Página 1 dos resultados de 526 itens digitais encontrados em 0.068 segundos

Câncer de colo uterino: caracterização das mulheres em um município do sul do Brasil; Cervical cancer: characterization of women in a city in the south of BRAZIL; Cáncer del cuello uterino: identificación /caracterización de las mujeres en un município del sur de BRAZIL

SOARES, Marilu Correa; MISHIMA, Silvana Martins; MEINCKE, Sonia Maria Könzgen; SIMINO, Giovana Paula Rezende
Fonte: Universidade Federal do Rio de Janeiro Publicador: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
116.38%
Este estudo objetivou identificar e analisar características socioeconômicas, comportamentais e biológicas de mulheres com câncer de colo uterino que utilizaram os serviços públicos de saúde em um município do sul do Brasil. Trata-se de um estudo qualitativo com vinte mulheres com diagnóstico de câncer de colo uterino. A pesquisa teve como suporte teórico a integralidade da atenção à saúde. Para coleta dos dados, utilizamos as informações do Sistema de Informações do Câncer do Colo do Útero e entrevista semiestruturada. Foram identificadas características de faixa etária, escolaridade, frequência à consulta médica e intervalo de realização do exame preventivo. Os achados mostram que as mulheres ainda apresentam dificuldade em considerar a importância do pré-câncer para detecção precoce e prevenção do câncer de colo uterino. O desafio para o alcance da integralidade está na necessidade de repensar saberes e práticas profissionais no cuidado às mulheres, independente do motivo que as levou ao serviço de saúde.; The aim of this study was to identify and analyze socioeconomic, behavioral and biological characteristics of women with cervical cancer that used public health services in a city in the south of Brazil. This is a qualitative study...

Tendência e diferenciais socioeconômicos da mortalidade por câncer de colo de útero no Estado do Paraná (Brasil), 1980-2000; Socioeconomic trends and differentials in mortality due to cervical cancer in the State of Paraná (Brazil), 1980-2000

MÜLLER, Erildo Vicente; BIAZEVIC, Maria Gabriela Haye; ANTUNES, José Leopoldo Ferreira; CROSATO, Edgard Michel
Fonte: Associação Brasileira de Pós-Graduação em Saúde Coletiva Publicador: Associação Brasileira de Pós-Graduação em Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
126.07%
O objetivo deste artigo é discutir a evolução da mortalidade por câncer de colo de útero no Estado do Paraná entre 1980 e 2000 e analisar seus diferenciais socioeconômicos em cada região. Taxas de mortalidade ajustadas por idade foram calculadas para as 22 regionais de saúde do Estado a cada ano. Análises comparativas avaliaram indicadores socioeconômicos associados com regiões que apresentaram tendência estacionária e crescente de mortalidade. A mortalidade por câncer de colo uterino cresceu no Estado como um todo a uma taxa de 1,68% (IC 1,20-2,17) ao ano. A maior parte das regiões apresentou tendência estacionária de mortalidade por câncer de colo de útero. As regionais com tendência de aumento na mortalidade apresentaram proporção significativamente mais elevada de analfabetismo (p<0,001) e de adultos (15 anos ou mais) com menos de 4 anos de estudo (p=0,001), e renda per capita (p=0,025) e IDH (p=0,023) inferiores. Houve tendência de aumento na mortalidade em todo o Estado; as regiões que contribuíram para o aumento experimentaram piores indicadores socioeconômicos.; The scope of this paper is to discuss the evolution of mortality due to cervical cancer in the State of Paraná, Brazil, between 1980 and 2000 and analyze the socioeconomic differentials in each region of the State. Mortality data were gathered from the System for Information on Mortality by age and town of residence. Age-adjusted death rates were calculated for 22 regions of the state in each year. Comparative analysis evaluated socioeconomic indicators associated with regions that showed either stationary or increasing mortality trends. Cervical cancer deaths increased in the state of Paraná...

A integralidade na saúde da mulher: possibilidades de atenção à mulher com câncer de colo uterino nos serviços de saúde; The integrality in the woman's health: possibilities in the attention to the woman with cancer of uterine of the services of health

Soares, Marilú Correa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/10/2007 PT
Relevância na Pesquisa
136.27%
Este estudo teve como objetivo geral compreender como os serviços de saúde do Sistema Único de Saúde - SUS estão organizados, de modo a contemplar a integralidade da assistência à mulher, quando pensamos os processos de produção de cuidado no controle do câncer de colo uterino, a partir da experiência das mulheres acometidas por esse agravo, identificando e analisando o percurso assistencial dessas mulheres, apontando as dificuldades por elas enfrentadas, na perspectiva da integralidade da atenção. A pesquisa teve como suporte teórico a integralidade da atenção, em suas distintas apreensões, desde sua compreensão, não só como um princípio do SUS, mas também como exercício de boas práticas de produção de cuidado e de referência para políticas governamentais. Estudo de abordagem qualitativa, realizado junto a mulheres com diagnóstico de câncer de colo uterino, no período de 2003-2005, em um município do sul do Brasil. Os dados foram coletados de julho a dezembro de 2006, utilizando-se a observação participante da atenção dispensada às mulheres, nos serviços de saúde, e a entrevista semi-estruturada, para captação do empírico. Para os procedimentos analíticos, optou-se pela análise temática...

Qualidade de vida relacionada à saúde de mulheres com câncer de colo uterino submetidas à radioterapia; Quality of life the women with cervical câncer submitted to the radiotherapy

Fernandes, Wanessa Cassemiro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/04/2009 PT
Relevância na Pesquisa
136.35%
Tanto o diagnóstico de câncer do colo do útero como os tratamentos propostos têm diferentes repercussões na vida da mulher. Fatores físicos e psicológicos proporcionam impacto que comprometem o bem estar e a qualidade de vida, o que justificam a necessidade de uma avaliação da Qualidade de Vida relacionada à Saúde, pois embora a cura seja de principal importância, a qualidade da sobrevivência não deve ser negligenciada. Estudos que permitem determinar e avaliar os resultados funcionais das diferentes modalidades terapêuticas sob a visão dos pacientes, como os estudos de Qualidade de Vida relacionada à Saúde, tornam-se essenciais. Podendo contribuir na melhor definição de estratégias de tratamento e nas decisões dos diferentes profissionais envolvidos no cuidar; nas ações dos programas de reabilitação e na comunicação entre as equipes de cuidado e os pacientes. Neste contexto, os objetivos deste estudo foram: avaliar a qualidade de vida relacionada à saúde de mulheres com câncer de colo do uterino submetidas à radioterapia, identificando os fatores sociodemográficos, clínicos e relacionados à vida sexual, preditores de qualidade de vida. Foram estudadas 149 mulheres na faixa etária de, no mínimo 18 anos...

Avaliação do programa de medicina anti-estresse em mulheres com câncer de colo uterino submetidas à radioterapia

Ferreira, Ana Paula de Melo
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 81 f.
POR
Relevância na Pesquisa
116.29%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Ginecologia, Obstetrícia e Mastologia - FMB; The experience of onco-gynecological disease, provides distress, worries and losses in both patient and the family members, in particular, in that it has the responsibility of providing care. Clinically, there has been an attempt to modify the stress responses of individuals with anti-stress therapies, which focuses on the interactions between mind and body in the mental, social, spiritual and emotional factors directly affecting the health and capacity for self-care and self -awareness. The aim of this study was to evaluate the influence of the mindy-body medicine (MBM) in women with cervical cancer submitted to radiotherapy and their caregivers. The sample consisted of 60 women with cervical cancer submitted to radiotherapy, followed by Luxembourg Hospital in Belo Horizonte, Minas Gerais, and 60 caregivers were divided into two groups: case and control. The case group consisted of 30 women and their caregivers who participated of MBM. The control group did not participate in therapy (30 women and 30 caregivers). Participants completed a set of measurement instruments: the socio -demographic and clinical questionnaire...

Estudo citomorfológico de lesões de colo uterino

Filippin, Carla
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xvii, 109 f.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
116.29%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde. Programa de Pós-graduação em Farmácia; O Câncer de colo uterino pode ser detectado através do exame preventivo do câncer nos seus estágios iniciais possibilitando o tratamento precoce. Para isso, depende o diagnóstico de lesões displásicas, pois estas podem se desenvolver em câncer; fato que em alguns casos podem ser inconclusivos, pois a técnica de Papanicolaou é uma análise subjetiva. Com finalidade de desenvolver auxílio diagnóstico, para as lesões limítrofes e duvidosas observadas nos exames de rotina realizados pelo método de Papanicolaou, buscou-se o estudo das NORs, regiões organizadoras de nucléolo, através da impregnação por nitrato de prata, pela Técnica AgNOR. Os NORs formam pontos no núcleo da célula, que podem ser contados e medidos sua área relativa e ser utilizado como marcadores de proliferação celular. No comportamento biológico das lesões intraepiteliais cervicais, os NORs têm se mostrado um fator preditivo de malignidade. Em conseqüência ao exposto o objetivo deste trabalho foi avaliar a técnica de AgNOR aplicada em esfregaços de material cervical uterino e analisar a sua associação com o diagnóstico citológico...

Contribuições da enfermagem para a detecção precoce do câncer de colo uterino

Arzuaga Salazar, María Angélica
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 248 p.| grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
126.38%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Florianópolis, 2011; Neste estudo analisam-se o câncer de colo uterino como problema social e as contribuições da enfermagem na realização de testes para detectá-lo precocemente. Metodologicamente se fundamenta na epidemiologia descritiva e na revisão sistemática. Os resultados são apresentados na forma de artigos. No primeiro, Câncer de colo do útero: um problema social mundial, é analisado o câncer de colo de útero como problema social. Estudo transversal, com dados populacionais coletados na base de dados Globocan-2008. Foram utilizados dados das Taxas de Incidência e das Taxas de Mortalidade por 100.000 mulheres e percentuais de risco acumulado de incidência e mortalidade antes dos 75 anos pela doença nas regiões desenvolvidas e em desenvolvimento do mundo. Na análise são aplicadas as classificações da Organização das Nações Unidas (ONU) de desenvolvimento dos países ou regiões com base em projeções sociais e demográficas e os níveis de classificação das Taxas de Incidência e de Mortalidade do International Agency for Research on Cancer (IARC). O segundo artigo...

Análise da rede de atenção ao câncer de colo uterino a partir da trajetória de usuárias no Distrito Federal-BR; Analysis of the attention network to the cervical cancer from the trajectory of users in the Federal District-BR; Análisis de la red de atención al cáncer de cuello uterino a partir de la trayectoria de usuarias en el Distrito Federal-BR

Göttems, Leila Bernarda Donato; Santos, Naianny Rosa Calaça dos; Souza, Sirléia Ferreira de Oliveira; Morais, Teresa Christine Pereira; Santana, Jeíza Andrade; Pires, Maria Raquel Gomes Maia
Fonte: Nucleo de Estudos em Educação, Promoção da Saúde e Projetos Inclusivos (NESPROM), do Centro de Estudos Avançados Multidiciplinares (CEAM), da Universidade de Brasília (UnB) Publicador: Nucleo de Estudos em Educação, Promoção da Saúde e Projetos Inclusivos (NESPROM), do Centro de Estudos Avançados Multidiciplinares (CEAM), da Universidade de Brasília (UnB)
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
126.23%
Trata-se de estudo sobre a rede de atenção ao câncer de colo uterino (CCU) no Distrito Federal (DF) a partir da trajetória de usuárias desses serviços. Objetivos: delinear o percurso assistencial das mulheres desde o aparecimento dos sintomas até a realização do tratamento; identificar os potenciais e limites da rede de atenção ao CCU no DF. Metodologia: realizaram-se 10 estudos de casos quanti-qualitativos a partir de narrativas individuais. Dados coletados foi por meio de entrevistas e análise dos prontuários, no ano de 2010. Resultados: as mulheres tem facilidade de acesso à rede básica, para consulta e colpo citológico, mas convivem com a diversidade nas condutas clínicas, demora no resultado do exame, barreiras no acesso às consultas de especialidades e exames de apoio diagnóstico, levando-as a recorrer à rede privada. Conclusões: há desarticulação entre os pontos de atenção, prejudicando a qualidade e continuidade do cuidado às mulheres com CCU. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT; This study deals with the attention network to the cervical cancer (CC) in the Federal District (DF) from the trajectory of users of these services. Objectives: to delineate the pathway of care for women from the onset of symptoms until the completion of treatment; identify the potential and limits of the attention network to the CC in the DF. Methodology: ten qualitative and quantitative case studies were held from individual narratives. Data was collected through interviews and analysis of medical records...

Ressonância magnética no estadiamento dos tumores de colo uterino

Camisão,Claudia C.; Brenna,Sylvia M.F.; Lombardelli,Karen V.P.; Djahjah,Maria Célia R.; Zeferino,Luiz Carlos
Fonte: Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem Publicador: Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2007 PT
Relevância na Pesquisa
126.11%
O câncer de colo uterino é a maior causa de morte entre mulheres em todo o mundo, notadamente nos países em desenvolvimento. A Federação Internacional de Ginecologia e Obstetrícia preconiza o estadiamento durante o ato operatório, porém nos casos mais avançados a abordagem terapêutica não é cirúrgica. Nestes casos, o estadiamento, em geral, é feito com o exame clínico ginecológico e exames básicos de imagem. Entretanto, essa forma de abordagem não expressa a real extensão da doença e não inclui importantes fatores prognósticos como volume tumoral, invasão estromal e acometimento linfonodal. A ressonância magnética está sendo cada vez mais utilizada para este fim, pois nos estádios iniciais seu desempenho pode ser comparado aos achados intra-operatórios e nos estádios avançados se mostra superior em relação à avaliação clínica. A ressonância magnética apresenta excelente resolução para diversas densidades das estruturas pélvicas, não utiliza radiação ionizante, é confortável, melhora o estadiamento, permite a detecção precoce de recidiva e a identificação de fatores prognósticos fidedignos que contribuem na decisão e predição dos resultados terapêuticos, com excelente custo-efetividade. Este artigo tem como objetivo revisar os aspectos da ressonância magnética mais importantes no estadiamento desta doença.

Ressonância magnética para avaliação dos limites dos campos clássicos de radioterapia em pacientes portadoras de neoplasia maligna de colo uterino

Freire,Geison Moreira; Dias,Rodrigo Souza; Giordani,Adelmo José; Ribalta,Julisa Chamorro Lascasas; Segreto,Helena Regina Comodo; Segreto,Roberto Araujo
Fonte: Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem Publicador: Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2010 PT
Relevância na Pesquisa
126.23%
OBJETIVO: Avaliar os limites de campo padronizados para radioterapia de neoplasia maligna de colo uterino com o uso de ressonância magnética e verificar a importância deste exame na redução de possíveis erros de planejamento com técnica convencional. MATERIAIS E MÉTODOS: Foram analisados, retrospectivamente, exames de ressonância magnética do planejamento de 51 pacientes tratadas devido a neoplasia de colo uterino. Os parâmetros estudados foram limites anterior e posterior no corte sagital. RESULTADOS: Observou-se, no corte sagital das ressonâncias magnéticas, que o limite de campo anterior apresentou-se inadequado em 20 (39,2%) pacientes e que houve perda geográfica em 37,3% dos casos no limite posterior. A inadequação de ambos os limites de campo não se relacionou com parâmetros clínicos como idade das pacientes, estadiamento, tipo e grau histológico. CONCLUSÃO: A avaliação dos limites de campo padronizados pela literatura com o uso de ressonância magnética mostrou altos índices de inadequação dos limites do campo lateral, assim como a importância do uso deste exame no planejamento radioterápico de pacientes portadoras de câncer de colo uterino com a finalidade de reduzir a perda geográfica no volume alvo de tratamento.

Câncer do Colo Uterino: Correlação com o Início da atividade Sexual e Paridade

Murta,Eddie Fernando Candido; Franca,Hélio Godoy; Carneiro,Mariana Corrêa; Caetano,Mário Sérgio Silva Gomes; Adad,Sheila Jorge; Souza,Maria Azniv Hazarabedian de
Fonte: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia Publicador: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/1999 PT
Relevância na Pesquisa
116.3%
Objetivo: analisar a paridade e o início da atividade sexual de mulheres com câncer de colo uterino invasivo. Métodos: foram estudados retrospectivamente 362 casos de câncer de colo uterino tratados no Ambulatório de Oncologia Ginecológica da Faculdade de Medicina do Triângulo Mineiro de 1978 a 1995. Foram analisadas a idade do início da atividade sexual e a paridade, em períodos, de acordo com a data do diagnóstico, de 1978 a 1983 (65 casos), de 1984 a 1989 (127 casos) e de 1990 a 1995 (170 casos). Resultados: os resultados mostraram que a multiparidade diminuiu do primeiro período para o último (82, 67,3 e 63,8% das pacientes, respectivamente) (p<0,02; teste do chi²). O início da atividade sexual antes dos 18 anos de idade ocorreu, respectivamente, em 59,2, 54,5 e 55,5% das pacientes (p, não significante). Conclusões: a multiparidade parece estar relacionada com o câncer invasivo do colo uterino, apesar de, atualmente, a paridade estar dimuindo. A maioria das mulheres com câncer do colo do útero tem o início da atividade sexual antes dos 18 anos, independente do período estudado.

Custo-efetividade no diagnóstico precoce do câncer de colo uterino no Brasil

Caetano,Rosângela; Vianna,Cid Manso de Mello; Thuler,Luiz Cláudio Santos; Girianelli,Vania Reis
Fonte: IMS-UERJ Publicador: IMS-UERJ
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2006 PT
Relevância na Pesquisa
136.21%
Trata-se de estudo de custo-efetividade comparando o teste de Papanicolaou com as novas tecnologias de rastreamento do câncer cérvico-uterino. Foi utilizado um modelo analítico de decisão para simular os impactos econômicos e em saúde das tecnologias de rastreamento, tendo como unidade de desfecho os casos detectados de câncer de colo uterino ou lesões precursoras de alta malignidade. As estratégias de rastreamento examinadas foram: teste de Papanicolaou; citologia em meio líquido; captura híbrida para Papilomavirus (CH-HPV); CH-HPV com autocoleta; associação do teste de Papanicolaou com CH-HPV; e associação de citologia em meio líquido com CH-HPV. O universo temporal restringiu-se a um ano. A perspectiva adotada no estudo foi a do sistema de saúde, contabilizando-se apenas os custos médicos diretos de rastreamento dos casos detectados e utilizando os valores propostos pela tabela da Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos. Estimaram-se também os preços que as tecnologias não presentes na tabela de reembolso do SUS precisariam ter para que as relações de custo-efetividade fossem, no mínimo, equivalentes ao teste de Papanicolaou. Concluiu-se que, embora o teste de Papanicolaou possa ser mais custo-efetivo...

Qualidade e desempenho das colpocitologias na prevenção de câncer de colo uterino

Uchimura,Nelson Shozo; Nakano,Keiji; Nakano,Lina Cavalcanti de Góes; Uchimura,Taqueco Teruya
Fonte: Associação Médica Brasileira Publicador: Associação Médica Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2009 PT
Relevância na Pesquisa
136.27%
OBJETIVO: Estimar a prevalência e analisar a qualidade e o desempenho das colpocitologias realizadas no Programa de Prevenção de Câncer de Colo Uterino no município de Maringá-PR. MÉTODOS: Estudo retrospectivo dos dados do SIS-Colo do Ministério da Saúde. Foram analisadas as variáveis idade, resultado de colpocitologia e procedência. As idades foram categorizadas em faixas etárias, a procedência distribuída em cinco regionais de saúde do município de Maringá; a colpocitologia foi categorizada conforme o Sistema Bethesda. Calculou-se a cobertura de colpocitologia dividindo-se o número de exames na população de 25 a 59 anos pelo número de mulheres nesta mesma faixa etária. RESULTADOS: As 17.664 colpocitologias coletadas, no ano de 2005, pela rede pública se distribuíram entre as mulheres com idade mínima de 12 e máxima de 82 anos, sendo 12.961 (73,4%) exames na faixa entre 25 e 59 anos, considerada de maior risco para o câncer. Foram negativos para neoplasia 17.458 (98,84%) exames e as alterações celulares (ASCUS/AGUS, LIEBG, LIEAG e câncer invasor) totalizaram 206 (1,16%). Encontrou-se prevalência de ASCUS de 0,85% (151), de atipias celulares 1,14% (203/17.664) e a relação ASCUS/atipias celulares 2,75% (151/55). CONCLUSÃO: A prevalência das alterações colpocitológicas e da ASCUS abaixo dos índices esperados...

Células glandulares atípicas e câncer de colo uterino: revisão sistemática

Marques,Juliana Pedrosa de Holanda; Costa,Lívia Bandeira; Pinto,Ana Paula de Souza e; Lima,Anacássia Fonseca de; Duarte,Maria Eugênia Leite; Barbosa,Ana Paula Fernandes; Medeiros,Paloma Lys de
Fonte: Associação Médica Brasileira Publicador: Associação Médica Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2011 PT
Relevância na Pesquisa
126.15%
Atipias de células glandulares em esfregaços cervicovaginais é um achado citológico na rotina de rastreamento do câncer cervical, que aumentou nas últimas décadas. Sua constatação é importante clinicamente, pois é alta a percentagem de casos associados com doença cervical e endometrial de alto grau e câncer. Este trabalho avaliou, por meio de uma revisão sistemática, estudos que investigaram o perfil das lesões de colo uterino em avaliações histológicas de seguimento de pacientes já diagnosticadas com células glandulares atípicas. Foram excluídos os estudos cuja investigação diagnóstica não incluísse o diagnóstico histopatológico. Realizou-se uma busca abrangente de publicações no período de 1966 a 2009, nas bases do LILACS, SciELO, PubMed/Medline e Old Medline. Os artigos omitidos na busca eletrônica também foram incluídos. Estavam de acordo com os critérios de inclusão 19 artigos, que foram selecionados. Este estudo tem como objetivo avaliar se a atipia celular glandular observada inicialmente na citologia relacionava-se histologicamente com a presença de lesões benignas, pré-neoplásicas ou neoplásicas. Dos 19 estudos selecionados, 11 mostraram maior correlação entre atipia glandular com patologias benignas e seis com lesões escamosas pré-malignas.

Influência do posicionamento da paciente na modificação da dose em órgãos críticos na braquiterapia de alta taxa de dose em câncer de colo uterino

Azevedo Melo, Jonathan; de Jesus Amaral, Ademir (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
146.2%
A braquiterapia de alta taxa de dose é um procedimento médico que utiliza radioisótopos com taxa de dose acima de 0,2 Gy/min. Este tipo de tratamento é comumente utilizado no câncer de colo uterino em suas fases mais avançadas. Este tipo de braquiterapia tem substituído a modalidade de baixa taxa de dose por ser um tratamento dado de forma ambulatorial e sem a necessidade de anestesia. O principal fator limitante do uso da técnica de braquiterapia com alta taxa de dose para o tratamento das neoplasias de colo uterino é seu risco potencial de sequelas actínicas nos órgão normais adjacentes, como a bexiga, o reto e o cólon sigmóide. Por outro lado, a mudança da posição da paciente numa mesa de exame faz com que haja modificações da posição dos órgãos internos. A maior distância destes órgãos da região a ser irradiada pode fazer com que seja obtida uma menor dose e, por consequência, mitigação dos efeitos indesejáveis. Atualmente, não existe na literatura científica uma recomendação do posicionamento de decúbito para tratamento destas pacientes. Neste contexto, o objetivo deste trabalho foi identificar a influência destes posicionamentos por meio da comparação das doses absorvidas na bexiga, reto e sigmóide das pacientes em decúbito dorsal...

Perfil Imunoistoquímico do Câncer de Colo Uterino

Pires, Guacyra Magalhães; Amorim Junior, Adelmar Afonso de (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Dissertação
BR
Relevância na Pesquisa
146.31%
Introdução: O câncer de colo uterino é um importante problema de saúde pública mundial, terceira causa de morte por câncer em mulheres. Os receptores de membrana com atividade intrínseca de tirosina quinase controlam funções celulares como proliferação e diferenciação celular através da ativação de vias intracelulares de transdução de sinal, relacionando-se com a angiogênese que desempenha papel crucial no crescimento tumoral e promoção de metástases. Objetivos: Identificar características histopatológicas de amostras de câncer de colo uterino; verificar a expressão e o grau de expressão dos marcadores imunoistoquímicos VEGF (fator de crescimento vascular endotelial), PDGFR- (receptor do fator de crescimento derivado de plaquetas), EGFR (receptor do fator de crescimento epidérmico); descrever associação entre características histopatológicas e perfil imunoistoquímico. Métodos: Estudo transversal, retrospectivo. Coleta de dados no Laboratório Romualdo Lins, Caruaru, Pernambuco, entre setembro de 2010 e junho de 2011. 31 blocos de parafina de espécimes exclusivos de carcinomas de colo uterino obtidos unicamente por histerectomia. Excluídos: espécimes obtidos por biópsia ou conização; os cedidos para revisão em outro laboratório e não devolvidos; insuficiência de material ou presença de desgaste comprometendo realização de revisão histológica e imunoistoquímica. Dados organizados em planilha Excel® e analisados com programa SPSS®...

Avaliação da importância da concentração plasmática de lectina ligante de manose (MBL) na evolução das lesões escamosas de baixo grau, alto grau e câncer de colo uterino

Maestri, Carlos Afonso
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: 71f. : il. algumas color., tabs., grafs.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
116.29%
Orientador: Prof. Dr. Newton Sérgio Carvalho; Co-orientador: Prof. Dr. Renato Mitsunori Nisihara; Co-orientadora: Profª. Drª. Maria da Graça Bicalho; Co-orientadora: Profª. Drª. Iara Taborda Messias Reason; Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Medicina Interna. Defesa : Curitiba, 21/11/2014; Inclui referências; Resumo: Introdução- A as lesões associadas com a infecção pelo HPV podem evoluir para lesões pré malignas como as neoplasias intraepiteliais cervicais(NIC) e câncer de colo uterino(CC). Suspeitamos que alguma falha no sistema imune permita a persistência do vírus. Neste estudo foi avaliado de forma transversal a concentração de (MBL) Lectina Ligante de Manose, uma ficolina que atua na via das lectinas do sistema complemento e para se avaliar a hipótese que poderia estar envolvida na evolução da doença. Método- As pacientes atendidas no serviço de Patologia do Trato Genital Inferior do Hospital Erasto Gaertner em 2011, (Hospital do Câncer) foram triadas de acordo com o grau de doença em NIC1, NIC2, NIC3 e Câncer. Foi coletado sangue para exames de rotina e dosagem da concentração de MBL. Resultado- Foram avaliados 364 pacientes distribuídas em NIC1=54...

Perfil epidemiologico das neoplasias do colo uterino (in situ e invasoras) diagnosticadas na cidade de goiânia: análise de 17 anos (1988-2004); Epidemiological profile of cancer of the cervix (in situ and invasive) diagnosed in the city of goiânia: analysis of 17 years (1988-2004)

ALMEIDA, Fábio Marques de
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Ciências da Saúde; Ciências da Saúde - Medicina Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Ciências da Saúde; Ciências da Saúde - Medicina
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
116.35%
Determine the epidemiological profile of in situ and invasive neoplasias of the uterus cervix in Goiânia during the period from 1988 to 2004. Methodology: The cases were identified in the Population Base Register of Cancer database of Goiânia. The studied variables were: age, histological type, extension of the disease and mortality. Analysis was done by central tendency in which the incidence rates were calculated by age, extension of the disease using Census population data and the standard population of Segi; for the mortality analysis the data were extracted from Mortality Information System. Results: We identified 4446 cases of in situ and invasive neoplasias of the uterus from the period of 1988 to 2004. Histopathology was used in 91,9% of the cases; average age was 40 years old for the in situ neoplasias and 52 years for the invasive ones (DP ± 13 and 14 years old, respectively). There were 2213 (58,28%) in situ cases, 1603 invasives (41,8%) and, in 633 cases (14,2%), it was not possible to verify their extension. The annual rate of percentage change (AAPC) for the in situ incidence was 13.08% (IC 95% 9.75 16.50; p<0.0000) per year and1.27% (IC95% -1.74 4.37; p<0.3862) for the invasive cases. The standard mortality rate was 12.2 and 8.2 per 100...

Tipos de HPV e câncer do colo uterino: impacto no prognóstico das pacientes com tumores nos estádios iniciais; Human papillomavirus types 16 and 18 and the prognosis of patients with stage I cervical cancer

Zampronha, Rossana de Araújo Catão
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Medicina Tropical e Saúde Publica (IPTSP); Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - IPTSP (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Medicina Tropical e Saúde Publica (IPTSP); Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - IPTSP (RG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
126.33%
INTRODUCTION: The cervical cancer is the third most frequent malignant neoplasia among women in Brazil and it is responsible for the fourth cause of death for cancer. It is related among other causes to persistent infection by human papillomavirus. Doubts persist if HPV type could influence the tumor prognosis. OBJECTIVE: To study the prevalence of HPV 18 and HPV 16 in women presenting cervical cancer in clinic stage Ib, treated by radical hysterectomy with linfadenectomy, establishing prognostic correlation. METHODS: A retrospective cohort study, including 86 pacients with cervical cancer Ec I, submitted to radical hysterectomy, in a single center, in which were analysed the known prognostic factors and the positivity to HPV by PCR. Univariate analysis was performed, with Kaplan-Meir curves, for survival estimative. RESULTS: The prevalence of HPV 16 infection was 65.3% and HPV 18 prevalence was 33.3%. To both virus the prevalence was 26.9%. The overall survival for women presenting HPV 18 infection, in sixty months, was 91% and those women without HPV 18 infection, the overall survival was 96%. The overall survival for women with and without HPV16 infection was 94% and 96%, respectively. The disease free survival was not influenced by the presence of either virus. CONCLUSION: In the present study...

Papliomavirus Humano (HPV) e sua associação com alterações citológicas no seguimento precoce de pacientes com câncer de colo uterino invasivo tratado; Association between human papilloma virus infection and cytoiogicalabnormalities in early follow up of Invasive cervical cancer

Azevedo, Ana Emília Borges de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
136.29%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2012.; INTRODUÇÃO: O câncer de colo uterino é uma neoplasia que ainda apresenta alta incidência e mortalidade nos países em desenvolvimento e que possuí um agente etiológico e história natural bem estabelecidos. O emprego da radioterapia no tratamento é fundamental por sua eficácia terapêutica, porém freqüentemente induz alterações morfológicas nas células epiteliais neoplásicas e não neoplásicas e nas células estromais, que dificultam o diagnóstico de doença neoplásica residual,gerando um dilema na rotina do patologista. Considerando as limitações da citologia na detecção de câncer residual, torna-se relevante associar à citologia, métodos capazes de detectar a presença de HPV. Neste estudo, os métodos associados foram captura híbrida e imunocitoquímíca, com o objetivo de avaliar a freqüência de infecção por HPV em amostras cervícais e vaginais no seguimento precoce de pacientes com câncer de colo uterino invasivo tratado e correlacionar com os resultados do exame citológico. MÉTODOS: Estudo descritivo transversal, no qual foram avaliadas 52 amostras cervicais e vaginais de pacientes com câncer de colo uterino invasivo...