Página 1 dos resultados de 4 itens digitais encontrados em 0.047 segundos

Análise de células mesenquimais de saco vitelino, figado e medula óssea de fetos caninos; Analysis of mesenchymal cells from yolk sac, liver and bone marrow of the canine fetus

Wenceslau, Cristiane Valverde
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 05/02/2010 PT
Relevância na Pesquisa
96.75%
Em vista das limitações éticas em torno da obtenção de células-tronco de fetos humanos, o cão é uma alternativa para estes estudos. Além disso, a terapia celular proporciona novas expectativas para o tratamento na espécie. Realizamos o estudo comparativo das células isoladas de saco vitelino, fígado e medula óssea de fetos caninos. As células foram analisadas microscopicamente e ultra estruturalmente. O imunofenótipo das células foi avaliado através de marcadores. Caracterizamos a plasticidade, o cariótipo e o potencial teratogênico destas células. Após expansão as células progenitoras formaram colônias com morfologia fibroblastóide. As células progenitoras do saco vitelino e medula óssea são compostas por: células com alta proporção núcleo-citoplasma e células com citoplasma rico em organelas, enquanto que as células progenitoras do fígado eram semelhantes à célula epitelial e células ricas em organelas. As células-progenitoras dos três tecidos fetais foram positivas para os anticorpos nestina e vimentina, mas negativas para CD45 e CD13. Células progenitoras de medula óssea foram positivas para o marcador CD44. Células progenitoras do fígado e medula óssea expressaram a proteína citoqueratina-18...

Cultura e caracterização das células-tronco provenientes do saco vitelino de cães em diferentes estágios gestacionais; Culture and characterization of stem cells from the yolk sac of dogs at different stages of pregnancy

Lima, Silvia Amélia Ferreira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
86.65%
O saco vitelino é o único anexo embrionário presente em todas as espécies animais cuja função é manter o desenvolvimento primário do feto até que a placenta assuma esta função. Além disso, ele desempenha funções importantes como: nutrição do embrião, síntese proteica, atividade fagocitária, transferência de materiais e hematopoiese. A utilização de células-tronco embrionárias gera muitas discussões devido às questões éticas associadas à obtenção destas células, além de questões religiosas e também as relações de baixa plasticidade das células-tronco adultas motivam os pesquisadores ao crescente interesse em outras fontes de célulastronco. Com isso, células provenientes de tecidos como as dos anexos embrionários chamam cada vez mais atenção devido à sua facilidade de acesso, crescimento rápido e boa plasticidade. Nosso grupo tem demonstrado que as células do saco vitelino têm boa capacidade de proliferação e são multipotentes. Vários pesquisadores vêm demonstrando que o período no qual as células são obtidas pode ser de fundamental importância para a diferenciação. Sendo assim, neste projeto tivemos como objetivo estabelecer e caracterizar células-tronco de saco vitelino de cães em dois estágios gestacionais...

Caracterização da célula tronco hematopoética do saco vitelino em embriões bovinos; Characterization of hematopoietic stem cells of the yolk sac of bovine embryos

Oliveira, Vanessa Cristina de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
86.78%
O saco vitelino é uma das membranas extra-embrionárias que desempenha um papel importante para a sobrevivência inicial do embrião, atua como fonte de nutrição durante o período em que a placenta verdadeira ainda não está completamente formada. É uma provável fonte de células tronco, o qual abriga as primeiras células do sangue durante o desenvolvimento em mamíferos, os eritrócitos, os quais expressam fatores de transcrição que especificam estas células a seu destino hematopoiético. O objetivo deste trabalho foi caracterizar as células tronco hematopoéticas provenientes do saco vitelino de embriões bovinos, em diferentes fases gestacionais, sendo estes coletados em abatedouro local. Para descrição da análise macroscópica e cultivo celular das células do saco vitelino, os embriões bovinos foram divididos em grupos de idade gestacional: Grupo I (25 a 29 dias), Grupo II (30 a 34 dias), Grupo III (35 a 39 dias), Grupo IV (40 a 44 dias) e Grupo V (45 a 50 dias) em que permaneceram mais tempo em cultura e apresentaram a formação de aglomerados celulares, diferente dos grupos IV e V (40 a 45 dias) em que permaneceram poucos dias em cultura e não apresentaram aglomerados celulares. Esta divergência relaciona-se à idade gestacional (45 a 50 dias)...

Avaliação do potencial das células de saco vitelino canino comparadas com as de polpa dentária canina para uso terapêutico em cães com displasia coxofemoral; Potential evaluation of canine yolk sac cells and dental pulp cells for therapeutic use in dogs with dysplasia

Benedetti, Daniel Tonin
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/09/2015 PT
Relevância na Pesquisa
116.61%
Atualmente a terapia com células-tronco têm sido uma ferramenta útil na medicina regenerativa com alto potencial terapêutico devido à capacidade de auto renovação e diferenciação destas células. Nos últimos anos a ortopedia vem procurando novos métodos para um tratamento que obtenha como efeito a reparação de defeitos articulares de forma mais efetiva e sem procedimentos invasivos. Por isso, muitos estudos envolvendo terapia celular com objetivo de melhorar a reparação articular estão sendo realizados. O objetivo deste estudo foi avaliar a terapia com células-tronco de saco vitelino e de polpa dentária canina em cães com displasia coxofemoral mediante três aplicações celulares (dia 0, 30 e 60, e um controle dia 90). Para a avaliação dos animais tratados foi instituído um grupo controle para cada tipo celular testado, sendo avaliado o escore de claudicação, escore de atrofia muscular, questionário de qualidade de vida, avaliação radiográfica, análise do líquido sinovial e hemograma. Os resultados obtidos demonstraram não haver uma diferença estatística significante quando comparado os animais dos grupos tratamentos e controle. Quando comparado os animais dos grupos tratamento houve uma diferença estatística significante para os animais tratados com células-tronco de saco vitelino em relação aos animais tratados com células-tronco de polpa dentária. O tratamento com células de saco vitelino mostrou melhores resultados nos testes de Ortolani.; Currently...