Página 1 dos resultados de 10785 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

Empresas que se destacam pela qualidade das informações a seus usuários externos também se destacam pela utilização de artefatos modernos de contabilidade gerencial?; Do companies who stand out for information quality for external users also stand out for the use of modern management accounting artifacts?

GUERREIRO, Reinaldo; CORNACHIONE JÚNIOR, Edgard Bruno; SOUTES, Dione Olesczuk
Fonte: Universidade de São Paulo, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Contabilidade e Atuária Publicador: Universidade de São Paulo, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Contabilidade e Atuária
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
46.9%
Estudos empíricos têm indicado baixo grau de utilização de artefatos modernos de Contabilidade Gerencial propostos pela literatura. No âmbito teórico, a teoria da contabilidade engloba o pressuposto de que a contabilidade deveria atender eficazmente os seus usuários externos e internos. Este estudo tem dois objetivos principais: avaliar se (a) empresas brasileiras que se destacam pelo seu porte na economia brasileira utilizam artefatos modernos de Contabilidade Gerencial e (b) empresas que se destacam pela qualidade de suas informações aos usuários externos, também, se destacam pela maior utilização de artefatos modernos de Contabilidade Gerencial de apoio a usuários internos. Uma amostra de 90 empresas foi examinada, selecionadas dentre empresas listadas entre as 500 maiores empresas (edição de 2005 de Melhores e Maiores) e dentre o rol de empresas que foram indicadas ao Prêmio ANEFAC-FIPECAFI-SERASA, Troféu Transparência, entre os anos-base de 1996 a2004. Dados foram coletados por meio de questionário endereçado ao gestor da área de Contabilidade Gerencial, contendo questões relativas ao grau de utilização de artefatos tradicionais e modernos de Contabilidade Gerencial. Os resultados do estudo demonstram que (a) as empresas da amostra utilizam artefatos modernos de Contabilidade Gerencial e (b) a amostra de empresas indicadas para o prêmio não se diferencia...

Contabilidade e seu ambiente no Brasil

Niyama, Jorge Katsumi; Silva, César Augusto Tibúrcio
Fonte: Fundação instituto Capixaba de Pesquisas em Contabilidade, Economia e Finanças Publicador: Fundação instituto Capixaba de Pesquisas em Contabilidade, Economia e Finanças
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
46.85%
O presente trabalho analisa o desenvolvimento do ambiente regulatório, legal e de negócios na contabilidade Brasileira, incluindo a educação contábil, e a estrutura acionária, o desenvolvimento do mercado de capitais, e a profissão de auditor e de contador.A contabilidade Brasileira foi influenciada pela legislação fiscal. Nos dias de hoje, esta influencia é ainda mais forte devido à legislação societária e às regras dos órgãos governamentais. Entretanto, nos últimos anos ela sofreu mudanças significativas. Mesmo assim, permanecem ainda diferenças significativas entre os padrões contábeis brasileiros e os padrões internacionais, apesar dos esforços feitos pelas entidades brasileiras, no sentido de adequar as normas contábeis aos padrões de divulgação financeiros internacionais. A profissão de contador no Brasil e os conselhos representativos não são, politicamente, suficientemente fortes para influenciar o governo. Os padrões de contabilidade brasileiros publicados pelo Conselho de Contabilidade Federal não têm autoridade legal.Deficiências no ensino de contabilidade no Brasil fez com que se fizesse exames de proficiência e se introduzisse um continuo desenvolvimento profissional através do Conselho de Contabilidade Federal.

A influência da envolvente económica na teoria da contabilidade

Neves, Sílvia Cristina Ferreira das
Fonte: Universidade de Aveiro Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
46.94%
A Teoria da Contabilidade tem vindo a evoluir por influência das, e em consonância com as, mudanças verificadas no meio envolvente em que se desenvolve, em especial a sua envolvente económica. A evolução da Teoria da Contabilidade e, mais recentemente, da própria normalização contabilística, sofreu influência de fatores económicos, tais como o desenvolvimento dos mercadores de capitais, as crises e os escândalos financeiros. Assim, motivados por este contexto, ao analisarmos a evolução do pensamento contabilístico, salienta-se o facto de se verificar que os avanços contabilísticos são mais visíveis em uns períodos do que em outros, fruto das necessidades sentidas em cada momento e da própria envolvente que rodeia a Contabilidade, influenciando-a e sendo influenciada por aquela. É, por isso, importante perceber o conteúdo e os processos de evolução do meio envolvente, já que este tem influência na definição das estruturas e práticas das organizações e, consequentemente, na Contabilidade. Assim, se a Contabilidade foi evoluindo, fruto das mudanças que ocorrem no ambiente em que as organizações se inserem, consideramos importante perceber o conceito de envolvente e a sua influência na Contabilidade...

Internet: desafio para uma contabilidade interativa

Catelli,Armando; Santos,Edilene Santana
Fonte: Universidade de São Paulo, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Contabilidade e Atuária Publicador: Universidade de São Paulo, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Contabilidade e Atuária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2001 PT
Relevância na Pesquisa
46.85%
O fenômeno explosivo da Internet, insuspeitado há 10 anos, e que hoje se expande de modo acelerado e abrangente em todas as atividades humanas, tem impactos relevantes também na contabilidade. A interatividade, como característica da nova forma de comunicação inaugurada com a Internet, apresenta desafios ao Sistema Contábil Gerencial, cujas respostas, na forma de uma visão interativa da empresa, do patrimônio e do processo de gestão, se expressam na abordagem do Sistema de Gestão Econômica. As insuficiências da Contabilidade Financeira em expressar a realidade das empresas da nova economia no mercado de capitais são igualmente identificadas. Ao mesmo tempo, são comentadas as oportunidades que se abrem à contabilidade financeira, com a divulgação das demonstrações mediante os recursos de linguagem da Internet, com base nos projetos desenvolvidos por entidades reguladoras, particularmente pelo International Accounting Standards Committee (IASC). Com o incremento da comunicação contábil interativa via Internet e com o aprofundamento do debate sobre a contabilização das empresas de ativos intelectuais intensivos, como as da nova economia, preconiza-se, sob a égide da interatividade, uma renovação da Contabilidade Financeira e sua maior aproximação da Contabilidade Gerencial...

Análise dos periódicos Brasileiros de contabilidade

Oliveira,Marcelle Colares
Fonte: Universidade de São Paulo, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Contabilidade e Atuária Publicador: Universidade de São Paulo, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Contabilidade e Atuária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2002 PT
Relevância na Pesquisa
46.91%
Esta pesquisa teve como objetivo analisar as características dos Periódicos Brasileiros de Contabilidade. O levantamento das características dessas publicações revelou que a observação das normas, internacionalmente reconhecidas, para a apresentação de periódicos, de fascículos e de artigos, ainda é incipiente. Do levantamento das características dos artigos publicados, no período de 1990 a 1999, em cinco periódicos nacionais de Contabilidade intencionalmente selecionados, observou-se que a maioria dos autores são docentes, evidenciando que ainda é nas universidades que se origina a maioria das pesquisas contábeis, reflexo da carência de centros de pesquisa contábil, dos mecanismos de incentivo à pesquisa e da pressão pela divulgação delas nas Instituições de Ensino Superior. Considerou-se que, como os autores com pós-graduação são a maioria, isso reforça a importância desses veículos de comunicação e de seu conteúdo para a comunidade científica nacional. As cinco áreas temáticas privilegiadas com maior percentual de trabalhos são, sucessivamente, Contabilidade Gerencial, Contabilidade Financeira, Teoria da Contabilidade, Educação e Pesquisa Contábil e Contabilidade de Custos. Os temas mais abordados nos periódicos evidenciam uma mudança no paradigma contábil...

Tendências recentes de abordagem à contabilidade pública em Portugal

Marques,Maria da Conceição da Costa
Fonte: Universidade de São Paulo, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Contabilidade e Atuária Publicador: Universidade de São Paulo, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Contabilidade e Atuária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2003 PT
Relevância na Pesquisa
46.87%
Face à especial atenção que tem vindo a ser dada à contabilidade pública não só em Portugal como na maioria dos países desenvolvidos do mundo, revelase de particular interesse um estudo evolutivo/cronológico da contabilidade pública em Portugal. Com efeito, esta contabilidade, submetida durante anos a um anonimato sem sentido, viu, sobretudo com a adesão de Portugal à Comunidade Europeia em 1986 e, mais tarde, à União Económica e Monetária, um interesse especial não só do Governo e entidades envolvidas, como do público em geral. E tanto assim é, que sobretudo desde 1990 que se assiste à aprovação de um conjunto de diplomas reguladores das matérias inerentes à contabilidade pública, inseridos num processo de reformas que ainda não terminou. É com este pano de fundo que pretendemos elaborar este trabalho, o qual esperamos elucide o leitor sobre os progressos da contabilidade pública em Portugal, que, de uma contabilidade meramente legal, passa a uma contabilidade baseada em critérios emergentes de economia, eficiência e eficácia.

Contabilidade: aspectos relevantes da epopéia de sua evolução

Iudícibus,Sérgio de; Martins,Eliseu; Carvalho,L. Nelson
Fonte: Universidade de São Paulo, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Contabilidade e Atuária Publicador: Universidade de São Paulo, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Contabilidade e Atuária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2005 PT
Relevância na Pesquisa
46.85%
Trata o presente ensaio, como objetivo principal, de aspectos relevantes da epopéia da evolução da Contabilidade, através das várias fases históricas de seu desenvolvimento, desde o estado de simples método de escrituração baseado nas partidas dobradas até sua maturação como ciência social aplicada de forte fundo econômico. Ao longo do trabalho são analisados os vários enfoques, abordagens e teorias, bem como circunstâncias históricas e outras que possam explicar a Contabilidade enquanto ciência genuinamente social. Na interpretação mais atualizada dessa disciplina, a cientificidade contábil deve ser procurada, preferencialmente, numa série de características como, por exemplo: no entendimento e mensuração aplicados aos elementos do patrimônio; na preponderância do valor econômico em lugar de simples custos ou preços; no caráter preditivo das demonstrações contábeis; na introdução do fator risco e do conceito do valor do dinheiro no tempo nas avaliações contábeis, bem como na consideração de custos imputados e de oportunidade etc. A Contabilidade pontifica pela observação das características anteriormente vistas e pela incorporação, em seu arcabouço conceitual, da premissa da prevalência da essência sobre a forma...

Análise das condições de oferta da disciplina contabilidade introdutória: pesquisa junto às universidades estaduais do Paraná

Hofer,Elza; Peleias,Ivam Ricardo; Weffort,Elionor Farah Jreige
Fonte: Universidade de São Paulo, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Contabilidade e Atuária Publicador: Universidade de São Paulo, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Contabilidade e Atuária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2005 PT
Relevância na Pesquisa
46.85%
O ensino da Contabilidade vem sofrendo mudanças, causadas pelas novas diretrizes curriculares e pelas exigências do mercado de trabalho. A combinação desses e de outros fatores leva à necessidade de avaliar as condições de oferta dos cursos de Ciências Contábeis, e uma opção é estudar disciplinas específicas, por sua importância ao longo do curso. Este trabalho relata o resultado de uma pesquisa realizada durante o 2º Semestre de 2003, com os cursos de Ciências Contábeis das Universidades Estaduais do Paraná, para avaliar as condições de oferta da disciplina Contabilidade Introdutória. A pesquisa é exploratória e descritiva, realizada junto aos coordenadores dos cursos e professores da disciplina. Foram usados procedimentos de coleta de dados por meio de entrevistas de profundidade e questionários, pesquisa documental indireta na legislação brasileira sobre ensino superior de Contabilidade, revisão bibliográfica, e dados coletados junto aos Programas de pós-graduação stricto sensu em Controladoria e Contabilidade recomendados pela CAPES. Os resultados apontam aspectos favoráveis, como a titulação acadêmica dos professores, esforços com a renovação do corpo docente e a preocupação dos coordenadores em designar os melhores professores para a disciplina. Revelou a preferência por algumas obras sobre Contabilidade Introdutória...

Em busca de um melhor entendimento da contabilidade gerencial através da integração de conceitos da psicologia, cultura organizacional e teoria institucional

Guerreiro,Reinaldo; Frezatti,Fábio; Casado,Tânia
Fonte: Universidade de São Paulo, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Contabilidade e Atuária Publicador: Universidade de São Paulo, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Contabilidade e Atuária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2006 PT
Relevância na Pesquisa
46.85%
Pesquisas empíricas constatam que apesar de fatores indutores e facilitadores do ambiente externo, o que se observa é o baixo grau de implementação de novas técnicas e conceitos de contabilidade gerencial nas empresas. A teoria institucional é uma abordagem sociológica que tem sido aplicada na área contábil para estudar esse fenômeno. Essa teoria foca a contabilidade como uma instituição dentro da empresa, isto é, uma rotina formada por hábitos que dá sentido a determinado grupo de pessoas. O ponto central sobre o qual repousa a teoria institucional é a idéia de hábitos de um grupo de pessoas: a instituição é estruturada a partir de rotinas e as rotinas dependem de hábitos. A hipótese de pesquisa que se coloca é que determinados conceitos da psicologia e da cultura organizacional podem contribuir para uma melhor compreensão da abordagem institucional aplicada à Contabilidade Gerencial. Nesse contexto, o objetivo deste ensaio é aprofundar o nível de entendimento sobre as causas do gap que existe entre a teoria e a prática da Contabilidade Gerencial. O método de pesquisa utilizado envolve a correlação entre a abordagem institucional com a abordagem de cultura organizacional e ainda com o conceito de inconsciente da psicologia...

Diferenciações entre a contabilidade financeira e a contabilidade gerencial: uma pesquisa empírica a partir de pesquisadores de vários países

Frezatti,Fábio; Aguiar,Andson Braga de; Guerreiro,Reinaldo
Fonte: Universidade de São Paulo, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Contabilidade e Atuária Publicador: Universidade de São Paulo, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Contabilidade e Atuária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
46.87%
Este trabalho objetiva identificar os principais elementos que diferenciam a Contabilidade Financeira da Contabilidade Gerencial em vários países do mundo. A evolução mostra que, em algum momento, na verdade, em alguma situação esses dois ramos da Contabilidade poderiam ser assemelhados e, até mesmo, iguais. Contudo, as diferentes demandas e percepções de seus usuários, em vários países, fazem com que elas se distanciem. Para entender essas diferenças foi feita uma pesquisa em 24 países a fim de identificar os elementos que podem apresentar diferenciações entre os dois ramos da Contabilidade. Os elementos incluídos neste estudo foram definidos a partir da combinação de abordagem de vários autores. A pesquisa de campo foi desenvolvida por meio da aplicação de um questionário com estrutura de perguntas baseada em escala Likert, respondido por especialistas. Percebeu-se que os principais elementos que diferenciam as duas Contabilidades são: aplicação de princípios, foco de análise, grau de confiabilidade, agentes que influenciam ou podem influenciar, freqüência de emissão de relatórios e exigência legal de pessoal habilitado em amplitudes variadas. As diferenças reforçam a necessidade de um sistema de informação contábil que possa atender...

A percepção dos docentes quanto às práticas de contabilidade estratégica: um estudo comparativo

Silva,Paula Danyelle Almeida da; Santos,Odilanei Morais dos; Ferreira,Aracéli Cristina de Souza
Fonte: Universidade de São Paulo, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Contabilidade e Atuária Publicador: Universidade de São Paulo, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Contabilidade e Atuária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
46.89%
O objetivo deste estudo é medir o grau de compreensão e uso do termo "Contabilidade Estratégica" e o mérito de determinadas práticas consideradas de Contabilidade Estratégica, de acordo com a percepção dos docentes de programas de pós-graduação stricto sensu em Contabilidade no Brasil. Adicionalmente, os resultados obtidos são comparados com pesquisas realizadas com controllers em nível nacional e internacional. Trata-se de um estudo descritivo, delineado por meio da utilização de questionário com questões fechadas e pontuadas em escala Likert. A amostra contou com a participação de 43 respondentes, de um universo de 104 professores ministrantes de disciplina de Contabilidade e representantes dos programas de pós-graduação stricto sensu em Ciências Contábeis. A margem de erro é de 10%, para um nível de confiança de 90%. Na escala de variação de 1 a 7, a média para o nível de percepção dos docentes quanto à compreensão do termo "Contabilidade Estratégica" ficou em 5,14, aliado a um uso menos intenso, com média de 4,02. Esses resultados sugerem que a temática ainda não é totalmente pacífica, podendo-se dizer que se trata de uma abordagem emergente na Contabilidade. Em relação às práticas de Contabilidade Estratégica...

Empresas que se destacam pela qualidade das informações a seus usuários externos também se destacam pela utilização de artefatos modernos de contabilidade gerencial?

Guerreiro,Reinaldo; Cornachione Júnior,Edgard Bruno; Soutes,Dione Olesczuk
Fonte: Universidade de São Paulo, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Contabilidade e Atuária Publicador: Universidade de São Paulo, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Contabilidade e Atuária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2011 PT
Relevância na Pesquisa
46.9%
Estudos empíricos têm indicado baixo grau de utilização de artefatos modernos de Contabilidade Gerencial propostos pela literatura. No âmbito teórico, a teoria da contabilidade engloba o pressuposto de que a contabilidade deveria atender eficazmente os seus usuários externos e internos. Este estudo tem dois objetivos principais: avaliar se (a) empresas brasileiras que se destacam pelo seu porte na economia brasileira utilizam artefatos modernos de Contabilidade Gerencial e (b) empresas que se destacam pela qualidade de suas informações aos usuários externos, também, se destacam pela maior utilização de artefatos modernos de Contabilidade Gerencial de apoio a usuários internos. Uma amostra de 90 empresas foi examinada, selecionadas dentre empresas listadas entre as 500 maiores empresas (edição de 2005 de Melhores e Maiores) e dentre o rol de empresas que foram indicadas ao Prêmio ANEFAC-FIPECAFI-SERASA, Troféu Transparência, entre os anos-base de 1996 a2004. Dados foram coletados por meio de questionário endereçado ao gestor da área de Contabilidade Gerencial, contendo questões relativas ao grau de utilização de artefatos tradicionais e modernos de Contabilidade Gerencial. Os resultados do estudo demonstram que (a) as empresas da amostra utilizam artefatos modernos de Contabilidade Gerencial e (b) a amostra de empresas indicadas para o prêmio não se diferencia...

A produção do saber nos campos de controladoria e contabilidade gerencial

Costa, Flaviano
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
46.85%
Resumo: O presente estudo foi desenvolvido com a finalidade de analisar a produção do saber nos campos de controladoria e contabilidade gerencial, utilizando por inspiração os procedimentos arqueológicos foucaultianos, no período compreendido entre os anos de 2007 a 2009, no Brasil. Assim, procurou-se mapear as regras de formação discursiva aos níveis dos objetos, das modalidades enunciativas, dos sistemas de formação conceitual e das estratégias, buscando, por meio do entrelaçamento deles, compreender as regras que formam os discursos nesses campos de conhecimento. Trata-se de um estudo predominantemente descritivo, que, por meio de análises bibliométricas e cientométricas das citações, explorou 128 artigos científicos veiculados nos Congressos USP Controladoria e Contabilidade e ANPCONT e no ENANPAD. No que diz respeito à análise das formações discursivas ao nível dos objetos, observou-se que na controladoria o objeto predominante foi a Avaliação de Desempenho Organizacional (25,49%), enquanto na contabilidade gerencial foi a Contabilidade, Análise e Gestão Estratégica de Custos (20,78%). Diante desses resultados foi possível verificar a preferência dos pesquisadores pelas temáticas mais voltadas à aspectos operacionais das organizações. No concernente às modalidades enunciativas...

Práticas de contabilidade das organizações sem fins lucrativos de Curitiba.

Santos, Cleston Alexandre dos
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
46.87%
Resumo: A Contabilidade tem como finalidade, tanto para uma organização com fins lucrativos quanto para uma organização sem fins lucrativos, estudar, interpretar e registrar os fenômenos que afetam o patrimônio de uma entidade, ou seja, a contabilidade alcança sua finalidade por meio do registro e análise de todos os fatos relacionados com a formação, a movimentação e as variações do patrimônio da entidade, com o propósito de assegurar seu controle e fornecer a seus gestores as info mações necessárias à ação administrativa e demais pessoas interessadas. O presente estudo tem como objetivo geral evidenciar as práticas de contabilidade das organizações sem fins lucrativos de Curitiba, Paraná. As novas oportunidades exigem das organizações sem fins lucrativos clareza das práticas de contabilidade, uma vez que os beneficiários cobram dessas entidades como se estas fossem empresas prestadoras de serviços. Para entrar em um mercado competitivo, é necessário atentar para as variáveis que afetam o grau de excelência de uma empresa em termos de resultado no mercado em que atua, começando por uma boa escrituração das movimentações e geração dos relatórios contábeis. Na revisão da literatura, o estudo aborda aspectos das empresas sem fins lucrativos e suas características...

Ferramentas de contabilidade gerencial no Terceiro Setor

Arruda, Leila Lucia
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
46.87%
Resumo: Com a incapacidade do Estado de atender os problemas sociais, os direitos universais ficam fragilizados, propiciando condições sociais, econômicas e políticas para que a sociedade civil, por meio das entidades do Terceiro Setor, minimizem tais problemas, tornando-se assim um Estado norteador e fiscalizador. Essas entidades são organizações sem fins lucrativos e não governamentais, que, para realizar suas atividades, movimentam valores significativos, todavia é importante evidenciar que as instituições apresentam certa dificuldade na captação de recursos, acarretando problemas financeiros. Mesmo com o acesso às ferramentas de contabilidade gerencial, essas instituições não conseguem fazer de forma adequada a gestão, obtendo o máximo de eficiência e eficácia. Nesse contexto, o objetivo desta dissertação consiste em identificar as similaridades entre as ferramentas de contabilidade gerencial usadas por organizações do Terceiro Setor no Brasil e na Itália. O tema proposto à discussão tem importância a partir de alguns aspectos a serem considerados, pois se fundamenta pela conotação social e acadêmica. Procurou-se identificar e analisar as ferramentas de contabilidade gerencial utilizadas por organizações do Terceiro Setor no Brasil e na Itália...

Análise dos periódicos Brasileiros de contabilidade

Oliveira, Marcelle Colares
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2002 POR
Relevância na Pesquisa
46.9%
Esta pesquisa teve como objetivo analisar as características dos Periódicos Brasileiros de Contabilidade. O levantamento das características dessas publicações revelou que a observação das normas, internacionalmente reconhecidas, para a apresentação de periódicos, de fascículos e de artigos, ainda é incipiente. Do levantamento das características dos artigos publicados, no período de 1990 a 1999, em cinco periódicos nacionais de Contabilidade intencionalmente selecionados, observou-se que a maioria dos autores são docentes, evidenciando que ainda é nas universidades que se origina a maioria das pesquisas contábeis, reflexo da carência de centros de pesquisa contábil, dos mecanismos de incentivo à pesquisa e da pressão pela divulgação delas nas Instituições de Ensino Superior. Considerou-se que, como os autores com pós-graduação são a maioria, isso reforça a importância desses veículos de comunicação e de seu conteúdo para a comunidade científica nacional. As cinco áreas temáticas privilegiadas com maior percentual de trabalhos são, sucessivamente, Contabilidade Gerencial, Contabilidade Financeira, Teoria da Contabilidade, Educação e Pesquisa Contábil e Contabilidade de Custos. Os temas mais abordados nos periódicos evidenciam uma mudança no paradigma contábil...

A percepção dos docentes quanto às práticas de contabilidade estratégica: um estudo comparativo; The professors' perception regarding strategic accounting practices: a comparative study

Silva, Paula Danyelle Almeida da; Santos, Odilanei Morais dos; Ferreira, Aracéli Cristina de Souza
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2007 POR
Relevância na Pesquisa
46.87%
O objetivo deste estudo é medir o grau de compreensão e uso do termo "Contabilidade Estratégica" e o mérito de determinadas práticas consideradas de Contabilidade Estratégica, de acordo com a percepção dos docentes de programas de pós-graduação stricto sensu em Contabilidade no Brasil. Adicionalmente, os resultados obtidos são comparados com pesquisas realizadas com controllers em nível nacional e internacional. Trata-se de um estudo descritivo, delineado por meio da utilização de questionário com questões fechadas e pontuadas em escala Likert. A amostra contou com a participação de 43 respondentes, de um universo de 104 professores ministrantes de disciplina de Contabilidade e representantes dos programas de pós-graduação stricto sensu em Ciências Contábeis. A margem de erro é de 10%, para um nível de confiança de 90%. Na escala de variação de 1 a 7, a média para o nível de percepção dos docentes quanto à compreensão do termo "Contabilidade Estratégica" ficou em 5,14, aliado a um uso menos intenso, com média de 4,02. Esses resultados sugerem que a temática ainda não é totalmente pacífica, podendo-se dizer que se trata de uma abordagem emergente na Contabilidade. Em relação às práticas de Contabilidade Estratégica...

Empresas que se destacam pela qualidade das informações a seus usuários externos também se destacam pela utilização de artefatos modernos de contabilidade gerencial?; Do companies who stand out for information quality for external users also stand out for the use of modern management accounting artifacts?

Guerreiro, Reinaldo; Cornachione Júnior, Edgard Bruno; Soutes, Dione Olesczuk
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2011 POR
Relevância na Pesquisa
46.89%
Estudos empíricos têm indicado baixo grau de utilização de artefatos modernos de Contabilidade Gerencial propostos pela literatura. No âmbito teórico, a teoria da contabilidade engloba o pressuposto de que a contabilidade deveria atender eficazmente os seus usuários externos e internos. Este estudo tem dois objetivos principais: avaliar se (a) empresas brasileiras que se destacam pelo seu porte na economia brasileira utilizam artefatos modernos de Contabilidade Gerencial e (b) empresas que se destacam pela qualidade de suas informações aos usuários externos, também, se destacam pela maior utilização de artefatos modernos de Contabilidade Gerencial de apoio a usuários internos. Uma amostra de 90 empresas foi examinada, selecionadas dentre empresas listadas entre as 500 maiores empresas (edição de 2005 de Melhores e Maiores) e dentre o rol de empresas que foram indicadas ao Prêmio ANEFAC-FIPECAFI-SERASA, Troféu Transparência, entre os anos-base de 1996 a2004. Dados foram coletados por meio de questionário endereçado ao gestor da área de Contabilidade Gerencial, contendo questões relativas ao grau de utilização de artefatos tradicionais e modernos de Contabilidade Gerencial. Os resultados do estudo demonstram que (a) as empresas da amostra utilizam artefatos modernos de Contabilidade Gerencial e (b) a amostra de empresas indicadas para o prêmio não se diferencia...

O DESEMPENHO DOS PROFISSIONAIS DE CONTABILIDADE NO EXAME DE SUFICIÊNCIA DO CFC: UMA ANÁLISE DE CONGLOMERADOS REGIONAIS; THE PERFORMANCE OF ACCOUNTING PROFESSIONALS IN THE CFC’S SUFFICIENCY EXAM: AN ANALYSIS OF REGIONAL CLUSTERS

Bugarim, Maria Clara Cavalcante; Rodrigues, Lúcia Lima; Pinho, Joaquim Carlos da Costa; Machado, Diego de Queiroz
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de RP Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de RP
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 18/12/2014 POR
Relevância na Pesquisa
56.81%
Este estudo tem como objetivo analisar as características particulares de cada região do país, no que diz respeito aos resultados apresentados nos exames de suficiência do Conselho Federal de Contabilidade (CFC). Para tanto, foram considerados dados relativos ao desempenho dos candidatos em cada unidade federativa nas diferentes áreas de conhecimento que compõem o exame de suficiência. Os dados foram agrupados em dois momentos distintos: primeira fase do exame de suficiência, entre os anos de 2000 a 2004; e segunda fase do exame de suficiência, nos anos de 2011 e 2012. Esses dados foram analisados com aplicação do método estatístico multivariado de análise de conglomerados. A comparação dos resultados encontrados, principalmente em termos de composição dos grupos, mostra-se essencial para uma avaliação do desempenho desses profissionais no exame em cada uma das unidades federativas que compõem o Brasil. Além disso, os resultados deste estudo se constituem como um diagnóstico completo do desempenho no exame, apontando para áreas de maior fragilidade no ensino e que, para tanto, carecem ser mais bem exploradas na formação dos profissionais de Contabilidade.; This study aims to analyze the characteristics of each region of the country with respect to the results shown in sufficiency exams of the Federal Accounting Council (CFC). Therefore...

Ações do Conselho Federal de Contabilidade no Desenvolvimento da Contabilidade Brasileira; Ações do Conselho Federal de Contabilidade no Desenvolvimento da Contabilidade Brasileira

Bugarim, Maria Clara Cavalcante; Universidade de Fortaleza; Pinho, Joaquim Carlos da Costa; Universidade de Aveiro; Rodrigues, Lúcia Lima; Universidade do Minho; Machado, Diego de Queiroz; Universidade de Fortaleza
Fonte: UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ - ACCOUNTING DEPARTMENT Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ - ACCOUNTING DEPARTMENT
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 27/10/2013 POR
Relevância na Pesquisa
46.99%
Em contraste ao considerável e reconhecido volume de trabalhos que objetivam analisar os diversos elementos presentes no desenvolvimento da Contabilidade no Brasil, reconhece-se uma grande lacuna nesses mesmos trabalhos ao desconsiderar a influência exercida pelo Conselho Federal de Contabilidade (CFC) e Conselhos Regionais de Contabilidade (CRCs) neste processo. Neste contexto, este estudo concentra seus esforços de investigação e análise no seguinte objetivo geral: apresentar as principais realizações do Sistema CFC/CRCs no desenvolvimento e evolução da Contabilidade brasileira. Para tanto, optou-se pela utilização de uma abordagem qualitativa, aplicada mediante pesquisa historiográfica clássica com o uso da análise documental. Os documentos utilizados foram, principalmente, os relatórios internos do próprio Conselho Federal de Contabilidade e de seus Conselhos Regionais, além de documentos de comunicação do CFC e CRCs, como jornais, revistas e boletins institucionais, que guardam acontecimentos marcantes dos quase setenta anos de história desta entidade. Inicialmente, a revisão bibliográfica que se concentrou na história da Contabilidade no Brasil evidenciou conquistas importantes nos primeiros séculos do país. Essa primeira fase histórica da Contabilidade no Brasil tem seu final em 1946...