Página 1 dos resultados de 3 itens digitais encontrados em 0.015 segundos

[Discurso do Deputado Carlos Lacerda : Sessão da Câmara dos Deputados de 28 de agosto de 1957]

Lacerda, Carlos
Fonte: Câmara dos Deputados do Brasil Publicador: Câmara dos Deputados do Brasil
Tipo: Discurso
PT_BR
Relevância na Pesquisa
45.91%
Discussão do Projeto nº 1.773-A, de 1956, que fixa a data para a mudança da Capital Federal. Descrédito quanto ao cumprimento do prazo para a mudança da Capital Federal, fundamentando sua tese com trecho de programa de governo do presidente Juscelino Kubitschek, do qual faz a leitura, onde S. Ex.a. afirma não ser possível a construção da Nova Capital em menos de quinze anos. Preocupação com o futuro do Rio de Janeiro, quando deixar de ser a Capital do país.; Título fornecido pelo catalogador.

Reabertura do comércio entre o Brasil e o Japão após a segunda Guerra Mundial

Shimizu, Masako
Fonte: [s.n.] Publicador: [s.n.]
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
45.99%
RESUMO As relações diplomáticas entre o Brasil e o Japão começa ram com o Tratado de Amizade, Comércio e Navegação, estabele cido em Paris, em 1895. Desde então, os dois países mantiveram relações amistosas ate o inicio da Segunda Guerra Mundial, quando suas relações foram interrompidas. Em 1949, as rela - ções foram reatadas e até hoje os dois países mantêm relações estreitas e amistosas, que fazem do Japão o segundo maior importador do Brasil. O objetivo desta dissertação é demonstrar como o comércio entre os dois países recomeçou, após a Segunda Guerra Mun dial e;iàto significa procurar as bases das relações estreitas existentes entre o Brasil e o Japão. Para redigir esta dissertação, foram utilizados, como fon te primária, os ofícios conservados no Arquivo Histórico do ' Itamaraty, no Rio de Janeiro. Também foram consultados livros, revistas e dados pertencentes ao Brasil e ao Japão, como fonte secundária. No Brasil, os documentos diplomáticos até 1900 estão disponíveis ao público. Porém, para a consulta dos documentos posteriores a 1900 até 1959, há necessidade de auto rização do Ministério das Relações Exteriores do Brasil. Os documentos posteriores a 1960, não estão ã disposição do pú blico. Ao solicitar-se ao Itamaraty a autorização de pesquisa dos documentos de. 1949 até 1959...

Aspectos históricos determinantes para origem da inflação crônica brasileira e os planos de estabilização monetária no Brasil (1956 – 1994)

Silva, Emanuel Godinho
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.22%
No governo desenvolvimentista do presidente Juscelino Kubitschek, iniciado em 1956, foi lançado o primeiro grande projeto de desenvolvimento econômico realizado no Brasil. Porém, é a partir da concepção deste projeto que o processo inflacionário brasileiro teve início. Após o Plano de Metas, as equipes econômicas se desdobraram para estancar essa anomalia, a qual tomaria um rumo acelerado após os choques externos da década de 1970. Um pequeno sucesso na estabilização inflacionária foi sentido no primeiro governo militar em 1964 (Programa de Ação Econômica do Governo - PAEG), porém os militares não levaram em consideração o ambiente recessivo mundial, e prosseguiram com seus projetos desenvolvimentistas fortemente financiados por crédito estrangeiro (Planos Nacionais de Desenvolvimento – PND’s). A partir deste quadro externo que a hiperinflação se tornou uma séria ameaça para a economia nacional. Os anos que suportaram os governos de José Sarney e Fernando Collor de Mello foram de experimentos, os quais tornaram a economia em um laboratório de experiências fracassadas no combate à inflação e à indexação descontrolada de preços (Plano Cruzado, Plano Bresser, Plano Verão, Planos Collor). Este trabalho investiga os diversos planos de desenvolvimento e as políticas anti-inflacionárias aplicadas no país a partir de 1956...