Página 1 dos resultados de 348 itens digitais encontrados em 0.013 segundos

Formação de professores à luz da história e cultura afro-brasileira e africana: nova tendência, novos desafios para uma prática reflexiva; Constitution of professors at Afro-Brazilian and African culture: new tendencies, new challenges for a reflexive practice

Ferreira, Cléa Maria da Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/03/2009 PT
Relevância na Pesquisa
96.27%
O presente trabalho teve como tema de investigação a formação de professores à luz da História e Cultura Afro-brasileira e Africana. A questão aqui abordada diz respeito às contribuições teóricas e metodológicas dos conteúdos e atividades na formação de professores reflexivos, e na instrumentalização, capacitação e fundamentação destes, para realizarem a transposição didática dos conteúdos, com vistas ao tratamento pedagógico adequado das questões raciais dentro do espaço escolar. Para a realização desta pesquisa, foi analisada a iniciativa desenvolvida pelo curso Escola Plural: a diversidade está na sala de aula, ministrado pelo Ceafro Educação e Profissionalização para a Igualdade Racial e de Gênero junto à Secretaria Municipal de Educação de Salvador. Trata-se de uma pesquisa qualitativa em que estudos de caso com características da autobiografia educativa aliada à análise de fontes documentais estão sendo realizados com seis professoras da Rede Municipal, sendo três participantes da formação e três não-participantes. Tal configuração dos sujeitos deve-se ao fato de considerarmos que esta nos possibilitaria uma discussão e análise comparativa do possível real impacto da formação na prática dos docentes. Além desses participantes...

Imaginário, corpo e caneta: matriz afro-brasileira em educação de jovens e adultos; Imaginary, Body and Pen. Afro-Brazilian Matrix in the Education of Young and Adults.

Rosa, Allan Santos da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 02/04/2009 PT
Relevância na Pesquisa
86.39%
Esta dissertação consiste num esforço de compreensão referente à prática e à pesquisa teórica tecidas em Educação de Jovens e Adultos (EJA), a partir das relações complexas entre oralidade e escrita e enfatizando alternativas de contribuição próprias da cultura afro-brasileira, esta que é marcada pela força de sua oralidade e de seu pensamento mítico-simbólico. O trabalho partiu da realização de uma oficina no Centro de Integração e Educação de Jovens e Adultos (CIEJA) Campo Limpo, zona sul de São Paulo, que consistiu na apresentação de uma pedagogia sinestésica e escolheu levar à sala de aula elementos fortes da memória cultural afro-brasileira, por seu teor simbólico, para o trato com alunos em fase de letramento. Utilizando-se de instrumentos musicais, vídeos, tecidos, esculturas, poemas, estórias, folhas e plantas, dez encontros centraramse na história e na cultura afro-brasileiras, contemplando assim, também, os esforços em uma implementação efetiva e qualitativa da notória lei 10.639/03. Tendo como fundamentos teóricos os estudos tecidos por Gilbert Durand sobre o Imaginário, mais as concepções de Edgar Morin sobre paradigma, conhecimento e método, a dissertação fundamenta-se ainda nas contribuições de Joseph Campbell...

Cultura afro-brasileira uma perspectiva para a educação

Silveira, Sandra Beatriz Morais da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
96.46%
A presente tese de doutoramento consiste no resultado de uma pesquisa teórico-conceitual sobre cultura negra afro-brasileira, tendo como base a Lei n.10.639/03 que torna obrigatório o ensino de história e cultura afro-brasileira. Com esta pesquisa, abordamos as matrizes teóricas visando reconstruir sócio-historicamente o pensamento racial vigente no país, sob a perspectiva do dispositivo de racialidade. Sempre atentas à questão de dominação racial imposta pela hegemonia de um povo sobre outros, buscamos completar o estudo resgatando a noção de racismo, negritude, identidade e relações raciais, visando criar o cenário de institucionalização da Lei n.10.639/3 frente à realidade brasileira. Lançamos um olhar histórico sobre o processo de constituição do movimento de negritude mundial e sua repercussão no movimento negro brasileiro, desmistificando a democracia racial, responsável por camuflar em nossa sociedade o localizador do poder e a dominação de classe. Democracia racial que sempre manteve a supremacia branca europeia. Realizamos uma breve abordagem do conhecimento afrocêntrico, e sua relação com a cultura negra. Situamos a produção e hierárquia do conhecimento no contexto da cultura universal e das culturas específicas...

A cultura afro no ensino fundamental : análise da aplicação da lei 10.639/2003 nas escolas municipais de Porto Alegre, RS

Oliveira, Sônia Teresinha Duarte de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
86.25%
Relato de pesquisa realizada com educadores e bibliotecários das escolas municipais de ensino fundamental de Porto Alegre e, profissionais das Assessorias da Secretaria Municipal da Educação – SMED, objetivando saber como a Lei n. 10639/2003 está sendo implementada nestas instituições. A revisão de literatura permitiu identificar a evolução histórica em torno das questões raciais, as ações e políticas afirmativas na área da educação escolar brasileira e a posição da biblioteca escolar em relação à pluralidade cultural. Este estudo se constituiu de pesquisa descritiva de caráter exploratório com abordagem quanti-qualitativa. O universo pesquisado foi formado por sete escolas de ensino fundamental pertencentes ao Sistema Municipal de Ensino de Porto Alegre. Os sujeitos da pesquisa foram os regentes de classe, coordenadores pedagógicos, professores que atuam nas bibliotecas, bibliotecários e os profissionais que atuam nas assessorias de Relações Étnicas e Assessoria às Bibliotecas escolares. A técnica de amostragem utilizada foi a não probabilística intencional, utilizando-se como técnica de pesquisa a entrevista estruturada, e o formulário como instrumento de coleta de dados. Constatou-se que a Lei n. 10.639/2003 está institucionalizada nas ações pedagógicas das escolas e a maioria dos educadores afirma a importância do estudo do tema. Percebeu-se a necessidade de realização de discussões na comunidade escolar em torno das questões raciais. Constatou-se a existência de materiais que abordam as relações étnicorraciais e a História da Cultura Afro-Brasileira e Africana nas escolas e nos acervos de suas bibliotecas. Os educadores declararam que as bibliotecas escolares participam dos projetos da escola para a implementação da Lei n. 10.639/2003...

Políticas públicas e gestão da educação para o ensino de História e Cultura Afro-brasileira e africana : percepções de gestores e gestoras do Ministério da Educação - MEC

Marques, Ana José
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
96.24%
Dissertação (mestrado)-Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, 2010.; A dissertação aqui apresentada insere-se no campo dos estudos sobre políticas públicas e gestão da educação, com o recorte de raça. O entendimento de que as leis são estabelecidas para um povo, uma nação e não para parcela dela faz parte deste estudo. Assim, a compreensão da implementação do artigo 26 A da Lei de Diretrizes e Bases (LDB) e de suas diretrizes como políticas públicas de educação é de interesse público e nacional e um preceito legal do Estado Brasileiro (Saviani, 2008, Cury, 2005 & Santos, 2003). Para tanto, o trabalho inicia-se com uma visão geral de como se constituiu uma ordem racista no Estado brasileiro, a história da educação no Brasil, com sua lógica excludente e a contribuição da eugenia para propagação do racismo na sociedade. Apresenta, ainda, parte dos estudos realizados pela Unesco, referentes à raça, que tinham o intuito de apresentar "um elogio da mestiçagem, assim como enfatizar a possibilidade do convívio harmonioso entre diferentes grupos humanos nas sociedades modernas" Fernandes, (2007:14), mas ao final, com as análises Roger Bastide e Florestan Fernandes, para a cidade de São Paulo...

Em torno das "Diretrizes curriculares nacionais para a educação das relações étnico-raciais e para o ensino de história e cultura afro-brasileira e africana": uma conversa com historiadores

Abreu,Martha; Mattos,Hebe
Fonte: Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil da Fundação Getúlio Vargas Publicador: Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil da Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
96.26%
A partir do crescimento do interesse de professores e secretarias de educação na organização de políticas de combate ao racismo, este artigo procura discutir e apresentar alguns subsídios para a implementação das "Diretrizes curriculares nacionais para o ensino das relações étnico-raciais e de história e cultura afro-brasileira e africana", aprovadas em 2004. Entendemos as "Diretrizes" como uma importante estratégia pedagógica para levar à escola, pela primeira vez, a discussão das relações raciais no Brasil, tantas vezes silenciada ou desqualificada pelas avaliações de que o Brasil era uma democracia racial. Demos especial atenção aos limites e possibilidades de trabalho com os conceitos de cultura afro-brasileira e identidade negra.

A (in) visibilidade da cultura negra africana no ensino de artes visuais; The (in) visibility of black african culture in the teaching of visual arts

OLIVEIRA, Ivaina de Fátima
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Cultura Visual; Processos e Sistemas Visuais, Educação e Visualidade Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Cultura Visual; Processos e Sistemas Visuais, Educação e Visualidade
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
86.32%
This survey aimed to argue about the (in) visibility of African Brazilian culture in visual arts education specifically examining the Law 10.639/2003 that has established the compulsory teaching of Afro-Brazilian history and African Culture in Basic Education. The field of art education is one of two responsible of this mission. I developed a bibliographic survey about the implementation of the law, considering the social movements, multiculturalism concepts and affirmative actions as relevant factors in the process of its implementation. My search started also with a concern arising from the requirement of the law: How we will work with History and Culture Afro-Brazilian Culture and African contends in the teaching of visual arts? In contrast the invisibility of black culture in visual arts education, I brought up some events that present different regard on black culture as source for a critical art pedagogy, aware about the diversity of our cultural roots and concerned to the enhancement of African culture aesthetics in our people heritage. I see the law as a contribution to a transformative praxis for teaching arts for the inclusion of ethnic, social and cultural groups excluded or included in stereotypical ways. But the question remains without answers because these are always incomplete. This research has shown that we have advanced...

O estudo da história e cultura afro-brasileira no ensino fundamental: currículos, formação e prática docente

Silva, Gizelda Costa da
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
96.36%
Esta tese tem como objeto de investigação o estudo da História e Cultura Afro-Brasileira no ensino de História, nos anos finais do ensino fundamental, a partir da implementação da Lei Federal n.10.639/2003 e as suas implicações nos currículos, na formação e na prática docente. Questionamos se a obrigatoriedade legal do estudo representou rupturas em relação à visão eurocêntrica da história difundida no ensino fundamental. Quais as implicações da mudança legal para a disciplina História, os currículos, os saberes e as práticas docentes. Os objetivos da investigação foram: analisar a legislação federal sobre o tema e suas repercussões no ensino de História nos anos finais do ensino fundamental; discutir o lugar e o papel da disciplina História no currículo escolar e no contexto legal brasileiro; analisar a produção acadêmica sobre o tema no âmbito dos Programas de Pós-Graduação; analisar a formação dos professores de História nos cursos de licenciatura e em outros espaços em relação ao estudo da história e da cultura afro-brasileira; identificar mudanças e permanências na atuação dos professores de História após a aprovação da Legislação que obriga o estudo de História e Cultura Afro-Brasileira; investigar as implicações da obrigatoriedade do estudo da temática na construção dos saberes e das práticas docentes; e analisar a produção de material didático (livros didáticos...

A Educa????o F??sica e as mudan??as no mundo do trabalho: Um olhar atrav??s da aplica????o do ensino da hist??ria e cultura afro-brasileira e africana nas escolas municipais de Bag??.; Education and the changing world of work: A look through the application of the teaching of history and culture African- Brazilian and African municipal schools of Bag??

PIRES, Joice Vigil Lopes
Fonte: Universidade Federal de Pelotas; Educa????o F??sica; Programa de P??s-Gradua????o em Educa????o F??sica; UFPel; BR Publicador: Universidade Federal de Pelotas; Educa????o F??sica; Programa de P??s-Gradua????o em Educa????o F??sica; UFPel; BR
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
96.41%
of teaching African-Brazilian culture, from the uniqueness of the relationship between the application of Law No. 10.639/03, inserted in particular of the pedagogic Physical Education teacher, that has been allocated to the general relations in the workplace. For this challenge we have considered the theory of historical materialism dialectic that allows us real insight and critical, because through it we understand beyond the apparent determinations involving this subject matter. The techniques and procedures for data collection were: the focus group and the references. In interpreting the data, we turn to content analysis. Participated in the research field of physical education teachers in the municipal Bag??. To achieve the proposed initially traced the theoretical discussion between labor and capital, of how the system is organized to meet the needs of the capitalist logic through the ages, which directly affects the education and specifically here, the work of the Physical Education teacher. Then we analyze the changes that physical education suffers from the influences of the determinations of the working world in general, beyond the law and the teaching of Afro-Brazilian culture in their mode of organization of educational work. It was found that one of the primary functions of the school is the capitalist socialization for the labor market...

Abordagem artística da cultura afro-brasileira no contexto da educação básica

Nejar, Clarice Dorneles
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
96.35%
O trabalho enfoca a cultura afro-brasileira e sua abordagem na escola básica, a partir de experiências artísticas e pedagógicas unindo teatro, musicalidade e cultura africana. São relatados espetáculos teatrais apresentados em circuito local e uma experiência pedagógica desenvolvida no contexto escolar envolvendo a temática dos mitos africanos e suas representações arquetípicas. As reflexões decorrentes dessa experiência, em relação com os conceitos e teorias que fundamentaram seus processos de criação, trazem contribuições para o ensino do teatro e para o desenvolvimento de conteúdos referentes à cultura afro-brasileira no meio escolar.; This work focus on the Afro-Brazilian culture and it's approach in the basic school, from artistic and pedagogic experiences including theater, music and other forms of African expression. Theatrical presentations are reported in local circuit, and one pedagogic experience is done in the school context, involving themes from African myths and their archetypal representations. The reflections arising from this experience, in relations to the concepts and theories that ground their process of creation, bring contributions to the teaching of theater and the development of its contents regarding the Afro-Brazilian culture in the school environment.

A cultura afro-brasileira e indígena no currículo escolar

Santos, Marisete Silveira dos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
96.21%
As inovações no ensino estão conduzindo os educadores à análise dos currículos escolares, onde estabelecem conteúdos a serem problematizados e trabalhados de forma a valorizar a bagagem cultural do aluno. Somos frutos dos encontros e confrontos entre diferentes grupos étnicos como indígenas, europeus, africanos e outros. O presente trabalho tem como objetivo central tecer algumas reflexões sobre a cultura afro-brasileira e indígena no currículo escolar das séries iniciais do Ensino Fundamental. Investiga a forma como são abordadas estas temáticas em livros didáticos e nas escolas pelos professores; buscando informações sobre como é trabalhada a História da cultura africana e indígena nos livros didáticos sob a ótica da Lei 10.639/03, a partir de 2003. Para elucidar essas questões, buscou-se, dentre outros, o referencial teórico de Circe Bittencourt, Kátia Abud, e Maria de Lourdes Janott. Para Circe Bittencourt as propostas curriculares caracterizam-se como um conjunto bastante heterogêneo de textos, com acentuadas diversidade no elenco dos conteúdos selecionados e nos métodos de ensino sugeridos. Porém nota que a cidadania social, que abarca conceitos de igualdades, de justiça, de diferenças, de lutas e conquistas...

A inserção da história e cultura afro-brasileira nas escolas da rede municipal de Criciúma: dificuldades e estratégias

Silveira, Dienifer Araújo da
Fonte: Universidade do Extremo Sul Catarinense Publicador: Universidade do Extremo Sul Catarinense
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso - TCC
PT_BR
Relevância na Pesquisa
96.37%
Trabalho de Conclusão de Curso, apresentado para obtenção do grau de Licenciado no curso de Pedagogia da Universidade do Extremo Sul Catarinense, UNESC.; Este trabalho de conclusão de curso apresenta uma breve análise da legislação nacional e municipal sobre a implantação da Lei 10.639/03 nos currículos escolares, resgatando, inclusive, que é obrigatoriedade as escolas particulares e públicas do ensino anos fundamental e médio, aplicarem no seu cotidiano a temática da História e Cultura afro-brasileira. Sendo assim, buscou-se investigar as dificuldades e estratégias encontradas pelas profissionais da educação em aplicarem no meio escolar a temática História e Cultura afro-brasileira. Logo, teve-se como seguinte tema “A Inserção da História e Cultura Afro-brasileira nas Escolas da Rede Municipal de Criciúma: Dificuldades e Estratégias”. Como objetivo central buscou-se investigar quais as dificuldades e estratégias vivenciadas pelas professoras do 5º ano da rede Municipal de Criciúma, em inserir a História e Cultura afro-brasileira no currículo escolar. Conforme a investigação realizou-se uma pesquisa qualitativa em que, buscando alcançar os objetivos abordou-se como metodologia documentos, sujeitos e instituições. Concluiu-se que...

O ensino da história e da cultura afro-brasileira em Rondônia: a aplicação da lei nº 10.639/2003

Silva, Simeia de Oliveira Vaz
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
96.39%
A investigação proposta está convencionada ao estudo do ensino da História e a aplicabilidade da Lei 10. 639/2003, sobretudo em Rondônia. Para tanto tem como objeto de pesquisa o livro didático de História, distribuído pelo PNLD 2012. O que se procura descobrir é qual a visão da História da África e da Cultura Afro-brasileira está apresentada nos livros didáticos de História e se essa visão permiti a aplicabilidade da Lei. Dessa forma, divide-se em três momentos. Primeiramente busca compreender a trajetória que tornou possível a viabilidade da Lei 10. 639/2003 analisando documentos como os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs) até as orientações da Secretaria de Educação de Rondônia (SEDUC). Em seguida é discutido sobre a identidade afro-rondoniense, contruída numintenso fluxo migratória que gera uma crise de identidade. É feita a análise dos livros de história do PNLD 2012 para compreender, se a História da África e da Cultura Afro-brasileira neles contido, é capaz de permitir ao afro-rondoniense o reconhecimento de sua identidade. Embora, apresentem uma África rica, diversa e livre de grandes estereótipos não é possível ao afro-rondoniense uma identificação, a parte final é dedicada a sugerir uma proposta de ensino da História afro-rondoniense.; The proposing investigation is agreed at study of the teaching of History and applicability of the Law 10. 639/2003...

Cultura afro-brasileira e diversidade; Afro-Brazilian Culture and diversity; Culture afro-brésilienne et diversité

Arakaki, Letícia Augusta
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2009 POR
Relevância na Pesquisa
86.34%
Este depoimento refere-se a minha experiência como aluna-professora a partir da participação de "espaço de criação" desenvolvido pela professora Nilce da Silva, cujo tema abordado foi a questão da cultura afro-brasileira e a diversidade. Relato aqui um pouco do trabalho que foi desenvolvido com as crianças relacionando a questão da diversidade etno-racial, cultural e social, visando a valorização da história, das contribuições africanas para a cultura brasileira e da identidade dos afrodescendentes.; This testimony mentions my experience as student-teacher from the participation of "space of creation" developed by Nilce da Silva, whose broached subject was the question of the Afro-Brazilian culture and the diversity. Here I report a little of the work that was developed with the children establishing relations with the question of the ethno-racial diversity, cultural and social, aiming at the valuation of history, the African contributions for the Brazilian culture and of the identity of the Afro-descendents.; Ce témoignage parle de mon expérience comme élève/ enseignante suite à ma participation à "l'espace de création" qui a été développé par la professeure Nilce da Silva. Ce projet aborde la question de la culture afrobrésilienne et la diversité. Je raconte ici un peu le travail développé avec les enfants concernant le problème de la diversité etno-racial...

Cultura afro-brasileira e diversidade; Culture afro-Brazilian and diversity; Culture afro-brésilienne et diversité

Arakaki, Letícia Augusta
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/02/2010 POR
Relevância na Pesquisa
86.34%
Este depoimento se refere à minha experiência como aluna/professora a partir da participação em "espaço de criação" desenvolvido pela professora Nilce da Silva, cujo tema abordado foi a questão da cultura afro-brasileira e a diversidade. Relato aqui um pouco do trabalho que foi desenvolvido com as crianças relacionando a questão da diversidade étnico-racial, cultural e social, visando a valorização da história, das contribuições africanas para a cultura brasileira e da identidade dos afrodescendentes.; This report mentions my experience as student/teacher through the participation in "space of creation" developed by Nilce da Silva, treating of the question of Afro-Brazilian culture and diversity. Here I expound some of the work that was developed with the children having related the question of the ethnic-racial, cultural and social diversity, aiming at: valuation of history, the African contributions for the Brazilian culture and of the identity of the afro descendents.; Ce témoignage se réfère à mon expérience comme élève/enseignante à partir de la participation du "espace de création" ; développé par le professeur Nilce da Silva, dont le sujet abordé a été la question de la culture afro-brésilienne et la diversité. Je raconte ici...

PENSANDO A QUESTÃO DO NEGRO BRASILEIRO NO ENSINO DE ENSINO DE SOCIOLOGIA: BREVES REFLEXÕES SOBRE A CULTURA AFRO-BRASILEIRA

Paiva, Andréa Lúcia da Silva de; UFF - Campos dos Goytacazes Departamento de Ciências Sociais- COC
Fonte: Revista Contemporânea de Educação Publicador: Revista Contemporânea de Educação
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares; ensino de sociologia Formato: application/pdf
Publicado em 02/07/2015 POR
Relevância na Pesquisa
86.2%
A questão do negro na sociedade brasileira sempre esteve envolvida em diferentes e complexos aspectos econômicos, políticos e culturais. Interessante perceber como que o termo “negro” sempre foi objeto de reclassificações simbólicas e de resignificações. Essa busca por definições do que é ser “negro” retrata um exercício constante no pensamento social brasileiro, sobretudo na memória coletiva, tornando uma discussão importante para a descoberta da alteridade. É com base nessas questões que esse trabalho tem como objetivo pensar a importância dos estudos afro-brasileiros no ensino de sociologia. Ao partir das experiências docentes, como base o currículo mínimo de sociologia 2012 e a Lei N°. 11.645/2008, buscamos refletir sobre a cultura afro-brasileira enquanto exercício de desnaturalização e estranhamento do aluno no campo educacional.

FILOSOFIA DA ANCESTRALIDADE COMO FILOSOFIA AFRICANA: EDUCAÇÃO E CULTURA AFRO-BRASILEIRA

Oliveira, Eduardo David de; Universidade Federal da Bahia
Fonte: Revista Sul-Americana de Filosofia e Educação Publicador: Revista Sul-Americana de Filosofia e Educação
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2012 POR
Relevância na Pesquisa
96.17%
Neste artigo apresenta-se o entrelaçamento da Filosofia da Ancestralidade com a educação comprometida com a cultura afro-brasileira. Resultado dinâmico de múltiplas influências teóricas como a filosofia africana, a filosofia latino-americana, o afrocentrismo, a filosofia intercultural, e a filosofia da diferença, a Filosofia da Ancestralidade visa dialogar filosoficamente com a educação das relações étnico-raciais no Brasil.

HISTORIOGRAFIA E ENSINO DE HISTÓRIA PARA A DESCOLONIZAÇÃO DO CONCEITO DE CULTURA AFRO-BRASILEIRA: ARTICULANDO CIÊNCIA, ENSINO, CULTURA E POLÍTICA

Gomes, Gustavo Manoel da Silva
Fonte: Universidade Federal da Paraíba/Centro de Ciências Humanas Sociais e Agrárias Publicador: Universidade Federal da Paraíba/Centro de Ciências Humanas Sociais e Agrárias
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Avaliado por Pares; Formato: application/pdf
Publicado em 30/11/2014 POR
Relevância na Pesquisa
96.33%
Este trabalho busca articular algumas relações existentes entre história, linguagem e ensino a fim de propiciar aos docentes referenciais históricos sobre a forma como compreendemos a cultura afro-brasileira, analisando os efeitos de significação de cada definição de cultura afro-brasileira e suas consequências políticas ante a população negra. Espera-se com isso problematizar e instrumentalizar algumas representações e práticas de ensino de história e cultura afro-brasileira que ainda são percebidas mesmo após dez anos de reflexões e proposições a partir da Lei nº 10.639/03.

HISTÓRIA E CULTURA AFRO-BRASILEIRA: O QUE OS PROFESSORES E OS ALUNOS APRENDERAM NA ESCOLA PÚBLICA?

Martins, Marcos Francisco
Fonte: Revista HISTEDBR On-line Publicador: Revista HISTEDBR On-line
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 29/10/2012 POR
Relevância na Pesquisa
96.26%
O presente artigo apresenta os resultados de uma pesquisa feita com 38 professores e 205alunos de 44 escolas públicas estaduais da região de Campinas-SP, que reúne 162instituições de ensino em sua rede. O objetivo da pesquisa foi o de identificar o que elesaprenderam sobre a história e a cultura afro-brasileira. Os dados foram coletados por meiode um questionário aplicado no segundo semestre de 2007, quando o Programa deMestrado em Educação do Unisal e a Apeoesp – Sindicato dos Professores da Rede deEnsino Oficial do Estado de São Paulo (Sub-sede de Campinas) - realizaram um curso deextensão de 30h com vistas a capacitar os docentes da rede pública de ensino paulista aimplementar o que exige a Lei 10.639/03, que estabeleceu a obrigatoriedade de incluir narede de ensino a temática “história e cultura afro-brasileira”.

NOTA SOBRE AS POLÍTICAS EM PROL DO ENSINO DA HISTÓRIA E CULTURA AFRO-BRASILEIRA E AFRICANA NA EDUCAÇÃO ESCOLAR

Felipe, Delton Aparecido; Teruya, Teresa Kazuko
Fonte: Revista HISTEDBR On-line Publicador: Revista HISTEDBR On-line
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 18/08/2012 POR
Relevância na Pesquisa
96.19%
A aprovação da Lei 10.639 em 9 de Janeiro de 2003 que estabelece a obrigatoriedade do ensino da história e cultura afro-brasileira e africana na educação básica suscitou um série de debates sobre a relevância de políticas educacionais como a pautada nesta Lei. A fim de contribuir como esse debate, o presente artigo tem como objetivo analisar a relevância da aprovação da Lei 10.639/2003 na educação escolar brasileira, na perspectiva dos Estudos Culturais. Para isso estabelecemos como questão norteadora de nosso artigo: quais as implicações pedagógicas a Lei 10.639/2003 terá na educação escolar? Apresentamos as mudanças ocorridas na educação escolar, dando ênfase à disciplina de História, já que é uma das disciplinas que tem em seu currículo diversas questões sobre as relações étnico-raciais. Concluímos que a aprovação de Leis como a citada contribui para ampliar o conhecimento dos docentes sobre sua prática pedagógica enquanto formadores de posicionamentos sociais. A Lei abre caminho para a construção de uma educação antirracista e rompe com as normas discursivas centradas no europeu. A Lei permite que no ambiente escolar, seja legítimo falar sobre a exclusão e marginalização de um segmento social.