Página 1 dos resultados de 268 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

Uso de agulha de grosso calibre na secção percutânea do tendão calcâneo no pé torto congênito; Use of a large gauge needle for percutaneous sectioning of the Achilles tendon in congenital clubfoot

MARANHO, Daniel Augusto Carvalho; NOGUEIRA-BARBOSA, Marcello Henrique; SIMÃO, Marcelo Novelino; VOLPON, José Batista
Fonte: Atha Comunicação & Editora Publicador: Atha Comunicação & Editora
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
37.61%
OBJETIVO: Avaliar a técnica de secção percutânea do tendão calcâneo com a utilização de agulha de grosso calibre para correção do equino residual do pé torto congênito tratado pelo método de Ponseti. MÉTODO: Foram avaliadas prospectivamente 57 secções do tendão calcâneo, em 39 pacientes com pé torto congênito tratados pelo método de Ponseti, no período de julho de 2005 a dezembro de 2008. A tenotomia foi realizada percutaneamente com agulha de grosso calibre. A ultrassonografia foi realizada, em seguida, para avaliar se houve secção tendínea completa e afastamento entre os cotos. RESULTADOS: Houve divisão completa do tendão em todos os casos, porém, foi comum a necessidade de realizar a manobra de secção mais de uma vez, devido à persistência de conexão tendínea residual entre os cotos. O teste de Thompson e a avaliação ultrassonográfica dinâmica foram capazes de evidenciar tenotomias incompletas. A mensuração ultrassonográfica média do afastamento entre os cotos foi de 5,70 ± 2,23 mm. Em dois casos, houve sangramento maior que o habitual, que cessou com compressão local e não comprometeu a perfusão. CONCLUSÃO: A secção percutânea com agulha do tendão calcâneo mostrou-se eficaz e segura para tratamento do equino residual do pé torto tratado pela técnica de Ponseti.; OBJECTIVE: To evaluate the percutaneous Achilles tendon sectioning technique using a large gauge needle for the correction of residual equinus of congenital clubfoot treated by the Ponseti method. METHODS: Fifty-seven Achilles tendon sections were prospectively evaluated in thirty-nine patients with clubfoot...

Avaliação ultrassonográfica da reparação do tendão calcâneo após secção percutânea para a correção do equino residual do pé torto congênito idiopático; Ultrasonographic evaluation of Achilles tendon repair after percutaneous sectioning for the correction of congenital clubfoot residual equinus

Maranho, Daniel Augusto Carvalho
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/08/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.7%
A maioria dos casos de pé torto congênito tratados pelo método de Ponseti requer a secção do tendão calcâneo para correção do equino residual. Evidências clínicas sugerem que há completa cicatrização entre os cotos tendíneos, mas este processo reparativo ainda não foi suficientemente estudado. Esta investigação teve como objetivo avaliar o processo de reparação que ocorre após a secção percutânea do tendão calcâneo para a correção do equino residual no pé torto congênito idiopático tratado pelo método de Ponseti. Por meio de estudo prospectivo, foram analisadas 37 tenotomias em 26 pacientes com pé torto congênito idiopático tratados pelo método de Ponseti, com seguimento mínimo de um ano após a secção. A tenotomia foi realizada percutaneamente com agulha biselada de grosso calibre, sob sedação e anestesia local. O exame ultrassonográfico foi feito logo após a secção tendínea para assegurar que ela tenha sido completa e mensurar o afastamento entre os cotos. A reparação foi estudada por meio da ultrassonografia realizada três semanas, seis meses e um ano após a tenotomia. A ultrassonografia, realizada imediatamente após o procedimento, mostrou que, em alguns casos, feixes tendíneos residuais persistiam entre os cotos...

Efeito do laser de baixa potência (810 nM) na tendinite induzida por colagenase em tendão calcâneo de ratos.; Effect of the law level lase therapy (810nm) in the induced tendinitis by collagenase in aquiles tendon of rats.

Marcos, Rodrigo Labat
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 16/09/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.61%
Tendinopatias são distúrbios comuns com uma variedade de tratamentos e terapias e a Laserterapia aparece como uma alternativa no tratamento destas doenças. Nós investigamos os efeitos da irradiação laser no modelo de tendinite induzida por colagenase, em tendões calcâneo de ratos, verificando sua ação em importantes marcadores inflamatórios. Métodos: Foram utilizados ratos machos (Wistar) divididos em grupos: Salina e tendinite tratados com Diclofenado de Sódio ou Laser (1J, 3J ou 6J). A tendinite foi induzida por colagenase (100mg/tendão) sobre o tendão calcâneo que foi removido para análises. Foi verificado a expressão de COX-1, 2, TNF-a, TGF-b, IL-10, MMP-3, 9 e 13 (RT-PCR), a produção de PGE2 (ELISA) e a expressão de NT, COX-2 e NK-1 (Western Blotting). Resultados e discussão: A laserterapia (810nm, 100mW, 3 J), utilizada no tratamento da tendinite induzida por colagenase em tendão calcâneo de ratos, foi eficaz na redução de importantes marcadores inflamatórios, tornando-se uma ferramenta promissora para o tratamento de lesões tendíneas.; Tendinopathy is a common disease with a variety of treatments and therapies. Laser therapy appears as a alternative treatment. We research the effects of the laser irradiation in tendinitis model induced by collagenase injection on Achilles tendon rats...

Análise comparativa das propriedades mecânicas do ligamento da patela e do tendão calcâneo

Müller, Sérgio Swain; Silvares, Paulo Roberto de Almeida; Pereira, Hamilton da Rosa; Silva, Marcos Augusto de Moraes; Sardenberg, Trajano; Leivas, Tomaz Puga
Fonte: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 134-140
POR
Relevância na Pesquisa
37.49%
Com a finalidade de se comparar as propriedades mecânicas do ligamento da patela e do tendão calcâneo foram realizados ensaios de tração em material obtido de 25 cadáveres humanos. A idade dos doadores foi 58 ± 14 anos (33-85), sendo 19 (76%) masculinos e 6 (24%) femininos, 23 brancos (92%) e dois negros (8%). Os materiais foram testados em seus 10 mm centrais, com velocidade de aplicação de carga de 30 mm/min. Foi obtida a área de secção dos corpos de prova para que fossem estudadas as propriedades estruturais e materiais. Foram estudadas as seguintes variáveis: carga máxima (N), tensão(MPa), módulo de elasticidade (MPa), energia (Nm), alongamento absoluto (mm) e específico (%), limite de proporcionalidade (N), além da tensão (MPa) e alongamentos neste ponto. A análise estatística revelou que ambos possuem carga máxima, limite de proporcionalidade e tensão semelhantes (p>0,05). Nas outras variáveis ocorreu diferença significativa (p<0,05) com o tendão calcâneo apresentando valores maiores para energia e alongamento. O módulo de elasticidade, significativamente maior no ligamento da patela (p<0,05), foi a variável que melhor caracterizou a diferença do comportamento mecânico dos dois materiais.; Traction tests were performed in specimens obtained from 25 human cadavers...

Prevalência do risco para fraturas estimado pela ultra-sonometria óssea de calcâneo em uma população de mulheres brasileiras na pós-menopausa

Oliveira, Patricia Pereira de; Klumb, Evandro Mendes; Marinheiro, Lizanka Paola Figueiredo
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR; EN
Relevância na Pesquisa
37.49%
Observa-se uma forte tendência de envelhecimento da população mundial levando a um aumento da prevalência de doenças como a osteoporose e fraturas. O objetivo deste estudo foi determinar a prevalência de risco para fraturas estimado pela ultra-sonometria óssea de calcâneo em uma população de mulheres na pós-menopausa, residentes na Ilha de Paquetá, Rio de Janeiro, Brasil. Realizamos medidas antropométricas e ultra-sonometria óssea de calcâneo com aparelho Sonost 2000 em 385 mulheres pós-menopausadas. Observamos que 59,22% da amostra apresentava T-score < -1, sendo que 16,88% tinham T-score < -2,5. Houve variação em todos os parâmetros do exame conforme o aumento da idade, e diferença estatisticamente significativa (p < 0,05) entre os grupos de risco para fratura por idade, tempo de menopausa, peso, IMC e percentual de gordura corpórea. Houve correlação entre velocidade do som e IMC (r = 0,155; p = 0,002). Concluímos que cerca de 60% da população feminina estudada apresenta algum grau de risco para fraturas. As mulheres do grupo de maior risco (T-score < -2,5) eram mais velhas, com maior tempo de menopausa, maior peso e IMC do que as dos outros grupos.

Medidas do tendão do calcâneo no primeiro ano de vida

Bezerra,Ricardo Flávio de Araújo; Campos Júnior,Dioclécio; Bezerra,Vera Lúcia Vilar de Araújo; Pires Júnior,Augusto Cesar Bittencourt; Bezerra,Alexandre Sérgio de Araújo
Fonte: Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem Publicador: Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.61%
OBJETIVO: Determinar as espessuras e larguras dos tendões do calcâneo (tendão de Aquiles) em crianças eutróficas de ambos os gêneros, aos 2, 6, 9 e 12 meses de idade. MATERIAIS E MÉTODOS: Fizeram parte deste estudo prospectivo e descritivo 38 meninos e 31 meninas. As medidas dos tendões foram obtidas por meio de ultrassonografia, utilizando transdutor linear de 14 MHz, na altura do maléolo medial. RESULTADOS: Verificou-se que as espessuras dos tendões nos meninos foram de 2,4 mm, 2,3 mm, 2,4 mm e 2,4 mm, aos 2, 6, 9 e 12 meses, respectivamente. As larguras do tendão do calcâneo foram de 6,0 mm, 6,4 mm, 6,7 mm e 7,1 mm, respectivamente. Nas meninas, as espessuras obtidas aos 2, 6 e 9 meses foram de 2,4 mm, e aos 12 meses encontrou-se o valor de 2,5 mm. As quatro medidas da largura foram de 5,7 mm, 6,2 mm, 6,5 mm e 6,5 mm, respectivamente. CONCLUSÃO: Não houve diferença na espessura do tendão do calcâneo ao longo do primeiro ano de vida para ambos os gêneros, entretanto, houve diferença nas medidas da largura.

Treino moderado de corrida causa alterações nas propriedades biomecânicas do tendão do calcâneo?

Oliveira,Rodrigo Ribeiro de; Bezerra,Márcio Almeida; Silveira,Patrícia Verçoza de Castro; Mesquita,Gabriel Nunes de; Teixeira,Magno Felipe Holanda Barboza Inácio; Moraes,Silvia Regina Arruda de
Fonte: Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte Publicador: Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.61%
O efeito do treinamento aeróbio ainda apresenta resultados conflitantes com relação às respostas biomecânicas apresentadas pelo tendão após um período de treinamento aeróbio moderado, como a corrida. Este estudo tem como objetivo avaliar o efeito de um protocolo de corrida de intensidade moderada em esteira sobre as propriedades mecânicas dos tendões do calcâneo de ratos. Para o ensaio mecânico os tendões foram tracionados até o ponto de fracasso do espécime. O treinamento aeróbiode intensidade moderada em ratos não causa alterações nas propriedades biomecânicas do tendão de calcâneo, desta forma, parece não representar risco podendo ser eficaz por não levar o tendão do Calcâneo ao estresse e a fadiga mecânica.

Prevalência do risco para fraturas estimado pela ultra-sonometria óssea de calcâneo em uma população de mulheres brasileiras na pós-menopausa

Oliveira,Patrícia Pereira de; Klumb,Evandro Mendes; Marinheiro,Lizanka Paola Figueiredo
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.49%
Observa-se uma forte tendência de envelhecimento da população mundial levando a um aumento da prevalência de doenças como a osteoporose e fraturas. O objetivo deste estudo foi determinar a prevalência de risco para fraturas estimado pela ultra-sonometria óssea de calcâneo em uma população de mulheres na pós-menopausa, residentes na Ilha de Paquetá, Rio de Janeiro, Brasil. Realizamos medidas antropométricas e ultra-sonometria óssea de calcâneo com aparelho Sonost 2000 em 385 mulheres pós-menopausadas. Observamos que 59,22% da amostra apresentava T-score < -1, sendo que 16,88% tinham T-score < -2,5. Houve variação em todos os parâmetros do exame conforme o aumento da idade, e diferença estatisticamente significativa (p < 0,05) entre os grupos de risco para fratura por idade, tempo de menopausa, peso, IMC e percentual de gordura corpórea. Houve correlação entre velocidade do som e IMC (r = 0,155; p = 0,002). Concluímos que cerca de 60% da população feminina estudada apresenta algum grau de risco para fraturas. As mulheres do grupo de maior risco (T-score < -2,5) eram mais velhas, com maior tempo de menopausa, maior peso e IMC do que as dos outros grupos.

Tratamento cirúrgico das fraturas articulares desviadas do calcâneo por abordagem minimamente invasiva

Lopes,Fernando Araújo Silva; Pinto,Roberto Zambelli de Almeida; Gonçalves,Eduardo Luiz Nogueira; Melo,Gustavus Lemos Ribeiro; Leal,Renata Tavares dos Reis
Fonte: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.49%
OBJETIVOS: Avaliar pacientes com fraturas articulares do calcâneo tratados entre dezembro de 2000 e agosto de 2007 por técnica cirúrgica minimamente invasiva, com ênfase nos resultados e complicações. MÉTODOS: Estudo retrospectivo de 21 pacientes com 22 fraturas desviadas do calcâneo, tratadas com redução aberta ou fechada e fixação mínima. Nos 16 pacientes nos quais foi necessária a redução aberta, utilizou-se o acesso lateral direto e em nenhum placas ou enxerto ósseo. RESULTADOS: O seguimento médio foi de três anos variando de seis a 82 meses. Foram empregados os métodos Maryland Foot Score e o escore de retropé da American Orthopaedic Foot and Ankle Society para avaliação clínica dos pacientes. Dezenove pés (86,4%) tiveram resultados bons/excelentes e três pés (13,6%), resultados regular/ruim. Nenhum paciente apresentou complicação aguda da ferida cirúrgica, seja necrose de partes moles ou infecção. CONCLUSÃO: As técnicas cirúrgicas menos invasivas e fixações mínimas permitem resultados clínicos similares àqueles das técnicas mais agressivas, sem, entretanto, incidir em significativo número de complicações em partes moles e infecções.

Avaliação funcional das fraturas intra-articulares do calcâneo tratadas cirurgicamente

Medeiros,Cristine Mildred de Liz; Henao,Juan Esteban Suarez; Rohenkohl,Caroline; Hirata,Lie Mara; Baruffi,Natasha Assis; Klein Junior,Afonso; Paula,Sidney Silva de
Fonte: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.61%
OBJETIVO: Realizar uma avaliação clínica e funcional das fraturas intra-articulares do calcâneo tratadas cirurgicamente pelo Grupo de Cirurgia do Pé e Tornozelo do Serviço de Ortopedia e Traumatologia do Hospital Universitário Cajuru no período compreendido entre janeiro de 2001 e dezembro de 2006. MÉTODOS: 107 pacientes, com 113 fraturas, foram submetidos ao tratamento conforme a classificação de Essex-Lopresti: nas fraturas tipo língua ou depressão central com cominuição intraarticular utilizaram-se redução aberta e fixação interna com placa para calcâneo (Synthes®) ou duplo H; nas demais fraturas tipo depressão central realizou-se tratamento minimamente invasivo e nas fraturas tipo língua, tratamento percutâneo. Foram avaliados e acompanhados clinicamente, com pontuação na tabela AOFAS, pelo mesmo grupo de cirurgiões. RESULTADOS: Houve 73% de resultados satisfatórios, média de 75,4 pontos, e 27% de insatisfatórios. CONCLUSÃO: A adequada redução das fraturas representa fator importante para que o paciente não tenha dor e edema residual. As fraturas do tipo depressão central foram as que resultaram em menor pontuação funcional. O não restabelecimento do ângulo de Böhler também levou a importantes alterações funcionais.

Fraturas intra-articulares do calcâneo: análise clínica e biomecânica

Contreras,Marcos Emilio Kuschnaroff; Kroth,Luciano Manoel; Kotani,Keith Lúcia; Silva Junior,Jorge Luiz Da; Andrade,Mário Cesar De; Ávila,Aluísio Otávio Vargas; Berral,Francisco José
Fonte: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.49%
OBJETIVO: Verificar as variáveis de distribuição da pressão plantar de pacientes submetidos a tratamento cirúrgico de fratura de calcâneo e correlacioná-las com duas diferentes vias de acesso cirúrgico. Métodos: Os autores estudaram 15 pacientes com idade entre 20 e 53 anos (média de 40,06 anos) que apresentaram fraturas intra-articulares do calcâneo, submetidos ao tratamento cirúrgico por duas vias de acesso cirúrgico, a via lateral e a via do seio do tarso. Avaliaram a distribuição da pressão plantar, correlacionando essas variáveis com as duas vias de acesso. A avaliação da distribuição da pressão plantar foi rea-lizada através do sistema Pedar (Novel, GmbH, Munique, Alemanha), verificando o pico máximo de pressão do retropé e do antepé do lado fraturado e do lado normal. RESULTADOS: A média das pressões máximas dos plantigramas do retropé dos pés operados pela via de acesso lateral e pela via curta não apresentou diferença estatística entre as duas vias de acesso (t = 0,11; p = 0,91), bem como a média das pressões máximas dos plantigramas do antepé também não mostrou diferença estatística significativa (t = -0,48; p = 0,64). CONCLUSÃO: Os autores concluíram que não houve diferença estatística entre as médias dos picos máximos de pressão do retropé e do antepé do lado operado...

Avaliação transversal dos métodos terapêuticos do pé torto congênito equinovaro idiopático: controvérsias sobre a tenotomia do tendão calcâneo

Chaim,Renan Moukbel; Silva,Fabio Assunção e; Angelini,Felipe Bertelli; Dobashi,Eiffel Tusuyoshi; Andrade Júnior,Luiz Carlos de; Blumetti,Francesco Camara; Pinto,José Antonio
Fonte: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.61%
OBJETIVO: Há muita discussão em relação ao tratamento do pé torto congênito equino-cavo-varo e atualmente a sistemática proposta por Ponseti parece ser a mais racional oferecendo altas taxas de resultados satisfatórios em detrimento à metodologia de Kite que predominou no meio ortopédico até o final da década de 90. Com a recente mudança de conceitos, este trabalho tem o intuito de analisar, por meio de questionário aplicado no 39° Congresso Brasileiro de Ortopedia e Traumatologia, o perfil dos ortopedistas no Brasil frente a esta afecção, fato este desconhecido considerando a literatura nacional. MÉTODO: Um questionário para investigação foi elaborado para verificar o método de tratamento utilizado, as características da população estudada, os resultados obtidos com o tratamento e particularmente como abordam cirurgicamente o tendão calcâneo. RESULTADOS: Do total de 5.329 ortopedistas inscritos, obtivemos 539 participações espontâneas; destes, somente 88 (16,30%) indivíduos executam o tratamento para o pé torto congênito; 78 (88,60%) aplicam o método de Ponseti; e nove (10,20%) o de Kite. Para 47,70%, o tratamento conservador é realizado entre quatro e seis meses e para 35,20% entre um e três meses; 58 (66...

Evolução das fraturas intra-articulares desviadas do calcâneo com tratamento cirúrgico

Paula,Sidney Silva de; Biondo-Simões,Maria de Lourdes Pessole; Luzzi,Richard
Fonte: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2006 PT
Relevância na Pesquisa
37.61%
Fraturas do calcâneo correspondem a 2% do total de fraturas do corpo humano. Apresentam acentuada importância social e grande impacto econômico, pois ocorrem em indivíduos economicamente ativos. Para reconhecer a evolução das fraturas intra-articulares desviadas do calcâneo, um estudo retrospectivo é apresentado. A amostra constituiu-se de 71 doentes com fratura de calcâneo intra-articular desviada, 63 homens (88,73%) e 8 mulheres (11,27%). A idade esteve entre 14 e 74 anos. Conforme a escala de ESSEX-LOPRESTI, 55 delas eram do tipo depressão articular (77,46%) e 16 do tipo em língua (22,54%). A incisão mais usada foi a lateral em L (91,55%). Sessenta e uma das fraturas foram fixadas com placa "duplo H" (85,92%), 9 necessitaram apenas de parafusos (12,68%) e uma delas foi fixada com fios de Kirschner. Sete fraturas necessitaram de enxerto ósseo (9,86%). O tempo médio de seguimento foi de 11,59 ± 6,72 meses. Complicações precoces estiveram presentes em 33,82% dos doentes sendo mais comum a infecção e a necrose de pele. Complicações tardias foram identificadas em 63,38% dos doentes, principalmente edema residual e artrose. A incidência de complicações tardias não esteve relacionada ao tipo de fratura. As fraturas do tipo depressão articular contribuíram para a maior limitação das atividades (p=0...

Uso de agulha de grosso calibre na secção percutânea do tendão calcâneo no pé torto congênito

Maranho,Daniel Augusto Carvalho; Nogueira-Barbosa,Marcello Henrique; Simão,Marcelo Novelino; Volpon,José Batista
Fonte: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.61%
OBJETIVO: Avaliar a técnica de secção percutânea do tendão calcâneo com a utilização de agulha de grosso calibre para correção do equino residual do pé torto congênito tratado pelo método de Ponseti. MÉTODO: Foram avaliadas prospectivamente 57 secções do tendão calcâneo, em 39 pacientes com pé torto congênito tratados pelo método de Ponseti, no período de julho de 2005 a dezembro de 2008. A tenotomia foi realizada percutaneamente com agulha de grosso calibre. A ultrassonografia foi realizada, em seguida, para avaliar se houve secção tendínea completa e afastamento entre os cotos. RESULTADOS: Houve divisão completa do tendão em todos os casos, porém, foi comum a necessidade de realizar a manobra de secção mais de uma vez, devido à persistência de conexão tendínea residual entre os cotos. O teste de Thompson e a avaliação ultrassonográfica dinâmica foram capazes de evidenciar tenotomias incompletas. A mensuração ultrassonográfica média do afastamento entre os cotos foi de 5,70 ± 2,23 mm. Em dois casos, houve sangramento maior que o habitual, que cessou com compressão local e não comprometeu a perfusão. CONCLUSÃO: A secção percutânea com agulha do tendão calcâneo mostrou-se eficaz e segura para tratamento do equino residual do pé torto tratado pela técnica de Ponseti.

Desenho de placa em forma de borboleta para tratamento de fraturas do calcâneo

Yu,Guangrong; Chen,Kai; Yu,Tao
Fonte: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.7%
OBJETIVO: Apresentar um desenho de placa em forma de borboleta e sua aplicação no tratamento de fraturas do calcâneo e discutir suas indicações clínicas, vantagens e desvantagens. MÉTODOS: De fevereiro de 2008 a abril de 2010, 22 pacientes com 26 fraturas intra-articulares do calcâneo foram tratados com redução a céu aberto e fixação interna com placa em forma de borboleta. Dezesseis pacientes eram homens e 6 eram mulheres, com média de idade de 36,8 anos. Onze eram pés esquerdos e 15, direitos. De acordo com a classificação de Sanders, 12 eram fraturas de calcâneo Tipo II (inclusive 3 Tipo IIa, 7 Tipo IIb e 2 Tipo IIc) e 14 eram Tipo III (inclusive cinco do Tipo IIIab, 7 Tipo IIIac e duas do Tipo IIIbc). RESULTADOS: Dezessete pacientes (21 pés) foram submetidos a acompanhamento por em média 19,2 meses. Os desfechos funcionais foram avaliados com o sistema Maryland Foot Score. Entre os nove pés com fraturas Tipo II, sete receberam escore excelente e dois, bom. Entre as 12 fraturas Tipo III, seis tiveram escore excelente, cinco, bom e uma, razoável. CONCLUSÃO: A placa em forma de borboleta é aplicável ao tratamento de fraturas do calcâneo do Tipo II e Tipo III de Sanders, com a vantagem de garantir fixação confiável...

Avaliação das propriedades mecânicas do tendão do calcâneo de ratos diabéticos submetidos ao treinamento físico aeróbico moderado

Ribeiro de Oliveira, Rodrigo; Regina Arruda de Moraes, Silvia (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.7%
O presente estudo tem como objetivos de avaliar experimentalmente o efeito do Diabetes Mellitus sobre as propriedades mecânicas do tendão do calcâneo e, posteriormente, o de averiguar se a aplicação de um protocolo de treinamento físico aeróbico moderado restabelece os parâmetros mecânicos bem como os aspectos clínicos e metabólicos de ratos diabéticos e se altera o padrão de normalidade dos animais sadios. Material e Métodos: quarenta e quatro ratos foram divididos aleatoriamente em quatro grupos da seguinte forma: Grupo Controle Sedentário GCS, Grupo Diabético Sedentário GDS, Grupo Controle Treinado - GCT e o Grupo Diabético Treinado GDT, os grupos treinados foram submetidos a um protocolo de treinamento físico moderado contínuo em esteira motorizada. Para o ensaio mecânico os tendões foram fixados em uma máquina de ensaio mecânico convencional e tracionados até o ponto de fracasso do espécime, com célula de carga de 500N. Resultados: A avaliação das propriedades biomecânicas do tendão de calcâneo do GD apresentou-se com diminuição do módulo elástico (MPa) (p<0,01) e na Área de secção transversa (mm2) (p<0,01) e aumento da Deformação Específica Força Máxima (mm) (p<0,01), Energia/Área (N.mm/mm2) (p<0...

Análise dos efeitos do laser de baixa potencia (660nm) sobre os níveis de expressão protéica de mediadores inflamatórios após lesão cortante do tendão calcâneo comum de ratos wistar

Laraia, Érica Martinho Salvador
Fonte: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Publicador: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.7%
Objetivo: Analisar os efeitos do LBP InGaALP (660nm) sobre os níveis de expressão protéica de mediadores inflamatórios após lesão cortante de tendão calcâneo comum de ratos Wistar. Métodos: 30 Rattus norvergicus, de linhagem Wistar albino, machos foram submetidos a lesão cortante parcial do tendão calcâneo comum esquerdo, divididos em três grupos de 10 animais de acordo com o tempo de eutanásia após a lesão: 6, 24 e 72 horas. Cada grupo foi sudivido em grupo controle e submetido a laserterapia (LBP) com potência de 100mW (densidade de potência de 3,57 W/cm2), área do feixe de 0,028 cm². A aplicação foi sob forma de um único ponto pelo método transcutâneo na região posterior sobre o tendão calcâneo comum, com densidade de energia de 214 joules/cm2, energia de 6 joules e tempo de 60 segundos. Os animais dos grupos LBP foram tratados todos os dias até o período de eutanásia estipulado para cada grupo. A avaliação dos mediadores inflamatórios IL-1β, IL-6 e IL-10 das amostras dos tendões foram realizadas pelo teste imunoenzimático ELISA. Resultados: Os três grupos tratados com LBP (6h: 36.6±4.8; 24h: 36.7±18.7; 72h: 9.7±1.8) apresentaram redução significante da IL-1β quando comparados aos grupos controles (6h: 53.1±14.3...

Tratamiento quirúrgico de las fracturas intra-articulares de calcáneo : ¿necesitamos cambios en la vía de abordaje?; Surgical treatment of intra-articular calcaneal fractures: do we need any changes in the approach?

Martínez Magide, Gonzalo
Fonte: Universidade de Cantabria Publicador: Universidade de Cantabria
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
SPA
Relevância na Pesquisa
37.61%
INTRODUCCIÓN: Las fracturas de calcáneo constituyen el 2% del total de las fracturas en adultos. Las fracturas intra-articulares complejas presentan importantes secuelas y su manejo sigue siendo controvertido. Suponen un problema socio-sanitario debido a que su tratamiento es complicado y en muchas ocasiones no satisfactorio, siendo fuente de numerosas bajas laborales e incapacidades. Actualmente el tratamiento “gold Standard” consiste en reducción abierta y fijación interna mediante placa LCP a través del abordaje lateral clásico. Pero, en los últimos años, ha surgido con fuerza el desarrollo del abordaje lateral extendido modificado. La controversia entre los resultados de ambas técnicas y su tasa de complicaciones post-quirúrgicas es objeto de debate. MATERIAL Y MÉTODOS: 40 pacientes con fracturas de calcáneo tipos II y IV según la Clasificación de Sanders, intervenidos quirúrgicamente mediante reducción abierta y fijación con placa LCP entre Enero de 2008 y Mayo de 2014 en el HUMV fueron evaluados retrospectivamente. Éstos fueron divididos en dos grupos: en el grupo I se situaron 26 pacientes intervenidos quirúrgicamente de fracturas de calcáneo Sanders tipo III y IV con abordaje clásico lateral entre mayo de 2008 y diciembre de 2012. El grupo II lo constituyen 14 pacientes intervenidos mediante el abordaje lateral extendido modificado entre enero de 2013 y mayo de 2014. Para evaluar los resultados funcionales de ambas técnicas se aplicó la escala AOFAS...

Láser infrarrojo frente a acupuntura en el tratamiento del espolón calcáneo

Orellana Molina,A.; Hernández Díaz,A.; Larrea Cox,P.J.; Fernández Yanes,S.; González Méndez,B.M.
Fonte: Revista de la Sociedad Española del Dolor Publicador: Revista de la Sociedad Española del Dolor
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; journal article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: text/html; application/pdf
Publicado em 01/03/2010 SPA
Relevância na Pesquisa
37.7%
Introducción: La Medicina Física y Rehabilitación y la Medicina Natural y Tradicional son especialidades médicas que desarrollan medidas de promoción de la salud, prevención, diagnóstico y tratamiento, utilizando como terapéutica agentes físicos y naturales, ayudándose con la acupuntura y el láser terapéutico. El espolón calcáneo es un osteofito que crece en la parte anterior de la tuberosidad plantar del calcáneo secundario a procesos inflamatorios de causa degenerativa o a procesos inflamatorios locales de origen inmunológico asociados a las espondiloartropatías. Para diagnosticarlo, la mayoría de las veces es suficiente el examen clínico, o puede acompañarse de estudios de imagen, como la radiografía y el ultrasonido. El síntoma más importante es el dolor y el tratamiento casi siempre es conservador, aunque pueden emplearse otros agentes terapéuticos. Objetivos: Investigamos el efecto analgésico obtenido mediante la aplicación de la radiación láser infrarrojo, en pacientes portadores de espolón calcáneo. Material y métodos: La investigación consistió en un estudio prospectivo, descriptivo y comparativo. De un universo de 62 pacientes que acudieron al Servicio de Medicina Natural y Tradicional del Policlínico Universitario 30 de Noviembre...

Fractura do calcâneo Artrodese subastragalina com osteotomia varizante do calcâneo

Cardoso,Hugo; Costa,Portela da
Fonte: Sociedade Portuguesa de Ortopedia e Traumatologia Publicador: Sociedade Portuguesa de Ortopedia e Traumatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.61%
Apresentamos o caso clínico de um doente do sexo masculino, 50 anos de idade, trabalhador da construção civil em Angola, onde sofreu queda em altura de que resultou fractura intra-articular bilateral dos calcâneos. Foi submetido a tratamento conservador. Passados dois anos, após regresso a Portugal o doente é observado na consulta externa do nosso serviço. Apresentava dor no médio e retropé, deformidade em valgo e perda total do arco plantar interno. Fazia marcha com duas canadianas, com perímetro limitado a quinhentos metros por dor, apresentava um Score A.O.F.A.S. pré-operatório de 26. A radiografia dos pés em carga mostrava perda de altura do calcâneo, redução do ângulo de Böhler e desvio em valgo do retropé com deformidade residual de tipo IV. Devido à idade, à notável limitação funcional, incapacidade laboral e intensidade das queixas álgicas - foi submetido a uma osteotomia varizante do calcâneo associada a uma artrodese subastragalina com parafusos de compressão. Obteve-se a reposição do arco plantar interno com um pé plantígrado.O doente recuperou a capacidade de fazer marcha sem auxiliares, com Score A.O.F.A.S. pós-operatório de 69. Regressou ao mercado de trabalho embora agora com tarefas de menor intensidade física. O tratamento cirúrgico poderia eventualmente ter sido a primeira opção num doente activo e na plenitude das suas aptidões sociais e laborais. Actualmente os critérios para tratamento conservador são: (1) fracturas tipo I de Sanders...