Página 1 dos resultados de 552 itens digitais encontrados em 0.009 segundos

Estudo da corrosão de Poli(N-vinilcarbazol), obtido via polimerização radical vivo.; Study of Poly(N-vinylcarbazole) etching, obtendet by "living" radical polymerization.

Moreira, Taís Aparecida de Assis Garcia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/05/2008 PT
Relevância na Pesquisa
56.29%
O principal objetivo deste trabalho é a obtenção de trilhas com largura de dezenas de microns de Poli(N-vinilcarbazol) (PVK). Essas trilhas terão uma possível utilização em conjunto com outros materiais poliméricos como camada condutora na obtenção de um dispositivo semicondutor com material totalmente orgânico. O polímero escolhido foi o PVK, obtido a partir da síntese do monômero de N-vinilcarbazol, utilizando a técnica de polimerização radical livre viva, na presença do iniciador bimoleculares TEMPO (2,2,6,6-terametilpiperidinil-1-óxi)/BPO (peróxido de benzoíla) na razão molar 1:1,33. Além disso, a massa molar de 50.000g/mol para o PVK foi escolhida, previamente, devido às suas boas características elétricas condutoras, quando dopadas com perclorato de lítio. Para a remoção e definição de geometria do PVK foi usada a técnica de plasma etching por ser um processo limpo, de fácil manuseio e grande possibilidade de controle de parâmetros, além da possibilidade de usar diversos gases. Por outro lado, os parâmetros de corrosão, através de plasma de oxigênio foram modificados com a finalidade de obter uma condição ideal para o processo de remoção e em seguida o polímero foi caracterizado novamente...

Resistência à corrosão de ferro puro enriquecido superficialmente com cromo, níquel ou titânio, depositados durante a sinterização por plasma

Marchiori, Roberto
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: viii, 106 f.| il., tabs., grafs.
POR
Relevância na Pesquisa
66.42%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais.; A não satisfatória resistência à corrosão dos materiais obtidos a partir da metalurgia do pó ferrosa, devido à presença de poros residuais, representa uma grande limitação na aplicação desta tecnologia. O tratamento térmico via plasma vem sendo utilizado cada vez mais graças à possibilidade de se trabalhar com gases puros à baixa pressão, o que garante uma atmosfera de alta qualidade, e também pela redução do tempo de processamento através da ativação dos mecanismos de difusão superficial. Esta tecnologia é aplicada também na busca de uma melhoria na resistência à corrosão dos materiais processados, objetivo que pode ser obtido por meio de dois processos distintos: a deposição, concomitante à sinterização, de um elemento mais nobre na superfície do material, e a redução da porosidade superficial pelo bombardeamento de partículas de alta energia, que ativam a difusão atômica na superfície. Neste trabalho estudou-se ambos os processos, efetuando a sinterização em varias configurações. Foram depositados os elementos de liga Ni, Cr e Ti...

Avaliação eletroquímica da corrosão em condensadores de unidade geradora de energia termoelétrica

CHOSTAK, Cristiano Luiz
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 58 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
56.21%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências Físicas e Matemáticas. Curso de Química.; Espelho e tubulações de condensadores de usinas termoelétricas sofrem processos de corrosão galvânica devido à dissimilaridade de materiais metálicos, sendo que esse fato é agravado quando a concentração salina da água utilizada no sistema de refrigeração é elevada. O sistema estudado é composto pelo espelho confeccionado em aço carbono 1020 - A515 Gr60, tubos de latão almirantado ASTM B111 – liga C464 e anodos de sacrifício de magnésio, que minimizam os processos corrosivos. A água captada para a refrigeração sofre influência das marés devido à proximidade do mar, causando desvios consideráveis na concentração de íons, alterando os padrões físico-químicos da água utilizada no sistema de refrigeração e dessa forma, provocando corrosão acentuada no espelho e tubos do condensador. Neste trabalho foram coletadas amostras de água em períodos de marés altas e baixas e testados os materiais do condensador por meio de análises eletroquímicas com sistema de 3 eletrodos. A avaliação eletroquímica das amostras metálicas em solução eletrolítica, com o auxílio de um potenciostato/ galvanostato...

Corrosão dos materiais de terras de protecção

Beleza, José Maria Pereira
Fonte: Universidade do Porto Publicador: Universidade do Porto
Tipo: Dissertação Formato: VII, 61 p., 30 cm; application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.05%
Tese de mestrado. Engenharia de Segurança e Higiene Ocupaconais. Faculdade de Engenharia. Universidade do Porto. 2010

Toxicidade dos materiais de construção : uma questão incontornável para a construção sustentável : parte 2 : o caso dos materiais com contaminação radioactiva e as canalizações em chumbo para abastecimento de água

Torgal, Fernando Pacheco; Faria, Joana; Jalali, Said
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em /11/2010 POR
Relevância na Pesquisa
56.1%
Evitar o uso de materiais de construção tóxicos é um dos princípios da construção sustentável. Este artigo constituído por 3 partes discute vários casos de toxicidade de materiais de construção pela revisão da literatura nessa área. A parte 2 do presente artigo aborda os casos dos materiais com contaminação radioactiva e as canalizações em chumbo para abastecimento de água. Regra geral a maioria dos materiais de construção não apresenta níveis de radiação preocupantes, o que já não sucede no entanto para alguns subprodutos utilizados principalmente no fabrico de betão, como sejam o fosfogesso, as escórias de alto forno e algumas cinzas volantes. A presente comunicação analisa quais os níveis de radioactividade corrente de materiais de alguns construção e aborda ainda a questão do radão no interior das habitações, quer proveniente do solo quer dos próprios materiais. Relativamente ás canalizações em chumbo sabe-se que provocam graves de problema de saúde devido à formação de uma película de produtos de corrosão na superfície interna da tubagem, a qual acaba por ser lexiviada contaminando a própria água. Na presente comunicação é abordada a referida problemática, bem como são abordadas algumas soluções técnicas para ultrapassar o referido problema.

Processos de corrosão em materiais de aplicação biomédica e crescimento bacteriano em salivas artificiais

Aguiar, Sara Raquel Mota Merelo de, 1984-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
56.3%
Tese de mestrado em Química, apresentada à Universidade de Lisboa, através da Faculdade de Ciências, 2011; Os estudos dos fenómenos de corrosão em materiais de aplicação biomédica constituem uma temática de investigação actual e relevante dada a importância da biocompatibilidade destes materiais, de forma a permitir uma posterior aplicação clínica. Assim, o principal objectivo deste trabalho foi estudar o processo de corrosão das ligas de Crómio-Cobalto (Cr-Co) utilizadas na área da medicina dentária em diferentes salivas artificiais. A liga de Cr-Co foi caracterizada morfológica e quimicamente, sendo assim possível observar macro e microscopicamente a superfície da liga e conhecer a sua composição química que além dos elementos bases possui Mo W e Si. Recorrendo aos estudos electroquímicos, nomeadamente medidas de potencial em circuito aberto, polarização potenciodinâmica e voltametria cíclica, foi estudada a corrosão da liga de Cr-Co em diversas salivas artificiais, contendo diferentes componentes que mimetizam os substituintes da saliva humana. Os resultados sugerem que na presença do tampão fosfato a glucose promove um meio mais corrosivo do que os outros componentes. Constatou-se assim que para a saliva II+glucose...

Investigação dos principais processos de corrosão em estações de energia elétrica do Estado do RS

Rieder,E.S.; Brusamarello,V.; Bianchi,A.L; Balbinot,A.
Fonte: Rede Latino-Americana de Materiais Publicador: Rede Latino-Americana de Materiais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2009 PT
Relevância na Pesquisa
56.42%
Este estudo investigou os principais agentes de corrosão em quatro subestações de energia elétrica do estado do Rio Grande do Sul, três no litoral e uma em Porto Alegre. O objetivo foi determinar as taxas de corrosão de vários materiais metálicos expostos aos agentes agressivos existentes no ambiente das subestações. Foram desenvolvidos experimentos de perda de massa dos materiais expostos em tempo real nas subestações, monitoramento de potencial do solo, determinação da composição química e resistividade do solo, e análise micrográfica e química dos materiais após exposição no sítio de trabalho. Os ensaios de perda de massa foram realizados seguindo as normas ISO (International Organization of Standardization) 8407, 8565 e 9223 a 9227. A resistividade do solo foi determinada pelo método Wenner e as micrografias e constituição química dos produtos de corrosão por microscopia eletrônica de varredura e espectroscopia de energia dispersiva, respectivamente. Resultados mostraram significativa alteração nas massas do aço e do cobre, principalmente nas subestações litorâneas. Embora os agentes corrosivos existam no solo, as altas taxas de corrosão no litoral estão fortemente associadas à maresia. Já para o zinco e o aço galvanizado...

Estudo do desempenho de filmes contendo sais de terras raras como inibidores de corrosão da liga ZnFe eletrodepositada sobre aço

Dos Santos,M.C.G.; Freire,C.M.A
Fonte: Rede Latino-Americana de Materiais Publicador: Rede Latino-Americana de Materiais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2012 PT
Relevância na Pesquisa
56.07%
Aço revestido com eletrodepósitos de liga ZnFe é um material de uso comum na indústria de construção civil e automotiva. O revestimento à base de zinco necessita, entretanto, ser protegido de ambientes corrosivos através de um tratamento de superfície que geralmente contém cromo hexavalente (Cr6+), tóxico para o meio ambiente e cancerígeno para o homem. O presente trabalho apresenta um estudo com inibidores de corrosão contendo terras raras (Ce ou La), sobre aço revestido com eletrodepósitos de liga ZnFe. Esses filmes foram avaliados através das Curvas de Polarização, da Espectroscopia de Impedância Eletroquímica (EIE), da Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV) e Espectrometria de Energia Dispersiva (EDS). A espectroscopia fotoelétrica de emissão de raios-X (XPS) também foi utilizada para comprovar a presença desses filmes contendo óxidos sobre a superfície da liga ZnFe. Os resultados de EIE e polarização indicaram que as camadas estudadas foram eficientes contra corrosão e que seu desempenho dependia do tipo de cátion presente no sal. A amostra representada por Ce+ZnFe mostrou o melhor desempenho na proteção contra a corrosão, havendo um decréscimo de aproximadamente 10 vezes na densidade de corrente quando a liga foi medida com Ce+ ZnFe um aumento de IZI em uma ordem de grandeza.

Avaliação por EIE do filme contendo o silano γ-UPS como revestimento de passivação para as ligas ZnFe e ZnCo eletrodepositadas

Santos,Márcia Cristina Gonçalves dos; Célia,M. A. Freire
Fonte: Rede Latino-Americana de Materiais Publicador: Rede Latino-Americana de Materiais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
56.21%
Pré-tratamentos a base de Cr(VI), têm sido usados há muito tempo em diversos materiais, como eletrodepósitos e ligas de zinco; entretanto, por serem tóxicos para o homem e ao meio ambiente, estão sendo definitivamente banidos, segundo diretrizes européias [2000/53/EC]. Nesse contexto, novas tecnologias alternativas têm sido estudadas e desenvolvidas. A deposição de filmes finos contendo silanos surge como uma dessas alternativas para aumentar a resistência à corrosão dos eletrodepósitos de zinco sobre aço. Nesse artigo, filmes contendo o silano γ-UPS (ureidopropiltrietoxissilano) foram aplicados sobre as ligas ZnFe e ZnCo eletrodepositadas. Os diferentes sistemas silano/substratos obtidos, foram então avaliados através de Espectroscopia de Impedância Eletroquímica (EIE), em solução de NaCl 0,1M a fim de verificar as características eletroquímicas dos mesmos. A Espectroscopia Fotoelétrica de Emissão de Raios-X (XPS) foi utilizada para quantificar o silício (Si) existente nos filmes. Os resultados indicam que os sistemas estudados dependem do tipo de substrato metálico. O sistema UPS/ZnFe mostrou maior eficiência por barreira contra corrosão e a resposta eletroquímica de seu comportamento frente à corrosão...

Avaliação da resistência à corrosão de eletrodepósitos de liga ZnFe sobre aço tratado com filmes contendo sais de terras raras e silanos BTSE, BTESPTS

Santos,M.C.G. dos; Freire,C. M. A.
Fonte: Rede Latino-Americana de Materiais Publicador: Rede Latino-Americana de Materiais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
56.07%
O presente trabalho tem como objetivo avaliar a resistência a corrosão do aço revestido com eletrodepósito de liga ZnFe tratado com filmes constituídos de uma pré-camada obtida através de solução de sais de terras raras (Ce ou La) acrescida de filmes de silanos bis 1,2-[trietoxissilil]etano) (BTSE) e/ou bis-(3-[trietoxissilil]-propil) - tetrassulfeto (BTESPTS). Esses sistemas foram avaliados através das Curvas de Polarização, Espectroscopia de Impedância Eletroquímica (EIE), Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV) e Espectrometria de Energia Dispersiva (EDS). Os resultados de EIE e polarização indicaram que os sistemas estudados foram eficientes contra corrosão e que seu desempenho depende do tipo de cátion do sal. O sistema ZnFe+Ce+BTSE+BTESPTS mostrou o melhor resultado contra corrosão.

Viabilidade dos revestimentos anticorrosivos com NB2O2/Cu, Nb2O5/Ni e Nb2O5/Al aplicados por aspersão térmica para estruturas enterradas de linhas de transmissão.

Regis Junior, Oscar
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
66.26%
Resumo: Esta pesquisa tem como objetivo principal investigar a viabilidade técnica da utilização dos compósitos de Pentóxido de Nióbio+Cobre, Pentóxido de Nióbio+Níquel e Pentóxido de Nióbio+Alumínio na forma de pó, depositado por aspersão térmica “flame spraying”, como revestimento superficial em estruturas enterradas de linhas de transmissão. Nas inspeções realizadas nessas estruturas de aço galvanizado, constatou-se que as mesmas apresentavam corrosão acentuada na área próxima à região de afloramento e que necessitariam ser recuperadas ou até mesmo substituídas. Esta corrosão é devido ao processo corrosivo do solo. O intuito do revestimento é aumentar a vida útil dos materiais e estruturas enterradas nas linhas de transmissão contra a corrosão pelo solo. Para investigar a viabilidade técnica destes revestimentos houve a sua caracterização em laboratório dos mesmos. Como técnica eletroquímica aplicou-se a galvanostática com e sem queda ôhmica no aço AISI 1020 e nos revestimentos. Foram utilizados como eletrólitos nesta técnica eletroquímica, seis diferentes solos previamente caracterizados quanto a sua corrosividade. A caracterização microestrutural dos depósitos foi determinada através de várias técnicas incluindo: análise da fração de área de óxidos e poros...

Investigação do grau de corrosividade sobre materiais metálicos das redes aéreas de distribuição de energia elétrica (RD) da Região Metropolitana de Salvador - BA

Brambilla, Kelly Jacqueline Campos
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
56.48%
Resumo: A extensão da costa brasileira aumenta a degradação dos materiais pelas condições de temperatura média e umidade relativa bem mais elevada do que nas outras regiões, principalmente, se forem consideradas as áreas litorâneas do Norte e Nordeste do Brasil. De acordo com Köppen, Salvador é uma cidade de clima quente e úmido, tipicamente tropical, com cerca de 2.466 h anuais de sol, ventilada (ventos anuais com velocidade média de 2,2 m/s) e uma temperatura média anual de 25 ºC e com umidade média anual da ordem de 81%. Estas condições climáticas somadas a poluição industrial são extremamente prejudiciais aos materiais de engenharia, propiciando à corrosão ou degradação dos materiais metálicos, por possuir também um tempo de superfície úmida (t) elevado (» 4.000 h/ano), neste caso, classificado pela NBR 14643/01, como t4, ou seja, de alta corrosividade ambiental (C4). Assim, o estudo das variáveis que influenciam no processo de corrosão atmosférica, é de fundamental relevância, haja vista que grande parte dos materiais presentes no cotidiano está susceptível ao processo de degradação. Tem-se, como exemplo, a maioria dos metais das linhas de distribuição e transmissão de energia elétrica...

Avaliação da influência do número da acidez naftênica e da temperatura no comportamento corrosivo em aço aisi 316 utilizando técnica de ruído eletroquímico

Hass, Fernanda
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: 96f. : il. algumas color., tabs., grafs.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
56.27%
Orientador: Prof. Dr. Haroldo de Araújo Ponte; Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Tecnologia, Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Ciência dos Materiais - PIPE. Defesa: Curitiba, 16/10/2013; Inclui referências; Resumo: O controle da corrosão naftênica é um dos maiores desafios das refinarias que processam petróleos pesados. Seu monitoramento visa à avaliação da efetividade do programa de controle da corrosão e o estabelecimento de limites operacionais, além de fornecer alarmes de mudança do comportamento corrosivo, proporcionando informações para ajuste do programa. Muitos trabalhos têm sido desenvolvidos em busca de informações sobre os parâmetros operacionais críticos e de metodologias de monitoramento, porém poucos propiciam um controle "online" preditivo e pró-ativo do processo corrosivo. Frente à necessidade de tornar os métodos de controle "online" mais adequados a realidade industrial, este trabalho propõe a consolidação do uso do Ruído Eletroquímico (RE) como ferramenta de reavaliação de parâmetros de controle e de monitoramento da corrosão por ácidos naftênicos. Em laboratório, avaliou-se o comportamento do aço AISI 316 em solução de óleo mineral e ácidos naftênicos. As variáveis estudadas foram o número de acidez total (0...

Avaliação da corrosão por fluxo do aço AISI 1020 em solução de NaHCO3 saturada com CO2

Ferreira, Lilian Raquel Moretto
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 109f. : il. algumas color., tabs., grafs.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
66.37%
Orientador: Prof. Dr. Haroldo de Araújo Ponte; Tese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Tecnologia, Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Ciência dos Materiais - PIPE. Defesa: Curitiba, 31/05/2012; Inclui referências; Área de concentração: Engenharia de materiais; Resumo: A corrosão por CO2 é a forma predominante de corrosão encontrada na produção de combustíveis fósseis e está presente tanto na composição das jazidas de petróleo e gás natural, quanto nos processos tecnológicos de extração e refino. Os aços carbono e de baixa liga são os mais utilizados na confecção de equipamentos e tubulações, principalmente por satisfazerem os requisitos mecânicos, estruturais e de fabricação, além de serem mais viáveis financeiramente. Entretanto, estes materiais possuem baixa performance em relação à corrosão generalizada e por CO2. Este trabalho tem como principal objetivo utilizar um eletrodo cilíndrico rotativo (ECR) nas técnicas eletroquímicas comumente empregadas para a avaliação da corrosão por fluxo do aço carbono em duas condições diferenciadas de acabamento superficial. Esta avaliação foi realizada, utilizando-se como meio corrosivo uma solução de NaHCO3 0,5 M saturada com CO2. Os eletrodos de trabalho tinham formato cilíndrico e foram confeccionados em aço carbono AISI 1020. Os resultados obtidos revelaram que a formação e a passivação da camada de carbonato de ferro...

Análise de materiais e técnicas de encapsulamento de módulos fotovoltaicos

Santos Júnior, Sílvio Luís dos Reis
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
56.06%
Esta dissertação teve como objetivo a fabricação e caracterização de protótipos de módulos fotovoltaicos para análise dos materiais utilizados no encapsulamento dos mesmos. Os protótipos foram submetidos a testes de corrosão por névoa salina, teste de ciclos térmicos, teste ciclo térmico seguido de umidade e congelamento, teste de exposição à radiação ultravioleta e a exposição à radiação solar (exposição externa). Estes protótipos foram caracterizados opticamente e eletricamente antes e após cada teste. Os testes foram realizados baseados nas normas do Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE), Sistemas e Equipamentos para Energia Fotovoltaica, Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (INMETRO) e nas normas 61215 da International Electrotechnical Commission (IEC). Na inspeção visual após os testes, 90 % das amostras não apresentaram mudanças significativas. Somente após o teste de ciclos térmicos e teste de umidade e congelamento foram observadas alterações na superfície dos vidros e delaminação em área próxima a barra coletora de uma célula solar.Na análise de refletância de diferentes regiões dos protótipos não foram evidenciados processos de delaminação ou descoloração após os testes. Concluiuse que...

Utilização de matérias primas vegetais para aplicabilidade como inibidores de corrosão

Anjos, Gineide Conceição dos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais; Processamento de Materiais a partir do Pó; Polímeros e Compósitos; Processamento de Materiais a part Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais; Processamento de Materiais a partir do Pó; Polímeros e Compósitos; Processamento de Materiais a part
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
56.29%
In the search for products that act as corrosion inhibitors and do not cause environmental, impact the use of plant extracts as corrosion inhibitors is becoming a promising alternative. In this work the efficiency of polar extracts (ethanol extracts) obtained from the plants Anacardium occidentale Linn (AO) and Phyllantus amarus Schum. & Thonn (PA) as corrosion inhibitors were evaluated in different concentrations. For that AO and PA extracts were solubilized in the microemulsion systems (SME) containing saponified coconut oil as surfactant (SME -OCS and SME-OCS-1) in saline (NaCl 3,5 %) solution, which was also used as electrolyte. Both SME-OCS and SME-OCS-1 were characterized by surface tension and viscosity methods showing a Newtonian fluid behavior. The SME-OCS and SME-OCS-1 systems satisfactorily solubilized the polar extracts AO and PA with measurements carried out by ultraviolet spectroscopy. The measurements of corrosion inhibition efficiencies were performed by the electrochemical linear polarization resistance (LPR) technique as well as weight loss, on the surface of AISI 1020 carbon steel. The maximum corrosion inhibition efficiencies were determined by extrapolation of Tafel plots, showing the following values: 95,6 % for the system SME-OCS-AO...

Corrosão de vários materiais metálicos em álcool etílico hidratado combustível e sua inibição a 25 graus C

Amaral, Solange Teresinha Guidali
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
56.27%
Estudou-se o comportamento à corrosão de diversos materiais metálicos como aço, cobre, latão e pares galvânicos (aço-latão) em álcool etilico combustível (91.1 - 93.9 -INPM) adicionado de várias substâncias a fim de avaliar possíveis efeitos inibidores ou aceleradores da corrosão. Foi verificado a influência na corrosão, de ion cloreto, acetato de sódio, ácido benzóico, trietanolamina, butinodiol e um inibidor comercial. O acetato de sódio seguido do produto comercial se revelaram os melhores aditivos sob o ponto de vista da inibição da corrosão. A adição de cloreto, como um possível contaminante foi estudada e obteve-se um aumento bastante grande na taxa de corrosão. A adição de perclorato de potássio ao álcool combustível normalmente utilizado para aumentar a condutividade da solução nos ensaios eletroquímicos, mostrou ser prejudicial por modificar apreciavelmente as características do comportamento à corrosão dos materiais ensaiados, aumentando-a ou diminuindo-a conforme o caso.; A study has been made on the corrosion of several metallic materials steel, copper, brass and galvanic couples (steel-brass) in combustible ethyl alcohol (911 - 93.9' INPM), with small additions of different substances to evaluate possible effects Of inhibition or stimulation of corrosion. The influence of chloside ions...

Avaliação e monitoramento dos mecanismos de deterioração do concreto exposto ao íons cloreto e sulfato e o efeito da adição de Nano-Fe3O4 por espectroscopia de impedância eletroquímica

Bragança, Mariana D' Orey Gaivão Portella
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 165f. : il. (algumas color.), tabs., grafs.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
56.3%
Orientadora: Profª. Drª. Cláudia Eliana Bruno Marino; Tese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Tecnologia, Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Ciência dos Materiais - PIPE. Defesa: Curitiba, 05/12/2014; Inclui bibliografia; Área de concentração: Engenharia e ciencia de materiais; Resumo: Determinados agentes iônicos presentes nos mais diversos ambientes (solo, água e ar) aos quais as obras de engenharia estão expostas como, por exemplo, os íons cloreto e sulfato, tendem a reagir com os hidratos do cimento, modificando as propriedades do concreto ou argamassa, levando a uma diminuição do tempo de sua vida útil. Ainda, em estruturas armadas, estes agentes influenciam na qualidade da dupla camada (concreto/barra), favorecendo o processo de corrosão da armadura, devido à interação iônica ou modificação da alcalinidade do meio. O diagnóstico desta diminuição da durabilidade normalmente envolve o desenvolvimento de ensaios laboratoriais, com a necessidade de extração de corpos de prova. Especificamente, para o concreto armado, testes envolvendo métodos eletroquímicos para a análise do potencial de corrosão e da resistência de polarização, bem como a técnica de espectroscopia de impedância eletroquímica têm sido utilizados quando da exposição a íons cloreto...

O risco no domínio dos materiais

Gil, Luís
Fonte: Ordem dos Engenheiros Publicador: Ordem dos Engenheiros
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
65.97%
Uma definição de risco é a probabilidade de acontecer uma situação adversa, problema ou dano e as consequências deste mesmo. Avaliar os riscos e determinar a melhor forma de gestão constitui um enorme desafio, pois é difícil avaliar todos os aspectos do risco e determinar todas as consequências de uma medida de controlo, dado que é muito elevado o grau de incerteza. No âmbito da Engenharia, a área dos materiais é uma das mais relacionadas com o risco tecnológico, dado que a degradação ou corrosão destes pode conduzir à sua fadiga e fratura/rotura. 

Fabricação de microcanais por moldagem em poliéster a partir de matriz de silício e pela utilização de toner como resiste para corrosão de vidro; Manufacture microchannel polyester molding from silicon matrix and by the use of toner as resistant to glass corrosion

Silva, Heron Dominguez Torres da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/08/2001 PT
Relevância na Pesquisa
56.16%
A área de microfabricação de dispositivos de interesse em química analítica tem se expandido muito ao longo dos últimos anos. Uma série de produtos e processos tem sido proposta, tendo como base as tecnologias da área de microeletrônica. Muito destes processos são bastante sofisticados, estando além das necessidades para produção de alguns dispositivos relativamente simples e que são bastante úteis para a química analítica. Este é o caso, por exemplo, dos microcanais para implementação de sistemas eletroforéticos ou micro sistemas em fluxo. Neste contexto, surge a proposta deste trabalho, qual seja desenvolver processos e produtos de interesse nesta área. Esse objetivo foi alcançado pelo desenvolvimento de dois processos: um para produção de microcanais em resina de poliéster através de moldagem e outro de corrosão de vidro utilizando toner de impressora laser como resiste. O primeiro partiu de fotolito para produção de molde em silício através de processo de corrosão por plasma de SF6. Peças de resina de poliéster isoftálica são produzidas por polimerização sobre este molde. Para garantir a desmoldagem não traumática e boa reprodução de detalhes, foi incorporado óleo de silicone durante a preparação da resina. Com este procedimento...