa
66.01%
5 f. : il.; Este trabalho tem como objetivo inicial apresentar a metodologia utilizada na comparação entre os padrões de pressão da Diretoria de Metrologia Legal – Dimel do Inmetro. O artigo também apresenta a comparação dos resultados das estimativas da incerteza medição obtida pelos modelos de cálculo do ISO GUM 95 e pela simulação de Monte-Carlo. Os medidores de pressão podem ser classificados em dois grandes grupos: Fundamentais e Relativos. Os medidores fundamentais de pressão medem a grandeza a partir da sua definição e os medidores relativos apresentam o valor da pressão em função de uma propriedade física ou um fenômeno físico. No grupo dos medidores relativos incluem-se os manômetros analógicos e digitais e os transdutores de pressão. Os padrões de referência de pressão da Dimel são manômetros digitais recentemente adquiridos. Eles calibram os padrões de trabalho da marca Onneken, utilizados pelos Ipem’s nas verificações dos esfigmomanômetros (medidores de pressão arterial). O ISO GUM 95, objetiva de maneira geral a harmonização da metodologia do cálculo da estimativa da incerteza de um resultado de medição. A metodologia da estimativa de incerteza medição citada no ISO GUM 95 apresenta algumas limitações como: Linearização do Modelo...

Desenvolvimento de um equipamento para calibração de esfigmomanómetros automáticos

Vale, Tiago André Freitas do
Fonte: Faculdade de Ciências e Tecnologia Publicador: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
56.54%
Dissertação apresentada na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa para obtenção do grau de Mestre em Engenharia Biomédica; Dados os elevados números de medições de pressão arterial obtidos com bastantes erros, torna-se absolutamente necessário o despiste destes erros, de modo a evitar diagnósticos incorrectos e consequentes tratamentos. Estes erros podem ser provenientes das mais diversas origens, desde o receio da medição, inerente aos pacientes, à qualidade e calibração do material utilizado, na maioria dos casos os esfigmomanómetros. Sendo muitos dos erros não controláveis, pois derivam do inconsciente do paciente, é essencial que se detenha no último ponto: a exactidão do aparelho de medição de pressão arterial. Através de calibrações de esfigmomanómetros é-nos possível aumentar a exactidão das suas medições. A utilização de calibradores é o método mais simples e economicamente mais viável de calibração de esfigmomanómetros. Actualmente estes são produzidos internacionalmente mas exigem na sua maioria um método invasivo sobre o equipamento de medição de pressão, afectando a sua garantia e integridade. Desta forma, a proposta desenvolvida exige apenas que o esfigmomanómetro seja utilizado tal como seria num braço. O equipamento é constituído por uma câmara de ar que é sujeita à pressão do esfigmomanómetro. A existência de uma ligação entre a pressão exercida pelo esfigmomanómetro e a pressão no interior do tubo permite obter a pressão indirectamente. No interior da câmara de ar existe ainda um mecanismo de variação de pressão...

O controle metrológico de esfigmomanômetros

Sant'Ana, Flavio Willians; Azeredo, Ronaldo Nunes de
Fonte: Inmetro - Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia Publicador: Inmetro - Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
76.01%
3 p. : il.; O Inmetro é uma autarquia vinculada ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Sua missão é fortalecer as empresas nacionais, aumentando sua produtividade por meio da adoção de mecanismos destinados à melhoria da qualidade de produtos e serviços, promover a qualidade de vida do cidadão e a competitividade da economia por meio da metrologia e da qualidade. Segundo o Vocabulário Internacional de Termos de Metrologia Legal, esta última é a parte da metrologia relacionada às atividades resultantes de exigências obrigatórias referentes às medições, unidades de medida, instrumentos de medição e métodos de medição, e que são desenvolvidas por organismos competentes. Seu objetivo é prover confiança à sociedade nas medições realizadas nas operações comerciais e nos controles públicos relacionados à saúde, meio ambiente, segurança, entre outros, promovendo o fortalecimento do setor produtivo com a melhoria da competitividade dos produtos nacionais no mercado internacional e a concorrência justa às empresas fornecedoras.

Resultados obtidos no controle metrológico legal de esfigmomanômetros

Azeredo, Ronaldo Nunes de; Sant'Ana, Flavio Willians
Fonte: Inmetro - Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia Publicador: Inmetro - Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia
Tipo: Trabalho apresentado em evento / Paper
POR
Relevância na Pesquisa
76%
6 p.: il.; Serão abordadas informações obtidas na implantação do controle metrológico legal de esfigmomanômetros pelo Inmetro.

Apreciação técnica de modelo de esfigmomanômetros digitais

Azeredo, Ronaldo Nunes de; Pereira, Renata Aparecida Rodrigues; Sant'Ana, Flavio Willians; Garcia Neto, José Alves
Fonte: Inmetro - Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia Publicador: Inmetro - Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia
Tipo: Trabalho apresentado em evento / Paper
POR
Relevância na Pesquisa
76.01%
5f. il.; Será apresentado um panorama dos resultados obtidos nos processos de apreciação técnica de modelo de esfigmomanômetros digitais, realizados pela Diretoria de Metrologia Legal do Inmetro entre janeiro de 2007 e dezembro de 2008.

Fiabilidade da medição da Tensão Arterial: revisão teórica

Santos,Mónica; Gomes,Cláudia
Fonte: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra - Unidade de Investigação em Ciências da Saúde - Enfermagem Publicador: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra - Unidade de Investigação em Ciências da Saúde - Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.21%
A hipertensão arterial é um dos problemas de saúde pública mais importantes, sobretudo nos países desenvolvidos. É razoavelmente comum, facilmente diagnosticada e tem prognóstico reservado quando não tratada. Efectuou-se a pesquisa através das bases de dados EBSCO (Academic Search Premier, Sport diskus e a Medline), utilizando as palavras/ expressões- chave: “validation, accuracy, blood pressure measurement, reproducibility, sphygmomanometer, mercury, oscillometer e dinamap”. Os critérios de selecção basearam-se na pertinência, metodologia e data mais recente de elaboração. O instrumento considerado gold standart é o Esfigmomanómetro (EM); contudo, o mercúrio é tóxico para o ambiente, pelo que surgiu a necessidade da sua substituição por instrumentos com outra tecnologia. Além disso, acredita-se que 50% dos EM não estão em condições de serem utilizados. Braçadeiras menores que o desejável sobrestimam a Tensão Arterial (TA). Acredita-se também que 23% dos profissionais de saúde nunca tenham calibrado os seus instrumentos e que 40% não se recorde da data em que o fez; em 2/3 tal procedimento tinha ocorrido há mais de um ano, apesar de ser simples e pouco dispendioso. Recomenda-se uma calibração anual.