Página 1 dos resultados de 35 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

O local e o global na atenção das necessidades de saúde dos brasiguaios

Silva, Maria Geusina da
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
27.42%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro-Sócio Econômico. Programa de Pós-Graduação em Serviço Social; O presente trabalho analisa a intervenção profissional do assistente social na região de fronteira, evidenciando como o direito à saúde vem sendo paulatinamente cerceado e descaracterizado pela não atenção às necessidades de saúde da população brasiguaia. Na perspectiva teórica adotada, o direito à saúde compreende a atenção universal e integral, articulando assistência, prevenção e promoção da saúde como um dever do Estado. Esta análise tem como pano de fundo a conjuntura capitalista brasileira e a organização sócioinstitucional inaugurada no final dos anos 1980, contexto em que a saúde foi garantida como direito de todos e dever do Estado, nos termos da Constituição Brasileira de 1988. Na década de 1990, as conquistas da reforma sanitária contidas no texto constitucional foram perdendo sua força instituinte em decorrência da implementação de medidas derivadas dos ajustes estruturais das economias nacionais. Esses ajustes são baseados numa integração econômica entre países, com segmentação social, desenvolvimento desigual e enorme disparidades regionais que caminham na mesma direção que o Projeto de Saúde Privatista. Tais proposições foram identificadas e explicitadas nas fronteiras brasileiras com os países do Mercosul...

Brasiguaios com Franco

Fonte: Senado Federal do Brasil Publicador: Senado Federal do Brasil
Tipo: Notícia
PT_BR
Relevância na Pesquisa
16.76%

Após queima de bandeira do Brasil, político paraguaio ameaça brasiguaios

Fonte: Senado Federal do Brasil Publicador: Senado Federal do Brasil
Tipo: Notícia
PT_BR
Relevância na Pesquisa
16.76%

Fluxo de refugiados brasiguaios aumenta tensão na fronteira

Fonte: Senado Federal do Brasil Publicador: Senado Federal do Brasil
Tipo: Notícia
PT_BR
Relevância na Pesquisa
16.76%

Brasiguaios ligados ao MST param rodovia

Oliveira, João Naves de
Fonte: Senado Federal do Brasil Publicador: Senado Federal do Brasil
Tipo: Notícia
PT_BR
Relevância na Pesquisa
16.76%

As ameaças aos brasiguaios

Fonte: Senado Federal do Brasil Publicador: Senado Federal do Brasil
Tipo: Notícia
PT_BR
Relevância na Pesquisa
16.76%

Situação de brasiguaios é gravíssima, diz secretário

Tomazela, José Maria
Fonte: Senado Federal do Brasil Publicador: Senado Federal do Brasil
Tipo: Notícia
PT_BR
Relevância na Pesquisa
16.76%

Brasiguaios temem massacre na fronteira

Tomazela, José Msria
Fonte: Senado Federal do Brasil Publicador: Senado Federal do Brasil
Tipo: Notícia
PT_BR
Relevância na Pesquisa
16.76%

Ministro diz que tira brasiguaios sem violência

Tomazela, José Maria
Fonte: Senado Federal do Brasil Publicador: Senado Federal do Brasil
Tipo: Notícia
PT_BR
Relevância na Pesquisa
16.76%

Fazendeiros brasiguaios saúdam fim da Era Lugo

Simon, Roberto
Fonte: Senado Federal do Brasil Publicador: Senado Federal do Brasil
Tipo: Notícia
PT_BR
Relevância na Pesquisa
16.76%

MST aproveita crise para atrair brasiguaios

Vargas, Rodrigo
Fonte: Senado Federal do Brasil Publicador: Senado Federal do Brasil
Tipo: Notícia
PT_BR
Relevância na Pesquisa
16.76%

A tensa espera dos brasiguaios

Freire, Flávio
Fonte: Senado Federal do Brasil Publicador: Senado Federal do Brasil
Tipo: Notícia
PT_BR
Relevância na Pesquisa
16.76%

Paraguai: lei de fronteira ameaça brasiguaios

Figueiredo, Janaína
Fonte: Senado Federal do Brasil Publicador: Senado Federal do Brasil
Tipo: Notícia
PT_BR
Relevância na Pesquisa
16.76%

Camponeses atacam mais dois brasiguaios

Freire, Flávio
Fonte: Senado Federal do Brasil Publicador: Senado Federal do Brasil
Tipo: Notícia
PT_BR
Relevância na Pesquisa
16.76%

Identidades híbridas, língua(gens) provisórias-alunos "brasiguaios" em foco

Santos,Maria Elena Pires; Cavalcanti,Marilda Do Couto
Fonte: UNICAMP. Departamento de Linguística Aplicada Publicador: UNICAMP. Departamento de Linguística Aplicada
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
27.77%
Considerando as questões políticas, sociais e históricas que recobrem a denominação "brasiguaio" e o decorrente apagamento de sua construção simbólica e ideológica, o artigo problematiza, na diáspora brasileira contemporânea, a construção de identidades locais e globais, identidades essas marcadas por conflito gerado pelo colapso de velhas certezas e pela produção de novas formas de posicionamentos sociais. Focalizam-se nesse contexto complexo, especificamente, alunos "brasiguaios" neste caso, filhos de pais brasileiros retornados do Paraguai. Essas crianças, na tradição escolar homogeneizadora, podem, facilmente, invisibilizar essa identidade "brasiguaia" (que lhes é imposta e que elas rejeitam) até o momento em que suas leituras em voz alta ou seus textos escritos emergem e elas passam a ser apontadas como problema por seus professores. Na escola, a hibridação dessa escrita e dessa leitura coloca esses alunos sob um holofote avaliador e os rotula como "brasiguaios".

A dinâmica das fronteiras: deslocamento e circulação dos "brasiguaios" entre os limites nacionais

Albuquerque,José Lindomar C.
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social - IFCH-UFRGS Publicador: Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social - IFCH-UFRGS
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2009 PT
Relevância na Pesquisa
27.77%
O artigo aborda a dinâmica das fronteiras políticas e sociais a partir das experiências dos "brasiguaios" que vivem em alguns municípios do departamento de Alto Paraná, no Paraguai. Esses moradores fronteiriços se deslocam para o outro lado do limite político brasileiro principalmente a partir da década de 1970 e criam variadas formas de circulação e fluxos transfronteiriços na região da Tríplice Fronteira entre o Paraguai, o Brasil e a Argentina. As relações entre os "brasiguaios" e a população paraguaia têm produzido novas formas de identificações étnico-nacionais e produções de diferenças sociais e de hibridismos culturais nessa complexa configuração fronteiriça.

Dinâmica territorial na (s) fronteira (s) : um estudo sobre a expansão do agronegócio e exploração dos brasiguaios no Norte do Departamento de Alto Paraná-Paraguai.

Ferrari, Carlos Alberto
Fonte: Universidade Federal da Grande Dourados Publicador: Universidade Federal da Grande Dourados
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
38.23%
RESUMO - A presente dissertação tem como finalidade investigar aspectos das transformações sócioeconômicas, políticas, culturais e ambientais decorrentes da expansão do agronegócio da soja nos distritos que compõem o Norte do Departamento de Alto Paraná, no Paraguai, em especial, no que diz respeito aos trabalhadores brasileiros que lá vivem, os chamados “brasiguaios”. Com a expansão do modelo agronegócio de produção na fronteira leste paraguaia, principalmente a região norte, o resultado mais significativo foi a expulsão de milhares de camponeses brasiguaios e paraguaios do meio rural. Conseqüentemente, esses camponeses excluídos da terra e dos meios de produção, vêm provocando o alargamento das periferias das cidades fronteiriças de Ciudad Del Este, San Alberto e Hernandarias do lado paraguaio e, de Foz do Iguaçu e outras menores do lado brasileiro. Entretanto, os camponeses brasiguaios que ainda resistem em terras guaranis vivem sob constantes ameaças para venderem suas terras a grandes proprietários de terra ou, de terem as propriedades invadidas por campesinos exógenos aos movimentos sociais paraguaios. Contudo, os camponeses brasiguaios que foram expulsos da terra e não conseguiram retornar para o Brasil...

Brasileiros na fronteira com o Paraguai

Sprandel, Marcia Anita
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Estudos Avançados Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Estudos Avançados
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2006 POR
Relevância na Pesquisa
17.42%
O ARTIGO apresenta uma cartografia da situação social dos brasileiros e seus descendentes que vivem no Paraguai. Os distintos mapas (artigos, dissertações, teses e relatórios), com suas múltiplas perspectivas, permitem que se relativizem as narrativas midiáticas e a concepção da região como "lugar difícil". Ao discorrer sobre trabalhos de diversos autores, de distintas áreas acadêmicas, o artigo aponta para a mportância de cada um deles na construção de uma análise que traduza a pluralidade de pontos de vista coexistentes na região e que são, muitas vezes, inconciliáveis.; THE ARTICLE presents a cartography of the social situation of the Brazilians and its descendants who live in Paraguay. The distinct maps (articles, these and reports) deconstruct the media’s narratives and the conception of the region as a "difficult place". Works of diverse authors, of distinct academic areas, demonstrate the importance of each one of them in the construction of an analysis that translates the plurality of points of view.

TRAJETÓRIAS QUE (RE) CONTAM HISTÓRIAS: OS BRASIGUAIOS NA OCUPAÇÃO DA GLEBA SANTA IDALINA EM IVINHEMA-MS (1984-1986)

Junior, Nelson de Lima
Fonte: Escritas: Revista do Curso de História de Araguaína Publicador: Escritas: Revista do Curso de História de Araguaína
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 10/08/2015 POR
Relevância na Pesquisa
38.13%
O artigo tem como objetivo fazer algumas considerações acerca da ocupação da Gleba Santa Idalina em Ivinhema-MS, por um grupo de aproximadamente mil famílias de brasiguaios no ano de 1985. Procura-se fazer um mapeamento desses sujeitos fronteiriços, observando os motivos que influenciaram na ida para o Paraguai a partir da década de 1960 e posteriormente o retorno nos anos que se seguiram 1980, quando estes passam a ingressar nos movimentos de luta pela terra no Brasil. Sabe-se que os brasiguaios que ocuparam a Santa Idalina vieram do Paraguai para a cidade fronteiriça de Mundo Novo (MS), onde ficaram acampados cerca de seis meses, vivendo na "cidade de lona", reivindicando um pedaço de chão. No ano de 1986, os mesmos se transferem para uma área pertencente a Sociedade de Melhoramento e Colonização (SOMECO S/A), conhecida como Gleba Santa Idalina, que já havia sido ocupada um ano antes por centenas de sem-terra. Assim, foi formado neste local o assentamento Novo Horizonte, que posteriormente dará origem ao município de Novo Horizonte do Sul. Neste sentido, esta ocupação marca o retorno dos brasileiros agora brasiguaios para o Brasil, sendo reconhecido como movimento que deu certo. Com relação às fontes que dão subsídios para a pesquisa destacam-se as orais e impressas como publicações do Jornal dos Trabalhadores Rurais Sem Terra e do Jornal O Progresso.    

Os acordos migratórios no Mercosul e os brasiguaios: solução para o problema?

MOHAMED KHALIL VIANA, SUHAYLA; STUART GABRIEL DE PIERI, VITOR
Fonte: Meridiano 47; Meridiano 47 Publicador: Meridiano 47; Meridiano 47
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 06/07/2010 POR
Relevância na Pesquisa
27.42%
Os acordos migratórios ratificados peloParaguai, no âmbito do Mercosul, não indicam aresolução do problema brasiguaio.