Página 1 dos resultados de 2018 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Bourdieu e Foucault : derivas de um espaço epistêmico; Bourdieu and Foucault: derivation of an epistemic space

Anjos, José Carlos Gomes dos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.22%
Neste artigo, o autor discute as bases epistemológicas bachelardianas das obras de Bourdieu e Foucault tendo em vista avaliar-lhes a pertinência para uma sociologia da Modernidade na periferia. O que Bachelard fundou foi uma modalidade de reconstrução racional associada a uma historização que se contrapõe ao positivismo na medida em que enfatiza o caráter criativo e inventivo da fenomenotécnica científica. Bourdieu assume de Bachelard a injunção à ruptura epistemológica entre o fenômeno que se reconstitui na ciência e aquele que se apresenta ao senso comum. Foucault usa o modo de demonstração bachelardiano das raízes fantásticas das ciências para desmantelar as pretensões das ciências humanas. Sugere-se, neste artigo, que a extensão da posição epistemológica foucaultiana é heuristicamente mais fecunda e permanece promissora para os lugares de enunciação com pretensão de desvelamento do modo como a Modernidade apresenta-se na periferia.; In this article the author discusses the bachelardian episthemological basis of Bourdieu’s and Foucault’s works, aiming at assessing their pertinence to a sociology of modernity in the periphery. Bachelard founded a modality of rational reconstruction associated to a historicization opposed to positivism...

Análise dos condicionantes sociais do sucesso acadêmico em cursos de graduação em física à luz da sociologia de Bourdieu; Analysis of the social determinants of academic success in undergraduate courses in physics under Bourdieu’s sociology

Lima Júnior, Paulo; Ostermann, Fernanda; Santos, Flavia Rezende Valle dos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.17%
A presente investigação fundamenta-se na teoria de Pierre Bourdieu (1930-2002) sobre as relações entre reprodução social e reprodução cultural. Uma implicação relativamente direta dessa teoria é que, considerando-se o sistema educacional como um todo, o sucesso de estudantes em avaliações escolares deve estar relacionado à sua posição original na estrutura das relações de classe (determinada pela quantidade de capitais cultural e econômico disponíveis em sua família). Contudo, mais que predizer a associação estatística entre variáveis de origem social e variáveis de sucesso escolar, a sociologia de Bourdieu nos permite teorizar sobre as razões do sucesso e do fracasso escolar. Assim, com o objetivo de avaliar e explorar a produtividade teórica da sociologia da educação de Bourdieu em um dos contextos da educação científica, foi realizada uma análise estatística da quantidade de aprovações com conceito máximo e reprovações por falta de aproveitamento com respeito aos dados socioeconômicos de 1007 alunos de graduação em Física em uma universidade federal brasileira. Em particular, foram consideradas as variáveis “renda familiar”, “escolaridade do pai” e “escolaridade da mãe”. Dessas...

O inato e o apreendido : a noção de habitus na sociologia de Pierre Bourdieu

Souza, Túlio Augustus Silva e
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.32%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Sociologia, 2007.; Em busca de uma elucidação maior sobre um conceito fulcral à sociologia contemporânea, o trabalho percorre uma trajetória exegética ao redor da idéia de habitus a partir da contribuição do sociólogo francês Pierre Bourdieu. Como um dos mais notáveis sociólogos no século XX, Bourdieu embalou toda sua obra, ainda profundamente influente nas ciências sociais, com o conceito de habitus como um compartimento individual onde ressoam ingerências externas ao agente, empreendendo um novo esforço na delimitação desta idéia já milenar nas ciências humanas. Ao estabelecer uma indecomponível relação onto-epistemológica entre habitus e campo, a sociologia bourdieusiana aponta novas balizas teóricas e empíricas para a investigação das relações entre as instâncias relativas às agências e às estruturas. O passo gnosiológico bourdieusiano encarnado no uso da noção de habitus se pretendeu credenciado para uma superação mais definitiva da miríade de dicotomias sociológicas mais de uma vez explicitada em oposições como objetivismo/subjetivismo e nominalimo/realismo, o que do ponto de vista do esquadrinhamento do indivíduo e/ou da sociedade consiste em acatar nuances variadas entre as duas esferas...

Percursos na teoria das práticas sociais : Anthony Giddens e Pierre Bourdieu

Peters, Gabriel Moura
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
37.22%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Sociologia, 2006.; O trabalho desenvolve uma exegese dos quadros teórico-metodológicos de análise da vida social avançados por Pierre Bourdieu e Anthony Giddens, concentrando-se nas formas pelas quais cada um destes autores ataca o problema fundacional da relação entre os planos da agência e da estrutura, tomados como as duas dimensões essencialmente constitutivas de qualquer retrato ou investigação do universo societário. O exame de tal problemática justifica-se pelo fato de que a teoria da prática de Bourdieu e a teoria da estruturação de Giddens têm como alicerce comum a tentativa de superação de um espectro de dicotomias inter-relacionadas que atravessam a história do pensamento científico-social no século XX, tendo sido expressas por uma variedade de rótulos binomiais, tais como subjetivismo/objetivismo, individualismo/holismo e micro/macro. A investigação das inovações conceituais e teses sócio-ontológicas desenhadas nas teorias dos autores supracitados é situada contra o pano de fundo de uma apresentação de tais antinomias, as quais indicam a tendência, corporificada em uma impressionante diversidade de perspectivas teórico-metodológicas...

A teoria geral dos campos de Pierre Bourdieu : uma leitura; Pierre Bourdieu’s general theory of felds : a reader; La teoría general de los campos de Pierre Bourdieu : una lectura

Montagner, Miguel Ângelo; Montagner, Maria Inez
Fonte: Núcleo de Estudos de Saúde Pública (NESP) do Departamento de Saúde Coletiva (DSC) da Universidade de Brasília (UnB) Publicador: Núcleo de Estudos de Saúde Pública (NESP) do Departamento de Saúde Coletiva (DSC) da Universidade de Brasília (UnB)
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
37.26%
Colaboração editorial da Faculdade de Ciência da Informação (FCI) da Universidade de Brasília.; Este artigo analisa as obras de Pierre Bourdieu, e por meio delas, realiza um esboço de uma teoria geral dos campos, ausência assumida pelo autor e por ele encarada como um vade-mécum. A despeito desse temor e do perigo de reducionismo inerente a tal tarefa, julgo importante ensaiar essa síntese, dadas a complexidade do pensamento do autor aliada a uma escrita por vezes acachapante e barroca, as imprecisões de tradução, a existência de textos não traduzidos e, por fm, lacunas explicativas da própria proposta de Bourdieu. À luz de meus próprios trabalhos e investigações, proponho o conceito de epifania como chave de um prolongamento possível de seus trabalhos, neles introduzindo um caráter epistemológico que açambarque também os aspectos de transformação dos habitus dos agentes sociais e dos grupos sociais, contrapondo, dessarte, os aspectos de mudanças sociais inscritos nos habitos individuais aos aspectos mais deterministas necessariamente enfatizados a revezes na obra bourdieusiana. Com este artigo, espero contribuir com conceitos e ferramentas capazes de fundamentas pesquisas na área da saúde, ainda carente de referenciais teóricos estruturais advindos das ciências sociais. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT; This article examines the Pierre Bourdieu’s works...

Bourdieu 1993: um estudo de caso em consagração científica

Wacquant,Loïc
Fonte: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS Publicador: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.22%
Por meio de testemunhos e de documentos de arquivo, proponho uma reconstituição das condições em virtude das quais Bourdieu recebeu, em 1993, a medalha de ouro do Centre National de la Recherche Scientifique, a mais alta distinção científica na França, em reconhecimento ao estudo sobre a situação existencial e as armadilhas institucionais da consagração acadêmica. O discurso proferido por Bourdieu na ocasião e a cerimônia na qual foi lido apresentam um triplo interesse para a história e para a sociologia da sociologia. Ilustram como uma personalidade formada pela disciplina viveu, refletiu e transitou pelas conexões entre a ciência, a autoridade e o poder. Marcam 1993 como o ano chave na evolução intelectual de Bourdieu, quando uma nova agenda de pesquisa traz para o primeiro plano o Estado como um poder simbólico primordial. Ajudam a explicar por que na década de 1990 Bourdieu se aventura de forma tão direta no debate cívico. A aceitação ambivalente desse prêmio por Bourdieu ilustra igualmente sua concepção da "Realpolitik da razão" e coloca um fim ao eclipse de Durkheim ao restaurar à Sociologia seu lugar de direito no zênite científico de seu país natal.

Pierre Bourdieu, dez anos depois

Medeiros,Cristina Carta Cardoso de
Fonte: Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná Publicador: Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.17%
O presente texto procura discutir o legado deixado pelo sociólogo francês Pierre Bourdieu. Dez anos após sua morte, tem-se discutido, em nível internacional, a relevância deste autor, um dos mais influentes e citados teóricos do mundo. Para a identificação desta influência no Brasil, mais especificamente no campo educacional brasileiro, pesquisou-se nas teses e dissertações encontradas no banco de dados da CAPES, que referenciavam Bourdieu, de que forma estaria se dando a apropriação de seu quadro teórico de análise para construção de conhecimento no referido campo. Concluiu-se que o número de produções defendidas nos Programas de Pós-Graduação em Educação no Brasil, de 1965 a 2010, cresce de forma exponencial, demonstrando o quão profícua a utilização da teoria sociológica de Bourdieu tem se mostrado para explicar a realidade da Educação no Brasil na contemporaneidade. Encerra-se o artigo com uma reflexão sobre a consideração do status de Bourdieu como um clássico da Sociologia que, paradoxalmente, se mostra mais atual e vivo do que qualquer outro autor quando se trata de aplicar seu princípio maior, a saber, analisar o mundo social e suas lógicas, desvelando as formas de dominação e as misérias sociais.

Seguindo Pierre Bourdieu no campo

Wacquant,Loïc
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2006 PT
Relevância na Pesquisa
37.17%
Prestar atenção aos primeiros estudos de campo de Pierre Bourdieu, conduzidos concomitantemente na Argélia colonial e na sua aldeia natal no Béarn, no sudoeste francês, permite avaliar sua abordagem sociológica e seus resultados científicos numa nova chave interpretativa. Eles revelam as raízes etnográficas gêmeas da sua empresa teórica, dissolvem a figura caricatural do "teórico da reprodução", indiferente à mudança histórica, e afastam a ficção acadêmica do "teórico da prática". Mostram como as inovações conceituais de Bourdieu (como o conceito de habitus) eram guiadas por questões de pesquisa de campo centradas na transformação social, na disjunção cultural e na divisão da consciência. A utilização de cada local como um laboratório vivo para analisar de modo cruzado o outro local, permitiu a Bourdieu descobrir a especificidade da "universalmente pré-lógica lógica da prática" e levou-o a romper com o paradigma estruturalista. Ligar seus estudos de juventude na Cabília e no Béarn revela ainda que pressagiando o "repatriamento" da Antropologia depois do encerramento da era imperial, Bourdieu revogou a concepção dominante da Etnografia como uma exploração heróica da alteridade, sendo o pioneiro no desenvolvimento da Etnografia multissituada como um meio de controle da construção do objeto de pesquisa. Os estudos de campo sobre a estrutura social e sobre o sentimento na colônia longínqua e na terra natal...

A obra do sociólogo Pierre Bourdieu: uma irradiação incontestável

Valle,Ione Ribeiro
Fonte: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.17%
Como todas as grandes produções científicas, a obra do sociólogo Pierre Bourdieu (1930-2002) foi elaborada em torno de uma intuição e construída a partir de idéias-força, formuladas, desenvolvidas, reformuladas, retomadas na maioria de suas publicações - uma intuição fundadora que procura articular alguns conceitos maiores, colocados no centro de sua análise da estrutura do mundo social e das relações sociais. Pierre Bourdieu, que desejou transformar a sociologia numa ciência total capaz de restituir a unidade fundamental da prática humana, atribui-lhe uma função crítica, que implica o desvelamento dos mecanismos educacionais, culturais, sociais e simbólicos de dominação. Neste trabalho, tentaremos resgatar o caminho sociometodológico proposto e percorrido por Pierre Bourdieu, por meio da elaboração de uma espécie de cartografia de sua obra e da descrição das principais etapas de sua trajetória intelectual e profissional, enfatizando seus engajamentos políticos e sociais. Procuraremos também explicitar o conteúdo de algumas de suas principais obras, sua contribuição para a compreensão das práticas de diferentes campos sociais, destacando seus limites e as críticas que suscitaram. Por último, debruçaremo-nos sobre o aporte da obra de Bourdieu no Brasil...

Wittgenstein e Bourdieu: diálogos para uma sociologia prática

Oliveira, Flaubert Mesquita de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.22%
The dialogue between philosopher Ludwig Wittgenstein s notions and Pierre Bourdieu s sociological concepts related to social practice of language shows that the philosophy of language has an important influence on contemporary social theory. When we compare the ideas of these authors we discover that beyond the direct influences from the philosopher that the sociologist recognizes there are great parallelisms of thought. That is, Wittgenstein s pragmatic thought of the use of language does not concern only language, but also every socially built behavior. When we notice that the social and linguistic behavior are borne by the individual in a tacit way, that leads us to theorize about the prereflective dimension that builds human actions and even the habits of thought. The same processes allow the uses of language to build wider social practices. Besides, John Austin, one of Wittgenstein s disciples, and his speech acts theory, contribute with a way to reflecting on how language ressembles a concrete action. Finally, the linguistc therapy that Wittgenstein means to be his philosophical proposal is assimilated by Bourdieu, who takes it as one of the necessary topics of the sociological work; Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; O diálogo entre as noções do filósofo Ludwig Wittgenstein e os conceitos sociológicos relacionados à prática social da linguagem de Pierre Bourdieu mostra que a influência da filosofia da linguagem deixou marcas importantes na teoria social contemporânea. Do confronto entre as idéias dos autores descobre-se que...

Educação de qualidade na perspectiva de professores de física da educação básica : um estudo das interações discursivas em grupos focais, baseado na sociologia da educação de Pierre Bourdieu

Pinheiro, Nathan Carvalho
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.22%
O conceito de qualidade da educação ainda não recebeu a devida atenção nos periódicos de ensino de ciências, embora tenha grande repercussão nos periódicos de educação. O presente trabalho visa contribuir para o preenchimento dessa lacuna, abordando o problema a partir da perspectiva de professores de física, química, biologia e matemática em atuação no ensino médio. Para tal foram organizados dois grupos focais, um composto exclusivamente por professores de física e o outro pelos professores das demais disciplinas, ambos direcionados à discussão do conceito de educação científica de qualidade. Os registros de ambos grupos foram submetidos a uma análise de conteúdo e interpretados à luz da sociologia da educação de Pierre Bourdieu, tendo em vista dois objetivos principais: (1) Identificação de fenômenos sociológicos descritos por Bourdieu no discurso dos professores; (2) Caracterização da opinião dos professores quanto ao conceito de qualidade da educação e quanto às suas especificidades na educação científica. Os resultados mostram que os professores acreditam estar passando por uma situação de precarização da educação porém, em coerência com a teoria de Bourdieu, parece haver um processo de dissimulação que dificulta a identificação de causas estruturais para esse fenômeno. Adicionalmente...

Bourdieu e o papel de legitimação social do discurso filosófico sobre a autonomia da arte; Bourdieu and the social legitimation function of the philosophical discourse on art\'s autonomy

Silveira, Luis Gustavo Guadalupe
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 22/09/2015 PT
Relevância na Pesquisa
37.26%
Categoria central da estética desde a modernidade, a autonomia da arte é sustentada até mesmo pelas teorias filosóficas que pretendem problematizar os aspectos sociais e políticos do fenômeno artístico. O caráter histórico das produções culturais não passou despercebido por pensadores como Adorno e Marcuse, por exemplo, mas os elementos culturalmente conservadores de suas estéticas talvez tenham imposto limitações importantes a suas pretensões críticas, a despeito da intenção de seus autores. Dentre os estudiosos do século XX que buscaram compreender o lugar e a função social da arte, investigamos o trabalho de Pierre Bourdieu, especialmente por vermos nele uma ruptura com a ideia de autonomia da arte e suas noções auxiliares, tais como gosto puro, poder transubstanciador da arte, leitor como co-autor, artista como gênio incriado, arte como esfera separada da vida prática, desinteresse da fruição estética etc. Ao investigar sua obra, pretendemos não somente demonstrar o caráter de legitimadores das desigualdades sociais que possuem os discursos filosóficos de autores como Peter Bürger, Arthur Danto, Terry Eagleton e os já citados Adorno e Marcuse, como também mostrar que há problemas teóricos importantes que podem ser explicitados e explicados pelo cotejamento de suas ideias com as de Bourdieu. Este caracterizou o consumo cultural como marcador social e...

A obra do sociólogo Pierre Bourdieu: uma irradiação incontestável; The work of the sociologist Pierre Bourdieu: an undisputable irradiation

Valle, Ione Ribeiro
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2007 POR
Relevância na Pesquisa
37.35%
Como todas as grandes produções científicas, a obra do sociólogo Pierre Bourdieu (1930-2002) foi elaborada em torno de uma intuição e construída a partir de idéias-força, formuladas, desenvolvidas, reformuladas, retomadas na maioria de suas publicações - uma intuição fundadora que procura articular alguns conceitos maiores, colocados no centro de sua análise da estrutura do mundo social e das relações sociais. Pierre Bourdieu, que desejou transformar a sociologia numa ciência total capaz de restituir a unidade fundamental da prática humana, atribui-lhe uma função crítica, que implica o desvelamento dos mecanismos educacionais, culturais, sociais e simbólicos de dominação. Neste trabalho, tentaremos resgatar o caminho sociometodológico proposto e percorrido por Pierre Bourdieu, por meio da elaboração de uma espécie de cartografia de sua obra e da descrição das principais etapas de sua trajetória intelectual e profissional, enfatizando seus engajamentos políticos e sociais. Procuraremos também explicitar o conteúdo de algumas de suas principais obras, sua contribuição para a compreensão das práticas de diferentes campos sociais, destacando seus limites e as críticas que suscitaram. Por último, debruçaremo-nos sobre o aporte da obra de Bourdieu no Brasil...

PARTIR PARA O TRABALHO DE CAMPO EM SOCHAUX COM “BOURDIEU NA CABEÇA”; PARTIR PARA O TRABALHO DE CAMPO EM SOCHAUX COM “BOURDIEU NA CABEÇA”

Pialoux, Michel; Beaud, Stéphane
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 17/12/2013 POR
Relevância na Pesquisa
37.26%
The text tracks a long itinerary of research in which the authors worked mainly on a single informant, a militant factory worker in a French auto plant. The outcomes of the research are presented via both an account and a reflection - metholodological and theoretical - about the sociological making, the relationship between the researcher and the researched, the dilemmas and choices presented in order to capture an experience that is both individual and collective, all taken and inspired from the topics found in the works of Pierre Bourdieu. Among such topics are: the fieldwork as a tool for ethnography the representation of the popular classes, the question of the dominated culture and the social biography (and its limits). At the same the authors provide clues to what is specific and particular about their own work when facing to the work of Bourdieu.; O texto percorre um longo itinerário de pesquisa dos autores com uminformante, militante operário de uma fábrica de automóveis francesa, cujosresultados são aqui expostos na forma de um depoimento e de uma reflexão – metodológica e teórica – acerca do fazer sociológico, da relação entre o pesquisador e o pesquisado, dos dilemas e das escolhas que se colocam para capturar uma experiência ao mesmo tempo individual e coletiva...

COMENTÁRIOS À ETNOGRAFIA OPERÁRIA DE PIALOUX E BEAUD COM “BOURDIEU NA CABEÇA”; COMENTÁRIOS À ETNOGRAFIA OPERÁRIA DE PIALOUX E BEAUD COM “BOURDIEU NA CABEÇA”

Lopes, José Sérgio Leite
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 17/12/2013 POR
Relevância na Pesquisa
37.22%
This text aims to comment on the article of Pialoux and Beaud by bringing a testimonial insight to the context of the singular and long-lasting intellectual partnership in social sciences which, in turn, takes its inspiration for their working class ethnography from a third person, Pierre Bordieu. The latter provides them with tools of both support and contraposition. The text takes its source from a motive suggested by Pialoux and Beaud on a sort of "ethnographical turn" within French sociology of the nineties, in order to compare it to the precocious use of the early ethnographical work of Bourdieu in Brazilian anthropological studies of the peasantry and the working classes.; Este texto procura comentar o artigo de Pialoux e Beaud trazendo uma visão testemunhal do contexto da trajetória de uma rara parceria intelectual duradoura nas ciências sociais que se inspira, para sua etnografia operária, na relação com uma terceira pessoa, no caso Bourdieu, que lhes fornece instrumentos de apoio e de contraposição. O texto se inspira no mote que Pialoux e Beaud lançam sobre uma “virada etnográfica” da sociologia francesa nos anos 90 para fazer comparações com a apropriação etnográfica precoce da produção de Bourdieu no Brasil e sua contribuição para uma antropologia do campesinato e das classes trabalhadoras.

Bourdieu e a nova sociologia econômica; Pierre Bourdieu's contribution to the new economic sociology

Raud, Cécile
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/11/2007 POR
Relevância na Pesquisa
37.22%
This article examines Pierre Bourdieu's sociology of the market, assessing both the scope and limits of the thinking of one of the most emblematic authors of the New French Economic Sociology. Following a critical reading of some of his key texts, the article argues that Bourdieu's work involves a genuinely sociological analysis of economic phenomena, insofar as he applies his analytic framework - structured around the key concepts of field and habitus - to the economic sphere, showing that the market is the product of a social construction. As well as highlighting the social genesis of economic dispositions and describing the market as a field of struggles where agents with different resources confront each other, Bourdieu insists on the role of the State in regulating this market. In analyzing the economic sphere, he makes use simultaneously of a sociology of knowledge and a political sociology. However, although a pioneering analysis of economic beliefs, Bourdieu's approach presents a series of limitations, including a certain ambiguity in relation to the motivations of modern economic agents and the delimitation of the economic sphere.; Este artigo objetiva analisar a sociologia do mercado de Pierre Bourdieu, a fim de avaliar os alcances e os limites do pensamento de um dos autores mais representativos da Nova Sociologia Econômica francesa Com base na leitura crítica de alguns textos selecionados...

Filosofia negativa? Bourdieu e os fundamentos da razão; Negative philosophy? Bourdieu and the foundations of reason

Bueno, Arthur Oliveira
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2011 POR
Relevância na Pesquisa
37.26%
Based on a detailed discussion of some of the central arguments of Pierre Bourdieu's Pascalian Meditations, this article looks to show that the sociologist's work contains a permanent tension between (the critique of) universalism and (the critique of) relativism. Firstly the text shows how even Bourdieu's earliest writings reveal certain relativist tendencies in which the notion of the arbitrary plays a central role. This set of propositions is then compared and contrasted with the critiques directed by Habermas and Bourdieu himself against Foucault and so-called postmodernist approaches, before turning to how the author presents an opposing set of arguments from the mid 1970s onwards that seek to ground reason on social bases. Finally, the two perspectives are compared in a way that exposes their paradoxical intersections as well as their potential points of reconciliation.; Apoiado na discussão detida de alguns dos argumentos centrais das Meditações pascalianas, de Pierre Bourdieu, o artigo busca mostrar que na obra do sociólogo há uma tensão permanente entre (crítica ao) universalismo e (crítica ao) relativismo. Evidencia-se primeiramente como Bourdieu apresenta desde seus escritos iniciais uma perspectiva marcada por certas ressonâncias relativistas...

O legado sociológico de Pierre Bourdieu: duas dimensões e uma nota pessoal

WACQUANT, Loïq J. D.
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 20/09/2004 POR
Relevância na Pesquisa
37.32%
O presente artigo compõe-se de três partes, retraçando e discutindo, em cada uma delas, a vida e a obra sociológica de Pierre Bourdieu, falecido em janeiro de 2002. A primeira parte apresenta a carreira do pensador francês, procurando relacionar cada etapa de sua vida com o desenvolvimento de seu pensamento, desde os estudos primários no interior da França até seu reconhecimento internacional, passando pelo aprendizado de filosofia em Paris e pelas investigações antropológicas na Argélia. A segunda parte consiste em uma discussão, por meio de uma entrevista, da sociologia reflexiva, da "lógica da prática" e de outros conceitos formulados por Bourdieu com o objetivo de estudar a realidade social e incitar à descoberta de novas agendas de pesquisa. A terceira parte tematiza a importância da revista Actes de la recherche en sciences sociales, criada pelo sociólogo e destinada a ultrapassar as várias fronteiras, de nacionalidade ou disciplinares, que cercam e limitam a produção científica. Abstract This article is made up of three parts, each of which re-traces and discusses the life and sociological work of Pierre Bourdieu, who died in January of 2002. The first section discusses the French thinker's career, and seeks to relate each stage of his life with the ongoing development of his thought - from his primary schooling in the French interior to his international recognition...

A teoria de Pierre Bourdieu aplicada is pesquisas sobre a grande burguesia: uma metodologia plural para uma abordagem pluridisciplinar'; .; Résumé

Michel Pinçon, Michel Pinçon; CSU - IRESCO - CNRS - Paris (France); Pinçon-Charlot, Monique; CSU - IRESCO - CNRS - Paris (France)
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/1999 POR
Relevância na Pesquisa
37.22%
A teoria de Pierre Bourdieu pretende superar as oposições entre o subjeti- vismo e o objetivismo, o individuo e a sociedade, a liberdade e o determi- nismo analisando o social como existindo sob duas modalidades. De um lado nos agentes sociais, sob a forma das disposições do habitus. De outro lado, no mundo, sob a forma de objetos (bens econômicos...) ou de produções culturais (textos juridicos...). Esta abordagem supõe uma postura pluridisciplinar para a qual são mobilizadas a psicologia, a economia, a história, a geografia. Isto implica na adoção de uma metodologia diversi-ficada que utiliza tanto as abordagens qualitativas quanto as abordagens quantitativas.; La sociologie de Pierre Bourdieu entend résoudre les oppositions entre le subjectivisme et 1 'objectivisme, l'individu et la société, laliberté et ledéterminisme en analysant le social comme existant se ion deux modalités.D'une part clans les agents sociaux sous la forme des dispositions de l'habitus. D'autre part, dans le monde, sous la forme d'objets (biens économiques...) ou de productions culturelles (textes juridiques...). Unetelle approche suppose une posture pluridisciplinaire dans laquelle sontmobilisées la psychologie, I ' économ ie, l'histoire...

¿Será Bourdieu utilitarista?

Rodrigues Guimarâes,Ana Cristina
Fonte: Trabajo y sociedad Publicador: Trabajo y sociedad
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.26%
Este artigo pretende revisitar a crítica formulada por Caillé, na década de 1980, à Teoria da Prática de Bourdieu, mas que, ainda hoje, é reafirmada. A partir do questionamento se a teoria bourdieuana é ou não utilitarista, pretende-se pôr em diálogo Alain Caillé e Pierre Bourdieu tendo como base alguns de seus escritos. Caillé considera Bourdieu como um pensador que não rompe com a teoria utilitarista. Em contrapartida, ele propõe uma perspectiva que pretende ser anti-utilitarista, tendo como base o pensamento de Marcel Mauss e a categoria da dádiva. A releitura dos textos de Bourdieu buscando contra-argumentos à colocação de Caillé, permite destacar aspectos da Teoria da Prática pouco explorados e, assim, contribuir para a compreensão do tema. Além disso, possibilita a reflexão sobre a complexidade do encontro de dois campos do saber: de um lado Bourdieu, como representante da sociologia, e, de outro, Caillé, como representante da economia. Por fim, torna possível também pensar, de forma indireta, as proximidades e distâncias de duas referências das Ciências Sociais: Bourdieu e Mauss.