Página 1 dos resultados de 537 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

The anatomy and functional morphology of Diplodon rhombeus fontainianus (Orbigny, 1835) (Mollusca Bivalvia, Hyriidae); Anatomia funcional e morfologia de Diplodon rhombeus fontainianus (Orbigny, 1835) (Bivalvia: Hyriidae)

AVELAR, WEP.; CUNHA, AD.
Fonte: Instituto Internacional de Ecologia Publicador: Instituto Internacional de Ecologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
27.16%
Diplodon rhombeus fontainianus (Orbigny, 1835), belongs to the family Hyriidae Swainson 1840, the distribution of which is restricted to South America and Australasia. This species, endemic to Brazil, occurs in the central-southern geographical region, Upper Paraná Basin and Atlantic Microbasins Espirito Santo to Paraná states. The mollusk lives buried in muddy substrata, has similar sized adductor muscles, and is dioecious, lacking sexual dimorphism. The apertures are simple (type AII of Yonge, 1948, 1957) as in Diplodon rotundus gratus, Castalia undosa martensi, Castalia undosa undosa and mantle fusion is present only in the base of the exalant aperture. The inhalant aperture exhibits tentacles originating from the inner fold while the exhalant aperture has no tentacles. The ctenidia are type D (of Atkins, 1937). A well-developed marsupium is present in the inner demibranch. The association between the ctenidia and the labial palps belongs to category I (of Stasek, 1963). The stomach constitutes a type IV structure (of Purchon, 1958). The posterior sorting area (psa) presents two pouches in Diplodon rhombeus fontainianus. Among the Hyriidae, the presence of these pouches has also been described in several species of Hyriidae from South America. The organization of the gut in the visceral mass follows the same pattern seen in the Hyriidae already studied: Castalia undosa martensi...

Comparative morphology among representatives of main taxa of Scaphopoda and basal protobranch Bivalvia (Mollusca)

SIMONE, Luiz Ricardo L.
Fonte: USP Publicador: USP
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
37.52%
This study deals with detailed morphology and anatomy of 4 species of Scaphopoda and 5 species of protobranch Bivalvia. Both classes are traditionally grouped in the taxon Diasoma, which has been questioned by different methodologies, such as molecular and developmental. This study is developed under a phylogenetic methodology with the main concern in performing it in an intelligible and testable methodology. The analyzed Scaphopoda species came from the Brazilian coast and belong to the family Dentaliidae [(1) Coccodentalium carduus; (2) Paradentalium disparile] and Gadiliidae; [(3) Polyschides noronhensis, n. sp. from Fernando de Noronha Archipelago; (4) Gadila braziliensis]. These species represent the main branches of the class Scaphopoda. From protobranch bivalves, representatives of the families Solemyidae [(5) Solemya occidentalis, from Florida; S. notialis, n. sp. from S.E. Brazil], Nuculanidae [(6) Propeleda carpentieri from Florida], and Nuculidae [(7) Ennucula puelcha, from south Brazil] are included. These species represent the main branches of the basal Bivalvia. The descriptions on the anatomy of S. occidentalis and of P. carpentieri are published elsewhere. The remaining are included here, for which a complete taxonomical treatment is performed. Beyond these species...

Avaliação dos teores de Br, Cl, K, Mg, Mn e V em mexilhões Perna perna (Linnaeus, 1758: Mollusca, Bivalvia) coletados no litoral do estado de São Paulo, Brasil; Evaluation of the levels of Br, Cl, K, Mg, Mn and V in Perna perna mussels (Linnaeus, 1758: Mollusca, bivalvia) collected in coast of São Paulo, Brazil

Seo, Daniele
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
27.32%
O ambiente costeiro tem sido fortemente alterado em função de múltiplos impactos ambientais decorrentes das atividades antrópicas, como por exemplo, o escoamento de esgoto proveniente de áreas urbanas, a liberação de inúmeros produtos químicos das indústrias, a agricultura e o fluxo de embarcações, que podem acarretar vazamentos acidentais de petróleo e derivados, combustíveis e outros produtos transportados por via marítima. Neste contexto, um dos meios para avaliação da contaminação ambiental causada por essas substâncias potencialmente tóxicas em água do mar é a monitoração por meio de diferentes espécies de bivalves, que tem sido utilizada por diversos pesquisadores, do Brasil e do exterior. No que se refere aos moluscos bivalves, particularmente os mexilhões, o seu uso no biomonitoramento da contaminação marinha deve-se principalmente à sua ampla distribuição geográfica, hábito séssil e habilidade de concentrar metais tóxicos em até 102 - 105 vezes em relação às concentrações detectadas na água. No presente trabalho, foi empregado o biomonitoramento passivo com o uso do molusco bivalve Perna perna com relação aos elementos Br, Cl, K, Mg, Mn e V. Foram escolhidos estes elementos uma vez que eles podem ser determinados pelo método de INAA (Análise por Ativação com Nêutrons Instrumental)...

Anatomia e morfogênese da margem do manto da vieira Nodipecten nodosus (L. 1758) (Bivalvia: Pectinidae); Anatomy and morphogenesis of the mantle margin in the scallop Nodipecten nodosus (L. 1758) (Bivalvia: Pectinidae)

Audino, Jorge Alves
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/11/2014 PT
Relevância na Pesquisa
27.32%
O atual conhecimento sobre a margem do manto em moluscos bivalves é extenso, incluindo informações sobre morfologia, função e diversidade. Bivalves da família Pectinidae, também conhecidos como vieiras, possuem complexa margem palial, organizada em três pregas, incluindo olhos e tentáculos. Questões acerca do desenvolvimento da margem do manto em bivalves continuam amplamente incompreendidas, assim como a relação entre características paliais ao longo dos diferentes estádios do ciclo de vida. Neste contexto, a presente investigação utilizou a espécie de vieira Nodipecten nodosus como modelo para compreensão da morfogênese da margem palial em Pectinidae, com ênfase na origem e diferenciação das pregas paliais e estruturas associadas. Para contemplar esses objetivos, espécimes em diferentes estádios de desenvolvimento larval e pós-metamórfico foram analisados por meio de técnicas integradas de microscopia (i.e., histologia, microscopia eletrônica de varredura e transmissão, e imunocitoquímica aplicada à microscopia confocal). Inicialmente, a margem palial em larvas véliger de N. nodosus não é pregueada, porém, ao longo do desenvolvimento, dois processos de evaginação são determinantes na formação das pregas paliais. O primeiro ocorre no estádio de pedivéliger...

Mollusca Bivalvia da Baía do Almirantado, Ilha Rei George, Antártica : taxonomia e distribuição; Mollusca Bivalvia from Admiralty Bay, King George Island, Antarctica : taxonomy and distribution

Frederico Thomaisino Magalhães
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/02/2012 PT
Relevância na Pesquisa
27.63%
O Brasil aderiu ao "Tratado Antártico" em 1975, e desde 1982 mantém o "Programa Antártico Brasileiro. A partir de 1984 as pesquisas brasileiras se concentraram na Baía do Almirantado, na Ilha Rei George, onde se localiza a base do país. A Baía do Almirantado foi eleita uma "Área Antártica Especialmente Gerenciada" pelas Partes Consultivas do Tratado Antártico e trata-se de um local representativo do ecossistema costeiro antártico, principalmente em termos de distribuição e composição de espécies. Lá os pesquisadores tem estudado a fauna bentônica da região, entre eles os Mollusca, que são abundantes e importantes no estudo dos processos que determinam a estrutura e o funcionamento das comunidades bentônicas marinhas. Este estudo se focou na classe Bivalvia, provendo um novo material de referência para identificação destes animais, e mais especificamente daqueles da Baía do Almirantado, apresentando-se como um guia ilustrado, com descrições detalhadas das conchas dessas espécies. Além disso, dados de distribuição geográfica e batimétrica foram reunidos para uma análise dessa fauna, na tentativa de qualificar a importância da região das Ilhas Shetland do Sul como um local estratégico para estudos em biogeografia. Foram identificadas 39 espécies de 18 famílias distintas...

Investigação de limites específicos em Corbula (Corbulidae: Bivalvia) do Sudeste e Sul do Brasil, com base em marcadores moleculares; Species boundaries in Corbula (Corbulidae: Bivalvia) from South-Southeastern Brazil based on molecular markers

Monica Paiva Quast
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 31/01/2013 PT
Relevância na Pesquisa
27.32%
Espécies são unidades fundamentais da biologia e sua identificação é essencial para a pesquisa nos mais diversos campos. Esta tarefa, no entanto, é dificultada por limites interespecíficos naturalmente mal definidos, especialmente em ambientes marinhos, onde complexos de espécies crípticas são comuns. Assim, a delimitação de espécies tem recebido grande atenção nos últimos anos e técnicas moleculares têm se mostrado de grande importância para a questão. Corbula (Bivalvia: Corbulidae) é um gênero frequente e ecologicamente importante em comunidades bentônicas marinhas de sublitoral. A taxonomia do grupo é bastante confusa, em parte devido à plasticidade fenotípica das conchas que dificulta o estabelecimento de limites morfológicos entre as espécies. O presente estudo teve como objetivo estudar, com base em sequências de dois marcadores moleculares (COI e 16S), os limites entre seis espécies de Corbula morfologicamente identificadas da costa sudeste e sul do Brasil, de forma a testar a delimitação morfológica. Como se trata de espécies predominantemente de sublitoral, o material analisado encontrava-se preservado em álcool, havendo sido fixado em formol. Dessa forma, fez-se necessário o desenvolvimento de protocolos específicos de extração e amplificação. Uma combinação de extração orgânica com adsorção em sílica mostrou-se o melhor método de extração de DNA total. Para as reações de amplificação...

Estrutura da comunidade de Gastropoda e Bivalvia (Mollusca) associados às algas pardas do gênero Sargassum C. Agardh, 1820 (Sargassaceae) do canal de São Sebastião, Litoral Norte do Estado de São Paulo; Community structure of Gastropoda and Bivalvia (Mollusca) associated with brown algae of the genus Sargassum C. Agardh, 1820(Sargassaceae) of the São Sebastião Channel, the North Coast of São Paulo

Marjorie Cattaneo Fernandes
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/07/2014 PT
Relevância na Pesquisa
27.7%
As macroalgas associadas aos costões rochosos formam ambientes heterogêneos, que estão presentes em grandes áreas no ambiente marinho. São bem distribuídas na região entremarés e correspondem a um habitat favorável devido a sua complexidade estrutural, que está diretamente relacionada à diversidade de organismos associados a elas. Essa relação está provavelmente ligada à disponibilidade de refúgios e à capacidade de reter alimento. As macroalgas marinhas e sua fauna associada formam uma comunidade denominada fital. Os invertebrados são os principais animais associados às comunidades de fital, sendo a malacofauna bastante representativa neste sistema. No período de um ano realizaram-se quatro coletas de algas pardas Sargassum spp. em doze costões rochosos na região do Canal de São Sebastião, sendo seis na ilha de São Sebastião, e seis no continente, nos municípios de São Sebastião (5 costões) e Caraguatatuba (1 costão). Foram padronizados os números de frondes e a profundidade utilizada. O principal objetivo foi analisar a estrutura da comunidade de moluscos quanto à composição, a abundância e a riqueza de espécies, verificando se esses parâmetros diferiram entre ilha e continente. Foram registrados 15849 indivíduos...

Checklist of the shallow-water marine molluscs of the Azores: 1 - Pico, Faial, Flores and Corvo

Ávila, Sérgio P.; Azevedo, José M. N.; Gonçalves, João M.; Fontes, Jorge; Cardigos, Frederico
Fonte: Sociedade Afonso Chaves Publicador: Sociedade Afonso Chaves
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //1998 ENG
Relevância na Pesquisa
27.32%
An up-to-date commented check-list of the shallow-water marine molluscs of Pico, Faial, Flores and Corvo islands (Azores, Portugal) is provided, based on literature records, on material deposited at the Department of Biology of the University of the Azores (DBUA) as a result of the scientific expeditions "Flores/89", "Açores/89" and "Pico/91", and on photographic material at the Department of Oceanography and Fisheries/University of the Azores (DOP/UA). The collections of the Museu Carlos Machado - Historia Natural, MCM-HN, of the Museu de Zoologia - Museu de Historia Natural da Faculdade de Ciencias e Tecnologia da Universidade de Coimbra, MZ/MHN-FCTUC, and the mollusc collection deposited at DOP/UA were surveyed and the results are included in this report. Two hundred and fifty five taxa of shallow-water molluscs are reported to Pico, Faial, Flores and Corvo Islands (196 Gastropoda, 50 Bivalvia and 9 Cephalopoda). Of these, 32 are dubious records (23 Gastropoda, 8 Bivalvia and 1 Cephalopoda), there remaining 197 confirmed species to these islands. A total of 26 taxa were identified only down to the genus level (25 Gastropoda and 1 Bivalvia).

Comparative morphology among representatives of main taxa of Scaphopoda and basal protobranch Bivalvia (Mollusca)

Simone,Luiz Ricardo L.
Fonte: Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo Publicador: Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2009 EN
Relevância na Pesquisa
37.43%
This study deals with detailed morphology and anatomy of 4 species of Scaphopoda and 5 species of protobranch Bivalvia. Both classes are traditionally grouped in the taxon Diasoma, which has been questioned by different methodologies, such as molecular and developmental. This study is developed under a phylogenetic methodology with the main concern in performing it in an intelligible and testable methodology. The analyzed Scaphopoda species came from the Brazilian coast and belong to the family Dentaliidae [(1) Coccodentalium carduus; (2) Paradentalium disparile] and Gadiliidae; [(3) Polyschides noronhensis, n. sp. from Fernando de Noronha Archipelago; (4) Gadila braziliensis]. These species represent the main branches of the class Scaphopoda. From protobranch bivalves, representatives of the families Solemyidae [(5) Solemya occidentalis, from Florida; S. notialis, n. sp. from S.E. Brazil], Nuculanidae [(6) Propeleda carpentieri from Florida], and Nuculidae [(7) Ennucula puelcha, from south Brazil] are included. These species represent the main branches of the basal Bivalvia. The descriptions on the anatomy of S. occidentalis and of P. carpentieri are published elsewhere. The remaining are included here, for which a complete taxonomical treatment is performed. Beyond these species...

A new occurrence of Limnoperna fortunei (Dunker 1856) (Bivalvia, Mytilidae) in the State of São Paulo, Brazil

Avelar,W. E. P.; Martim,S. L.; Vianna,M. P.
Fonte: Instituto Internacional de Ecologia Publicador: Instituto Internacional de Ecologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/11/2004 EN
Relevância na Pesquisa
37.16%
The freshwater mussel Limnoperna fortunei (Dunker 1856) (Bivalvia, Mytilidae) has been found in the Paraná river, near Rosana, São Paulo. This is the first record of this specie in São Paulo State. This population of Limnoperna fortunei seems to be young and in a colonization process.

Evolution of Bivalvia: Multi-level phylogenetic and phylogenomic reconstructions within Bivalvia (Mollusca) with emphasis on resolving familial relationships within Archiheterodonta (Bivalvia: Heterodonta).

Gonzalez, Vanessa Liz
Fonte: Harvard University Publicador: Harvard University
Tipo: Thesis or Dissertation
EN_US
Relevância na Pesquisa
37.43%
With an estimated 8,000-20,000 species, bivalves represent the second largest living class of molluscs (Bieler et al. 2013). Revived interest in molluscan phylogeny has resulted in a torrent of molecular sequence data from phylogenetic, mitogenomic, and phylogenomic studies. Despite recent progress, basal relationships of the class Bivalvia remain contentious, owing to conflicting hypotheses often between morphology and molecules.

Biologia e anatomia comparada de espécies de Tellinidae (Mollusca: Bivalvia) do litoral do Estado de São Paulo, Brasil; Biology and comparative anatomy of Tellinidae species (Mollusca: Bivalvia) from São Paulo state coast, Brazil

Pedro Ribeiro Piffer
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/12/2011 PT
Relevância na Pesquisa
27.32%
O estudo da anatomia das partes moles de moluscos é fundamental para o entendimento dos diversos aspectos da biologia desses animais e, além de resolver problemas taxonômicos insolúveis por características conquiliológicas, subsidia estudos diversos de comportamento, ecologia, fisiologia, filogenia, entre muitos outros. Porém, tanto no Brasil quanto em escala mundial, relativamente poucos grupos de moluscos são bem conhecidos em seus aspectos anatômicos, sendo isso particularmente comum para famílias muito diversificadas em número de espécies e com ampla distribuição geográfica. Entre os Bivalvia, pode-se citar como uma dessas famílias, Tellinidae, uma das maiores e mais diversificadas em águas tropicais e subtropicais. Para suprir essa lacuna, o presente estudo teve como objetivo a comparação da biologia de cinco espécies de Tellinidae facilmente encontradas na região entremarés em praias do litoral norte do Estado de São Paulo, contemplando a análise detalhada da anatomia e do funcionamento dos órgãos do complexo palial, bem como a descrição da musculatura associada ao pé e da configuração do trato digestivo, que fornecem informações importantes sobre as adaptações das espécies ao seu habitat. As características morfológicas e comportamentais dos órgãos da cavidade palial indicam que as espécies estudadas possuem eficientes mecanismos para lidar com o grande aporte de partículas que entra nessa cavidade através dos longos sifões. Rapidamente...

A new occurrence of Anodontites tenebricosus (Bivalvia: Mycetopodidae) in the Sapucaí river basin, São Paulo, Brazil: environmental and conchological aspects

Troncon,EK.; Avelar,WEP
Fonte: Instituto Internacional de Ecologia Publicador: Instituto Internacional de Ecologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2011 EN
Relevância na Pesquisa
37.16%
The aim of this work was to register the occurrence of Anodontites tenebricosus (Bivalvia: Mycetopodidae) in the Sapucaí river basin, municipality of São Joaquim da Barra, São Paulo state, Brazil, associating its occurrence to the environment in which they are found, besides providing conchological data to contribute to the identification of the species. Fifty one specimens of Anodontites tenebricosus were studied regarding their conchological and morphometrical aspects. Strong correlations were found between the morphometric variables, the correlation between 'length and height of the shell' being the most significant. The characteristics of the shells of A. tenebricosus found in the Sapucaí river basin resemble the descriptions of the species found in the literature; therefore, we are able to expand the area of occurrence of the species for the state of São Paulo.

Othonella araguaiana Mendes (Bivalvia, Megadesmidae), formação Corumbataí (Permiano Superior) da margem leste da Bacia do Paraná: significado sistemático, evolutivo e bioestratigráfico; Othonella araguaiana (Bivalvia, Megadesmidae) from the Corumbataí Formation (Midlle Permian), Eastern Margin of the Paraná Basin: systematic, evolutionary and biostratigraphic significances

Simões, Marcello Guimarães; Anelli, Luiz Eduardo; David, Juliana Machado
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Geociências Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Geociências
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/07/2010 ENG
Relevância na Pesquisa
27.32%
Nesse estudo, é reportada, pela primeira vez, a ocorrência de Othonella araguaiana Mendes, no Estado de São Paulo, intervalo da biozona de Pinzonella illusa, Formação Corumbataí, Permiano médio. Trata-se de bivalve de ocorrência rara, originalmente descrito para a Formação Estrada Nova (= Formação Corumbataí), do Alto Araguaia e Alto Garças, Estado do Mato Grosso. Novos espécimes de O. araguaiana foram encontrados em arenito bioclástico (tempestito proximal), na parte média da Formação Corumbataí, em Rio Claro, SP. As conchas silicificadas e os moldes internos estão bem conservados, preservando a impressão da musculatura e de outros caracteres internos (e.g., charneira) nunca antes ilustrados. Em sua descrição original, Mendes (1963) chamou a atenção para a semelhança entre O. araguaiana e Terraia aequilateralis, um Veneroida comum na Formação Corumbataí. Contrariamente, Runnegar e Newell (1971), notaram que O. araguaiana pertence aos Megadesmidae, se tratando provavelmente de um sinônimo-júnior de Plesiocyprinella carinata (o megadesmídeo mais comum do Grupo Passa Dois). Conforme nossos dados mostram, O. araguaiana pode ser atribuída aos Megadesmidae, sendo, porém, distinta de P. carinata. A nova ocorrência de O. araguaiana é importante para esclarecer as relações de parentesco entre os Megadesmidae da Bacia do Paraná e por demonstrar que: a) a distribuição paleobiogeográfica da espécie não está restrita à porção setentrional da Bacia do Paraná...

Nematopsis sp. (Apicomplexa: Eugregarinida) em Mytella guyanensis (Lamarck, 1819) (Bivalvia: Mytilidae) da Região Estuarina do Rio Cachoeira, Ilhéus, Bahia, Brasil; Nematopsis sp. (Apicomplexa: Eugregarinida) in Mytella guyanensis (Lamarck, 1819) (Bivalvia: Mytilidae) from estuarine region of the Cachoeira river, Ilhéus, Bahia, Brazil

Pinto, Thiago Ramos; Boehs, Guisla
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2008 POR
Relevância na Pesquisa
27.32%
Exemplares do molusco Mytella guyanensis (Bivalvia: Mytilidae) da região estuarina do Rio Cachoeira (Ilhéus, Bahia) foram investigados quanto à freqüência de ocorrência e sítios de infecção por protozoários do gênero Nematopsis Schneider, 1892 (Apicomplexa: Eugregarinida: Porosporidae), no período entre agosto de 2005 e julho de 2006. Em 480 animais analisados, medindo entre 34,5 e 74,9 mm de altura (Média: 55,4 mm; DP ± 6,7), 387 apresentaram em seus tecidos o parasito e nestes, os locais com maior freqüência de ocorrência do Nematopsis foram as brânquias (298 animais) e o manto (248). O parasito foi também observado na glândula digestiva e na musculatura. Alguns indivíduos gravemente infectados apresentaram modificações na conformação das brânquias e do manto.; Individuals of the clam Mytella guyanensis (Bivalvia: Mytilidae) from the estuarine region of the Cachoeira river (Ilhéus, Bahia) have been analyzed to detect the frequency of occurrence and infected sites by protozoans of the genus Nematopsis Schneider, 1892 (Apicomplexa: Eugregarinida: Porosporidae), in the period between August 2005 and May 2006. A total of 480 individuals were analyzed, measuring between 34.5 and 74.9 mm of height (Average: 55.4 mm; DP ± 6.7). Nematopsis were found in 387 of them...

Malacofauna marinha da região costeira do Canal de São Sebastião, SP, Brasil: Gastropoda, Bivalvia, Polyplacophora e Scaphopoda; A faunal survey of the marine molluscs of the Channel of São Sebastião, SP, Brazil: Gastropoda, Bivalvia, Polyplacophora and Scaphopoda

Migotto, Alvaro Esteves; Tiago, Cláudio Gonçalves; Magalhães, Aimê Rachel Magenta
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto Oceanográfico Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto Oceanográfico
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/1993 POR
Relevância na Pesquisa
27.32%
Um levantamento faunístico dos moluscos marinhos do Canal de São Sebastião foi realizado entre junho de 1982 e fevereiro de 1983. Um total de 195 espécies foram encontradas: 103 gastrópodes, 87 bivalves, 4 quitons e 1 escafópodo. 140 espécies pertecem a fauna caribeana, 22 são cosmopolitas ou circuntropicais, 13 são endêmicas da costa brasileira e 10 pertecem à fauna patagônica. A maioria das espécies foi encontrada na região entremarés. São também listadas outras 142 espécies de moluscos registradas por outros autores para a região e não reencontradas. Foi notada uma redução no número de espécies ao se comparar os dados do presente trabalho com dados mais recentes, obtidos por outros autores. Levanta-se a hipótese de que esta situação é devida a poluição crônica e outros impactos ambientais.; Between June 1982 and February 1983 a survey of the marine molluscs of the Channel of São Sebastião, State of São Paulo, was carried out A total of 195 species were found: 103 gastropods, 87 bivalves, 4 chitons, and 1 scaphopod. 140 species belong to the Caribbean fauna, 22 are circumtropical or worldwide in distribution, 13 are endemic to the Brazilian coast, and 10 belong to the Patagonian fauna. Most species (77...

Comparative morphology among representatives of main taxa of Scaphopoda and basal protobranch Bivalvia (Mollusca)

Simone, Luiz Ricardo L.
Fonte: Universidade de São Paulo. Museu de Zoologia Publicador: Universidade de São Paulo. Museu de Zoologia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2009 ENG
Relevância na Pesquisa
37.58%
Este estudo analisa a morfologia e anatomia detalhadas de 4 espécies de Scaphopoda e 5 espécies de bivalves protobrânquios. Ambas as classes são tradicionalmente agrupadas no táxon Diasoma, o qual vem sendo questionado por diferentes metodologias, tais como molecular e de desenvolvimento. Este estudo é desenvolvido sob uma metodologia filogenética, a qual a maior preocupação é fornecer um procedimento inteligível e testável. As espécies de Scaphopoda analisadas provieram da costa brasileira e pertencem à família Dentaliidae [(1) Coccodentalium carduus; (2) Paradentalium disparile] e Gadilidae [(3) Polyschides noronhensis, n. sp. do Arquipélago de Fernando de Noronha; (4) Gadila braziliensis]. Estas espécies representam os ramos principais da classe Scaphopoda. Dos bivalves protobrânquios, representantes das famílias Solemyidae [(5) Solemya occidentalis, da Flórida; S. notialis, n. sp. do S.E. Brasil], Nuculanidae [(6) Propeleda carpentieri, da Flórida] e Nuculidae [(7) Ennucula puelcha, do sul do Brasil] são incluídos. Estas espécies representam os principais ramos dos bivalves basais. As descrições anatômicas de S. occidentalis e de P. carpentieri estão sendo publicadas em outro artigo, as das demais espécies estão incluídas neste...

REPRODUCTIVE PHYSIOLOGICAL VARIATION Anomalocardia brasilian (GMELIN, 1971)(MOLLUSCA - BIVALVIA), IN DIFFERENT LATITUDES

Grotta, Marinei; Lunetta, João Edmundo
Fonte: Revista Nordestina de Biologia Publicador: Revista Nordestina de Biologia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ;
Publicado em 01/06/1982 PT
Relevância na Pesquisa
37.16%
The paper deals with a comparison of the reproductive events of two stocks of populationsof Anomalocardia brasiliana from the coast of the States of São Paulo (23º47'S; 46°22'W) and Paraíba (6º57'S; 34º51"W), respetively.KEY WORDS: Anomalocardia brasiliana, Mollusca, Bivalvia, reproduction, temperature, latitu-de and photoperiod.

EFFECT OF THE SALINITY VARIATION ON THE OSMOTIC RESPONSES OF CRASSOSTREA RHIZOPHORAE (GUILDING, 1828)(MOLLUSCA-BIVALVIA-OSTREIDAE): PHYSIOLOGICAL SUBSIDIES TO CULTIVATION; EFFECT OF THE SALINITY VARIATION ON THE OSMOTIC RESPONSES OF CRASSOSTREA RHIZOPHORAE (GUILDING, 1828)(MOLLUSCA-BIVALVIA-OSTREIDAE): PHYSIOLOGICAL SUBSIDIES TO CULTIVATION; EFFECT OF THE SALINITY VARIATION ON THE OSMOTIC RESPONSES OF CRASSOSTREA RHIZOPHORAE (GUILDING, 1828)(MOLLUSCA-BIVALVIA-OSTREIDAE): PHYSIOLOGICAL SUBSIDIES TO CULTIVATION

Pedreschi, Orlando; Leonel, Rosa Maria Veiga; Hernández, Malva Isabel Medina
Fonte: Revista Nordestina de Biologia Publicador: Revista Nordestina de Biologia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 02/11/2010 POR
Relevância na Pesquisa
27.43%
Efeito da variação da salinidade sobre as respostas osmóticas de Crassostrea rhizophorea (Guilding, 1828)(Mollusca - Bivalvia - Ostreidae): subsídios fisiológicos para cultivo. A sobrevivência de adultos (4,5 cm de comprimento médio) e de sementes (2,0 cm de comprimento médio), a capacidade de isolamento e a osmolalidade de hemolinfa da ostra Crassostrea rhizophorae, foram analisadas em indivíduos aclimados a 30 psu, durante 48 h e submetidos a meios hiper e hiposmóticas. Após 20 dias, a tolerância de adultos foi maior que a das sementes, em todas salinidades testadas (entre 10 e 35 psu). Sem atingir o LT50, os maiores níveis de sobrevivência (acima de 90%) foram atingidos pelos adultos e sementes, nas faixas de salinidade entre 15 e 35 psu e entre 20 e 35 psu, respectivamente. Nos meios mais diluídos, a lenta diluição do fluido perivisceral de ostras adultas, evidenciou a existência de estratégia de proteção temporária contra uma rápida diminuição da concentração dos fluidos corpóreos. A concentração da hemolinfa variou linearmente com a concentração do meio (R2=0...

Malacología Latinoamericana: Moluscos de agua dulce de Argentina

Rumi,Alejandra; Gutiérrez Gregoric,Diego E; Núñez,Verónica; Darrigran,Gustavo A
Fonte: Revista de Biología Tropical Publicador: Revista de Biología Tropical
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2008 ES
Relevância na Pesquisa
27.32%
Se presenta un estado de situación y una lista actualizada y comentada sobre las especies de moluscos de agua dulce de la República Argentina. Se aborda en Gastropoda y Bivalvia la distribución a nivel de familias; las entidades endémicas, exóticas, invasoras y de importancia sanitaria. Los moluscos relacionados a la cuenca del Plata presentan la mayor riqueza específica. Base de datos: 4 500 registros relevados de las tres colecciones más importantes de la Argentina: MLP, MACN y FML. Además, se incluye información de recolecciones actuales y localidades citadas por otros autores. Hasta el presente han sido descritas 166 especies. De ellas 101 pertenecen a 10 familias de Gastropoda y 65 a 7 de Bivalvia. Las familias que presentan mayor riqueza específica son Lithoglyphidae (22) y Sphaeriidae (25), respectivamente. Sphaeriidae, Cochliopidae, Chilinidae y Lymnaeidae se distribuyen prácticamente en todo el país. Erodonidae y Solecurtidae se registran en ambientes mixohalinos de la provincia de Buenos Aires. Thiaridae y Glacidorbiidae presentan una distribución muy restringida. Especies endémicas de la Argentina: Gastropoda: Ampullariidae (1), Cochliopidae (10), Lithoglyphidae (11), Thiariidae (3), Chilinidae (11), Lymnaeidae (2) y Physidae (2?); Bivalvia: Hyriidae (1?); Etheriidae (1?) y Sphaeriidae (10). Especies de interés sanitario: propagadoras de: Esquistosomiasis...