Página 1 dos resultados de 17 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

Avaliação clínica de cães com cardiomiopatia dilatada idiopática, submetidos ao tratamento com carvedilol; Clinical avaliation of dogs with dilated cardiomyopathy (DCM) treated by carvedilol

Leomil Neto, Moacir
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 09/01/2006 PT
Relevância na Pesquisa
36.79%
A cardiomiopatia dilatada (CMD) é uma doença freqüente na clínica veterinária que acomete, principalmente, a espécie canina, habitualmente os machos, jovens ou adultos-jovem, das raças grandes e gigantes, em especial Doberman e Boxer. A doença caracteriza-se por uma redução na contratilidade e, freqüentemente, por arritmias que resultam na diminuição do volume sistólico e do débito cardíaco. O tratamento convencionalmente preconizado para cães acometidos pela CMD consiste na prescrição de vasodilatadores, agentes inotrópicos positivos (digitálico), diuréticos, dieta hipossódica e, quando necessário, antiarrítmicos. A ativação do sistema nervoso simpático (SNAS) ocorre em resposta à redução do débito cardíaco e da pressão arterial observados em casos de insuficiência cardíaca. Porém a partir de um certo grau os efeitos hipertensivos, cronotrópicos e inotrópicos positivos do SNAS geram graves alterações cardíacas como a sobrecarga de pressão e volume nos ventrículos, conseqüente isquemia miocárdica, morte de miócitos com deposição de tecido conjuntivo, diminuição da contratilidade cardíaca e nova sobrecarga de pressão e volume. O carvedilol é um β-bloqueador de 3a geração...

Estudo da sobrevida e de fatores prognósticos em cães com cardiomiopatia dilatada idiopática; Survival study and assessment of prognostic factors in dogs with idiopathic dilated cardiomyopathy

Yamaki, Fernanda Lie
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.18%
Cardiomiopatia dilatada (CMD) é uma das doenças cardiovasculares adquiridas mais comuns em cães afetando principalmente cães de raças grandes e gigantes, além do Cocker Spaniel Inglês e Americano. A anormalidade primária é a diminuição da contratilidade miocárdica, com dilatação secundária das câmaras cardíacas, que pode evoluir para insuficiência cardíaca, apresentar arritmias (atrial e/ou ventricular) e resultar em óbito em qualquer estágio da doença (sendo a morte súbita relativamente comum). Poucos estudos em cães, sendo a maioria retrospectiva, têm o objetivo de determinar fatores prognósticos, e predizer o prognóstico em qualquer paciente continua a ser um desafio. Portanto, no presente trabalho objetivou-se estudar a sobrevida de cães com CMD, assim como observar possíveis fatores determinantes de sobrevida. Para tal, foram avaliados 50 cães com CMD por meio de exame físico, radiográfico de tórax, eletrocardiográfico (eletrocardiograma de repouso e monitorização Holter) e ecocardiográfico. Os animais foram acompanhados por pelo menos 150 dias ou até o óbito. Avaliou-se a influência da idade, raça, sexo, fração de encurtamento do ventrículo esquerdo (FE), da classe funcional da insuficiência cardíaca...

Preservação do membro em cães com osteossarcoma apendicular

Silva, Débora Krüger
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.72%
O osteossarcoma (OSA) ou sarcoma osteogênico é um dos tumores malignos mais frequentemente diagnosticado em cães, e representa cerca de 85% das neoplasias de origem esquelética. Acomete mais cães de raça grande e gigante, com idade média de sete anos, envolvendo, geralmente, a metáfise de ossos longos. As raças mais predispostas à ocorrência deste tumor são o São Bernardo, Dinamarquês, Setter Irlandês, Dobermann, Pastor Alemão, Rottweiller e Golden Retriever. Os principais sinais clínicos são claudicação e edema na região óssea do membro afetado. Ao exame radiológico obtem-se imagens compatíveis com neoplasia óssea, sendo utilizada a biópsia e o exame histopatológico deste tecido como diagnóstico definitivo. A terapêutica comumente indicada é a amputação radical do membro, seguida de quimioterapia. Todavia, a preservação do membro afetado e outras técnicas mais recentes de tratamento têm sido utilizadas com o propósito de aumentar a qualidade de vida e a sobrevida do animal. Este presente estudo objetiva uma revisão da literatura com relação à etiologia, patologia, diagnóstico, tratamento e prognóstico do osteossarcoma.; Osteosarcoma (OSA) or osteogenic sarcoma is a malignant tumor most frequently diagnosed in dogs...

Características anatomoclínicas dos linfomas caninos na região de Botucatu, São Paulo

Sequeira, J.L.; Franco, M.; Bandarra, Ênio Pedone; Figueiredo, L.M.A.; Rocha, N.S.
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 245-250
POR
Relevância na Pesquisa
16.55%
Estudaram-se as características anatomoclínicas dos linfomas em cães da região de Botucatu, São Paulo. O material utilizado foi colhido de 34 cães portadores de linfoma maligno, dos quais nove eram da raça Pastor-Alemão, nove sem raça definida, cinco da raça Boxer, três animais da raça Dobermann e oito outros cada um de uma raça, 68% deles machos. A idade variou de 1 a 13 anos, com média de 6,2 anos. O estabelecimento do estádio dos linfomas foi baseado nos critérios estabelecidos pela Organização Mundial de Saúde. No momento do diagnóstico, 32 animais apresentavam-se nos estádios clínicos III, IV ou V. Apenas dois foram enquadrados no estádio II. A forma anatômica mais freqüente foi a multicêntrica, diagnosticada em 31 animais. A forma tímica, diagnosticada em dois animais, e a digestiva, em um animal, foram as outras formas anatômicas encontradas.; This report describes 34 cases of canine lymphoma, all of them referred to the Veterinary Hospital of FMVZ - UNESP in Botucatu - SP, Brazil, comprising, nine German Shepherd dogs, nine mongrels, five Boxers, three Doberman and one of each eigth other breeds. The mean age was 6.2 years, range 1 to 13 years, and 68% of the dogs were males. The stage of the lymphomas was based on the World Health Organization criteria. At the time of diagnosis 32 dogs were at more advanced stages (IIII...

Polineuropatia associada a hipotireoidismo em cães: Relato de seis casos

Suraniti, Adriana Patricia; Gilardoni, Liliana Rosa; Rama Llal, Mabel Graciela; Echevarría, Marcelo; Marcondes, Mary
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 284-288
POR
Relevância na Pesquisa
26.36%
Six Doberman Pinscher, between six and eight years of age, were presented to the Veterinary Hospital from Faculty of Veterinary Science of The University of Buenos Aires. Neurological examination revealed tetraparesis with inability to walk, decreased muscle tonus and myotatic reflexes in all dogs. Serum cholesterol levels, creatine kinase and alkaline phosphatase activities were mildly to markedly elevated, and tibial motor nerve conduction velocities were slow in all dogs. Basal measurements of free T4 and TSH were determined by radioimmunoassay. Although fT4 values were within normal range, in all dogs TSH values were elevated. Based on this results, hypothyroidism was diagnosed and a supplementation therapy was established with oral levothyroxine (T4). Two weeks after treatment has been started, all patients had an improvement in clinical signs, and within a month gait became normal, as well as muscular tonus and spinal reflexes.

Placas em ponte para tratamento de falhas segmentadas em mandíbulas de cães: projetos e desenvolvimento

Freitas, Elisângela Perez de
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 85 f.
POR
Relevância na Pesquisa
27.34%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Medicina Veterinária - FMVZ; O trabalho teve por objetivos desenvolver placa em ponte bloqueada para a reconstrução de defeito ósseo segmentar em mandíbula de cães e validar o projeto por meio de análise pelo método de elementos finitos e ensaios biomecânicos. Inicialmente realizou-se a tomografia computadorizada da cabeça de quatro cães das raças Rottweiler, Doberman, Boxer e Poodle. Os dados obtidos em DICOM foram convertidos em objeto tridimensional pelo software Mimics 13.1 e usados na confecção do projeto das placas. Foram confeccionados, para cada raça, seis protótipos de mandíbula com defeito ósseo de tamanho de 1,5 vezes o diâmetro do corpo mandibular direito na área do primeiro pré-molar. A reconstrução mandibular foi feita com placa em ponte de titânio puro e parafusos (Ti 6Al 4V) monocorticais bloqueados, sendo um modelo para os cães de porte grande (Rottweiler e Doberman) e médio (Boxer) e outro para os de porte pequeno (Poodle). Os ensaios biomecânicos mostraram que o sistema placa-mandíbula resistiu além das forças de mastigação para todos os portes de cães e validaram os projetos das placas. O método de elementos finitos mostrou que o fator de segurança foi superior a 2. Foi possível concluir que as placas em ponte projetadas com geometria diferenciada e parafusos bloqueados monocorticais apresentam resistência mecânica suficiente para suportar os defeitos ósseos induzidos e são capazes de suportar pelo menos 5 vezes o valor da força de mordida para cada porte de cão estudado; The aim of this study was to develop locked bridging plate to be used in segmental mandible defect in dogs...

Espondilomielopatia cervical caudal em cães: diagnóstico por imagem

Jotta, Vivian Yoshioka
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
26.87%
The Caudal Cervical Spondylomyelopathy, also known as “Wobbler syndrome” is a neurological disorder that affects mainly breeds of large and giant size, especially Doberman pinsher and Great danes. Its aetiology is multifactorial and leads to a narrowing of the spinal canal by morphological and positional caudal cervical vertebrae (C5, C6 and C7), causing compression of the spinal cord and nerve roots. The clinical signs presented by the affected animals are progressive ataxia of hindlimbs and, later, the forelimbs, sometimes progressing to tetraparesis. Neck pain may be present. The diagnosis is made through the association of clinical signs and diagnostic imaging such as radiography, myelography, computed tomography and magnetic resonance imaging. According to the classification of the lesion obtained by imaging examinations, the conservative or surgical treatment is established and the prognosis is variable in accordance with the degree of affection of the spinal cord; A Espondilomielopatia Cervical Caudal, ainda conhecida como “´sindrome de Wobbler” é uma disfunção neurológica que afeta principalmente cães de raças de grande e gigante porte, destacando-se Doberman pinsher e Dogue alemão. Sua etiologia é multifatorial e leva a um estreitamento do canal vertebral por alterações morfológicas e posicionais das vértebras cervicais caudais (C5...

Nefropatia juvenil canina

Lagoa, Luís Miguel Nunes da Silva
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária Publicador: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em 30/11/2010 POR
Relevância na Pesquisa
26.76%
Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária; A doença renal crónica é geralmente diagnosticada nos cães idosos, ocorrendo menos frequentemente em cães com idade inferior a cinco anos. No entanto, nos animais jovens tem-se assistido a um número crescente de descrições de doença renal crónica primária, onde muitas vezes é encontrado um padrão familiar da doença. Presentemente, existe ainda algum desconhecimento em relação à nefropatia juvenil, sobretudo no que diz respeito ao modo de transmissão, às raças mais frequentemente afectadas e às diferentes entidades clínicas que o termo abrange. Com esta dissertação pretendeu-se rever e caracterizar a apresentação clínica, laboratorial e histopatológica da nefropatia juvenil. Foi efectuada a análise retrospectiva dos ficheiros clínicos dos animais que foram apresentados no Centre Hospitalier d’Enseignement Vétérinaire, no período de Janeiro de 2004 a Dezembro de 2009, com idade inferior a cinco anos e diagnóstico de doença renal crónica primária. Foram incluídos 13 cães (quatro Golden Retriever, dois Labrador, um Pastor Australiano, um Dobberman, um Boxer, um Dogue Argentino, um Bouvier Bernois, um Bull Terrier e um Pastor Alemão). Os sinais mais frequentemente encontrados foram anorexia...

Padronização da monitorização eletrocardiográfica por 24 horas em cães

Leomil Neto,M.; Larsson,M.H.M.A.; Pereira,L.; Brito,F.S.
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2002 PT
Relevância na Pesquisa
27.03%
O principal objetivo deste estudo foi propor um padrão normal da monitorização eletrocardiográfica dinâmica em cães das raças Doberman, Boxer e Cocker Spaniel (10 animais de cada raça), possibilitando sua utilização como meio de diagnóstico precoce em cães com cardiomiopatia dilatada. O número de complexos QRS foi maior nos cães Cocker Spaniel. Os batimentos ectópicos ventriculares foram mais freqüentes nos da raça Boxer, entretanto as três raças apresentaram menos de 1% de batimentos ectópicos supraventriculares em relação ao total de batimentos. As freqüências cardíacas mínima, média e máxima foram mais altas na raça Cocker Spaniel. Essa raça permaneceu em taquicardia (freqüência igual ou superior a 120bpm) por maior tempo do que as outras duas raças e em bradicardia (freqüência igual ou menor a 50bpm) por menor tempo, além de apresentar menor quantidade e pausas mais curtas. A variação da freqüência cardíaca demonstrou ser um padrão entre esses animais: na raça Cocker Spaniel, o número de contrações ectópicas isoladas supraventriculares e ventriculares foi inferior a 50 por monitorição de 24 horas; na Boxer, foi inferior a 50 por 24 horas; as assistolias ou pausas maiores do que dois segundos foram freqüentes nas raças Boxer e Doberman e ausentes na Cocker Spaniel; comumente as pausas duraram mais do que três segundos; não se observaram alterações do segmento ST nas três raças.

Estudo radiográfico da articulação lombossacra em cães das raças Pastor Alemão, Rottweiler e Doberman

Silva,E.F.; Rocha,B.D.; Tôrres,R.C.S.; Miranda,F.G.; Silva,M.X.
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2015 PT
Relevância na Pesquisa
26.84%
Este trabalho teve como objetivo avaliar a variação entre diferentes raças das medidas radiográficas da articulação lombossacra. Foram utilizados 20 cães da raça Pastor Alemão, 20 cães da raça Rottweiler e 20 da raça Doberman. A articulação lombossacra foi avaliada radiograficamente com os membros pélvicos em posição neutra (N), em ventroflexão (VF) e dorsoextensão (DE). Foram mensurados os ângulos entre os processos articulares de L7 e S1 (PA), entre as epífises distal de L7 e proximal de S1 (EPIF), o ângulo lombossacro (LS), a amplitude de movimento (ROM) desses ângulos, o ponto de interseção das retas que formam esses ângulos e a respectiva ROM. Os resultados mostraram que a altura do canal vertebral em L7 é menor no Pastor Alemão (9,5mm) e maior no Rottweiler (10,5mm). O EPIF-DE foi maior no Pastor Alemão (38,03º). O PA-N foi menor no Pastor Alemão (15,98º). O LS-VF foi menor no Doberman (170,01º), e não diferiu entre o Pastor Alemão (179,17º) e o Rottweiler (176,61º). Os cães Pastores Alemães demonstraram uma maior ROM dos ângulos EPIF e LS. Concluiu-se que cães da raça Pastor Alemão apresentam maior instabilidade dessa articulação em relação às outras duas raças estudadas.

Implante de silicone na conchectomia em caninos

Contesini,Emerson Antônio; Pippi,Ney Luis; Witz,Maria Inês
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/1996 PT
Relevância na Pesquisa
16.55%
Com o objetivo de promover a correção no posicionamento da cartilagem conchal, foram implantados segmentos de silicone entre a cartilagem e a pele da face externa da orelha de caninos, mediante incisões horizontais na face interna da cartilagem conchal. Para isso foram utilizados doze animais da espécie canina, machos e fêmeas, jovens e adultos. Desse total, seis eram cães SRD, que foram submetidos ao implante de silicone sem prévia conchectomia parcial. Outros seis foram cães da raça doberman, dog alemão e boxer, de casos clínicos que apresentavam fragilidade e/ou quebra na cartilagem conchal em seu terço médio. Em todos os animais experimentais os implantes foram bilaterais, enquanto que nos casos clínicos os implantes foram feitos apenas na orelha necessária. Nos animais sem prévia conchectomia, observou-se posicionamento semi ereto das orelhas. Os seis animais restantes apresentaram posicionamento ereto das orelhas após implante, salvo um único caso onde foi necessário associar técnica de encurtamento da pele na região nucal.

Perfil bioquímico sérico em potros Bretão Postier e cães Doberman em fase de crescimento e de cabras Saanen nos diferentes estádios de lactação

Mundim, Antonio Vicente
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
67.62%
O crescimento nos animais domésticos e a lactação em fêmeas de elevada produção são fases da vida que apresentam características fisiológicas e necessidades nutricionais especiais. Quando não supridas adequadamente, podem ocasionar efeitos negativos no desenvolvimento corporal, na produtividade e performance dos animais. A análise do perfil bioquímico sérico do animal individual ou do rebanho, quando interpretado corretamente é ferramenta eficaz na detecção de falhas e desbalanços nutricionais, o que possibilita a correção precoce antes do comprometimento do crescimento, produtividade e performance. Sua correta interpretação nas espécies animais depende de valores de referências regionais específicos para as diferentes fases da vida, uma vez que vários fatores ligados tanto ao animal como ao ambiente podem influenciar estes valores levando a falsos resultados. Neste contexto, o objetivo deste estudo foi investigar a influência da idade e sexo no perfil bioquímico sérico de potros Bretão Postier e de cães Doberman em fase de crescimento e a influência da ordem e estádios da lactação na bioquímica sérica em cabras Saanen. No capítulo 2 foram analisadas 165 amostras de sangue de 33 potros Bretão Postier com idade entre nove dias e 24 meses...

Micobacteriose em cães. Relato de casos em São Paulo - Brasil; Mycobacteriosis in domestic dogs. Report of two cases in São Paulo, Brazil

Larsson, Carlos Eduardo; Michalany, Nilceo Schwery; Pinheiro, Sonia Regina; Ledon, Ana Luiza Basso Penteado; Vasconcellos, Silvio Arruda
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/1994 ENG
Relevância na Pesquisa
36.87%
Na clínica dermatológica veterinária por vezes atendem-se carnívoros domésticos com lesões ulceradas de evolução prolongada e, geralmente, rebeldes à terapia usual, que podem ser originárias de infecções por micobactérias do gênero Mycobacterium. Pela escassez de descrições na bibliografia brasileira, pelo inusitado das lesões e pela resposta à terapia preconizada, descrevem-se dois casos de micobacteriose em caninos atendidos na FMVZ/USP. As cadelas (Pastor Alemão, Doberman), adultas, apresentavam lesões ulceradas graves, nas faces posteriores dos pavilhões auriculares, de aspecto granulomatoso, exsudativas, recobertas por crostas hemorrágicas. Inexistiam linfoadenomegalia satélite e tampouco sintomas nos demais sistemas orgânicos. Complementaram-se os exames físico, hematológico e radiológico por curetagem das lesões e biópsias de pele que foram então submetidas a exames histopatológico, bacteriológico (direto: técnicas de Holst-Mitchinson e Radhakrishna, Ziehl-Neelsen); cultivo (meios de Lowenstein-Jensen e de Stonebrink & Leslie), em diferentes temperaturas; teste de tuberculina (PPD mamífero e aviário). Demonstrou-se, na bacterioscopia e na histopatologia, a presença de bacilos ácido-álcool resistentes que não cresceram nos meios de cultivo convencionais...

Comparação de osteossíntese com placa e osteossíntese com placa associada a enxerto de proteína morfogenética óssea em fratura bilateral distal de rádio e ulna em cão - relato de caso; Comparison between bone plate osteosinthesis and bone plate associated to bone morphogenetic protein in a bilateral distal fracture of radius and ulna in a dog - case report

Nina, Marcos Ishimoto Della; Schmaedecke, Alexandre; Romano, Leandro; Ferrigno, Cássio Ricardo Auada
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2007 POR
Relevância na Pesquisa
26.65%
Os cuidados e dificuldades em reparação de fraturas de rádio-ulna de cães de porte pequeno são conhecidos, com a ocorrência freqüente de não-união óssea, principalmente no que tange as fraturas distais, relacionadas a características anatômicas inerentes, como pouco recobrimento de tecido muscular, canal medular de diâmetro reduzido, e pouca vascularização. Tendo em vista esta realidade, descreve-se a comparação entre o tratamento com placa e parafuso e placa e parafuso com adição de proteína morfogenética óssea em fratura completa transversa de terço distal bilateral de rádio-ulna, de semelhante apresentação em cão da raça Pinscher, atendido no Serviço de Cirurgia de Pequenos Animais do HOVET/USP. Avaliou-se, comparativamente, o tempo de formação de calo ósseo, por exames radiográficos, aos 30, 60, 90 e 120 dias de pós-operatório, onde foi encontrado tempo de cicatrização de 90 dias no membro controle enquanto que, no membro tratado com a proteína morfogenética óssea, o tempo de cicatrização foi de 30 dias, demonstrando a possibilidade de incremento que o uso de fatores de crescimento podem trazer ao tratamento de fraturas em cães de pequeno porte.; The aims and difficulties in small breed dogs radius and ulna fracture repair are known...

Polineuropatia associada a hipotireoidismo em cães: Relato de seis casos; Hypothyroid associated polyneuropathy in dogs: Report of six cases

Suraniti, Adriana Patricia; Gilardoni, Liliana Rosa; Llal, Mabel Graciela Rama; Echevarría, Marcelo; Marcondes, Mary
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2008 ENG
Relevância na Pesquisa
26.72%
Seis Dobermans Pinscher, entre seis e oito anos de idade, foram encaminhados ao Hospital Veterinário da Faculdade de Ciências Veterinárias da Universidade de Buenos Aires. O exame neurológico revelou tetraparesia com incapacidade para andar, diminuição do tono muscular e de reflexos miotáticos em todos os cães. Os níveis de colesterol, creatina quinase e fosfatase alcalina encontravam-se de moderada a acentuadamente elevados. As velocidades de condução nervosa do nervo tibial estavam diminuídas em todos os cães. Os níveis séricos basais de T4 livre e TSH foram determinados por radioimunoensaio e, embora os valores de T4 livre estivessem dentro dos limites de normalidade, em todos os cães o TSH estava elevado. Baseado nestes resultados, diagnosticou-se hipotireoidismo e iniciou-se uma suplementação oral com levotiroxina (T4). Duas semanas após o início do tratamento todos os pacientes tiveram melhora clínica e, dentro de um mês a locomoção, o tono muscular e os reflexos medulares tornaram-se normais.; Six Doberman Pinscher, between six and eight years of age, were presented to the Veterinary Hospital from Faculty of Veterinary Science of The University of Buenos Aires. Neurological examination revealed tetraparesis with inability to walk...

Neoplasias melanocíticas cutâneas em cães: estudo retrospectivo de 68 casos (1996-2004); Cutaneous melanocytic neoplasms in dogs: retrospective study of 58 cases (1996-2004)

Camargo, Luciane Pires de; Conceição, Lissandro Gonçalves; Costa, Paulo Renato dos Santos
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2008 POR
Relevância na Pesquisa
26.97%
Foram analisados 39 casos (42 lesões) de melanocitoma e 19 casos (19 lesões) de melanoma cutâneos caninos. Os melanocitomas acometeram tanto animais jovens como idosos, sem predisposição sexual. Neste estudo, os cães mais acometidos foram os da raça Schnauzer e Doberman, seguidos por aqueles sem raça definida. A maioria das lesões apresentou-se solitária e localizada na região palpebral, interdigital e torácica. Geralmente, as lesões eram papulares, alopécicas, não aderidas, enegrecidas, com consistência firme e diâmetro médio de 1,2 cm. Recidivas e metástases não foram observadas, confirmando o bom prognóstico associado aos melanocitomas. Os melanomas acometeram animais mais idosos, sem predisposição sexual. Os cães mais acometidos foram os sem raça definida, seguida por aqueles das raças Rottweiler, Pinscher, Cocker Spaniel e Airedale. As lesões apresentaram-se solitárias e localizadas freqüentemente no lábio e na pálpebra. A maioria dos tumores apresentou-se ulcerado, nodular, com consistência firme e diâmetro médio de 2,5 cm. Algumas lesões apresentaram recidivas. Metástases não puderam ser comprovadas. Dos casos com seguimento clínico conhecido, alguns foram curados pelo procedimento cirúrgico...

Conchotomia: características métricas e ponderal dos retalhos auriculares; Ear cropping: measurements and weight characteristics of the auricular pieces

Matera, Antonio; Holzchun, Marlene Pezzutti; Spicciati, Walter
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 15/03/1989 POR
Relevância na Pesquisa
26.87%
Os autores determinaram, em 24 cães da raça “Doberman”, as características métricas e ponderal dos retalhos auriculares excisados na operação de conchotomia realizada mediante manobras padronizadas. Não foram observadas diferenças evidentes ou estatisticamente significativas nas diferentes idades estudadas e os animais mostraram resultados estéticos favoráveis.; The measurements and weight characteristics of the excised auricular pieces at standardized ear cropping were observed in 24 Doberman Pincher dogs. Good aesthetical aspects were observed in different ages.