Página 1 dos resultados de 26122 itens digitais encontrados em 0.025 segundos

A Revista de Antropologia e as ciências sociais em São Paulo: notas sobre uma cena e alguns debates

Peixoto,Fernanda Arêas; Simões,Júlio Assis
Fonte: Departamento de Antropologia, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo - FFLCH/USP Publicador: Departamento de Antropologia, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo - FFLCH/USP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2003 PT
Relevância na Pesquisa
75.66%
O artigo busca situar o contexto intelectual da criação e dos primeiros dez anos de existência da Revista de Antropologia, em que ganha destaque a emergente produção universitária de ciências sociais, no interior de um movimento de delimitação e especialização de áreas e setores do conhecimento. A partir da releitura de artigos, resenhas e comentários ali publicados - tendo em comum o questionamento das possibilidades da investigação antropológica das "sociedades complexas" -, delineou-se um mapa das questões relacionadas à "mudança cultural", então em voga, no qual ressaltam tanto a colaboração entre sociólogos e antropólogos como os embates entre e dentro de cada disciplina, em seu(s) respectivo(s) nicho(s) institucional(ais). A análise esboçada aponta a importância de qualificar a polarização, tão freqüentemente realçada, entre disciplinas e instituições universitárias nas ciências sociais em São Paulo nesse período.

AS CIÊNCIAS SOCIAIS NA ÉPOCA DA GLOBALIZAÇÃO

Ianni,Octavio
Fonte: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS Publicador: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/1998 PT
Relevância na Pesquisa
85.65%
Desde que se iniciaram as pesquisas e os debates sobre a globalização, vista como um processo histórico-social de amplas proporções, multiplicaram-se as interpretações mais ou menos abrangentes. Ao lado do contraponto de micro e macro teorias, surgem metateorias que se polarizam principalmente em duas direções: sistêmicas e históricas. Umas e outras começam não só a desenhar o novo mapa do mundo, como também a recriar o mapa das ciências sociais.

As ciências sociais e o bug do milênio

Reis,Elisa P.
Fonte: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS Publicador: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/1999 PT
Relevância na Pesquisa
85.71%
Ao concluir seu mandato como presidente da Anpocs (1996-98), a autora empreende uma reflexão sobre os desafios contemporâneos às ciências sociais. Argumenta que, ante a magnitude e a profundidade das mudanças em curso, as ciências sociais enfrentam a ameaça de se tornarem supérfluas, incapazes de formular questões relevantes e pertinentes aos problemas em curso. Sugere que o antídoto ao bug peculiar às ciências sociais requer novas maneiras de se formular antigas questões e dilemas sociais.

O Projeto Unesco e a agenda das ciências sociais no Brasil dos anos 40 e 50

Maio,Marcos Chor
Fonte: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS Publicador: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/1999 PT
Relevância na Pesquisa
85.68%
O artigo tem por objetivo descrever o processo de estruturação do ciclo de estudos sobre as relações raciais no Brasil patrocinado pela Unesco no início dos anos 50. Ao realçar a atuação de determinados atores sociais e suas respectivas visões a respeito do empreendimento a ser realizado no país, foi possível verificar os elos de ligação entre as demandas da agência internacional e o leque de questões formuladas pelas ciências sociais brasileiras. Esta agenda, sintetizada por Arthur Ramos no final dos anos 40, colocava para a inteligência do país inserida no mundo universitário o desafio de associar a qualificação profissional nos campos da Antropologia e da Sociologia e o incremento de pesquisas que pudessem decifrar o que o antropólogo considerava ser a singularidade brasileira, o "laboratório de civilização". Para Arthur Ramos, o tema das relações raciais assumia um lugar privilegiado para a percepção e análise dos desafios da transição do tradicional para o moderno, do cenário de significativas desigualdades sociais e raciais, da diversidade regional e da busca em conformar, em definitivo, uma identidade nacional.

A gênese da favela carioca. A produção anterior às ciências sociais

Valladares,Licia
Fonte: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS Publicador: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2000 PT
Relevância na Pesquisa
85.69%
O artigo mostra o lugar ocupado pela favela e seus moradores no debate político e social da primeira metade do século XX, ressaltando a produção de conhecimento que foi gerada por jornalistas, médicos, engenheiros e assistentes sociais no período que antecede o desenvolvimento das ciências sociais e da universidade no Brasil. Propõe que o processo de construção social da representação da favela, que então se inicia, deve ser analisado a partir de uma periodização distinta daquela já consagrada e que tem como marco de referência a relação do Estado com a favela e desta com o tipo de regime político vigente em diferentes momentos históricos. A periodização sugerida pela autora compreende um momento inicial, marcado por um mito de origem, a visão de Euclides da Cunha do arraial de Canudos em sua obra Os sertões, período em que a favela carioca é descoberta e descrita transpondo-se a dualidade litoral versus sertão para a cena urbana, pela oposição da cidade à favela. Segue-se a este período de descoberta um período de transformação da favela em problema social e urbano, seguido de um terceiro momento, quando a idéia de administrar o problema toma a forma de medidas e políticas concretas. Um quarto momento inclui a produção de dados oficiais através de censos de favelas e a transformação de um fenômeno local em realidade nacional. O artigo mostra que à favela centenária corresponde uma representação social que já é praticamente centenária também...

Inovação e ciências sociais: em busca de novos referenciais

Andrade,Thales de
Fonte: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS Publicador: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2005 PT
Relevância na Pesquisa
85.67%
O presente artigo trata da problemática da inovação tecnológica, retomando o surgimento do conceito e a importância da economia em sua consolidação. Discute os conceitos de contexto e ambientes de inovação, apontando para a necessidade de a sociologia se debruçar sobre essas ferramentas teóricas. Aborda, ainda, a questão da incerteza inscrita na prática inovativa, um tema presente no pensamento de diversas correntes da filosofia e da sociologia das técnicas. É necessário sublinhar a importância da participação das ciências sociais no estabelecimento da agenda de pesquisa em inovação, e alguns autores têm demonstrado interesse em lançar um olhar circunstanciado sobre as diferentes práticas sociais ligadas à dimensão inovativa.

Licenciatura em ciências sociais e ensino de sociologia: entre o balanço e o relato

Moraes,Amaury Cesar
Fonte: Departamento de Sociologia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo Publicador: Departamento de Sociologia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2003 PT
Relevância na Pesquisa
75.68%
Nesse texto pretendo apresentar um breve resumo das questões centrais referentes ao ensino de sociologia na escola média brasileira: a intermitência desse ensino, a fragmentação das pesquisas, as dificuldades na consolidação de conteúdos mínimos e de material didático. A partir de uma bibliografia recente e da própria experiência como professor de Metodologia do Ensino de Ciências Sociais, relaciono, por um lado, essas dificuldades ao distanciamento e à hierarquização existentes entre os cientistas sociais como intelectuais acadêmicos e cientistas sociais como professores do ensino médio e, por outro, ao divórcio e ao desequilíbrio existentes entre a formação do bacharel e a do licenciado no modelo efetivado com a criação das faculdades de Filosofia, Ciências e Letras desde a década de 1930.

Currículo, iniciação científica e evasão de estudantes de ciências sociais

Villas Bôas,Glaucia K.
Fonte: Departamento de Sociologia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo Publicador: Departamento de Sociologia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2003 PT
Relevância na Pesquisa
75.66%
O artigo mostra que as reformas curriculares ocorridas no curso de ciências sociais da UFRJ não influem sobre as taxas de evasão dos estudantes, enquanto a inserção de alunos em projetos de pesquisa por meio de programa de iniciação científica diminui em muito os índices de abandono da graduação. Ao relacionar currículos e evasão no período de 1939 a 1988, a pesquisa feita na UFRJ evidencia ainda que as mudanças de currículo ocorreram, significativamente, de acordo com mudanças de ordem política e social. Seguiram, porém, a "lógica da acumulação", modificando-se pouco a estrutura curricular, pois a ela foram sendo acrescentadas cada vez mais matérias e disciplinas. Contrastando com essa experiência histórica, o Programa de Iniciação Científica do Laboratório de Pesquisa Social (LPS), que funcionou nos de 1988 a 1997, não só manteve alto índice de alunos no curso até o término da graduação, como proporcionou uma formação acadêmica que permitiu à maioria de seus egressos a possibilidade de se dedicar a atividades profissionais voltadas para as ciências sociais.

Filosofia das ciências sociais: temas atuais

Kincaid,Harold
Fonte: Departamento de Sociologia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo Publicador: Departamento de Sociologia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
75.74%
A filosofia das ciências sociais, concebida da maneira adequada, tem algo a oferecer aos que praticam as ciências sociais. Os cientistas sociais adotam em suas pesquisas, ainda que de forma implícita, alguma filosofia de sua ciência. Para evitar impasses, é melhor explicitar essa filosofia e ser criticamente consciente dos seus méritos. A filosofia das ciências sociais, por sua vez, não pode ser praticada sem um envolvimento íntimo com a pesquisa social. O artigo esboça alguns desenvolvimentos da filosofia da ciência pós-positivista e suas implicações para a filosofia das ciências sociais. Essa perspectiva geral é então aplicada a alguns debates das ciências sociais: a natureza da causalidade; o lugar dos mecanismos na pesquisa social e da legitimidade de explicações puramente macrossociológicas; a distinção entre pesquisa qualitativa e quantitativa; a distinção entre evidência observacional e evidência experimental; a polêmica entre o individualismo e o holismo metodológicos na explicação sociológica.

Ciências sociais e ideologia : uma abordagem crítica da teoria social clássica na perspectiva lukacsiana; Social sciences and ideology : a critical boarding of the classic social theory in the lukacsian perspective

Silva, Fabricio Tavares da
Fonte: Universidade Federal de Alagoas; BR; Ciências Sociais; Programa de Pós-Graduação em Sociologia; UFAL Publicador: Universidade Federal de Alagoas; BR; Ciências Sociais; Programa de Pós-Graduação em Sociologia; UFAL
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
85.7%
This research is the main problem the complex relationship between science, especially the social sciences, and the complex of ideology from the perspective of historical ontology and György Lukács. Take a few significant works of the founders of Classical Social Theory (Emile Durkheim and Max Weber) as objects of our analysis. In addressing the problem of ideology in social science from the approach Lukacsian, uses critical reading to grasp the immanent connections conceptual and analytical, in the authors' theories and propositions in question. The study first presents the fundamental elements of the perspective adopted, as well as the categories of Ideology and Science in Lukacsian approach. It starts with the notion that work is the foundation of social being, and that their development will gradually produce new social complexes. The problems of science, its emergence in social being, their complexity and refinement, many of their problems and issues are considered as moments of a procedural development and contradictory, historically and socially determined, whose dynamic is intertwined with the previous work. With the development of capitalism, this relationship becomes stronger, boosting the expansion of capital, while doing a science activity more elaborate...

Dos movimentos sociais às funções institucionais: a Consolidação de uma geração política em Sergipe.

Costa, Joana D'arc
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
75.72%
This study was presented to the Post-Graduation Program in Social Sciences at UFRN as part of the requisites for obtaining the title of Master in Social Sciences. It describes the results of the research From social movements to the institutional functions: the consolidation of a generation . Its main objective is to describe the history of a political generation that emerged from the social movements, in the 80 s, in Sergipe, and that nowadays occupies the main governmental positions in the State s political scenario. As its specific objectives, the research described the emerging of social movements in the 80s in Sergipe; it found in the social movements in Sergipe, in the 80s, the beginning of the history of a new political generation, and described the consolidation of this new political generation in institutional positions as the expression of a new group of power in Sergipe s politics. Among the social movements that gained visibility in that period and that projected their leadership into the political scenario of Sergipe, this study highlights: the students movement, teacher s movement, bank clercks movement, miners movement, and rural workers movement. It utilized as methodology the research in sites, magazines, and the use of testimonies from semi-structured interviews. The main leadership of the five movements that were analyzed is...

Atrás das grades: redes sociais, habitus e interação social no sistema carcerário do RN

Brandão, Thadeu de Sousa
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
75.7%
Esta tesis trata de discutir y entender los diversos tipos de redes sociales y formas de interacción social presentes en el sistema penitenciario de Rio Grande do Norte. Nuestro problema se basa en un incremento significativo en las tasas de encarcelamiento y la prisión en Brasil y el mundo en los últimos diez años. Asimismo, la aparición del crimen organizado ya, en cierta medida, el control de las prisiones brasileñas, como el Comando Vermelho (CV) y el Primeiro Comando da Capital (PCC), una consecuencia directa de las terribles condiciones de las prisiones de Brasil y aumento de la violencia y el crimen en nuestro país. Para resolver el problema, se optó por utilizar las categorías de análisis de Michel Foucault (prisión y la disciplina), Pierre Bourdieu (habitus y campo), Ervirng Goffman (institución total, de interacción, de fachada y de equipo) y Mark Granovetter, Ricardo Abramovay e João Peixoto, entre otros, la nueva sociología económica (Redes, nodos y lazos) como principal apoyo. También construyó una revisión histórica de la cárcel en Brasil y Rio Grande do Norte hasta llegar al objeto. Esto, en términos de investigación cualitativa, se sumergió en el mundo de las prisiones Dr. Francisco Nogueira Fernandes...

Comunicação e cidades: interlocuções para uma interdisciplinaridade nas ciências sociais

Guimarães, Francisco de Assis Duarte
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
85.68%
This thesis aims at producing knowledge by putting together various theories and empirical analyses. In other words, from an interdisciplinary approach within the Social Sciences and having as background Communication and the City, this work presents, in each chapter, a disciplinary field Literature, Architecture, History and Geography , with which they relate, exhibits its theoretical pillars and performs a case study as a factual and critical contribution, considering the urban spaces of Rio de Janeiro, Brasília, São Paulo and Natal. By so doing, the thesis covers the period from the end of the XIX to the beginning of the XXI Century. Overall, the thesis is an interconnected and dialogic set that points to a cosmology of plural knowledge; A presente tese busca a produção de conhecimento através de uma aproximação de diversas teorias e análises empíricas. Ou seja: a partir de um encontro interdisciplinar, no âmbito das Ciências Sociais, este trabalho, tendo como base a Comunicação e a Cidade, apresenta, em cada capítulo, um campo disciplinar diferente Literatura, Arquitetura, História e Geografia , com os quais aquelas se relacionam, expõe seus pilares teóricos e realiza um estudo de caso, como uma contribuição fática e crítica...

O campo temático das ciências sociais em saúde no Brasil

Ianni,Aurea Maria Zöllner
Fonte: Departamento de Sociologia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo Publicador: Departamento de Sociologia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2015 PT
Relevância na Pesquisa
75.71%
O artigo apresenta o campo das ciências sociais em saúde, que integra o da saúde coletiva, no Brasil, consolidados na década de 1970. Discute alguns pressupostos sócio-históricos dessa constituição: a reestruturação do ensino médico e das pós-graduações nos anos de 1950 e 1960, que incorporaram as ciências sociais, e a inserção de cientistas sociais nos serviços de saúde no contexto de luta pela redemocratização nas décadas de 1970 e 1980. Problematiza o contato de cientistas sociais com a saúde, tomando-a como objeto, o que resulta na discussão de questões de cunho epistemológico pouco exploradas até então pelas ciências sociais no Brasil: as relações do biológico e do social e a mediação tecnológica na produção social da saúde-doença.

A festa do bom Jesus dos navegantes em propriá-se: história de fé, espaço das relações sociais e laços culturais

Britto, Adelina Amélia Vieira Lubambo de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
75.66%
The study is a survey conducted for the Master of Social Sciences carried out in partnership between the Universidade Tiradentes-UNIT/SE and the Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Being a religious event, we seek to show that the religious parties generally have particular meanings for each nation or region. Amaral (1998) informs that the Brazilian parties regardless of where they occur are popular demonstrations that, as the context in which they present themselves, can dilute to crystallize, to celebrate, to ritualize or sacralize the particular social experience of the groups that do. They happen as a way to thank victories or important religious passages as Christmas, the June saints celebration, patron saints and patron saints considered. Thus, The Bom Jesus dos Navegantes party in Propriá-SE: story of faith, a space of social relations and cultural ties, is presented as our field of study because it is one of those celebrations that while celebrated in Sergipe, always on Sundays in January, by some municipalities situated along the river San Francisco, has the characteristic of overlap any others placed in town, including the one of the city's patron saint, Saint Anthony, held on June 13. Concerning the materials and methods...

Empreendedorismo na Universidade do Minho : o caso dos diplomados das ciências sociais

Moreira, Rita
Fonte: Universidade do Minho. Centro de Investigação em Ciências Sociais (CICS) Publicador: Universidade do Minho. Centro de Investigação em Ciências Sociais (CICS)
Tipo: Trabalho em Andamento
Publicado em /10/2011 POR
Relevância na Pesquisa
85.65%
O papel das instituições do ensino superior e a sua ligação ao universo de trabalho tornam central a reflexão em torno da importância da educação para o empreendedorismo e do seu impacto na dotação de um perfil de empregabilidade adequado para os jovens com qualificações superiores. A este nível entende-se que o empreendedorismo coloca novos e importantes desafios à Universidade que passam pela (re)definição das suas estratégias e pela adopção de mecanismos e de instrumentos úteis para o despertar de um “espírito” empreendedor e de inovação nos seus estudantes. Para ilustrar esta importância, o presente artigo procura explorar os resultados obtidos no diagnóstico realizado aos jovens licenciados das Ciências Sociais provenientes da Universidade do Minho, em particular no que diz respeito ao empreendedorismo. A partir da abordagem aqui apresentada, ambiciona-se perspectivar o papel do ensino superior para o desenvolvimento do potencial empreendedor dos indivíduos, bem como avaliar o impacto de determinadas actividades formativas (formais e não formais), em contexto académico, para a aquisição de competências que contribuam para o reforço da empregabilidade.; The role of higher education institutions and their connection to the labour market highlight the importance of promoting a reflection about the importance of entrepreneurship education and its impact on the creation of an employability profile that is adequate for higher education graduates. This means that entrepreneurship presents new and important challenges to Universities which imply a (re)definition of their strategies and the adoption of useful tools and mechanisms in order to reveal an entrepreneurial and innovative mindset in their students. In order to illustrate the relevance of this matter...

Um palpite sobre a imigração nas Ciências Sociais de São Paulo: três décadas, duas perspectivas e uma cisão

Piza, Douglas de Toledo
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; "Originais" Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2012 POR
Relevância na Pesquisa
75.66%
Os estudos de imigração nas Ciências Sociais de São Paulo estiveram presentes desde a institucionalização do ensino superior. Não apenas nas pesquisas levadas a cabo no Estado, mas em todo o país, deve-se ressaltar a contribuição de Emilio Willems. Seu programa de pesquisa se firmou como um modelo a ser seguido ou uma perspectiva teórica, compreendidos nele a preocupação geral com a mudança cultural por meio da teoria da aculturação e os conceitos de assimilação e integração. Embora esse grande paradigma somente tenha vindo a ser substituído nas Ciências Sociais brasileiras a partir da década de 1970, com o surgimento de estudos ligados à etnicidade e ao pluralismo étnico, já na década de 1960 emerge uma perspectiva teórica alternativa,ainda preocupada com a mudança cultural, mas rejeitando a teoria da aculturação. Essa visão alternativa e crítica surge na Universidade de São Paulo, pelas mãos de Eunice Durham. O artigo advoga que essa ruptura é semelhante (e na verdade guarda causas em comum) à ruptura sofrida pelos “estudos de comunidade”, também introduzidos por Willems, mas contrastados com um modelo alternativo, por alunos de Florestan Fernandes, preocupados com o desenvolvimento da sociedade capitalista no Brasil e com a formação da sociedade de classes

MODERNIDADE, PÓS-MODERNIDADE E CIÊNCIAS SOCIAIS; MODERNIDADE, PÓS-MODERNIDADE E CIÊNCIAS SOCIAIS

Benko, Georges
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/11/2011 POR
Relevância na Pesquisa
75.69%
MODERNIDADE, PÓS-MODERNIDADE E CIÊNCIAS SOCIAIS; MODERNIDADE, PÓS-MODERNIDADE E CIÊNCIAS SOCIAIS

Licenciatura em ciências sociais e ensino de sociologia: entre o balanço e o relato

Moraes, Amaury Cesar
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2003 POR
Relevância na Pesquisa
75.68%
Nesse texto pretendo apresentar um breve resumo das questões centrais referentes ao ensino de sociologia na escola média brasileira: a intermitência desse ensino, a fragmentação das pesquisas, as dificuldades na consolidação de conteúdos mínimos e de material didático. A partir de uma bibliografia recente e da própria experiência como professor de Metodologia do Ensino de Ciências Sociais, relaciono, por um lado, essas dificuldades ao distanciamento e à hierarquização existentes entre os cientistas sociais como intelectuais acadêmicos e cientistas sociais como professores do ensino médio e, por outro, ao divórcio e ao desequilíbrio existentes entre a formação do bacharel e a do licenciado no modelo efetivado com a criação das faculdades de Filosofia, Ciências e Letras desde a década de 1930.; A short summary of the central questions regarding the teaching of Sociology in Brazilian secondary schools: the intermittent character of the teaching, the fragmentation of the researches, the difficulties in the consolidation of minimum contents and didactic materials. Based on a recent bibliography and on my own experience as Professor of Teaching Methodology of Social Sciences, I relate these difficulties, on the one hand...

Língua e hegemonia nas ciências sociais

Cabral,João de Pina
Fonte: Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa Publicador: Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2007 PT
Relevância na Pesquisa
85.65%
Neste curto texto discute-se a questão da relação entre língua científica e hegemonia global no campo das ciências sociais, alinhavando algumas propostas estratégicas conducentes à melhor negociação da posição face à situação global actual de comunidades científicas que, como a portuguesa, usam outras línguas para além do inglês.