Página 1 dos resultados de 29146 itens digitais encontrados em 0.037 segundos

As manifestações rituais nas organizações e a legitimação dos procedimentos administrativos

Cavedon, Neusa Rolita
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf; application/pdf; application/zip
POR
Relevância na Pesquisa
55.71%
Este trabalho objetiva, à luz do referencial teórico da Antropologia, descrever os rituais da Administração de Recursos Humanos levados a efeito na Rede Brasil Sul de Comunicações S/A (RBS), enfatizando-se os ritos de passagem e as celebrações. Por rito de passagem da Administração de Recursos Humanos entende-se o processo de admissão de um funcionário. O recrutamento e a seleção correspondem à fase de separação do rito de passagem; o período de experiência do funcionário que açambarca o treinamento de integração caracteriza a fase de margem; e a efetivação do funcionário configura a agregação. As festas de final de ano, os jubilados, os 25 anos da empresa, a festa do Dia dos Jornaleiros, dentre outros eventos comemorativos, enquadram-se na categoria das celebrações. Essas celebrações são realizadas, pela empresa, visando a união do seu quadro funcional em torno dos objetivos organizacionais. o mito do fundador é narrado, dado que, em todos os rituais executados na empresa, implícita ou explícitamente, ele se faz presente. Os simbolos por fazerem parte dos rituais, também foram referenciados ao longo da dissertação. Esta pesquisa pode ser classificada como um estudo exploratório, subtipo exploratório-descritivo combinados. A análise e a interpretação dos rituais da RBS extrapolaram para o contexto mais amplo...

Importância da matriz e das características do hábitat sobre a assembléia de pequenos mamíferos em fragmento de Mata de Restinga no sul do Brasil

Langone, Patrícia Quintana
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
55.83%
Estudos envolvendo o processo de fragmentação de hábitats e suas conseqüências para a fauna de pequenos mamíferos têm sido realizados, mas poucos referem-se às florestas do sul do Brasil. O objetivo deste trabalho foi verificar a influência da matriz circundante ao fragmento e das variáveis do hábitat sobre a assembléia de pequenos mamíferos em uma Mata de Restinga no sul do Brasil. Áreas de campo, banhado e floresta foram avaliadas em relação à abundância de pequenos mamíferos. Nas áreas de floresta, foram medidas 13 variáveis do microhábitat. Verificou-se que as matrizes de campo e banhado influenciam a composição, riqueza e abundância dos pequenos mamíferos no fragmento, onde algumas espécies ocorrem em todos os ambientes (Akodon reigi, Akodon sp., Oligoryzomys nigripes, O. flavescens e Lutreolina crassicaudata) enquanto outras restringem-se à floresta (Sooretamys angouya, Rattus rattus e Didelphis albiventris). Relações estatisticamente significativas foram encontradas entre Oligoryzomys nigripes e profundidade da serapilheira. O. flavescens foi positivamente relacionado com densidade da vegetação a 1m Akodon reigi esteve relacionado com a densidade vertical da vegetação a 50cm, densidade horizontal da vegetação a 1m...

A família Polygalaceae na Região Sul do Brasil

Ludke, Raquel
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
45.94%
Atualmente representada por aproximadamente 19 gêneros e cerca de 1300 espécies, Polygalaceae é uma família cosmopolita concentrada em regiões tropicais e temperadas, estando ausente na Nova Zelândia e nas zonas Antártica e Ártica. No território brasileiro, a família está representada pelos gêneros Barnhartia Gleason, Bredemeyera Willd., Diclidanthera Mart., Monnina Ruiz & Pav., Moutabea Aublet, Polygala L. e Securidaca L., somando cerca de 240 espécies. O presente estudo trata da revisão taxonômica da família Polygalaceae na Região Sul do Brasil que inclui os Estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Embora inúmeros trabalhos de revisão taxonômica e trabalhos regionais envolvendo a família Polygalaceae tenham sido realizados em grande parte do território brasileiro durante os últimos 30 anos, a carência de coletas na Região Sul bem como a necessidade de um estudo mais detalhado da família nestes Estados são os principais objetivos que levaram ao desenvolvimento deste estudo. A tese consiste de três capítulos: 1) Revisão taxonômica da família Polygalaceae na Região Sul do Brasil. Foram confirmados quatro gêneros para os Estados sulinos: Bredemeyera, Monnina, Polygala e Securidaca. Houve um predomínio absoluto do gênero Polygala na Região Sul do Brasil...

Bredemeyera Willd. e Securidaca L. (Polygalaceae) na Região Sul do Brasil

Ludtke, Raquel; Chies, Tatiana Teixeira de Souza; Miotto, Silvia Teresinha Sfoggia
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
45.93%
(Bredemeyera Willd. e Securidaca L. (Polygalaceae) na Região Sul do Brasil). Na Região Sul do Brasil a família Polygalaceae está representada por quatro gêneros: Bredemeyera Willd., Monnina Ruiz & Pav., Polygala L. e Securidaca L. O presente estudo trata de uma revisão taxonômica de Bredemeyera e Securidaca para a Região Sul do Brasil. Para tanto realizou-se uma revisão bibliográfica e de herbários bem como expedições de coleta nos Estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Bredemeyera se distribui nas Américas Central e do Sul e nas Índias Ocidentais, sendo representado no Brasil por cerca de 14 espécies. O gênero Securidaca é predominantemente neotropical e possui 24 espécies confirmadas para a flora brasileira. Na Região Sul do Brasil, Bredemeyera está representado apenas por Bredemeyera floribunda Willd., uma liana que tem como limite sul o Estado do Paraná. Também constituído por trepadeiras lenhosas ou lianas, o gênero Securidaca está representado por três espécies na Região Sul: Securidaca lanceolata A. St.-Hil. & Moq., S. macrocarpa A. W. Benn. e S. rivinaefolia A. St.-Hil. & Moq. Dos táxons confirmados, a única espécie que ocorre nos três Estados da Região Sul é Securidaca lanceolata...

O apagamento da vibrante na fala do sul do Brasil sob a ótica da palavra

Silveira, Giselle da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
55.78%
Este trabalho é uma pesquisa sobre a variação da vibrante e suas variantes na fala de regiões do Sul do Brasil, com destaque para o cancelamento do r em coda final de não-verbos. Utiliza-se um corpus, extraído do banco de dados do projeto VARSUL, para a análise de cinco variantes, sob os métodos quantitativos do modelo de análise variacionista nas linhas de Labov (1969). Além de descrever o comportamento variável da vibrante e suas variantes, bem como sua distribuição pelos fatores linguísticos e sociais nas regiões analisadas, nossa pesquisa inclui uma análise do apagamento do r final sob a ótica da palavra, isto é, de acordo com nossos resultados, o cancelamento do r não estaria sendo condicionado por regra fonológica, mas se daria em determinadas palavras, como sustenta a Teoria da Difusão Lexical, nas linhas de Wang (1969, 1977).; This paper is a study of the variation in the vibrant and its variants in the speech of southern regions in Brazil, especially the deletion of the r in the final coda of non-verbs. We use a corpus, extracted from the project VARSUL database, for the analysis of five variants in the model of quantitative methods of variational analysis, according to Labov (1969). In addition to describing the behavior of the variable vibrant and its variants...

Motivação : a realidade do funcionalismo do Banco do Brasil em Santa Cruz do Sul (RS)

Silva, Paulo Sergio da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
45.93%
O presente trabalho de pesquisa tem por objetivo mostrar o perfil motivacional dos funcionários do Banco do Brasil lotados nas agências localizadas na cidade de Santa Cruz do Sul, Estado do Rio Grande do Sul, no intuito de colaborar para os estudos da área de recursos humanos, a fim de que sejam cada vez mais aprimorados os elementos de estímulo aos mais de oitenta mil servidores em âmbito nacional, ante as necessidades e anseios dessa parcela pesquisada. Aos administradores dessas Agências, tal trabalho auxiliará e norteará suas ações, desde a busca por uma meta, bem como para lidar com situações adversas, do tipo movimentos grevistas, entre outros. Ao mesmo tempo, este trabalho poderá, no futuro, servir de base para outras obras sobre o mesmo tema, no sentido de propiciar uma comparação em momentos distintos. Para o atingimento de tais objetivos, realizou-se, primeiramente, uma pesquisa de cunho bibliográfico, na qual se discorre sobre a motivação e seus diferentes significados, sobre os mitos que envolvem a motivação, sobre motivação e necessidades, sobre motivação profissional e os fatores a ela relacionados, além de se apresentarem diferentes teorias sobre a motivação humana e os fatores estimuladores da motivação profissional. Na seqüência...

Políticas de línguas estrangeiras na educação básica : Brasil e Argentina entre avanços, percalços

Cristofoli, Maria Sílvia
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
45.94%
A tese analisa, no território das políticas públicas curriculares, as políticas de ensino de língua estrangeira (espanhol e português) na educação básica, os avanços e as dificuldades na implementação das decisões e resoluções do MERCOSUL Educacional, comparativamente no Brasil (Rio Grande do Sul) e na Argentina (Província de Córdoba). O recorte temporal concentra-se nas últimas décadas, mas também se faz uma breve incursão histórica sobre territórios e fronteiras entre Espanha e Portugal além de algumas discussões sobre aspectos identitarios e de representações sobre o “outro” (brasileiro e argentino). Trabalha-se com o ciclo de política e três de seus contextos. As políticas curriculares para o ensino de línguas estrangeiras são analisadas a partir dos modelos de organização curricular e das racionalidades. A pesquisa trata, ainda, da análise dos documentos do MERCOSUL Educacional e trabalha-se com análise documental destacando aspectos do ensino das línguas oficiais e formação de professores. Pela abordagem das políticas linguísticas são trabalhadas diferenças entre língua oficial, estrangeira e segunda línguas. Para dar voz a alguns dos sujeitos envolvidos no contexto da prática faz-se uso das representações sociais nas entrevistas com professores do curso de formação de professores de língua estrangeira (português e espanhol) na Universidade Federal do Rio Grande do Sul...

Contribuições ao manejo sustentável dos frutos de Euterpe edulis Martius : estrutura populacional, consumo de frutos, variáveis de habitat e conhecimento ecológico local no sul do Brasil

Troian, Letícia Casarotto
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
55.77%
A conservação da biodiversidade da Floresta Atlântica está cada vez mais relacionada com sistemas de manejo sustentável que combinem viabilidade econômica e conservação. Porém, muitos aspectos da autoecologia das espécies foco de manejo, fundamentais para o êxito do uso sustentável, ainda são desconhecidos. Aliado ao conhecimento acadêmico, o conhecimento ecológico local (CEL) apresentase como ferramenta fundamental no processo de elaboração de estratégias de manejo. Assim, pela demanda de informações para potencializar o uso sustentável da palmeira juçara (Euterpe edulis Martius), através do uso dos frutos por comunidades locais, o presente trabalho objetivou (a) avaliar aspectos da estrutura populacional de E. edulis, (b) estimar a quantidade de frutos consumida pela fauna sobre o chão da floresta e sua relação com variáveis de hábitat, e (c) levantar informações sobre a espécie e o consumo pela fauna através do CEL, relacionando-as com características sócioeconômicas de agricultores locais e dados científicos. O trabalho foi realizado em quatro fragmentos florestais de Mata Atlântica no litoral norte do Rio Grande do Sul, município de Maquiné. Ao todo foram 58 unidades amostrais (UA) de 100 m²...

Genética e conservação do leão-baio (Puma concolor) no sul do Brasil

Castilho, Camila Schlieper de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
55.92%
O leão-baio (Puma concolor), segundo maior felino neotropical, tem a maior distribuição geográfica nas Américas. A subespécie que ocorre no sul do Brasil é listada como least concern e vulnerável nas listas de espécies ameaçadas da IUCN e do Ministério do Meio Ambiente brasileiro, respectivamente. Em áreas nas quais a onça-pintada (Panthera onca) foi localmente extinta, o leão-baio tem o papel de predador de topo de cadeia alimentar influenciando na manutenção de processos do ecossistema e na biodiversidade, como é o caso no sul do Brasil. Neste trabalho nós investigamos a existência de um gargalo de garrafa recente e a variabilidade genética dos leões-baios do sul do Brasil. Foi analisada também a existência de estrutura populacional utilizando métodos Bayesianos, estimada a densidade e realizadas análises de parentesco. A conectividade da paisagem foi correlacionada com os padrões de fluxo gênico para identificar sua permeabilidade à espécie e possíveis áreas fontes de migrantes para a população de leões-baios do sul do Brasil. Foram utilizados 18 locos de microssatélites e um intron do cromossomo Y. Um total de dois haplótipos de Y e 106 alelos de microssatélite foram identificados, o número de alelos/loco foi de 2 a 11. A heterozigosidade observada media...

Geobiologia do Atol das Rocas, Atlântico Sul Equatorial

Soares, Marcelo de Oliveira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
55.67%
Esta tese aborda a geobiologia do único Atol do Oceano Atlântico Sul. Diferentes classificações foram realizadas para o complexo recifal de Rocas ao longo dos séculos XIX e XX, as quais são avaliadas historicamente. Análises biogeomorfológicas e de mapeamento das unidades recifais foram realizadas no Atol das Rocas para a compreensão da dinâmica sedimentar e do relevo deste recife oceânico. Os diferentes compartimentos recifais são afetados por processos biogeomorfológicos como controle de processos erosivos, bioproteção, bioerosão recifal, bioturbação, cimentação de areia carbonática biogênica, produção de sedimentos biodetríticos e bioconstrução (principalmente de algas calcáreas, corais, vermetídeos e foraminíferos). Organismos diversos incluindo aves, peixes, tartarugas, corais, zoantídeos, algas, moluscos, poliquetas, sipunculídeos, foraminíferos e microorganismos agem nos diferentes grupos de processos biogeomorfológicos gerando as características únicas do Atol. O recife oceânico se desenvolveu provavelmente nos últimos 7000 anos do Período Neógeno. A paleohidrodinâmica da corrente oceânica, variações no gradiente de energia no lado a barlavento e sotavento e, sobretudo, as oscilações eustáticas holocênicas foram preponderantes na evolução recifal. Em níveis de mar alto uma grande laguna composta por comunidades bentônicas se formou com grande diversidade biológica. Eventos regressivos e de erosão por ação de ondas e correntes levou as feições observadas atualmente...

Piloto Programa Segundo Tempo em parceria com o Instituto Pró Brasil

Oliveira, Michele Castro de (repórter); Ministério do Esporte; Pires, Rafael (imagens); Instituto Pró Brasil
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Material de Divulgação Formato: video/x-msvideo; 11 minutos e 20 segundos
POR
Relevância na Pesquisa
55.61%
Vídeo apresentando as atividades desenvolvidas em Valparaíso.; CD Produzido pelo Instituto Pró Brasil para divulgação de atividades desenvolvidas no Programa Segundo Tempo. O vídeo integra o acervo institucional do Programa Segundo Tempo/Ministério do Esporte.

Piloto Programa Segundo Tempo em parceria com o Instituto Pró Brasil

Oliveira, Michele Castro de (repórter); Ministério do Esporte; Pires, Rafael (imagens); Instituto Pró Brasil
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Material de Divulgação Formato: video/x-msvideo; 11 minutos e 20 segundos
POR
Relevância na Pesquisa
55.61%
Vídeo apresentando as atividades desenvolvidas em Valparaíso.; CD Produzido pelo Instituto Pró Brasil para divulgação de atividades desenvolvidas no Programa Segundo Tempo. O vídeo integra o acervo institucional do Programa Segundo Tempo/Ministério do Esporte.

Conexão climática entre o Modo Anular do Hemisfério Sul com a Península Antártica e o Sul do Brasil

Aquino, Francisco Eliseu
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
55.83%
Este trabalho investigou as conexões climáticas entre o sul do Brasil (SB) e a região da Península Antártica (PA), sob a influência do Modo Anular do Hemisfério Sul (SAM). Assim, analisou-se por meio de Funções Ortogonais Empíricas (EOF), análise de correlações e composições as seguintes variáveis: pressão ao nível médio do mar (PNM), geopotencial em 500 (Z500) e 850 (Z850) hPa, componente meridional do vento (v) a 10 m, e temperatura média mensal (TMM) a 2 m do banco de dados do ERAInterim (European Reanalysis Agency), entre 1979 e 2010; e de TMM a 2 m da base de dados CRU/BADC (Climatic Research Unit/British Atmospheric Data Centre), entre 1961 e 2009. Ocorreu um aumento de 0,56ºC (i.e., 0,0114ºC a-1) na série de anomalias de temperatura média anual no SB, entre 1961 e 2009. A temperatura média sazonal apresentou tendência de aumento estatisticamente significativa (α < 1%) somente no outono (+0,0179ºC a-1), enquanto o SAM apresentou tendência positiva (1979 – 2009), estatisticamente significativa (α < 5%), nas estações de verão e outono. A primavera foi a estação predominante de ocorrência da fase (-) do SAM, 18 casos, e o inverno da fase (+), com 20 casos. Os modos de variabilidade dos campos atmosféricos (TMM...

I Jogos Intermunicipais do Rio Grande do Sul (Caxias do Sul, 1967) - Cerimônia de Abertura

Foto Pastori Caxias do Sul
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Fotografia Formato: 24 cm X 18 cm; image/jpeg
POR
Relevância na Pesquisa
55.76%
Cerimônia de Abertura, Hasteamento de Bandeiras, do I Jogos Intermunicipais do Rio Grande do Sul (JIRGS). O evento aconteceu no Pavilhão do Esporte Clube Juventude. Da esquerda para a direita: Hasteando a Bandeira do Rio Grande do Sul, Carlos Wof, do Departamento de Esporte do Rio Grande do Sul. Hasteando a Bandeira do Brasil, Hermes Weber, Prefeito de Caxias do Sul. Hasteando a Bandeira Olímpica, Mário Lozano, Coordenador Técnico do JIRGS.; O I Jogos Intermunicipais do Rio Grande do Sul foram realizados em Caxias do Sul, RS, nos dias 26 a 29 de outubro de 1967. A fotografia foi doada por Mário Antônio Lozano.

Controvérsias em biotecnologias transgênicas no sul do Brasil : uma cartografia de associações e a produção de diferenças

Vargas, Felipe
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
55.78%
Este trabalho se insere, de maneira geral, na esteira das discussões sobre a relação sociedade-natureza, tendo como centralidade temática as biotecnologias transgênicas, em especial as plantas geneticamente modificadas. Esse tema é entendido em meio ao desenvolvimento de estudos que se referem ao conhecimento sobre a vida e que têm ganhado visibilidade nas últimas décadas. A expansão de pesquisas em biologia molecular, fisiologia, bioquímica, microbiologia e, fundamentalmente, engenharia genética se comungam na tentativa de propor novas formas coletivas de organização do cotidiano. Inúmeras controvérsias em torno dos organismos geneticamente modificados (OGMs) fazem emergir uma vasta gama heterogênea de agentes os quais se articulam uns aos outros na tentativa de recompor o coletivo. A atividade científica, assim, passa a ser visualizada por meio da produção conjunta entre estes mediadores. O que se deseja, portanto, não é falar de ideias e conceitos, mas das condições de possibilidade de existência das biotecnologias transgênicas mediante as práticas dos agentes nelas envolvidos. Entende-se que essas novas tecnologias sobre a vida são construídas por múltiplos processos de mediação, operando nos mais diversos espaços e locais...

O ensino de biblioteconomia na região sul do Brasil

Burin, Camila Koerich
Fonte: Florianópolis Publicador: Florianópolis
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 121 f.| grafs.
POR
Relevância na Pesquisa
45.93%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação. Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação; Este estudo teve como objetivo analisar os Projetos Pedagógicos dos Cursos (PPC) de Biblioteconomia das Instituições de Ensino Superior da Região Sul do Brasil à luz das Diretrizes Curriculares Nacionais para os Cursos de Biblioteconomia. Os seus objetivos específicos foram: identificar se o perfil dos formandos definido nos Projetos Pedagógicos dos Cursos de Biblioteconomia das IES da Região Sul do Brasil atende às recomendações das Diretrizes Curriculares Nacionais; verificar se as competências e habilidades mencionadas nos Projetos Pedagógicos dos Cursos de Biblioteconomia das IES da Região Sul do Brasil atendem às recomendações das Diretrizes Curriculares Nacionais; comparar os perfis, as competências e as habilidades dos formandos propostas nos Projetos Pedagógicos dos Cursos de Biblioteconomia das Instituições de Ensino Superior da Região Sul do Brasil. A pesquisa realizada foi do tipo quali-quantitativa, de caráter documental e teve como base a técnica de análise de conteúdo de Bardin (2004). Foram analisados os perfis, as competências e as habilidades propostas para os egressos dos cursos de Biblioteconomia dos Estados do Paraná (Universidade Estadual de Londrina # UEL)...

Perfil socioeconômico de feirantes brasileiros e bolivianos que comercializam hortaliças folhosas em feiras-livres no município fronteiriço Corumbá-Brasil/Bolívia.

COSTA, M. dos S.; BRASIL, M. da S.; FEIDEN, A.; CAMPOLIN, A. I.
Fonte: In: SEMINÁRIO DE AGROECOLOGIA, 2.; 2008, Dourados, MS. A construção participativa da agroecologia em Mato Grosso do Sul. Anais... Dourados: Embrapa Agropecuária Oeste, 2008. Publicador: In: SEMINÁRIO DE AGROECOLOGIA, 2.; 2008, Dourados, MS. A construção participativa da agroecologia em Mato Grosso do Sul. Anais... Dourados: Embrapa Agropecuária Oeste, 2008.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
55.61%
Corumbá-Brasil e Puerto Quijarro-Bolívia são municípios fronteiriços conurbados que mantém relações comerciais em diversos espaços, entre eles o das feiras-livres onde feirantes brasileiros e bolivianos comercializam diversos produtos, sendo as hortaliças folhosas produzidas e comercializadas por agricultores urbanos o objeto de interesse de uma pesquisa do curso de pós-graduação de mestrado em Estudos Fronteiriços que tem como objetivo investigar os potenciais de expansão e os condicionantes socioeconômicos, ambientais, culturais e tecnológicos da agricultura urbana nessa região de fronteira para contribuir para o avanço do conhecimento quanto para subsidiar políticas públicas para o setor. Com este objetivo foi feito um levantamento exploratório para identificar a origem, sistema de produção das hortaliças folhosas bem como conhecer o perfil socioeconômico desses feirantes agricultores. Corumbá in Brazil and Puerto Quijarro and Puerto Suarez in Bolivia are border cities with strong trade relationship in different forms. One of those are the street fairs in Corumbá, with both Brazilian and Bolivian sellers. This work is a Master degree research in ?Estudos Fronteiriços? (Border Studies) and its aim is study the characteristics of leaf vegetables sellers and their relations with urban farmers in both countries and the land reform settlers in Brazil...

As diferentes unidades fitoecologicas da Região Sul do Brasil

Leite, Pedro Furtado
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
55.88%
Este trabalho apresenta uma classificação de caráter fitoecológico, com objetivo de contribuir a uma melhor compreensão das formações vegetais primárias do Sul do Brasil. Para viabilizar esta proposta considerou-se, entre outros elementos, a presença de um "centro de umidade" gerado em conseqüência do "evento tectono-magmático sul-atlântico", como condicionante primário das formações tipicamente ombrófilas atualmente estendidas pelas regiões sul e sudeste do País. No contexto geral da dinâmica atmosférica desta parte do Hemisfério Sul, o planalto meridional, as elevações costeiras, a continentalidade e o oceano originado na passagem do Jurássico para o Cretáceo, dentro das latitudes subtropicais, foram considerados, aqui, fatores climáticos fundamentais. O "centro de ombrofilia", concebido nos referidos termos, foi dividido em uma "zona xerotérmica" chaquenha, uma "zona ombrotérmica" estendida pelo Brasil sul/sudeste, e uma zona transicional com extensão para o interior do continente. O conhecimento geral da composição florística e da distribuição das principais formações vegetais primárias, relacionado com os parâmetros fUndamentais do ambiente (geologia, relevo, clima e solo), permitiu a realização deste trabalho que identifica duas subzonas ombrotérniicas com três regiões fitoecológicas...

Ponte sobre o Atlântico: Brasil e África Subsaariana: parceria Sul-Sul para o crescimento; Bridge over the Atlantic: Brazil and Sub-Saharan Africa: South-South partnership for growth

Brasil. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea); Banco Mundial
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea); Banco Mundial Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea); Banco Mundial
Tipo: Livros
PT-BR
Relevância na Pesquisa
45.94%
Este livro consiste em um estudo descritivo sobre o envolvimento do Brasil com seus pares na África Subsaariana, ao longo da última década, por meio do intercâmbio de conhecimentos, comércio e investimentos. Consiste em um relatório de pesquisa fruto do esforço de colaboração entre o Banco Mundial (Região da África e Unidade de Gestão de País - Brasil) e o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) do Brasil. É composto por seis capítulos que apresentam informações descritivas e analíticas sobre as características, tendências, limitações e relações qualitativas entre a África Subsaariana e o Brasil, assim como algumas das implicações políticas desse relacionamento. Apresenta um histórico da nova arquitetura política e financeira global, destacando as principais características do sistema internacional de cooperação para o desenvolvimento, incluindo os canais Norte-Sul e Sul-Sul, bem como a emergência do Brasil como um ator mundial na última década. Nesse contexto, observa as ligações históricas entre o Brasil e a África, de uma perspectiva mais ampla do que as ligações linguísticas existentes entre os países de língua portuguesa, incluindo o legado da escravidão e também outras manifestações políticas e culturais importantes dos laços que unem os dois lados do Atlântico. Focaliza em como e por que o Brasil passou da situação de recipiente de ajuda (nos anos 1960)...

JUSTIÇA E DIREITO: AS CORTES SUPREMAS DE BRASIL E ARGENTINA FRENTE AOS CRIMES DAS DITADURAS DE SEGURANÇA NACIONAL

da Costa Machado, Patrícia; Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 15/12/2015 POR
Relevância na Pesquisa
55.69%
O presente artigo será dedicado à análise comparativa das características de alguns elementos fundamentais do posicionamento das Cortes Supremas de Brasil e Argentina no que diz respeito a responsabilização penal dos crimes cometidos pelas ditaduras. O debate presente nas decisões dos fallos Arancibia Clavel, Símon, Mazzeo e na Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental n. 153 decorrem da utilização de métodos ilegais e terroristas por parte dos Estados durante as Ditaduras de Segurança Nacional. Ambas as ditaduras foram implementadas dentro de um marco comum, decorrente do contexto da Guerra Fria e da aplicação da Doutrina de Segurança Nacional. Suas diferenças, embora relevantes, não afastam as similitudes das experiências no que diz respeito à massiva violação dos direitos humanos, em decorrência da perseguição dos “inimigos internos” dos regimes. Por esse motivo, analisaremos brevemente a estrutura das Cortes Supremas e os casos paradigmáticos julgados pelas instâncias superiores de cada país, buscando compreender as diferenças entre os entendimentos jurisprudenciais.