Página 1 dos resultados de 13640 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

Botânica no ensino médio : "bicho de sete cabeças" para professores e alunos?

Rivas, Marcela Ines Espinoza
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.67%
Botânica, como outras áreas da ciência, apresenta certa dificuldade em envolver alunos e professores no Ensino Médio. Geralmente não são utilizadas metodologias de ensino que façam com que os discentes tenham maior contato com os vegetais; outras dificuldades são a falta de equipamentos ou a precariedade dos mesmos, e a não utilização de locais adequados para realização das aulas. Este trabalho tem por objetivo analisar as metodologias de ensino em Botânica, a ocorrência da aprendizagem significativa, as percepções ambientais e dados referentes à motivação e interesse dos professores e alunos. Foram aplicados questionários não nominais a alunos concluintes do ensino básico e seus professores, em três escolas da rede pública da cidade de Porto Alegre, RS, para avaliar as noções de Botânica e ambiente. Buscando relacionar com a Teoria da Aprendizagem Significativa, as questões foram organizadas em três categorias: fatores motivacionais, cognitivos e atitudinais. Verificou-se forte grau de correlação entre a motivação dos professores e alunos em relação aos conteúdos de Biologia (r = 0,7616). Também se obteve correlação positiva entre as metodologias empregadas nas aulas de Botânica segundo professores e alunos (r=0...

Professor mediador : gerando interesse no aprendizado de Botânica em estudantes do Ensino Médio

Bopp, Thales Rodrigo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.61%
O ensino de Biologia pode ser desenvolvido e realizado de diversas maneiras, variando de acordo com os conteúdos escolares programados para cada etapa de ensino, os materiais didáticos e/ou instrucionais disponíveis na instituição de ensino, os recursos ou equipamentos à disposição dos professores e, até mesmo, as características pessoais de cada professor, cada turma e a maneira como interagem entre si. O presente trabalho tem como objetivo específico investigar quais metodologias de ensino têm sido utilizadas por professores de Biologia de seis escolas das redes pública e privada da Zona Sul de Porto Alegre, ao desenvolverem os conteúdos de Botânica em turmas de nível médio, identificar quais abordagens têm sido capazes de despertar um maior interesse nessa temática por parte dos alunos e, destas, quais têm evidenciado, na opinião dos professores, aprendizagens mais significativas nos estudantes. Além disso, perguntou-se aos professores qual a sua opinião acerca da utilização do Livro Didático para o desenvolvimento dos conteúdos de Botânica com alunos do Ensino Médio. A metodologia da pesquisa insere-se no campo da pesquisa qualitativa, com aplicação de questionário de perguntas abertas como a técnica da coleta de dados. Selecionaram-se três escolas públicas e três privadas...

Botânica na educação ambiental: jogos como propostas para a educação infantil

Dornelles, Carolina Martins da Vitória
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
36.67%
As ações do homem têm causado danos à natureza, colocando em risco a vida na Terra, muitas vezes, pelo erro de se acreditar na infinitude dos recursos naturais. Torna-se assim necessário um processo de educação para a formação da consciência ecológica, que pode ser definido como Educação Ambiental. A Botânica é o estudo do Reino Vegetal, o que envolve seus aspectos estruturais, sua fisiologia, bem como seu papel no meio ambiente, sendo que este último tem recebido muita ênfase, dada a importância dos vegetais na manutenção das condições da vida. Dada essa forte relação entre a Botânica e a Preservação ambiental, torna-se relevante a busca por propostas de ensino que articulem estes dois campos. Documentos como os Parâmetros Curriculares Nacionais, do ensino médio e do ensino fundamental, assim como o Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil incentivam uma abordagem contextualizada dos assuntos relacionados ao meio ambiente, de forma a permitir ao aluno, não apenas a compreensão da diversidade e complexidade dos seres vivos, mas também, a percepção de seu próprio papel como agente transformador do ambiente. No nível infantil, a educação ambiental é um dos temas que pode e deve ser abordado...

Especies arboreas, arbustivas e herbaceas do Parque Taquaral (Campinas, SP) : subsidios para atividades de ensino não-formal de botanica; Tree, shrub and herbaceous species of Parque Taquaral (Campinas, SP): subsidies for non-formal teaching activities of botany

Erika Ikemoto
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 02/02/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.61%
O potencial subutilizado de muitas áreas verdes urbanas e a maneira desinteressante como a Botânica é geralmente tratada em sala de aula foram algumas das questões que motivaram a realização deste trabalho. Seus objetivos centrais foram: (1) fornecer subsídios para o estabelecimento de uma relação mais próxima entre a flora de uma área urbana e seus freqüentadores atuais e potenciais e (2) realizar uma experiência de utilização dessa área, inserindo a dimensão não formal no contexto do ensino formal, numa tentativa de tornar o aprendizado de Botânica mais prazeroso. Foi realizado o levantamento das espécies herbáceas, arbustivas e arbóreas que ocorrem em cinco subáreas da área de estudo ? o Parque Taquaral.Foram encontradas 169 espécies; dentre as 157 identificadas até o nível de espécie, 94 são nativas, 62 exóticas e uma híbrido artificial. As informações reunidas acerca das subáreas revelaram que cada uma delas possui, comparativamente, certas características que favoreceriam a realização de atividades ? alto número total de espécies, grande quantidade de espécies de pequeno porte, alta concentração de espécies em uma pequena área. Chaves de identificação (uma geral e uma para cada subárea) foram confeccionadas procurando-se utilizar uma linguagem acessível a um público não acadêmico...

Saberes escolares de botânica nos livros didácticos de Ciências da Natureza dos ensinos primário e básico (1. º ciclo) : análise ao seu estatuto curricular no último século em Portugal; School knowledge of botany in textbooks of natural sciences in primary school education : analysis of its curricular statute in Portugal in the last century

Guimarães, Fernando
Fonte: Centro Universitário Moura Lacerda. Departamento de Educação e Programa de Pós-Graduação em Educação – Mestrado Publicador: Centro Universitário Moura Lacerda. Departamento de Educação e Programa de Pós-Graduação em Educação – Mestrado
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /12/2008 POR
Relevância na Pesquisa
36.61%
Os livros didácticos têm para a escola uma importância na conformação das formas e dos conteúdos do conhecimento pedagógico. Articulando aspectos relativos à sequência e ao ritmo da transmissão de conhecimentos possuem importantes objectivos pedagógicos e didácticos concretizados através das actividades que propõem e dos modos de avaliar as aquisições realizadas. O presente estudo analisa a importância que tem sido conferida à área de Botânica nos livros de Ciências dos Ensinos Primário e Básico (1.º Ciclo) no século XX em Portugal. Na tentativa de perceber de que forma ocorreu uma evolução na abordagem de conteúdos de Botânica, apreciamos livros didácticos baseados em onze princípios. Esta apreciação, assente na análise de conteúdo e na análise de clusters, contribui para confrontar os livros didácticos quanto aos conteúdos que incluem, as orientações curriculares, pedagógicas e didácticas que traduzem, assim como os valores educativos e científicos que sugerem. Os resultados mostram que a par da variação da terminologia dos livros didácticos, surgem a descomplexificação, as relações de semelhança, especificidade entre os livros didácticos e a conservação dos conteúdos de Botânica.; Textbooks are of great importance to school and teaching especially in the conformation of forms and contents of pedagogical knowledge. Combining dimensions related to sequence and rhythm of knowledge transmission...

A botânica no século XX em Portugal : análise do seu ensino nos manuais escolares dos ensinos primário e básico (1.º ciclo)

Guimarães, Fernando
Fonte: Universidade do Minho. Centro de Investigação em Ciências Sociais Publicador: Universidade do Minho. Centro de Investigação em Ciências Sociais
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
36.67%
Está hoje bem patente no número de publicações que regularmente podemos encontrar em diversas revistas científicas, o reconhecimento da relevância educativa das Ciências na escola básica a nível nacional e internacional. Contudo, é inquestionável que a implementação das Ciências dos níveis de escolaridade mais baixos tem-se revelado um empreendimento difícil e complexo. Os manuais têm para a escola uma importância na conformação das formas e dos conteúdos do conhecimento pedagógico. Integrando aspectos relativos à sequência e ao ritmo da transmissão de conhecimentos desempenham importantes funções pedagógicas e didácticas através das actividades que propõem e dos modos de avaliar as aquisições realizadas. O presente estudo, baseado na dissertação de doutoramento em Estudos da Criança, analisa a importância que tem sido conferida à área de Botânica nos manuais de Ciências dos Ensinos Primário e Básico (1.º Ciclo) no século XX. Na tentativa de perceber de que forma ocorreu uma evolução na abordagem de conteúdos de Botânica, apreciamos livros didácticos baseados em onze princípios. Esta apreciação, assente na análise de conteúdo e na análise de clusters, contribui para confrontar os livros quanto aos conteúdos que incluem...

Os manuais escolares no ensino de botânica no ensino básico (1. º ciclo) em Portugal : promoção de uma reflexão critica em assuntos ambientais?

Guimarães, Fernando
Fonte: Instituto Politécnico Bragança Publicador: Instituto Politécnico Bragança
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
36.67%
Está hoje bem patente no número de publicações que regularmente podemos encontrar em diversas revistas científicas, o reconhecimento da relevância educativa das Ciências na escola básica a nível nacional e internacional. Contudo, é inquestionável que a implementação das Ciências dos níveis de escolaridade mais baixos tem-se revelado um empreendimento difícil e complexo. Os manuais têm para a escola uma importância na conformação das formas e dos conteúdos do conhecimento pedagógico. Integrando aspectos relativos à sequência e ao ritmo da transmissão de conhecimentos desempenham importantes funções pedagógicas e didácticas através das actividades que propõem e dos modos de avaliar as aquisições realizadas. O presente estudo, baseado na dissertação de doutoramento em Estudos da Criança, analisa a importância que tem sido conferida à área de Botânica nos manuais escolares de Ciências dos Ensinos Primário e Básico (1.º Ciclo) no século XX em Portugal. Na tentativa de perceber de que forma ocorreu uma evolução na abordagem de conteúdos de Botânica, apreciamos livros didácticos baseados em onze princípios. Esta apreciação, apoiada numa abordagem metodológica assente na análise de conteúdo...

A similaridade dos manuais escolares de Ciências da Natureza dos ensinos Primário e Básico (1. º Ciclo). Análise ao ensino e aprendizagem da Botânica escolar no último século em Portugal

Guimarães, Fernando
Fonte: Instituto Politécnico de Castelo Branco/Escola Superior de Educação Publicador: Instituto Politécnico de Castelo Branco/Escola Superior de Educação
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /09/2009 POR
Relevância na Pesquisa
36.67%
A análise de manuais escolares mostra que a existência de conteúdos de Botânica no ensino das Ciências, no último século em Portugal, não pode ser compreendido à margem da natureza das políticas educativas, nem das políticas curriculares. Os manuais escolares têm para a escola uma importância na conformação das formas e dos conteúdos do conhecimento pedagógico. Articulando aspectos relativos à sequência e ao ritmo da transmissão de conhecimentos possuem importantes objectivos pedagógicos e didácticos concretizados através das actividades que propõem e dos modos de avaliar as aquisições realizadas. Este estudo, baseado na dissertação de doutoramento em Estudos da Criança, assume como objectivo principal analisar qual a importância que tem sido conferida, em Portugal, à área de Botânica nos manuais escolares de Ciências da Natureza dos Ensinos Primário e Básico (1.º Ciclo) no século XX. Na tentativa de perceber de que forma ocorreu uma evolução na abordagem de conteúdos de Botânica, apreciamos manuais escolares baseados em 11 princípios. Esta apreciação, apoiada numa abordagem metodológica assente na análise de conteúdo, pelo estabelecimento de categorias a posteriori, e na análise de clusters...

Mudanças recentes e propostas na nomenclatura botânica: implicações para a botânica sistemática no Brasil

NIC LUGHADHA,EIMEAR
Fonte: Sociedade Botânica de São Paulo Publicador: Sociedade Botânica de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/1999 PT
Relevância na Pesquisa
36.67%
Alterações recentes e propostas para o Código Internacional de Nomenclatura Botânica (CINB) são delineadas e suas implicações para a botânica sistemática no Brasil são discutidas. Além de diferir radicalmente do CINB, o BioCódigo inclui medidas que a comunidade botânica já havia rechaçado em votações anteriores. Um novo Índice Internacional de Nomes de Plantas, acessível pela Internet, estará disponível em 1999 e tornará ainda menos necessária a introdução da obrigatoriedade do registro de nomes de plantas.

Sistemas complexos: novas formas de ver a Botânica

Souza,Gustavo M.; Buckeridge,Marcos S.
Fonte: Sociedade Botânica de São Paulo Publicador: Sociedade Botânica de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2004 PT
Relevância na Pesquisa
46.54%
Uma parte da ciência denominada Complexidade vem se desenvolvendo rapidamente durante os últimos 15 anos e as aplicações de tais ferramentas às Ciências Vegetais são iminentes. Na presente revisão, são apresentados conceitos básicos relacionados à Complexidade e dados alguns exemplos de suas aplicações em diferentes áreas da Botânica. O argumento principal deste trabalho é que a melhor compreensão e conseqüente aplicação de tais enfoques à taxonomia, fisiologia, anatomia e ecologia pelos botânicos provavelmente levará a uma ampliação considerável do que se sabe sobre os vegetais.

Botânica econômica, uma ciência importante para a região amazônica

Prance,Ghillean T
Fonte: Sociedade Botânica do Brasil Publicador: Sociedade Botânica do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1988 PT
Relevância na Pesquisa
46.61%
A botânica econômica é uma ciência atualmente muito importante na região amazônica e deve ser adaptada às necessidades regionais. Neste trabalho, são fornecidos dados sobre o banco genético da floresta amazônica, espécies e dados econômicos da floresta de extração, sistemas agroflorestais, aproveitamento de monoculturas, naturais e cultivo das várzeas. É necessário um forte programa de botânica econômica para criar sistemas de uso racionais da floresta amazônica.

Dinâmica da composição botânica numa pastagem natural sob efeito de diferentes ofertas de forragem

Soares,André Brugnara; Carvalho,Paulo César de Faccio; Nabinger,Carlos; Trindade,José Pedro Pereira; Trindade,Júlio Kuhn Da; Mezzalira,Jean Carlos
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.67%
A intensidade de pastejo e suas alterações ao longo do tempo podem afetar a composição botânica e a estrutura do pasto. Este trabalho buscou avaliar o efeito de distintas ofertas de forragem (OF) sobre a dinâmica populacional de espécies de uma pastagem natural dos Campos Sulinos. As avaliações da composição botânica foram realizadas em 12 de janeiro e 17 de julho através do método BOTANAL. Os tratamentos constaram de diferentes OF (kg MS 100kg-1 de peso vivo dia-1): 8, 12 e 16 durante todo ano e diferentes combinações de sequências: 8 na primavera e 12 no resto do ano (8-12); 12 na primavera e 8 no resto do ano (12-8); 16 na primavera e 12 no resto do ano (16-12). O delineamento utilizado foi o de blocos casualizados com duas repetições. A oferta de forragem provocou alterações na composição botânica da vegetação. A manipulação da OF na primavera alterou a composição botânica da vegetação e apresentou maior impacto nas menores OF.

A mulher na botânica: questões de gênero na participação feminina em congressos de botânica no Brasil

Pilon,Natashi Aparecida Lima; Durigan,Giselda
Fonte: Instituto de Botânica Publicador: Instituto de Botânica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2011 PT
Relevância na Pesquisa
46.74%
A questão gênero e ciência, ou gênero e produção de conhecimento, vem sendo alvo de muitas discussões atualmente em todo o mundo. Com o objetivo de analisar a participação feminina na botânica e verificar se há algum tipo de viés de gênero neste campo do conhecimento, foram analisados anais de três congressos de botânica em um intervalo de 21 anos. No período analisado constatou-se a evolução da participação feminina nas pesquisas em Botânica, o aumento da produção de conhecimento e mudanças na posição de liderança das mulheres. A Botânica, portanto, difere em relação às ciências em geral no que diz respeito às questões de gênero.

Modelo de currículo para ensino de conjunto de disciplinas ofertadas pelo Departamento de Botânica - UFPR

Luz, Gastão Octavio Franco da, 1946-
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
36.74%
Resumo: O problema gerador deste trabalho refere-se ao currículo de Botânica, ofertado pela Universidade Federal do Paraná, a diferentes Cursos de Graduação. Tratado, ate o momento, em termos de programação de conteúdos, não vem revelando alternativas que atendam as necessidades da clientela, nem as expectativas de desenvolvimento da própria Botânica, enquanto Ciência. Buscando no passado a compreensão do presente, através de sinopse histórica, foi possível identificar: a- tradicional tendência em desenvolver o estudo dos vegetais tendo em vista critérios econômicos, preponderantemente; b- a existência de uma Botânica feita no Brasil por pesquisadores estrangeiros e literatura importada, em lugar de uma Botânica do Brasil, capaz de corresponder âs peculiaridades da flora nacional, algo distinta da européia e da norte-americana; c- a ausência de autonomia universitária a nível departarmental, o que implica em tomadas de decisão independentemente da postura dos especialistas em relação aos problemas - pertinentes aquela Ciência. A partir dos valores botânicos relativos a conteúdo processos e princípios, acrescidos de inovações geradas pela Escola Botânica do Paraná, ê proposto um modelo de currículo flexível a adequações a diferentes concepções de currículo e voltado pará Ensino para Competência. Mediante a combinação destes aspectos...

El material científico para la enseñanza de la botánica en la Región de Murcia (1837-1939)

Marín Murcia, José Pedro
Fonte: Universidade de Múrcia Publicador: Universidade de Múrcia
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
36.67%
El propósito que guía esta investigación es el estudio y la evolución del material científico utilizado para la enseñanza de la botánica entre 1837 y 1939. Para ello, analizamos tanto aquellos materiales ofertados por las principales casas comerciales europeas como los conservados en los centros educativos históricos de España, en especial, los de la Región de Murcia. En una primera parte mostramos la situación de partida, la botánica como disciplina, el contexto académico y educativo de la época como referencia inicial para explicar los escenarios de uso del material en los distintos grados de enseñanza. La segunda parte del trabajo recoge la catalogación y análisis de las características, el funcionamiento y los contenidos teóricos y procedimentales de los materiales necesarios para la enseñanza de la botánica, dividiéndolos en cuatro grandes grupos: manuales y libros, material representativo, material vivo e instrumental. Su estudio nos brinda excelentes ejemplos de materiales indicadores de la actividad docente que se desarrollaba, ayudándonos a ver como las nuevas orientaciones pedagógicas estuvieron en consonancia con los avances y cambios de paradigma científico que se produjeron en los últimos años del siglo XIX y los primeros del XX. The purpose of our research is the study of the scientific material used in the teaching of Botany and its evolution within the time frame of 1837 and 1939. For this...

Concepções de professores de Biologia do Ensino Médio sobre o ensino-aprendizagem de Botânica

Macedo, Marina; Katon, Geisly França; Towata, Naomi; Ursi, Suzana
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
36.77%
A forma como os professores percebem as dificuldades que os estudantes apresentam para compreender a Botânica reflete a maneira como eles tentarão suprir tais dificuldades. Dessa forma, o presente trabalho tem como objetivo verificar quais são as concepções de professores de Biologia que participam do curso em EaD “Especialização para Docentes em Biologia” da “Rede São Paulo de Formação Docente” sobre as dificuldades dos estudantes do Ensino Médio na aprendizagem de Botânica e como é possível superar as mesmas. Os dados foram obtidos através de uma enquete disponibilizada no Ambiente Virtual de Aprendizagem e analisados com base na Teoria Fundamentada. Os professores citaram como problemáticas do ensino de botânica a nomenclatura excessiva e complexa, dificuldade de temas específicos como ciclo de vida e fotossíntese, além do baixo interesse discente. Para sanar tais dificuldades e aproximar os estudantes das plantas, os docentes lançam mão de recursos considerados mais atrativos aos estudantes, como idas ao jardim da escola ou aulas utilizando recursos audiovisuais. Conclui-se então que a complexidade do tema aliado à chamada “cegueira botânica” dos estudantes dificultam a compreensão por parte desses sobre a Botânica.; The way teachers perceive the difficulties that students have to understand Botany reflects the method they try to use to overcome these difficulties. Therefore...

Professores / pesquisadores da pós-graduação em botânica no Brasil: análises métricas de produtividade

Amarante, Cristiana Maria Vasconcellos Goulart do
Fonte: Universidade Federal do Rio de Janeiro / Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia; BR; Ciência da Informação; Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação; UFRJ/ECO - IBICT Publicador: Universidade Federal do Rio de Janeiro / Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia; BR; Ciência da Informação; Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação; UFRJ/ECO - IBICT
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.71%
Exploratory research of scientific productivity of professors/researchers of Botany doctorate courses in Brazil using bibliometrics methods anchored in Scientific Communication. Sixteen Botany doctorate courses were identified; retrieved data on these courses refer to promoting institutions, concentration areas, research lines, and Cape's grades all data leading to professors/researchers target of this research. Special attention was paid to productivity patterns of the elite along the time period as well as their citation numbers. Bibliometrics methods and techniques used include Elitism Law, citation analysis, impact factor and h-index. The Elite consists of 18 professors/researchers linked to the following public institutions: UFV, UFRPE, IBT, UFRJ, UNESP, USP, UEFS, UFMG, UNB, UFPE and UNICAMP in the areas of Botany, Agronomics, Ecology, Chemistry, Forestry and Engineering Resources, Pharmaceutics, Genetics, Environmental Sciences, Geosciences, Microbiology and Anthropology reflecting the interdisciplinary character of the area itself. Geographical concentration of courses points to the Southeast region, especially the state of São Paulo, which obtained the highest Cape's grades. Professors/Researchers productivity amounts to 2.489 papers...

Filadelfia y la botánica en Norteamérica

Freire-Fierro,Alina
Fonte: Boletín de la Sociedad Argentina de Botánica Publicador: Boletín de la Sociedad Argentina de Botánica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2008 ES
Relevância na Pesquisa
46.74%
El establecimiento y el desarrollo de la investigación botánica en Norteamérica se inician con la fundación de tres instituciones de Filadelfia, la American Philosophical Society en 1743, el Departamento de Botánica de la Universidad de Pennsylvania en 1768 y la Academia de Ciencias Naturales (PH) en 1812. Algunos de los botánicos más influyentes durante los últimos cuatro siglos y en particular durante los siglos XVIII y XIX, vivieron en Filadelfia, entre ellos William Bartram (1699-1777), fundador del primer jardín botánico de Norteamérica, Benjamin Smith Barton (1766-1815), escritor del primer libro de texto de botánica en Estados Unidos y posiblemente en toda América, Federico Pursh (1774-1820), autor de una de las floras norteamericanas más completas del siglo XIX, Thomas Nuttall (1786-1859), autor de la primera flora norteamericana a nivel continental y Lewis David von Schweinitz (1780-1834), ampliamente reconocido como el padre de la micología norteamericana. Aunque la botánica alcanzó su cenit en Filadelfia durante el siglo XIX, continúa hoy contribuyendo al desarrollo de la botánica, gracias al aporte de muchas instituciones. El Herbario PH con sus más de 1,4 millones de especímenes y con la proporción más alta de tipos/totalidad de especímenes de todos los herbarios en los Estados Unidos...

Guía para una excursión botánica en las sierras de Córdoba

Cabido,Marcelo; Giorgis,Melisaa; Tourn,Monica
Fonte: Boletín de la Sociedad Argentina de Botánica Publicador: Boletín de la Sociedad Argentina de Botánica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2010 ES
Relevância na Pesquisa
46.54%
Se presenta una guía para una excursión botánica a través de las Sierras Grandes, llanos y valles del oeste de Córdoba. Se visitan diferentes pisos de vegetación del Distrito Chaqueño Serrano y parte de los bosques xerófilos de llanura del Distrito Chaqueño Occidental. La guía presenta descripciones de los bosques, matorrales y pastizales serranos de las laderas oriental y occidental de las Sierras Grandes, de los palmares de la Pampa de Pocho y parches de bosques de Aspidosperma quebracho-blanco en los valles y llanos en contacto con las sierras.

Botanical Sciences, nuevo nombre y otras adecuaciones editoriales para el Boletín de la Sociedad Botánica de México

Meave,Jorge A.; Terrazas,Teresa; Ibarra-Manríquez,Guillermo; Lorea Hernández,Francisco G.; Gallardo-Cruz,J. Alberto; Medina-Lemos,Rosalinda; Portilla-Alonso,Rosa Maricel; Salas-Morales,Silvia H.; Valencia-Á,Susana
Fonte: Sociedad Botánica de México A.C. Publicador: Sociedad Botánica de México A.C.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2012 ES
Relevância na Pesquisa
46.71%
En 1944 la Sociedad Botánica de México comenzó a publicar una revista científica con el objetivo de dar a conocer la investigación botánica realizada en México, llevando en ese entonces el escueto título de Boletín. A través de las décadas esta publicación periódica ha tenido una serie de transformaciones, desde su nombre (pasó a llamarse Boletín de la Sociedad Botánica de México) hasta diversos aspectos de formato y contenido. En este trabajo se da a conocer el nuevo nombre de la revista, Botanical Sciences, el cual va acompañado de varias adecuaciones cuyo objetivo es consolidar el papel primordial que ha alcanzado la revista en la difusión de la investigación botánica en los ámbitos nacional e internacional. Estas características son sin duda un reflejo del crecimiento y la madurez de la organización académica y profesional responsable de su publicación.