Página 1 dos resultados de 652 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Procedimentos de biossegurança  adotados por profissionais prestadores de serviços de manicure, pedicure, tatuagem, piercing e maquiagem definitiva no município de Jacaréi - SP; Biosafety procedures adopted by Professional service providers manicure, pedicure, tattoo, piercing and permanent makeup the city of Jacarei-SP

Cortelli, Andréia Ferreira Diniz
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/09/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.39%
Introdução - Práticas de embelezamento, como a tatuagem, a maquiagem definitiva, o piercing e a retirada de cutículas são comuns entre os brasileiros e frequentes nas diversas classes sociais, entre indivíduos de idades variadas e de ambos os sexos. Podem expor profissionais e usuários ao contato de agentes infecciosos veiculados pelo sangue, representando riscos de transmissão de doenças como hepatite B, hepatite C, AIDS e lesões dermatológicas. Objetivo - Investigar os procedimentos de biossegurança adotados pelos profissionais de embelezamento, manicure, pedicure, tatuagem, piercing e maquiagem definitiva no município de Jacareí-SP. Métodos - Foi utilizada uma abordagem descritiva e observacional de corte transversal. A coleta de dados foi realizada entre maio e junho de 2011. Quarenta profissionais foram entrevistados, 20 entrevistas foram realizadas em estabelecimentos localizados no centro da cidade e 20 em estabelecimentos nos dez bairros mais populosos do município. Utilizou-se questionário para avaliar conhecimentos e atitudes dos profissionais, bem como um formulário para a observação dos procedimentos destes profissionais e estrutura física dos estabelecimentos. Resultados - Verificou-se falta de conhecimento sobre biossegurança pelos profissionais...

Biossegurança em radiologia odontológica

Moreira, Daniel Soares
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.53%
Biossegurança é uma temática relativamente nova em Odontologia. O objetivo do presente estudo foi analisar os principais aspectos relacionados à biossegurança aplicados a radiologia odontológica através da revisão da literatura. Primeiramente foi realizada a contextualização histórica e definição do conceito de biossegurança. Após foram revisados os riscos relativos à radiação ionizante e a exposição aos agentes biológicos que pacientes e profissionais são submetidos durante os procedimentos radiográficos. Demonstrou-se as diferentes doses de radiação emitidas pelos equipamentos utilizados em radiologia oral tanto nos sistemas analógicos como digitais. As diferentes formas como ocorrem a propagação de microorganismos durante a obtenção das imagens radiográficas foi igualmente revista. As medidas de biossegurança para prevenir esses riscos em radiologia odontológica, através da radioproteção e do controle de infecção, também foram apresentadas. Após a apresentação de dados pode-se concluir que atualmente a biossegurança em radiologia odontológica tem como principais objetivos a redução da dose de radiação para o paciente e evitar a infecção cruzada entre os diferentes agentes envolvidos durante a realização dos exames radiográficos.; Biosafety is a relatively new subject in Dentistry. The aim of this study was to analyze the main issues related to biosafety in dental radiography through of literature review. First of all was performed a historical background and a definition of biosafety. After that were reviewed the risks of exposure to ionizing radiation and biological agents than both patients and health care workers are exposed during the radiographic procedures. It has demonstrated the different doses of radiation emitted by equipment used in dental radiograph both film-based and digital systems. The different ways that microorganisms can be spread...

Capacitação em biossegurança

Neri, Janilce
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 105 f.| il., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
37.47%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção.; As medidas de biossegurança, quando utilizadas de forma adequada, oferecem proteção aos profissionais e usuários durante a realização dos procedimentos pelos profissionais de saúde. A capacitação em biossegurança proporciona a conscientização em relação à diminuição e/ou eliminação dos riscos a que estão expostos no ambiente de trabalho.O estudo teve como objetivo propor um programa de capacitação em biossegurança para funcionários das áreas hospitalares e da unidade básica de saúde. A metodologia utilizada no estudo constou da pesquisa aplicada, exploratória e descritiva. Foi utilizada a abordagem qualiquantitativa para análise dos dados. A população pesquisada constou de (15) médicos, (4) enfermeiros e (38) auxiliares de enfermagem totalizando (57) participantes, sendo que estes atuam em hospitais e na unidade básica de saúde. Os instrumentos utilizados para a consecução da pesquisa foram a observação assistemática e a aplicação de um questionário semi-estruturado. Em relação ao perfil, os resultados apontaram que (11) médicos são do sexo masculino e (4) do sexo feminino...

Diagnóstico de biossegurança em clínica odontológica universitária da Universidade Paranaense - UNIPAR

Paula, Nanci Verginia Küster de
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xi, 92 f.| il., tabs., grafs.
POR
Relevância na Pesquisa
37.47%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção.; A Ergonomia busca a segurança, a satisfação e o bem estar dos trabalhadores e, ao mesmo tempo, um intercâmbio com a trabalho. Interagindo com esta ciência está a Biossegurança, que vem garantir que o trabalhador execute suas atividades, agindo de forma preventiva aos riscos que podem estar expostos. Na área de saúde, as atividades desenvolvidas envolvem o contato com riscos físicos, químicos, biológicos, mecânicos e ergonômicos, que variam sua intensidade, conforme o procedimento realizado. Na odontologia, estes riscos estão presentes, o que torna importante estudá-los para minimizá-los ou eliminá-los, pois os mesmos podem desencadear a ocorrência de acidentes e doenças ocupacionais. Atualmente torna-se um desafio transformar Biossegurança em ações diante dos procedimentos realizados, a sua complexidade e a própria dinâmica do serviço; porém a priori, a capacitação nesta área é a maior arma diante dos riscos de incidentes, acidentes e doenças ocupacionais, que acompanham o dia-a-dia do profissional de odontologia. Neste contexto, um diagnóstico de riscos é considerado de importância significativa para a construção de um profissional que consiga...

Avaliação da necessidade de implantação de normas e rotinas de biossegurança, para a qualificação dos estudantes do curso de odontologia

Ribeiro, Maristela de Azevedo
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 62 f.| tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
37.57%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-graduação em Engenharia de Produção; A pesquisa teve como objetivo identificar o conhecimento de acadêmicos do curso de Odontologia quanto a Biossegurança relacionada às disciplinas consideradas invasivas no exercício de sua prática de ensino e profissional, através dos conteúdos ministrados e contemplados no plano de ensino da matriz curricular do curso de Odontologia. O estudo pautou-se na abordagem quanti-qualitativa realizada no Curso de Odontologia da Universidade Paranaense em Umuarama. A população foi constituída de 68 acadêmicos da última série do curso de odontologia, do ano de 2003. Como instrumento para a coleta de dados foi utilizado um questionário estruturado contendo sete questões objetivas, que investigava o conhecimento em Biossegurança nos quesitos imunoprofilaxia, condutas frente a acidentes pérfuro-cortantes, quimioprofilaxia pós-exposição a material biológico, e qual(is) disciplina(s) curricular(es) que abordou(aram), em seus conteúdos, assuntos em Biossegurança. Os dados foram analisados e representados sob a forma de tabelas. Para uma melhor compreensão dos resultados sobre o conhecimento dos discentes em relação a Biossegurança...

A biossegurança dos organismos transgênicos no direito ambiental brasileiro

Ferreira, Heline Sivini
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
37.47%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Jurídicas. Programa de Pós-Graduação em Direito.; Adotando a teoria da sociedade de risco como marco teórico, a presente pesquisa analisa as normas ambientais que atualmente regulam a biossegurança dos organismos transgênicos no ordenamento jurídico brasileiro, particularmente aquelas contidas na Lei n. 11.105, de 24 de março de 2005. Empregando-se o método de abordagem indutivo, partiu-se inicialmente da constatação de que a sociedade moderna vivencia um expressivo processo de transformação. As promessas não cumpridas do progresso cederam a uma realidade marcada por estagnações, regressões e destruições, fazendo com que a sociedade industrial passasse a se confrontar com os seus próprios limites. Paralelamente, a sociedade de risco começou a delinear os seus primeiros contornos, apresentando como nota distintiva uma modalidade diferenciada de riscos ambientais. Revestidos de uma complexidade nunca antes observada, essas novas ameaças deixaram de ser passíveis de previsão e controle, provocando uma ruptura nos padrões de segurança tradicionais. Com isso, surgiu a irresponsabilidade organizada, um fenômeno que se propõe a dissimular a realidade do risco...

Biossegurança de plantas geneticamente modificadas para alimentação no Brasil

Espindola, Maria Zoê Bellani Lyra
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.47%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Jurídicas. Programa de Pós-graduação em Direito; A presente dissertação intenta apresentar uma abordagem biojurídica da biossegurança de plantas geneticamente modificadas para alimentação humana e animal no Brasil. O problema enfrentado consiste na verificação do comprometimento da Lei nº 11.105/2005 - a nova Lei de Biossegurança - com a responsabilidade perante as futuras gerações, considerando-se os riscos à vida e à saúde do homem, dos animais e a todo o meio ambiente, oriundos da biotecnologia. Buscando a aproximação entre ética e direito para além de uma abordagem vazia de conteúdo, parte-se da investigação da técnica do DNA recombinante e de seus potenciais riscos e benefícios, em vista de uma completa avaliação de biossegurança; enfrenta-se a intransferível responsabilidade humana - derivada da própria natureza do homem - de conduzir eticamente o processo de produção e distribuição dos impactos oriundos da biotecnociência, no intuito de promover a dignidade humana e com ela, a vida extra-humana e a futura humanidade; por fim, aborda-se a emergência do princípio da precaução como um instrumento biojurídico de defesa da dignidade humana...

O Regime Internacional de Biossegurança e suas implicações para os cidadãos brasileiros

Platiau, Ana Flávia Barros; Varella, Marcelo Dias
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
37.53%
O desenvolvimento do regime internacional de biossegurança se baseou em dois sistemas jurídicos internacionais distintos e autônomos. Essa dualidade tem levantado várias dúvidas a respeito das implicações do regime para cada país. Assim sendo, este ensaio analisa o caso brasileiro. O primeiro instrumento é o Protocolo de Biossegurança, que emana do direito internacional ambiental, e o segundo é o conjunto normativo da OMC, que é considerado como o mais eficiente regime regulador da história. Os impactos do regime de biossegurança são de natureza legal e política. O mais importante destes é que, se os cidadãos não quiserem comprar OGMs, eles terão que agir como consumidores. __________________________________________________________________________________ ABSTRACT; The development of the international biosecurity regime was based on two different international law instruments. This duality has raised several doubts about the regime.s implications for any given country, so this paper analyzes the Brazilian case. The first instrument is the Biosecurity Protocol, which arises out of international environmental law, and the second one is the WTO regime, which is considered to be the most efficient regulation regime ever. The impacts of the international Biosecurity regime are at the same time of a legal and political nature. The most important one is that if citizens do not want to buy GMOs...

Ensino de Biossegurança na Graduação em Enfermagem: uma revisão da literatura

Andrade,Andréia de Carvalho; Sanna,Maria Cristina
Fonte: Associação Brasileira de Enfermagem Publicador: Associação Brasileira de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.53%
Trata-se de um estudo que realizou um levantamento da produção científica em enfermagem referente ao ensino de biossegurança com o objetivo de investigar o contexto em que se deram e conhecer o conteúdo das publicações acerca do ensino de biossegurança na graduação em enfermagem. Foram analisados artigos de periódicos encontrados na consulta às bases de dados LILACS, SciELO, MEDLINE, BDENF, DEDALUS e PERIENF, identificando 26 artigos. Os resultados encontrados proporcionaram a formação e discussão das categorias: "Bases ideológicas e teóricas", "Abordagem histórica de biossegurança", "Riscos ocupacionais e AIDS" e "Educação em biossegurança na formação". Conclui-se que o número de artigos é pequeno, principalmente artigos enfocando educação em biossegurança, mas houve uma evolução deste conteúdo nos últimos anos.

O conceito de biossegurança à luz da ciência pós-normal: avanços e perspectivas para a saúde coletiva

Neves,Tatiana Pereira das; Porto,Marcelo Firpo de Souza; Marinho,Carmem Luiza Cabral; Braga,Ana Maria Cheble Bahia
Fonte: Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.; Associação Paulista de Saúde Pública. Publicador: Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.; Associação Paulista de Saúde Pública.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.57%
Trata-se de um estudo de natureza teórico-conceitual, que analisa as limitações do conceito de biossegurança à luz da ciência pós-normal, buscando contribuir para o debate sobre as controvérsias associadas à biossegurança. Parte do pressuposto que a noção de biossegurança, ao basear-se em uma abordagem eminentemente tecnicista do risco, não responde de maneira satisfatória às questões que se apresentam. Sendo o principal propósito da biossegurança proteger a saúde e o meio ambiente, torna-se necessária uma mudança da perspectiva reducionista da ciência tradicional, na qual a noção de biossegurança foi concebida. Essa mudança deve ocorrer dentro de uma abordagem ampla, que destaque as noções de incerteza, complexidade e qualidade, assim como considerar a pluralidade de atores e interesses envolvidos nos complexos problemas ambientais e de saúde. Conclui-se que conceber a noção de biossegurança à luz da ciência pós-normal implica uma modificação fundamental, principalmente em relação à saúde coletiva: a substituição do discurso tecnicista onipotente por um diálogo entre os diversos atores sociais envolvidos nas questões ambientais e de saúde.

A estruturação do Programa de Capacitação Profissional de Biossegurança no contexto do Projeto de Modernização da Gestão Científica do Instituto Oswaldo Cruz

Pereira,Maria Eveline de Castro; Jurberg,Claudia; Soeiro,Maria de Nazaré C.; Borba,Cíntia M.
Fonte: Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.; Associação Paulista de Saúde Pública. Publicador: Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.; Associação Paulista de Saúde Pública.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.53%
O presente artigo apresenta as etapas de estruturação do Programa de Capacitação Profissional de Biossegurança (PCPB), em consonância com o Projeto de Modernização da Gestão Científica do Instituto Oswaldo Cruz (IOC), detalhando o ciclo planejamento-desenvolvimento-avaliação, em especial do Curso de Biossegurança em Laboratório de Pesquisa Biomédica. Inicialmente, para o ciclo diagnóstico foram aplicados questionários aos interlocutores dos laboratórios do IOC, os quais revelaram interesse de participação no PCPB para ambas as categorias profissionais (níveis médio e superior), indicando como temáticas preferenciais biossegurança e boas práticas de laboratório. Na fase de planejamento foi definido que o PCPB seria subdivido em dois projetos (Boas Práticas de Laboratório de Saúde Pública para os profissionais de nível médio e Curso de Biossegurança para Laboratórios de Pesquisa Biomédica para profissionais de nível superior). A seguir, na fase de estruturação do curso, os módulos contemplados incluíram: introdutório; riscos químico, físico e biológico; gestão da qualidade e experimentação animal. Assim, no período 2006-2008, foram capacitados 315 profissionais e realizadas avaliações segundo o modelo de David Kirkpatrick. O primeiro nível...

Educação em biossegurança: contribuições pedagógicas para a formação profissional em saúde

Costa,Marco Antonio Ferreira da; Costa,Maria de Fátima Barrozo da
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.53%
O estudo, realizado no período 2004-2005, teve como objetivo geral analisar percepções docentes e discentes sobre os processos de ensino-aprendizagem da biossegurança em cursos de nível médio da área de saúde. Teve como foco de coleta de dados seis cursos de nível médio da Fundação Oswaldo Cruz, no Rio de Janeiro. Um total de 82 alunos e doze professores locais pesquisados participaram do estudo. Foi uma pesquisa teórico-empírica, com abordagem qualitativa e utilização de dados quantitativos que emergiram ao longo do processo de trabalho. Os dados foram analisados à luz da multirreferencialidade. Esta investigação justificou-se pela defasagem da biossegurança em relação ao mundo do trabalho e mundo da escola e demandas decorrentes do progresso técnico-científico e da própria evolução social, no que se refere à biossegurança em espaços da saúde. Os resultados obtidos apontaram para uma necessidade sentida de aprimoramento dos processos de ensino em biossegurança em cursos de nível médio da área de saúde, o que poderá contribuir, sobremaneira, para a inclusão da biossegurança nos currículos da educação profissio-nal em saúde.

Biossegurança em uma unidade de terapia intensiva: a percepção da equipe de enfermagem

Correa,Chistina Feitoza ; Donato,Marilurde 
Fonte: Universidade Federal do Rio de Janeiro Publicador: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.61%
O estudo, de cunho descritivo com abordagem qualitativa, teve como objetivos: descrever as medidas de biossegurança adotadas pela equipe de enfermagem durante a assistência prestada em UTI; identificar a percepção da equipe de enfermagem acerca da importância da adoção e implementação de medidas de biossegurança durante esta assistência e analisar as possibilidades de implementação por esta equipe de medidas de biossegurança durante esta assistência. Os dados foram obtidos por meio de observação sistemática e entrevistas com roteiro semi-estruturado, realizadas na UTI onde trabalhavam 29 profissionais de enfermagem.A análise temática das entrevistas permitiu identificar três categorias: medidas de biossegurança adotadas pela equipe de enfermagem; percepção desta equipe em relação à importância da adoção e implementação das medidas de biossegurança; e possibilidades de intervenção para a adoção e implementação de medidas de biossegurança.Verificou-se que as normas de biossegurança devem incluir as "boas práticas", possibilitando alcançar um ambiente laboral sem riscos ocupacionais.

Biotecnologia e biossegurança: integração e oportunidades no Mercosul.

JESUS, K. R. E. de; PLONSKI, G. A.
Fonte: Brasília, DF: Embrapa Informação Tecnológica; Jaguariúna: Embrapa Meio Ambiente, 2006. Publicador: Brasília, DF: Embrapa Informação Tecnológica; Jaguariúna: Embrapa Meio Ambiente, 2006.
Tipo: Livros científicos (ALICE) Formato: 439 p.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.69%
Autores: Katia R. E. de Jesus. Guilherme A. Plonski. Juan Modesto Dellacha. Juan C. Carullo. A biotecnologia nos países do Mercosul. A biotecnologia no Brasil. A biotecnologia na Argentina. A biotecnologia no Paraguai. A biotecnologia no Uruguai. Introdução geral às regulamentações em biotecnologia. Regulamentação da biossegurança. Principais experiências reguladoras no cenário internacional. Direitos do agricultor. Situação regional. Regulamentação da propriedade intelectual no campo da biotecnologia. Proteção das inovações biotecnológicas no cenário internacional. Patentes biotecnológicas na União Européia. Patentes em biotecnologia. Debate sobre patentes em biotecnologia. A experiência latino-americana na proteção da biotecnologia. Regulação da Propriedade Iintelectual nos países do Mercosul. O caso da Argentina. Regulação da propriedade intelectual no Brasil. Proteção da propriedade intelectual no Paraguai. Proteção da propriedade intelectual no Uruguai. Regulamentação da biossegurança em países do Mercosul. Regulamentação da biossegurança na Argentina. Regulamentação da biossegurança no Brasil. Regulamentação da biossegurança no Paraguai. Regulamentação da biossegurança no Uruguai. Regulamentação da biotecnologia na Organização do Mercosul. Aspectos jurídicos e institucionais na organização do Mercosul. Regulação da propriedade intelectual. Regulamentação da biossegurança. Normas comuns em matéria de biossegurança e propriedade intelectual. A internalização das normas. Análise comparativa das regulamentações no Mercosul. Regulamentação da propriedade intelectual. Regulamentação da biossegurança. Conclusões e recomendações. Perspectivas de harmonização das regulamentações sobre biossegurança. Harmonização das regulamentações sobre propriedade intelectual.; 2006; Anexo: CD-ROM com as principais leis referentes à biotecnologia nos países do Mercosul. (em PDF).

Biossegurança e a saúde do trabalhador na assistência a pacientes em tratamento onco-hematológico; Biosafety and Occupational Health in the care of patients oncological and hematological treatment

Melo, Hênia Ramalho de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Enfermagem; Assistência à Saúde Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Enfermagem; Assistência à Saúde
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.71%
In recent years, the biosafety has been made possible a new look which are based the conceptions of health and illness process, as well as human needs. This new vision is focused on health vigilance that is referenced specifically in this study to the worker s health. The health of workers is essential for the prevention and control of epidemics and outbreaks of diseases as well as emerging and reemerging diseases. The present study wants to show the importance of biosafety measures for health workers, showing them through the concepts in their daily work. It is also to direct the use of biosafety measures in the care of oncology and hematology patients care, because of its infection susceptibility. OBJECTIVES: To analyze the conceptions of health workers in the biosafety pratice to the patients in oncological and hematological treatment in an oncological institution in Natal / RN, as well as make a socio-demographic profile of these workers and to know their difficulties to adequate biosafety measures. METODOLOGIA: The research is exploratory descriptive with qualitative approach, using the technique of oral history. The use of this technique is justified for the possibility of analyze the conceptions of health workers in the face of biosafety measures. From the definition of analysis categories that have emerged in the study. The categories were: daily work...

Biossegurança - conhecimento de graduandos em farmácia; Biosafety - knowledge of student of pharmacy

Salha, Leila Abou
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Ensino na Saúde (FM); Faculdade de Medicina - FM (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Ensino na Saúde (FM); Faculdade de Medicina - FM (RG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.53%
Professional practice is also guided by the teaching- learning and knowledge in biosafety training of pharmacists , is of paramount importance for the safe and conscientious professional practice . The study aims to investigate the knowledge of undergraduate students about concepts of biosafety aspects in the use of personal protective equipment , standard precautions and immunization . A questionnaire was applied to interview students of pharmacy of a public institution to collect data on biosafety , during the period November 2012 to May 2013. Among the 300 participants , 132 ( 64.4 %) use lab coat and glove 240 ( 80 % ) have knowledge of waste disposal , 246 ( 82 % ) know about measures to protect the safety and health of workers in health services , 289 ( 96 % ) know the correct handwashing and 71 ( 26 % ) reported knowledge of occupational immunization. It was observed that approximately 65 % of the students showed biosafety knowledge and this knowledge did not show the expected periods over the course of the addition. There is need for changes in teaching strategies to be effective in practice biosecurity as essential to professional practice safely content, reaffirming content as transversal and interdisciplinary .; A prática profissional se orienta também pelo processo de ensino-aprendizagem e o conhecimento em biossegurança na formação dos farmacêuticos...

O conceito de biossegurança à luz da ciência pós-normal: avanços e perspectivas para a saúde coletiva; The concept of biosafety in light of post-normal science: advancements and perspectives to collective health

Neves, Tatiana Pereira das; Porto, Marcelo Firpo de Souza; Marinho, Carmem Luiza Cabral; Braga, Ana Maria Cheble Bahia
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2007 POR
Relevância na Pesquisa
37.57%
Trata-se de um estudo de natureza teórico-conceitual, que analisa as limitações do conceito de biossegurança à luz da ciência pós-normal, buscando contribuir para o debate sobre as controvérsias associadas à biossegurança. Parte do pressuposto que a noção de biossegurança, ao basear-se em uma abordagem eminentemente tecnicista do risco, não responde de maneira satisfatória às questões que se apresentam. Sendo o principal propósito da biossegurança proteger a saúde e o meio ambiente, torna-se necessária uma mudança da perspectiva reducionista da ciência tradicional, na qual a noção de biossegurança foi concebida. Essa mudança deve ocorrer dentro de uma abordagem ampla, que destaque as noções de incerteza, complexidade e qualidade, assim como considerar a pluralidade de atores e interesses envolvidos nos complexos problemas ambientais e de saúde. Conclui-se que conceber a noção de biossegurança à luz da ciência pós-normal implica uma modificação fundamental, principalmente em relação à saúde coletiva: a substituição do discurso tecnicista onipotente por um diálogo entre os diversos atores sociais envolvidos nas questões ambientais e de saúde.; This is a theoretical-conceptual study that aims to analyse the limitations of the concept of biosafety in light of post-normal science. It intends to contribute to the discussion about the controversies that are associated with biosafety. The presupposition is that the notion of biosafety relies on a technicist approach to risk that does not answer properly the current questions. As the main purpose of biosafety is to protect health and the environment...

A estruturação do Programa de Capacitação Profissional de Biossegurança no contexto do Projeto de Modernização da Gestão Científica do Instituto Oswaldo Cruz; Development of a Biosafety Training Program aligned with the Scientific Management Modernization Project of the Oswaldo Cruz Institute

Pereira, Maria Eveline de Castro; Jurberg, Claudia; Soeiro, Maria de Nazaré C.; Borba, Cíntia M.
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2010 POR
Relevância na Pesquisa
37.53%
O presente artigo apresenta as etapas de estruturação do Programa de Capacitação Profissional de Biossegurança (PCPB), em consonância com o Projeto de Modernização da Gestão Científica do Instituto Oswaldo Cruz (IOC), detalhando o ciclo planejamento-desenvolvimento-avaliação, em especial do Curso de Biossegurança em Laboratório de Pesquisa Biomédica. Inicialmente, para o ciclo diagnóstico foram aplicados questionários aos interlocutores dos laboratórios do IOC, os quais revelaram interesse de participação no PCPB para ambas as categorias profissionais (níveis médio e superior), indicando como temáticas preferenciais biossegurança e boas práticas de laboratório. Na fase de planejamento foi definido que o PCPB seria subdivido em dois projetos (Boas Práticas de Laboratório de Saúde Pública para os profissionais de nível médio e Curso de Biossegurança para Laboratórios de Pesquisa Biomédica para profissionais de nível superior). A seguir, na fase de estruturação do curso, os módulos contemplados incluíram: introdutório; riscos químico, físico e biológico; gestão da qualidade e experimentação animal. Assim, no período 2006-2008, foram capacitados 315 profissionais e realizadas avaliações segundo o modelo de David Kirkpatrick. O primeiro nível...

Biosafety as an educative action: contributions to workers’ health; Bioseguridad como acción educativa: contribuciones a la salud del trabajador; BIOSSEGURANÇA COMO AÇÃO EDUCATIVA: CONTRIBUIÇÕES À SAÚDE DO TRABALHADOR

das Neves, Tatiana Pereira; Cortez, Elaine Antunes; Moreira, Carlos Otávio Fiúza
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 14/09/2006 POR
Relevância na Pesquisa
37.47%
A theoretical conceptual study under the premise that education is something broader and more complex than training and instruction, and it intends, while reflecting on the functions of the education and its implications, to contribute for a better understanding on how education can help in the accomplishment of biosafety norms and in the improvement of workers’ health conditions. Biosafety is conceived as an educative action, rather than training and norm introjection. Education reminds of joint experience, common activity, something that does not occur in training. The understanding of the biosafety as an educative process implies not only a process of acquisition of abilities and contents, as the idea of educating implies action sharing, taking into consideration agents’ will and routine, and above all conceiving the agents as citizens of the learning, involving them in its totality, with their singularities and uniqueness. Such understanding of the biosafety also allows a significant advance, namely, the incorporation of workers’ knowing, one of the basic purposes of workers’ health.; Artículo de reflexión que tiene como fundamento que la educación es algo más amplio y complejo que adiestramiento, y pretende, al reflexionar acerca de las funciones de la educación y sus implicaciones...

Educação em biossegurança: contribuições pedagógicas para a formação profissional em saúde

Costa,Marco Antonio Ferreira da; Costa,Maria de Fátima Barrozo da
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.53%
O estudo, realizado no período 2004-2005, teve como objetivo geral analisar percepções docentes e discentes sobre os processos de ensino-aprendizagem da biossegurança em cursos de nível médio da área de saúde. Teve como foco de coleta de dados seis cursos de nível médio da Fundação Oswaldo Cruz, no Rio de Janeiro. Um total de 82 alunos e doze professores locais pesquisados participaram do estudo. Foi uma pesquisa teórico-empírica, com abordagem qualitativa e utilização de dados quantitativos que emergiram ao longo do processo de trabalho. Os dados foram analisados à luz da multirreferencialidade. Esta investigação justificou-se pela defasagem da biossegurança em relação ao mundo do trabalho e mundo da escola e demandas decorrentes do progresso técnico-científico e da própria evolução social, no que se refere à biossegurança em espaços da saúde. Os resultados obtidos apontaram para uma necessidade sentida de aprimoramento dos processos de ensino em biossegurança em cursos de nível médio da área de saúde, o que poderá contribuir, sobremaneira, para a inclusão da biossegurança nos currículos da educação profissio-nal em saúde.