Página 1 dos resultados de 15 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

Keratoconus prediction using a finite element model of the cornea with local biomechanical properties; Propriedades biomecânicas locais em uma córnea modelada usando elementos finitos prevê surgimento de ceratocone

CARVALHO, Luis Alberto; PRADO, Marcelo; CUNHA, Rodivaldo H.; COSTA NETO, Alvaro; PARANHOS JR, Augusto; SCHOR, Paulo; CHAMON, Wallace
Fonte: Conselho Brasileiro de Oftalmologia Publicador: Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
26.7%
PURPOSE: The ability to predict and understand which biomechanical properties of the cornea are responsible for the stability or progression of keratoconus may be an important clinical and surgical tool for the eye-care professional. We have developed a finite element model of the cornea, that tries to predicts keratoconus-like behavior and its evolution based on material properties of the corneal tissue. METHODS: Corneal material properties were modeled using bibliographic data and corneal topography was based on literature values from a schematic eye model. Commercial software was used to simulate mechanical and surface properties when the cornea was subject to different local parameters, such as elasticity. RESULTS: The simulation has shown that, depending on the corneal initial surface shape, changes in local material properties and also different intraocular pressures values induce a localized protuberance and increase in curvature when compared to the remaining portion of the cornea. CONCLUSIONS: This technique provides a quantitative and accurate approach to the problem of understanding the biomechanical nature of keratoconus. The implemented model has shown that changes in local material properties of the cornea and intraocular pressure are intrinsically related to keratoconus pathology and its shape/curvature.; OBJETIVOS: A possibilidade de prever e entender quais propriedades biomecânicas da córnea podem ser responsáveis pelo progresso ou estabilização do ceratocone pode ser uma importante ferramenta clínica e cirúrgica para o oftalmologista. Neste trabalho foi desenvolvido um modelo em elementos finitos da córnea...

Avaliação biomecânica de córneas de suínos por meio da microscopia de força atômica; Biomechanical analysis of porcine corneas using atomic force microscopy

Leandro, Daniela de Castro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.77%
Atualmente, a avaliação das propriedades biomecânicas da córnea vem sendo considerada um parâmetro importante a ser determinado, uma vez que está relacionado a diversos procedimentos (diagnósticos e cirúrgicos) e oftalmopatias. Devido à complexa disposição de suas lamelas, o estroma corneal é considerado a camada que exerce maior influência sobre as propriedades elásticas da córnea. A busca por modelos experimentais no estudo das propriedades biomecânicas da córnea têm aumentado ultimamente, devido à dificuldade em se obter amostras de córnea humana para fins científicos. Logo, estudos comparativos entre a córnea humana e a suína vêm sendo desenvolvidos, e algumas similaridades foram identificadas entre estas duas espécies. O presente estudo tem como objetivo avaliar as propriedades biomecânicas de diferentes regiões da córnea suína por meio da microscopia da força atômica. Dezesseis bulbos oculares não escaldados, de oito animais da espécie suína, foram adquiridos em frigorífico local. Animais de diferentes raças, faixas de peso e idade foram utilizados neste estudo. Bulbos oculares frescos foram submetidos ao debridamento da camada epitelial da córnea, sendo posteriormente imersos em solução de dextran a 25%. Mensurações da paquimetria corneal em regiões central...

Alterações biomecânicas da córnea de suínos induzidas pela confecções de lamelas pediculadas de diferentes espessuras por laser de femtossegundo; Biomechanical changes after flap creation with different thicknesses with the femtosecond laser in swinish cornea

Medeiros, Fabricio Witzel de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 22/07/2011 PT
Relevância na Pesquisa
26.82%
Objetivo: Investigar as alterações biomecânicas da córnea de suínos induzidas pela confecção de lamelas pediculadas de diferentes espessuras pelo laser de femtossegundo. Métodos: Para a formação dos dois grupos, 12 olhos de porcos foram usados: lamelas pediculadas de 100 e de 300 micrômetros confeccionadas pelo laser de femtossegundo. Cada olho foi submetido aos seguintes exames, antes da criação das lamelas: topografia por rasterstereography, Ocular Response Analyzer (ORA), tomografia do segmento anterior por coerência óptica para a avaliação paquimétrica corneal e das lamelas criadas e sistema de velocidade de onda (SVO), que mede a velocidade de propagação de ondas acústicas entre dois transdutores posicionados na superfície corneal antes e imediatamente, após a feitura da lamela. O primerio passo foi desenhado para o estudo das diferenças em relação à histerese corneal, fator de resistência corneal, mudanças na curvatura e velocidade de propagação de onda acústica entre córneas com lamelas finas e espessas. Posteriormente, as lamelas foram amputadas, e as medidas do sistema de velocidade de onda foram repetidas. Resultados: A média de espessura das lamelas ± desviopadrão (DP) foi de 108,5±6...

Avaliação de parâmetros tomográficos de córnea e segmento anterior e de variáveis desencadeadas pela resposta ocular à tonometria de não contato; Evaluation of corneal and anterior segment tomography parameters and variables triggered by ocular response to non-contact tonometry

Yamane, Iris de Souza
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/07/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.6%
OBJETIVO: avaliar e correlacionar parâmetros tomográficos de segmento anterior e parâmetros biomecânicos de córnea entre si, com a idade e o gênero de pacientes com olhos normais. MÉTODOS: um estudo clínico de série de casos com intervenção diagnóstica foi realizado, envolvendo um olho selecionado aleatoriamente de 235 pacientes (235 olhos). Os pacientes foram submetidos a exame oftalmológico completo, incluindo avaliação tomográfica (Pentacam) e biomecânica (ORA). Parâmetros avaliados pelo Pentacam: K1, K2, K Front Max , Astig, ISV, IVA, KI, CKI, IHA, IHD, BAD D, BAD Df, BAD Db, BAD Dp, BAD Dt, BAD Dy, ART Max, ART Avg, ART Min, Enh BFS Front 8mm, Enh BFS Back 8mm, Ele F BFS 8mm Apex, Ele F BFS 8mm Thinnest, Ele F BFS 8mm Max 4mm zone, Ele B BFS 8mm Apex, Ele B BFS 8mm Thinnest, Ele B BFS 8mm Max 4mm zone, Ele F BFTE 8mm Apex, Ele F BFTE 8mm Thinnest, Ele F BFTE 8mm 4 mm zone, Ele B BFTE 8mm Apex, Ele B BFTE 8mm Thinnest, Ele B BFTE 8mm Max 4mm zone, RPI Max, RPI Avg, RPI Min, Diff RPI Max Compl, Diff RPI Min Compl, Pachy Min, Pachy Apex, Pachy Pupil, Rel Pachy Min, Asph Q Front 30º, Asph Q Back 30º, Q Asymmetr Frontal Hor 30º, Q Asymmetr Frontal Vert 30º, AC Depth, AC Volume, Ch Angle, Volume, PNS, Densid Avg %. Parâmetros avaliados pelo ORA: IOPg...

Novos conceitos em modelamento corneano

Brocchetto,Daniela Coneglian; Dantas,Brunno; Schor,Paulo
Fonte: Sociedade Brasileira de Oftalmologia Publicador: Sociedade Brasileira de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2010 PT
Relevância na Pesquisa
16.09%
A córnea possui grande influência no processo visual. Porém é passível de deformação, tal como o aplanamento. Quando esse aplanamento é causado pelo uso de lentes de contato, chamamos de "corneal warpage". Neste caso, alguns sintomas podem ocorrer como visão embaçada com os óculos, hiperemia conjuntival, sensação de corpo estranho, etc. Pensava-se que a córnea era mais rígida e, com o tempo, percebeu-se que a córnea possui entidade viscoelástica. Podemos dizer que a córnea possui uma entidade biomecânica e que, quando sofre instabilidade, ocorrem algumas alterações, como no caso do ceratocone, onde ocorre uma degeneração progressiva corneana. Com o intuito de buscar a estabilização corneana, foi desenvolvida a técnica de "crosslink", que consiste em promover ligações covalentes entre as lamelas da córnea para torná-la mais firme e menos elástica. Outra alteração corneana pode ser induzida, de forma planejada, através do modelamento corneano com o uso de lentes de contato rígidas, com coeficiente de transmissibilidade de oxigênio (DK/L) maior. Elas são usadas somente durante o sono, não sendo necessário o seu uso diurno. Esta técnica é conhecida como Ortoceratologia e seus conceitos serão abordados neste estudo.

Implante de segmentos de anel estromal em ceratocone: resultados e correlações com a biomecânica corneana pré-operatória

Ambrósio Jr,Renato; Borges,José Salgado; Costa-Ferreira,Cláudia; Coelho,Vinícius; Silva,Renata Siqueira da; Valbon,Bruno; Siqueira,Jorge Augusto; Velarde,Guillermo Coca
Fonte: Sociedade Brasileira de Oftalmologia Publicador: Sociedade Brasileira de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2012 PT
Relevância na Pesquisa
26.5%
OBJETIVO: Verificar os resultados da cirurgia de implante de segmentos de anel estromal para ceratocone e as possíveis correlações existentes entre o resultado cirúrgico e o estado biomecânico da córnea no pré-operatório. MÉTODOS: Dezenove olhos de 19 pacientes com ceratocone foram avaliados antes e 12 meses após a cirurgia de implante de segmento anel estromal. O implante de um ou dois segmentos de anel de Ferrara foi realizado de acordo com o nomograma, considerando-se espessura da córnea, padrão topográfico da ectasia e o astigmatismo. O teste de Wilcoxon signed rank foi realizado para verificar diferenças entre a acuidade visual (logMAR) corrigida com óculos antes da cirurgia (AVccPré) e a obtida sem correção (AVscPós) e com correção (AVccPós) após a cirurgia, bem como entre os valores pré e pós-operatórios de variáveis tomográficas medidas com o Pentacam e variáveis biomecânicas da córnea medidas com o ORA (ocular response analyzer). As diferenças absolutas antes e após a cirurgia (valores delta - Δ) das variáveis com diferenças significantes foram calculadas. Os valores Δ foram correlacionados com as medidas do ORA no pré-operatório por meio dos testes de Pearson ou de Spaerman, de acordo com a distribuição das variáveis ser normal ou não (teste de Kolmogorov-Smirnov). RESULTADOS: Observou-se melhora significante na AVcc...

Efficacy of three different methods for side port incision wound sealing

Kashiwabuchi,Fabiana K.; Khan,Yasin A.; Rodrigues Jr,Murilo W.; Wang,Jiangxia; McDonnell,Peter J.; Daoud,Yassine J.
Fonte: Sociedade Brasileira de Oftalmologia Publicador: Sociedade Brasileira de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 EN
Relevância na Pesquisa
26.09%
PURPOSE: To evaluate wound leakage and bacteria-sized particle influx in differently corneal sealed side port incisions. METHODS: Four 1.5mm tunnel squared incisions were created in each of four cadaveric human eyes. In each cornea, one incision was left unsealed, whereas the other three incisions were sealed using a 10-0 nylon suture, cyanoacrylate glue, or stromal hydration, respectively. A Seidel and an India ink test were performed on each eye. During each Seidel test, flourescein was applied, the IOP increased from 15 to 80mmHg, and the IOP at which each incision started to leak recorded. During each India ink test, ink was placed on the eye and rinsed out with balanced salt solution (BSS). Ink penetration was then measured by planimetry at physiologic conditions and after an IOP plunge from 80mmHg to 0mmHg. RESULTS: Regardless of IOP variations, no leakage or ink inflow was observed through the glued incisions. In contrast, leakage did occur in the other three sealing methods, albeit at significantly different IOP levels in each one (p=0.013). Ink inflow occurred in these sealing methods at physiologic IOP and, to a significantly greater extent, after the IOP challenge (p<0.05). At both of these IOP conditions, the differences in ink influx among these three incision-sealing methods were deemed statistically insignificant. CONCLUSION: This study showed that glue was more effective at preventing wound leakage and bacteria-sized particle influx than other commonly used methods especially hydrosealing.

Estudio de varios fármacos antiglaucomatosos sobre diversos aspectos morfológicos y funcionales del segmento anterior

Bolívar de Miguel, Gema
Fonte: Universidade de Alcalá Publicador: Universidade de Alcalá
Tipo: info:eu-repo/semantics/doctoralThesis; info:eu-repo/semantics/acceptedVersion Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
16.56%
INTRODUCCIÓN: La transparencia corneal es crítica para la función visual y claramente esta es una propiedad única de este tejido. Para mantener la claridad estromal es necesario un endotelio funcionalmente intacto, ya que este regula la hidratación cornea, y la presión intraestromal corneal (PIC) es de gran interés al estudiar los mecanismos responsables de mantener la hidratación corneal constante. Además distintos fármacos usados para el tratamiento del glaucoma pueden producir cambios en la córnea y en otras estructuras del segmento anterior. El objetivo de esta tesis es evaluar los efectos de varios fármacos antiglaucomatosos sobre algunas estructuras del segmento anterior, como la córnea y el complejo zónulo-cristaliniano, con este fin se han diseñado dos modelos, uno experimental, debido a su naturaleza invasiva, para medir la PIC y y para poder producir cambios en la presión intraocular (PIO), y otro modelo en humanos para medir cambios en la profundidad de la cámara anterior. MATERIAL Y MÉTODOS: Se sometió a tratamiento con dorzolamida, brimonidina y travoprost a ojos de conejo New Zealand y se midió la PIC. Además en el grupo tratado con travoprost se indujeron aumentos de la PIO y se evaluaron los cambios en la PIC y en el espesor corneal. En los humanos se estudió el efecto del latanoprost sobre la profundidad de la cámara anterior. RESULTADOS: Hallamos que la dorzolamida y la brimonidina...

Sobre el encurvamiento periférico en la topografía corneal tras cirugía refractiva (LASIK) para corrección de miopía y la relación con parámetros oculares biomecánicos y quirúrgicos; Steepening in peripheral corneal topography after LASIK surgery in myopic patients and its relation with biomechanical and surgical parameters

Velarde Rodríguez, José Ignacio
Fonte: Universidade de Cantabria Publicador: Universidade de Cantabria
Tipo: Tese de Doutorado
SPA
Relevância na Pesquisa
36.76%
RESUMEN: La cirugía refractiva corneal corrige los errores refractivos modificando la curvatura de la córnea. Después de la cirugía de la miopía con técnica LASIK, se ha observado un aplanamiento central inesperado de origen biomecánico y un encurvamiento periférico. El objetivo de este trabajo fue estudiar la relación entre ambos fenómenos y otros parámetros oculares. Se realizó un estudio retrospectivo de una serie quirúrgica, utilizando las topografías tangenciales diferenciales. El encurvamiento se caracterizó mediante tres parámetros: incremento de potencia, diámetro de la zona de mayor valor (anillo) y ángulo del gradiente periférico. Un estudio prospectivo analizó su presencia post-ablación en cuatro tipos de modelos esféricos experimentales sin respuesta biomecánica. El encurvamiento periférico se situó entre la zona óptica y la zona de transición, con un ligero desplazamiento lateral debido al ángulo kappa. No se halló correlación con el aplanamiento central inesperado. Tiene una correlación positiva y significativa con el gradiente teórico y con la edad. En los modelos experimentales, se presentó un anillo de encurvamiento periférico.; ABSTRACT: Corneal refractive surgery corrects refractive errors by modifying the corneal curvature. After myopia surgery with LASIK...

Avaliação das alterações biomecânicas da córnea antes e após lasik em pacientes míopes e hipermetrópes utilizando Moriá® Sub-Bowman's Keratomileusis (SBK)

Valbon,Bruno de Freitas; Silva,Jorge Siqueira; Ramos,Isaac C. Oliveira; Correa,Rosane; Canedo,Ana Laura; Santos,Rodrigo Teixeira; Ambrósio Jr,Renato
Fonte: Sociedade Brasileira de Oftalmologia Publicador: Sociedade Brasileira de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2012 PT
Relevância na Pesquisa
26.72%
OBJETIVO: Avaliar e comparar as alterações biomecânicas da córnea por meio do Ocular Response Analyzer® (ORA Reichert Ophtalmics Instruments, Buffalo, New York, USA) antes e após Lasik com Moriá ® Sub Bowman Keratomileusis (SBK) One Use Plus (OUP) em pacientes míopes e hipermetrópes. MÉTODOS: Foram estudados 33 olhos, sendo 19 olhos míopes e 14 olhos hipermetrópes submetidos à cirurgia refrativa com técnica Lasik com flap fino (100 µ) utilizando Moriá SBK OUP. O ORA foi realizado no pré-operatório e 1 mês após a cirurgia para avaliar a biomecânica da córnea. O CH (Corneal Hysteresis), CRF (Corneal Resistance Factor), IOPg (goldmann gold standard, Goldmann correlated intraocular pressure) a IOPcc (corneal compensated intraocular pressure) e mais 38 variáveis biomecânicas da córnea derivadas do sinal de resposta foram avaliados. O Teste de Kolmogorov-Smirnov foi utilizado para avaliar a distribuição normal. O teste de Wilcoxon foi utilizado para comparar as variáveis antes e após a cirurgia para cada grupo. As diferenças entre as medidas pré e pós-operatórias dos olhos míopes foram comparadas com as diferenças obtidas nos olhos hipermetrópes, utilizando-se o teste de Mann-Whitney. Foi considerado como estatisticamente significante p < 0...

Avaliação da pressão intraocular através do ocular response analyzer antes e após cirurgia de facoemulsificação

Valbon,Bruno de Freitas; Silva,Renata Siqueira; Jardim,Daniela; Canedo,Ana Laura; Palis,Marcelo; Ambrósio Junior,Renato
Fonte: Sociedade Brasileira de Oftalmologia Publicador: Sociedade Brasileira de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2011 PT
Relevância na Pesquisa
26.32%
OBJETIVO: Verificar a variação das medidas pressóricas através do Ocular Response Analyzer (ORA, Reichert): IOPg (gold standard, Goldmann correlated intraocular pressure) e IOPcc (corneal compensated intraocular pressure) antes e após a cirurgia de catarata por facoemulsificação. MÉTODOS: Estudo observacional prospectivo envolvendo 47 olhos de 36 pacientes que se submeteram à cirurgia de catarata por facoemulsificação com implante de lente intraocular. A Pressão intraocular compensada da córnea (IOPcc) e correlacionada com Goldmann (IOPg), foram medidos pelo Ocular Response Analyzer (ORA); As medidas foram realizadas no pré-operatório, 1º dia e 30º dia após a cirurgia de facoemulsificação. O Teste de Kolmogorov-Smirnov foi utilizado para avaliar a distribuição normal. Diferenças obtidas entre as medidas obtidas através do Ocular Response Analyzer foram avaliadas pelo T-test (Student's paired t-test). Foi considerado como estatisticamente significante p < 0,05%. RESULTADOS: As médias da IOPcc no pré-operatório, no primeiro dia e no trigésimo dia após a cirurgia de facoemulsificação e implante de LIO foram de 15.6 (±3.06), 15.5 (±3.14) , e 15.71 (±4.34). A média de IOPg no pré-operatório foi de 14.7 (± 3.0)...

Ablación de modelos experimentales para estudio del encurvamiento periférico en la topografía corneal post-LASIK para corrección de miopía

Velarde Rodríguez, José Ignacio; Casuso Diego, Patricia; Martínez Galdón, Fátima; Llorca Díaz, Francisco Javier; Ortiz Márquez, María Dolores
Fonte: Universidade de Cantabria Publicador: Universidade de Cantabria
Tipo: info:eu-repo/semantics/conferenceObject; publishedVersion
SPA
Relevância na Pesquisa
36.6%
En pacientes miopes intervenidos mediante cirugía LASIK, se observa en la topografía corneal la presencia de una encurvamiento a nivel periférico, cuya causa se ha relacionado con la biomecánica corneal. En este estudio, se analizó la presencia de este encurvamiento sobre cuatro tipos de modelos corneales experimentales sin respuesta biomecánica. Se observó la presencia de un anillo de encurvamiento periférico sobre la zona de transición que estaría en desacuerdo con un origen biomecánico del mismo.

Tonometria de contorno dinâmico e tonometria de aplanação de goldman em olhos com ceratocone; Dynamic contour tonometry and goldman applanation tonometry in eyes with keratoconus

Barreto Jr, Jackson; Babic, Mirko; Vessani, Roberto Murad; Susanna Jr., Remo
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2006 ENG
Relevância na Pesquisa
26.48%
OBJETIVO: O tonômetro de contorno dinâmico é um aparelho de contato e não-aplanação projetado para ser independente das propriedades estruturais da córnea. Teoricamente, ele mede de forma mais precisa a pressão intra-ocular em córneas muito finas. Este estudo compara as medidas de pressão intra-ocular pelo tonômetro de contorno dinâmico com a tonometria de aplanação de Goldman em olhos normais e em olhos com ceratocone avançado. MÉTODOS: uma série comparativa de casos. Pacientes foram submetidos às medidas de pressão intra-ocular por ambos os métodos mencionados, paquimetria ultrassônica e topografia corneana de varredura. Critérios de exclusão: qualquer patologia ocular exceto ceratocone, cirurgia ceratorrefrativa prévia, opacidade estromal resultante de hidropsia aguda ou qualquer outra opacidade corneana. RESULTADOS: Dez pacientes com ceratocone foram incluídos no grupo A e 12 pacientes com córneas normais no grupo B conforme os critérios pré-estabelecidos. A média das medidas da tonometria de Goldman no grupo A foi de 10.3±1.8 mmHg e no grupo B de 14.3±0.75 mmHg. (p = 0,024). No grupo A, a média das medidas com o tonômetro de contorno dinâmico foi de 14.6±2,09 mmHg e, no grupo B,17,4±3,1 mmHg (p = 0...

Efecto del cerclaje escleral en la cirugía vítreo-retiniana sobre la morfología y biomecánica de la córnea

Ruiz-De-Gopegui,E.; Ascaso,F.J.; Buey,M.A. Del; Cristóbal,J.A.
Fonte: Archivos de la Sociedad Española de Oftalmología Publicador: Archivos de la Sociedad Española de Oftalmología
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; journal article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: text/html; application/pdf
Publicado em 01/11/2011 SPA
Relevância na Pesquisa
56.92%
Objetivo: Valorar los efectos del cerclaje escleral en cirugía vitreo-retiniana, sobre la biomecánica y morfología del segmento anterior. Métodos: Estudio prospectivo: 15 ojos con desprendimiento de retina (DR), sometidos a vitrectomía pars plana (VPP) más implante de cerclaje escleral (grupo 1), y 12 ojos con hemorragia vítrea sometidos a VPP aislada (grupo 2). Se compararon pre y postoperatoriamente las propiedades biomecánicas corneales, mediante Ocular Response Analyzer (ORA): histéresis corneal (CH) y factor de resistencia corneal (CRF), además de presión intraocular Goldmann (PIOg) y presión intraocular compensada (PIOcc). Se investigó su relación con 4 parámetros morfológicos obtenidos con Orbscan IIz: potencia media de K (Mean power), desviación estándar (DE), mínimo espesor corneal (Thinnest) y profundidad de cámara anterior (ACD) Resultados: CH descendió de 10,2+/-1,7mmHg a 7,6+/-1,1 en el grupo 1 (p=0,003), pero no en el grupo 2 (9,8+/-3,2 vs 9,6+/-2,7, p=0,465). No hubo cambios en el CRF tras la cirugía. PIOg y PIOcc aumentaron significativamente en el grupo 1 (p=0,019 y p=0,010 respectivamente), pero no en el grupo 2 (p=0,715 y p=0,273). No hubo cambios significativos en los parámetros topográficos en ambos grupos (p> 0...

Biomecánica de la córnea

Torres,RM; Merayo-Lloves,J; Jaramillo,MA; Galvis,V
Fonte: Archivos de la Sociedad Española de Oftalmología Publicador: Archivos de la Sociedad Española de Oftalmología
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; journal article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: text/html; application/pdf
Publicado em 01/04/2005 SPA
Relevância na Pesquisa
46.74%
Objetivo: Realizar una revisión sobre la biomecánica de la córnea desde sus orígenes hasta la actualidad, con el objetivo de analizar, esclarecer y comprender su relevancia en la cirugía refractiva. Material y método: Se realizó una búsqueda bibliográfica sobre el tema usando diversas fuentes. Resultados: El concepto de la biomecánica de la córnea no es reciente y está implícito en diversos actos quirúrgicos. Su origen se relaciona con los estudios de tonometría, aunque su existencia adquiere mayor popularidad cuando se relaciona con el queratocono, donde se reconoce que una estructura alterada se deforma ante una fuerza que no puede tolerar. Se definen los factores que rigen la estabilidad de la estructura de la cornea. Posteriormente se vincula a la cirugía refractiva para estudiar las ectasias post-quirúrgicas y mejorar los patrones de ablación que interpretan a la córnea como una estructura inerte y carente de respuesta. Se reconoce que el factor biomecánico debe ser incluido como una variable más en los nuevos sistemas de ablación, lo cual incentiva su estudio y con los avances de la investigación (modelos físico-matemáticos, cicatrización corneal) se comienza a caracterizar su respuesta. Conclusiones: La biomecánica de la córnea toma auge al vincularse a la cirugía refractiva...