Página 1 dos resultados de 5622 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

Quadro seroproteico como auxílio diagnóstico na anemia hemolítica imunomediada em cães; Serum proteic profile as diagnosis aids in immune-mediated hemolytic anemia in dogs

PEREIRA, Patrícia Mendes; ABREU, Dilayla Kelly de; PINCELLI, Vanessa Andrea; BOCHIO, Mariana Menezes; SANTANA, Áureo Evangelista
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
37.1%
No presente protocolo experimental, determinaram-se os proteinogramas séricos, por intermédio da eletroforese em gel de poliacrilamida contendo duodecil sulfato de sódio (SDS-PAGE), de 120 cães com raças e idades variadas e atendidos junto ao Hospital Veterinário Governador Laudo Natel da FCAV/Unesp, com o objetivo principal de comparar diferentes frações seroproteicas em estados anêmicos regenerativos, arregenerativos, imunomediados primários e secundários. Os referidos animais foram distribuídos em cinco grupos experimentais: grupo 1: 20 cães de controle; grupo 2: 28 cães com anemia regenerativa não imune; grupo 3: 27 cães com anemia arregenerativa não imune; grupo 4: 10 cães com anemia hemolítica imunomediada primária; grupo 5: 35 cães com anemia hemolítica imunomediada secundária. A técnica SDS-PAGE permitiu o fracionamento de 24 proteínas, cujos pesos moleculares (PM) variaram de 18.000 a 165.000 daltons (Da). Os cães com AHIM primária e secundária apresentaram 24 frações proteicas em seus traçados eletroforéticos, enquanto que cães de controle (1) e portadores de anemia regenerativa (2) e arregenerativa (3) de natureza não imune apresentaram 23 frações de proteínas, cuja proteína de peso molecular 68.000Da não foi encontrada. Dessa forma...

Microalbuminúria em cães com insuficiência renal crônica: relação com pressão sangüínea sistêmica; Microalbuminuria in dogs with chronic kidney failure: relationship with systemic blood pressure

Rego, Angela Bacic de Araujo e Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/11/2006 PT
Relevância na Pesquisa
37.09%
A avaliação de microalbuminúria (MA) é frequentemente utilizada em medicina humana para o diagnóstico precoce de doença renal precoce em humanos que pode evoluir concomitantemente durante o curso de várias outras afecções. Quando a doença renal progride para insuficiência renal, a albuminúria pode atingir concentrações elevadas (>30 mg/dL), que recebe, neste momento, a denominação de macroalbuminúria, que, por sua vez, resulta em proteinúria maciça. A coexistência de hipertensão arterial sistêmica pode acelerar a progressão da doença. Em Medicina Veterinária, não há relatos sobre a magnitude desta albuminúria em cães já diagnosticados com insuficiência renal crônica (IRC) como também sobre o grau de coexistência de hipertensão, parâmetros estes que constituíram o escopo do presente estudo. As concentrações urinárias de albumina, detectadas pela técnica ELISA, foram determinadas em 40 cães com IRC e em 40 cães sadios (controles). As pressões sangüíneas sistólicas também foram mensuradas para comparações. A concentração de albumina normalizada (AN), relação albumina:creatinina (RAC) e relação proteína:creatinina (RPC) foram calculadas para todos os cães. Todos os cães controles apresentaram valores abaixo da faixa de microalbuminúria para ambos os índices (AN e RAC).. Nos cães com IRC...

Estudo clínico da eficácia da acupuntura no tratamento da discopatia intervertebral tóraco-lombar em cães; Clinical study of the effectiveness of acupuncture in the treatment of thoracolumbar intervertebral disk disease in dogs

Hayashi, Ayne Murata
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/05/2006 PT
Relevância na Pesquisa
37.09%
Acupuntura tem sido integrada no tratamento da discopatia intervertebral tóraco-lombar em cães com intuito de analgesia e reabilitação motora e sensorial. Faltam estudos clínicos controlados comparando acupuntura associada ao tratamento médico não cirúrgico. Foram avaliados 61 cães portadores de afecção degenerativa do disco intervertebral tóraco-lombar durante o período de março de 2005 a fevereiro de 2006. Destes 61 animais, 50 foram incluídos no estudo, 26 cães no grupo com acupuntura e 24 cães no grupo sem acupuntura. As avaliações da melhora do estado neurológico foram realizadas através de uma escala funcional numérica em 4 momentos: primeira avaliação, 7º dia de avaliação, 14º dia de avaliação e último retorno. Para análise estatística, nível de significância de 5%, utilizou-se o Teste de Mann Whitney para amostras independentes e o Teste de Friedman para amostras dependentes, seguido do Teste de Wilcoxon para comparações das amostras dentro do mesmo grupo. Os valores das medianas do escore total na 1ª avaliação permitiu comparação entre graus de lesão (1 a 5) subdivididos em graus 1-2 (Md 21 e 20); graus 3-4 (Md 11 e 9) e grau 5 (Md 2). O tempo de retorno a locomoção de animais sem capacidade de locomoção e presença de dor profunda (graus 3-4) foi comparado entre os grupos com (n=10) e sem acupuntura (n=6) através do Teste T-Student...

Avaliação dos distúrbios ácido-base e eletrolíticos de cães com cetose e cetoacidose diabética; Evaluation of acid-base and electrolyte disturbances in dogs with diabetic ketosis and ketoacidosis

Silva, Ricardo Duarte
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 31/01/2006 PT
Relevância na Pesquisa
37.09%
A cetoacidose diabética (CAD) é uma das complicações mais graves do diabetes mellitus (DM) em pequenos animais. A CAD é uma emergência médica caracterizada por alterações metabólicas extremas, incluindo hiperglicemia, acidose metabólica, cetonemia, desidratação e perda de eletrólitos. Embora seja um distúrbio comum e de alta mortalidade, os padrões dos distúrbios ácido-base de cães com CAD ainda não foram avaliados objetivamente. Muitas das assunções sobre a CAD em cães são generalizadas com base em dados de pacientes humanos e estudos experimentais em cães. O objetivo do presente estudo foi descrever os distúrbios ácido-base e eletrolíticos de cães com CAD e cetose diabética (CD) e caracterizá-los segundo a freqüência de ocorrência, adequação dos mecanismos de compensação e ocorrência de distúrbios mistos. Foram avaliados 40 cães diabéticos (22 animais recém diagnosticados e 18 cães em tratamento com insulina) atendidos apresentando cetonúria e hiperglicemia (>250 mg/dL). De acordo com critérios clínicos, esses cães foram distribuídos em dois subgrupos: (CAD, n=22 e CD n=18) e foram determinados o pH e a hemogasometria arteriais e eletrólitos plasmáticos (sódio, cloro, potássio...

Estudo comparativo entre sutura mecânica e manual em brônquio após pneumonectomia esquerda em cães (Canis familiaris): uma avaliação anatomo-patológica, paramétrica, radiológica e broncoscópica; Comparative study between mechanical and manual sutures in the bronchus after left pneumonectomy in the dogs (Canis familiaris): a pathological-anatomic, parametric, radiological and bronchoscopic evaluation

Simões, Edson Azevedo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/08/2003 PT
Relevância na Pesquisa
37.1%
Em cães, os estudos experimentais comparativos dos diferentes tipos de sutura para a síntese do brônquio principal são escassos, quando não ausentes nesta espécie. Além disso, existem possíveis complicações decorrentes da má cicatrização do brônquio. O objetivo deste estudo foi realizar um estudo experimental comparando-se sob o ponto de vista anatomo-patológico, paramétrico, radiológico e broncoscópico as suturas manual e mecânica em brônquio principal após pneumonectomia esquerda em cães. Foram utilizados 18 cães, sadios, machos e fêmeas, adultos, sem raça definida, pesando entre 9 e 27,5 kg. Os cães foram submetidos à intubação seletiva e toracotomia esquerda no 5º espaço intercostal, onde foi feita a pneumonectomia. Foram separados em 2 grupos de 9 cães, de acordo com o tipo de sutura empregada: Grupo A - sutura manual do coto brônquico principal esquerdo com pontos separados "em 8" com fio polipropileno 5-0; Grupo B - sutura mecânica do coto brônquico principal esquerdo com grampeador mecânico modelo TL-30 com grampos dispostos em fileira dupla. Cada grupo foi subdividido em 3 subgrupos de 3 animais, sendo estabelecido estudo temporal aos 7, 15 e 36 dias de pós-operatório, onde foi realizado a avaliação anatomo-patológica da cicatrização das suturas manual e mecânica...

Estudo das concentrações séricas de proteína C-reativa e amilóide A em cães com linfoma submetidos a quimioterapia; Serum concentrations of C-reactive protein and amyloid A in dogs with lymphoma submitted to chemotherapy

Merlo, Alexandre
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/06/2005 PT
Relevância na Pesquisa
37.09%
O linfoma é uma doença neoplásica comum em cães, requerendo quimioterapia para aumentar a sobrevida dos pacientes. Durante o tratamento, são freqüentes as recidivas, que motivam alteração do protocolo medicamentoso. Proteína C-reativa e amilóide A sérica são mediadores de fase aguda produzidos no fígado que apresentam elevações de concentrações séricas em condições inflamatórias, infecciosas e neoplásicas de maneira geral. O objetivo do trabalho foi avaliar o papel dessas proteínas na monitorização da remissão e recidiva do linfoma em cães, utilizando 2 protocolos de tratamento. O protocolo COP (ciclofosfamida, vincristina e prednisona) caracterizou-se por fase de indução de 1 mês e ciclos de manutenção a cada 21 dias e o protocolo VCM (vincristina, ciclofosfamida, metotrexato e L- asparaginase) foi empregado em um regime semanal contínuo. Constituíram-se 5 grupos de estudo: Normal (20 cães hígidos), Controle COP (4 cães hígidos submetidos a quimioterapia com o protocolo COP), Controle VCM (4 cães hígidos submetidos a quimioterapia com o protocolo VCM), Linfoma COP (10 cães com linfoma multicêntrico tratados com o protocolo COP) e Linfoma VCM (10 cães com linfoma multicêntrico tratados com o protocolo VCM). Proteína C-reativa e amilóide A sérica foram determinadas pela técnica de Elisa e a eletroforese foi feita em tiras de acetato de celulose. Nos cães do grupo Normal...

Estudo comparativo das estruturas do segmento anterior de olhos de cães com catarata, portadores e não portadores de Diabetes mellitus, avaliadas por biomicroscopia ultra-sônica; Comparison of anterior ocular segment structures in dogs with diabetic or no diabetic cataract, by ultrasound biomicroscopy

Galego, Marcia Pansera
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.11%
A catarata, opacidade do cristalino ou da sua cápsula, representa uma das principais causas de cegueira em cães. A causa mais comum de catarata em cães é a alteração hereditária no metabolismo protéico da lente e a segunda, alterações metabólicas provocadas pelo Diabetes mellitus (DM). Esta é uma das endocrinopatias mais prevalentes em cães, caracterizada pela absoluta ou relativa deficiência de insulina. Altera o equilíbrio osmótico no interior da lente levando à catarata bilateral, simétrica e aguda, a qual a espécie canina é particularmente suscetível. A biomicroscopia ultra-sônica (UBM) é um método ultra-sonográfico de alta freqüência (50MHz) que permite a obtenção de imagens do modo B de qualidade microscópica. A resolução axial de 37µm, dez vezes maior que o ultra-som convencional, e a penetração limitada de cerca de 5 mm tornam o método adequado para exame das estruturas do segmento anterior ocular mesmo na presença de opacidade dos meios. Córnea, câmara anterior e ângulo iridocorneal podem ser avaliados em tempo real. Este estudo objetivou, por meio do uso da UBM, comparar as estruturas do segmento anterior de olhos de cães com catarata, diabética e não-diabética, para verificar possíveis alterações decorrentes do DM...

Estudo do eletrocardiograma ambulatorial, eletrocardiograma de alta resolução (ECGAR) e variabilidade da frequência cardíaca como indicadores prognósticos na cardiomiopatia arritmogênica de cães Boxer; Study of ambulatory electrocardiography, signal-averaged electrocardiogram and heart rate variability as prognostic factors in Boxer dogs with arrhythmogenic cardiomyopathy

Chamas, Patrícia Pereira Costa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 31/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
37.09%
A cardiomiopatia arritmogênica do ventrículo direito (CAVD) é uma doença miocárdica genética e hereditária, com alta prevalência entre os cães da raça Boxer, causada por alterações nos genes que codificam os receptores de rianodina ou os desmossomos cardíacos. Caracteriza-se, histologicamente, por atrofia de miócitos do ventrículo direito, principalmente, com reposição por tecido adiposo e fibroso. Tais lesões causam instabilidade elétrica do miocárdio, com consequente aparecimento de arritmias ventriculares por re-entrada. Os animais afetados podem apresentar-se assintomáticos ou com frequentes episódios de síncope ou morte súbita; ainda, podem desenvolver uma forma mais grave da doença, com dilatação ventricular e disfunção sistólica, evoluindo para insuficiência cardíaca congestiva. Devido à escassez de estudos determinando fatores preditivos para a ocorrência de morte de origem cardíaca nestes animais, o presente estudo objetivou avaliar o valor prognóstico das variáveis de eletrocardiografia ambulatorial (Holter), eletrocardiografia de alta resolução (ECGAR) e variabilidade de frequência cardíaca (VFC) na CAVD do Boxer. Para tanto, tais parâmetros foram avaliados em 92 cães, distribuídos de acordo com a raça ou o estágio da doença em cinco grupos: cãescontrole da raça Pastor Alemão (grupo PA)...

Estudo da progressão da doença renal crônica em cães, segundo a classificação em estágios, pela avaliação sequencial da proteinúria pela eletroforese de proteínas urinárias e determinação de albuminúria; Study of chronic kidney disease progression in dogs, according to the stages classification, through the sequential evaluation of proteinuria by urine protein electrophoresis and determination of albuminuria

Waki, Mariana Faraone
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 05/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.13%
Durante a evolução da doença renal crônica (DRC) em cães, um dos mecanismos importantes envolvidos na autoperpetuação e progressão da lesão renal envolvem, teoricamente, o comprometimento inicial do glomérulo pelo mecanismo de hiperfiltração glomerular, e este processo pode acarretar no desenvolvimento de microalbuminúria ou de proteinúria pela presença de proteínas de alto peso molecular (albumina). Com o progredir da doença, as altas concentrações de proteína no filtrado glomerular pode também desencadear lesões tubulares e intersticiais, ocasionando a perda urinária também de proteínas de baixo peso molecular (PM) pelo comprometimento da reabsorção dessas proteínas pelos túbulos renais. Outras teorias de progressão da lesão renal também são suscitadas tais como o comprometimento inicial da porção túbulo-intersticial. Assim, espera- -se que durante a evolução da DRC, a avaliação das proteínas urinárias quanto à qualidade (determinação de albumina e os pesos moleculares) e a quantidade possam trazer informações relevantes sobre a velocidade de progressão e o local da lesão renal. O objetivo deste estudo foi de avaliar, sequencialmente, a albuminúria e a proteinúria (pelos métodos quantitativos e qualitativos - eletroforese de proteínas) dos cães com DRC nos estágios 1...

Comunicação funcionalmente referencial e intencional nos cães (Canis familiaris); Functionally referential and intentional communication in dogs (Canis familiaris)

Redigolo, Carine Savalli
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.09%
A exposição ao ambiente social humano ofereceu aos cães um nicho especial para desenvolver habilidades socio-comunicativas para cooperar com o ser humano. Tem sido exaustivamente estudada a habilidade dos cães de usar sinais comunicativos do ser humano. O presente estudo levanta uma questão sobre a produção de sinais pelos cães para se comunicar com o ser humano: Os cães são capazes de se comunicar usando sinais direcionados a algum item de interesse no ambiente e com intenção de manipular seus tutores de tal forma a recebê-lo? Como intencionalidade não é possível de mensurar, alguns critérios operacionais podem ser considerados como requisitos para qualificar um sinal comunicativo como funcionalmente referencial e intencional: o sinal deve ser usado socialmente (para ser, antes de mais nada, considerado um sinal comunicativo) e influenciado pela direção da atenção visual do receptor; além disso o emissor do sinal deve apresentar alternância de olhares entre o receptor e o objeto ou evento a ser comunicado e comportamentos de chamar a atenção, e, finalmente, o emissor deve persistir e elaborar a comunicação quando a primeira tentativa de manipular o receptor falhar. Cães foram submetidos a um estudo experimental em que eles podiam ver uma comida desejável mas precisavam da cooperação de seus tutores para recebêla. Manipulando a presença/ausência do tutor/comida...

Avaliação comportamental e endócrina do nível de estresse de cães participantes de intervenções assistidas por animais; Behavioral and endocrine evaluation of stress levels in dogs participants in animal assisted interactions

Rocha, Carolina Faria Pires Gama
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/03/2015 PT
Relevância na Pesquisa
37.09%
Interações assistidas por animais (IAA) podem possuir objetivos cognitivos, físicos, psicossociais, comunicativos e educacionais para o ser humano, e consistem na incorporação de animais em intervenções terapêuticas ou atividades assistidas. Atualmente a literatura fornece algumas evidências de que a inclusão de cães no tratamento de humanos pode ter impactos positivos sobre a saúde tão física quanto mental dos mesmos. São pouco questionados, porém os efeitos sobre o participante animal: a idéia geral é que estas são boas atividades para os cães envolvidos. Este estudo visa elaborar o perfil dos cães participantes de IAAs na cidade de São Paulo, analisando sua adequação à função, e investigar os efeitos da participação das intervenções assistidas por animais sobre seu bem estar, a partir de análises comportamentais e da determinação dos níveis de cortisol salivar desses animais, avaliando o estresse ao qual são submetidos durante as sessões. Participaram do estudo 16 cães que haviam sido previamente aprovados para trabalho em IAAs pelas organizações responsáveis. O trabalho contou com duas fases. Na primeira foram aplicados dois questionários e dois testes padronizados, efetuados na casa do tutor...

Leptospirose canina : dados clínicos, laboratoriais e terapêuticos em cães naturalmente infectados; Canine leptospirosis: clinical, laboratorial and therapeutical data in naturally infected dogs

Oliveira, Simone Tostes de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.1%
A leptospirose é uma zoonose de ampla distribuição mundial, causada pela infecção por sorovares patogênicos do gênero Leptospira. Assim como outras espécies de animais acometidos, os cães que sobreviverem à fase aguda da doença podem se tornar portadores, excretando a bactéria através da urina. Algumas alterações no hemograma, bioquímica sérica e urinálise, juntamente com o histórico do paciente e fatores de risco, auxiliam na suspeita da doença; porém, o diagnóstico definitivo é realizado através de testes mais específicos. Estes testes incluem sorologia, técnicas moleculares como a reação em cadeia da polimerase (PCR) e cultura para isolamento do sorovar. O presente trabalho caracterizou e comparou a leptospirose em três populações caninas de Porto Alegre. Foram avaliados 33 cães com suspeita da doença, atendidos no Hospital de Clínicas Veterinárias (HCV) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS); 65 cães provenientes do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Porto Alegre; e 155 cães residentes no bairro Arquipélago na zona urbana de Porto Alegre, onde existe uma alta incidência de leptospirose humana. O diagnóstico da leptospirose canina foi baseado na sorologia e PCR no soro e urina. Um total de 14...

Aspectos epidemiológicos, laboratoriais e cardíacos do linfoma em cães; Epidemiological, laboratorial and cardiac features of lymphoma in dogs

Neuwald, Elisa Barp
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.09%
O objetivo desse estudo foi avaliar os aspectos clínicos e imuno-histoquímicos, bem como a ocorrência de síndromes paraneoplásicas e alterações laboratoriais, e correlacionar com os tempos de sobrevida e de remissão, em cães com linfoma. Além disso, visou monitorar a função cardíaca dos pacientes que receberam quimioterapia com protococolo que incluía doxorrubicina. Trinta cães com linfoma foram atendidos no período de maio de 2010 a maio de 2012 no Hospital de Clínicas Veterinárias da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e foram avaliados através de exame clínico, hemograma e análises bioquímicas, concentração sérica de troponina cardíaca I, eletrocardiograma e ecocardiograma, no momento do diagnóstico e mensalmente por mais quatro meses até o término do protocolo quimioterápico CHOP (prednisona, vincristina, ciclofosfamida e doxorrubicina). Posteriormente, os cães foram avaliados a cada dois meses até completar um ano após o diagnóstico. A maior parte dos cães diagnosticados neste estudo eram machos (60%), com média de 9 anos de idade e sem raça definida (23%). A forma multicêntrica foi a mais comumente observada (87%), principalmente associada ao imunofenótipo B (62%) e os cães apresentaram-se comumente nos estádios clínicos IV e V (64%) e subestádio “b” (83%). Alterações laboratoriais e síndromes paraneoplásicas foram frequentemente observadas no momento do diagnóstico...

Farmacocinética do cloridrato de tramadol administrado por via oral em cães com a mutação nt230(del4) no gene MDR1

Baja, Karine Gehlen
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.11%
A P-glicoproteína (P-gp) é uma transportadora transmembrana de múltiplos fármacos, produto do gene MDR1 (ABCB1). A P-gp contribui para a função de barreira de vários tecidos e órgãos, funcionando como uma bomba de efluxo para muitos substratos. Diminuição na expressão desta proteína é associada à sensibilidade a fármacos. Cães da linhagem dos Collies possuem uma alta incidência de uma mutação no gene MDR1, denominada nt230(del4). Animais homozigotos para a mutação apresentam a supressão total de uma P-gp funcional e um animal heterozigoto apresenta uma maior sensibilidade para substratos da P-gp, devido a uma diminuição na expressão da mesma. Alguns fármacos opioides, como a morfina e a metadona, foram identificados como substratos da P-gp. O tramadol é um dos analgésicos opioides mais utilizados em cães. No presente trabalho, a mutação MDR1 nt230(del4) foi analisada em vinte cães Collie, utilizando reação em cadeia de polimerase (PCR). A identificação foi realizada por eletroforese em gel de poliacrilamida de alta resolução, sendo o resultado confirmado por análise de sequênciamento de DNA. Como resultado, seis cães apresentaram normalidade nos dois alelos e 14 apresentaram heterozigose para a mutação. Estes animais foram submetidos à segunda fase do experimento...

Cães de assistência em Portugal : cães-guia, cães para surdos e cães de serviço

Carmo, Sofia Alexandra Pereira do
Fonte: Universidade de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária Publicador: Universidade de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 15/11/2013 POR
Relevância na Pesquisa
37.11%
Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária; Cada vez mais a sociedade atual tenta fornecer meios que facilitam e melhoram a qualidade de vida dos seres humanos. Os cães de assistência são um desses meios. Os cães-guia auxiliam pessoas cegas, os cães para surdos auxiliam pessoas com dificuldades de audição graves e os cães de serviço auxiliam pessoas com problemas motores, orgânicos ou mentais. Este tipo de cães passa por um processo de aprendizagem através de um treino especializado de acordo com o tipo de utilizador, sendo o reforço positivo e o clicker as técnicas mais utilizadas para se obter tais objetivos. Além disso, a escolha das raças e os seus temperamentos são de extrema importância, pois está em causa a segurança de um ser humano com incapacidades. O objetivo principal deste trabalho foi caraterizar os cães de assistência em Portugal, tendo sido feitos 2 tipos de questionários, um às associações que treinam cães de assistência e o outro aos utilizadores desses mesmos cães. Foram feitos inquéritos a 3 associações e a 32 utilizadores espalhados pelo País. Verificou-se que a raça mais utilizada é a Labrador Retriever devido à sua personalidade calma, à sua memória e à sua destreza física. Também se aferiu a importância da esterilização de todos os cães de assistência assim como a sua vacinação. Finalmente averiguou-se que os utilizadores destes animais se sentem mais confiantes...

Quadro seroproteico como auxílio diagnóstico na anemia hemolítica imunomediada em cães

Pereira,Patrícia Mendes; Abreu,Dilayla Kelly de; Pincelli,Vanessa Andrea; Bochio,Mariana Menezes; Santana,Áureo Evangelista
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.1%
No presente protocolo experimental, determinaram-se os proteinogramas séricos, por intermédio da eletroforese em gel de poliacrilamida contendo duodecil sulfato de sódio (SDS-PAGE), de 120 cães com raças e idades variadas e atendidos junto ao Hospital Veterinário "Governador Laudo Natel" da FCAV/Unesp, com o objetivo principal de comparar diferentes frações seroproteicas em estados anêmicos regenerativos, arregenerativos, imunomediados primários e secundários. Os referidos animais foram distribuídos em cinco grupos experimentais: grupo 1: 20 cães de controle; grupo 2: 28 cães com anemia regenerativa não imune; grupo 3: 27 cães com anemia arregenerativa não imune; grupo 4: 10 cães com anemia hemolítica imunomediada primária; grupo 5: 35 cães com anemia hemolítica imunomediada secundária. A técnica SDS-PAGE permitiu o fracionamento de 24 proteínas, cujos pesos moleculares (PM) variaram de 18.000 a 165.000 daltons (Da). Os cães com AHIM primária e secundária apresentaram 24 frações proteicas em seus traçados eletroforéticos, enquanto que cães de controle (1) e portadores de anemia regenerativa (2) e arregenerativa (3) de natureza não imune apresentaram 23 frações de proteínas, cuja proteína de peso molecular 68.000Da não foi encontrada. Dessa forma...

Ceruloplasmin concentration in dogs with multicentric lymphoma undergoing chemotherapy; Concentração de ceruplasmina em cães com linfoma multicêntrico submetidos à quimioterapia

LUCAS, Sílvia Regina Ricci; MERLO, Alexandre; MIRANDOLA, Regina Mieko Sakata; GASPARIN, Thais Paione
Fonte: São Paulo Publicador: São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
37.11%
Ceruloplasmina (Cp) é uma proteína positiva de fase aguda, responsável pelo transporte de cobre e proteção das células e tecidos contra compostos oxidantes. O objetivo deste estudo foi avaliar as concentrações de Cp no momento do diagnóstico e durante a quimioterapia em cães com linfoma multicêntrico (LM). Cp foi mensurada utilizando-se a técnica da orto dianisina em dois grupos de cães: dez cães sadios (controle) e 13 cães com LM. Todos os cães foram submetidos à quimioterapia. Cães com sintomas de doenças intercorrentes ou que haviam sido previamente tratados com prednisona foram excluídos do estudo. Cp foi mensurada antes do início do tratamento e uma vez por semana durante o primeiro mês de quimioterapia e depois a intervalos de três semanas até a recidiva.para cães com LM, e até 16 semanas nos cães do grupo controle. ANOVA seguida pelo teste de Tukey foi usada para comparar os grupos. Não houve diferença entre a media das concentrações de Cp em cães com LM ao diagnóstico quando comparados aos cães sadios (p > 0.05). Os níveis de Cp diminuíram significativamente na quarta semana de tratamento comparado ao momento do diagnóstico. Aumentos nas concentrações de Cp não foram observados na recidiva. Durante o tratamento...

Avaliação Bioquímica do líquido cefalorraquidiano de cães normais e de cães jovens portadores de encefalite por cinomose; Biochemical evaluation of the cerebrospinal fluid from clinically normal dogs and from young dogs with distemper enchephalitis

Feitosa, Mary Marcondes; Kohayagawa, Aguemi; Feitosa, Francisco Leydson Formiga; Curi, Paulo Roberto; Mogami, Suely Regina Kato
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/1997 POR
Relevância na Pesquisa
37.09%
O presente experimento teve como objetivos estabelecer padrões de referência para constituintes do líquido cefalorraquidiano, determinar os valores de cloretos, creatina fosfoquinase e aspartato aminotransferase no soro sangüíneo e dosagem de glicose plasmática, na tentativa de verificar se existe correlação entre essas variáveis no sangue e no liquor, de cães normais e de cães jovens portadores de encefalite por cinomose. Foram utilizados 40 animais, sendo 20 cães normais e 20 cães com cinomose. O exame bioquímico do liquor dos cães normais permitiu o estabelecimento de valores para concentração de glicose: 86,09 ± 17,76 mg/dl, níveis de cloretos: 117, 36 ± 21,35 mEq/L, níveis de creatina fosfoquinase; 3,77 ± 1,72 Ul/L e níveis de aspartato aminotransferase 7,43± 4,61 Ul/L. O exame bioquímico do liquor de cães com cinomose permitiu o estabelecimento de valores para concentração de glicose: 80,85 ± 14,82 mg/dl, níveis de cloretos: 118,67± 12,82 mEq/L, níveis de creatina fosfoquinase: 26,38 ± 29,27 Ul/L e níveis de aspartato aminotransferase; 65,70 ± 23,72 Ul/L. Os níveis de cloretos, creatina fosfoquinase e aspartato aminotransferase no soro, e glicose no plasma nos cães normais e nos cães com cinomose foram...

Avaliação física, citológica, conteúdo de proteínas e determinação qualitativa de globulinas do liquor de cães normais e de cães com encefalite por cinomose; Cerebrospinal 11 uid physical, cylologycal and biochemical evaluation from clinically normal and distemper encephalitis affected dogs

Feitosa, Mary Marcondes; Feitosa, Francisco Lyedson Formiga; Kohayagawa, Aguemi; Curi, Paulo Roberto; Mogami, Suely Regina Kato
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/1997 POR
Relevância na Pesquisa
37.11%
Cerebrospinal fluid samples were obtained from 20 normal dogs (from 6 to 48 months old) and 20 dogs affected by canine distemper encephalitis, in order to make a physical, cytologycal and biochemical evaluation of it. Physical, cytologycal and biochemical evaluation of the cerebrospinal fluid from normal dogs presented the following results: specif gravity: 1,007+ 1,83, pH: 8,30 + 0,34, total red cell count: 6,65 + 5,27/pl, total white cell count: 2,85+ 1,63/pl and total protein content: 38,70+15,49 mg/dl. Physical, cytologycal and biochemical evaluation of the cerebrospinal fluid from dogs with distemper encephalitis" presented the following results: specific gravity: 1,010± 1,50, pH: 8,35+ 0,46, total red cell count: 8,55+ 1 6,48/pl, total white cell count: 99,05 ± 106,93/pl and total protein content: 219,03 + 81,08 mg/dl. Cerebrospinal fluid was clear and clorless in allsamples from normal dogs, and in almost all dogs with distemper encephalitis, some of the samples were xanthochromic or turbid. Pandy’s resction was negative in all samples from normal dogs and positive, ranging from ++ to +++, in dogs affected by distemper encephalitis. Differential cell count from dogs affected by distemper revealed a predominance of lymphocytes (67 - 97%) in all samples. 2 - 20% of monocytes and 2 - 24% of plasma cells. In some samples...

Concentração de ceruplasmina em cães com linfoma multicêntrico submetidos à quimioterapia; Ceruloplasmin concentration in dogs with multicentric lymphoma undergoing chemotherapy

Lucas, Sílvia Regina Ricci; Merlo, Alexandre; Mirandola, Regina Mieko Sakata; Gasparin, Thais Paione
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2010 ENG
Relevância na Pesquisa
37.11%
Ceruloplasmina (Cp) é uma proteína positiva de fase aguda, responsável pelo transporte de cobre e proteção das células e tecidos contra compostos oxidantes. O objetivo deste estudo foi avaliar as concentrações de Cp no momento do diagnóstico e durante a quimioterapia em cães com linfoma multicêntrico (LM). Cp foi mensurada utilizando-se a técnica da orto dianisina em dois grupos de cães: dez cães sadios (controle) e 13 cães com LM. Todos os cães foram submetidos à quimioterapia. Cães com sintomas de doenças intercorrentes ou que haviam sido previamente tratados com prednisona foram excluídos do estudo. Cp foi mensurada antes do início do tratamento e uma vez por semana durante o primeiro mês de quimioterapia e depois a intervalos de três semanas até a recidiva.para cães com LM, e até 16 semanas nos cães do grupo controle. ANOVA seguida pelo teste de Tukey foi usada para comparar os grupos. Não houve diferença entre a media das concentrações de Cp em cães com LM ao diagnóstico quando comparados aos cães sadios (p >; 0.05). Os níveis de Cp diminuíram significativamente na quarta semana de tratamento comparado ao momento do diagnóstico. Aumentos nas concentrações de Cp não foram observados na recidiva. Durante o tratamento...